Você está na página 1de 30

Universidade Eduardo Mondlane

Faculdade de Engenharia
Departamento de Engenharia Electrotécnica

DISCIPLIN A: Comunicações Sem Fio


FICH A 7
SIN ALIZAÇ Ã O EM GSM

4ºAno –2018
4/5/2018 Equipe
Equipe de
de Trabalho:
Trabalho: Eng.º
Eng.ºHB
HB ee Eng.º
Eng.ºLM
LM 1
1. Introdução
N as aulas anteriores tratamos de abordar sucintamente as
soluções técnicas adoptadas pelo GSM ao nível de
arquitectura, interfaces e equipamento.

Isto permitirá ao utilizador GSM usar de uma série de


serviços e facilidades, oferecidas, de uma forma simples e
rápida.

Existe um conjunto de operações, e troca de informações,


efectuadas no sistema que o comum dos utilizadores
jamais se aperceberá, mas que por vezes se revestem de
alguma complexidade. N este capítulo, iremos abordar os
mais importantes procedimentos efectuados por um móvel
em4/5/2018
GSM. Equipe
Equipe de
de Trabalho:
Trabalho: Eng.º
Eng.ºHB
HB ee Eng.º
Eng.ºLM
LM 2
2.A Sinalização em GSM

A maior parte do processamento de sinalização em GSM


passa-se ao nível da camada 3. A camada 3, é em termos
de sinalização a mais complexa, estando encarregada
principalmente de estabelecer, manter e terminar uma
ligação.

A camada 3 assegura as funções de suporte necessárias


relacionadas com o controlo dos serviços suplementares e
o serviço de mensagens curtas. As normas GSM
consideram que esta camada é composta por três
subcamadas com objectivos específicos, e independentes
entre si.
4/5/2018 Equipe
Equipe de
de Trabalho:
Trabalho: Eng.º
Eng.ºHB
HB ee Eng.º
Eng.ºLM
LM 3
2.1 Subcamada de Gestão dos Recursos Rádio

O papel é estabelecer e libertar ligações estáveis


entre estações móveis e um MSC enquanto a
chamada decorrer, e qualquer que seja a
movimentação do utilizador. Deve jogar com um
recurso rádio limitado e geri-lo dinamicamente
entre todas as necessidades.

4/5/2018 Equipe
Equipe de
de Trabalho:
Trabalho: Eng.º
Eng.ºHB
HB ee Eng.º
Eng.ºLM
LM 4
2.2 Subcamada de Gestão de Mobilidade

Está principalmente relacionada com estação móvel,


mais precisamente o SIM no interior do móvel, a HLR e
o MSC/ VLR. A gestão das funções de segurança é
realizada pelas mesmas máquinas, mais precisamente
belo AuC que está situado no interior do HLR. A BSS
não faz parte desta subcamada.

4/5/2018 Equipe
Equipe de
de Trabalho:
Trabalho: Eng.º
Eng.ºHB
HB ee Eng.º
Eng.ºLM
LM 5
2.3 Subcamada de Gestão de Chamadas

Tem como funções, estabelecer um circuito para


um determinado utilizador quando lhe for pedido,
e claro manter e libertar. Esta subcamada inclui
meios postos à disposição do utilizador de forma a
este manter algum controlo sobre a gestão das
chamadas que origina ou recebe, através de
serviços suplementares.

4/5/2018 Equipe
Equipe de
de Trabalho:
Trabalho: Eng.º
Eng.ºHB
HB ee Eng.º
Eng.ºLM
LM 6
3. Modos de Operação

Para melhor percebermos os diversos procedimentos, bem


com a sinalização envolvida será conveniente definirmos
aqui os modos de operação de uma estação móvel GSM.
Simultaneamente identificaremos as operações e
procedimentos envolvidos nestes modos de operação. Uma
estação móvel pode estar situada em três modos de
operação:

4/5/2018 Equipe
Equipe de
de Trabalho:
Trabalho: Eng.º
Eng.ºHB
HB ee Eng.º
Eng.ºLM
LM 7
3.1 Modo Inactivo

N este modo o móvel está completamente


desligado, está OFF. O móvel está desligado da
rede, que não é informada das mudanças de
posição do móvel nem o móvel recebe qualquer
informação desta.

