Você está na página 1de 34

Este guia contém conhecimentos e técnicas relacionadas a redação, que foram

adquiridos ao longo de minha trajetoria. Nestas páginas, vou contar dicas e modelos
que descobri e desenvolvi após todos esses anos de prática.

Apesar de as informações aqui contidas, terem o foco em ajudar concurseiros


a desenvolverem uma redação acima da média de forma simplificada, nenhuma
ideia, pensamento, conceito ou aprendizagem apresentada substitui a educação
formal, nem foi em qualquer campo testado ou comprovado de forma científica.

Logo não há qualquer garantia na utilização do mesmo e eu não me


responsabilizo por qualquer erro ou eventualidade.

.
Sobre o autor

Marcelo Henrique, faz redações desde 2011, ingressou na faculdade ESPM-


Escola Superior de Propaganda e Marketing aos 17 anos, antes de finalizar o
ensino médio. Quando ainda estava no colegial, o autor tinha dificuldades na hora de
elaborar redações. Com isso, Marcelo teve que pagar caro por aulas particulares e
conhecimentos extraclasse, para poder aprender o necessário para passar no vestibular.
Depois de anos de prática, acabou pegando gosto pela escrita e não parou mais. Desta
forma, o mesmo desenvolveu um método para ajudar concurseiros que, assim como
ele tinha dificuldade em escrever redações.
Esse E-book é fruto de 7 anos escrevendo redações dissertativas de diversos
concursos e já ajudou milhares de estudantes em todo o Brasil.

Neste livro, eu demonstro de forma simples, como fazer uma redação passo a
passo do ZERO.

PRONTO PARA COMEÇAR?


Sumário

1 - Como Fazer uma redação? Pág 1


1.1 A redação que me ensinaram Pág 2
1.2 Redação Quadrada Pág 3
1.3 Erros comuns Pág 5

2 - Redação acima da média Pág 7


2.1 Modelos Pág 8
2.2 Redação Resposta Pág 10
2.3 Redação de 2 pontos Pág 15
2.4 Redação causa e efeito Pág 19

3- A redação que eu faria Pág 22


3.1 O modelo que eu utilizo Pág 23
3.2 Recomendações Pág 24
1-COMO FAZER
UMA REDAÇÃO?

1
1.1 A redação que me ensinaram

Antes de te mostrar como fazer uma redação acima da média, preciso que você entenda o
que é uma redação mediana ou, como eu costumo chamar: REDAÇÃO QUADRADA.

Eu não sei você, mas a redação que me ensinaram a fazer, não fez com que eu tirasse 10
em nenhum concurso. Não vou dizer que eu ia mal, algumas vezes até conseguia atingir um 7,5
e raramente um 8,0, mas nada mais do que isso. E sabe o porquê?

Simples! As escolas não ensinam você a se destacar, e sim a seguir o MODELO que todos
seguem.
Quando eu estava no ensino médio, por volta do 1 colegial, lembro de ouvir a seguinte
frase de um professor: “Hoje vou ensinar vocês a fazer uma redação nota 10 no vestibular”

No mesmo momento pensei: “ Bom... só na minha classe são 50 alunos, este professor da
aula para mais 4 classes igual a minha, o que resulta em 200 alunos, além disso eu sabia que ele
dava aula para mais 3 escolas na região, o que gera um total de 200 x 3 = 600 alunos, fora que
ele também dava aula em um cursinho famoso da cidade e cobrava R$180,00 por aula particular
(sim ele dava muita aula)

Não vou negar, esse professor realmente era um dos melhores que eu conheci, suas aulas
eram excelentes, era admirado por todos os alunos e tinha um método que realmente parecia
funcionar.
Agora, porque mesmo sendo um professor de tal gabarito, ele não conseguia que todos seus
alunos tirassem
10?

Lógico, você deve estar pensando: “Alguns alunos são mais inteligentes e logo,
conseguem melhores resultados que outros com dificuldades”

É óbvio, alguns alunos realmente são melhores do que outros em algumas matérias, mas
este não é o motivo. A resposta, que eu demorei muito tempo para descobri, é

Ele ensinava a mesma coisa, para TODOS!

Sim, ele simplesmente pegou um modelo, deixou QUADRADO e distribuiu para todos.
O problema é que não existe fórmula mágica, em redação Y não é igual a AX+B. O que existe
hoje, são métodos que já foram testados e que apresentam na maioria das vezes, um resultado
satisfatório. Entretanto, atingir hoje um resultado “satisfatório” infelizmente não garante sua
vaga no concurso.

