Você está na página 1de 27

1

LEM I

1ª aula – Apresentação
2ª aula – Pulso e altura
3ª aula – Continuação
4ª aula – Semibreve, mínima e semínima
5ª aula – Semibreve, mínima e semínima (pausas)
6ª aula – Pauta ou pentagrama (clave de sol, clave de fá e clave de dó)
7ª aula – Continuação
8ª aula – Revisão
9ª aula – Revisão
10ª aula – Prova
11ª aula – Intervalos (classificação quantitativa – todos) 2M e 2m
12ª aula – Revisão
13ª aula – Compasso, fórmula de compasso (semínima)
14ª aula – Ritornelo e metade de tempo
15ª aula – Ponto de aumento
16ª aula – Início e terminação
17ª aula – Revisão geral
18ª aula – Prova
2

2ª aula

Pulso

Conceito: O pulso é um ritmo elementar de tempos iguais que se caracteriza pela constância e
repetição.

Exercícios
3

Altura
Conceito: Frequência sonora; frequência baixa, som grave, mais alta, som agudo.

1
7

4
3

1
7

Exercícios

Ditado
4

3ª aula (continuação)

Ditado rítmico
5

4ª aula

Semibreve, mínima e semínima

Exercícios
6

Ditado rítmico
7

5ª aula

Semibreve, mínima e semínima (pausas)


8

Ditado rítmico
9

6ª aula

Pauta ou pentagrama

Conceito: Conjunto de cinco linhas e quatro espaços onde se escrevem as notas.

Clave

Conceito: Indica o lugar das notas na pauta.

Exemplos:

Exercícios: Escreva o nome das notas.

Solfejo
10

Ditado
11

7ª aula (continuação)

Escreva o nome das notas


12

Escreva o nome das notas


13

Escreva o nome das notas

8ª e 9ª aulas (revisão)

10ª aula (prova)


14

11ª aula

Intervalos

Intervalo: Distância entre dois sons.

• Semitom (2ª menor) – menor intervalo entre duas notas.


• Tom (2ª maior) – dois semitons.

Obs.: Com notas naturais (sem alteração) só existem duas segundas menores (semitom): Mi-Fá ou
Si-Dó.

Alterações ou acidentes: mudam a altura das notas.

• b desce um semitom.

• # sobe um semitom.

• n a nota volta a ser natural.

Exercícios: Classifique os intervalos.


15

Classificar os intervalos

Obs.: Compare com os intervalos naturais.

Solfejo

Ditado
16

Classificação de intervalos

Dois tipos:

• Numérica – de acordo com o número de notas contidas no intervalo.


• Qualitativa – de acordo com o número de tons e semitons contidos no intervalo.

Obs.1: Qualquer intervalo pode ser aumentado ou diminuto.

Obs.2: Maior (M), menor (m), Justo (J), Aumentado (A), Diminuto (D).

1. Classifique os intervalos de segunda.


17

2. Classifique numericamente os intervalos.


18

12ª aula

Revisão
19

Solfejo

Ditado
20

13ª aula

Unidade de tempo: Figura rítmica que representa um tempo ou uma pulsação.

Unidade de compasso: Figura rítmica que preenche o compasso inteiro.

Fórmula de compasso: Indica a quantidade de tempos (o número de cima) e a figura que representa
um tempo (o número de baixo).

U.C. → Unidade de compasso


U.T. → Unidade de tempo

Exemplos:

Exercícios: Divida os compassos usando barra de compasso e barra dupla (final). Leia os
exercícios.

Ditado rítmico
21

Solfejo

Ditado
22

14ª aula

Ritornelo e metade de tempo

Leitura rítmica

Reescreva os exercícios usando as unidades de tempo pedidas.


23

Solfejo

Ditado
24

15ª aula

Ponto de aumento

Ponto de aumento: é colocado à direita da nota (ou pausa) aumentando em metade de sua
duração.

Exercícios:

Ditado rítmico

Solfejo

Ditado
25

16ª aula

Inícios e terminações

Temos três tipos de início:

Tético – o ritmo começa no primeiro tempo do compasso.

Exemplo:

Anacrústico – as notas iniciais precedem o primeiro compasso.

Exemplo:

Obs.: A anacruse é numerada como compasso zero (0).

Acéfalo – quando o início do compasso é ocupado por pausa.

Exemplo:

Temos dois tipos de terminação:

Masculina – a música termina no tempo forte do compasso.

Exemplo:

Feminina – a música termina no tempo fraco.

Exemplo:
26

Classifique início e terminação.