Você está na página 1de 43

UNIVERSIDADE CEUMA – UniCEUMA

Coordenadoria do Curso de Psicologia

NORMAS E DIRETRIZES PARA A ELABORAÇÃO DO TRABALHO DE


CONCLUSÃO DE CURSO DO CURSO DE PSICOLOGIA DA
UNIVERSIDADE CEUMA - UNICEUMA

Este documento foi elaborado com a finalidade de subsidiar e normatizar


a elaboração do Trabalho de Conclusão do Curso (TCC) do Curso de Psicologia da
Universidade Ceuma – UniCEUMA.
A Coordenadora do Curso de Psicologia, no uso de suas atribuições
regimentais e tendo em vista a resolução CEPE nº006/CEPE/2012 que ressalta a
necessidade de que cada curso discipline e regulamente as normas especificas para
a elaboração do Trabalho de Conclusão de Curso, e considerando:

Que o Trabalho de Conclusão de Curso – TCC deverá revelar a


capacidade do(a) aluno(a) de aplicar com rigor e competência
algum ou alguns dos instrumentos de análise próprios do
campo das pesquisas disciplinares ou interdisciplinares, num
nível de exigência compatível com o que se espera de um
profissional em início de carreira, e obedecendo aos critérios
básicos de um trabalho acadêmico, com base no Art. 2º da
Resolução CEPE 006/2012.

Que são consideradas exigências para conclusão dos cursos


de bacharelado e licenciatura, na UniCEUMA, os Trabalhos de
Conclusão de Curso - TCC, conforme definidos nos Projetos
Pedagógicos dos cursos, com base no Art. 3º da Resolução
CEPE 006/2012.

Que o Trabalho de Conclusão de Curso, independente de sua


forma, deverá seguir as normas da Associação Brasileira de
Normas Técnicas - ABNT, em vigência, com base no Art. 5º da
Resolução CEPE 006/2012.

Afirma que o trabalho de conclusão de curso é um exercício que incorpora


a oportunidade e o desafio de aprender e praticar os aspectos metodológicos
próprios do processo de pesquisa científica no âmbito da Psicologia. Nesse sentido,
objetiva ampliar a capacidade de desenvolver e expor argumentos de maneira
articulada e formalmente adequada do aluno, além de proporcionar o exercício da
competência técnica compromissada com a realidade socioeconômica, política e
cultural do país. (referências - PPP)
A elaboração do Trabalho de Conclusão de Curso do curso de Psicologia
da Universidade Ceuma – UniCEUMA é constituída de duas etapas, a saber:
Trabalho de Conclusão de Curso I (Projeto de Pesquisa – ANEXO VIII) e Trabalho
de Conclusão de Curso II (Defesa do TCC em Mostra Científica – Banner).
Por decisão unânime do Colegiado de curso, em sessão realizada no dia
24 de maio de 2013, encaminham-se ao CEPE – Conselho de Ensino Pesquisa e
Extensão da Universidade CEUMA as normas especificas de Trabalho de Conclusão
de Curso para o Curso de Psicologia, em conformidade com resolução CEPE nº
006/2012, que seguem abaixo, e entram em vigor após validação por aquele egrégio
conselho.
CAPITULO I
1
UNIVERSIDADE CEUMA – UniCEUMA
Coordenadoria do Curso de Psicologia

DA DEFINIÇÃO

Art. 1º O Trabalho de Conclusão de Curso de graduação em Psicologia conforme o


Projeto Politico Pedagógico do Curso - Matriz 2011-1, deverá ser construído na
forma de artigo científico, com uma proposição escrita sobre qualquer tema
abrangido, direta ou indiretamente, pelos programas das disciplinas lecionadas no
curso de Graduação em Psicologia.

CAPITULO II
DO PROJETO

Art. 2º O projeto de pesquisa, que está atrelado à disciplina Trabalho de Conclusão


de Curso I (TCC I), realizado ao longo do 9º Período, antecederá o Trabalho de
Conclusão de Curso II (TCC II) (10º Período) e servirá para fundamentá-lo. Deverá
seguir as normas da ABNT vigentes, conforme Art. 5º Resolução CEPE nº 006/2012.

CAPITULO III
DO ORIENTADOR E DO DOCENTE DA DISCIPLINA TCC I E TCC II

Art. 3º Para acompanhamento das atividades desenvolvidas pelo aluno matriculado


nas disciplinas TCC I e TCC II, será eleita a figura de um orientador.

I- a figura do orientador é obrigatória, sendo imprescindível a sua participação na


condução dos trabalhos.
II- o orientador será um docente de livre escolha do aluno.
III- a validação da escolha da figura do Orientador está condicionada ao vínculo
deste com a área temática do trabalho do aluno.
IV- a figura do orientador poderá ser da IES ou externo a ela, nesse caso sem
qualquer ônus para a Universidade do Ceuma – UNICEUMA.

Art. 4º As orientações deverão ser documentadas mediante o Registro de Campo de


Orientação de TCC I e II. (Anexo VII)

Art. 5º Quando o aluno não cumprir as recomendações elencadas pelo orientador,


os problemas deverão ser comunicados por escrito à Coordenadoria do Curso,
antes da defesa final do TCC (Art. 10º § 2º Resolução CEPE 2012).

§ 1º O(a) orientador(a) deverá avaliar a conveniência ou não de submeter o


resultado final à banca examinadora.

a) o(a) orientador(a) poderá recusar-se a dar continuidade à condução do


trabalho de orientação e a recusa deverá estar fundamentada por escrito.
2
UNIVERSIDADE CEUMA – UniCEUMA
Coordenadoria do Curso de Psicologia

b) caso a recusa de orientação aconteça em prazo igual ou inferior a 30 dias da


data de defesa, estipulada pela Coordenadoria de curso conforme o PPPC, é vetado
ao aluno depositar o TCC II para defesa nesse semestre letivo.
c) o aluno poderá ter um novo orientador desde que esteja no prazo superior a
90 dias da defesa.

Art. 6º Compete ainda ao orientador do TCCI e TCCII:

I- orientar o aluno na elaboração, desenvolvimento e redação do TCC;


II- zelar pelo cumprimento de normas e prazos estabelecidos;
III- indicar o co-orientador, quando for o caso;
IV- diagnosticar problemas e dificuldades que estejam interferindo no
desempenho do aluno e orientá-lo a buscar soluções;
V- agir com discrição na orientação do aluno, respeitando-lhe as habilidades e
suas limitações;
VI- participar da banca do(s) orientando(s), e acatar a nota dos dois
examinadores.

