Você está na página 1de 8

CENTRO DE ENSINO UNIFICADO DO PIAUÍ – CEUPI

GRUPO EDUCACIONAL CEUMA

GABRIEL TONÉL PEDÓ

A utilização de sistemas fotovoltaicos para bombeamento de água aplicados no


sistema agrícola de irrigação

TERESINA – PIAUÍ
2018
CENTRO DE ENSINO UNIFICADO DO PIAUÍ – CEUPI
GRUPO EDUCACIONAL CEUMA

GABRIEL TONÉL PEDÓ

A utilização de sistemas fotovoltaicos para bombeamento de água aplicados no


sistema agrícola de irrigação

Projeto de Pesquisa apresentado ao Centro de


Ensino Unificado do Piauí - CEUPI, como
requisito para a obtenção de nota na Disciplina de
Trabalho de Conclusão de Curso – TCC
ORIENTADOR:
COORIENTADOR:

TERESINA – PIAUÍ
2018
Sumário

1. INTRODUÇÃO .................................................................................................................. 4

1.1 Delimitação do Tema ................................................................................................... 4

1.2 Formulação de Problema ............................................................................................. 4

1.3 Hipótese ....................................................................................................................... 4

1.4 Objetivos ...................................................................................................................... 5

1.4.1 Objetivo Geral .......................................................................................................... 5

1.4.2 Objetivo Específico .................................................................................................. 5

1.5 Justificativa .................................................................................................................. 5

2. FUNDAMENTAÇÃO TEÓRICA ...................................................................................... 5

2.1 Sistemas Fotovoltaicos ................................................................................................ 5

2.2 Sistemas de Irrigação ................................................................................................... 6

3. METODOLOGIA ............................................................................................................... 6

4. CRONOGRAMA DA PESQUISA ..................................................................................... 7

REFERÊNCIAS ......................................................................................................................... 8
1. INTRODUÇÃO

Com o crescimento na agricultura e na demanda de água a nível mundial, sendo que


a irrigação consiste em 70% do uso de água nesse meio. Deste modo, a necessidade de água
depende de diversos fatores, dentre os quais os mais importantes são o clima e consumo de
água por espécie e fase de desenvolvimento da cultura (MOSSANDE et al, 2015).
A utilização da geração de energia através de painéis fotovoltaicos em pequena
escala resultará em redução do uso da energia distribuída pelas concessionárias, e,
consequentemente, nos impactos ambientais decorrentes da geração de energia por parte das
geradoras, transmissoras e distribuidoras de energia elétrica (DE FARIA, 2016).
Dessa maneira, o uso de energia fotovoltaica associada à irrigação é uma maneira
de auxiliar na produção agrícola, especialmente em pequenas propriedades rurais. O presente
trabalho tem como objetivo de demonstrar, por meio de literaturas existentes, como a energia
fotovoltaica pode ser utilizada para auxiliar no bombeamento de água para irrigação no meio
rural, bem como traz exemplos do uso dessa tecnologia no Brasil e no mundo.

1.1 Delimitação do Tema

A utilização da energia fotovoltaica para bombeamento de água aplicado no


sistema de irrigação agrícola

1.2 Formulação de Problema

Como o uso de energia fotovoltaica associada ao bombeamento de água para


irrigação pode contribuir como método alternativo na obtenção de energia elétrica e na
diminuição de custos.

1.3 Hipótese

 Através do uso de sistema fotovoltaicos pode-se utilizar no bombeamento de água


para um melhor aproveitamento operacional durante a irrigação em sistemas agrícolas.
 A diminuição de custos relacionados a energia utilizadas durante a operação da bomba
e do sistema de irrigação.
1.4 Objetivos
1.4.1 Objetivo Geral

Apresentar de que forma a implementação de sistemas fotovoltaicos em


bombeamento de água pode influenciar num melhor aproveitamento de energia elétrica durante
a irrigação no sistema agrícola.

1.4.2 Objetivo Específico

 Descrever o processo de bombeamento de água utilizando sistemas fotovoltaicos


quando aplicado a irrigação
 Explicar o principio de funcionamento de um sistema fotovoltaico off grid aplicado no
sistema de irrigação.
 Apresentar os dados obtidos através de planilhas comparando os custos antes e após a
implementação do projeto.

1.5 Justificativa

O presente trabalho tem dois objetivos principais. O primeiro deles é mostrar aplicações
dos sistemas fotovoltaicos para bombeamento de água aplicados no sistema de irrigação agrícola. E em
seguida mostra todo o processo de dimensionamento do sistema fotovoltaico para irrigação onde
poderão se mostrados através de gráficos o custo total de utilização antes e depois da implementação do
sistema.

