Você está na página 1de 7

Automassagem

Cuide de sua saúde todos os dias fazendo automassagens

Os pontos de acupuntura e os meridianos de energia existentes no nosso corpo


podem ser estimulados de diversas formas: agulhas; moxa; ventosa e
massagem, entre outras. Embora os estímulos aplicados por outra pessoa, de
preferência um especialista, geralmente sejam mais eficazes, mesmo porque
existem locais que nós próprios não conseguimos alcançar, podemos usar a
automassagem para estimular os pontos e canais de energia obstruídos de
nosso corpo. Para obter um bom resultado, o acupunturista procura fazer um
diagnóstico detalhado do paciente, para escolher os pontos de acupuntura
cujos estímulos combinados resultem na melhora do paciente. No entanto,
podemos obter um bom resultado fazendo uma automassagem, sentindo os
pontos doloridos e sensíveis, locais onde devemos dar mais atenção e demorar
mais tempo.
A seguir, listamos alguns exemplos de massagens, que podem ser usados tanto
para obter uma melhora em sintomas diversos, como para manutenção da
nossa saúde física e mental. As massagens, pressões, batidas e fricções devem
ser sempre leves, nunca muito fortes, para não machucar órgãos internos.

Fricção do rosto: friccione primeiro as palmas das mãos rapidamente uma na


outra a fim de criar algum calor. A seguir friccione levemente o rosto com as
palmas umas 20 a 30 vezes. Essa atividade pode ajudar a melhorar a
circulação sanguínea da pele e a preservar a elasticidade. Também acalma e
alivia dores de cabeça.

Toque do tambor: Tampe primeiro os ouvidos com a base das palmas das
mãos e coloque os indicadores em cima dos dedos médios. A seguir, deixe os
indicadores deslizarem sobre os dedos médios de modo a golpearem a parte
posterior da cabeça, próximo ao ponto de acupuntura Feng Chih – Lago
Ventoso (veja figura1). Golpeie cerca de 20 a 30 vezes. Você ouvirá um som
parecido ao de um tambor. O ponto Feng Chih pertence ao meridiano Yang
inferior,que vai da vesícula biliar até o pé. A aplicação de técnicas de
acupuntura nesse ponto pode aliviar dores de cabeça, tontura e rigidez no
pescoço e na região da clavícula.

Fricção do Tan Tien: O Tan Tien localiza-se abaixo do umbigo. Friccionar o


Tan Tien significa friccionar a parte inferior do abdômen. Friccione essa área
com três dedos da mão direita até completar 30 rotações ou mais. O Tan Tien
fica muito próximo do ponto Shih Men, o Portal de Pedra, que se localiza a
cerca de 2 tsuns abaixo do umbigo (1 tsun corresponde à largura do polegar de
cada pessoa). O Shih Men pertence ao Jen Mo, Vaso da Concepção. A
estimulação desse ponto pode abrandar a indigestão, as dores abdominais e a
polução noturna.

Fricção do Shen Yu (Respeitável Rim): Friccione energicamente as mãos,


uma na outra, a fim de criar calor. A seguir, coloque as mãos atrás da
cintura, para massagear a área em volta dos pontos Shen Yu aí localizado
(figura 2). Esfregue pelo menos 20 a 30 vezes. Essa massagem é muito útil
para prevenir dores na parte inferior das costas e para a saúde em geral.

Segundo a teoria Ching Lo, que trata dos caminhos do Chi- energia, o centro
exato da parte posterior da cintura é o caminho do Tu Mo, ou Vaso
Governador. O Tu Mo, que está relacionado com os rins, corre através da
espinha dorsal. Quando o Tu Mo se encontra desobstruído, o Shen Chi, ou
energia do rim, é abundante. Além disso, o Shen Yu, que está localizado na
lateral da cintura, também está intimamente relacionado com o Shen Chi, a
energia do rim. Assim, o exercício regular da região da cintura possibilitará ao
Chi circular livremente no Tu Mo e também estimulará o ponto Shen Yu. Em
consequência, os rins ficarão cheios de energia. Como os rins armazenam o
Ching, a substância fundamental, segue-se que, quando os rins têm uma
quantidade abundante de energia, o Ching Chi, a energia essencial da vida,
também se encontrará fartamente disponível. E o Yuan Chi, a energia vital
primária, será vigorosa na manutenção da saúde. Do ponto de vista da
fisiologia e anatomia modernas, o exercício regular da cintura pode manter a
espinha dorsal flexível e facilitar a circulação sanguínea nas cavidades
abdominal e pélvica.

