Você está na página 1de 5

Etiqueta cristã

Satanás trabalha 24h e nós estamos querendo dizer o que deve ser pregado, enquanto o Diabo usa
as 24 h do dia para fazer o que quiser. Para nós não há mais tempo, o tempo é agora.

Há questionamentos sobre culturas, tradições e costumes. Temos que entender, somos a Igreja
verdadeira. (Apoc. 12:17/ 19/10). Sem Jesus nada podemos fazer, pois enganoso é o coração (Jer.
17:9). O inimigo está irado. O povo não quer saber mais o que aconteceu no princípio, mas isso não
importa, eis-me-aqui envia a mim. Essa mensagem me libertou.

Os filhos de Israel, depois de terem sido tirados do Egito, foram ordenados a usar um simples
cordão azul nos cantos de suas vestes (Números 15:38), para distingui-los, das nações em
volta, e significar que eram o povo peculiar de Deus. Não se requer hoje do povo de Deus que
tragam nas vestes um sinal distintivo. Mas no Novo Testamento muitas vezes nos é indicado o
Israel antigo como exemplo. Se Deus deu direções assim definidas ao Seu povo da antiguidade,
acerca de seu vestuário, não tomará Ele conhecimento do vestuário de Seu povo na atualidade?
Não deveria haver em seu vestuário uma diferenciação do vestuário do mundo? Não deveria o
povo de Deus, que é Seu tesouro peculiar, procurar mesmo no estuário glorificar a Deus? E
não deveriam eles ser exemplo na questão do vestuário, e por seu estilo simples reprovar o
orgulho, a vaidade e extravagância dos que professam a verdade mas são
mundanos e amantes de prazeres? Deus isto requer do Seu povo. O orgulho é reprovado em
Sua Palavra. (ME Vol.2, p.473)

Deus criou as veste de Luz

1ª veste- pureza/ inocência (perdeu) 2ª veste- folhas de figueira (justiça própria) 3ªveste-Gên 3:21-
História da Redenção p.46 (a veste que Deus lhes deu). Parábolas de Jesus, p.166 Apoc. 3:5 vestes
brancas de luz (voltar)

As folhas de figueira representam a roupagem usada para ocultar a desobediência.”

• Deus vestiu-os com roupas de pele para protegê-los da sensação de frio e calor a que
estavam expostos.” (Hist. Da Red.p.46)
“A veste branca de inocência foi usada por nossos primeiros pais,
quando foram postos por Deus no santo Éden.” (Parábolas de Jesus p.166)
A moda vem da França e influenciou todo o mundo

Rei Luís XIV Calça apertada e salto/ Rei sol (luxo) peruca (travesti)

Hoje os homens também estão com roupas mais justas, coloridas e até saias. O mundo jaz no maligno
I João 5:19

“Vi que a ordem de Deus foi invertida e Suas orientações especiais menosprezadas por aqueles
que adotam o traje americano. Minha atenção foi chamada para o seguinte verso: ‘Não haverá
trajo de homem na mulher, e não vestirá o homem veste de mulher; porque qualquer que faz
isto abominação é ao Senhor, teu Deus.’ Deuteronômio 22:5. “Designava Deus que
houvesse clara distinção entre o vestuário do homem e da mulher, e considerou a questão de
bastante importância para dar direções explícitas a esse respeito; pois se ambos os sexos
usassem o mesmo vestuário isto causaria confusão, e grande aumento de crime” (Mensagens
Escolhidas, v. 2, p. 477-478).

“Há uma crescente tendência de as mulheres usarem vestuário e adotarem aparência mais
semelhantes aos do sexo oposto e escolherem seus trajes bem parecidos com os dos homens.
Mas Deus declara que isso é abominação. ‘Que do mesmo modo as mulheres se ataviem em
traje honesto, com pudor e modéstia.’ 1 Timóteo 2:9.(Test. p. Igreja vol1p.457)
O povo adotou muitos dos costumes dos seus vizinhos gentílicos, e assim sacrificou, em
grande proporção, seu próprio caráter peculiar e santo. Gradualmente perderam sua reverência
para com Deus, e deixaram de apreciar a honra de ser Seu povo escolhido. Atraídos pela pompa
e ostentação dos reis gentílicos, cansaram-se de sua própria simplicidade.(PP 444)

Elizabeth Smith Miller (Movimento feminista, introduziu a reforma no vestuário, apresentou o estilo as
duas)

Vestido curto e calça (1950)

Amelia Blommer (imitou a roupa do rei, tinha um jornal e publicou o novo vestuário nele).

