Você está na página 1de 25

G ENOGRAMA F AMILIAR

G ENOGRAMA F AMILIAR

O QUE É UM GENOGRAMA FAMILIAR?

O Genograma consiste numa técnica que visa

representar de forma gráfica o desenho familiar ou

árvore familiar, e é através deste instrumento que

podemos obter uma visão geral da nossa estrutura familiar.

ou árvore familiar, e é através deste instrumento que podemos obter uma visão geral da nossa

O uso do Genograma no campo da terapia familiar é geralmente associado à teoria dos sistemas familiares de Bowen, desde 1979 até

1991.

Bowen foi renomeado em 1972 por Guerin, como Genograma Familiar.

de Bowen, desde 1979 até 1991.  Bowen foi renomeado em 1972 por Guerin, como Genograma

Murray Bowen

de Bowen, desde 1979 até 1991.  Bowen foi renomeado em 1972 por Guerin, como Genograma
 No início de seu trabalho, com famílias, Bowen propôs a utilização de um diagrama
 No início de seu trabalho, com famílias, Bowen propôs a utilização de um diagrama

No início de seu trabalho, com famílias, Bowen propôs a utilização de um diagrama familiar, no

qual ajudaria a atribuir e a organizar importantes dados sobre o sistema familiar multigeracional.

O

Genograma de forma geral consegue englobar

e

ser aplicado a diversas áreas do

conhecimento humano como na medicina, enfermagem,

a diversas áreas do conhecimento humano como na medicina, enfermagem, psicologia, serviço social entre outras áreas.

psicologia, serviço social entre outras áreas.

COMO CONSTRUIR UM GENOGRAMA?

O Genograma permite a identificação de padrões repetitivos de tendências hereditárias.

Genograma

Simples:

Um Genograma Simples deve conter um

símbolo que represente a figura masculina, um

símbolo que represente a figura feminina,

linhas que indiquem a sua relação e símbolos que indiquem o final da sua relação.

que represente a figura feminina, linhas que indiquem a sua relação e símbolos que indiquem o

PRINCIPAIS

SÍMBOLOS:

Símbolo Feminino:

P RINCIPAIS S ÍMBOLOS :  Símbolo Feminino:  Símbolo Masculino:  Relação Conjugal:

Símbolo Masculino:

P RINCIPAIS S ÍMBOLOS :  Símbolo Feminino:  Símbolo Masculino:  Relação Conjugal:

Relação Conjugal:

P RINCIPAIS S ÍMBOLOS :  Símbolo Feminino:  Símbolo Masculino:  Relação Conjugal:
P RINCIPAIS S ÍMBOLOS :  Símbolo Feminino:  Símbolo Masculino:  Relação Conjugal:
P RINCIPAIS S ÍMBOLOS :  Símbolo Feminino:  Símbolo Masculino:  Relação Conjugal:
P RINCIPAIS S ÍMBOLOS :  Símbolo Feminino:  Símbolo Masculino:  Relação Conjugal:
P RINCIPAIS S ÍMBOLOS :  Símbolo Feminino:  Símbolo Masculino:  Relação Conjugal:
P RINCIPAIS S ÍMBOLOS :  Símbolo Feminino:  Símbolo Masculino:  Relação Conjugal:

Filiação

:

 Filiação :  Irmãos :
 Filiação :  Irmãos :
 Filiação :  Irmãos :
 Filiação :  Irmãos :
 Filiação :  Irmãos :
 Filiação :  Irmãos :
 Filiação :  Irmãos :
 Filiação :  Irmãos :
 Filiação :  Irmãos :
 Filiação :  Irmãos :
 Filiação :  Irmãos :
 Filiação :  Irmãos :
 Filiação :  Irmãos :
 Filiação :  Irmãos :
 Filiação :  Irmãos :
 Filiação :  Irmãos :
 Filiação :  Irmãos :
 Filiação :  Irmãos :
 Filiação :  Irmãos :
 Filiação :  Irmãos :

Irmãos

:

 Filiação :  Irmãos :
 A relação da filiação e dos irmãos diferem-se da relação conjugal, pois, a linha