Segundo a medicina chinesa, os rins não são importantes apenas para a


vitalidade sexual, mas também para a vitalidade geral de todo o corpo. O
sistema renal está ligado ao sistema da bexiga e também afeta os ossos e os
músculos.

Uma outra forma de estimular essa região é fazer o exercício do bambolê,


um exercício muito rico para a cintura. Friccione as palmas das mãos para
aquecê-las e coloque-as nas costas, na região dos rins. Feche os olhos e
visualize a energia fluindo das palmas das mãos para os rins. Repita algumas
vezes. Em seguida, com as mãos sobre os rins gire os quadris como se
estivesse bamboleando, por cerca de 20 a 30 voltas, visualizando a energia
massageando, limpando e fortalecendo os rins. Faça o mesmo na direção
contrária. Para terminar, dê pancadas leves com as palmas das mãos em toda
a região. Esse exercício é particularmente benéfico para aqueles que sofrem
de problemas nos rins, bexiga, problemas de natureza sexual, impotência,
esterilidade e fraqueza em geral.

Fricção do Yung Chuan (Fonte Borbulhante): Friccione energicamente as


mãos, uma na outra, a fim de criar calor. A seguir, esfregue a sola do pé
esquerdo com os três dedos do meio da mão direita até gerar calor. Depois,
esfregue a sola do pé direito com a mão esquerda, da mesma forma. O Yung
Chuan que se localiza no centro da sola dos pés (ver figura 3), é o ponto de
partida do meridiano Yin inferior, que vai do pé até o rim. A massagem desse
ponto pode produzir a descida do que é chamado de ”calor insubstancial”.
Isso auxilia no tratamento de insônia e palpitações cardíacas. Pode melhorar
também o modo de andar. Essa massagem pode abranger uma área maior das
plantas dos pés, estimulando assim outros órgãos e funções. A região central,
por exemplo, abrange pontos de fígado, pulmão, estômago, baço, pâncreas e
vesícula biliar.

