Você está na página 1de 8

Roteiro Aula Prática

UNIDADE 1

Física Geral e
Experimental -
Mecânica
DESLOCAMENTO, VELOCIDADE E ACELERAÇÃO

Seção 3

Palavras-chave:
Movimento; deslocamento; velocidade; aceleração.

COMPETÊNCIA DE FUNDAMENTOS DE ÁREA:

Conhecer, por meio da teoria, e aplicar, através da experimentação


realizada por observação e análise dos fenômenos físicos, os principais
conceitos referentes à cinemática, à dinâmica, ao trabalho e energia e ao
momento linear, impulso e colisões.

CONTEÚDO:

OBJETIVOS DE APRENDIZAGEM:

• Caracterizar o movimento de um objeto através do deslocamento,


velocidade média e aceleração média.

• Compreender e estimar a velocidade média e a aceleração média de


um objeto em movimento.

2
U1 Deslocamento, velocidade e aceleração

• Reconhecer que a velocidade mede a taxa de variação da posição no tempo.

• Reconhecer que a aceleração mede a taxa de variação da velocidade


no tempo e é função do ângulo de inclinação da rampa.

• Fazer e interpretar diferentes gráficos envolvendo as principais


variáveis físicas: deslocamento, velocidade e aceleração.

• Estimar a aceleração da gravidade (g ) .

• Utilizar os conhecimentos adquiridos para resolver problemas que


possam acontecer na vida prática.

MATERIAIS UTILIZADOS:

Descrever os materiais necessários para a realização da Aula Prática e


indicar volumetria com base em turmas de 15 alunos.

DESCRIÇÃO QUANTIDADE
Plano inclinado com ajuste angular
regulável (escala de 0 a 45°, sistema
de elevação contínuo, sapatas 3
niveladoras, escala na lateral do
trilho secundário).
Esfera. 3

Cronômetro de pulso. 3

Pedaços de 20 mm de fita adesiva. 15

Pequenos retângulos em papel 15


comum 10 x 10 mm.
Régua grande. 3

3
U1 Deslocamento, velocidade e aceleração

SOFTWARES:

Sim Não Caso afirmativo qual: .

Em caso de Sim: Pago Não Pago

Tipo de Licença: .

Descrição: Não aplicável.

EPI – EQUIPAMENTOS DE PROTEÇÃO INDIVIDUAL E NORMAS DE

SEGURANÇA

Durante as atividades de laboratório, o professor, os alunos e os técnicos


deverão sempre usar vestimenta adequada para que as atividades não
ofereçam risco à segurança e à saúde. No mínimo, os alunos devem usar
sapatos fechados e calças compridas para a realização do experimento. Em
caso de dúvida, seguir as normas do laboratório da sua unidade de ensino.

4
U1 Deslocamento, velocidade e aceleração

AULA PRÁTICA

ORIENTAÇÕES GERAIS

Professor, sugerimos que verifique se as atividades pré-aula,


aula e pós-aula foram realizadas pelos estudantes. Se aplicável,
você pode utilizar a atividade de pré-aula que gerou maior
dificuldade para desenvolver durante a aula prática.

Verifique se os alunos compreenderam os principais conceitos


de deslocamento, velocidade média e aceleração média. Uma
boa ideia é transmitir a intuição física dessas grandezas aos
alunos, inserindo no canto da lousa as fórmulas que envolvem
as grandezas que serão trabalhadas durante a aula prática.

PENSANDO A AULA

Professor, procure os técnicos dos laboratórios de Física


com antecedência para programar a aula e solicitar ajuda no
preparo e na separação dos materiais.

Durante as atividades de laboratório, o professor, os alunos e os


técnicos deverão usar vestimenta adequada para que não haja
risco à segurança e à saúde. No mínimo, todos devem usar sapatos
fechados e calças compridas para a realização do experimento.

Siga as normas do laboratório da sua unidade de ensino.