Nas próximas páginas, eu vou te ensinar como não cair no modelo tradicional, mas antes

2
de aprender o que fazer, vou te ensinar o que NÃO FAZER.

• Redação quadrada

A estrutura exibida abaixo, representa o modelo clássico ensinado em sala de aula. Analise-o
bem, pois nele conterá tudo aquilo que você NÃO DEVE FAZER.

3
Redação Quadrada

1-Título

2- Introdução

3- Desenvolvimento

4- Conclusão

Já viu esse modelo? Aposto que SIM!

Este modelo, de dividir a redação em 4 partes, (título, introdução, desenvolvimento e


conclusão) não apenas é o mais ensinado nas salas de aula, como também é o mais utilizado
pelos concurseiros. Em decorrência disso, a maior parte das redações acabam sendo
monótonas e passam despercebidas pelos avaliadores, por não terem um diferencial.

4
Abaixo, listei algumas orientações que ouvi ao longo de minha trajetória para fazer uma
redação SATISFATÓRIA, logo você também não deve segui-las.

Este modelo, de dividir a redação em 4 partes, (título, introdução, desenvolvimento e


conclusão) não apenas é o mais ensinado nas salas de aula, como também é o mais utilizado
pelos concurseiros. Em decorrência disso, a maior parte das redações acabam sendo
monótonas e passam despercebidas pelos avaliadores, por não terem um diferencial.

5
Abaixo, listei algumas orientações que ouvi ao longo de minha trajetória para fazer uma
redação SATISFATÓRIA, logo você também não deve segui-las.

1.2 Erros comuns

1-Título:

-Aqui, você pode ou não colocar. Alguns concursos não cobram, nem avaliam o título.
Sendo assim, ele é categorizado como um item opcional.

-Não utilize artigo

-Não faça perguntas e sim um resumo

-Não utilize verbos

-Você não deve pontuar

-Escolher o título antes de escrever a redação

- O título, além de facultativo é livre no número de palavras

-Use o tema como título

2- Introdução:

- Fale o máximo que souber sobre o assunto

-Exponha suas ideias e conceitos

-Não faça perguntas, pois elas não são bem vistas pelo examinador

-Deixe claro seu ponto de vista. Posicionando-se contra, ou a favor do assunto

-Dê sua opinião sobre os textos de apoio.

3- Desenvolvimento

-Separe a introdução do desenvolvimento

-No desenvolvimento, não existe um número certo de parágrafos

-Aqui é o momento de dar a sua opinião sobre o assunto

6
-Utilize frases prontas para não errar

4- Conclusão

Use frases de fechamento, como: Concluindo, terminando, fechando

-Seja herói, resolva o problema da melhor forma possível “salve o mundo”


-Introduza uma nova ideia para fechar com maestria

Bom, agora que você já sabe o que não deve fazer, vou te ensinar passo a passo o que você deve
fazer, para ter uma
REDAÇÃO ACIMA DA MÉDIA

Ah...antes de tudo, pegue um rascunho e anote o que vou falar agora, vai ser a
SEGUNDA COISA mais importante deste livro.

7
2-Redação acima da
média

8
Antes de tudo...

Em “QUALQUER” texto dissertativo argumentativo, independente do tema ou pergunta,


você precisa ter antes de tudo uma coisa chamada: “POSICIONAMENTO”

O que é posicionamento?

Posicionamento, é você ter uma opinião fundamentada e bem descrita sobre um


determinado assunto, matéria, tópico ou situação. Simples, não?

Na verdade não, é aqui que as pessoas cometem um dos erros mais comuns na hora da
escrita. A maioria dos estudantes acabam confundindo POSICIONAMENTO com OPINIÃO.
Vamos utilizar o tema “Aborto”, por exemplo,

(OPINIÃO)1- Apesar de a maioria dos abortos decorrerem da falta de prevenção de


homens e mulheres, o aborto deve ser legalizado no Brasil.

(POSICIONAMENTO)2- Apesar de a maioria dos abortos decorrerem da falta de


prevenção de homens e mulheres, o aborto deve ser legalizado no Brasil. Visto que, segundo a
(fonte X), isso evitaria a morte de (X) de mulheres por ano, além do mais, o fato de ser ilegal
não é um impeditivo para que isso ocorra.

Logo, para ter um POSICIONAMENTO e não uma opinião, você precisa de 2 coisas:
1-Fundamento, 2-fonte. Nada mais!