Prevenção do resfriado comum: Há mais de mil anos os chineses descobriram


que a congestão nasal pode ser atenuada massageando-se ambos os lados do
nariz. Mais tarde, os acupunturistas verificaram que a congestão nasal
também pode ser aliviada pela estimulação do Ying Xiang, pontos localizados
ao lado das asas do nariz, como mostra a figura 4.
De fato, descobriu-se que os resfriados podem ser prevenidos pela massagem
sistemática de alguns pontos:
 Friccione os lados do nariz com os indicadores até que o local se torne
aquecido.
 Friccione os pontos Feng Chih (figura 1), nos lados do pescoço, com as
palmas das mâos de 30 a 60 vezes.
 Pressione o ponto Ying Xiang, próximo à parte mais proeminente das
asas do nariz. Friccione levemente essa área com a ponta dos dedos
indicadores durante 1 a 3 minutos.
 Friccione o peito. Usando o mamilo como o centro de um círculo,
massageie o lado esquerdo com a palma direita e vice-versa. Faça de
10 a 20 círculos de cada lado.
Obstipação e dores abdominais: As alterações dos hábitos alimentares e dos
horários de defecação são frequentemente apontados como causas da
obstipação. Na verdade, a causa mais comum é a inatividade física. O melhor
modo de prevenir ou eliminar a obstipação é exercitar-se com frequência,
comer mais vegetais, frutas e cereais, e manter um determinado horário para
a defecação. Exercícios terapêuticos, especialmente aqueles que envolvem o
abdômen e a cintura, exigindo saltos e respiração profunda, podem estimular
o movimento intestinal, fortalecer os músculos abdominais e produzir efeitos
benéficos sobre o sistema nervoso, ajudando a prevenir a obstipação.
As pessoas que sofrem de obstipação podem obter ótimos resultados com a
ginástica terapêutica, com as técnicas de respiração Chi Kung e com
automassagens.
 Automassagem 1: deite-se de costas numa superfície plana com as
pernas ligeiramente dobradas e os joelhos escorados em uma almofada.
Faça a automassagem forçando e pressionando a região abdominal com
uma mão em cima da outra. Comece a massagem no lado inferior do
abdômen, subindo aos poucos até a área da costela. Prossiga com um
movimento circular, dirigindo-se para o lado esquerdo, passando sobre
o umbigo e friccionando até que as mãos alcancem o lado esquerdo
inferior do abdômen. Friccione e pressione lentamente essa área, de
modo profundo, antes de retornar à posição inicial. A sequência
completa será contada como um círculo. Faça isso de 30 a 40 vezes (ou
10 minutos). Após terminar a massagem, sente-se e aplique algumas
pancadas leves, com as palmas das mãos, na região do sacro,
abrangendo a área mais em cima à altura dos rins. Cuidado, as batidas
devem ser leves, pois pancadas fortes podem machucar órgãos
internos.
 Automassagem 2: a massagem da região abdominal pode ajudar
também em casos de indigestão. Friccione a palma da mão sobre o lado
esquerdo superior do abdômen. Se essa região estiver dilatada em
razão de flatulência, massageie com um movimento vibratório do dedo.
Passe para o lado direito inferior e massageie com um movimento
circular ao redor do umbigo, começando embaixo à direita e seguindo
para a esquerda. Uma pequena pressão pode ser aplicada enquanto se
fricciona. A sessão deve durar cerca de 20 minutos.
Depressão: Os chineses têm usado amplamente e com êxito o Tai Chi no
tratamento da depressão. Esse exercício oferece benefícios especiais porque
busca a tranquilidade mental e emocional. Ele requer total concentração, de
modo que o corpo se torna

o que a mente imagina. Por força de suas exigências mentais e espirituais, o


Tai Chi condiciona o sistema nervoso e ajuda a desenvolver sensações de
tranquilidade e paz.

A massagem também pode ser muito eficiente quando realizada pelos próprios
pacientes. Frequentemente a depressão vem acompanhada de outros
sintomas. Para o caso de dor de cabeça, esfregue o rosto com o mesmo tipo
de movimento enérgico que se faz ao escovar os dentes. Massageie também os
pontos de acupuntura ao redor dos olhos (ver figura 5).

No caso de tontura, golpeie suavemente toda a cabeça, estalando os dedos


indicador e médio contra ela enquanto a palma das mãos cobre os ouvidos.
Friccione o ponto de acupuntura Yung Chuan - este é um ótimo remédio para
insônia e as palpitações relacionadas com ansiedade.

Insônia: Pode ser causada por vários fatores. No entanto, os mais comuns são
a depressão e distúrbios emocionais temporários. Quanto a esses tipos de
insônia, os soníferos são apenas uma cura temporária. Para tratar as causas
subjacentes, o paciente deve se acalmar e inibir o córtex cerebral sobre-
excitado. Um modo eficiente é por meio de automassagem: antes de dormir,
sentado ou deitado de costas, cubra o corpo com um cobertor caso a
temperatura do quarto esteja baixa. Massageie todo o corpo, como se
estivesse tomando um banho seco. Esfregue primeiro o rosto, suavemente,
com as mãos. A seguir, massageie o braço esquerdo com a mão direita e vice-
versa. Esfregue então o peito e a região abdominal. O movimento da mão
deve ser lento e suave. Finalmente massageie o ponto de acupuntura Yung
Chuan (figura 3), que se localiza no centro da sola dos pés. Prossiga com a
massagem até se sentir calmo e tranquilo. Geralmente 10 minutos são
suficientes. Você se sentirá cansado e sonolento. Relaxe então o corpo e vá
dormir. Você pode combinar essa automassagem com um escalda pés,
mergulhando os pés em água morna durante 20 ou 30 minutos, antes de
dormir. Além disso, não deve se envolver em qualquer atividade mental pelo
menos durante 30 minutos antes de se deitar.

