Você está na página 1de 10

Sumário

1 – Conhecendo o Cubo de Rubik ________________________________02

2 – Fato Interessante Sobre o Cubo de Rubik _______________________02

3 – Solucionando o Cubo de Rubik _______________________________02

4 – O Movimento Sentido Horário e Sentido Anti-Horário ____________03

5 – Montando o Cubo Mágico: Método por Camadas (Parte 1) ________03

6 – Montando o Cubo Mágico: Método por Camadas (Parte 2) _______ 06

7 – Montando o Cubo Mágico: Método por Camadas (Parte 3) _______07


CONHECENDO O CUBO DE RUBIK (CUBO MÁGICO)

O Cubo de Rubik é apenas uma das séries de brinquedos feitos para desafiar
seu cérebro e capturar sua imaginação. Com uma movimentação de cores e peças,
esse jogo oferece um desafio complexo, difícil de vencer.

FATO INTERESSANTE SOBRE O CUBO DE RUBIK

Foi inventado por Erno Rubik, um professor húngaro de Arquitetura e design.


Um ano depois de seu lançamento, em 1980, ele tornou-se o jogo mais vendido do
mundo. O Cubo de Rubik é hoje o jogo de quebra-cabeça mais vendido da historia,
com mais de 250 milhões de unidades vendidas.
Os cubos, na maioria das vezes podem ser resolvidos em apenas 17
movimentos com ajuda de um computador e, teoricamente, nenhum cubo requer
mais de 20 movimentos para ser resolvido. Algumas pessoas conseguem solucionar
o cubo com menos de 45 movimentos a partir de qualquer posição; outras
conseguem até mesmo solucioná-lo com uma venda nos olhos!

SOLUCIONANDO O CUBO DE RUBIK

Cada etapa envolve uma sequência de movimentos do cubo para que um dos
lados se mova. Para solucionar o cubo, apenas repita as etapas!

Faces do Cubo de Rubik:

• D - Face da Direita

• E - Face da Esquerda

• T - Face de Trás

• B - Face de Baixo

• F - Face da Frente

• C - Face de Cima

2
O MOVIMENTO SENTIDO HORÁRIO E SENTIDO ANTI-HORÁRIO

Por exemplo, consideremos a letra 𝑭, que representa uma das faces, ao qual
essa face do cubo indica sempre a face frontal. Girar essa face em sentido horário
um quarto de volta ao qual denominaremos por 𝑭.

Por outro lado, indicamos por 𝑭−𝟏 o


movimento oposto de 𝑭. Isto é, girar a face 𝑭
em sentido anti-horário um quarto de volta.

MONTANDO O CUBO MÁGICO: MÉTODO POR CAMADAS (PARTE 1)

SOLUCIONE A CRUZ SUPERIOR AZUL

Devemos inicialmente escolher a cor da primeira face a ser montada


(usaremos por simplificação a cor azul) e nela formarmos uma cruz de mesma cor,
cuja suas pontas (cubinhos de aresta da face C) estejam com cores idênticas a dos
cubinhos 𝑐𝑒𝑛𝑡𝑟𝑎𝑖𝑠 das faces laterais.

Posicionaremos a face azul para baixo.


Na face 𝑪 do Cubo deveremos formar uma cruz
azul de centro verde.

Para isso gire quantas vezes


forem necessárias às faces 𝐹, 𝑇, 𝐷 e
𝐸 até que se tenham facetas azuis
na face C; Caso não seja possível
formar todas as pontas da cruz azul
de centro verde, devemos posicionar
à frente a(s) face(s) que contém os
cubinhos de 𝑎𝑟𝑒𝑠𝑡𝑎 da(s) ponta(s) da
cruz azul de centro verde que ainda
não estão formados;

3
Depois, devemos procurar o(s)
cubinho(s) de faceta(s) azul(is) que falta(m) e
posicionarmo-lo(s) de modo que fique(m) na
face da frente e abaixo do cubinho de aresta da
ponta da cruz que está com cor incorreta;

Estando o cubinho posicionado,


faremos 𝑭𝟐 . Daí esse cubinho pode
ficar com a faceta azul correta ou
invertida, caso fique invertida, você
deve executar a sequência 𝑭𝑪−𝟏 𝑫.
Se houver mais pontas da cruz a
serem posicionada siga o mesmo
procedimento.

Concluída a cruz AZUL de centro


VERDE, giramos 𝑪 quantas vezes forem
necessárias até que o cubinho de aresta da
face 𝑪 esteja com a cor igual a do cubinho
central da face 𝑭.

‘ Em seguida, fazemos 𝑭𝟐 e o
cubinho de aresta irá ocupar a sua
correta posição na cruz AZUL da
face 𝑩.

4
Depois basta-nos fixar uma das outras
três faces laterais como sendo a face 𝑭 e
repetir o procedimento, e assim
sucessivamente.

Pronto, montamos a cruz AZUL!