Mas fique tranquilo, vou ensinar isso tudo mais para frente. Agora você só precisa se concentrar
nos MODELOS.

2.1 Modelos

Nas próximas linhas, vou te ensinar os 3 modelos de redação (todos dissertativos


argumentativos) que mais me geraram RESULTADO até hoje. Mas, para que você comece a
aprender esses modelos, preciso que você DESAPEGUE COMPLETAMENTE do padrão que
aprendeu na sala de aula.

´PORQUE VOU ENSINAR 3 MODELOS?

Bom, além de todos terem praticamente a mesma Eficácia (todos serem capazes de te
ajudar a alcançar o mesmo objetivo), cada pessoa se adequa melhor a um. Logo não existe um

9
melhor ou pior, mas sim o que é melhor para você ou para aquela ocasião.

O QUE VOCÊ VAI CONSEGUIR FAZER APÓS ENTENDÊ-LOS?

Após entender e principalmente TREINAR (vou insistir nisso) pelos menos 3 vezes cada um
deles (usando o mesmo tema), você vai estar apto a fazer 5 coisas:

1- Saber qual o melhor para você (ISSO É O ESSENCIAL)


2- Ter tranquilidade para redigir sobre QUALQUER tema, afinal mesmo não sabendo
nada sobre você vai saber qual modelo utilizar.
3- Fazer uma redação organizada. Pode não parecer nada, mas as 2 piores coisas para um
examinador, são: letra ilegível e texto desorganizado
4- Saber como se DESTACAR em QUALQUER redação
5- Tirar uma nota acima da média

Bônus: Apenas para aqueles querem correr atrás da nota máxima

Se o seu curso não for tão concorrido, não precisa se preocupar com o que eu vou falar
agora, basta entender 1 modelo e ignorar os outros, mas se você precisa daquela nota a mais
para sair na frente, você PRECISA TREINAR OS 3 MODELOS

SABE POR QUÊ?

Mesmo que seja possível utilizar um dos 3 modelos em qualquer redação dissertativa
argumentativa, para alguns temas, vai existir um modelo que se encaixe melhor. Logo, se você
dominar os 3 saberá exatamente qual o mais adequado para a redação em questão.

Como eu já disse, primeiramente você deve APAGAR a REDAÇÃO QUADRADA da


memória, isso facilitará seu processo de aprendizagem.

10
Redação Quadrada:

1-título (facultativo)

2-introdução

3-desenvolvimento

4-conclusão

2.2 Redações Resposta

O primeiro modelo que vou ensinar, eu considero o mais fácil, em um primeiro momento ele
pode parecer complexo, mas fique tranquilo eu garanto que você vai conseguir entender.

1-Redação resposta

1-Título (coloque mesmo se não for obrigatório)

2- Apresentação+p1+p2

3- R1+LINK

4-R2 + LINK

5- Recapitulação + Acabamento

1- Título: Apesar de a maioria dos vestibulares dizerem que não são obrigatórios e não
contam na correção, ele é uma porta de entrada para sua redação, portanto DEVE TER
TÍTULO.

11
Para fazer o título neste modelo de redação você irá precisar de 3 coisas:

1.1-Contexto: É vital que tenha conexão com o tema (não estou dizendo que deve conter
palavras do tema, mas sim ter sentido)

1.2-Frase conhecida: Para ganhar intimidade com o examinador, é necessário conter uma frase
ou termo que ele já conheça.

1.3-Marketing: Se você pretende se destacar, uma pitada de marketing é a solução. Organize os


termos para que o título fique chamativo e desperte a vontade de ler.

Obs: De 2 a 6 palavras

Exemplos:

Considerando o tema “Trabalho Infantil”

“Quem não trabalha, não come”

1- Contexto: Aborda o tema, incitando a palavra “trabalho” seguindo pela frase “não come” que
se refere a precária situação das crianças e o motivo de terem de trabalhar

2- Frase conhecida: A frase “Quem não trabalha, não come” é um antigo provérbio português,
geralmente conhecido por pessoas acima dos 30 anos. Mas caso o examinador não conheça, isso
não seria um problema pois o título cabe perfeitamente no contexto

3- Marketing: A frase “Quem não trabalha, não come” desperta curiosidade sobre o
posicionamento do autor perante o tema. Indagando uma das principais causas do trabalho infantil
de uma forma brusca e direta

1. Apresentação +p1+p2: Neste parágrafo, o objetivo é dar uma breve introdução ao tema
(apresentação), seguido de duas perguntas (p1+p2)

2.1 Apresentação: O primeiro passo, é simplesmente fazer uma apresentação, mas


não faça uma apresentação pobre, caso contrário é assim que sua introdução vai parecer:

“OI, meu nome é fulano” Sem diferencial e desinteressante.