2. FUNDAMENTAÇÃO TEÓRICA
2.1 Sistemas Fotovoltaicos
Um dos principais usos da energia solar fotovoltaica é o bombeamento de água.
Essa água bombeada, no meio agrícola, pode ser utilizada para abastecimento doméstico,
irrigação, piscicultura e abastecimento em sistemas de criação de animais no setor agrícola
(NOGUEIRA, 2015).
A utilização de painéis fotovoltaicos para bombeamento de água pode representar
uma alternativa a famílias em pequenas propriedades rurais, especialmente em regiões áridas e
semiáridas (MICHELS, 2009).
Um sistema de irrigação com painel fotovoltaico é constituído basicamente por um
gerador fotovoltaico, conjunto motobomba, sistemas de armazenamento e sistema de
distribuição. Fedrizzi (2009) demonstra um esquema de um sistema de bombeamento
fotovoltaico padrão, conforme Figura 1.
Figura 1: Configuração de um sistema de bombeamento de água com motobomba de corrente
contínua (adaptado) (CRESESB, 2000).

2.2 Sistemas de Irrigação


De acordo com Morales (2011), a irrigação pode ser dividida em irrigação
superficial, aspersão e localizada. Ainda há a irrigação subterrânea, porém com
inexpressiva utilização.
Assim, a seleção do sistema de irrigação depende de vários fatores,
como as características do manancial, a qualidade da água, o tipo de solo, a topografia, o
clima, o tipo e fase da cultura a ser irrigada, o capital de investimento, a mão de obra, a
fonte de energia disponível. Além disso envolve questões políticas, sociais, sanitárias e
ambientais.

3. METODOLOGIA

Para um estudo mais detalhado e minucioso do trabalho desenvolvido, foi necessário um


forte embasamento teórico e técnico, através de livros, datasheets disponibilizados por empresas de
dispositivos semicondutores, monografias e diversos arquivos adquiridos na rede mundial de
computadores. O software para a medição de potenciais energéticos de determinadas regiões foi
utilizado o programa disponibilizado livremente pela internet denominado PVsyste.
4. CRONOGRAMA DA PESQUISA

PERÍODO

ETAPAS Jan Fev Mar Abr Mai Jun Jul Ago Set Out Nov Dez

Escolha do Tema X

Levantamento X X X
Bibliográfico

Elaboração X
do Pré-projeto

Coleta de Dados X X

Correção X
do Pré-projeto

Apresentação do X
Projeto

Redação do X X X
Trabalho

Revisão e redação X X
final

Entrega do TCC X

Defesa da TCC X
REFERÊNCIAS

[1] BURNEY, J. et al. Solar-powereddripirrigationenhancesfoodsecurity in the Sudano –


Sahel. Proceedings of the National Academy of Sciences, v. 107, n. 5, p. 1848–1853, 2010.

[2] CABRAL, Isabelle; VIEIRA, Rafael. Viabilidade econômica x viabilidade ambiental do


uso de energia fotovoltaica no caso brasileiro: uma abordagem no período recente. In: III
Congresso Brasileiro de Gestão Ambiental. 2012.

[3] DE FARIA, V. I. G. L., SANT’ANNA, C. V. C., DOS SANTOS CABRAL, G. E.,


JÚNIOR, J. C. F., JORGE, R. I. A., & SILVA, T. G. ENERGIA SOLAR FOTOVOLTAICA.
Anais dos Ateliers Técnico-Científicos Doctum 2015, v. 3, n.1, 2016.

[4] FEDRIZZI, M. C.; RIBEIRO, F. S.; ZILLES, R. Bombeamento de água no meio rural,
análise econômica de duas configurações fotovoltaicas e uma elétrica convencional. In:
Avances enEnergíasRenovables y Medio Ambiente–AVERMA, v. 13, 2009.

[5] MICHELS, R. N., RICIERI, R., GNOATTO, E., SOUSA, S. N. M., SILVA, S. L.,
FISCHBORN, M. 2009. Avaliação do bombeamento de água em um sistema alimentado
por painéis fotovoltaicos. Revista Engenharia Agrícola. 29. 370 – 379.

[6] MORALES, Luis Roberto Valer. A utilização de sistemas fotovoltaicos de


bombeamento para irrigação em pequenas propriedades rurais. 2011. Dissertação
(Mestrado em Energia) - Energia, Universityof São Paulo, São Paulo, 2011

[7] MOSSANDE, A, R,; BROWN MANRIQUE, O,; MUJICA, A,. Requerimientos hídricos
del tomate enel valle de Cavaco en Benguela, Angola. Revista Ciencias Técnicas
Agropecuarias, v. 24, n. 2, p. 5-10, 2015.

[8] Nogueira, C. E. C., Bedin, J., Niedzialkoski, R. K., de Souza, S. N. M., & das Neves, J. C.
M. (2015). Performance ofmonocrystallineandpolycrystalline solar panels in a
waterpumping system in Brazil. RenewableandSustainable Energy Reviews, 51, 1610-
1616.

Você também pode gostar