4/5/2018 Equipe
Equipe de
de Trabalho:
Trabalho: Eng.º
Eng.ºHB
HB ee Eng.º
Eng.ºLM
LM 8
3.2 Modo em Espera
O móvel está alimentado, mas não está envolvido em
qualquer comunicação com a rede. No entanto este está
ligado à rede, seleccionando a melhor célula a que se deve
comunicar, (re)selecção de célula. Para isso continuamente
a estação móvel retira medidas acerca da intensidade e
qualidade do canal BCCH da sua célula e das células
vizinhas.

4/5/2018 Equipe
Equipe de
de Trabalho:
Trabalho: Eng.º
Eng.ºHB
HB ee Eng.º
Eng.ºLM
LM 9
Quando esta abandona a uma área de localização, tem que
informar a rede acerca da sua nova área de localização,
actualização de localização.
A rede, conhecendo a localização do móvel pode enviar
paging para este quando necessário. Além disto, o móvel
pode ainda, neste modo, realizar o acesso aleatório. A estas
possibilidades, movimentação, selecção de célula e de
novas áreas de localização, com a possibilidade de receber
paging da rede, e ainda de efectuar acessos aleatórios é
chamado de roaming.
4/5/2018 Equipe
Equipe de
de Trabalho:
Trabalho: Eng.º
Eng.ºHB
HB ee Eng.º
Eng.ºLM
LM 10
3.3 Modo Dedicado
A estação móvel está envolvido na comunicação com o sistema,
tendo-lhe o sistema associado um canal dedicado, como
resultado do acesso aleatório feito pelo móvel. Esta comunicação
inclui autenticação, encriptação, configuração de chamada e
atribuição de um canal de tráfego.
A rede informa o móvel relativamente aos valores de controlo de
potência e avanço no tempo. Quando, em resultado das medidas,
a célula vizinha oferece melhores condições de comunicação, é
efectuado um handover, durante o qual a chamada é
redireccionada para a nova célula.
4/5/2018 Equipe
Equipe de
de Trabalho:
Trabalho: Eng.º
Eng.ºHB
HB ee Eng.º
Eng.ºLM
LM 11
4.Medidas de Intensidade de Sinal

As medidas de intensidade do sinal desempenham


um papel fundamental no sistema, pois é a partir
delas que se faz mudança de estação base, controle
de potência, etc. As medidas de intensidade do sinal
são efectuadas pela estação móvel em ambos os
modos de funcionamento, o modo de espera e o
modo dedicado.

4/5/2018 Equipe
Equipe de
de Trabalho:
Trabalho: Eng.º
Eng.ºHB
HB ee Eng.º
Eng.ºLM
LM 12
4.1 Modo de Espera

O móvel é considerado em modo de espera quando


ligado (alimentado), mas não possui nenhum canal
dedicado para troca de informação. Ao ligar o aparelho,
é automaticamente feita a selecção da célula, podendo
esta ser realizada de duas formas: O móvel ao ligar-se,
faz um varrimento aos 124/374 canais rádio e calcula
os níveis médios de cada um deles.

4/5/2018 Equipe
Equipe de
de Trabalho:
Trabalho: Eng.º
Eng.ºHB
HB ee Eng.º
Eng.ºLM
LM 13
Em seguida sintoniza a frequência do canal com nível mais
forte e tenta detectar um canal BCCH nessa frequência. Caso
o canal rádio não contenha um canal BCCH, o móvel
sintonizará o 2ºcanal mais forte e assim consecutivamente.
Ao detectar o canal BCCH, o móvel lê os respectivos dados
para saber se se pode “
agarrar”a essa célula. Outra forma da
escolha da célula é por consulta a dados em memória. O
móvel tem incluído na memória do SIM quais as portadoras
BCCH a monitorizar na selecção da célula. Esta lista inclui as
portadoras mais fortes
6 4/5/2018 Equipe
ede
é actualizada
Trabalho: Eng.ºHB e Eng.ºLM
Equipe de Trabalho: Eng.ºHB e Eng.ºLM
pelo móvel. 14
4.2 Modo Dedicado
N este modo o móvel já tem um canal dedicado,
estando portanto uma chamada em curso. Durante
esta chamada o móvel juntamente com a informação,
reporta continuamente, por intermédio do SACCH, o
nível do sinal recebido.

Um dos aspectos é como as medidas realizadas pela


estação móvel e pela estação de base têm que ser
transferidas para um único ponto para tratamento, a
4/5/2018 Equipe
Equipe de
de Trabalho:
Trabalho: Eng.º
Eng.ºHB
HB ee Eng.º
Eng.ºLM
LM 15
Neste sistema as estações móveis podem efectuar medidas
de até 6 células vizinhas, mais as medições relativas à célula
que a serve.