12
Para não cometer esse erro, uma opção é iniciar com uma outra área do conhecimento,
que pode ser uma frase de um pensador, uma alusão histórica, um filme ou apenas algo que você
leu, o importante é ter nexo com o tema e citar a fonte utilizada.

P1: Após a apresentação, faça uma pergunta relacionada ao tema, se possível pergunte sobre os
temas positivos e/ou negativos, isto simplifica a resposta e o fluxo

P2: Em seguida, faça uma segunda pergunta também em relação ao tema, se possível faça
perguntas relacionadas a questão principal do tema ou pergunte sobre uma alternativa para
resolver o problema/dilema em questão.

obs: De 4 a 6 LINHAS Exemplo:

No Egito (século XII a XX), todos os cidadãos eram obrigados a trabalhar,


independentemente da idade ou do nível económico de cada um, incluindo crianças. Atualmente,
apesar de o trabalho infantil ser proibido no Brasil, isso ainda é uma realidade presente.
Considerando os dias atuais, quais seriam os malefícios do trabalho infantil? Qual seria uma
alternativa para mudar este cenário?

3- R1+LINK: Nesta etapa, o principal é responder a primeira pergunta (R1). Mas só


responder não é o suficiente, você precisa responder com um posicionamento.

Lembra do que eufalei sobre POSICIONAMENTO? Você precisa de: Fundamento + Fonte

Exemplo:

obs: De 5 a 7 LINHAS

13
“O trabalho enobrece a alma e dignifica o espírito.” Embora isso seja verdade, não se
pode generalizar, visto que, as consequências do trabalho na vida de crianças e adolescentes são
inúmeras. Segundo a ONG X, o trabalho infantil prejudica a aprendizagem da criança, influencia
na saúde, exposição à violência, assédio sexual, esforços físicos intensos, acidentes com
máquinas e animais no meio rural, entre outros. Por essas e outras o trabalho infantil deve
acabar.

4-R2 + LINK: Responda a segunda pergunta, propondo mais de uma sugestão para o problema.
Além disso, LINK com um dos textos de apoio para sustentar as ideias.

obs: De 5 a 7 LINHAS

Uma das alternativas para extinguir o trabalho infantil, seria beneficiar crianças e jovens
que optem por estudar, proporcionando assim uma possibilidade de futuro e não uma “bolsa”
com finalidades imediatistas. Outra forma de sanar este problema, segundo o texto X, é mudar o
sistema de ensino da rede pública, mesclando teoria com opções de trabalho dentro das escolas.
Dessa forma, o Estado teria um maior controle da situação e as crianças seriam menos
exploradas.

5- Recapitulação + Acabamento: Sintetize tudo de forma clara e convicta e finalize obs :

-De 4 a 6 linhas,
- Não falar de ideias que não foram abordadas.

Logo, para acabar com o trabalho infantil algumas medidas são necessárias. Incentivar
jovens a ter foco nos estudos, através de benefícios de longo prazo e fazer uma reforma no
sistema público de ensino são apenas duas delas. Contudo, este não é um problema recente e
para que esta realidade mude há muito trabalho ser feito. Mas como disse o autor X, o pouco,
repetido faz muito.

Abaixo está a Redação Resposta completa.