Elizabeth Cady Stanton (foi a primeira a usar as calças e usou muito a frase do Satanista, Aleister
Crowlwy “Faze o que tu queres”. “A Bíblia e a Teologia sempre foram os maiores obstáculos para a
emancipação feminista”. “A questão não é como te apresentas, mas como se sente.”)

Esta moda de vestuário Deus não deseja que Seu povo adote. [...] Paulo pronunciaria uma
repreensão, fosse ele vivo hoje, se contemplasse mulheres que professam piedade usando
esta moda de vestuário” (Ellen White, Mensagens Escolhidas, v. 2, p. 477-478).

“Os que se sentem convocados a unir-se ao movimento em prol dos direitos da mulher e da
suposta reforma do vestuário, podiam romper toda ligação com a mensagem do terceiro anjo.
O espírito que acompanha um movimento não pode estar em harmonia com outro.
As Escrituras são claras a respeito dos procedimentos e direitos de homens e mulheres. Os
espiritualistas adotaram totalmente esse singular modo de trajar-se. Os adventistas do sétimo
dia, que creem na restauração dos dons, são muitas vezes tidos como espiritualistas.
Adotem esse tipo de vestuário e sua influência se perderá. As pessoas os colocariam no
mesmo nível dos espiritualistas, recusando-se a ouvi-los. (Test. para Igreja, vol.1 p.457)

Com quem surgiu a minissaia? E o que pensava? Mary Quant- “vestir as mulheres de tal maneira que
os homens sintam vontade de arrancar a cobertura delas” “Bom gosto é morte, vulgaridade é vida”
Primeiro a sociedade aceita, depois a igreja aceita.

Quem inventou a moda?

Satanás inventou as modas que deixam os membros expostos, resfriando o fluxo sanguíneo
ao voltar de seu curso original. E os pais se curvam ante o altar da moda, de tal maneira
vestindo os filhos que os nervos e veias ficam contraídos e não desempenham o propósito que
Deus para eles determinou. O resultado é, habitualmente, pés e mãos frios. Os pais que seguem
a moda em vez de à razão, terão contas a prestar a Deus, por assim roubarem a saúde dos
filhos. Mesmo a própria vida, frequentemente é sacrificada ao deus da moda. (Test. para Igreja
vol.2 p.532) Para nos enfraquecer. O que fazemos hoje é baixar as normas, estamos a criticar os
princípios ou muitas vezes os esquecemos, mas o povo está para ser selado. O mundo está uma
bagunça e a Igreja não percebe.

O curto e o longo demais

Minhas visões pretendiam corrigir a moda atual — os vestidos longos demais que se arrastam
pelo chão, bem como os vestidos curtos demais que chegam à altura dos joelhos e que são
usados por certos grupos. Foi-me mostrado que devemos evitar ambos os extremos. Usando
o vestido até a altura do cano da bota da mulher, mais ou menos, evitaremos os males do
vestido extremamente longo, e escaparemos aos males e notoriedade do vestido extremamente
curto. (Tes. Para Igreja vol.1, p.464)

A Bíblia do demônio
É o demônio que induz as mulheres a mostrarem suas pernas para excitar os homens, os mesmos
tipos de pernas agora socialmente aceitáveis de serem admiradas, que são mostradas pelas jovens
religiosas quando elas caminham de lá para cá com suas roupas curtas. Que passo encantador na
direção direita ou esquerda. É possível que nós logo vejamos o topless de religiosas sexualmente
rebolando seus corpos... muitas religiosas são moças muito lindas com pernas muito bonitas. A bíblia
satânica, p.25 “algumas evidências de uma nova era satânica”. Não podemos levar o irmão a pecar.

As 3 classes

Mas passaram diante de mim três grupos de mulheres, com seus vestidos das
maneiras que seguem, no tocante ao comprimento: O primeiro era do comprimento segundo a
moda, sobrecarregando os membros, impedindo o passo, varrendo a rua e juntando as
sujidades; do qual declarei plenamente os maus resultados. Esta classe, serva da moda,
parecia fraca e lânguida. O vestuário da segunda classe que passou diante de mim era a muitos
respeitos como devia ser. Os membros estavam bem vestidos. Achavam-se livres das cargas
que a tirana Moda impusera à primeira classe; fora, porém, a um extremo de curteza que
desgostara e suscitara preconceitos a pessoas boas, destruindo em grande medida sua própria
influência. Este é o estilo e a influência do “costume americano”, ensinado e usado por muitos... Esse
não chega aos joelhos. Não preciso dizer que esse estilo me foi mostrado como sendo demasiado curto.
Uma terceira classe passou diante de mim com semblantes animados, e passo desembaraçado e lépido.
Seu vestuário era do comprimento que descrevi como apropriado, modesto e saudável. Estava umas
poucas polegadas acima da sujeira da rua e do passeio e de acordo com todas as situações, como subir
ou descer degraus, etc. (ME vol3 p.278).