A actividade de relatório de medidas da estação móvel


representa um ritmo de pelo menos 130 bit/ s. Este
relatório é transportado pelas mensagens no canal de
sinalização pequeno associado com cada TCH e chamado
SACCH, cuja máxima capacidade equivale a duas vezes este
ritmo.

Assim, o ritmo de actualização pode ser de até duas vezes


por segundo, se o SACCH não está a ser utilizado para
outros propostos em paralelo.
4/5/2018 Equipe
Equipe de
de Trabalho:
Trabalho: Eng.º
Eng.ºHB
HB ee Eng.º
Eng.ºLM
LM 16
Resumindo, e tendo em atenção o processo anterior, o
escalonamento das medições é realizado da seguinte
forma :
1. O Móvel recebe informação e mede a intensidade
do sinal e o BER da célula de serviço no TS 2;
2. Móvel transmite;
3. Neste intervalo livre o móvel aproveita para medir a
intensidade do sinal em pelo menos uma das células
adjacentes;
4/5/2018 Equipe
Equipe de
de Trabalho:
Trabalho: Eng.º
Eng.ºHB
HB ee Eng.º
Eng.ºLM
LM 17
4. No intervalo longo, aproveitando o slot idle, o
móvel tenta ler o BSIC no SCH (TS 0) duma das
células adjacentes.

Figura 1–Principio das medições efectuadas pelo móvel

4/5/2018 Equipe
Equipe de
de Trabalho:
Trabalho: Eng.º
Eng.ºHB
HB ee Eng.º
Eng.ºLM
LM 18
5. Móvel em Modo de Espera

Quando se liga um móvel, ele irá tentar estabelecer


contacto com um operador público GSM (PLMN).

O operador em particular que deverá ser contactado,


poderá ser seleccionado manualmente pelo
assinante, ou automaticamente pelo móvel.

Dentro do operador, o móvel irá escolher uma célula


apropriada, e em que o serviço esteja disponível,
sintonizando-se aos respectivos canais de controle
(BCCH e CCCH). Esta escolha é conhecida como “
acampar na célula”.
4/5/2018 Equipe
Equipe de
de Trabalho:
Trabalho: Eng.º
Eng.ºHB
HB ee Eng.º
Eng.ºLM
LM 19
Se necessário o móvel irá então registar a sua
presença na área de localização (LA) da célula
escolhida, através de um procedimento de
actualização de localização (LU) ou de registo de
IMSI.
O acampamento numa célula em modo idle, permitirá:

a. Que o móvel receba informação do sistema


relativamente ao operador.

b) Disponibilizar meios para que o móvel, se o desejar,


estabelecer chamadas.

c) Recepção de paging por parte do móvel, normalmente


consequência d a chegada de uma mensagem.
4/5/2018 Equipe
Equipe de
de Trabalho:
Trabalho: Eng.º
Eng.ºHB
HB ee Eng.º
Eng.ºLM
LM 20
Caso o móvel não se tenha instalado com sucesso na célula
pretendida, ou se o SIM não estiver inserido, irá passar a
um estado de Serviço Limitado, numa qualquer célula.
Neste estado apenas será permitido ao assinante efectuar
chamadas de emergência.

Os procedimentos envolvidos em modo de espera poderão


ser divididos em três tipos:
−Selecção de PLMN;
−Selecção e reselecção de célula;
−Actualização de localização.

A forma com estes procedimentos interagem, está descrita


na Figura que segue:
4/5/2018 Equipe
Equipe de
de Trabalho:
Trabalho: Eng.º
Eng.ºHB
HB ee Eng.º
Eng.ºLM
LM 21
Figura 2 –Procedimentos efectuados pelo móvel em modo idle

4/5/2018 Equipe
Equipe de
de Trabalho:
Trabalho: Eng.º
Eng.ºHB
HB ee Eng.º
Eng.ºLM
LM 22
5.1 Selecção de PLMN

Antes de descrever o processo de selecção de PLMN


existe uma série de definições que é necessário referir,
de forma a uma melhor compreensão de todo o
processo.

