Você está na página 1de 6

Tijolos Cerâmicos, Passo a Passo!

O tijolo cerâmico é um dos mais antigos materiais de construção da história da humanidade.

Atualmente, no Brasil, há dois tipos de tijolos cerâmicos: Tijolo ou bloco cerâmico para
alvenaria estrutural e o Tijolo ou bloco cerâmico para alvenaria de vedação.

Vejam os detalhes no banner abaixo:

Macete 01: O isolamento térmico das paredes de tijolos é excelente. Oferece boa aderência
à argamassa em virtude da sua aspereza e poder absorvente.

Normas Técnicas de Referência

NBR 8545:1984 – Execução de alvenaria sem função estrutural de tijolos e blocos


cerâmicos – Procedimento

NBR 15812-1:2010 – Alvenaria estrutural — Blocos cerâmicos – Projetos

NBR 15812-2:2010 – Alvenaria estrutural — Blocos cerâmicos – Parte 2: Execução e


controle de obras
Alvenaria de Blocos de Concreto, Passo a
Passo!
O serviço de alvenaria é um dos mais comuns e conhecidos de uma obra. Veja agora o
passo a passo da Alvenaria de Blocos de Concreto.

Características dos Blocos de Concreto

Serviços preliminares

Deixe o local limpo, livre de restos de óleos, graxas e outros produtos químicos;

Faça um estoque de blocos próximo do local de execução do serviço;

Rode um traço de argamassa 1:4 (cimento e areia).

Ferramentas necessárias

Colher de pedreiro

Paleta e/ou bisnaga de assentamento de alvenaria


Prumo e nível

Linha de pedreiro

Bacia de concreto ou carrinho de mão

Veja como executar uma alvenaria de boa qualidade, passo a passo:

1. Marcação da Alvenaria
Fazer a marcação da alvenaria de acordo com o projeto de arquitetura. Primeiro ache os
eixos externos da edificação e estique uma linha (bem esticada) marcando esse eixo. É
bem provável que nesse eixo externo tenha a alvenaria externa. Em seguida puxe a
marcação das alvenarias internas com referência neles. Utilize um esquadro 90° de
alumínio de 1,0m ou 1,50m para que os encontros da alvenaria sejam em 90°; em
linguagem de obra isso quer dizer que a alvenaria está “esquadrejada” ou no esquadro.

Quando as linhas estiverem na marcação correta, assente o primeiro bloco nas


extremidades e encontros de alvenarias, materializando os pontos. Não retire as linhas
ainda.

2. Execução da primeira fiada


Com os pontos materializados inicie a execução da primeira fiada de alvenaria. Ao término
dessa etapa você conseguirá ver o desenho de todos os cômodos como na planta baixa de
arquitetura.

3. Subir fiadas das extremidades


Puxe a linha entre as duas extremidades e assente apenas os blocos nas extremidades de
encontros de alvenaria até a altura de 1,20m (6 fiadas de blocos). Elas devem estar
alinhadas horizontalmente e aprumadas verticalmente.
4. Assentar os blocos
Pronto! Feitos todos os passos anteriores você já está com toda a sua alvenaria marcada e
mestrada. Volte a segunda fiada, puxa a linha entre as duas extremidades e comece a
assentar os blocos um a um. Ao terminar toda a segunda fiada, repita o procedimento e dê
sequência.

Macete 01: Um pedreiro vai conseguir a alvenaria até a altura de 1,60m sem precisar
montar andaimes. Apos essa altura será necessário fazer a montagem de andaimes.
Atenção aos quesitos de segurança para trabalho em altura.

Macete 02: as fiadas devem estar amarradas, ou seja, as juntas entre um bloco e outro não
se encontram na fiada superior. Veja nas fotos abaixo.
Macete 03: para evitar desperdício de blocos com a quebra durante o corte, inclua no seu
pedido cerca de 10% a 12% de meio-bloco.

Macete 04: Algumas construtoras utilizam de bisnagas para aplicação de argamassa para
alvenaria. O pedreiro que nunca trabalhou com a bisnaga tem um pouco de dificuldade no
início. Veja o exemplo na imagem abaixo:

5. Montagem de andaimes
Você já chegou na altura limite que consegue assentar alvenaria sem utilizar andaimes.
Agora você precisará montá-los. Monte os andaimes ao longo de toda a alvenaria.

6. Subir fiadas das extremidades


Com os andaimes montados, volte a repetir todo o processo a partir do passo 3. Dê
sequência na alvenaria até chegar na última fiada próximo da laje ou fundo de viga. Pare
por aí.
Conclusão

A alvenaria deve ser muito bem executada com atenção principalmente a alinhamento,
prumo, esquadro e amarração. Todo esse cuidado evita o surgimento de problemas como
vícios de construção (problemas anteriores que geram novos problemas) nas etapas
seguintes, o sobre-consumo de materiais e retrabalhos.

Normas Técnicas de Referência

NBR 6136:2014, versão corrigida 2014 – Blocos vazados de concreto simples para
alvenaria – Requisitos

NBR 15961-1:2011 – Alvenaria estrutural — Blocos de concreto – Projeto