Você está na página 1de 2

Gongyo Comemorativo de Concessão de Gohonzon e de Conversão ao Budismo

Palavras de cumprimentos do Dirigente Central

Sinceras felicitações aos novos membros da BSGI que receberam o Gohonzon nesta
data. Parabéns!

Manifesto também imenso agradecimento aos apresentadores.

A finalidade fundamental da prática da fé é polir a personalidade de todas as pessoas


para torná-las tão forte que nada poderá derrotá-las.

Para isso se tornar realidade, gostaria de solicitar aos requerentes à Concessão de


Gohonzon atenção aos seguintes termos de compromisso:

Em primeiro lugar a pessoa deverá conservar o Gohonzon por toda a vida. Nos Escritos
de Nichiren Daishonin, consta: “Aceitar é fácil; manter é difícil. Porém, para se atingir o
estado de buda é necessário manter a fé” (CEND, v. I, p. 492). Conforme essa frase,
independentemente das dificuldades que a pessoa possa enfrentar, é importante manter uma
firme prática da fé por toda a vida, sem se afastar do Gohonzon.

Em segundo, a pessoa deve manifestar a melhor disposição para pôr em prática o


princípio da “fé, prática e estudo”, de acordo com os ensinamentos de Nichiren Daishonin que
diz: “Empenhe-se nos dois caminhos da prática e do estudo. Sem prática e estudo não
pode haver budismo. Deve não só perseverar como também ensinar aos outros. Tanto a
prática como o estudo surgem da fé. Empregue o máximo de sua capacidade ao ensinar
os outros, mesmo que seja uma única sentença ou frase” (CEND, v. I, p. 405-406).
Segundo essa frase, é importante nossa disposição em evidenciar a coragem para dialogar
sobre o Budismo com outras pessoas. Para isso, devemos ter como base nossas sinceras
orações, realizando o Gongyo pela manhã e à noite, desejando, além da própria felicidade, a
de todas as pessoas.

Em terceiro, devemos: pôr em prática as orientações que recebemos em nossas


organizações; estudar intensamente as orientações do presidente Ikeda por meio dos
impressos como o Brasil Seikyo, a Terceira Civilização, a Revista Dez e aplicá-las em nossa
vida; desenvolvermo-nos para conquistar a confiança e a condição de brilhante cidadão de
excelente bom-senso, no local de trabalho e na comunidade; e merecer a seguinte
consideração: “Os membros da BSGI são realmente pessoas brilhantes!”

Os senhores concordam com estes termos?

Estarei orando sinceramente pela saúde e felicidade de todos os senhores. Encerro


meus cumprimentos felicitando-os mais uma vez.

BSGI – Departamento de Organização


Sinceros parabéns!

Para conversão de bebês

Sinceras felicitações pela conversão dos bebês que, nesta oportunidade, se tornam
membros da BSGI.

Hoje, a criança está envolvida pelo carinho dos braços dos pais, mas tenho certeza de
que estes integrantes da Divisão dos Estudantes terão a consciência de discípulos sucessores
do presidente Ikeda e atuarão, todos sem exceção, no palco do Kosen-rufu do século 21.

O Buda Nichiren Daishonin afirma sobre a maravilhosa classe das pessoas que recitam
Nam-myoho-rengue-kyo, mesmo para quem não compreende o Budismo: “Eles são como um
imperador menino envolto em fraldas, ou um grande dragão que acabou de nascer. Não os
desprezem! Não olhem para eles com desdém!” (END vol. VI pág. 198). Conforme esta frase,
aqueles que nascem onde se encontra consagrado o Gohonzon, são pessoas que, em
existências passadas, acumularam boa sorte e são bodisatvas da terra que possuem a missão
de atuarem nesta existência pelo Kosen-rufu.

Por esse significado, para os pais, as mães, os companheiros da BSGI, estas crianças
são valores humanos do sol da esperança que assumirão a responsabilidade da BSGI do
século 21. Por existirem estas crianças, existe o futuro da BSGI. Encerro esses cumprimentos
desejando sinceramente que todos protejam e mantenham o Gohonzon, se desenvolvam com
excelente saúde e se tornem uma fênix que sobrevoa os céus do mundo inteiro e atua em
todos os sentidos no palco do Kosen-rufu.

Reitero minhas felicitações de hoje.

Sinceros parabéns!

BSGI – Departamento de Organização