4/5/2018 Equipe
Equipe de
de Trabalho:
Trabalho: Eng.º
Eng.ºHB
HB ee Eng.º
Eng.ºLM
LM 23
5.1.1 Definições
Normalmente o móvel opera no seu próprio operador,
denominado por HPLMN - Home PLMN. Contudo
poderá ser seleccionado um operador em que o móvel é
apenas visitante, VPLMN –Visited PLMN. Para efectuar
esta selecção existem dois modos possíveis:
i) Modo Automático –Este modo utiliza uma lista
de PLMN ’ s ordenada por ordem de prioridades.
Será escolhida o PLMN com prioridade superior
que esteja disponível.
ii) Modo Manual – Aqui o móvel indicará ao
utilizador quais os PLMN ’ s disponíveis. Apenas
depois de o utilizador seleccionar um PLMN o
móvel irá tentar obter serviço.
4/5/2018 Equipe
Equipe de
de Trabalho:
Trabalho: Eng.º
Eng.ºHB
HB ee Eng.º
Eng.ºLM
LM 24
Sempre que o móvel utiliza serviços de um operador que
não o de origem, é considerado em Roaming. Existem
principalmente dois tipos:

ØRoaming Internacional –Este é o caso em que o


móvel acede ao serviço de um PLMN de um país
diferente do que pertence o seu HPLMN.

ØRoaming N acional – Aqui o móvel irá receber


serviço de um operador que está no mesmo país do que
o seu HPLMN. Neste caso o móvel realiza uma procura
periódica pelo seu HPLMN.

4/5/2018 Equipe
Equipe de
de Trabalho:
Trabalho: Eng.º
Eng.ºHB
HB ee Eng.º
Eng.ºLM
LM 25
Sempre que o móvel encontre uma célula em que seja
possível acampar e o pedido de actualização de localização
nessa célula for aceite o móvel passa a ser considerado
registado no PLMN. O móvel guardará então a identificação
do PLMN no SIM, passando então a denominar-se PLMN
registado a este PLMN.

4/5/2018 Equipe
Equipe de
de Trabalho:
Trabalho: Eng.º
Eng.ºHB
HB ee Eng.º
Eng.ºLM
LM 26
5.1.2 Descrição
A selecção de PLMN pode ser efectuada em diversas
circunstâncias:

− Ao ligar o equipamento. Neste caso o móvel


seleccionará e tentará efectuar uma LU no PLMN
registado;

− Na recuperação de rede devido a uma falha na


cobertura. Aqui o móvel também terá de efectuar a
selecção, mas apenas efectuará um pedido de
actualização de localização caso seja necessário. Iremos
mais à frente definir as condições para que seja
necessário
4/5/2018
a actualização de localização.
Equipe de Trabalho: Eng.ºHB e Eng.ºLM 27
Equipe de Trabalho: Eng.ºHB e Eng.ºLM
−Na reselecção de rede por parte do utilizador. Em
qualquer momento o utilizador poderá iniciar uma
reselecção e registo num PLMN disponível.
−Quando o móvel está em roaming nacional. Neste
caso o móvel tentará periodicamente obter serviço no
seu HPLMN. A periodicidade pode variar entre 6
minutos e 8 horas, como poderá também não existir.
Este valor deverá ser guardado no SIM. Esta Selecção
periódica apenas deverá acontecer no caso do móvel
estar no país de origem.
4/5/2018 Equipe
Equipe de
de Trabalho:
Trabalho: Eng.º
Eng.ºHB
HB ee Eng.º
Eng.ºLM
LM 28
Se o móvel estiver em selecção automática, e quando não
existe nenhuma rede registada, ou se não foi possível o
registo por indisponibilidade ou falha no processo de registo,
o móvel selecciona e tenta efectuar o registo em outros
PLMN’ s, caso estes estejam disponíveis, pela seguinte ordem:

I. HPLMN ( se não foi previamente seleccionada);

ii) Cada PLMN cuja identificação esteja guardada no SIM;

iii) Outras PLMN cujo sinal esteja acima de –85 dBm por
ordem aleatória;

iv) Todas as restantes PLMN’s por ordem decrescente de


sinal.
4/5/2018 Equipe
Equipe de
de Trabalho:
Trabalho: Eng.º
Eng.ºHB
HB ee Eng.º
Eng.ºLM
LM 29
Quando o registo é bem sucedido o móvel apresentará
a respectiva indicação ao utilizador. Caso contrário, o
móvel apresentará a indicação “
Serviço Indisponível”
,e
espera até que haja alguma rede disponível. Caso
existam redes que estejam disponíveis, mas não tenha
sido bem sucedido o pedido de actualização de
localização, o móvel entrará em modo de serviço
limitado.

4/5/2018 Equipe
Equipe de
de Trabalho:
Trabalho: Eng.º
Eng.ºHB
HB ee Eng.º
Eng.ºLM
LM 30

Você também pode gostar