Você está na página 1de 231

ESTADO DE MATO GROSSO

PODER JUDICIÁRIO ÇJ37792-78.2018. 811 . 0000


,rotocolo Geral - TJMT
JUDICIARIA
Jata, 24/04/2018 13,19,05
lat 34986
.R77q7/ 7018

id n.°

JUSTIÇA DA 1.a INSTÂNCIA


Secretarias Criminais, Juizados Criminais e Auditoria Militar

JUSTIÇA DA 2.a INSTÂNCIA


Secretarias Criminais Originárias e Reunidas Criminais

Protocolo: 37792 / 2018


Número único: 0037792-78.2018.8.11.0000 1111 1 111
11 ¡II 1 II 1¥ I w
Data le Autuação: 25/04/2018
Medidas Cautelares 37792/2018 - Classe: CNJ-308 COMARCA CAPITAL
Rdfri PROCESSO CRIMINAL1Medidas Cautelares

Origem:. COMARCA CAPITAL v.-1


Relat )r:
Cama Vol./Ap.:0/0

ISENTO DE PREPARO SEGREDO DE JUSTIÇA

cetÀ(2 `B'S,CJ /3
ESPAÇO RESERVADO

PARA IDENTIFICAÇÃO

DO PROCESSO
1

TJ/M.T
Tribunal Pleno

As. O

MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DE MATO GROSSO


NÚCLEO DE AÇÕES DE COMPETÊNCIA ORIGINÁRIA CRIMINAL — NACO
GRUPO DE ATUAÇÃO ESPECIAL CONTRA O CRIME ORGANIZADO — GAECO
EXCELENTÍSSIMO SENHOR DOUTOR DESEMBARGADOR RELATOR DO
INQUÉRITO POLICIAL N. 38162/2013/TJMT (61/201CFAP)

c...„_,2_-..."4..):.—

c&ic.",1.01,,,, _...„,..i.)_
Inquérito Policial n° 38162/2013/TJMT
(061/2012/DECFAP) 2)(7) •

p7792-78,2018,811,0000 1 8044
1=:"1 - TJ" e._
RI
)ata 24/04/2010 13 19X05

SIGILOSO
URGENTE!

"Imunidade não é impunidade, nem


privilégio"

O MINISTÉRIO PÚBLICO ESTADUAL DE MATO GROSSO, por


intermédio do NÚCLEO DE AÇÕES DE COMPETÊNCIA ORIGINÁRIA — NACO, na

pessoa de seu Promotor de Justiça Coordenador e dos Promotores de Justiça


designados, integrantes do GRUPO DE ATUAÇÃO ESPECIAL CONTRA O CRIME
ORGANIZADO - GAECO, que a presente subscrevem, vem à presença d ossa
Excelência requerer a decretação das medidas de PRISÃO PREVENTIV A , BUSCA
E APREENSÃO e SUSPENSÃO DO EXERCÍCIO DA FUNÇÃO P A, .elas
razões se fato e de direito a seguir expo tas.

!cio Anexo I— Procur


78049-921 — F
2

MINISTÉRIO) PÚBLICO DO ESTADO DE MATO GROSSO.


NÚCLEO DE AÇÕES; DE. COMPETÊNCIA ORIGINÁRIA CRIMINAL - NACO
GRUPO DE ATUAÇÃO ESPECIAL. CONTRA O CRIME ORGANIZADO GAECO
11., DAAUTORIA E MATERIALIDADE

É certo que o deferimento das medidas que se requer na presente, além


da demonstração da presença de algumas peculiaridades de cada uma delas,
depende da verificação da presença do fumus delicti, fumaça do delito,
probabilidade da ocorrência de crimes, que se manifesta pela prova da materialidade
e de indícios de autoria.

No âmbito da presente investigação formulou-se acordo de colaboração


premiada com o investigado TEODORO MOREIRA LOPES, vulgo "Dóia", que em
depoimento atestou que no ano de 2007 o investigado MAURO LUIZ SAVI, valendo-
se do poder político decorrente do mandato de Deputado Estadual por ele exercido,
que se manifesta pela capacidade de fato de interferir na atuação do Governo
mesmo que essa interferência não configure qualquer das hipóteses constitucionais
de competências relacionadas ao mandato, o "indicou" para ocupar o cargo de
Presidente do Departamento de Trânsito de Mato Grosso - DETRAN/MT, escolha
que foi acolhida e formalizada pelo então Governador do Estado, Blairo Maggi, que
posteriormente foi sucedido pelo seu vice, SILVAL DA CUNHA BARBOSA.

Ao ser ouvido no âmbito do inquérito policial n. 36182/2013/TJ/MT


(61/2012/DECFAP), SILVAL DA CUNHA BARBOSA confirmou que durante
governo o investigado MAURO LUIZ SAVI era o responsável pela indicaç
Presidente do DETRAN/MT, que controlava tal entidade.

O interrogado JOSÉ FERREIRA GONÇALVES NETO, sócio da empresa


FDL - SERVIÇOS DE REGISTRO CADASTRO, INFORMATIZAÇÃO E
CERTIFICAÇÃO DE DOCUMENTOS LTDA, atualmente EIG MERCADOS, também
ouvido no inquérito, afirmou que no de 2017, indicação de Henrique
olator-prpcurou o investigado P ENRY N , com quem teve uma

6211.11)4 -411•,, ::.(ljrjel(),•\1ig,„(01 • :)1" ,;.:11(4,1 ,) ri•I e•,.(•11 dz.! 111••(Ìt•l, G11idi):1•M I
3

