Você está na página 1de 1

- Contrassexualidade - 1) análise crítica da diferença de gênero e de sexo que é produto de um

contrato social heterocentrado, cujas performatividades foram inscritas como verdades


biológicas (atentar aqui pras normas ideais de homossexualidade ditas por foucault e da
recriminação dos afeminados); substituição do contrato chamado Natureza pelo
contrassexual, onde corpos nao se reconhecem como mulher e homem, mas como corpos
falantes. Renuncia a identidade sexual natural fehada mas à naturalização das práticas
significantes.

- contrassexualidade, razões do nome: desconstrução da naturalização das práticas sexuais e


do sistema de gênero.

- a forma mais eficaz de resistencia à produção disciplinar da sexualidade nao se encontra na


proibição, mas na contraprodutividade, que é a produção de formas de saber-prazer
alternativas a sexualidade moderna.

- desejo, excitaçãoe orgasmo são produtos ligados aos orgaos sexuais e nao ao corpo em sua
totalidade.

- o sexo e o gênero sao dispositivos inscritos num sistema tecnológico que classifica
identidades com base nas categorias de oposição homem mulher, hetero homo, masculino
feminino e essa programação está alinhada a uma forma de controle sobre os corpos. a
contrasexualidade é uma teoria do corpo que se opõe a esse governo. ela pretende que o
corpo signifique e nao que seja significado pela estrutura.

- sexo, sexualidade e genero sao tecnologias sociopoliticas. entao é necessario ver a relação
entre os artefatos sexuais (o cinema, por exemplo) e os estudos sociopolíticos do sistema
sexo/genero. para que possa desnaturalizar e desmistificar as noções tradicionais difundidas
por essas tecnologias e dispositivos sexuais e, portanto, das relações que se estabelecem entre
corpo e máquina (pornografia) .

- o sexo é uma tecnologia de dominação heterossocial que reduz o corpo a zonas erógenas.
como prática e órgão, não é lugar biológico preciso nem pulsão natural. ele produz assimetrias
entre generos e faz coincidar alguns afetos com determinados orgaos e certas sensaçoes com
determinadas reações anatomicas.

- natureza humana - efeito da tecnologia social que reproduz nos corpos, discursos e espaços a
ideia de que natureza = heterossexualidade.

- o processo de criação da diferença sexual consiste em gerenciar a fragmentação do corpo


total e imprimir nestas partes um significante sexual. vagina e pênis participam desse processo
de heterodivisão do corpo.

- a ideia da contrassexualidade é encontrar os desvios do texto inscrito no corpo pela


tecnologia heterocentrada (homossexuais, intersex, afeminados, masculinizadas) e reforçar o
potencial desses desvaios ao sistema hetero.

- o corpo é texto onde se inscrevem normas naturalizadas pela repetição.

- sacode as tecnologias de escritura quando mudam as posições de enunciação. quando um


termo, prática, dispositivo ou similar é reapropriado e descontextualizado com isso. ex: o
porno com suas práticas revisado pelo porno contestador dessas práticas. tomar a palavra.

- sadomasoquismo, erotização do anus, dildos sao formas de contrassexualidade.