Art. 7º Compete ao docente da disciplina de TCC I e TCC II, de acordo com a


Resolução CEPE nº 011/2012, Art 11:

I- prestar a orientação técnica para a pesquisa e referências preliminares


necessárias à delimitação, contextualização e justificativa do tema.
II- ler e discutir com o(a) aluno(a) a versão preliminar do projeto, sugerir as
alterações que julgar indispensáveis e assinar um documento declarando
satisfatória, quando assim o considerar, a versão final do projeto (documento
“Projeto de TCC - Aprovação - Anexo II”).
III- emitir as atas referentes aos diários de classe, de faltas e notas e demais
documentos acadêmicos, registrando a média bimestral dos discentes.

PARÁGRAFO ÚNICO: Embora formalmente o(a) aluno(a) seja aprovado(a) pelo


docente da disciplina, prevalece, em caso de discordância, a do(a) orientador(a) e
nenhum projeto será aprovado se não se fizer acompanhar do aceite deste(a)
último(a).

CAPITULO IV
DO ORIENTANDO

Art. 8º Compete ao orientando:


I- escolher o seu orientador e comunicar oficialmente ao docente da disciplina
TCCI, mediante a assinatura do Aceite do orientador, até a data da regimental do
segundo bimestre (ANEXO I);

3
UNIVERSIDADE CEUMA – UniCEUMA
Coordenadoria do Curso de Psicologia

II- escolher, em comum acordo com o orientador, o tema a ser desenvolvido no


TCC I;
III- conhecer e cumprir as normas e prazos estabelecidos ao TCC pela
Coordenadoria do curso;
IV- respeitar e tratar com urbanidade o orientador e demais pessoas envolvidas
com o TCC;
V- desenvolver o Trabalho de Conclusão de Curso, de acordo com o projeto
previamente apresentado, a discussão de versão(ões) preliminar(es) do trabalho
com o(a) orientador(a) e a redação da versão final.
VI- demonstrar iniciativa e sugerir inovação nas atividades desenvolvidas;
VII- buscar a qualidade e mérito no desenvolvimento do TCC;
VIII- expor ao orientador, em tempo hábil, problemas que dificultem ou impeçam a
realização do TCC, para que sejam buscadas as soluções;
IX- comunicar ao(a) professor(a) da disciplina TCCI e TCCII quaisquer
irregularidades ocorridas durante e após a realização do TCC, visando seu
aperfeiçoamento, observados os princípios éticos.
X- depositar três (3) cópias impressas do TCCII na Central de Atendimento ao
Cliente, acompanhado de uma cópia em “CD” (documento salvo com as extensões
word e pdf), obedecendo às normas definidas, juntamente com o compromisso do(a)
Orientador(a), ou seja: o termo de “aceite”, o Projeto do TCC, e a Folha de
acompanhamento instituída pelo curso.
XI- Assumir as despesas com locomoção, digitação, formatação, correção
ortográfica, papel, fotocópia, encadernação e outras decorrentes do preparo e
distribuição do TCCI e TCCII.
XII- realizar exposição oral do conteúdo, de no máximo 20(vinte) minutos para
cada avaliador, em formato BANNER (1,20 X 0,90), no dia, hora e local fixados
previamente pela Coordenadoria, perante uma banca examinadora e responder
devidamente à arguição;
XIII- realizar as modificações sugeridas pela banca e entregar um exemplar
impresso e em “CD” da nova versão, em caso de aprovação condicional, após a
defesa (ver seção V) no prazo máximo de 15 dias, na Coordenadoria do Curso após
revisão do(a) orientador(a).

CAPITULO V
DO COORDENADOR DE CURSO

Art. 9º Cabe ao Coordenador de Curso


I- ratificar a indicação dos professores que comporão a banca examinadora,
acatando as sugestões do orientador e do Colegiado através do documento “TCC –
Banca “Examinadora”- Anexo IV;
II- emitir declaração pela participação na orientação e em banca de defesa do
orientando com a respectiva carga horária;

4
UNIVERSIDADE CEUMA – UniCEUMA
Coordenadoria do Curso de Psicologia

III- estabelecer local, data e horário para a realização da Mostra


Científica/Defesa TCC II;
IV- acionar o Setor de Comunicação para a divulgação da Mostra Científica
V- mediar os conflitos que venham surgir entre orientador e orientando no
desenvolvimento do TCC I e TCC II.

PARÁGRAFO ÚNICO: Do protocolo de entrega do Trabalho de Conclusão de Curso


(TCC II) devendo dele constar:

I. Os formulários devidamente preenchidos, incluindo o requerimento do


depósito;
II. O Termo de Aceite do orientador (ANEXO I);
III. O Projeto do Trabalho de Conclusão de Curso (Entregue na disciplina TCC I);
IV. Folha de acompanhamento instituída pelo curso (ANEXO VII);
V. A Ata da banca examinadora com resultados da defesa;

CAPÍTULO VI
DA CONSTITUIÇÃO DA BANCA EXAMINADORA E AVALIAÇÃO DO TCC

Art. 11º O Trabalho de Conclusão de Curso II, após o aceite formal do(a)
orientador(a), será apresentado a uma banca examinadora composta do(a)
orientador(a) e mais dois professores, um indicado pelo orientador e outro indicado
pelo colegiado. Caso se faça necessário e com prévio aceite da docente da
Disciplina de Trabalho de Conclusão de Curso, poderão participar da banca
professores e profissionais técnicos de outras instituições.
PARÁGRAFO ÚNICO: Três tipos de avaliações podem resultar desse exame, na
qual a banca pode decidir aprová-lo(a) ou não.

I- Aprovação sem existência de alterações no texto ou com sugestões de


aperfeiçoamentos apenas para fins de envio à biblioteca, para publicação ou
inscrição da pesquisa em concurso.
II- Reprovação caso em que o(a) aluno(a) deverá novamente inscrever-se no
requisito “TCC” e apresentar outra pesquisa no semestre seguinte.
III- Aprovação Condicional (aprovação dependente da incorporação das
sugestões de mudanças feitas pela banca, devendo a versão modificada ser
entregue no prazo máximo de 15 dias ao(a) professor(a) orientador(a) ou a quem for
designado responsável pela avaliação e aprovação final da pesquisa).

