Você está na página 1de 10

SIMULADO 2ª FASE EXAME DE ORDEM

DIREITO PENAL
CADERNO DE RASCUNHO
Leia com atenção as instruções a seguir:
 Você está recebendo do fiscal de sala, além deste caderno de rascunho contendo o enunciado da peça prático-profissional e
das quatro questões discursivas, um caderno destinado à transcrição dos textos definitivos das respostas.
 Ao receber o caderno de textos definitivos você deve:
a) verificar se a disciplina constante da capa deste caderno coincide com a registrada em seu caderno de textos definitivos;
b) conferir seu nome, número de identidade e número de inscrição;
c) comunicar imediatamente ao fiscal da sala qualquer erro encontrado no material recebido;
d) ler atentamente as instruções de preenchimento do caderno de textos definitivos;
e) assinar o caderno de textos definitivos, no espaço reservado, com caneta esferográfica transparente de cor azul ou preta.
 As questões discursivas são identificadas pelo número que se situa acima do seu enunciado.
 Durante a aplicação da prova não será permitido:
a) qualquer tipo de comunicação entre os examinandos;
b) levantar da cadeira sem a devida autorização do fiscal de sala;
c) portar aparelhos eletrônicos, tais como bipe, telefone celular, walkman, agenda eletrônica, notebook, palmtop, receptor,
gravador, máquina fotográfica, controle de alarme de carro, etc., bem como relógio de qualquer espécie, óculos escuros ou
qualquer acessório de chapelaria, como chapéu, boné, gorro, etc., e ainda lápis, lapiseira, borracha ou corretivo de qualquer
espécie.
 A FGV realizará a coleta da impressão digital dos examinandos no caderno de textos definitivos.
 Não será permitida a troca do caderno de textos definitivos por erro do examinando.
 O tempo disponível para esta prova será de 05 (cinco) horas, já incluído o tempo para preenchimento do caderno de textos
definitivos.
 Para fins de avaliação, serão levadas em consideração apenas as respostas constantes do caderno de textos definitivos.
 Somente depois de decorridas duas horas do início da prova você poderá retirar-se da sala de prova sem levar o caderno de
rascunho.
 Somente depois de decorridas quatro horas do início da prova você poderá retirar-se da sala de prova levando o caderno de
rascunho.
 Quando terminar sua prova, entregue o caderno de textos definitivos devidamente preenchidos e assinado ao fiscal da sala.
 Os 03 (três) últimos examinados de cada sala só poderão sair juntos, devendo obrigatoriamente testemunhar o lacre da
embalagem de segurança pelo fiscal de aplicação, contendo os documentos que serão utilizados na correção das provas dos
examinandos, assinando termo quanto a esse procedimento. Caso algum desses examinandos insista em sair do local de
aplicação antes de presenciar o procedimento descrito, deverá assinar termo desistindo do Exame e, caso se negue, será lavrado
Termo de Ocorrência, testemunhado pelos 2 (dois) outros examinandos, pelo fiscal de aplicação da sala e pelo Coordenador da
unidade de provas.
Boa prova!

XVII EXAME DE ORDEM UNIFICADO - SIMULADO 2ª FASE – DIREITO PENAL


QUESTÃO 01
Tício foi visitado pelo seu avô, Sinfronésio, na cidade de Belém/PA. Destaca-se que Tício mudou-se para
esta Capital do norte do país há menos de um ano, vindo de São Paulo/SP. Durante os dias da referida
visita, Tício combinou com Mévio, residente na Capital Bandeirante, que enviaria cocaína pelo seu avô em
um embalagem de farinha de trigo. Assim, Tício entregou tal embalagem a seu avô no dia do seu retorno a
São Paulo, dizendo que era uma encomenda a ser entregue a seu amigo padeiro, Mévio. Na viagem de
retorno a São Paulo, mais precisamente em Uberlândia, Estado de Minas Gerais, depois de cruzar a divisa
de vários Estados, em uma "blitz" policial foi apreendida a droga, tendo Sinfronésio sido encaminhado à
Polícia Federal daquela cidade, nos termos artigo 144 da Constituição Federal (houve autorização do
Ministro da Justiça, atendendo-se ao disposto no artigo 1, parágrafo único da Lei 10446/02, a qual
regulamentou referido dispositivo constitucional). Posteriormente, após finalizado o inquérito policial, o
Procurador da República ofereceu denúncia em face de Sinfronésio pela prática do crime de tráfico de
drogas, previsto no artigo 33 da Lei 11343/06. Por sua vez, o Juiz Federal, atentando-se ao rito específico
deu vista dos autos à defesa.