14
Tema: Trabalho infantil

Quem não trabalha, não come

No Egito (século XII a XX), todos os cidadãos eram obrigados a trabalhar,


independentemente da idade ou do nível económico de cada um, incluindo crianças. Atualmente,
apesar de o trabalho infantil ser proibido no Brasil, isso ainda é uma realidade presente.
Considerando os dias atuais, quais seriam os malefícios do trabalho infantil? Qual seria uma
alternativa para mudar este cenário?
“O trabalho enobrece a alma e dignifica o espírito. ” Embora isso seja verdade, não se
pode generalizar, visto que, as consequências do trabalho na vida de crianças e adolescentes são
inúmeras. Segundo a ONG X, o trabalho infantil prejudica a aprendizagemda criança, influencia
na saúde, exposição à violência, assédio sexual, esforços físicos intensos, acidentes com
máquinas e animais no meio rural, entre outros. Por essas e outras o trabalho infantil deve
acabar.
Uma das alternativas para extinguir o trabalho infantil, seria beneficiar crianças e jovens
que optem por estudar, proporcionando assim uma possibilidade de futuro e não uma “bolsa”
com finalidades imediatistas. Outra forma de sanar este problema, segundo o texto X, é mudar o
sistema de ensino da rede pública, mesclando teoria com opções de trabalho dentro das escolas.
Dessa forma, o Estado teria um maior controle da situação e as crianças seriam menos
exploradas.
Logo, para acabar com o trabalho infantil algumas medidas são necessárias. Incentivar
jovens a ter foco nos estudos, através de benefícios de longo prazo e fazer uma reforma no
sistema público de ensino são apenas duas delas. Contudo, este não é um problema recente e
para que esta realidade mude há muito trabalho ser feito. Mas como disse o autor X, o pouco,
repetido faz muito.

15
2.3 Redação de 2 pontos

A redação de 2 pontos é um modelo que funciona muito bem para alguns temas,
principalmente para aqueles em que não existe um consenso na sociedade, ou seja, 50% é a
favor e 50% é contra.

Exemplos:

-Legalização do aborto

-Redução da maioridade penal

-Eutanásia

Portanto, se você identificar que o tema é desse caráter e estiver se sentindo seguro para
usar este modelo (Redação de 2 pontos) vai acertar!

1-Redação de 2 pontos

1-Título (coloque mesmo se não for obrigatório) 2- Apresentação LINK

2- Pontos 1+ LINK

3-Ponto 2 + LINK

4-Recapitulação + Acabamento

1- Título: Neste modelo de redação, o título é feito da mesma forma da Redação Resposta

exemplo: Educar ou punir

Obs: De 2 a 6 palavras

16
2-Apresentação + LINK: Neste parágrafo, o objetivo é dar uma breve introdução ao
tema (apresentação), seguido de um LINK’

2.1 Apresentação: A apresentação é a mesma da redação resposta. Entretanto você NÃO


DEVE FAZER PERGUNTAS e sempre que possível enfatize que esse é um dilema
contemporâneo muito discutido na sociedade

LINK: Como se trata de uma discussão atual (se for o caso), utilize de uma fonte atual
para demonstrar conhecimento do assunto, caso não saiba use qualquer outra fonte que tenha
nexo, só evite pegar coisas dos textos de apoio (nessa etapa)

Tema: Diminuição da maioridade penal obs: De 4 a 6 LINHAS

Exemplo:

No Brasil, a maioridade penal é um tema muito discutido, apesar de já existirem leis


formatadas sobre isto, muito ainda se fala sobre uma possível mudança constitucional, a fim de
diminuir a criminalidade no país. Considerando outros países, como por exemplo a Turquia,
onde todos podem serem punidos criminalmente a partir de 15 anos, nota-se um índice de
criminalidade expressivamente menor segundo a fonte X. Além disso, os países considerados
como mais seguros do mundo segundo a fonte X, também apresentam maioridade penal
reduzida.

3- Ponto 1 +LINK: Nesta etapa, o essencial é mostrar o seu posicionamento, se é a


favor ou contra, se concorda ou discorda. Para enfatizar seu argumento e não deixar dúvidas da
sua escolha, termine com uma frase simples e sucinta.
Ademais LINK com uma fonte externa de valor, como um jornal, artigo científico, indicadores,
ou uma frase de alguém com influência no tema

-Não utilize os textos de apoio nesse parágrafo, guarde para o próximo.

-De 5 a 7 LINHAS

Exemplo:

Contudo, existem inúmeros argumentos contra e a favor, o que faz este debate estar longe

17
de ser resolvido. Por um lado, a maior parte da população ´´e a favor, além disso a diminuição,
reduziria o aliciamento de menores para o tráfico de drogas. Ademais segundo X, aos 16 anos o
jovem já tem discernimento suficiente para responder por seus atos. Sendo assim, não há
dúvidas de que reduzir a maioridade penal é a medida certa a ser tomada.

4- Ponto 2 +LINK: Agora é a parte mais fácil e que mais agrada o examinador, o segundo
argumento.

-De 5 a 7 LINHAS

Em contrapartida, o texto X aborda que a redução da maioridade penal, significaria


escolher punir ao invés de educar. Embora a expressão tenha fundamento e a diminuição da
maioridade também possa acarretar em outros fatores, como: superlotação carcerária, influenciar
de forma negativa a vida de menores infratores, inalteração na taxa de crimes e reincidência de
crimes pelos mesmos, isto não altera o fato de que o Brasil está na lista de 15 países mais
perigosos do mundo e sem expectativa de melhora.

