Você está na página 1de 7

COMPORTAMENTO VIGA DE AÇO SIMPLES COMPORTAMENTO VIGA MISTA

(ANTES DA CURA DO CONCRETO) (DEPOIS DA CURA DO CONCRETO)

DADOS

d =altura total do perfil de aço;

h =altura da alma do perfil de aço;

tw = é a espessura da alma do perfil de aço;

bf = é a largura da mesa do perfil de aço;

tf = é a espessura da mesa do perfil de aço;

b = é a largura efetiva da laje de concreto;

tc = é a altura da laje de concreto.

A
A

ANTES DA CURA DO CONCRETO

VERIFICAÇÃO VIGA DE AÇO

Verificação - Anexo G – Vigas de alma não


Flambagem Lateral VERIFICAÇÃO FLEXÃO esbelta.

  −  
Torção

 = 
(1)

  = 1,76  =
  
FLT

Tabela G.1 seções I e H com dois eixos de


simetria, fletidas em relação ao eixo de
momento de maior inércia.

1,38 $  27     −  
 = %1 + 1 +  =
    4

 >   ≤  ≤  *+ = , 
Item G.2.1.c Item G.2.1.b
Não Não

Sim
Sim

 .  /  
Tabela G.1- seção I e H

*- = 01 + 0,039 3 * =  −  


  /
com dois eixos de
simetria, fletidas em
relação ao eixo de maior
inércia, para FLT.

  −  *+
*4 = 7*+ − *+ − *  8<
56  −  56

*- *+ *+


*4 = <
Item G.2.1.a

56 56 *4 =


56

B
B

:
 = 
  = 0,38

Verificação – Flambagem
Local da Mesa. FLM

Anexo G.


Tabela G.1– Nota 6

 = 0,95 >?@A A @B?C


Soldado

 −  ⁄<-

4
D- =
Laminado

$ℎ⁄/

 = 0,83
Anexo G.  −  


Tabela G.1– Nota 6
Item G.2.2.c

>?@A A @B?C  > 


Laminado Sim

Soldado
Não

*+ = , 
Item G.2.2.b

0,69 0,90D-  ≤  ≤ 
*- = - *- = -
Não

 

Tabela G.1- seção I e H com


Sim dois eixos de simetria,
fletidas em relação ao eixo
de maior inércia, para FLM.

* =  −  

*- *+   −  *+


*4 = < *4 = 7*+ − *+ − *  8<
56 56 56  −  56

*+
Item G.2.2.a

*4 =
56

C
C

:
 = 
/  = 3,76
FLA

Verificação – Flambagem
Local da Alma.


Item G.2.2.c

 > 
Anexo H – Momento

 = 0,83
 −  
fletor resistente de Sim
cálculo de vigas de


alma esbelta.
Não

* =  
Tabela G.1 Item G.2.2.b

 ≤  ≤ 
Sim

Não Tabela G.1- seção I e H com

  −  *+
*4 = 7*+ − *+ − *  8<
dois eixos de simetria,

56  −  56 *+ = , 


fletidas em relação ao eixo
de maior inércia, para FLA.

*+
*4 =
56
Item G.2.2.a

*4 = *?F(H>, H*, HI)

D
D

VERIFICAÇÃO AO CISALHAMENTO

(2)

L
Item 5.4.3.1.1

>3

Enrijecedores Sim
transversais na Alma?
Não

Sim
Item 5.4.3.1.1

L 260
> M N
Não (2)

ℎ (ℎ⁄/ )
Sim

DK = 5
Não

5
(2)

DK = 5 +
(L⁄:)
Esforço Resistente de
Cálculo ao Cisalhamento.

ℎ 
 = DK 
/  1,10  = 0,83
  −  

O+ = 0,60 I/   > 


(3) Item 5.4.3.1.1
Sim

Não

O+
OP4 =
56 O+ = 0,60 I/ 
(3)

 ≤  ≤ 
Item 5.4.3.1.1
Sim

  O+ O+ = 0,60 I/ 


Não

OP4 =
(3)

 56

  O+
OP4 = 1,24 0 3
 56

E
E

DEPOIS DA CURA DO CONCRETO

VERIFICAÇÃO VIGA MISTA


Anexo O – Item O.2.3
Momento fletor resistente
de cálculo em regiões de
momentos positivos. ESTADOS LIMITES ÚLTIMOS

Anexo O – Item O.2.3.1.1


vigas mistas de alma cheia Não
com h/tw ≤ 3,76 √(E/fy) – Interação Total
vigas compactas. Item O.2.3.1.1.c

Q RP4 < I6 
Sim

Q RP4 < 0,85 -4 : -


Não
I6 4 i 0,85-4 b -
Item O.2.3.1.1.a
Sim
>-4  I6 4
Item O.2.3.1.1.b

-4 = 0,85-4 : - ∑ RP4 = HT4 UV (4) (5)


k
L  l,mnYZ ) -
oZ 

64 = I6 4  -4  -4 = ∑ RP4

-4  0,85-4 : L
(9) 
Sim 64 = I6 4  -4 
64 ≤ I6 4 L
*P4  Kb >64 e & Ef & -  g
2
(6)
Não Sim
64 ≤ I6 4
XYZ
W = [  XYZ
Y\ ]Z W = [  Não
Y\ ]Z (7)
XYZ _ [Y\ ]Z
W =  & ℎ/ ^ a XYZ _ [Y\ ]Z
[Y` ]Z W =  & ℎ/ ^ a
[Y` ]Z

(8)
- L
*P4 = Kb M64 G  Wd  W- J & -4 ^ & Ef &   Wd aN *P4 = Kb c64 G  Wd  W- J & -4 e-  & ℎf &   Wd gh
2 2

*p4 ) *P4

F
F

Anexo O – Item O.3 –


verificação a força cortante- Op4 ) OP4
deve ser verificada
considerando
. apenas a
resistência do perfil de aço,
conforme item 5.4.3 da
ABNT NBR 8800.

Notas:

(1) - Segundo a nota 5 da tabela G.1 do anexo , o valor de σr, tensão residual de compressão nas
mesas, deve ser tomado igual a 30% da resistência ao escoamento do aço utilizado.
(2) - a é a distância entre linhas de centro de dois enrijecedores transversais adjacentes; h é a
altura livre da alma entre as mesas; e tw é a espessura da(s) alma(s).
(3) - Vpl é a força cortante a plastificação da alma do perfil por cisalhamento; Aw = d tw.
(4) - Fhd é a força de cisalhamento de cálculo entre o componente de aço e a laje de concreto,

(5) - ηi é o grau de interação da viga mistas UV  1  nrm G0,75 − 0,03s ) ≥ 0,40 ; Le é o


igual ao menor valor entre Aa fyd e 0,85 fcd b tc;
q
]

comprimento do trecho de momento positivo;


(6) - Aaf é a área da mesa superior do perfil de aço;

(8) - a é a espessura da região comprimida da laje dada por: L = l,mn oZ


X
(7) - Aaw é a a área da alma do perfil de aço, igual ao produto hw tw;

oZ t
; yt é a distância do
centro geométrico da parte tracionada do perfil de aço até a face superior desse perfil; yc é a
distância do centro geométrico da parte comprimida do perfil de aço até a face inferior desse
perfil; hf é a espessura da pré-laje pré-moldada de concreto ou a altura das nervuras de laje
com fôrma de aço incorporada , se não houver pré-laje ou fôrma de aço incorporada hf=0;
(9) - d1 é a distância do centro geométrico do perfil de aço até a face superior desse perfil.