Em face da situação apresentada, responda:

A) Qual a peça a ser apresentada?


B) Aponte qual a tese ou teses defensivas podem ser arguidas em defesa de Sinfronésio.

(Valor: 1,25)

XVII EXAME DE ORDEM UNIFICADO - SIMULADO 2ª FASE – DIREITO PENAL


XVII EXAME DE ORDEM UNIFICADO - SIMULADO 2ª FASE – DIREITO PENAL
QUESTÃO 02
Thor foi condenado pela prática de homicídio qualificado a 12 anos de reclusão, em regime fechado, em
junho de 2003. Progrediu ao regime semiaberto em 2006, e ao aberto em 2008. Regrediu ao regime
fechado em 2009 em razão da prática de falta grave. Requereu livramento condicional instruindo seu
pedido com atestado de boa conduta carcerária firmado pelo diretor do estabelecimento. Em 20 de julho
de 2011 seu pedido foi indeferido, argumentando o juiz que: a) não foram cumpridos 2/3 da pena desde a
prática da falta grave, b) que não seria possível livramento condicional ao condenado em regime fechado e,
ainda, c) que por se tratar de condenado por crime hediondo deveria ser submetido a exame criminológico
para que a sociedade tenha mínima segurança sobre suas condições de integração social. Como advogado
de Thor, responda:

A) Qual o recurso cabível contra a decisão?

B) Qual o prazo para a sua interposição?

C) Perante qual órgão deverá ser interposto?

Quais as teses pertinentes para rebater os argumentos do Magistrado?


(Valor: 1,25)

XVII EXAME DE ORDEM UNIFICADO - SIMULADO 2ª FASE – DIREITO PENAL


XVII EXAME DE ORDEM UNIFICADO - SIMULADO 2ª FASE – DIREITO PENAL
QUESTÃO 03
O advogado de João M. da Silva constatou, quando os autos do processo por crime de roubo movido
contra seu cliente estavam conclusos para sentença, que o juiz que recebera a denúncia e presidira toda a
instrução criminal, havia, anos antes, atuado como membro do Ministério Público, requisitando, por duas
vezes, diligências ao Delegado de Polícia, na fase do inquérito policial.

Em face do exposto, pergunta-se: qual providência deve ser tomada pelo aludido advogado? Justifique sua
resposta, citando os dispositivos legais pertinentes.
(Valor: 1,25)

XVII EXAME DE ORDEM UNIFICADO - SIMULADO 2ª FASE – DIREITO PENAL


XVII EXAME DE ORDEM UNIFICADO - SIMULADO 2ª FASE – DIREITO PENAL
QUESTÃO 04

Jeremias foi denunciado pela prática de tráfico de drogas. Segundo a denúncia, Jeremias seria o líder o
tráfico de drogas no Estado de São Paulo.

Durante a investigação foi feita interceptação telefônica em que se descobre também a existência de
indícios da prática de homicídio cujo mandante seria Jeremias. Segundo a interceptação telefônica,
Jeremias teria mandado matar João de Santo Cristo por conta de um relacionamento amoroso deste com
Maria Lúcia.

Agora, Jeremias é processado pelo homicídio de João de Santo Cristo em outro processo, com base nestas
provas encontradas na investigação anterior, tendo sido já pronunciado. A decisão de pronúncia se valeu
das provas acima mencionadas (interceptação telefônica e captação ambiental de imagens e sons) e ainda
não transcorreu o prazo para recurso desta decisão.

Com base no caso acima, empregando os argumentos jurídicos apropriados e a fundamentação legal
pertinente ao caso, indique:

A) Os argumentos defensivos para atacar a decisão judicial que pronunciou o réu.


B) O recurso cabível.
C) O pedido do recurso.

(Valor: 1,25)

XVII EXAME DE ORDEM UNIFICADO - SIMULADO 2ª FASE – DIREITO PENAL


XVII EXAME DE ORDEM UNIFICADO - SIMULADO 2ª FASE – DIREITO PENAL
XVII EXAME DE ORDEM UNIFICADO - SIMULADO 2ª FASE – DIREITO PENAL