5- Recapitulação + Acabamento:

obs:

-De 4 a 6 linhas,
- Não falar de ideias que não foram abordadas.

Exemplo:

Considerando os fatos, esta medida acaba se tornando necessária e independente dos


malefícios que ela possa trazer no curto prazo, a mesma deve ser feita com urgência, em prol da
segurança dos brasileiros. Pois apesar das consequências em diminuir a maioridade penal, neste
caso “os fins justificam os meios” autor X.

Abaixo está a Redação 2 pontos completa.

18
Educar ou punir

No Brasil, a maioridade penal é um tema muito discutido, apesar de já existirem leis


formatadas sobre isto, muito ainda se fala sobre uma possível mudança constitucional, a fim de
diminuir a criminalidade no país. Considerando outros países, como por exemplo a Turquia,
onde todos podem serem punidos criminalmente a partir de 15 anos, nota-se um índice de
criminalidade expressivamente menor segundo a fonte X. Além disso, os países considerados
como mais seguros do mundo segundo a fonte X, também apresentam maioridade penal
reduzida.
Contudo, existem inúmeros argumentos contra e a favor, o que faz este debate estar longe
de ser resolvido. Por um lado, a maior parte da população ´´e a favor, além disso a diminuição,
reduziria o aliciamento de menores para o tráfico de drogas. Ademais segundo X, aos 16 anos o
jovem já tem discernimento suficiente para responder por seus atos. Sendo assim, não há
dúvidas de que reduzir a maioridade penal é a medida certa a ser tomada.
Em contrapartida, o texto X aborda que a redução da maioridade penal, significaria
escolher punir ao invés de educar. Embora a expressão tenha fundamento e a diminuição da
maioridade também possa acarretar emoutros fatores, como: superlotação carcerária, influenciar
de forma negativa a vida de menores infratores, inalteração na taxa de crimes e reincidência de
crimes pelos mesmos, isto não altera o fato de que o Brasil está na lista de 15 países mais
perigosos do mundo e sem expectativa de melhora.
Considerando os fatos, esta medida acaba se tornando necessária e independente dos
malefícios que ela possa trazer no curto prazo, a mesma deve ser feita com urgência em prol da
segurança dos brasileiros. Pois apesar das consequências emdiminuir a maioridade penal, neste
caso “os fins justificam os meios” autor x.

19
2.4 Redação causa e efeito

A redação de causa e efeito é para ser usada como última opção. Se você não possui
intimidade com o tema, ou está com pouco tempo para fazer a redação ela é a escolha ideal. É
uma redação simples, organizada e de fácil leitura pelo examinador

Portanto, se você estiver com dificuldades e não souber o que fazer, recomendo fortemente usar
este modelo.

REDAÇÃO CAUSA E EFEITO


1- Título (coloque mesmo se não for obrigatório)

OBS: Nesse caso, formule uma pergunta relacionada ao tema. Além de chamar mais atenção, é
adequado para este modelo de redação.

-de 4 a 6 palavras,

Tema: Legalização do Aborto Exemplo: Aborto, quem iremos salvar?

2- Apresentação: Faça uma breve introdução ao tema (apresentação), seguido de um LINK’

Os debates sobre a legalização do aborto no Brasil não é um tema recente. Desde 1940 é
considerado um delito pelo Código Penal e passível de prisão, para as mulheres que se submetem
e para quem o realiza. Atualmente, as únicas maneiras de fazer um aborto por meios legais,
segundo a lei X são: em caso de estupro, se colocar a vida da mãe em risco, ou se o feto for
anencéfalo.

-De 4 a 6 linhas,

20
3- Causas LINK: Cite as causas (motivos) do problema em questão e depois LINK com alguma
fonte que confirme.

Apesar de as maneiras legais de se realizarem o aborto sejam apenas 3, a maioria dos


casos não ocorrem por conta disto. Segundo a fonte X, mais de 60% dos casos se concentram em
3 itens: 1-25,50% preferem adiar o nascimento, 2- 21,30% não tem condições financeiras, 3-
14,10% tem intrigas no relacionamento ou o parceiro não concorda. Além disso, segundo a fonte
X, a proibição de tal prática não acarreta no banimento da mesma e nem na diminuição dos
episódios.