O tamanho correto

Em resposta às cartas de muitas irmãs que faziam perguntas com respeito ao comprimento
apropriado do vestido da reforma do vestuário, devo dizer que em nossa parte do Estado de
Michigan, adotamos o comprimento uniforme de aproximadamente 23 centímetros acima do
chão. Aproveito esta oportunidade para responder a essas perguntas, a fim de poupar o tempo
requerido para atender às muitas cartas. Eu deveria ter falado antes, mas esperei até ver algo
definido sobre esse ponto. Recomendo enfaticamente que haja uniformidade no comprimento
do vestido. Diria que aproximadamente 23 centímetros estão de acordo com minhas visões
sobre o assunto. (Test. para Igreja vol.1, p.521). Que não sejamos como Caim oferecendo o que
queremos e não como Abel que ofereceu o que Deus queria.

Caso o mundo introduza uma moda modesta, conveniente e saudável no vestir, que esteja de
acordo com a Bíblia, não mudará nossa relação para com Deus ou para com o mundo adotar
tal estilo. Os cristãos devem seguir a Cristo e fazer suas roupas conformar-se com a Palavra
de Deus. Devem evitar os extremos. Devem seguir humildemente um rumo certo, sem
considerar os aplausos ou censura, e se devem apegar ao que é certo devido aos seus próprios
méritos. (Orientação da Criança, p. 414/ 270).

Tenhamos abnegação ao vestir, pois esse é o nosso dever

A abnegação no vestir faz parte de nosso dever cristão. Trajar-se com simplicidade, e abster-se de
ostentação de jóias e ornamentos de toda a espécie, está em harmonia com nossa fé. ME. Vol.3 p.245

Vivamos e trabalhemos com simplicidade. Trajemo-nos de um modo tão modesto e decoroso


que sejamos recebidos aonde quer que formos. Jóias e vestuário dispendioso não nos darão
influência, mas o ornamento de um espírito manso e tranquilo — o resultado de dedicação ao
serviço de Cristo — nos dará poder com Deus. Bondade e solicitude para com os que se acham
ao nosso redor são qualidades preciosas à vista do Céu. Se não tendes dado atenção à
aquisição destas virtudes, fazei-o agora, pois não tendes tempo para perder. P.248

De quem Cristo se envergonha? (temos que dar o sonido certo a mensagem)

Cristo Se envergonha de Seus professos seguidores. Em que apresentamos qualquer semelhança


com Ele? Em que nossa maneira de vestir se harmoniza com as exigências bíblicas? Não quero que
recaiam sobre mim os pecados do povo, e darei à trombeta um sonido certo. Tenho por anos dado
um testemunho claro e decidido acerca desse assunto, seja pela imprensa, seja do púlpito. Não tenho
me esquivado a declarar todo o conselho de Deus. Preciso estar limpa do sangue de todos. O
mundanismo e o orgulho que dominam por toda a parte não servem de desculpa para um cristão fazer
o que os outros fazem. Disse Deus: “Não seguirás a multidão para fazeres o mal.” Êxodo 23:2.
(Test. para Igreja vol.4, p.647).

 Há preconceito nessa reprovação, mas Deus manda falar. Aqueles que deixam isso
passar ou são indiferentes apoiando o erro são igualmente culpados. Os que passam os
erros por alto, são tidos como amáveis, mas recuem ao claro dever escriturístico.

O preconceito que se levantou contra nós por havermos reprovado as faltas que Deus me mostrara
existirem, e o clamor que se ergueu de aspereza e severidade, são injustos. Deus nos manda falar, e
não ficaremos silenciosos. Caso haja erros claros entre Seu povo, e os servos de Deus passem
adiante, indiferentes* a isso, estão por assim dizer apoiando e justificando o pecador, e são igualmente
culpados, incorrendo tão certo como ele no desagrado de Deus; pois serão tidos como responsáveis
pelos pecados do culpado. Foram-me mostrados em visão muitos casos em que o desagrado de Deus
foi atraído por negligência da parte de Seus servos quanto a tratar dos erros e pecados existentes
entre eles. Os que passaram por alto esses erros têm sido considerados pelo povo muito amáveis e
de disposição benigna, simplesmente por haverem eles recuado do desempenho de um claro dever
escriturístico. Essa tarefa não agradava a seus sentimentos; evitaram-na, portanto. (Test. seletos
vol.1, p334)

Qual a roupa certa? Pr. Samuele Bacchiochi

Oséias 4:6/ Apoc. 3:18

“...o ouro da fé e amor, as vestes brancas da justiça de Cristo, o colírio do discernimento espiritual...
(Fé e obras p.74)

O caráter de uma pessoa é julgado pelo aspecto de seu vestuário.


