Você está na página 1de 43

Aula 4: Desempenho e Estratégias

de Negócios
Tema 1:
Introdução

Prof. Dr. Lawrence Chung Koo


Sumário
1. Introdução – Aplicando TI na estratégia
corporativa
2. BPM
3. BAM
4. Considerações Finais
Pontuando
Exemplo da Aplicação de BI na Estratégia de Negócios

Prof. Dr. Lawrence Chung Koo


Exemplos de BI na Estratégia de Negócios

Prof. Dr. Lawrence Chung Koo


Exemplos de BI na Estratégia de Negócios

Prof. Dr. Lawrence Chung Koo


Prof. Dr. Lawrence Chung Koo
Prof. Dr. Lawrence Chung Koo
Prof. Dr. Lawrence Chung Koo
Exemplos de Análise Estatística na Estratégia de Negócios

Prof. Dr. Lawrence Chung Koo


Tema 2:
BPM
Sumário
1. Introdução
2. BPM
3. BAM
4. Considerações Finais
Pontuando
1. Introdução
Fase de Desempenho e Estratégias
1. Introdução
Fase de Desempenho e Estratégias
• A BPM (Business Performance Management –
Gerencia de Performance de Negócios) é uma
ferramenta que envolve dois passos um de análise
e outro operacional. O primeiro fornece a estrutura
para a criação dos objetivos estratégicos através
da definição de objetivos específicos e indicadores
chaves que são importantes para a empresa.
Segundo fornece o suporte para o gerenciamento
de desempenho dos objetivos.
1. Introdução

Fase de Desempenho e Estratégias


• A BAM (Bussiness Activity Monitoring -
Monitoramento de Atividades de Negócios) é um
sistema de monitoramento completo que
acompanha os processos desde a sua criação. Ela
possui a função que geram alertas de acordo com
determinadas condições. Assim elas interrompem o
processo e providenciam todas as formas de
visualização e análise necessárias para tomada de
decisão do responsável pelo processo.
2. BPM
Definição

• BPM é uma série de aplicações que dão suporte às


estratégias de gestão do negócio e que visam
melhorar os processos através de mudanças que
tornem a empresa competitiva.
• Segundo Turban (2009) ajuda as empresas as
suas estratégias e objetivos em planos e monitorar
o desempenho e executar as ações de
contingência quando necessário.
2. BPM
O que é um Business Process

Uma coleção de eventos, atividades e decisões relacionados ,


que envolve um número de atores e recursos, e que juntos,
resulta em uma saída (ou entregável) que gera valor para uma
organização ou seus clientes
Examplos:
Ordem de Pagamento
Ordem de Compra
Pedido de Aprovação
Pedido de Indenização
Representação para Resolução de Conflitos
Regra do dedão
“Aquilo que não deixa ao menos três pessoas com
ódio, não é um processo.”
Hammer and Stanton (1995)

“A primeira regra de qualquer tecnologia usada em um


negócio é que a automação aplicada a uma operaçao
eficiente aumentará a sua eficiência.
A segunda é que a automação aplicada a uma operação
ineficiente aumentará a sua ineficiência.”
Bill Gates
2. BPM
As suas principais contribuições são:

• Melhora a comunicação e colaboração interna da


empresa. Todas as pessoas e todos os setores
estão cientes das atividades que estão ocorrendo;
• Melhora o controle do planejamento, do
monitoramento e da execução dos processos;
• Possibilita a rápida aplicação de mudanças do
negócio.
2. BPM
Etapas de um processo

• A função da BPM é oferecer aplicações que


permitam gerenciar os processos desde a sua
criação até a execução de forma rápida e
automatizada.
• Assim o acompanhamento do desempenho é
contínuo e acessado prontamente para quando
surgir alguma falha, se possa rapidamente
contornar o problema.
2. BPM
Etapas de um processo

1. Criar estratégia
Planos e mapas
estratégicos

4. Agir 2. Planejar
Dados
Planos de Projetos e
compartilhados
contingência iniciativas

3. Monitorar
Relatórios
Dashboards
Alarmes
Tema 3:
BAM
2. BPM
Etapas de um processo

1. Criar estratégia: é onde a empresa quer chegar.


• Visão da empresa e do mercado;
• Identificação dos pontos de melhoria;
• Identificação dos pontos a serem incluídos;
• Estabelecer uma visão da vantagem
competitiva;
• Definir planos e mapas estratégicos.

Fonte Imagem: http://Office.com


2. BPM
Etapas de um processo

2. Planejar: é onde se estabelece as iniciativas


necessárias e alocar recursos para o cumprimento
dos objetivos e das metas.
• Planejamento organizacional;
• Planejamento financeiro / recursos;
• Equilíbrio e coesão;
• Painéis de indicadores.

