Você está na página 1de 10

TEORIA GERAL DA ADMINISTRAÇÃO

Teoria Científica
Produção: Equipe Pedagógica Gran Cursos Online

TEORIA CIENTÍFICA

1. NOÇÕES DE ADMINISTRAÇÃO GERAL

Teorias Administrativas

Estas são as diversas teorias administrativas integram a TGA (Teoria Geral


da Administração):

• 1903 – Administração Científica (Taylor):


–– Taylor é considerado o pai da Administração Moderna, sendo o primeiro
a registrar aspectos relacionados com este assunto, mas não quer dizer
que inexistiam teorias antes dele;
–– Taylor era norte-americano;
–– Foco em análises na indústria.

• 1906 – Teoria Clássica (Fayol):


–– Fayol era europeu;
–– Foco nas empresas.

• 1909 – Teoria Burocrática (Weber):


–– É considerado o pai da Sociologia e da Burocracia.

• 1932 – Teoria das Relações Humanas:


–– Possui como pai o estudioso Tom Mayo;
–– Foco maior nas pessoas no ambiente organizacional.
–– Surgem conceitos como motivação, equipe, grupo, líder.

• 1947 – Teoria Estruturalista:


–– É considerada, muitas vezes, como um aprimoramento da Teoria Buro-
crática.
–– Inicia abordagem da administração formal e informal analisando, de
forma mais específica, a sua estrutura como um todo.
ANOTAÇÕES

1
www.grancursosonline.com.br
TEORIA GERAL DA ADMINISTRAÇÃO
Teoria Científica
Produção: Equipe Pedagógica Gran Cursos Online

Atenção!
• ESCOLA CLÁSSICA: Formada pela Teoria Científica, Clássica e Burocrá-
tica.
• ESCOLA NEOCLÁSSICA: Formada pela Teoria das Relações Humanas e
Estruturalista.
• ESCOLA CONTEMPORÂNEA: Formada pela Teoria de Sistemas,

Comportamental, Desenvolvimento Organizacional e Contingencial.

• Escola Neoclássica mostra uma nova forma de se fazer os processos em


Administração, mas sem considerar a Escola Clássica errada em seus con-
ceitos.

• 1951 – Teoria de Sistemas:


–– Realiza abordagens como sistemas abertos, sistemas com conexões
junto a outras instituições e outros;
–– Foi influenciada pelo uso maior de novas tecnologias surgidas na época,
como aparelhos de fax, telefone e outros;
–– Apresentou grande importância no auxílio para a criação de redes orga-
nizacionais.

• 1957 – Teoria Comportamental:


–– Evolução da Teoria das Relações Humanas com aprofundamento de estu-
dos acerca da motivação e das pessoas de forma geral na organização.

• 1962 – Desenvolvimento Organizacional:


–– Pode ser considerado como uma evolução da Teoria Sistêmica.
–– Possui os seguintes diferenciais:
(a) Maior evolução da burocracia e estrutura relacionada com a adminis-
tração.
(b) Leva-se em conta a consideração das pessoas e objetivos da orga-
nização em seu estudo.
ANOTAÇÕES

2
www.grancursosonline.com.br
TEORIA GERAL DA ADMINISTRAÇÃO
Teoria Científica
Produção: Equipe Pedagógica Gran Cursos Online

• 1972 – Teoria Contingencial:


–– Delimita a atuação conforme a situação vivenciada mais aplicada pelo
gerencialismo na atualidade.

O pulo do gato
Já foram abordados, em provas de concurso público, afirmativas como:
– “Na época antes de Cristo, na Grécia e Roma Antiga, já existiam princí-
pios da divisão do trabalho, da hierarquia”.
– Durante a construção das pirâmides, extiam planejamento, organização
e outros itens da administração.
A resposta para tais afirmações é SIM. A partir da abordagem científica dentro
da escola clássica, ocorre o início da formalização das teorias que já existiam,
com seus fundamentos muito antes desse período que passam, agora, a serem
estudados de forma adequada.

ANOTAÇÕES

3
www.grancursosonline.com.br
TEORIA GERAL DA ADMINISTRAÇÃO
Teoria Científica
Produção: Equipe Pedagógica Gran Cursos Online

• A partir das teorias administrativas com ênfase na Estrutura Organizacio-


nal, surgem conceitos como Matricial, Funcional, Linear e outros.

Pegadinha da banca
• Nos editais de concurso público, é preciso estar atento para as diferentes
colocações desse assunto:
(a) Abordagem clássica: se refere às Teorias Científica e Clássica
(b) Teoria Clássica ou Escola clássica: faz referência, em geral, às Teorias
Clássica, Científica e Burocrática.
• É comum também em avaliações de certames públicos a troca do nome
da teoria ou ainda de seu criador.

