Você está na página 1de 7

UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO NORTE

ESCOLA DE CIÊNCIAS E TECNOLOGIA


BACHARELADO EM CIÊNCIAS E TECNOLOGIA
FÍSICA EXPERIMENTAL II

Professor:_______________________________________ Bancada: _____


Discente 1:______________________________________ Turma:________
Discente 2:______________________________________ Turma:________
Discente 3:______________________________________ Turma:________
Discente 4:______________________________________ Turma:________
Discente 5:______________________________________ Turma:________

Data:_______________

Roteiro 1 - Hidrostática

1) Objetivos
1.1) Verificar que, para líquidos incompressíveis, por exemplo, água, o volume deslocado de líquido
é igual ao volume do objeto submergido;
1.2) Verificar o Princípio de Arquimedes, ou seja, empuxo = (peso do volume do fluido deslocado);
1.3) Verificar que, para um mesmo fluido, o empuxo sobre objetos distintos é igual se o volume
deslocado é o mesmo.
1.4) Medir a densidade de materiais líquidos e sólidos;
1.5) Verificar que o Princípio de Arquimedes não depende da forma do objeto submergido.

2) Materiais disponíveis e suas funções


2.1) Tripé e plataforma, que funcionará como base de sustentação para inserir de forma regulável os
objetos dentro d’água;
2.2) Sensor de força (PASCO);
2.3) Um cilindro de PVC;
2.4) Duas esferas plásticas preenchidas com material desconhecido;
2.4) Uma pipeta e uma proveta para transferir/medir volume líquido;
2.5) Um paquímetro digital que será utilizado para medir as dimensões do cilindro de PVC;
2.6) Três béquers (2L, 1L e 250 ml) que funcionarão como recipientes;
2.7) Água, solução de água saturada com sal e álcool hidratado para serem usados como meios
líquidos.
2.8) Pedaço de isopor e disco de cobre para a atividade extra.

1
3) Problemas base
3.1) Como correlacionar o volume de líquido deslocado com o volume de um objeto submergido?

Na figura 1 observamos que quando colocamos uma esfera dentro do béquer com água, o nível da água sobe.
No entanto, uma vez que a água pode ser considerada um fluido incompressível, seu volume fica inalterado,
pois não houve adição ou retirada de água. Considerando que a esfera não absorve água, podemos explicar a
elevação de nível (h) como uma consequência do fato de o líquido se moldar ao formato da esfera. É
importante lembrar que o Princípio de Arquimedes, o qual se deseja verificar neste experimento, é válido
para qualquer fluido em equilíbrio (seja ele incompressível ou não; líquidos ou gases). Iremos usar fluidos
incompressíveis (água, álcool e solução salina) por razões operacionais, uma vez que nesse caso a elevação
de nível (h) fornece uma medida direta do volume do fluido deslocado: 𝑉𝑑𝑒𝑠𝑙 = ℎ ⋅ 𝐴, onde A é a área da seção
reta do béquer .

Figura 1: Ao submergir um objeto na água, o nível se eleva e o volume de água permanece o mesmo.

Realize os procedimentos abaixo com o béquer de 1L.

(a) Observe o que ocorre com o volume deslocado à medida que a esfera é inserida na água. Relate suas
observações.

(b) Mantendo a esfera completamente submersa, se a movermos (para cima, para baixo ou para os lados), há
variação do volume de fluido deslocado (variando, portanto, o nível da água)? Relate suas observações.

2
(c) Transfira água do béquer para a proveta até que o nível 2 fique igual ao nível 1 (use a pipeta para fazer o
ajuste fino), sempre mantendo a esfera submersa. Anote o volume deslocado (Vdesl) e meça com a balança sua
massa (mdesl). Use g = 9,78 m/s2 para calcular o peso do volume do fluido deslocado (Pdesl):

Vdesl:_____________ml; mdesl:______________g; Pdesl:______________N.

(d) Utilize o paquímetro para medir o diâmetro da esfera e calcule seu volume:

Diâmetro:____________mm; Vesfera:_____________ml.

(e) Levando em consideração incertezas de medidas no volume da esfera (Vesfera) e no volume de água
deslocado (Vdesl), qual a sua conclusão ao comparar esses dois valores de volume?

Releia o objetivo 1.1 deste roteiro para verificar se seus resultados são compatíveis com o texto desse objetivo.

