Você está na página 1de 2

Caus;:: Tricomoníase é causada por um protozoário unicelular chamado

Trichomonas vaginalis ou T. vaginalis, um tipo de parasita minúsculo que se


transmite entre as pessoas durante a relação sexual. O período de incubação
entre a exposição e a infecção pode variar de cinco a 28 dias.

Sintomas de Tricomoníase

Muitas mulheres e maioria dos homens com tricomoníase não apresentam


sintomas, pelo menos não no início. No entanto, os sintomas vaginais de
tricomoníase incluem:

 Corrimento vaginal abundante e com mau cheiro, que pode ser branco,
cinza, amarelo ou verde
 Vermelhidão genital
 Coceira vaginal
 Dor e ardor ao urinar ou na relação sexual
 Dor abdominal (raro).

Os sinais e sintomas podem piorar durante a menstruação.

SAIBA MAIS

 Corrimento vaginal pode indicar doenças infecciosas e até DSTs


 Você sabe quando o corrimento vaginal indica um problema?

Homens que têm tricomoníase raramente apresentam sintomas e geralmente não


sabem que estão infectados. Entretanto, quando os sintomas ocorrem, eles
incluem:

 Irritação na parte interna do pênis


 Leve corrimento
 Ardor ao urinar ou ejacular

Tratamento de Tricomoníase

O tratamento mais comum para tricomoníase, inclusive durante a gravidez, é tomar


uma dose alta de metronidazol ou tinidazol. O medicamento ministrado por via oral
é muito mais eficaz para tricomoníase que a inserção de um creme ou gel no
órgão sexual.

Tanto o paciente quanto os parceiros e parceiras sexuais precisam de tratamento e


evitar ter relações sexuais desprotegidas até que a infecção seja curada, o que
leva cerca de uma semana.
SAIBA MAIS

 Proteja-se de DSTs seguindo essas dicas


 Esclareça 10 dúvidas sobre DSTs

Os efeitos colaterais da medicação podem incluir:

 Náusea
 Vômitos
 Dor de cabeça
 Gosto metálico na boca
 Tontura.

É proibida a ingestão de bebidas alcoólicas por 24 horas depois de tomar


metronidazol ou 72 horas depois de tomar tinidazol, pois pode causar náuseas e
vômitos severos

Prevenção

Para reduzir o risco de infecção por tricomoníase:

 Use camisinha corretamente todas as vezes que tiver relações sexuais


 Limite o número de parceiros ou parceiras sexuais
 Praticar a abstinência sexual ou limitar o contato sexual com um (a)
parceiro (a) infectado
 Se você acha que está infectado, evite contato sexual e procure um médico.

Quaisquer sintomas genitais, como coceira, queimação ao urinar, uma ferida ou


erupção cutânea genital deve ser um sinal para parar de ter relações sexuais e
consultar um médico imediatamente. Se você recebeu o diagnóstico de
tricomoníase, notifique todos os seus parceiros ou parceiras sexuais recentes para
que possam também receber tratamento