TJ/NIT
Tribunal Pleno

Fls 09? I
MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DE MATO GROSSO
NÚCLEO DE AÇÕES DE COMPETÊNCIA ORIGINÁRIA CRIMINAL — NACO
GRUPO DE ATUAÇÃO ESPECIAL CONTRA O CRIME ORGANIZADO — GAECO
reunião em Brasília/DF, para pedir-lhe auxílio para o fim de que pudesse conseguir
que sua empresa fosse contratada pelo Estado de Mato Grosso para prestação de
serviços. Segundo ele, na ocasião PEDRO HENRY NETO atendeu prontamente o
seu pedido e de imediato ligou para o investigado MARCELO DA COSTA E SILVA
que se encontrava em Cuiabá, solicitando a ele que prestasse o auxílio necessário a
JOSÉ FERREIRA, em razão do que, alguns dias depois este se reuniu com
MARCELO em Cuiabá no escritório de advocacia de ANTONIO EDUARDO COSTA
E SILVA, irmão de MARCELO (local em que, como se verá, era a sede da empresa
SANTOS TREINAMENTOS). Disse o interrogado que, dias depois, no mesmo local,
houve uma nova reunião entre ele, MARCELO DA COSTA E SILVA e ROQUE
ANILDO REINHEIMER (sócio da empresa SANTOS TREINAMENTOS), eis o
conteúdo do relato da reunião:

[...] QUE: iniciada a reunião entre o interrogando, MARCELO e ROQUE,


MARCELO disse que poderia sim auxiliar o interrogando a conseguir o
edital e trabalho no Estado de Mato Grosso, no entanto, nessa ocasião
MARCELO deixou claro que para tanto seria necessário efetuar os
pagamentos de vantagens indevidas no montante de 30% do faturamento
do valor do contrato com o DETRAN/MT para conseguir fazer o edital ser
lançado, bem como para que a empresa se sagrasse vencedora do
certamente e que seu contrato fosse mantido no Estado de Mato Grosso;
QUE: nessa reunião surgiu a ideia de criar uma pessoa jurídica, na
qualidade de sócio oculto, para que tal empresa fosse utilizada para os
pagamentos das propinas, tendo o interrogando concordado com a
proposição de MARCELO e ROQUE, definindo nessa conversa que a
empresa de ROQUE, SANTOS TREINAMENTO, seria a empresa utilizada
para os pagamentos das propinas, sendo agendada outra reunião no
mesmo local para a outra semana"

Conforme, relatou o interrogado JOSÉ FERREIRA GONÇALVES NETO


na semana seguinte, portanto, no mesmo ano, uma terceira reunião ocorreu n
escritório de advocacia que consta como sede da empresa SANT4;,,
TREINAMENTOS:

"[...] QUE: Na data alen..da para a outra reunião, o interrogando


novamente veio até a e Cuiab no mesmo local das reuniõe
nteriores, sendo que -união .vam presen -s TEODOR

22
11111 aeir
4

MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DE MATO GROSSO


NÚCLEO DE AÇÕES DE COMPETÊNCIA ORIGINÁRIA CRIMINAL — NACO
GRUPO DE ATUAÇÃO ESPECIAL. CONTRA O CRIME ORGANIZADO — GAE.00
MOREIRA LOPES„ vulgo "DOIA", ROQUE ANILDO REINHEIIMER
MARCELO DA COSTA E SILVA, sendo que nessa reunião "DOIA"' foi
aprese:ntadd paira o interrogando, à época dos fatos, como Ditetor do
DETRAN/MT e futuro presidente desta autarquia, sendo que nessa reunião
"DOIA" foi apresentado por MARCELO e ROQUE como pessoa da
confiança deles e que, na qualidade de futuro Presidente do DETRAN, iria
participar do esquema, auxiliando-os com o edital e processo licitatório e
futuro contrato, bem como participando também do recebimento das
propinas que seriam pagas pela empresa SANTOS TREINAMENTO"

O investigado JOSÉ FERREIRA GONÇALVES NETO disse também que


na data de 01/08/2008 contratou MERISON MARCOS AMARO, sendo em que,
numa nova reunião, apresentou MERISON a MARCELO DA COSTA E SILVA e a
ROQUE ANILDO REINHEIMER como representante da FDL / EIG MERCADOS no
Estado de Mato Grosso, ocasião em que se reafirmou que a empresa SANTOS
TREINAMENTOS seria utilizada para os pagamentos das propinas para os
envolvidos, inclusive PEDRO HENRY. Disse JOSÉ FERREIRA que durante essas
reuniões que aconteciam em Mato Grosso, se reunia com PEDRO HENRY NETO,
por convocação deste, oportunidades em que PEDRO HENRY após verificar se
MARCELO DA COSTA E SILVA estava prestando auxílio a JOSÉ FERREIRA, dizia
que precisaria de ajuda financeira da parte deste, em razão do auxílio que lhe estava
prestando no Estado de Mato Grosso.

Em cinco de junho de 2009, o Departamento Nacional de Trânsito —


DENATRAN editou a Resolução n. 320/2009, em que restou estabelecido que os
contratos de financiamento de veículos com cláusula de alienação fiduciária, de
arrendamento mercantil, de compra e venda com reserva de domínio ou de penhor
celebrados, por instrumento público ou privado, devem ser registrados no órgão ou
entidade executivo de trânsito do Estado ou do Distrito Federal em que for registrado
e licenciado o veículo, ao qual compete, de forma privativa e intransferível, a
supervisão e o controle de todo o processo de registro os contratos, podendo a
execução ser contratada com terceiros n a da lei.

Rita 11.1 A11 `x0 I • ;)icerit',1,Iori (1:1(.1I


e;',;) /:301!)-')9. I • i'0119/1•YÁ. »3:3 1.1 I;7).9./ I ;i9.:3
5

Tribunal Pleno

MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DE MATO GROSSO


NÚCLEO DE AÇÕES DE COMPETÊNCIA ORIGINÁRIA CRIMINAL — NACO
GRUPO DE ATUAÇÃO ESPECIAL CONTRA O CRIME ORGANIZADO — GAECO
O colaborador TEODORO MOREIRA LOPES esclareceu que entre os
meses de julho e agosto do ano de 2009, quando já ocupava o cargo de Presidente
do DETRAN/MT, logo, quando, detinha o poder de direcionar a atuação daquela
autarquia na execução da função administrativa delegada pelo Poder Executivo
Estadual, foi convocado para uma reunião no gabinete do Deputado MAURO LUIZ
SAVI, à qual compareceu, oportunidade em que esteve congregado com os
investigados MARCELO DA COSTA E SILVA, ROQUE ANILDO REINHEIMER e
MAURO LUIZ SAVI. Segundo ele, na ocasião MARCELO DA COSTA E SILVA e
ROQUE ANILDO ofereceram a execução da atividade de registro junto ao
DETRAN/MT dos contratos de financiamento de veículos com cláusula de alienação
fiduciária, de arrendamento mercantil, de compra e venda com reserva de domínio
ou de penhor dizendo que apresentariam a TEODORO LOPES uma empresa para a
execução em novo encontro a ser realizado no endereço do escritório de MARCELO
DA COSTA E SILVA.