CAPÍTULO VII
DA ELABORAÇÃO FORMAL DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO

5
UNIVERSIDADE CEUMA – UniCEUMA
Coordenadoria do Curso de Psicologia

Art. 12º A elaboração formal do artigo cientifico, com base na pesquisa realizada,
deverá seguir o rigor do caráter científico, respeitando as Normas da ABNT vigentes
na ocasião, sendo de responsabilidade do professor da disciplina, referente ao
conteúdo de orientação do TCCI e TCCII a atualização das mesmas.

Art. 13º o Trabalho de Conclusão de Curso deverá conter os seguintes elementos,


conforme norma vigente da ABNT (ABAIXO SEGUE UM ROTEIRO NO ANEXO IX):

I- ELEMENTOS PRÉ-TEXTUAIS: (CAPA (OBRIGATÓRIO); LOMBADA


(OPCIONAL); FOLHA DE ROSTO (OBRIGATÓRIO); FOLHA DE APROVAÇÃO
(OBRIGATÓRIO); RESUMO (OBRIGATÓRIO); RESUMO EM LÍNGUA
ESTRANGEIRA (OBRIGATÓRIO).
II- ELEMENTOS TEXTUAIS: (INTRODUÇÃO (OBRIGATÓRIO);
DESENVOLVIMENTO (TÓPICOS) (OBRIGATÓRIO); CONCLUSÃO
(OBRIGATÓRIO).
III- ELEMENTOS PÓS-TEXTUAIS: REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS
(OBRIGATÓRIO); APÊNDICE (OPCIONAL); ANEXOS (OBRIGATÓRIOS).

Esta Norma entra em vigor na data de sua aprovação.

São Luís, 06 de maio de 2013.

Profª Drª Francisca Morais da Silveira


Presidente do Conselho do Curso de Psicologia

6
UNIVERSIDADE CEUMA – UniCEUMA
Coordenadoria do Curso de Psicologia

ANEXO I

TERMO DE ACEITE – ORIENTAÇÃO DO TCC

Eu, _________________________________________, professor(a) desta


Universidade, lotado (a) na Coordenadoria do Curso de Psicologia, aceito orientar o
discente ____________________________________________________________,
matrícula n.º ______________________________, na elaboração do seu TCC, cujo
projeto é intitulado ___________________________________________________
___________________________________________________________________
___________________________________________________________________

Ressalta-se que os direitos e deveres do discente e do orientador seguem o


estabelecido nas Resoluções específicas do CEPE e do Curso de Psicologia, que
dispõe sobre o TCC.

Nome do (a) aluno (a): __________________________________ CPD: __________


Coordenadoria do Curso de Psicologia___________________,

Declaro, na oportunidade, conhecer o cronograma de trabalho da


Coordenadoria do Curso, comprometo-me a elaborar o Projeto do Trabalho de
Conclusão de Curso dentro dos prazos e normas estipulados.

Atenciosamente,
_______________________________________
Assinatura do (a) aluno (a)

ACEITE DO (A) ORIENTADOR(A):

_______________________________________________
Assinatura do (a) orientador (a)

São Luís, ____ de __________________ de 20__


7
UNIVERSIDADE CEUMA – UniCEUMA
Coordenadoria do Curso de Psicologia

ANEXO II

PROJETO DE TCC – APROVAÇÃO

Aluno (a): _________________________________________ CPD: _____________


Orientador (a): _______________________________________________________
Título do Projeto: _____________________________________________________
___________________________________________________________________

Ao Docente da Disciplina Trabalho de Conclusão de Curso,

Prof. _______________________________________________________________
Tendo acompanhado a elaboração e examinado a versão final do projeto de
Trabalho de Conclusão de Curso realizado, considero-o satisfatório e recomendo
sua aprovação.

Atenciosamente,

_________________________________
Assinatura do (a) Orientador (a)

São Luís, ___ de ________________ de 20___

8
UNIVERSIDADE CEUMA – UniCEUMA
Coordenadoria do Curso de Psicologia

ANEXO III
TCC - ENCAMINHAMENTO

Aluno (a): ____________________________________________ CPD: __________


Orientador (a): _______________________________________________________
Título de Trabalho de Conclusão de Curso: ________________________________
___________________________________________________________________

À Coordenadoria do Curso de Psicologia,

Tendo acompanhado a elaboração e examinado a versão final da


monografia/TCC realizada, considero satisfatório o resultado da pesquisa e
recomendo seu encaminhamento à banca examinadora.

Atenciosamente,
______________________________
Assinatura do (a) orientador (a)

Em: ____de_____________de 20____

DIA E HORA DA DEFESA: _____________________________________

9
UNIVERSIDADE CEUMA – UniCEUMA
Coordenadoria do Curso de Psicologia

ANEXO IV

TCC – BANCA EXAMINADORA

Aluno (a): ___________________________________________ CPD: ___________


Curso: ____________________________________
Orientador (a): ______________________________
Título do Trabalho de Conclusão de Curso:
___________________________________________________________________
___________________________________________________________________

Senhor(a) Orientador(a),

Ficam indicados os professores, abaixo listados, para sob a presidência de


V.Sa., formarem a banca examinadora do TCC:

1. ___________________________________________________
2. ___________________________________________________

Atenciosamente,
______________________________
Assinatura do (a) Coordenador (a)

Em: ____de_____________de 20____

DIA E HORA DA DEFESA: ______________________________________

10
UNIVERSIDADE CEUMA – UniCEUMA
Coordenadoria do Curso de Psicologia

ANEXO V
ATA DE DEFESA DE TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO

1 IDENTIFICAÇÃO
 ALUNO: ___________________________________________ CPD: _________
 CURSO: __________________________________________
2 TÍTULO DO TCC:
___________________________________________________________________
___________________________________________________________________
3 APRESENTAÇÃO DO TCC
 Data: _____/_____/_______
 Horário: de ________ às ______ horas.
 Tempo utilizado para apresentação: ______ minutos.
 Tempo utilizado para argüição: ______ minutos.
4 NOTAS
BANCA
NOTA
ITEM EXAMINADORA MÉDIA
MÁXIMA
1º 2º
Conteúdo 3,0 pts
Redação 2,0 pts
Normalização 1,0 pt
Exposição 2,0 pts
Argüição 2,0 pts
Total de Pontos 10,0 pts
Ciência do aluno:________________________________________________