3.2) Empuxo versus peso do volume do fluido deslocado

Observamos que ao submergir uma rolha de cortiça em um balde cheio de água e ao soltá-la do fundo do
balde, ela sobe até a superfície do líquido, indicando que uma força para cima prevalece sobre a força da
gravidade. Quando um objeto é inserido num meio líquido, aparece sobre o objeto uma força (para cima),
além da força gravitacional (para baixo). Essa força para cima é chamada de empuxo. Note que, em geral, o
empuxo não possui módulo igual à força peso do objeto. Fosse assim, o objeto ficaria em equilíbrio dentro do
líquido. Uma vez que objetos dentro d’água podem também submergir ou imergir é o balanço dessas forças
sobre o objeto que determinará seu comportamento dentro do líquido. A partir de agora, passaremos a analisar
as propriedades dessa força de empuxo.

Abra o programa Pasco Capstone na área de trabalho, selecione a opção “Dois dígitos grandes” e no
botão “<selecionar medida>” escolha “Força (N)”. Não se esqueça de calibrar o sensor de força clicando no
botão “zero” no próprio sensor. Usando o tripé, a plataforma e o sensor de força meça o valor registrado no
sensor de força em duas situações:

3
(f) 1ª Situação: esfera completamente fora d’água.

Ffora:__________N;

(g) 2ª Situação: esfera completamente dentro d’água.

Fdentro:_________N;

(h) Faça um diagrama de forças para cada uma das situações anteriores e explique como o empuxo é obtido a
partir dessas duas medidas, ou seja, como ele é obtido a partir de Ffora e Fdentro .

(i) Usando os dados do item (c), compare o peso do volume do fluido deslocado com o empuxo medido no
item (h). Qual é a sua conclusão, levando em consideração as incertezas das medidas envolvidas nos
processos? O Princípio de Arquimedes é válido?

Releia o objetivo 1.2 deste roteiro para verificar se seus resultados são compatíveis com o texto desse objetivo.
4
(j) Agora vamos trabalhar com uma outra esfera, de mesmo diâmetro que a anterior, mas com massa distinta.
O que ocorre com o empuxo sofrido pela segunda esfera? Compare com o valor obtido no item (i). Faça esse
experimento e relate suas observações.

Ffora:_____________N; Fdentro:___________N.

Releia o objetivo 1.3 deste roteiro para verificar se seus resultados são compatíveis com o texto desse objetivo.

3.3) Medindo densidade de sólido

A maneira mais simples de medir a densidade do cilindro é medir suas dimensões e então obter seu volume;
em seguida usar a balança para medir sua massa. Então, calcular a razão massa/volume. No entanto, podemos
usar o empuxo para essa finalidade que é bastante útil quando não temos objetos de formas regulares como
um cilindro (ou esfera). O objetivo é obter a densidade do sólido a partir das medidas de força.

(k) A partir do diagrama de forças da 2a. situação na seção 3.2 (item h) use: (a) que o empuxo é igual ao peso
do volume do fluido deslocado; (b) massa = densidade x volume e deduza uma expressão algébrica para a
densidade do cilindro em função das grandezas físicas vistas neste experimento. Isto é, a expressão final deve
ficar em função da densidade do líquido e das grandezas medidas com o sensor de força.

Releia o objetivo 1.4 deste roteiro para verificar se seus resultados são compatíveis com o texto desse objetivo.

5
l) Utilize o sensor de força para calcular a densidade do cilindro de PVC disponível na bancada. Use que a
densidade da água é 𝜌água = 1,00 g⁄cm3 .

3.4) Medindo densidade de líquido

Podemos medir a densidade de um líquido usando um béquer para saber o volume ocupado, em seguida usar
a balança para obter a massa associada a este volume e por fim calcular massa/volume. No entanto, podemos
usar os princípios dessa prática para obter a densidade de um líquido desconhecido. O objetivo é obter a
densidade do líquido a partir das medidas de empuxo.

(m) Agora que sabemos a densidade do cilindro, usando as mesmas ideias do item (l), obtenha a expressão
algébrica para a densidade de um líquido desconhecido em que o cilindro foi completamente submergido. A
expressão final deve ficar em função da densidade do líquido e das grandezas medidas com o sensor de força.

(n) Troque a água do béquer pela solução de água com sal e realize as medidas necessárias para calcular a
densidade da solução.

Ffora:___________N; Fdentro:___________N.

(o) Agora use o álcool hidratado disponível na bancada no lugar da solução e realize as medidas necessárias
para calcular a densidade do álcool.

Ffora:___________N; Fdentro:___________N.

6
Releia o objetivo 1.4 deste roteiro para verificar se seus resultados são compatíveis com o texto desse objetivo.

4) Atividade extra
Reproduza a montagem abaixo, onde o líquido usado é água. O peso que repousa sobre o isopor é um disco
de cobre disponível na bancada. O que ocorre com o nível da água se você retirar o peso de cima do isopor e
jogá-lo dentro d’água? Sobe, desce ou fica inalterado? Se houver mudança na altura do nível, calcule a
diferença entre o nível com o disco sobre o isopor e com o disco submergido. Faça esse experimento e relate
suas observações.