-de 5 a 7 linhas,

4-EFEITOS + LINK: Cite as consequências geradas (os resultados) e depois LINK com uma
fonte que confirme.

Caso o aborto seja legalizado por completo no Brasil, isto resultaria em inúmeros fatores.
Segundo a fonte X, a legalização diminuiria o número de abortos clandestinos, aumentaria a
conscientização sobre os riscos do aborto e diminuiria significativamente a morte de mulheres.
Contudo, é notório que a opinião do Estado, mesmo se dizendo laico, sofre influência de
doutrinas religiosas e formadores de opinião, que justificam seuponto de vista evidenciando que
o feto tem vida própria desde sua concepção e que o ato é caracterizado como um tipo de
homicídio e, portanto, não pode ser aprovado.
-De 5 a 7 linhas,

5- Recapitulação + Acabamento:

Analisando o atual cenário, é evidente que algo precisa ser feito. Embora há quem se
esforce para dificultar esta mudança, a legalização se mostra ser mais do que necessária,
entretanto deve ser feita com urgência e cautela, para assim não apenas proteger mulheres que já
iriam realizar o aborto de qualquer forma, como também auxiliar as que estão em dúvida ao
fazê-lo. Logo, sendo o aborto uma prática inevitável, a melhor opção seria o Estado prestar o
devido suporte, de forma que não só aprove como também regulamente a situação.

-De 4 a 6 linhas,

Abaixo está a Redação causa e efeito completa.

21
Tema: Legalização do aborto

Aborto, quem iremos salvar?

O debate sobre a legalização do aborto no Brasil não é um tema recente. Desde 1940 é
considerado um delito pelo Código Penal e passível de prisão, para as mulheres que se
submetem e para quem o realiza. Atualmente, as únicas maneiras de fazer um aborto por meios
legais, segundo a lei X são: em caso de estupro, se colocar a vida da mãe em risco, ou se o feto
for anencéfalo.
Apesar de as maneiras legais de se realizarem o aborto sejam apenas 3, a maioria dos
casos não ocorrem por conta disto. Segundo a fonte X, mais de 60% dos casos se concentram em
3 itens: 1-25,50% preferem adiar o nascimento, 2- 21,30% não tem condições financeiras, 3-
14,10% tem intrigas no relacionamento ou o parceiro não concorda. Além disso, segundo a fonte
X, a proibição de tal prática não acarreta no banimento da mesma e nem na diminuição dos
episódios.
Caso o aborto seja legalizado por completo no Brasil, isto resultaria em inúmeros fatores.
Segundo a fonte X, a legalização diminuiria o número de abortos clandestinos, aumentaria a
conscientização sobre os riscos do aborto e diminuiria significativamente a morte de mulheres.
Contudo, é notório que a opinião do Estado, mesmo se dizendo laico, sofre influência de
doutrinas religiosas e formadores de opinião, que justificam seu ponto de vista evidenciando que
o feto tem vida própria desde sua concepção e que o ato é caracterizado como um tipo de
homicídio e portanto, não pode ser aprovado.
Analisando o atual cenário, é evidente que algo precisa ser feito. Embora há quem se
esforce para dificultar esta mudança, a legalização se mostra ser mais do que necessária,
entretanto deve ser feita com urgência e cautela, para assim não apenas proteger mulheres que já
iriam realizar o aborto de qualquer forma, como também auxiliar as que estão em dúvida ao
fazê-lo. Logo, sendo o aborto uma prática inevitável, a melhor opção seria o Estado prestar o
devido suporte, de forma que não só aprove como também regulamente a situação.

22
3- A redação que eu
faria

23
3.1 Bom, agora que você já conhece os 3 modelos de redações dissertativas
argumentativas que mais funcionam, vou te contar qual deles eu escolheria se fosse fazer um
concurso.

Antes disso, quero que você saiba como cheguei a decisão de utilizar apenas 1 modelo,
para 100% das redações que eu faço.

Quando comecei a desenvolver minhas habilidades em redação eu tinha 1 grande


problema que acredito que você também tenha:

-Como começar uma redação?

Eu realmente perdia dezenas de minutos olhando para o tema, textos de apoio, pergunta
e NADA!

E isso me prejudicava não apenas em redação, quanto em outras matérias, as quais me


sobrava pouco tempo para fazer.

