Você está na página 1de 2

EXERCÍCIOS PARA SE DIVERTIR NO FIM-DE-SEMANA

1) O levantamento realizado em um trecho de um rio encontrou uma vazão de 23 m3/s,


profundidade de 20 cm, largura de 100 metros, declividade longitudinal de 0,0015 m/m
e coeficiente de rugosidade de Manning de 0,0115. A velocidade de escoamento é de
1,15m/s. Os sedimentos apresentaram a distribuição granulométrica apresentada a
seguir. Para essa condição, estimar a quantidade total de sedimentos que pode ser
transportado em um dia. Utilize o diâmetro da partícula destacado em negrito. O canal é
considerado largo e se assemelha a um retângulo.

< 0,1 1,0 2,5 5,0 10,0 25,0


D5 D 24,0 D 50,0 D 70,0 D 90,0 D 100

Dados: g=9,81 m/s υ = 10−6 m2/s γs = 2700 kgf/m3 γ = 1000 kgf/m3

2) O levantamento realizado em um trecho de um rio encontrou uma vazão de 124325


m3/s, profundidade de 20 m, largura de 1000 metros, declividade longitudinal de 0,0012
m/m e coeficiente de rugosidade de Manning de 0,040. A velocidade de escoamento é
de 6,22m/s. Os sedimentos apresentaram a distribuição granulométrica apresentada a
seguir. Para essa condição, estimar a quantidade total de sedimentos que pode ser
transportado em um dia. Utilize o diâmetro da partícula destacado em negrito. O canal é
considerado largo e se assemelha a um trapézio.

0,09 2,0 2,9 7,5 12,0 28,0


D5 D 24,0 D 50,0 D 70,0 D 90,0 D 100

Dados: g=9,81 m/s υ = 10−6 m2/s γs = 2700 kgf/m3 γ = 1000 kgf/m3

3) No que tangue ao trabalho dos rios é preciso distinguir entre o transporte, erosão e
deposição do material detrítico. Indique a correspondência:

( ) erosão ( ) transporte ( ) sedimentação

a. A ação da água é o agente ativo, além da ação antrópica que causa ou afeta.
Realizada através dos processos de corrosão (contato água e rocha).

b. Quando há uma diminuição da competência ou da capacidade fluvial, causada


pela redução da declividade, pela redução de volume ou pelo aumento do calibre da
carga detrítica.

c. A produção de sedimentos (carga dissolvida) é carreada na mesma velocidade da


água até onde a água caminhar.

4) Dimensionar um canal trapezoidal em concreto (n=0,015), com declividade de fundo


I = 0,008 m/m, para operar em condições de máxima eficiência conduzindo 80m3/s.
3⁄
2 𝑄.𝑛 4
Geometria ótima 𝑏 = 𝑦 𝛼 = 60° 𝐴 = 1,622 ( 1 )
√3 𝐼 ⁄2
𝛼 – Ângulo do talude com a horizontal

5) Dimensionar um canal triangular em concreto (n=0,015), com declividade de fundo I


= 0,002 m/m, para operar em condições de máxima eficiência conduzindo 200m3/s.
3⁄
° 𝑄.𝑛 4
Geometria ótima 𝛼 = 45 𝐴 = 1,682 ( 1 )
𝐼 ⁄2

𝛼 – Ângulo do talude com a horizontal

6) Dimensionar um canal triangular em concreto (n=0,015), com declividade de fundo I


= 0,0018 m/m, para operar em condições de máxima eficiência conduzindo 55m3/s.
3⁄
𝑄.𝑛 4
Geometria ótima 𝑏 = 2𝑦 𝐴 = 1,682 ( 1⁄ )
𝐼 2

7) Um canal largo destina-se a transportar água com sedimentos coloidais. Verificar a


estabilidade do canal (taludes e fundo) pelo método das tensões de arraste, sabendo-se
que ele deverá ser escavado em cascalho grosso não coloidal, com partículas de pequena
angulosidade, apresentando sinuosidade elevada e declividade de 0,18%. Qual deverá
ser a altura máxima da lâmina d’água (m) para o canal ser estável e qual é a tensão de
arraste do fundo do canal (kgf/m2)? Informar se o canal é estável ou não.

Dados:

- Tensão de arraste crítica inicial: 3,27 kgf/m2


- Taludes com inclinação máxima 2:1
- Ângulo de repouso do material: 28°
- Fator de correção da tensão crítica devido à sinuosidade: 0,60

8) Um rio cuja seção transversal se assemelha a um trapézio, conforme mostra a figura


abaixo, escoa livremente. A seção transversal do rio é considerada larga. Este rio tem
uma declividade de 0,04% e um coeficiente de rugosidade de Manning de 0,030.
Determinar a forma de fundo deste rio.

Dados: g=9,81 m/s γ = 1000kgf/m3

2,75m 1,5
2,5

8m