5
U1 Deslocamento, velocidade e aceleração

ORIENTANDO ATIVIDADES DA AULA ATUAL

PROCEDIMENTOS:

Professor, esta aula prática é baseada no roteiro n. 1032.006 do Livro


de Atividades Experimentais – Física Experimental – Mecânica – Plano
Inclinado – EQ001F – Cidepe. É recomendável que avalie esse material
(veja se está disponível na biblioteca de sua unidade) para melhor instruir os
alunos durante a aula. Oriente-os a anotar os dados organizadamente, em
forma de tabelas.

1. Monte o plano inclinado conforme a figura a seguir, nivelando sua base.

Fonte: Livro de Atividades Experimentais – Física Experimental –


Mecânica – Plano Inclinado – EQ001F – Cidepe.

2. Incline os trilhos em aproximadamente 2 graus.

3. Oriente os alunos a fixarem com fita adesiva um dos retângulos de


papel sobre a escala lateral para indicar a posição inicial s0 da esfera.
Anote o valor dessa posição em metros (a escala está em milímetros,
portanto os alunos devem fazer a conversão para o SI).

4. Repita o procedimento, fixando na rampa outros retângulos de papel


nas posições s1 ; s2 ; s3 e s4 , distantes 0,10 m entre si, a partir de s0 .
Anote essas posições (em metros).

6
U1 Deslocamento, velocidade e aceleração

5. Peça para os alunos que determinem o módulo do deslocamento ∆s


que a esfera sofrerá para ir da posição s0 até s1 , da posição s1 até s2 ,
e assim sucessivamente.

6. Coloque o centro da esfera na posição s0 e a abandone. Peça para os


alunos classificarem o movimento da esfera.

7. Abandone novamente a esfera da posição s0 e cronometre o


tempo que esta levou para ir de s0 até s1 . Anote o tempo e repita o
procedimento cinco vezes.

Observação: professor, é interessante que mostre e discuta com os


alunos a importância das repetições. Realizar a mesma tarefa repetidas
vezes é fundamental em todo experimento, pois viabiliza o tratamento
estatístico das medições, minimizando possíveis fontes de erros, como
demora no manuseio do cronômetro, lançamento da esfera sem ser do
repouso, erro de leitura, erro dos instrumentos de medição, erro devido
a fatores ambientais, entre outros. Após as repetições de cada etapa,
mostre ao aluno como encontrar a média dos valores.

8. Faça o mesmo, observando e anotando o tempo, entre as posições s1


e s2 ; s2 e s3 ; s3 e s4 .

9. Peça para os alunos calcularem as velocidades médias das medições


realizadas nos passos anteriores.

RESULTADO:

10. Com base nos dados obtidos, estime a aceleração da esfera.

Professor, uma boa ideia é comparar o valor da aceleração da esfera


obtido pelos alunos com o valor real da aceleração da gravidade (g ) .
Incentive os alunos a pensarem nas possíveis razões dos desvios
encontrados (por exemplo, perda de energia devido à rotação da esfera).

11. Com as velocidades médias obtidas em cada intervalo, solicite que os


alunos façam um gráfico de v versus t no papel milimetrado.

12. Com as informações obtidas, os alunos devem calcular os instantes


de tempo ( t1 ; t2 ; t3 e t 4 ) em que a esfera atinge, respectivamente, cada

7
U1 Deslocamento, velocidade e aceleração

posição: s1 ; s2 ; s3 e s4 . Atenção para a posição s0 ⇒ t0 =


0 . Com essas
informações, peça para que os alunos façam um gráfico de s versus t
em papel milimetrado.

AVALIAÇÃO

Professor, analise junto com os alunos os gráficos obtidos.


Você pode revisar com a turma o que são e o que medem
as grandezas deslocamento, velocidade e aceleração. Uma
sugestão é mostrar a diferença entre velocidade média e
instantânea e aceleração média e instantânea. Enfatize que
nesta aula prática os estudantes calcularam velocidade e
aceleração médias. Você pode aproveitar a realidade do
laboratório e os resultados obtidos para mostrar que na vida
real as coisas não são perfeitas como na lousa e, portanto, é
muito importante que eles estejam sempre vigilantes, façam
várias medidas, várias repetições e que utilizem a estatística
para minimizar possíveis erros.

Para avaliar o que foi realizado, solicite aos alunos que


entreguem relatórios com todas as etapas realizadas nesta aula.