Você está na página 1de 5

Teste História- 7.

º ano
O Império Romano
Nome: __________________________________________________ Nota: ________________

Antes de iniciares as respostas, lê com atenção a pergunta e o que te é pedido. Não respondas
informação a mais, nem deixes informação importante sem ser escrita. Responde a tudo. No final,
dá uma leitura geral ao teu teste, quer para corrigir algum erro ortográfico que tenhas feito, quer
para verificar se tudo está respondido. Bom trabalho!

1. Faz corresponder os acontecimentos às datas corretas:

ACONTECIMENTOS DATAS NÚMERO LETRA


1) Destruição de Cartago (fim das guerras púnicas) A) 19 a.C.
2) O exército romano entra na Península Ibérica B) 218 a.C.
3) Fundação lendária de Roma C) 753 a.C.
4) O imperador Caracala concede os direitos de cidadania D) 509 a.C.
5) Fundação da República E) 146 a.C.
6) Fim da conquista da Península Ibérica F) 212

2. Para cada definição, escreve o respetivo conceito:


2.1. Vasta extensão territorial dominada por um centro, a metrópole:
______________________
2.2. A organização e o funcionamento das instituições: ___________________
2.3. Cidadãos que tinham funções políticas e administrativas podendo atingir o cargo de
cônsul: _______________________
2.4. Grandes propriedades agrícolas pertencentes à aristocracia e exploradas
essencialmente por mão-de-obra escrava: _________________________
2.5. Conjunto de normas de justiça que regulam as relações entre os indivíduos e entre
os indivíduos e o Estado: _________________________

3. Observa o mapa da Figura 1:

3.1. Refere porque razão os


Romanos chamavam Mare
Nostrum ao Mar Meditrrâneo.
________________________
________________________
________________________
________________________
________________________
________________________
________________________
________________________
________________________
________________________
________________________
________________________

1
4. Observa a figura 2.
4.1. Seleciona a opção correta.
4.1.1. Qual o elemento arquitetónico
presente na imagem?

A- Termas
B- Aqueduto
C- Criptopórtico

4.1.2. Para que servia a construção


presente na imagem?

A- Transporte de águas subterrâneas.


B- Sustentar estruturas localizadas na
superfície, como um Fórum ou uma Vila,
muitas vezes compensando um declive no terreno.
C- Meramente decorativo.

5. Assinala outros exemplos de vestígios romanos utilizados ainda hoje.


Canalização
Religião
Redes de Estrada
Alfabeto
O Latim
O Direito

6. Os Romanos influenciaram os costumes dos povos dominados e contribuíram para a sua


integração no Império. Como se chama a este processo? _______________________________

7. Analisa os seguintes excertos relativos à Expansão Romana:

DOCUMENTO A | Vista pelos vencedores "Nem mesmo o Oceano barrou o seu caminho.
Lançando-se sobre o mar profundo foi ao encontro dos bretões e venceu-os. Foi a única, de entre
todos os Estados, que recebeu no seu seio os povos conquistados, como uma mãe e não como
uma dominadora." Claudiano, Estilicão.

DOCUMENTO B | Vista pelos vencidos "Os Romanos são bandidos cuja presa é o mundo. Uma vez
conquistada a terra vão pilhar os próprios mares. Sedentos de bens, se o inimigo é rico e de
domínio, se ele é pobre, nem o Oriente nem o Ocidente os saciou. Tácito, Vida de Júlio Agrícola

7.1. A partir da leitura dos textos, faz uma análise comparativa dos diferentes pontos de vista.
_______________________________________________________________________________
_______________________________________________________________________________
_________________________________________________________________________
_______________________________________________________________________________
_______________________________________________________________________________
_________________________________________________________________________

2
8. Os Romanos, embora influenciados pelos povos com quem contactaram (sobretudo, os Gregos),
não deixaram de ser originais. A sua arte, embora religiosa, era sobretudo uma arte funcional.
Justifica a afirmação, referindo dois monumentos: um que teste a originalidade romana e outro
que revele a influência grega.
_______________________________________________________________________________
_______________________________________________________________________________
_________________________________________________________________________
_______________________________________________________________________________
_______________________________________________________________________________
_________________________________________________________________________

9. O esquema abaixo representa as classes sociais do império romano. Completa o esquema,


dizendo quem pertence a cada classe social e qual o nome dessa classe.