Frederick Winslow Taylor: americano, preocupou-se em aumentar a efici-


ência da indústria por meio da racionalização do trabalho do operário.
• Na evolução da administração, ocorreu o ganho da eficiência, mas com
perda da eficácia nos processos realizados.
• Esquematizando:
(a) Inicialmente, a ênfase era na PRODUÇÃO das empresas.
(b) Depois a ênfase passou a ser nas PESSOAS, deixando a produção
de lado em decorrência dessa abordagem.
(c) Na atualidade, existe uma ênfase conjunta na PRODUÇÃO/PES-
SOAS nas organizações.
ANOTAÇÕES

4
www.grancursosonline.com.br
TEORIA GERAL DA ADMINISTRAÇÃO
Teoria Científica
Produção: Equipe Pedagógica Gran Cursos Online

Henri Fayol: francês, preocupou-se em aumentar a eficiência da empresa


por meio de sua organização e da aplicação de princípios gerais da Administra-
ção em bases científicas.

• Diferenciações Taylor e Fayol:

Taylor Fayol
Americano Francês
Atuação na indústria Atuação na empresa
Foco nas tarefas e produção Foco na estrutura e organização

2. ABORDAGEM CIENTÍFICA

2.1 Fundamentos da Organização Racional do Trabalho

• Análise do trabalho e estudo dos tempos e movimentos;


–– A colocação do operário para fazer um trabalho repetitivo significa eco-
nomia de tempo com maior produção como consequência.
– Exemplo: com a divisão de tarefas criada nesta teoria, ocorre a coloca-
ção de 1 operário no Estágio A; 1 operário no Estágio B; e outro operário
no Estágio C, ao invés de um operário nos 3 estágios de produção.

1) Com essa separação ocorre:


(a) Diminuição da complexidade das tarefas;
(b) Redução das atividades a serem realizadas.
2) As consequências desse processo são:
(a) Aumento da produtividade;
(b) Redução da fadiga humana, porque os operários irão realizar apenas
uma tarefa de forma repetida.
ANOTAÇÕES

5
www.grancursosonline.com.br
TEORIA GERAL DA ADMINISTRAÇÃO
Teoria Científica
Produção: Equipe Pedagógica Gran Cursos Online

• Estudo da fadiga humana;


• Divisão do trabalho e especialização do operário;
–– Divisão do trabalho: cada operário realiza uma atividade específica na
produção.
– Especialização surge a partir da divisão do trabalho com a realização,
pelo operário, de um único tipo de atividade levando a uma redução
de erros e aumento da produtividade.

• Desenho de cargos e de tarefas;


–– Aborda Plano de Cargos e Salários que começa a ser desenhado na
administração nesse período.

• Incentivos salariais e prêmios de produção;


–– Exemplo: se um operário produz 10 itens por dia, ganhará um incentivo
proporcional a isso.
–– Com isso, pressupõe-se ao funcionário que quanto mais ele trabalhar,
mais ele irá ganhar.
–– A melhoria do salário, para Taylor, ocorre com base na produção do ope-
rário.

• Conceito de homus economicus;


–– Para Taylor, a motivação do homem ocorre por meio da oferta de dinheiro.

Pegadinha da banca
Provas de concurso público afirmam, geralmente, que “ainda existe ideia do
homus economicus”.
Contudo, esse conceito não existe mais, porque foi substituído pela ideia do
"Homem Social", que se motiva por meio de relações pessoais.
O homem hoje é considerado como complexo, porque se motiva com diferentes
aspectos, dependendo da situação na qual se encontra, variando de pessoa
para pessoa.
ANOTAÇÕES

6
www.grancursosonline.com.br
TEORIA GERAL DA ADMINISTRAÇÃO
Teoria Científica
Produção: Equipe Pedagógica Gran Cursos Online

• Condições ambientais de trabalho, como iluminação, conforto etc.;


• Padronização de métodos e de máquinas;
–– Está relacionada com a determinação dos tempos e movimentos.
• Supervisão funcional.
–– São os superiores hierárquicos que comandam os operários.

2.2 Princípios da Administração Científica

• Planejamento: substituir a improvisação pela ciência;


• Preparo: selecionar trabalhadores de acordo com suas aptidões e prepará-
-los, treiná-los (preparar também máquinas);
• Controle: controlar o trabalho para que seja executado com base no plano
previsto;
–– É um sistema de avaliação que verifica se está sendo entregue exata-
mente o que foi previsto no planejamento.
• Execução: distribuir distintamente as atribuições e responsabilidades.