5 JULGAMENTO FINAL
APROVADO REPROVADO APROVAÇÃO CONDICIONADA

DATA DA NOVA APRESENTAÇÃO: ____/______/______

RESPONSÁVEL PELA VERIFICAÇÃO: ___________________________________


6 DATA: _____/ ______/20_.
7 ASSINATURAS
BANCA EXAMINADORA: ASSINATURA
Presidente:
Membro:

11
UNIVERSIDADE CEUMA – UniCEUMA
Coordenadoria do Curso de Psicologia

ANEXO VI
PARECER FINAL SOBRE O TCC COM APROVAÇÃO CONDICIONADA

Aluno (a): __________________________________________ CPD: ___________

Curso: _____________________________________________________________

Título do Trabalho de Conclusão de Curso: ________________________________


___________________________________________________________________

Data da defesa: _____ / ______/ _________

Professor (a) responsável pela verificação: _________________________________

À Coordenadoria do Curso de Psicologia,

Tendo examinado a versão corrigida do Trabalho de Conclusão de Curso


acima, verifiquei que o (a) aluno (a) cumpriu integralmente as exigências feitas pela
Banca Examinadora e que seu trabalho está apto a receber aprovação final.

Atenciosamente,

_________________________________________________________
Assinatura do (a) orientador (a) ou membro da banca responsável.

Em ____de______________________de 20___

12
UNIVERSIDADE CEUMA – UniCEUMA
Coordenadoria do Curso de Psicologia

ANEXO VII
FREQUÊNCIA NAS ORIENTAÇÕES DE TCC

Nome do Aluno:_______________________________________ CPD: _________

N° Data Tarefa Apresentada Orientação para a Visto do Visto do


pelo aluno semana Aluno Professor

13
UNIVERSIDADE CEUMA – UniCEUMA
Coordenadoria do Curso de Psicologia

ANEXO VIII
MODELO DE PROJETO DE PESQUISA

UNIVERSIDADE CEUMA
CURSO DE PSICOLOGIA

NOME DO ALUNO

TÍTULO:
Subtítulo

São Luís
20__
14
UNIVERSIDADE CEUMA – UniCEUMA
Coordenadoria do Curso de Psicologia

NOME

TÍTULO:
Subtítulo

Projeto de pesquisa apresentado ao


Curso de Psicologia da Universidade
CEUMA como pré-requisito para
obtenção de nota na disciplina TCC I.
Orientador:

São Luís
20 ---
15
UNIVERSIDADE CEUMA – UniCEUMA
Coordenadoria do Curso de Psicologia

SUMÁRIO

1 APRESENTAÇÃO ......................................................................................... 00

2 OBJETO E PROBLEMA DA PESQUISA ..................................................... 00

3 JUSTIFICATIVA ............................................................................................ 00

4 HIPÓTESES................................................................................................... 00

5 OBJETIVOS .................................................................................................. 00

5.1 Objetivo Geral .............................................................................................. 00

5.2 Objetivos Específicos ................................................................................. 00

6 FUNDAMENTAÇÃO TEÓRICA .................................................................... 00

7 MÉTODO ....................................................................................................... 00

8 CRONOGRAMA ............................................................................................ 00

REFERÊNCIAS............................................................................................. 00

ANEXOS ........................................................................................................ 00

16
UNIVERSIDADE CEUMA – UniCEUMA
Coordenadoria do Curso de Psicologia

1 APRESENTAÇÃO

Apresentar o tema da pesquisa;


Apresentar sua relação com o tema da pesquisa (É possível utilizar 1ª
pessoa do singular nesta parte em pesquisas da área de ciências humanas, pois
trata-se de um relato da experiência);
Finalizar ressaltando o título do projeto bem como o esquema de
organização do projeto;
Não utilizar autores nesta parte (referências), a não ser que sua pesquisa
aponte para uma discordância com os autores;

17
UNIVERSIDADE CEUMA – UniCEUMA
Coordenadoria do Curso de Psicologia

2 OBJETO E PROBLEMA DA PESQUISA

Situar o objeto da pesquisa – mais estruturado que o tema, já apontando


os autores que discutem este objeto;
Problematizar o objeto – ou seja, mostrar em que sua pesquisa se torna
necessária (ex: nenhum autor trabalhou com o tema desta forma; há poucas
pesquisas na área; você discorda da forma que um determinado autor situa o objeto
etc.). Esta problematização pode ser expressa em forma de questionamento.
Usar 3ª pessoa do singular ou 1ª do plural (adotar uma ou outra
preferencialmente);

18
UNIVERSIDADE CEUMA – UniCEUMA
Coordenadoria do Curso de Psicologia

3 JUSTIFICATIVA

Falar da importância do estudo do tema;


O que a pesquisa vem resolver?
De que forma ela vem resolver?
Utilizar autores que apontam para a sua pesquisa;
Usar 3ª pessoa do singular ou 1ª do plural (adotar uma ou outra preferencialmente);

19
UNIVERSIDADE CEUMA – UniCEUMA
Coordenadoria do Curso de Psicologia

4 HIPÓTESES

A maioria dos autores em metodologia aponta que em pesquisas


qualitativas das áreas humanas e sociais não é necessário utilizar hipóteses,
principalmente se o paradigma epistemológico de pesquisa for o fenomenológico,
que não admite uma previsão de resultados.
As hipóteses servem para nortear o estudo e geram o objetivo geral e os
específicos;
São possíveis respostas para a questão elaborada no problema.
Podem ser respondidas da seguinte forma:
“Sim. O objeto x explica o fenômeno y, porque ...”
“Não. O objeto x não explica o fenômeno y, porque ...”

20
UNIVERSIDADE CEUMA – UniCEUMA
Coordenadoria do Curso de Psicologia

5 OBJETIVOS

5.1 Objetivo Geral

Colocar o objetivo central da sua pesquisa (apenas 1);


Utilizar os verbos indicados para objetivo geral no infinitivo;
(Ex: Analisar os fatores ...)