Classe Social: Quem pertencia:

Classe Social: Quem pertencia:

Classe Social: Quem pertencia:

Classe Social: Quem pertencia:

Classe Social: Quem pertencia:

10. Baseia-te no sistema político romano e preenche o seguinte texto.

Quando Roma iniciou a sua expansão, o seu regime político era a República. Este regime apoiava-
se em três órgãos políticos: as _________________, ou Comícios (conjunto de cidadãos que
elegiam os magistrados e detinham poder _________________); os _________________
(detinham o poder _________________, ou seja, governavam a República) e o
_________________ que dirigia a política externa e nomeava os governadores das províncias.

À medida que Roma se expandia, crescia a ambição de muitos governantes e muitos lutaram
entre si pelo poder. Tornou-se necessário criar um regime mais forte de forma a criar união. Em
27 a. C., Octávio Augusto fundou um regime político novo, a que se chamou Império.

O Senado, os Magistrados e os Comícios continuaram a existir, mas muitos dos seus poderes
foram transferidos para o _________________. Este concentrou assim os seguintes poderes:
chefiava o exército, dirigia a política externa, controlava toda a administração e era o supremo-
sacerdote. Este tipo de regime perdurou até 476, ano da queda do Império Romano do Ocidente.

3
Teste História- 7.º ano
O Império Romano- Soluções
1.
1- E
2- B
3- C
4- F
5- D
6- A

2.1. Império
2.2. Administração
2.3. Magistrados
2.4. Latifúndios
2.5. Direito
2.6. Municípios
2.7. Urbanismo

3.1. O desejo de Roma era dominar o comércio no Mediterrâneo. Depois da destruição de


Cartago, apoderam-se de vastos territórios à volta deste Mar, transformando-o numa espécie de
grande lago, naquilo que denominariam de "O Nosso Mar" ou "Mare Nostrum".

4.1.1. C
4.1.2. B

5. Canalizações, Rede de Estradas, Latim, Direito

6. Romanização

7.1. Eram diferentes as visões que vencedores e vencidos tinham da Expansão Romana. Os
vencedores admiravam o poder de Roma e a grandeza do seu Império. Consideravam que Roma
tinha colhido os povos conquistados como uma verdadeira "mãe". Bem diferente era a opinião
dos povos conquistados, que criticavam a violência, as pilhagens e a ambição do povo romano,
afirmando que nada os saciava.

8. O Coliseu de Roma é um exemplo de originalidade.


O Panteão um exemplo da influência grega.

9. ordem senatorial:
 ocupavam altos cargos na administração central e no exército
 possuíam grandes propriedades rurais, os latifúndios
 possuíam grandes fortunas
 ordem equestre:
 cavaleiros que passaram a dedicar-se à administração do Império, ao comércio e
aos negócios
 possuíam grandes fortunas, embora um pouco inferiores aos membros da ordem
senatorial
 plebe:

4
 pequenos proprietários de terras e camponeses – plebe rural
 artesãos – plebe urbana
 libertos:
 antigos escravos que obtiveram o direito à liberdade, mas não tinham os mesmos
direitos que os membros da plebe
 escravos:
 eram homens não livres e a eles cabiam-lhe os trabalhos mais duros

10.
Quando Roma iniciou a sua expansão, o seu regime político era a República. Este regime apoiava-
se em três órgãos políticos: as ASSEMBLEIAS ou Comícios (conjunto de cidadãos que elegiam os
magistrados e detinham poder LEGISLATIVO); os MAGISTRADOS (detinham o poder EXECUTIVO,
ou seja, governavam a República) e o SENADO que dirigia a política externa e nomeava os
governadores das províncias.

À medida que Roma se expandia, crescia a ambição de muitos governantes e muitos lutaram
entre si pelo poder. Tornou-se necessário criar um regime mais forte de forma a criar união. Em
27 a. C., Octávio Augusto fundou um regime político novo, a que se chamou Império.

O Senado, os Magistrados e os Comícios continuaram a existir, mas muitos dos seus poderes
foram transferidos para o IMPERADOR. Este concentrou assim os seguintes poderes: chefiava o
exército, dirigia a política externa, controlava toda a administração e era o supremo-sacerdote.
Este tipo de regime perdurou até 476, ano da queda do Império Romano do Ocidente.