2.3 Principais críticas

• Mecanicismo da administração científica.


• Superespecialização do operário.
–– Pode ser prejudicial, porque são criados funcionários superespecializa-
dos que não são substituídos por ninguém, já que somente eles detêm o
conhecimento.
• Visão microscópica do homem.
–– Existe uma visão mais fechada em relação ao homem, porque o foco dos
estudos dessa teoria é a produção, e não as pessoas.
• Ausência de comprovação científica.
–– Pela falta de provas científicas, parte dos estudos de Taylor foram derru-
bados posteriormente por estudiosos.
• Abordagem incompleta da organização.
–– Não possui foco na organização como um todo, há apenas nas tarefas
realizadas.
• Limitação do campo de aplicação.
ANOTAÇÕES

7
www.grancursosonline.com.br
TEORIA GERAL DA ADMINISTRAÇÃO
Teoria Científica
Produção: Equipe Pedagógica Gran Cursos Online

• Abordagem prescritiva e normativa.


• Abordagem do sistema fechado.
–– Houve uma avaliação apenas para o interior da empresa com a prescri-
ção posterior de suas normas.

2.4 Divisão de Tarefas

Embora a indústria já estivesse utilizando e enfatizando a especialização


desde o começo da Revolução Industrial, foi enfaticamente defendida pelos pro-
ponentes da administração científica.
Adam Smith defendeu a divisão de tarefas usando três argumentos:
• Aumento da perícia de cada operário tomado individualmente;
–– Superespecialização do trabalho dos operários para levar a uma maior
produção de cada um deles.
• Poupança de tempo que se perde quando se passa de uma tarefa para
outro;
–– Como não se realiza a troca de tarefa, inexiste a perda de tempo para a
mudança de ambiente ou uso de novas ferramentas.
• Invenção de grande número de máquinas que facilitam e encurtam o traba-
lho e permitem a um homem realizar a tarefa de vários.
–– Início da operação de máquinas pelos operários das indústrias.

Direto do concurso
1. (CESPE/ESPECIALISTA EM GESTÃO DE TELECOMUNICAÇÕES-ADMI-
NISTRATIVO/TELEBRÁS/2013) No que se refere à evolução da administra-
ção e ao processo administrativo, julgue os itens a seguir.

A abordagem clássica da administração dá ênfase às pessoas e objetiva


conhecer as aspirações mais profundas dos indivíduos.
ANOTAÇÕES

8
www.grancursosonline.com.br
TEORIA GERAL DA ADMINISTRAÇÃO
Teoria Científica
Produção: Equipe Pedagógica Gran Cursos Online

Comentário
A abordagem clássica foca nas tarefas a serem realizadas e no sistema
produtivo de forma geral.

2. (CESPE/TÉCNICO ADMINISTRATIVO/ICMBIO/2014) Acerca da aborda-


gem clássica da administração, julgue os itens a seguir.

A principal preocupação de Taylor era o aumento da eficiência na produção,


o que reduziria os custos e aumentaria os lucros, possibilitando aumentar a
remuneração do trabalhador a partir de sua maior produtividade.

GABARITO

1. E
2. C

Atenção!

• Taylor é considerado o “Pai da Administração”, trazendo a essência de con-


ceitos como planejamento, preparo, controle, execução, divisão do traba-
lho, redução dos tempos para produção de materiais, introdução de máqui-
nas e outros.
• Taylor pensou em produção no âmbito da indústria.
• Henry Ford possuía a seguinte a irmação: “Você pode comprar um carro de
qualquer cor desde que seja preto”.
• Interpretação:
(a) Vai ser feito um único tipo de carro para que ocorra o aumento da pro-
dução, reduzindo tempo e custos com a sua criação completa.
ANOTAÇÕES

9
www.grancursosonline.com.br
TEORIA GERAL DA ADMINISTRAÇÃO
Teoria Científica
Produção: Equipe Pedagógica Gran Cursos Online

(b) Os carros que levavam horas para serem montados passaram a ser
produzidos em segundos com aproveitamento de tudo, inclusive da caixa
em que vinham as peças.
(c) Os carros eram pretos porque essa cor de tinta tinha uma secagem
mais rápida.

Obs.: Este material foi elaborado pela equipe pedagógica do Gran Cursos
Online, de acordo com a aula preparada e ministrada pelo professor
Bruno Eduardo.
ANOTAÇÕES

10
www.grancursosonline.com.br