Você está na página 1de 8

04/09/2013

Universidade de Brasília
Faculdade de Tecnologia
Engenharia de Produção
TEMAS ABORDADOS
Finanças Comportamentais e Pessoais
Professora: Márcia Longen Zindel
→ Evolução Histórica

HISTÓRIA DO DINHEIRO - China


- Lídia
- Gregos
- Romanos

→ Surgimento dos Bancos

→ Restrições Religiosa aos juros

→ Primeiros Bancos

HISTÓRIA DO DINHEIRO HISTÓRIA DO DINHEIRO


A forma como utilizamos o dinheiro atualmente é decorrente de um Assim foi criado o escambo, que é a
longo processo no desenvolvimento da história da humanidade. troca de um objeto por outro.

O escambo foi a primeira forma de


comércio.
Há milhares de anos, os homens não
precisavam do dinheiro. As pessoas
moravam em cavernas, cobriam seus
- Nativos das Ilhas de Nicobar usavam
corpos com peles de animais e comiam cocos;
aquilo que caçavam ou pescavam.
- Mongóis tijolos de chá;

Quando as pessoas precisavam de um - Astecas usavam sementes de cacau;


objeto que não produziam, iam a uma
comunidade vizinha e faziam a troca por - China, na África do Norte e
coisas que não existiam por lá. Mediterrâneo, usavam sal.

1
04/09/2013

HISTÓRIA DO DINHEIRO HISTÓRIA DO DINHEIRO


CHINA

Acredita-se que as primeiras formas de moedas


de metal foram imitações de conchas de bronze
e cobre fabricados pela China cerca de 1000 aC.
O escambo muitas vezes
tinha suas
desvantagens.
As ferramentas de metal, como facas e espadas,
eram usados também na China, como dinheiro.

A partir dos modelos dessas ferramentas foram desenvolvidas moedas


redondas as quais utilizamos até hoje.

HISTÓRIA DO DINHEIRO HISTÓRIA DO DINHEIRO


Os Chineses também foram pioneiros no uso
de papel-moeda (Jiaozi).

Moeda da Dinastia Zhou Dynasty, cunhada A história da Jiaozi remonta a Dinastia Song (960-
entre 1122 a 255 aC. 1127 a.C).

ota Chinesa (1368-1399)


A partir do século X na China, o primeiro papel-
Tamanho de uma folha de papel.
moeda real foi usado como dinheiro.

Posteriormente tornou-se popular em outras


As moedas chinesas eram geralmente feitas de dinastias, Yuan (1271-1368), Ming (1368-1644), Qing
metais comuns, as quais tinham um buraco no (1644-1911), mas nunca substitui completamente as
meio para que pudessem ser utilizadas no moedas de metal.
pescoço como um colar.
Posteriormente o Jiaozi tornou-se popular por todo o
mundo.
Dinastia Song Dynasty.
Jiaozi, a nota mais antiga de dinheiro do mundo

2
04/09/2013

HISTÓRIA DO DINHEIRO HISTÓRIA DO DINHEIRO

Moedas Dinastia Pre-Qin Moedas Dinastia Han


Facas-moedas esculpidas no período Pre-Qin
Escultura de cunhadores de antigas moedas Chinesas Antes do período 221 a.C )

HISTÓRIA DO DINHEIRO HISTÓRIA DO DINHEIRO


LÍDIA
GREGOS E ROMANOS
Posteriormente no reino da Lídia, onde fica
atualmente a Turquia, no séc. VII d.C, os Lídios
inventaram a moeda como utilizamos Os gregos e romanos cunharam suas moedas
atualmente, com pesos, tamanhos e valores muito antes da época de Cristo, por volta de
diferentes. 600 a.C.

A moeda era feita de uma liga de ouro e prata e A maioria das moedas gregas eram de prata,
se chamava eletro. Cada pedaço de metal tinha feitas, a partir de um pequena amostra de prata
um valor que correspondia a um determinado colocada em um molde de ferro, posteriormente
produto. Assim, o homem começou a dividir e era golpeda com um martelo que tinha outro
pesar o metal na hora de fechar um negócio. tipo de molde nela.

Entre 640 e 630 a.C., é inventada a cunhagem: as Dessa forma, tinha-se uma imagem esculpida
moedas passam a ser identificadas por imagens pelos dois lados ao mesmo tempo.
gravadas em relevo, como as moedas de hoje.