Disse também o colaborador que na semana seguinte se reuniu com


MARCELO DA COSTA E SILVA no escritório deste, ocasião em que este lhe
apresentou o investigado MERISON MARCOS AMARO, que se colocou como sendo
representante da empresa FDL FIDÚCIA, de razão social FDL — SERVIÇOS DE
REGISTRO CADASTRO, INFORMATIZAÇÃO E CERTIFICAÇÃO DE
DOCUMENTOS LTDA, atualmente EIG MERCADOS, empresa que se oferecia a
formular contrato administrativo com o DETRAN/MT para prestar o serviço de
registro de contratos junto à entidade de trânsito. Na oportunidade, MARCELO DA
COSTA E SILVA teria se comprometido a repassar o valor recebido pela FDL
FIDÚCIA em razão do cumprimento do futuro contrato administrativo a ser forro lado
B7
com o DETRAN/MT equivalente a um mês de pagamento às campanhas r s
utado MAURO SAVI e do então Governador SILVAL DA CUNHA
do Deputado OA
promessa que, após a efetivação do contr ntre a FD IDÚCIA e o DE RA /MT,

n°, Edifício Anexo 1- Procutido


7O onelfa
MINISTÉRIO PUBLICO DO ESTADO DE MATO GROSSO
NÚCLEO DE AÇÕES DE. COMPETÊNCIA ORIGINÁRIA CRIMINAL — NACO
GRUPO DE ATUAÇÃO ESPECIAL CONTRA O CRIME ORGANIZADO — GAECO)
teria sido cumprida peity repasse„ em espécie, do valor de R$ 750)..000„00
(setecentos e cinquenta mil re.aiis)} para cada um.

No mesmo sentido das afirmações de TEODORO MOREIRA LOPES


estão os seguintes esclarecimentos prestados pelo interrogado JOSÉ FERREIRA
GONÇALVES NETO:

"[....] O interrogando se recorda que antes de ser lançado o edital da


licitação, MERISON informou ao interrogando que houve uma reunião na
Assembleia Legislativa entre MERISON, representando a FDL/EIG,
MARCELO, ROQUE, "DOIA" e o Deputado Estadual MAURO SAVI, tendo
MERISON dito ao interrogando que "DOIA" era Presidente do Detran/MT em
razão da indicação política de MAURO SAVI, pois segundo informações de
MERISON, MAURO SAVI era o dono do DETRAN e "DOIA" era
representante dele nesta autarquia, tendo nessa reunião MAURO SAVI
dado ordem para "DÓIA" colocar o edital para que a FDL/EIG vencesse a
licitação, ficando claro nessa reunião que MAURO SAVI seria um dos
beneficiados da propina que era paga através da SANTOS TREINAMENTO"

O colaborador TEODORO LOPES afirmou, outrossim, que obteve o edital


da licitação vencida pela FLD FIDÚCIA no Estado do Piauí e determinou que a
comissão de licitações do DETRAN/MT confeccionasse o edital de licitação nos
mesmos moldes. Esclareceu também que, com a finalidade de direcionar a licitação
para a empresa FDL FIDÚCIA, o investigado MARCELO DA COSTA E SILVA lhe
solicitou a inclusão de cláusula no edital atinente a exigência de que o vencedor d
certame teria que realizar vistorias prévias em todas as CIRETRANS de Mat
Grosso, solicitação aceita e implementada.

Conforme se pode extrair dos autos do inquérito, a empresa FDL--


FIDÚCIA restou vencedora da licitação, o que ocorreu, de acordo com o
interrogatório de JOSÉ FERREIRA GONÇALVES NETO, com o auxílio de
TEODORO MOREIRA LOPES, e formulou com o DETRAN/MT contrato
administrativo que tem por objeto o re ist dos con' a os de financiamento de
veíci I s com cláusula de alienação f duciár , de a r ndamento mercantil. de

ficio.Anw 1- Procura.!. OeuttffleA r m:Sfiç Cuiabá-MT


049,921 - Fone/fax 3513'192i/1029
7

Tribunal Pleno

MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DE MATO GROSSO


NÚCLEO DE AÇÕES DE COMPETÊNCIA ORIGINÁRIA CRIMINAL — NACO
GRUPO DE ATUAÇÃO ESPECIAL CONTRA O CRIME ORGANIZADO — GAECO
compra e venda com reserva de domínio ou de penhor celebrados, por instrumento
público ou privado junto ao DETRAN/MT.

O interrogado JOSÉ FERREIRA GONÇALVES NETO afirmou também


que, uma vez firmado o contrato entre a FDL e o DETRAN/MT, com a finalidade de
dar ares de legalidade aos pagamentos de propina efetuados por ele através da FDL,
foi criada uma sociedade em conta de participação na qual constavam como sócias
a FDL — SERVIÇOS DE REGISTRO CADASTRO, INFORMATIZAÇÃO E
CERTIFICAÇÃO DE DOCUMENTOS LTDA, atualmente EIG MERCADOS, e a
SANTOS TREINAMENTO E CAPTAÇÃO DE PESSOAL LTDA.

Consta no termo de depoimento do colaborador TEODORO LOPES que


após a assinatura do contrato administrativo, os investigados MAURO LUIZ SAVI,
JOSÉ EDUARDO BOTELHO, SILVIO CESAR CORREA ARAÚJO, MARCELO DA
COSTA E SILVA, ANTONIO EDUARDO DA COSTA E SILVA, CLAUDEMIR
PEREIRA DOS SANTOS, vulgo "Grilo", RAFAEL YAMADA TORRES e o próprio
TEODORO LOPES se organizaram a fim de garantir a continuidade do contrato,
formando uma rede de proteção em troca do recebimento de vantagens pecuniárias
da parte da FDL, propina na ordem de 30% (trinta por cento) do valor recebido pela
FDL do DETRAN/MT repassado por intermédio de empresas que foram criadas em
nome dos integrantes da rede de proteção do contrato.