Massagens profiláticas: você pode combinar algumas das massagens descritas


acima e fazê-las regularmente como forma de manter a saúde. A seguir,
vamos dar uma sequência muito eficaz para manter o bem estar físico e
mental. Essa sequência pode ser feita de manhã, à noite, ou mesmo durante o
dia, numa pausa do trabalho por exemplo.
1. Mãos: esfregue uma contra a outra até ficarem aquecidas.
2. Rosto: com as palmas das mãos, esfregue bem o rosto, fazendo
movimentos de cima para baixo, de baixo para cima e para os lados.
3. Cavidades oculares: com os dedos indicadores, pressione e friccione os
pontos: Shang Ming (entre a sobrancelha e o olho); Jing Ming (entre os
olhos e próximos à base do nariz; Si Bai (logo abaixo dos olhos),
conforme mostra a figura 5. Coloque os polegares contra as têmporas e
friccione a cavidade dos olhos com a junta do meio dos dedos
indicadores: primeiro ao longo das sobrancelhas, depois abaixo dos
olhos.
4. Nariz: com os dedos esfregue os dois lados do nariz, até esquentá-los
bem. A seguir, com os indicadores, pressione e friccione os pontos Ying
Xiang (ao lado das asas do nariz).
5. Couro cabeludo: penteie o cabelo com os dedos, partindo da testa em
direção à nuca. Primeiro com a mão direita, virando o rosto para o lado
esquerdo. Depois com a mão esquerda, virando o rosto para o lado
direito. Repita os movimentos de 5 a 10 vezes.
6. Nuca: pressione e friccione com os dedos das mãos toda a região da
nuca. Com os polegares, friccione os pontos Feng Chi, nos lados do
pescoço, atrás das orelhas.
7. Orelhas: puxe e esfregue as orelhas, em toda a sua extensão, para
cima, para os lados e para baixo, até senti-las bem quentes.
8. Pescoço, garganta e nuca: friccione e massageie todas essas áreas com
as mãos.
9. Movimentação dos dedos: abra as mãos e golpeie uma contra a outra
na região entre os dedos polegar e indicador, por algumas vezes (10-20
vezes). Repita o movimento com os dedos entrelaçados, também por
10-20 vezes. Por fim, feche frouxamente o punho direito e golpeie a
palma e o dorso da mão esquerda, por um número igual de vezes.
Troque as mãos e repita o exercício.
10.Peito e abdômen: coloque a mão direita contra a parte superior do
abdômen e a mão esquerda sobre a mão direita. Massageie a parte
superior do abdômen oito vezes com pequenos movimentos circulares.
Massageie a área que vai do baixo abdômen até o peito, com
movimentos circulares amplos, oito vezes. Massageie a mesma área, no
sentido contrário, primeiro em grandes círculos e depois em pequenos.
11.Tapinhas nos ombros, braços, pernas e sacro: com a mão esquerda dê
tapinhas leves no ombro direito, descendo a seguir para o braço e mão
direitos, primeiro pelo lado de fora do braço e depois subindo pelo lado
de dentro, repetindo o ciclo por algumas vezes (5-10 vezes). Repita
para o ombro, braço e mão esquerdos, usando a mão direita para dar
tapinhas. Faça o mesmo com as pernas, dando tapinhas dos dois lados,
externo e interno, das duas pernas.
12.Costas: se puder, peça a alguém para fazer o mesmo com as costas,
dando tapinhas leves nos dois lados, começando em cima, perto dos
ombros, e terminando no quadril.

Interesses relacionados