A relação da filiação e dos irmãos diferem-se

da relação conjugal, pois, a linha que une os seus

indivíduos, vêm de cima.

da filiação e dos irmãos diferem-se da relação conjugal, pois, a linha que une os seus

Símbolo de Falecimento:

Símbolo de

separação:

 Símbolo de Falecimento:  Símbolo de separação:  Separação com filho (a guarda da mãe)

Separação com filho (a guarda da mãe) :

 Símbolo de Falecimento:  Símbolo de separação:  Separação com filho (a guarda da mãe)

Informações que o símbolo deve conter:

Idade

Idade
 Informações que o símbolo deve conter: Idade Iniciais do nome (se necess ário) 41 J.S.B.

Iniciais

do

nome

(se

necess

ário)

deve conter: Idade Iniciais do nome (se necess ário) 41 J.S.B. Esta seta indica, que se
41 J.S.B.
41
J.S.B.

Esta seta indica, que se trata do indivíduo

foco da terapia.

Bancário

Alcoolista

Diabético

Informações gerais, médicas e

psicológicas. E só

deve conter o que

for revelante para o

caso.

Alcoolista Diabético Informações gerais, médicas e psicológicas. E só deve conter o que for revelante para
Alcoolista Diabético Informações gerais, médicas e psicológicas. E só deve conter o que for revelante para

EXEMPLO DE GENOGRAMAS SIMPLES:

E XEMPLO DE G ENOGRAMAS S IMPLES :

GENOGRAMA COMPLEXO:

Para um genograma ser complexo, tem de se utilizar um maior número de símbolos. Caso se optar por um genograma complexo, é necessário colocar uma legenda para que qualquer pessoa compreenda o que genograma está a representar.

complexo, é necessário colocar uma legenda para que qualquer pessoa compreenda o que genograma está a

SÍMBOLOS EXTRA:

S ÍMBOLOS E XTRA :  Animal de estimação  Gravidez  Sexo desconh ecido

Animal de estimação

S ÍMBOLOS E XTRA :  Animal de estimação  Gravidez  Sexo desconh ecido

Gravidez

S ÍMBOLOS E XTRA :  Animal de estimação  Gravidez  Sexo desconh ecido

Sexo desconh

ecido

S ÍMBOLOS E XTRA :  Animal de estimação  Gravidez  Sexo desconh ecido

LINHAS DE RELACIONAMENTO:

Criança adotada

 Animal de estimação

Animal de estimação

Gravida

Gravida

  

 
L INHAS DE R ELACIONAMENTO :  Criança adotada  Animal de estimação Gravida   

de

gémeos

L INHAS DE R ELACIONAMENTO :  Criança adotada  Animal de estimação Gravida   
L INHAS DE R ELACIONAMENTO :  Criança adotada  Animal de estimação Gravida   

LINHAS DE RELACIONAMENTO:

L INHAS DE R ELACIONAMENTO :  Pais de gémeos  Pais de gémeos idênticos
L INHAS DE R ELACIONAMENTO :  Pais de gémeos  Pais de gémeos idênticos
L INHAS DE R ELACIONAMENTO :  Pais de gémeos  Pais de gémeos idênticos
L INHAS DE R ELACIONAMENTO :  Pais de gémeos  Pais de gémeos idênticos
L INHAS DE R ELACIONAMENTO :  Pais de gémeos  Pais de gémeos idênticos
L INHAS DE R ELACIONAMENTO :  Pais de gémeos  Pais de gémeos idênticos
L INHAS DE R ELACIONAMENTO :  Pais de gémeos  Pais de gémeos idênticos
L INHAS DE R ELACIONAMENTO :  Pais de gémeos  Pais de gémeos idênticos
L INHAS DE R ELACIONAMENTO :  Pais de gémeos  Pais de gémeos idênticos
L INHAS DE R ELACIONAMENTO :  Pais de gémeos  Pais de gémeos idênticos
L INHAS DE R ELACIONAMENTO :  Pais de gémeos  Pais de gémeos idênticos
L INHAS DE R ELACIONAMENTO :  Pais de gémeos  Pais de gémeos idênticos
L INHAS DE R ELACIONAMENTO :  Pais de gémeos  Pais de gémeos idênticos
L INHAS DE R ELACIONAMENTO :  Pais de gémeos  Pais de gémeos idênticos
L INHAS DE R ELACIONAMENTO :  Pais de gémeos  Pais de gémeos idênticos
L INHAS DE R ELACIONAMENTO :  Pais de gémeos  Pais de gémeos idênticos
L INHAS DE R ELACIONAMENTO :  Pais de gémeos  Pais de gémeos idênticos
L INHAS DE R ELACIONAMENTO :  Pais de gémeos  Pais de gémeos idênticos
L INHAS DE R ELACIONAMENTO :  Pais de gémeos  Pais de gémeos idênticos
L INHAS DE R ELACIONAMENTO :  Pais de gémeos  Pais de gémeos idênticos
L INHAS DE R ELACIONAMENTO :  Pais de gémeos  Pais de gémeos idênticos
L INHAS DE R ELACIONAMENTO :  Pais de gémeos  Pais de gémeos idênticos
L INHAS DE R ELACIONAMENTO :  Pais de gémeos  Pais de gémeos idênticos
L INHAS DE R ELACIONAMENTO :  Pais de gémeos  Pais de gémeos idênticos
L INHAS DE R ELACIONAMENTO :  Pais de gémeos  Pais de gémeos idênticos
L INHAS DE R ELACIONAMENTO :  Pais de gémeos  Pais de gémeos idênticos
L INHAS DE R ELACIONAMENTO :  Pais de gémeos  Pais de gémeos idênticos
L INHAS DE R ELACIONAMENTO :  Pais de gémeos  Pais de gémeos idênticos
L INHAS DE R ELACIONAMENTO :  Pais de gémeos  Pais de gémeos idênticos

Pais de gémeos

Pais de gémeos

idênticos

L INHAS DE R ELACIONAMENTO :  Pais de gémeos  Pais de gémeos idênticos

EXEMPLO DE GENOGRAMAS FAMILIARES:

E XEMPLO DE G ENOGRAMAS F AMILIARES :
EC OMAPA O Ecomapa, também conhecido como ecograma, é um instrumento de avaliação familiar, realizado

EC OMAPA

O Ecomapa, também conhecido como ecograma, é um instrumento de avaliação familiar, realizado através de representação gráfica das ligações de uma família às pessoas e/ou estruturas sociais do meio em que habita.

Identifica os padrões organizacionais da família e a natureza das suas relações com o meio, mostrando-nos o equilíbrio entre as necessidades e os recursos da família.

e a natureza das suas relações com o meio, mostrando-nos o equilíbrio entre as necessidades e
I LUSTRA , ASSIM , TRÊS DIFERENTES DIMENSÕES PARA CADA LIGAÇÃO : 1.Força da ligação

ILUSTRA, ASSIM, TRÊS DIFERENTES DIMENSÕES PARA CADA LIGAÇÃO:

1.Força da ligação (fraca; ténue/incerta; forte);

2.Impacto da ligação (sem impacto; requerendo esforço/energia; fornecendo apoio/ energia);

3. Qualidade da ligação (stressante ou não)

(sem impacto; requerendo esforço/energia; fornecendo apoio/ energia); 3. Qualidade da ligação (stressante ou não)

O QUE REPRESENTAR?

Vizinhança

Serviços na comunidade

Grupos sociais

Educação

Relações pessoais

significativas

Trabalho

Outros

na comunidade • Grupos sociais • Educação • Relações pessoais significativas • Trabalho • Outros

EXERCÍCIOS

PROPOSTOS

E XERCÍCIOS P ROPOSTOS Faça o seu genograma e ecomapa de sua família.

Faça o seu genograma e ecomapa de sua família.

E XERCÍCIOS P ROPOSTOS Faça o seu genograma e ecomapa de sua família.

Fim!

Fim!  Espero que tenham gostado

Espero que tenham gostado

Fim!  Espero que tenham gostado