De acordo com o interrogado JOSÉ FERREIRA GONÇALVES NETO, logo


depois da assinatura do contrato entre EIG MERCADOS LTDA e DETRAN/MT,
MARCELO DA COSTA E SILVA procurou MERISON MARCOS AMARO e co ou a
ajuda prometida a PEDRO HENRY NETO no valor de R$ 600.000,00 (seisc Q)
reais), em contraprestação extra pela ajuda que PEDRO HENRY e O
COSTA SILVA haviam prestado para a cgfíitação da presa da EIG
LTDA.

Edifici xo I — Procura orla G ral de Justiça


(.4171. CEP 78049-921 — Fo effa • 1622/1628
8

MINISTÉRIO) PÚBLICO DO ESTADO DE MATO GROSSO


NÚCLEO DE AÇÕES DE. COMPETÊNCIA ORIGINÁRIA CRIMINAL — NACO
GRUPO DE ATUAÇÃO ESPECIAL CO NT RA O CRIME ORGANIZADO GAECO
Consta, também no iintemegatório de JOSÉ FERREIRA GONÇAILVES
NETO que, em abril' de 20110)„ MARCELO DA COSTA E SILVA conversou com:
MERISON MARCOS AMARO exigindo o aumento do percentual da propina de 30%
para 50%, tendo em vista que os custos políticos estavam aumento, em razão do
que, em 03/05/201,0 foi assinada a Primeira Alteração Contratual da SCP,
aumentando a participação do sócio participante (SANTOS TREINAMENTOS) de
30% para 50% do lucro do contrato.

Foi dito também por TEODORO MOREIRA LOPES que no final do ano de
2010, na qualidade de Presidente do DETRAN/MT, tentou ajustar o contrato para
que o DETRAN/MT recebesse uma parte maior relacionada à sua execução,
diminuindo o lucro da FDL, oportunidade em que, DAUTON LUIZ SANTOS
VASCONCELLOS, atuando em nome de MAURO SAVI, ameaçou TEODORO de ser
destituído do cargo, conforme se pode ver:

"[...]QUE, o declarante se recorda que no final do ano de 2010 tentou


aumentar os repasses para o Estado dos valores recebidos pela FDL,
oportunidade em que foi visitado pelo Assessor de MAURO SAVI, Sr.
DALTON VASCONCELOS, que fez o declarante entender que "o Dep.
MAURO SAVI iria retirar o apoio político do declarante [...]"

No mesmo sentido o também colaborador RAFAEL YAMADA TORRE


atestou que no ano de 2011 foi procurado por ANTONIO DA CUNHA BARBOSA
FILHO, irmão do então Governador SILVAL DA CUNHA BARBOSA, o qual relatou a
ele a existência de um esquema para recebimento de propina por ANTONIO e
SILVAL. paga pela FDL em razão de um contrato desta com o DETRAN/MT e que
necessitava de uma pessoa de confiança para constar como sócio da empresa
SANTOS TREINAMENTO, por meio da qual a FDL pagava a propina a ambos, em
troca do valor de 10% (dez por cento) do valor que seria recebido por ANTONIO e
SILVAL, proposta à qual o colaborador

nexo 1— Procura • Geral de (;11(.1;):1 1.


049.921 — Fone/fax 3613 1622/1
9

Tribunal Pleno

MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DE MATO GROSSO ,..„ ---

NÚCLEO DE AÇÕES DE COMPETÊNCIA ORIGINÁRIA CRIMINAL — NACO


GRUPO DE ATUAÇÃO ESPECIAL CONTRA O CRIME ORGANIZADO — GAECO
O colaborador RAFAEL YAMADA TORRES afirmou também que após a
conversa com ANTONIO DA CUNHA BARBOSA FILHO foi procurado pelo
investigado CLAUDEMIR PEREIRA DOS SANTOS, que lhe apresentou para
assinatura a via da alteração do contrato social da SANTOS TREINAMENTO E
CAPTAÇÃO DE PESSOAL LTDA em que RAFAEL era incluído como sócio, datada
de 16111/2011. Segundo ele, em outra oportunidade CLAUDEMIR PEREIRA lhe
entregou também cópia de um contrato social de sociedade em conta de
participação, datado de 21/11/2009, celebrado entre FDL — SERVIÇOS DE
REGISTRO CADASTRO, INFORMATIZAÇÃO E CERTIFICAÇÃO DE
DOCUMENTOS LTDA e SANTOS TREINAMENTO E CAPTAÇÃO DE PESSOAL
LTDA, tendo como nome de fantasia FIDÚCIA DOCUMENTAÇÃO LTDA, na
condição de sócio ostensivo, cujo objeto era a participação e gestão do Contrato n.
001/2009 que a FDL — SERVIÇOS DE REGISTRO CADASTRO, INFORMATIZAÇÃO
E CERTIFICAÇÃO DE DOCUMENTOS LTDA mantinha com o Estado de Mato
Grosso, através do DETRAN/MT, e no qual se estabelecia que a empresa SANTOS
TREINAMENTO, em razão de ser uma investidora da sociedade, receberia 30%
(trinta por cento) do valor que a empresa FDL auferiria do aludido contrato com o
DETRAN/MT.