5.2 Objetivos Específicos

Colocar os objetivos específicos de sua pesquisa (cada objetivo


específico aponta para o trabalho a ser realizado em cada capítulo da pesquisa, ou
seja, 3 objetivos específicos geram 3 capítulos na monografia);
Utilizar os verbos indicados para objetivo específicos no infinitivo,
conforme seu paradigma epistemológico;
(Ex: Contextualizar os fatores ...)

21
UNIVERSIDADE CEUMA – UniCEUMA
Coordenadoria do Curso de Psicologia

6 FUNDAMENTAÇÃO TEÓRICA

Iniciar o debate com os autores do seu levantamento bibliográfico prévio


que discutem seu assunto ou lhe dão subsídios para discuti-los.
São usados pelo menos 3 autores nesta parte, com citações diretas e
indiretas, buscando começar o debate com eles a respeito do seu objeto. Os pontos
principais do debate são:
1 – Mostrar como os autores trabalham com o objeto de estudo desta
pesquisa (para isso, muitas vezes preciso situar em que abordagem o
autor está inserido, ou seja, realizar um histórico do autor antes de
iniciar seu pensamento).
2 – Mostrar com quais autores você pretende discutir para resolver o
problema da pesquisa.
3 – Em algumas livros esta parte está subdividia entre o Estado da
Arte (como o tema tem sido tratado hoje) e o Marco Teórico (quais
são os autores e o referencial adotado na pesquisa).
OBS: Você não vai encerrar nenhuma discussão neste ponto, apenas mostrar as
ideias centrais dos autores e como pretende se inserir neste conhecimento científico
com sua pesquisa.
Usar 3ª pessoa do singular ou 1ª do plural (adotar uma ou outra preferencialmente);

22
UNIVERSIDADE CEUMA – UniCEUMA
Coordenadoria do Curso de Psicologia

7 MÉTODO

Descrever a forma de pesquisa:


Paradigma epistemológico (Positivismo, Materialismo Histórico Dialético,
Fenomenologia, Estruturalismo, Psicanálise, Arqueogenealogia, Cartográfico, etc.) –
Deve concordar com o paradigma dos autores que você está citando para
referenciar a pesquisa.
Modelo de Pesquisa – Qualitativa, quantitativa ou quali-quanti (observar o
paradigma).
Tipo de pesquisa – pesquisa bibliográfica, pesquisa de campo, pesquisa-
ação, pesquisa exploratória etc. (observar o paradigma).
Instrumentos de Pesquisa – Entrevista (diretiva ou não diretiva), questionário,
testes etc. (observar o paradigma).
Em pesquisas bibliográficas: falar do período de análise (últimos 5 anos) e as
plataformas utilizadas (scielo, banco de teses e dissertações, livros, etc)
Em pesquisas de campo: explicitar o local da pesquisa e os sujeitos da pesquisa.
Descrever as atividades que compõe o projeto e que serão explicitadas no
cronograma a seguir.

23
UNIVERSIDADE CEUMA – UniCEUMA
Coordenadoria do Curso de Psicologia

8 CRONOGRAMA

2016
Descrições das atividades MAR ABR MAI JUN JUL AGO SET OUT NOV DEZ

Levantamento bibliográfico X X X X X X X X X

Escrita do Projeto X X X

Entrega do Projeto à
X
disciplina TCC I
Apresentação do Projeto ao
X
Comitê de Ética em Pesquisa
Fase 1 do projeto X X

Fase 2 do projeto X X

Elaboração de Artigos X X X

24
UNIVERSIDADE CEUMA – UniCEUMA
Coordenadoria do Curso de Psicologia

REFERÊNCIAS

EM ORDEM ALFABÈTICA E DE ACORDO COM A ABNT (sem espaçamento,


tamanho 12pts, com um espaço simples de distância).

25
UNIVERSIDADE CEUMA – UniCEUMA
Coordenadoria do Curso de Psicologia

ANEXOS

26
UNIVERSIDADE CEUMA – UniCEUMA
Coordenadoria do Curso de Psicologia

UNIVERSIDADE CEUMA
COORDENAÇÃO DO CURSO DE PSICOLOGIA

TERMO DE CONSENTIMENTO LIVRE E ESCLARECIDO

Prezado(a) Participante,

Em consonância com as determinações da Resolução nº 466 do


Conselho Nacional de Saúde (CNS), de 12 de dezembro de 2012, que esclarece as
normas éticas de pesquisa com seres humanos baseadas nos princípio de respeito
à dignidade humana, venho através deste documento prestar os seguintes
esclarecimentos acerca da pesquisa da qual Vª Srª está sendo convidado(a) a
participar de forma livre e sem constrangimentos:
Sou XXXXXXXXXXXX, discente do Curso de Psicologia da Universidade
CEUMA. Estou realizando uma pesquisa em nível de graduação sob supervisão do
professor XXXXXXXXX cujo objetivo é [OBJETIVO GERAL].
Por se tratar de uma [TIPO DE PESQUISA – Qualitativa, Quantitativa ou
Quali-Quati], sua participação envolve a realização de [INSTRUMENTO DE
PESQUISA – Questionário, Entrevista, Testes, etc.], que serão gravadas, se assim
você permitir, e que tem a duração aproximada de XX minutos.
A participação neste estudo é voluntária e se você decidir não participar
ou quiser desistir de continuar em qualquer momento, tem absoluta liberdade de
fazê-lo.
Na publicação dos resultados desta pesquisa, sua identidade será
mantida no mais rigoroso sigilo. Serão omitidas todas as informações que permitam
identificá-lo (a).
Mesmo não tendo benefícios diretos em participar, indiretamente você
estará contribuindo para a compreensão do fenômeno estudado e para a produção
de conhecimento científico. A pesquisa não envolve riscos para os participantes.
Quaisquer dúvidas relativas à pesquisa poderão ser esclarecidas pelo
pesquisador nos contatos XXXXXXXXX, pelo professor orientador nos contatos da
27
UNIVERSIDADE CEUMA – UniCEUMA
Coordenadoria do Curso de Psicologia

Coordenação de XXXXXXXX ou pelo Comitê de Ética em Pesquisa da Universidade


CEUMA nos contatos (98) 3214-4212 e pelo e-mail cep@ceuma.br.