Fonte Imagem: http://Office.com


2. BPM
Etapas de um processo

3. Monitorar: é a verificação através de medidas e


análises se a meta está sendo cumprida .
• Alarmes;
• Relatórios;
• Dashboards;
• Ferramentas de análise (data mining).

Fonte Imagem: http://Office.com


2. BPM
Etapas de um processo

4. Agir: são as ações que devem ser tomadas se o


monitoramento apontar algum problema durante a
execução dos planos.
• Gerenciamento de riscos;
• Previsões de riscos e oportunidades;
• Medidas de ação;

Fonte Imagem: http://Office.com


2. BPM
Ferramentas para cada uma das etapas
1. Criar 2. Planejar 3. Monitorar 4. Agir

Construtores Planos e Relatórios Alarmes


de métricas orçamentos
(KPIs)
Mapeadores Capacidade e Dashboards Monitores
de estratégias RH
Editores de Modeladores Data mining
objetivos e de processos
metas
Previsões Scorecards
Como adotar BPM?
Melhoria Contínua de Processos (CPI)
Não coloca em questão a estrutura de Processo atual
Procura identifica problemas e resolve-os
incrementalmente, um passo de cada vez e uma
solução de cada vez

Reengenharia dos Processos de Negócio (BPR)


Questiona as premissas e Pricípios fundamentais da
estrutura de Processos existentes
Endereça o atingimento de soluções de rupture, por
exemplo, removendo tarefas custosas que não
adicionam valores a organização
Business Process Modeling Notation (BPMN)

• Baseado no padrão da OMG (é suportado por diversar


ferramentas):
– Bizagi Process Modeller (free)
– Signavio (http://www.signavio.com/) - subscription
– Oracle BPA – “kind of free”
– IBM Websphere Business Modeler
– Logizian – não é tão conhecida..
– Visio – Sua empresa talvez já tenha essa ferramenta
da Microsoft..
– Lápis e papel – sem desculpa para começar….
Tema 4:
Considerações Gerais
Sumário

1. Introdução
2. BPM
3. BAM
4. Considerações Finais
Pontuando
3. BAM
Definição

• Sistema em tempo real que monitora as medidas de


desempenho dos negócios, os riscos e as
oportunidades. A partir deles é gerado um relatório
com o diagnóstico com as causas para o que o
responsável tome a ação necessária e, portanto,
aperfeiçoando o sistema ciclicamente para aumentar
a sua eficiência.
3. BAM
Ciclo da BAM
3. BAM
Ciclo da BAM

• Modelagem:
• Indicadores de performance
• Medidas a serem monitoradas
• Contexto de acionamento de alarmes
• Itens: Monitor, contexto e medidas.

Fonte Imagem: http://Office.com


3. BAM
Ciclo da BAM

• Configuração:
• Notificação enviada para o responsável
• Interação do usuário com o sistema
• Consultas e relatórios em tempo real
• Comunicação rápida e clara entre os
colaboradores
• Itens: cronômetros, contadores, acionadores
e relatórios
Fonte Imagem: http://Office.com
3. BAM
Ciclo da BAM

• Integração:
• Resolução do problema ativado pelo alarme
• Capacidade de investigação
• Familiarização com o problema
• Informações relevantes
• Acesso de forma mais eficiente
• Conhecimento
Fonte Imagem: http://Office.com
3. BAM

Ciclo da BAM

• Implementação:
• Definição quais as atuais configurações devem
ser alteradas ou extraídas
• Criação de novas definições
• Implementação do conhecimento adquirido

Fonte Imagem: http://Office.com


4. Considerações Finais
4. Considerações Finais

• O BI é uma solução com diversos aplicativos;


• O seu diferencial está em ser voltado a negócios;
• As ferramentas BPM e BAM ajudam no
gerenciamento dos processos da empresa e na
garantia de execução dos planos estratégicos;
• Logo em breve todas essas tecnologias deverão
trabalhar em conjunto com os sistemas já
existentes de ERP e CRM entre outros.
Sumário

1. Introdução
2. BPM
3. BAM
4. Considerações Finais
Pontuando
Pontuando

• BPM é uma ferramenta robusta para o


gerenciamento do planejamento estratégico das
empresas. Ele reúne em um só sistema diversas
atividades que são realizadas nas empresas,
facilitando assim a comunicação e possibilitando as
tomadas de decisões rápidas e assertivas;
Pontuando

• BAM é um sistema complexo de monitoramento


que acompanha o sistema desde a primeira fase
da aquisição de dados até a BPM. Ela é
responsável por identificar os riscos e as
oportunidades e providenciar o ambiente
necessário para a tomada rápida de decisão;
Pontuando

• A BAM possui um processo cíclico que faz com que


o seu sistema “aprenda” com os erros, pois
conforme os alarmes são ativados e novas
soluções são fornecidas, elas são incorporadas ao
sistema. Mantendo assim a evolução e eficiência
dos processos.