Ao ser interrogado no âmbito do inquérito policial n. 36182/2013/TJ/MT


(61/2012/DECFAP), ANTONIO DA CUNHA BARBOSA FILHO, afirmou que no ano
de 2011 foi procurado por MARCELO DA COSTA E SILVA em nome de PEDRO
HENRY NETO, oportunidade em que MARCELO informou a ANTONIO BARBOSA a
respeito da existência do contrato entre o DETRAN/MT e a FDL, restando acertada
uma reunião com PEDRO HENRY. Segundo ele, na reunião, ocorrida na casa de
PEDRO HENRY NETO, e na qual estava presente MARCELO DA COSTA E SILVA,
PEDRO HENRY teria confirmado a respeito da existência do contrato en
DETRAN e a FDL, bem como ates a• que tal presa pagava propin
duais para que o con rato desse mantido sem interf

si ° ificio Anexo 1— Proc adori Geral de Just a Cuiabá-


— Fone ax 613 1622/1628
10

MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DE MATO GROSSO


NÚCLEO DE AÇÕES DE COMPETÊNCIA ORIGINÁRIA CRIMINAL — NACO
GRUPO DE ATUAÇÃO ESPECIAL CONTRA O CRIME ORGANIZADO — GAECO
de modo que parte da propiina seria também direcionada a SILVAL BARBOSA paira
que o contrato fosse:, mantlicb.. Afirmou também ANTONIO BARBOSA que na ocasião
lhe foi sugerido que providenciasse uma pessoa de confiança para figurar no quadro
societário da empresa que havia sido constituída para os recebimentos das propinas
oriundas da FDL, a fim de receber a parte destinada a SILVAL BARBOSA.

De se notar que SILVAL DA CUNHA BARBOSA, também ao ser ouvido


nos autos do inquérito policial n. 36182/2013/TJ/MT (61/2012/DECFAP), confirmou
que ANTONIO BARBOSA o procurou e relatou a conversa com PEDRO HENRY e
MARCELO DA COSTA E SILVA, tendo então concordado em manter o contrato
entre o DETRAN/MT e a FDL em troca da propina, tendo então delegado as
tratativas relativas ao esquema a ANTONIO BARBOSA.

De acordo com as provas até aqui expostas pode-se constatar que a


empresa FDL efetuava pagamentos de propinas para os integrantes da organização
criminosa responsáveis por blindar o contrato firmado entre ela e o DETRAN/MT,
bem como que uma das formas pelas quais a vantagem ilícita era repassada era
pela simulação de uma sociedade em conta de participação da qual a empresa
SANTOS TREINAMENTOS fazia parte, sendo que parte dos integrantes da
organização criminosa eram sócios da SANTOS TREINAMENTOS e recebia a
propina, dentre outras formas como se verá, de maneira camuflada como retira a
dos sócios.

Evidencie-se que a FDL-FIDÚCIA, registrada sob o nome de F


SERVICOS DE REGISTRO, CADASTRO, INFORMATIZAÇÃO E CERTIFICAÇÃO U-
DE DOCUMENTOS LTDA., tornou-se, posteriormente a EIG MERCADOS LTDA,
cujo quadro societário é composto por JOSE FERREIRA GONÇALVES NETO,
desde 23 de abril de 2004 (data da co t ição) e JOSÉ HENRIQUE FERREIRA Irj

.6d
MUI Mia 04 siri°, Edifício Anexo I - Procnra • • Geral de Justiça Cuiabá-MT
111111 CEP 78049-921 - Pone/fax 3613 162211628
11
M
Tribunal Pleno
'

MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DE MATO GROSSO


NÚCLEO DE AÇÕES DE COMPETÊNCIA ORIGINÁRIA CRIMINAL — NACO
GRUPO DE ATUAÇÃO ESPECIAL CONTRA O CRIME ORGANIZADO — GAECO
GONÇALVES desde data não precisada anterior a 08 de setembro de 2010 (oitava
alteração contratual).

É de se destacar também que, conforme se extrai dos registros sociais,


no período compreendido entre os anos de 2009 e 2014 constaram no quadro
societário da SANTOS TREINAMENTOS os investigados ROQUE ANILDO
REINHEIMER, CLAUDEMIR PEREIRA DOS SANTOS, JOSÉ EDUARDO
BOTELHO, ANTONIO EDUARDO DA COSTA E SILVA e RAFAEL YAMADA
TORRES.

O Relatório Técnico no. 25/2017 elaborado pelos agentes policiais civis da


Delegacia Especializada em Crimes Fazendários e contra a Administração Pública —
DECFAP, constante às fls. 02/203 do Anexo V do Inquérito Policial n.
061/2012/DECFAP (IP 36182/2013/TJ/MT) demonstra que a SANTOS
TREINAMENTOS era uma empresa de fachada que, conforme se pode extrair das
informações prestadas pelos colaboradores, tinha a finalidade exclusiva de camuflar
o pagamento de propina efetuado pela FDL de modo a esconder a origem ilícita do
dinheiro, ou seja, a SANTOS TREINAMENTOS servia exclusivamente à lavagem de
dinheiro.

Neste sentido, a respeito da sede da SANTOS TREINAMENTOS, o


relatório traz as seguintes informações:

"Verificando o CNPJ da empresa SANTOS (R G TREINAMENTOS) no site


da Receita Federal do Brasil (http://idg.receita.fazenda.gov.br/), constatou-
que seu endereço consta na Rua Presidente Castelo Branco, n° 838,
B, Bairro Quilombo, CEP 78.043-430, nesta, conforme figura abaixo

O endereço citado é o mesmo da empresa COSTA E SILVA ADVOG 'OS


ASSOCIADOS (CNPJ: 14.695.288/0001-70), escritório de advoc ia e
que ANTONIO ED DO DA COSTA E SILVA figura como S
cio/Administrador/Re pon vel, confo e consta na qualificação deste cit

Rua 04 sIn°, Edifício Anexo 1 - Procu ral de Justi


eeP 78049-921 - Fone fax 3 162211628
12

MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DE MATO GROSSO


NÚCLEO DE AÇÕES DE, COMPETÊNCIA ORIGINÁRIA CRIMINAL — NACO
GRUPO DE ATUAÇÃO ESPECIAL. CONTRA O CRIME ORGANIZADO — GAECO
do anteriormente neste documento. Os dados obtidos acerca da empresai
no site da Receita Federal do Brasil são demonstrados na figura abaixo.

Observa-se a partir das imagens que além do endereço, ambas possuem o


mesmo número de telefone e endereço eletrônico (e-mail).