3
04/09/2013

HISTÓRIA DO DINHEIRO HISTÓRIA DO DINHEIRO


ROMANOS ROMANOS
Acredita-se que a primeira moeda cunhada em Roma foi feita em 268 a.C.,
e se chamava denário - termo que é a origem da palavra dinheiro! Na época romana, as moedas eram produzidas com três metais diferentes:
aureus (ouro), o denarius (prata) e o sestercius (bronze).
O denário era feito de prata e servia como base do sistema de moedas
(monetário) de Roma. Ele também era fabricado no templo dedicado à
deusa Juno Moneta, que deu origem às palavras "moeda" e "monetário".
Esses metais foram utilizados, por sua raridade,
beleza, imunidade à corrosão e valor econômico, mas
também por antigos costumes religiosos.

Os sacerdotes da Babilônia, ensinavam ao povo a


existência de estreita ligação entre o ouro e o Sol.
Assim, como entre a prata e a Lua, fazendo surgir a
crença no poder mágico desses metais e no dos
objetos com eles confeccionados.
Nero cunhada 64-66 A.D.

HISTÓRIA DO DINHEIRO HISTÓRIA DO DINHEIRO


Os Europeus tentaram superar o problema de escassez de moeda
O sistema romano de cunhagem sobreviveu ao próprio Império exportando mão de obra e bens, trocando por escravos e madeira em
Romano e espalhou-se por toda a Europa. Bagdá, ou por ouro africano em Córdoba e no Cairo. Ou poderiam
saquear metais precisos declarando guerra ao mundo muçulmano.

Os preços ainda estavam sendo cotados em denari de prata na época Dessa forma, as expedições
de Carlos Magno, rei dos Francos 768 a 814. pelo novo mundo e as
cruzadas serviram para
Nessa época, por volta do ano 800, na Europa havia escassez crônica resolver a escassez monetária
de metais preciosos. A demanda por moeda era maior nos centros na Europa.
comerciais muito mais desenvolvidos do Império Islâmico, que
dominava o sul do mediterrâneo e o Oriente próximo.

4
04/09/2013

HISTÓRIA DO DINHEIRO HISTÓRIA DO DINHEIRO


Surgimento dos Bancos

Após o surgimento do
Afirma-se que, o surgimento dos bancos
precede a invenção do dinheiro. dinheiro, na Babilônia já
existiam pessoas que
Os templos religiosos do mundo antigo, emprestavam, tomavam
estabelecidas em algum momento durante emprestado e guardavam
3000 - 2000 aC, na Babilônia, são dinheiro de outros.
considerados como os primeiros bancos.

Os depósitos inicialmente consistiam de grãos e mercadorias, gado, Mas, segundo estudiosos de arqueologia, foram os fenícios os
implementos agrícolas e, eventualmente, metais preciosos como o ouro. primeiros a realizar operações bancárias.

HISTÓRIA DO DINHEIRO HISTÓRIA DO DINHEIRO


Por volta de 1700 a.c foram promulgadas leis que regiam operações A Roma Antiga aperfeiçoou o aspecto administrativo dos bancos e
bancárias, como o Código de Hamurabi. aperfeiçoou a regulamentação das instituições financeiras e práticas
financeiras.
O Código de Hamurabi é um dos mais antigos conjuntos de leis já
encontrados, estima-se que tenha sido elaborado por Hamurabi por Cobrança de juros sobre empréstimos e o pagamento de juros sobre
volta de 1700 a.C.. É monumento talhado em rocha, o qual dispõem 46 depósitos tornaram-se mais desenvolvidos e competitivos.
colunas, com 281 leis em 3.600 linhas.

Com a ascensão do cristianismo, sistema bancário tornou-se sujeito a


O código foi colocado no templo de Sippar, e outros
restrições adicionais da igreja.
exemplares foram espalhados por todo o reino.

Hamurabi afirmava que elaborou o conjunto de leis "para A cobrança de juros, por exemplo, era visto como imoral.
que o forte não prejudique o mais fraco, a fim de proteger
as viúvas e os órfãos" e "para resolver todas as disputas e Após a queda de Roma, os bancos foram abandonados na Europa
sanar quaisquer ofensas“. Ocidental só voltaram a funcionar na época das Cruzadas.

5
04/09/2013

HISTÓRIA DO DINHEIRO HISTÓRIA DO DINHEIRO

Em 1162, o rei Henrique II começou a


cobrar impostos para apoiar as cruzadas -
O emprestadores de dinheiro a primeira de uma série de impostos
à juros foram excomungados cobrados por Henrique II ao longo dos anos
pelo III Concílio de Latrão, com o mesmo objetivo.
em 1179. Os Templários agiam como banqueiros de
Henrique II na Terra Santa e, por toda a
Europa.

A necessidade de transferir grandes somas de dinheiro para financiar as


Foi considerado também heresia pelo Concílio de Viena, Cruzadas estimularam o ressurgimento dos bancos na Europa
em 1311-1312. Ocidental.