Com o passar do tempo e com MUITA prática, desenvolvi esses 3 modelos que você já
conhece. Com isso, minhas notas subiram de forma exponencial, entretanto eu ainda tinha a
MESMA dificuldade em começar um texto.
Foi aí que resolvitomar uma decisão que mudou completamente minha forma de fazer
redação. Escolhi ter FOCO

Foco é algo muito simples de explicar, ou você tem ou você não tem, não existe meio
termo. Para isso, eu precisei dizer NÃO para todos os outros métodos, desde o ensinado em sala
de aula, até os que eu mesmo descobri que funcionavam. Depois desse dia, eu só faço 1 modelo
de redação.

24
“UÉ…mas você não disse que para cada tema, existe um modelo que funciona
melhor”?
Sim, eu disse e realmente funciona dessa forma. Mas existe uma exceção: Depende do quanto
você TREINA

Eu cheguei a fazer 1 redação por dia, sempre do mesmo modelo. E sim, as vezes eu sentia
que se eu utilizasse outro modelo o texto fluiria melhor, mas mesmo assim eu continuei a fazer
o mesmo modelo.

Após algum tempo fazendo a mesma coisa de segunda a sexta, a minha dificuldade em
iniciar um texto tinha desaparecido. Eu conseguia fazer qualquer redação usando o modelo
que eu escolhi, não porque ele era melhor que os outros, mas sim porque eu pratiquei ele
como nenhum outro.

Bom, sem mais delongas, o modelo que eu escolhi e utilizo até hoje é a Redação

Resposta.

Entretanto, essa escolha é algo pessoal, portanto para tomar esta decisão é necessário

muito tempo de prática e dedicação.

3.2 RECOMENDAÇÕES:

Nesse subcapítulo, vou ensinar o meu plano de estudo caso esteja precisando de um.

Se você já tem um plano de estudo que funciona, pode pular essa parte. Caso não tenha,
eu recomendo o que eu utilizava, que costumo chamar de “Estudo Gradual”

Esse plano, além de não ser cansativo, é ideal para pessoas preguiçosas.
Bom, como o próprio nome diz, o objetivo é começar com algo fácil e ir dificultando aos
poucos. Vou exemplificar abaixo, mas o importante é fazer de sua maneira conhecendo seus
limites, entretanto não fuja do plano e caso fuja tenho uma solução.

OBS: O estudo gradual foi feito para você não precisar estudar de fins de semana.
Logo, considerando um mês de 30 dias com 4 fins de semana (4 x 2 = 8) sendo assim (30 - 8 =
22 DIAS)

25
Plano Gradual

1 Mês: Como você ainda não pratica com frequência os modelos que ensinei, você
precisa entender qual o melhor para você, portanto esse é um mês de aprendizado.
Nesse mês, escolha 2 temas, de preferência que você tenha intimidade (não perca muito
tempo). Após escolher, faça 3 redações para cada. No final você vai ter feito 6 redações no mês.
Depois, veja qual dos modelos teve mais dificuldade descarte-o.

obs: Após este primeiro mês você já vai saber como fazer uma redação acima da média,
entretanto para conseguir atingir um resultado excelente em todas as redações, você deve
continuar com o plano.

2 MÊS: Agora que você já sabe qual o mais difícil, precisa descobrir qual tem mais
facilidade. Nesse mês, escolha 1 tema por semana e faça 2 redações.
No total você vai fazer 8 redações.
3 MÊS: Como você já sabe qual o melhor para você, esse mês você só fará ele.
Escolha 1 tema por semana e faça 2 redações do mesmo tema.
No total você vai fazer 8 redações.

4 MÊS: Nessa fase você já estará achando fácil fazer redação, mas não pare. Se
conseguir manter esse ritmo não tenho dúvidas que se sairá bem. Entretanto, se você se destacar
perante a concorrência, faça no mínimo 3 redações por semana.
No total você vai fazer 12 redações.

Se ainda sentir necessidade aumente, mas sempre respeitando seus limites.

Falando em limites, se por acaso você NÃO CONSEGUIR seguir com o plano que você
mesmo criou, NÃO DIMINUA, isso é essencial. Basta apenas recompensar no próximo mês, se
fizer isso 1 vez, garanto que não vai deixar acontecer de novo.

Se você leu até aqui, já está em vantagem. Mas, para você se destacar é preciso muitas
horas de prática, sem desanimar. Com esses modelos que eu te ensinei você vai economizar
horas de estudo, sem falar em custos com aulas particulares a preços abusivos e que não

26
entregam resultado.

BOM TREINO!

27
28
29