Considerando tais fatos, foram feitas pesquisas em fontes abertas na inter-


net e também diligências in loco para se obter melhores informações so-
bre este local, onde foram obtidas as seguintes informações:

- No site Google Maps (https://www.google.com.br/maps/) foi possível en-


contrar o endereço, sendo que este se situa na Rua Castelo Branco, esqui-
na com a Rua João Bento, n° 838, Bairro Quilombo, nesta, conforme figura
abaixo.

- Nas diligências in loco, foram obtidas as seguintes imagens do local:


[...]
Observando as imagens, é possível constatar que a fachada do local não
possui nada que demonstre a presença da empresa SANTOS (R G
TREINAMENTOS), sendo que existe apenas informações acerca do escritó-
rio de advocacia COSTA E SILVA ADVOGADOS ASSOCIADOS.

Juntamente com essas informações, foi constatado através do Cadastro


Geral de Empregados e Desempregados — CAGED que a empresa SAN-
TOS (R G TREINAMENTOS) possuía apenas uma funcionária ativa cadas-
trada no sistema no período de 10/02/2009 a 29/04/2010 e outra no período
de 03/05/2010 a 03/09/2010, sendo que atualmente não possui NENHUM
empregado vinculado a empresa."

Ao analisar o histórico bancário da SANTOS TREINAMENTOS no ano de


2014, período em que, de acordo com os registros sociais, fizeram parte da
sociedade os investigados ROQUE ANILDO REINHEIMER, CLAUDEMIR PEREIRA
DOS SANTOS, ANTONIO EDUARDO DA COSTA E SILVA e RAFAEL YAMADA
TORRES os agentes policiais civis fizeram os seguintes apontamentos no relatório:

"6.1.1 RECEITAS AUFERIDAS PELA EMPRESA SANTOS TREINAMENT


— 2014
No ano de 2014, a SANTOS TREINAMENTO recebeu a quantia total d
R$ 7.392.452,74, referente aos créditos identificados em seu extrato
bancário, sendo estes por intermédio de Transferências Interbancárias
(DOC, TED), conforme demonstrado detalhadamente no quadro abaixo. [...] Q)
Importante ressaltar que todos esses valores recebidos foram
provenientes, exclusivamente, da empresa EIG MERCADOS (FDL
SERVIÇOS), CNPJ: 06.3 :3/0001-35 te fato demonstra indícios de
que a SANTOS TREINAM • não pos nenhum outro cliente além da
EIG/FDL.

dit a o ; (1:).<0 I • PreelinglOria


():w (jom•!Y) I • ;:otwitix 13 PM/
nee~~11111"
.1111111.11.0"..
13
-4,
Tribunal Pleno

Fls. .0"-- b
MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DE MATO GROSSO
NÚCLEO DE AÇÕES DE COMPETÊNCIA ORIGINÁRIA CRIMINAL - NACO
GRUPO DE ATUAÇÃO ESPECIAL CONTRA O CRIME ORGANIZADO - GAECO
[...)
6.1.2 DESPESAS REALIZADAS PELA EMPRESA SANTOS
TREINAMENTO - 2014
No ano de 2014, a SANTOS TREINAMENTO atingiu a quantia total de
R$ 7.392.452,64 referente as suas despesas (débitos), sendo estas por
intermédio de Encargos (R$ 0,94), IOF (R$ 0,33), Pagamento de
Fornecedores (R$ 4.960.591,59), Tarifas (R$ 1.100,40 e Transferências
(2.430.759,38), conforme demonstrado detalhadamente no quadro abaixo.
[-I
Em conformidade com o que foi demonstrado acima, é possível inferir que
os lançamentos Encargos (R$ 0,94), IOF (R$ 0,33) e Tarifas (R$ 1.100,40)
representaram, somados, a quantia de R$ 1.101,67, o que equivale a
0,0149% do valor total dos débitos.

Visto isso, os lançamentos Pagamento de Fornecedores (R$ 4.960,591,59)


e Transferências (R$ 2.430.759,38) merecem destaque, uma vez que,
somados, corresponderam a praticamente todos os débitos do período —
99,9851%.

Consoante ao que foi apontado acima, verifica-se que os valores foram, em


sua maioria, destinados aos próprios sócios da empresa SANTOS
TREINAMENTO, quais sejam: ANTONIO EDUARDO DA COSTA E SILVA
(R$ 1.530.251,50); CLAUDEMIR PEREIRA DOS SANTOS
(R$ 3.700.300,00); RAFAEL YAMADA TORRES (R$ 1.482.928,49) e
ROQUE ANILDO REINHEIMER (R$ 445.287,98); totalizando o valor de
R$ 7.158.767,97.

O único destinatário diferente foi a empresa FDL SERVIÇOS (EIG


MERCADOS), sendo que a transação realizada merece destaque por
demonstrar uma atipicidade. O valor de R$ 232.583,00, demonstrado no
quadro acima, foi proveniente de uma Transferência Bancária no dia
29/08/2014, realizada em favor da FDLJEIG. A atipicidade citada reside no
fato de que neste mesmo dia houve uma Transferência Bancária,
apresentando o mesmo valor — R$ 232.583,00, oriunda da FDUEIG,
possuindo como destinatário a SANTOS TREINAMENTO.

Esta situação demonstra uma possível devolução do valor mencionado da


SANTOS para a FDLJEIG, uma vez que as transações se equivalem,
apenas se inverteram. Importante ressaltar que, após esta devolução, a
FDL/EIG efetuou mais uma transferência, neste mesmo dia (29/08/2014),
com o mesmo valor (R$ 232.583,00), possuindo como beneficiário
CLAUDEMIR PEREIRA DOS SANTOS.

