Você está na página 1de 22

Eletricidade Aplicada

AULA 01 – Engenharia Mecânica

Adan Lucio Pereira

adanlucio@gmail.com

Para acessar a aula em formato de apresentação do Power Point:

https://sites.google.com/site/adanluciop/

Vitória - ES
1. Introdução

O planejamento da oferta de Energia é Imprescindível

Se, de um lado, a escassez de energia elétrica representa um

gargalo para o crescimento econômico, de outro, a abundância


denota ineficiência de alocação de recursos, uma vez que o
investimento no setor é intensivo em capital

2
Ambiente de Contratação

• Leilões de Compra de Energia;

• Câmara de Comercialização de Energia Elétrica


CCEE;

• Ambientes de Contratação Regulada - ACR;

• Ambiente de Contratação Livre - ACL;

3
Ambiente de Contratação
Ambiente Livre Ambiente Regulado

Geradoras, distribuidoras e
comercializadoras.
Geradoras, comercializadoras, As comercializadoras
Participantes
consumidores livres e especiais podem negociar energia
somente nos leilões de
energia existente
Realizada por meio de
Livre negociação entre os leilões de energia
Contratação
compradores e vendedores promovidos pela CCEE, sob
delegação da Aneel

Acordo livremente estabelecido Regulado pela Aneel


Tipo de contrato
entre as partes (CCEAR)

Acordado entre comprador e


Preço Estabelecido no leilão
vendedor. Estabelecido no leilão
4
Tabela 01- Ambiente de Contratação
Processo de Comercialização

A-1
Energia Existente
Portaria Preço MWh
A-3
Energia Nova
A-5

Ministério
de Minas A–1 A–2 A–3
e Energia 5
Operações de curto prazo

Energia
Verificada
Energia R$
Contratada Newave
Decomp

Mercado de Curto Prazo


CCEE

Energia Energia
Contratada Verificada

PLD – Preço de Liquidação das diferenças – “Ex-ante” 6


Introdução e Motivação
• Crescimento do consumo de energia nos últimos anos

2014 - Oferta Interna de Energia Elétrica (OIEE) chegou a 624,3 TWh,


montante 2,1% superior ao de 2013 (MME, 2015)

✓ Projeções da demanda de energia elétrica

2016-2020 - Está previsto, que a taxa média de crescimento no consumo de energia


elétrica alcançará 4,3% (EPE e ONS, 2015)

✓ Impactos ambientais ocasionados pelo uso de Combustíveis Fósseis

1
3
Introdução e Motivação
• Resolução Normativa nº 482, de 17 de abril de 2012, da ANEEL

Estabelece as condições gerais para o acesso de novas fontes, eletricidade gerada por
meio da ação do vento, dos raios do sol, de fontes geotérmicas e hídricas e da
biomassa, aos sistemas de energia elétrica (ANEEL, 2012)

✓ Geração Distribuída e Microrredes

Construção de pequenas fontes de geração de energia, as Microfontes (MF),


independente da carga, o mais próximo possível do consumidor final (INNE, 2013)

1
4
Introdução e Motivação
Redes Elétricas Tradicionais

Sistema de Gerador
Geração Os sistemas de energia
devem garantir o
Sistema de Linhas de Linhas de abastecimento durante o
Transmissão Transmissão Transmissão Pico de Carregamento de
Energia, em um determinado
horário.
Sistema de Carga 1 Carga 2 ..... Carga n
Distribuição

15
Introdução e Motivação
Redes das
Integração Elétricas
instalações de geração de
energia renovável com fluxo bidirecional
Inteligentes de energia.
Smart Grids

1
6
O Problema de Reconfiguração de Redes
Inteligentes de Energia

Falha

Interrupção no
Restabelecimento de
Fornecimento
cargas

Subestação de Abastecimento
Chave Normalmente Fechada
Chave Normalmente Aberta
Barra de Carga e de Passagem
17
Microrredes
Agrupamento de unidades de Geração Suprem localmente as cargas, os custos

Distribuída e cargas que estão conectadas à ambientais da geração de energia,

rede elétrica principal em um único ponto o, atendendo os requisitos de Segurança,

Point of Common Coupling (PCC), através de Qualidade, Confiabilidade e

uma chave Disponibilidade.

18
Contingências em Microrredes
Temporários
Ocasionada pela intervenção de
dispositivos de proteção que, pela ação da
corrente de defeito, são desligados e
interrompem o fornecimento a todos
consumidores que lhes estão à jusante. Permanentes
Esses defeitos podem ser classificados em
defeitos permanentes e defeitos
temporários

19
Contingências em Microrredes
Ocorrência de Origem interna Ocorrência de Origem Externa

• Diminuição de recursos energéticos; ✓Descargas atmosféricas;

• Sobrecarga do Sistema; ✓Queimadas;

• Falha de equipamentos; ✓Acidentes com agentes externos;

• Planejamento equivocado e/ou erro ✓Furtos de Energia.


operacional.

20
Regulação da Qualidade de Energia

21
Regulação da Qualidade de Energia

✓ Resolução Normativa da ANEEL nº 345, de 16 de dezembro de 2008, aprovou os


Procedimentos de Distribuição de Energia Elétrica no Sistema Elétrico Nacional

22