Você está na página 1de 4

Sistema Avaliativo – M.

E - 2ª Unidade

Aluno(a): Letícia S. Oliveira; Vilma da Conceição Nascimento Turno: Noturno


Data: / / Curso: Administração
Disciplina: Gestão de Finanças II Professor(a) : M.Sc. Neivaldo R Pontes

Critérios para Avaliação de Investimentos


Questões de Concursos

(Petrobras – Economista Júnior – 2008) A Taxa Interna de Retorno (TIR) do fluxo


financeiro de um projeto é:
a) A taxa de desconto que, aplicada ao fluxo financeiro, zera o Valor Presente Líquido
(VPL) do mesmo;
b) O único critério correto para a seleção de projetos;
c) Sempre positiva ou, no mínimo, nula;
d) Sempre maior que a taxa de juros de mercado;
e) Crescente com o Valor Presente Líquido (VPL) do projeto.

(Petrobras – Economista Júnior – 2008) A figura abaixo mostra o Valor Presente


Líquido (VPL) de dois projetos, em função da taxa de desconto usada. A taxa de juros de
mercado para estes projetos é R

Com base nessas informações, é possível concluir que:


a) O projeto A é menos interessante que o projeto B, pois tem menor TIR;
b) O VPL do projeto A é menos sensível às variações da taxa de juros do que o de
B;
c) A taxa de juros de mercado deveria ser igual à TIR do projeto B;
d) À taxa de juros do mercado, o VPL de A é maior do que o de B;
e) Se A e B fossem mutuamente exclusivos, seria melhor fazer B, pois tem maior
TIR.

(Petrobras – Economista Júnior – 2008) O período de repagamento do investimento


realizado num projeto (payback period):
a) É um critério falho para escolha de projetos, por não considerar todo o
fluxo de caixa gerado;
b) É o número de anos necessários para que o Valor Presente Líquido do projeto
se torne positivo;
c) É um critério que beneficia os projetos de maior Taxa Interna de Retorno (TIR);
d) Leva à preferência por projetos de maior duration;
e) Leva à preferência por projetos com repagamento de mais longo prazo.

(Petrobras – Economista Júnior – 2010) Um método usado na escolha e avaliação de


projetos consiste em calcular o período de recuperação do capital investido (payback
simples). Esse método é usado por apresentar algumas vantagens, entre as quais, a de que:
a) Rejeita projetos de longa duração com boas rentabilidades;
b) Produz um parâmetro comparável com uma rentabilidade padrão, como o custo
de capital;
c) Considera com exatidão o valor do dinheiro no tempo;
d) Considera a rapidez com que o investidor obtém de volta seu capital
investido;
e) Considera a distribuição do fluxo de caixa no período posterior à recuperação do
capital.

(Petrobras – Economista Júnior – 2010) A comparação entre as taxas internas de


retorno de dois projetos é um métodos de escolha entre eles que:
a) Leva em consideração a diferença de escala dos projetos;
b) Leva à escolha do projeto com menor desembolso inicial de capital;
c) Leva à escolha do projeto com maior Valor Presente Líquido;
d) Considera a distribuição dos fluxos de pagamentos e recebimentos no tempo;
e) Torna os parâmetros de rentabilidade insustentáveis se comparados com o custo
de capital.

(Petrobras – Economista Júnior – 2010) Para calcular o Valor Presente Líquido de um


projeto, é preciso usar uma taxa de desconto apropriada, a qual seria a de um investimento
semelhante ao que está sendo considerado (em termos de risco, escala etc.). Essa é a
chamada taxa:
a) De desconto bancário;
b) De juros básicos do mercado;
c) De juros de longo prazo;
d) Mínima de atratividade;
e) Interna de retorno.
FLUXO DE CAIXA E ANÁLISE DE INVESTIMENTOS
Exercícios propostos
1.Admita o fluxo de caixa ilustrado a seguir. Para uma taxa de 4% ao ano, calcule o
valor presente liq́ uido.
Anos 0 1 2 3 4 5
80,00 126,00 194,00 340,00 570,00

2.Um apartamento custa a vista $ 60.000,00, e pode também ser pago nas seguintes
condições:
Entrada: $ 20.000,00
1o mês: $ 7.000,00
2o mês: $ 7.000,00
O saldo restante será pago em 36 prestações mensais de $ 850,00 a partir do terceiro
mês. Qual é a taxa interna de retorno cobrada pela construtora?
Mês 0 1 2 3 ... 36
20.000 7.000 7.000 850