Portanto, considerando a possível devolução desse valor, pode-se fehr


que todos os demais valores transferidos foram destinados aos gírios
sócios da empresa Santos Treinamento.
Ante ao exposto, verifica-se, considerando os extratos t5 ncário
disponibilizados, que a Santos Treinamento não apresentou gasto s
administrativos e/ou acionais, tais • o despesas com aluguel, energia
elétrica, água, tele one, contador,estos, alimentação, compra de
suprimentos e salári e •regados.

io Anexo 1 — Procu doria Gerafiré~,tuiabá-MT


CEP 78049-921 — Fo e 1622/1628
111111111 •Iiiimii~~-

MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DE MATO GROSSO
NÚCLEO DE AÇÕES DE COMPETÊNCIA ORIGINÁRIA CRIMINAL — NACO
GRUPO DE ATUAÇÃO) ESPECIAL CONTRA O CRIME ORGANIZADO — GAECO
6.1.5 COMPARATIVO ENTRE OS CRÉDITOS E DÉBITOS — SANTOS --
2014
Infere-se do gráfico acima que os créditos e débitos foram equivalentes
entre si, visto que o primeiro representou a quantia de R$ 7.392.452,74 e o
segundo R$ 7.392.452,64. Desta forma, conclui-se que, dos créditos
(entradas) apresentados, apenas o valor de R$ 0,10 não foi debitado. Assim,
praticamente todo o valor recebido pela empresa Santos Treinamento foi
retirado de suas contas e, conforme verificado anteriormente, repassados,
em sua maioria, para os próprios sócios deste estabelecimento."

Ao finalizar a análise dos dados da SANTOS TREINAMENTO E


CAPACITAÇÃO DE PESSOAL LTDA o relatório aponta as seguintes conclusões:

"Considerando os fatos narrados acerca da empresa SANTOS


TREINAMENTO E CAPACITAÇÃO DE PESSOAL LTDA (CNPJ:
08.304.721/0001-05), nome fantasia: R G TREINAMENTO, foi possível
obter algumas conclusões, quais sejam:
- Atualmente, a empresa não apresenta nada que a identifique na fachada
de sua sede;
- A organização não possui NENHUM empregado ativo em seu quadro;
- Existe a possibilidade de que a SANTOS (R G TREINAMENTO) seja uma
empresa de "fachada", com o intuito de fornecer uma "cobertura" para a
Rede de Proteção Política do contrato da FDL junto ao DETRAN, sendo que
o objetivo real seria o repasse das propinas;
- Suspeita-se que a empresa é utilizada com a finalidade de dar uma
aparência de legalidade nos referidos repasses, sendo que esta possui um
contrato de prestação de serviços com a FDL;
- O colaborador (Teodoro) afirmou que não tem conhecimento de uma
efetiva prestação de serviços da empresa SANTOS (R G TREINAMENTO)
junto a FDL (EIG MERCADOS);
- No ano de 2014, todos os valores recebidos pela empresa SANTOS foram
provenientes da FDL (EIG MERCADOS), representando a quantia de
R$ 7.392.452,74. Este fato chama atenção, visto que demonstra que
possivelmente a SANTOS possuía, à época, uma única fonte de renda;
- Dos valores recebidos em 2014, destaca-se que a quantia de
R$ 7.158.767,97 foi repassada aos próprios sócios da empresa,
investigados da presente investigação. Ainda, a monta de R$ 232.583,00 f oi
direcionada para a FDL (EIG), possivelmente uma devolução, confo e
citado anteriormente. Finalizando, o restante, representados pelo valor •
R$ 1.101,67, foram gastos com encargos, IOF e tarifas.
- Diante do exposto, verifica-se que, nos extratos analisados, a SANTOS
TREINAMENTO não apresentou administrativos e/ou operacionais, tais
como despesas com aluguel, energia elétrica, água, telefone, contador,
impostos, alimentação, compra de suprimentos e salários de empregados."

As provas demonstram, port que T 'DOS OS VALORES


eit
...,~1. • pela SANTOS TREINAMENT E C ACITAÇ DE PESSOAL LTDA

o Anexo I — Procuradoria Geral de Justiça, Cuiaba-MT


P 78049-921 — Fone/fax 3613 162211628
15

5::---
VNIT
Tribunal Pleno

MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DE MATO GROSSO


NÚCLEO DE AÇÕES DE COMPETÊNCIA ORIGINÁRIA CRIMINAL — NACO
GRUPO DE ATUAÇÃO ESPECIAL CONTRA O CRIME ORGANIZADO — GAECO
são originários da FDL SERVIÇOS DE REGISTRO, CADASTRO.
INFORMATIZAÇÃO E CERTIFICAÇÃO DE DOCUMENTOS LTDA; que a SANTOS
TREINAMENTO, apesar do vultuoso montante recebido em sua conta bancária, não
possui NENHUM EMPREGADO ativo em seu quadro; que os repasses aos sócios
representam 99,98% de todas as despesas da SANTOS TREINAMENTO; que a
SANTOS TREINAMENTO, apesar do vultuoso montante recebido em sua conta
bancária, não apresentou QUAISQUER ADMINISTRATIVOS E/OU
OPERACIONAIS, tais como despesas com aluguel, energia elétrica, água, telefone,
contador, impostos, alimentação, compra de suprimentos e salários de empregados;
que no endereço da sede da SANTOS TREINAMENTO está a COSTA E SILVA
ADVOGADOS ASSOCIADOS, escritório de advocacia de ANTONIO EDUARDO DA
COSTA E SILVA, logo, a SANTOS TREINAMENTO NÃO POSSUI SEDE FÍSICA.
Todas essas circunstâncias são típicas das chamadas EMPRESAS FANTASMAS,
que são utilizadas, exclusivamente, para a prática de crimes de forma a ocultar os
verdadeiros criminosos. Assim sendo, resta comprovado que a SANTOS
TREINAMENTO E CAPACITAÇÃO DE PESSOAL LTDA é uma PESSOA JURÍDICA
DE FACHADA CRIADA EXCLUSIVAMENTE PARA O BRANQUEAMENTO DOS
GIGANTESCOS VALORES ILÍCITOS REPASSADOS PELA FDL SERVIÇOS DE
REGISTRO, CADASTRO, INFORMATIZAÇÃO E CERTIFICAÇÃO DE
DOCUMENTOS LTDA aos integrantes dos núcleos de liderança e de operações da
organização criminosa. A SANTOS TREINAMENTO é utilizada com a finalidade
única de propiciar a dissimulação da propina que flui da FDL para os integrantes da
organização criminosa.