HISTÓRIA DO DINHEIRO HISTÓRIA DO DINHEIRO


Em 1156, em Gênova, ocorreu o primeiro contrato de
câmbio conhecido. Dois irmãos genoveses tomaram
Por de 1200 estava florescendo o
comércio internacional na Europa, emprestado £115 e concordaram em reembolsar os agentes
os principais produtos do banco, em Constantinopla, a soma de 460 bezants um
comercializados eram lã, tecidos, mês após sua chegada nessa cidade.
o vinho, sal, couro, armas e
armaduras.
No século seguinte, a utilização
de tais contratos cresceu
rapidamente, especialmente
Feiras medievais, como de
Gênova, Veneza e Hamburgo, porque os lucros das diferenças
contribuíram para o crescimento de tempo foram vistos como
da atividade bancária. uma forma de infringir as leis
canônicas contra a usura.

6
04/09/2013

HISTÓRIA DO DINHEIRO HISTÓRIA DO DINHEIRO


RESTRIÇÕES RELIGIOSAS AOS JUROS
Os judeus eram condenados ao ostracismo da
Entre os mesopotâmios, fenícios e maioria das profissões, e só podiam exercer
egípcios, a cobrança de juros era profissões marginais considerados socialmente
legal e, muitas vezes fixados pelo inferiores como: coleta de impostos e agiotagem.
Estado.
Visto que, as atividades comerciais floresciam,
Mas os judeus tinham uma visão crescia a necessidade por serviços financeiros.
diferente da questão.

O Torá e a Bíblia hebraica criticam a Em 1492 os Judeus foram expulsos da Espanha e


cobrança de juros. buscaram refúgio no Império Otomano.

Os judeus são proibidos de cobrar juros sobre empréstimos feitos a A partir de Constantinopla e outros portos Otomanos
outros judeus, mas não podem cobrar juros de operações com não- começaram a estabelecer relações comerciais com
judeus. Veneza.

HISTÓRIA DO DINHEIRO HISTÓRIA DO DINHEIRO


O nome de banqueiros foi dado inicialmente aos cambistas, judeus
que, moravam em Veneza e sentavam atrás de suas mesas –tavule - e
sobre bancos, banci.
Em decorrência disso, Veneza
tornou-se um grande centro de Mais tarde, porém, passaram a realizar outras operações monetárias,
empréstimos da Europa. aproximando-se progressivamente a sua atividade do sentido atual que
damos às expressões banco e banqueiro.
Embora outros centros italianos
como a cidade de Pisa e A palavra bancarrota, que utilizamos quando uma empresa vai à
falência, está relacionada a cambistas.
Florença também tenham
contribuído para o fortalecimento Sempre que um cambista, cheio de dívidas, não tinha meios para
de atividades financeiras. continuar a sua ação, partia a banca onde trabalhava, símbolo de sua
atividade:

Banca partida diz-se, em italiano, banca rota.

7
04/09/2013

HISTÓRIA DO DINHEIRO HISTÓRIA DO DINHEIRO


No incío do séc. XIV, as finanças na Itália vinham sendo dominadas por
três casas Florentinas, dos Bardi, Peruzzi e Acciaiuoli. Todas faliram O Sistema Bancário Italiano se tornou modelo para a
por volta de 1340. Holanda, Inglaterra e a Suécia.

Os membros da Família Medici eram negociantes


de moedas estrangeiras: membros da Arte de Mas, foi em Amsterdã,
Câmbio. Londres e Estocolmo que
ocorreu a nova onda de
invasão financeira.
Eram considerados banqueiros porque
negociavam moedas sentados em bancos atrás Foi quando surgiram os
de mesas na rua.
bancos centrais.
Guiliano de’ Medici -1478
Sandro Botticelli

HISTÓRIA DO DINHEIRO HISTÓRIA DO DINHEIRO


PRIMEIROS BANCOS REFERÊNCIAS/SUGESTÕES DE LEITURA

- 1401: Banco de Barcelona WEATHERFORD, Jack. A História do Dinheiro. São Paulo:


- 1407: Banco de São Jorge, Gênova, Itália. Negócio Editora, 1999.
- 1472: Banco Monte dei Paschi di Siena, Itália.
- 1473: Banco Rolo, Itália.
- 1690: Barclays, Inglaterra.
- 1668: Banco da Suécia.
FERGUSON, Niall. A ascensão do dinheiro: A história
- 1694: Banco da Inglaterra.
financeira do mundo. São Paulo: Planeta, São Paulo, 2009.
- 1741: Wegelin & Co. Private Bankers, Suiça.
- 1873: Banco Suiço.

PILAGALLO, Oscar. A Aventura do Dinheiro: Uma crônica da


História Milenar da Moeda. São Paulo: Publifolha, 2009.

Você também pode gostar