SOLUCIONE OS CANTOS AZUIS

Primeiro posicionamos a face


da cruz AZUL como sendo a face
𝑪 do Cubo, em seguida escolhemos
qualquer uma das quatro faces
laterais como sendo a face 𝑭;

Depois de posicionado o Cubo, iremos


ajustar o cubinho de canto superior-frontal-
direito nas cores corretas. Para isso,
deveremos observar às cores dos cubinhos
centrais das faces 𝑭, 𝑪 e 𝑫, e procurarmos o
cubinho de canto com cores correspondentes.
Ao encontrarmos, posicionaremos como sendo
o cubinho do canto inferior-frontal-direito.

Daí, executamos a sequência


𝑫−𝟏 𝑩−𝟏 𝑫𝑩 quantas vezes forem
necessárias até conseguirmos
colocar o canto na face de cima com
as cores ajustadas;

Depois de encaixado um canto na face 𝑪


do Cubo, basta repetirmos o mesmo
procedimento para encaixar os demais.

5
Pronto, a 1ª camada do Cubo já está montada!

MONTANDO O CUBO MÁGICO: MÉTODO POR CAMADAS (PARTE 2)

Passo 1: Mantendo a face de


centro azul para baixo, movimente a
face 𝑪 de modo que seu cubinho de
aresta tenha a mesma cor que o
centro da face F. Este cubinho não
pode conter a cor verde!

Passo 2: Agora, a cor do cubinho de


aresta da face 𝑪 deverá ir ou para a face 𝑬 ou
para face 𝑫 de modo que a cor seja a mesma
do centro de uma dessas faces (como mostra
as figuras a seguir).

Passo 3: Identificado o lado em


que o cubinho deve ir, faz-se os
seguintes movimentos:

Se o cubinho for para a direita

𝑪𝑫𝑪𝑫−𝟏 𝑪−𝟏 𝑭−𝟏 𝑪−𝟏 𝑭

Se o cubinho for para a esquerda

𝑪−𝟏 𝑬−𝟏 𝑪−𝟏 𝑬𝑪𝑭𝑪𝑭−𝟏

Você deve repetir todos estes passos para as demais arestas até que a
segunda camada esteja com seus cubinhos em seus devidos lugares (como mostra
a figura). Pode ocorrer dos cubinhos que queira movimentar para os lugares corretos
antes de executar a sequência contenha a cor verde. Neste caso, deve fazer a
mesma sequência sem precisar realoca-los para os lugares corretos. O intuito disso
é obter um cubinho de aresta que não tenha a cor azul.

6
MONTANDO O CUBO MÁGICO: MÉTODO POR CAMADAS (PARTE 3)

Solucione a Cruz Superior Verde.

Escolhendo a face vermelha para ser a minha


referência, se na parte superior verde
encontramos a figura:

Devemos aplicar a sequência a


seguir, até encontramos um 𝑳 na
superfície Verde, observando a
figura:

𝑭 𝑫 𝑪 𝑫−𝟏 𝑪−𝟏 𝑭−𝟏

Agora devemos inverter o 𝑳 de modo


que se pareça que ele está e um espelho,
dessa forma repetirá a sequência novamente
até encontramos uma reta como mostra a
figura:

Com a reta formada, ela deve


está na posição horizontal a quem
estiver executando e aplicamos a
sequência novamente até nos
depararmos com a figura ao lado, a
qual encontraremos uma nova cruz
(nesta etapa, haverá outras peças
verde aparecendo no seu cubo que
podem não estar neste diagrama).

Segurando o cubo com a parte vermelha na


face 𝑭. Gire a camada superior até que a peça
vermelha e verde esteja resolvida conforme
mostra a ilustração:

7
Depois da reta formada, ainda
considerando a face vermelha como
a face “frontal”, devemos girar a
parte superior do cubo até que a
peça de aresta de cor vermelha e
verde estejam em suas devidas
posições. Precisamos executar a
sequência para encaixarmos todas
as peças de arestas que estejam
faltando. A sequência a ser usada é
a seguinte:

D C 𝑫−𝟏 C D 𝑪𝟐 𝑫−𝟏

OBS: Com duas das peças de aresta que


estiverem em sequência e estiverem em seus
devidos lugares, devemos colocar uma na
parte da direita e a outra na parte de traz e
repetir a sequência novamente.

Agora, montando os
cubinhos de canto superior,
devemos encontrar pelo menos
um cubinho de canto superior
que esteja em seu devido lugar
(se não encontrarmos, não se
preocupe é só fazer a
sequência que ao fim
encontraremos pelo menos um
que estará correto) e então
colocamos o cubinho na nossa
esquerda e aplicamos a
sequência:

D 𝐂 −𝟏 𝐄−𝟏 C 𝐃−𝟏 𝐂 −𝟏 𝐄−𝟏

8
Seguindo a sequência abaixo e fazendo 2 a 4 vezes para virar o canto, isso
fará com que as peças de canto superior se encaixem em seus respectivos lugares.

𝑫−𝟏 𝑩−𝟏 𝑫 𝑩

OBS: Enquanto estiver desenvolvendo esta etapa, as cores nas camadas inferiores
podem sair do lugar. Não se preocupe, apenas continue até que a peça fique na sua
posição correta. Ao alocar a peça do canto superior, pegamos a peça que queremos
encaixar em seu lugar correto e trazemos para onde estávamos montando a anterior
e repetimos a sequência e faremos isso com todas as peças do canto que precisam
ser resolvidas.

Parabéns, você conseguiu!

Interesses relacionados