(Educação p.248)

Apocalipse 19:7 e 8

Gên. 32:2 e 25 (Moisés e Arão tirando os pendentes)

Ismaelitas que usavam adornos

E disse-lhes mais Gideão: Uma petição vos farei: Dá-me, cada um de vós, os pendentes do seu
despojo (porque tinham pendentes de ouro, porquanto eram ismaelitas).Juízes 8:2

Jóias e adornos

Êxodo 33: 3-6


A uma terra que mana leite e mel; porque eu não subirei no meio de ti, porquanto és povo
de dura cerviz, para que te não consuma eu no caminho.
E, ouvindo o povo esta má notícia, pranteou-se e ninguém pôs sobre si os seus atavios.
Porquanto o Senhor tinha dito a Moisés: Dize aos filhos de Israel: És povo de dura cerviz;
se por um momento subir no meio de ti, te consumirei; porém agora tira os teus atavios,
para que eu saiba o que te hei de fazer.
Então os filhos de Israel se despojaram dos seus atavios, ao pé do monte Horebe.

O inimigo coloca piadinhas no nosso meio “Aquela agora quer ser santa?” Nós estamos lutando.

A beleza de vocês não deve estar nos enfeites exteriores, como cabelos trançados e jóias de ouro ou
roupas finas. Pelo contrário, esteja no ser interior, que não perece, beleza demonstrada num espírito
dócil e tranqüilo, o que é de grande valor para Deus. Pois era assim que também costumavam adornar-
se as santas mulheres do passado, que colocavam a sua esperança em Deus. Elas se sujeitavam a
seus maridos,

1 Pedro 3:3-5

Filho meu, ouve a instrução de teu pai, e não deixes o ensinamento de tua mãe,
Porque serão como diadema gracioso em tua cabeça, e colares ao teu pescoço.

Provérbios 1:8,9

Não é alguém dizer, ah não tem problema nenhum, nós temos princípios sólidos e imutáveis. Voltemos ao
primeiro amor. Antigamente no certificado de batismo vinha os requisitos para se tornar um membro... tinha que
se abster dessas coisas. (ITim. 2:9 e 10/Êxodo 35:22/ Gên. 35: 2 e 4)

Como será a próxima geração se Jesus não voltar? Porque hoje as mães não ensinam mais, deixam
usar. Ao invés de progredirmos a Canaã, estamos voltando para o Egito. Cristo quando nos fala estas
coisas, é porque Ele nos quer ver libertos da escravidão do pecado, libertos das armadilhas de Satanás.

A gente começa devagar pintando clarinho aí depois acostuma.

Senhor eu quero te agradar. Essa deve ser a nossa vontade. Ezequiel 23:36-38/40/44 e 48 (referência as
mulheres pagãs) prostitutas...

A maquiagem dizem: a) realçar a beleza para conseguir algo ou atrair (Jezabel) II Reis 9: 22 e 30

b) Para agradar os olhares masculinos e sentirem-se belas Ezequiel 23:40.

Unhas pintadas

Levíticos 19:28 (algumas dizem tatuagem) As prostitutas que usavam, pois isso era um traço distintivo e uma
marca.

Jesus dizia que a vontade dele era fazer a vontade do Pai. Ah, mas é difícil, eu sou mulher.

Mas se queremos nos achar seladas, entre as prudentes devemos descobrir a vontade de Jesus e ter aversão
as coisas que nos afastam de Cristo. Se não tirarmos aquilo que nos impede de entrarmos na Canaã Celestial,
estaremos vagando na Igreja como Israel vagou 40 anos no deserto.

Salto alto I Cor. 6:19 e 20 (machuca o corpo)

Temos que mudar para irmos logo desse mundo triste. Gostamos das coisas daqui, por isso Cristo ainda não
voltou. Comecemos a falar não a Satanás. Provérbios 31: 10, 25, 30 e 31