Atenciosamente,

__________________________________________
Pesquisador
Discente de Psicologia
Universidade CEUMA

__________________________________________
Orientador
Título
Universidade CEUMA

__________________________________________
Participante da Pesquisa

São Luís, ____ de _______ de 20___.

28
UNIVERSIDADE CEUMA – UniCEUMA
Coordenadoria do Curso de Psicologia

ANEXO IX
ROTEIRO DE ESTRUTURA DO TCC II

Prezado(a) aluno(a),

Este roteiro foi preparado para auxiliá-lo na elaboração do seu artigo


(TCC). Ele o apoiará na estruturação das etapas do seu trabalho de maneira
eficiente.
Seu artigo deverá conter de 20 a 25 páginas, começando a conferir do
RESUMO/INTRODUÇÃO, até as REFERÊNCIAS.
Entretanto, não se esqueça das orientações recebidas na disciplina de
TCC II.
Lembre-se também de consultar as normas da ABNT (ASSOCIAÇÃO
BRASILEIRA DE NORMAS TÉCNICAS).
Quanto mais rica for a sua pesquisa, mais rico será o seu trabalho.

Definição:

ARTIGO CIENTÍFICO é o trabalho acadêmico que apresenta resultados sucintos


de uma pesquisa realizada de acordo com o método científico aceito por uma
comunidade de pesquisadores.

Um artigo deve ser escrito em linguagem clara e objetiva.


Um texto científico deve ser objetivo, preciso, imparcial, claro e coerente. Os
verbos devem ser conjugados na terceira pessoa do singular ou primeira do plural,
nunca na primeira pessoa do singular. O texto deve seguir uma sequência lógica
apresentando e explorando as ideias com precisão, as pesquisas, os dados, os
resultados, sem prolongar-se por questões de menor importância.

ESTRUTURA DO ARTIGO

A estrutura para o artigo compreende os elementos: pré-textuais, textuais e pós-


textuais.
29
UNIVERSIDADE CEUMA – UniCEUMA
Coordenadoria do Curso de Psicologia

 Elementos Pré-Textuais: capa, folha de rosto, folha de aprovação, resumo,


abstract.
 Elementos Textuais: Introdução, Desenvolvimento e Considerações Finais.
 Elementos Pós-Textuais: referências, apêndices e anexo(s).

Apresenta-se, abaixo, cada um desses elementos:

I – Elementos Pré-textuais:
 Capa
 Folha de rosto
 Folha de aprovação
 Título
 Nome do autor
 Resumo em português
 Resumo em inglês

II – Elementos Textuais:
 Introdução
 Fundamentação teórica
 Método
 Resultados e Discussão
 Conclusão / Considerações

III – Elementos Pós-textuais:


 Referências
 Apêndices (opcional)
 Anexos (obrigatórios)

A seguir será descrito cada item da estrutura do TCCII:


I Elementos Pré-textuais:
Capa: Deve-se colocar em caixa alta, o cabeçalho com o nome da instituição e do
curso na parte superior da página, nome completo do autor entre o cabeçalho e o
título, o título (em negrito) no meio da folha (sendo o subtítulo não é negrito e nem
em caixa alta) e a cidade (não é em caixa alta) e ano de apresentação no final da
página.

30
UNIVERSIDADE CEUMA – UniCEUMA
Coordenadoria do Curso de Psicologia

Folha de Rosto: Essa folha contém os elementos essenciais à identificação do


trabalho. É semelhante à capa, retirando o cabeçalho e elevando o nome do autor
à parte superior da folha. Contém a descrição do trabalho apresentado. Aparece o
nome do orientador.

Folha de Aprovação: Deve conter a data de aprovação, nome completo do


orientador do tcc, dos professores convidados (banca examinadora, sendo um
membro da banca escolhido pelo orientador e aluno e outro componente da banca
indicado pela coordenação) e local para assinatura dos mesmos.

Resumo em Português: Este texto deve ser produzido em um único parágrafo.


Sendo, portanto, o resumo de todo o trabalho, devendo ser elaborado após o
término do mesmo. Portanto, deve conter o objetivo, a discussão dos principais
aspectos e conclusão do trabalho, em um único parágrafo. Ele é composto por
frases objetivas, não ultrapassar 250 palavras e não apresenta o recuo do
parágrafo. Logo abaixo do resumo devem ser colocadas as palavras-chave,
conforme ABNT NBR 6028 na modalidade artigo de publicação (Associação, 2005,
p.2).

Resumo em Inglês (Abstract): Segue as mesmas características do resumo em


português, mas traduzido para o inglês e incluindo as palavras-chave (Keywords).

II Elementos Textuais:

1 INTRODUÇÃO

Descrição: A introdução é a apresentação geral sobre o assunto, ligando o leitor ao


tema, fornecendo uma visão global da pesquisa realizada, incluindo definições,
histórico, pontos de vista e abordagens, situar o problema no contexto geral, razão
de se fazer a pesquisa e objetivo geral. Deve-se explanar brevemente sobre o
contexto no qual o trabalho se originou e o porquê de sua realização, ou seja, a
apresentação do cenário e problemas encontrados na área, relacionando com o

31
UNIVERSIDADE CEUMA – UniCEUMA
Coordenadoria do Curso de Psicologia

problema que se pretende resolver com a pesquisa. Desaconselha-se colocar


ilustrações nesta seção. É preciso citar alguns trabalhos relacionados.

Número de páginas: Cerca de 2 páginas.

Numeração de item: Recebe o indicativo 1.

Observações:
Nunca se esqueça de mencionar a relevância do trabalho para a área no qual ele
se inclui sob a ótica da ciência (contribuição científica). Se ela não for mencionada
inicialmente na introdução, o faça no item conclusão.
De um modo geral este item deve ser montado por último, em função dos
resultados obtidos na pesquisa. Na realidade, é o último item a ser finalizado, mas
deve-se priorizar dois elementos básicos ainda na fase primária de elaboração do
artigo: (1) a problemática e (2) o objetivo do trabalho. Em muitos artigos requer-se
uma hipótese de trabalho e desse modo, esse seria um outro tópico a ser objeto de
preocupação primária, juntamente com a problemática e o objetivo.