3. Um veículo custa a vista $ 18.000,00. A concessionária propôs o seguinte plano de


pagamento: 20% no ato; 3 parcelas iguais de $ 2.000,00 ao final de cada um dos próximos
três meses. O saldo será dividido em 24 prestações mensais, iguais e consecutivas, de $
420,00, a partir do 4o mês. Qual é a taxa mensal de juros cobrada pela loja

14 DECISÃO DE INVESTIMENTOS
1.Dentro do processo de avaliaçaõ de projetos de investimentos de empresas, saõ
relacionados a seguir alguns fluxos financeiros. Pode-se dizer que o único irrelevante para
a decisaõ de investimento é:
a)Montante corrente de receitas de vendas da empresa.
b)Receita proveniente da venda de um ativo fixo a ser substituído pelo investimento
proposto.
c)Reduções na venda de outro produto motivadas pela introduçaõ de um novo produto.
d)Despesas de instalaçaõ de máquinas e equipamentos constantes do projeto de
investimento.
e)Incrementos em estoques e valores a receber provenientes do projeto de investimento.

2.Uma empresa está avaliando um projeto de investimento de expansaõ de sua atividade


visando atender a uma maior demanda prevista de mercado. A empresa projetou seus
resultados totais, os quais incluem os retornos esperados provenientes da decisaõ de
investimento em avaliaçaõ , e seus resultados determinados pela atual estrutura de
atividade. Com base nesses resultados projetados, os fluxos de caixa operacionais
incrementais para os três anos a serem utilizados na avaliaçaõ do investimento saõ
respectivamente:

Informações dos resultados projetados da empresa:

Ano 0 Ano 1 Ano 2 Ano 3


Receitas operacionais 5.000 7.500 8.100 7.800
Despesas operacionais (2.500) (3.500) (4.000) (3.750)
Depreciação (400) (450) (500) (480)
Resultado Operacional Bruto 2.100 3.550 3.600 3.570
Despesas Financeiras (600) (630) (650) (660)
Lucro antes do I.R 1.500 2.920 2.950 2.910
I.R (34%) (510) (992,80) (1.003) (989,40)
Lucro Líquido 990 1.927,20 1.947,20 1.920,60

a) $ 2.100,20; $ 1.500,00; $ 1.947,00


b) $ 1.007,00; $ 1.090,20; $ 1.050,20
c) $ 2.100,00; $ 1.090,20; $ 1.920,60
d) $ 1.090,20; $ 1.050,20; $ 1.947,20
e) $ 1.007,00; $ 1.500,00; $ 1.050,20

3. Uma empresa está avaliando um projeto de investimento que prevê um dispêndio


de capital total de $ 1,2 milhaõ . Desse total, 30% seraõ aplicados em capital de giro e o
restante na aquisiçaõ de um novo equipamento a ser utilizado em sua produçaõ . A vida
útil do projeto está estimada em quatro anos. O equipamento será depreciado pelo método
da linha reta durante a vida do projeto e apresenta um valor de revenda previsto de $ 180
mil ao final do quarto ano. Os principais resultados incrementais previstos do
investimento saõ apresentados a seguir. Admitindo uma aliq́ uota de IR de 34%, o fluxo
de caixa operacional dessa decisaõ de investimento no terceiro ano será de:
Ano 1 Ano 2 Ano 3 Ano 4
Receitas de vendas 3.120 3.800 4.000 4.500
Custos de produçaõ 1.680 1.800 1.900 2.050
Despesas Operacionais 714 780 820 874

Ano 1 Ano 2 Ano 3 Ano 4


Receitas de vendas 3.120 3.800 4.000 4.500
(-)Custos de produçaõ 1.680 1.800 1.900 2.050
Lucro Bruto 1.440 2.000 2.100 2.450
(-)Despesas Operacionais 714 780 820 874
(-) Depreciação (1.200 x 0,70)/4 210 210 210 210
Lucro Operacional Bruto 516 1.010 1.070 1.366
I.R (34%) 175,44 343,4 363,8 464,44
Lucro Operacional Líquido 340,56 666,60 706,20 901,56
(+) Depreciação 210 210 210 210
Recup Giro (30% x 1.200) 360
Valor Residual (180 - 34%) 118,8
Fluxo de Caixa Operacional 550,56 876,60 916,20 1.590,36

a) 915,20
b) 820,00
c) 879,00
d) 916,20
e) 876,60