2 FUNDAMENTAÇÃO TEÓRICA

Descrição: Este item tem por objetivo apresentar a teorização do objeto do


trabalho, bem como os principais estudos na área do trabalho, delineando a sua
linha de pesquisa.

Deve ser feito um levantamento bibliográfico sério a respeito de cada tema.


Lembre-se que os temas abordados devem servir de suporte para a realização da
pesquisa. Caso seja uma ferramenta, uma análise de uma situação ou qualquer
outra forma, a fundamentação teórica deve estar diretamente relacionada com o
objetivo que se pretende atingir. Você não vai escrever sobre um tema que não
tenha contribuições para a sua pesquisa. Deve ser feito um roteiro de itens a serem
tratados aqui.

É aconselhável, ao final da fundamentação teórica, fazer um tópico de conclusões


com intuito de explicar o que não foi encontrado na revisão ou, então, não está na

32
UNIVERSIDADE CEUMA – UniCEUMA
Coordenadoria do Curso de Psicologia

forma como o presente trabalho irá tratar e usar este fato para justificar e propor
um estudo adicional, ou até inédito, que será descrito no próximo item.

Observação: este tópico permite a divisão em subitens (2.1; 2.2...)

Número de páginas: Mínimo de 8 páginas e máximo de 10 páginas.

Numeração de item: Esse tópico recebe o indicativo 2.

3 METODOLOGIA DE DESENVOLVIMENTO DA PESQUISA (MATERIAIS E


MÉTODOS)

Descrição: Relatar a metodologia do trabalho, enfocando as bases filosóficas e as


diretrizes gerais do método aplicado, deixando claro ao leitor as bases da pesquisa
realizada. Para isso é importante ver a bibliografia referente a esse assunto.

Neste item devem ser levantados: as questões de pesquisa e o procedimento para


análise e coleta de dados ou desenvolvimento de ferramenta, dependendo do tipo
de pesquisa a ser realizada. Aqui deve ser “contado” como a pesquisa foi realizada
(procedimento), participantes, instrumentos utilizados etc.

Deve constar cada etapa da metodologia utilizada, sendo que cada etapa deve ser
descrita de forma genérica.

Número de páginas: Máximo de 3 páginas.


Numeração de item: Recebe o indicativo 3.

4 DISCUSSÃO DOS RESULTADOS

Descrição: A discussão é a etapa nobre do trabalho, pois é apenas nesta parte que
o autor manifesta sua percepção, desenvolvendo uma discussão dos resultados
com os autores mencionados na fundamentação teórica. É desenvolvida por
partes: inicia com justificativa, evolui para interpretação das explicações dos
trabalhos encontrados na literatura, chegando a conclusões lógicas e objetivas.

33
UNIVERSIDADE CEUMA – UniCEUMA
Coordenadoria do Curso de Psicologia

Pode estabelecer relações e associações, analisar causa-efeito, esclarecer


limitações, propor novos métodos e técnicas, explicar mecanismos e fatos, mostrar
concordâncias e discordâncias de resultados e ideias, expressar a relevância do
estudo, aplicabilidade e futuras perspectivas. Nesta seção pode-se incluir
ilustrações e tabelas.

Número de páginas: Mínimo de 4 páginas.


Numeração de item: Recebe o indicativo 4.

5 CONSIDERAÇÕES FINAIS (CONCLUSÃO)

Descrição: Neste item, deve-se:


 Concluir o trabalho de forma geral, partindo da revisão bibliográfica, do método da
pesquisa e da aplicação realizada, mostrando as principais conclusões a que se
chegou, dando ênfase ao atendimento do objetivo geral e dos objetivos específicos
propostos na introdução.
 Apresentar as limitações encontradas durante a execução do trabalho.
 Recomendar novos trabalhos complementares para os pontos onde não foi possível
incidir, ou por falta de tempo ou de conhecimentos específicos (esses pontos são
as limitações citadas anteriormente).
 Destacar as contribuições do trabalho para o conhecimento científico.

É a síntese direta e concisa das confirmações obtidas. Deverá ser obrigatoriamente


coerente com a proposição, concluindo somente o que foi comprovado. Esta seção
recebe o indicativo 5, e é a última a ser numerada

Número de páginas: Máximo de 2 páginas.


Numeração de item: Recebe o indicativo 5.

III – Elementos Pós-textuais:

REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS

34
UNIVERSIDADE CEUMA – UniCEUMA
Coordenadoria do Curso de Psicologia

Descrição: É o conjunto padronizado de elementos/obras que favorece a


identificação de documentos impressos ou registrados no todo ou em parte
(ABNT), informando TODOS os trabalhos citados no texto.
As referências devem ser apresentadas em ordem alfabética e não devem ser
numeradas. Deve-se citar o nome de até 3 autores, se o trabalho referenciado tiver
mais que 3 autores, cite o 1 primeiro seguido da abreviatura et al.

Observações:
Por obras entenda-se: livros, artigos, obras acessadas na Internet; manuais etc.
Um cuidado deve ser tomado para que sejam utilizados textos que tenham
validade científica.

Número de páginas: depende da quantidade de referencias utilizadas.

APÊNDICES/ANEXOS

Descrição: Nos itens “anexos” e “apêndices” podem ser colocados imagens,


fotografias, documentos e outros que contribuam para esclarecer ou ilustrar
determinados pontos do trabalho. Não colocar anexos/apêndices em demasia que
tornem o trabalho menor que esses suplementos.
Os anexos são materiais de caráter complementar não elaborados pelo autor, que
este ache importante, citando o anexo no texto. Se houver mais de um anexo,
indicar o mesmo com letra maiúscula consecutiva(ANEXO A, ANEXO B, ...). Deve-
se colocar o título de cada anexo.

Observações Finais
 Ao final do item colocar um parágrafo fazendo um fechamento desse, mostrando o
que o item apresentou e fazendo um link como o que será visto no item seguinte.
 Não exagerar no número de subdivisões dentro dos itens, o ideal é apenas três
níveis, no máximo quatro, não coloque tópicos com apenas um ou dois parágrafos.
o Titulo do item
 Titulo das seções
 Título das subseções

35
UNIVERSIDADE CEUMA – UniCEUMA
Coordenadoria do Curso de Psicologia

FORMATAÇÃO DO ARTIGO

Formato (Tipo de Papel, Tamanho de Fonte, Margens):


 Formato A4 (21,0 x 29,7 cm)
 Somente a frente da folha
 Texto cor preta
 Ilustração pode ser colorida
 Fonte tamanho 12 para o texto
 Fonte tamanho 10 para resumo/abstract, área de concentração, citação longa, nota
de rodapé, legenda e paginação;
 Fontes (Times New Roman ou Arial)
 Margens: superior 3cm, inferior 2cm, esquerda 3cm, direita 2cm;
 Parágrafo com recuo de 2cm;s
 Citação longa (+ 3 linhas) com recuo de 4 cm;

Espacejamento:
 Espaço 1,5 - todo o texto;
 Um espaços de 1,5 - separando cada título e subtítulos do texto que os precede e os
que sucedem;
 Espaço simples para - resumo/abstract, área de concentração, citação longa, nota
de rodapé, referências, legendas;
 Dois espaços simples - entre uma referência longa e o início de outro parágrafo.

Paginação:
 As folhas do trabalho devem ser numeradas sequencialmente, em algarismos
arábicos.
 A contagem será feita a partir da folha de rosto.
 A numeração, no entanto, deve aparecer somente a partir do resumo e sendo
consecutiva até o final do trabalho.
 De acordo com a NBR 14724 o número da página deve aparecer no canto superior
direito da folha, a 2 cm da borda superior. (ABNT, 2005, p.8),

Resumo:
 Deve-se utilizar titulo centralizado, em letra maiúscula e negrito, alinhamento
justificado, sem recuo de parágrafo e espacejamento simples contendo até 250
palavras.
Referencias:
36
UNIVERSIDADE CEUMA – UniCEUMA
Coordenadoria do Curso de Psicologia

 Será usada a NBR 6023 da ABNT.

Citações:
 Citações diretas, indiretas, citação de citação, será usada a NBR 10520 da ABNT
(2002)

Abreviaturas/Siglas:
 Pode-se abreviar palavras, evitando assim repetições no texto. A primeira vez que a
palavra ou a sigla aparecer no trabalho, a mesma deve ser escrita por extenso e
colocada a abreviatura ou a sigla entre parênteses, depois pode-se utilizar apenas
a abreviatura ou a sigla.

Ilustrações:
 São consideradas ilustrações todas as figuras, gráficos, esquemas, fotografias, entre
outros. Todas as ilustrações devem ser citadas no texto, podendo ser citada entre
parênteses (figura 01). Elas são numeradas sequencialmente no trabalho com
algarismos arábicos, independente do item/seção onde se encontram. O título de
cada ilustração deve ficar abaixo da mesma, seguido do nome e número desta.
 As ilustrações aparecem centralizadas no texto e o mais próximo possível do local
que são mencionadas.

Tabelas:
 Todas as tabelas devem ser citadas no texto, podendo ser citada entre parênteses
(tabela 01). Elas são numeradas sequencialmente no trabalho com algarismos
arábicos, independente da seção onde se encontram. O título de cada tabela deve
ficar acima da mesma, seguido do nome e número desta.
 As tabelas aparecem o mais próximo possível do local que são mencionadas no
texto.

37
UNIVERSIDADE CEUMA – UniCEUMA
Coordenadoria do Curso de Psicologia

UNIVERSIDADE CEUMA
CURSO DE PSICOLOGIA

NOME COMPLETO DO ALUNO

38
UNIVERSIDADE CEUMA – UniCEUMA
Coordenadoria do Curso de Psicologia

TÍTULO: Subtítulo

São Luís
2016
UNIVERSIDADE CEUMA
CURSO DE PSICOLOGIA

NOME COMPLETO DO ALUNO

39
UNIVERSIDADE CEUMA – UniCEUMA
Coordenadoria do Curso de Psicologia

TÍTULO: Subtítulo
Trabalho de conclusão de curso
apresentado ao curso de especialização à
distância em psicologia da educação da
Universidade Estadual do Maranhão para
obtenção do grau de especialista.

Orientador:

São Luís
2016
NOME COMPLETO DO ALUNO

TÍTULO: Subtítulo

Aprovado em: ____/____ /______

BANCA AVALIADORA

40
UNIVERSIDADE CEUMA – UniCEUMA
Coordenadoria do Curso de Psicologia

________________________________________________
1º Avaliador

________________________________________________
2º Avaliador

________________________________________________
3° Avaliador

41
UNIVERSIDADE CEUMA – UniCEUMA
Coordenadoria do Curso de Psicologia

TÍTULO: Subtítulo

Nome Completo Aluno

RESUMO

Objeto. Problema. Justificativa. Objetivo (Geral). Fundamentação. Método.


Resultados. Conclusões. (até 250 palavras).

Palavras-Chave: 3 a 5 palavras, separadas por ponto, que falem das principais


categorias do trabalho.

ABSTRACT

Texto do resumo traduzido em inglês (não usar apenas o google tradutor).

Keywords:

1 INTRODUÇÃO

Você deve apontar os seguintes elementos com maior argumentação que


o Resumo: Objeto. Problema. Justificativa. Objetivo (Geral). Fundamentação.
Método. Resultados. Conclusões.

2 FUNDAMENTAÇÃO TEÓRICA

Aqui você deve apresentar os elementos básicos que formam a “lente


teórica” sobre o assunto. Neste ponto pode ser realizado a definição de uma das
categorias da sua pesquisa, ou uma contextualização teórica.

42
UNIVERSIDADE CEUMA – UniCEUMA
Coordenadoria do Curso de Psicologia

3 MÉTODO

Apresentar como está estruturado o método de sua pesquisa. Pode informar qual
modelo de pesquisa, abordagem, técnica, sujeito (pesquisa de campo) e local de
pesquisa (pesquisa de campo).

4 RESULTADOS

Neste ponto deve ser apresentado os achados da pesquisa, respondendo aos


objetivos da pesquisa.

5 CONSIDERAÇÕES FINAIS

Neste ponto você deve pontuar de maneira clara e precisa a resolução ou


não do problema de pesquisa, explicitando os motivos. Pode apontar elementos
para novas pesquisas.

REFERÊNCIAS

Segue norma da ABNT 6023/2000

43

Você também pode gostar