Ao ser interrogado, o investigado JOSÉ FERREIRA GONÇALVE N T


fez as seguintes afirmações:

[.1 QUE: O interroga do recorda q em 2012 percebeu que HUGO E


MERISON começaram a de iar recurso «a empresa FDL/EIG, motivo pelo
qual no final do ano de 2012 c• tratou VA ER JOSÉ KOBORI para efetuar

difício Anexo 1 Procur oria GeráVKiiiWiediaiabá-MT


CEP 78049-921 — Fone 614,1622/1828
16

MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DE MATO GROSSO


NÚCLEO DE AÇÕES DE COMPETÊNCIA ORIGINÁRIA CRIMINAL - NACO
GRUPO DE ATUAÇÃO ESPECIAL CONTRA O CRIME ORGANIZADO - GAECO
uma auditoria na empresa FDL/EIG, [...] QUE: em maio de 2013, o
interrogando, em conjjunto com seu filho JOSE HENRIQUE, protocolizou um
documento na Junta Comercial do Distrito Federal destituindo MERISON da
condição de Diretor Geral da FDL/EIG, sendo que nessa oportunidade
VALTER KOBORI iniciou atos de gestão de fato, sendo certo que o
interrogando ainda continuou como administrador da FDL/EIG; [A QUE:
Como já dito anteriormente, mesmo antes da saída de MERISON da
FDL/EIG, no ano de 2013, contratou VALTER JOSÉ KOBORI como CEO da
empresa, sendo que na sua contratação o interrogando informou a VALTER
JOSÉ KOBORI que a FDL/EIG estava pagando propinas no Estado de Mato
Grosso através da SANTOS TREINAMENTO, tendo dito a KOBORI que
queria acabar com esse esquema pois não aguentava mais essa extorsão
que sofria, tendo pedido também para KOBORI, além do fim dos
pagamentos das propinas pela SANTOS TREINAMENTO, que ele
conseguisse novos negócios, bem como acabar com o endividamento
bancário e fiscal que MERISON havia deixado na empresa; QUE: Após
KOBORI iniciar a gestão da empresa, começou a tentar cessar os
pagamentos de propina através da SANTOS TREINAMENTO, tendo
KOBORI iniciado viagens na cidade de Cuiabá e informado ao interrogando
que o problema de cessar os pagamentos das propinas para a SANTOS
não era em relação a MARCELO e ROQUE, pois segundo KOBORI. o
problema era em relação a CLAUDEMIR PEREIRA DOS SANTOS, vulgo
"grilo", pois este era o braço direito do Deputado Estadual MAURO SAVI;
QUE: KOBORI combinou com o interrogando que iria cessar os
pagamentos através da SANTOS e mandar as propinas diretamente para
CLAUDEMIR PEREIRA DOS SANTOS, vulgo "Grilo", e por consequência
para MAURO SAVI, pois CLAUDEMIR era o homem de confiança de
MAURO SAVI;[...] QUE: Após tomar ciência da amizade de KOBORI como
PAULO TAQUES, o interrogando no mês de agosto de 2014, veio com
KOBORI até Cuiabá, tendo marcado uma reunião no escritório de ROQUE,
local onde estavam presentes ROQUE, MARCELO, KOBORI e IGOR,
gerente da empresa FDL/EIG, sendo que na reunião o objetivo do
interrogando era informar acerca do final dos pagamentos das propinas para
a SANTOS TREINAMENTO, mas no momento em que MARCELO chegou
no local, ele viu IGOR presente, tendo ele dito que iria embora pois não
participaria de reunião juntamente com IGOR, tendo tal reunião não si
realizada em razão dessa postura de MARCELO; QUE: o interrogan
pediu para KOBORI marcar diretamente com o Deputado Estadual MAU
SAVI uma reunião para tratar sobre o término dos pagamentos de pro
para a SANTOS TREINAMENTO, tendo KOBORI agendado com MA
SAVI na casa do parlamentar, nesse mesmo dia, às 19:00 horas; QU
horário marcado ocorreu a reunião entre o interrogando, KOBOIRI
MAURO SAVI, tendo o interrogando informado a MAURO SAVI que não iria
mais efetuar os pagamentos das propinas para a SANTOS, sendo que no
início MAURO SAVI não concordou com o término dos pagamentos, mas,
em razão da insistência do interrogando, MAURO SAVI disse concordaria
com o término dos pagamentos das propinas desde que fosse pago o
montante de R$ 1.000.000,00 (um milhão de reais):[...] QUE: conforme o
acordado na reunião, KOBORI efetuou os agamentos das propinas para
MAURO SAVI através e AUDEMIR
"grilo", depositando o v lor ap oximado de
EIRA DOS SANTOS, vulgo
1.000.000,00 (um milhão de
ej
INL reais) da FDL/EIG para LAUD IR, •ue repassar para MAURO SAVI;

Rira 0,1 ,51a, dificio Anexo 1 - Procurad a z “Ir.11


49-921 - Fone/fax 36 139.9./ 149)3
bá-MT
N
%
17

MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DE MATO GROSSO


NÚCLEO DE AÇÕES DE COMPETÊNCIA ORIGINÁRIA CRIMINAL - NACO
GRUPO DE ATUAÇÃO ESPECIAL CONTRA O CRIME ORGANIZADO - GAECO
QUE: Após definir com MAURO SAVI o fim dos pagamentos das propinas
para a SANTOS TREINAMENTO, KOBORI, no mês de outubro, disse ao
interrogando: "resolvido o problema com o governo passado, agora com
governo novo, precisamos de um acerto novo" para continuar prestando
serviços no Estado de Mato Grosso, tendo o interrogando, após o pedido de
KOBORI, o autorizado a negociar as propinas com o governo novo; QUE:
Antes do resultado das eleições KOBORI disse ao interrogando: "já
combinei com PAULO TAQUES, está tudo certo, ele vai nos ajudar a ficar
no Estado", sendo que após o resultado final das eleições KOBORI deu a
ideia de efetuar os pagamentos das propinas através do escritório de
PAULO TAQUES, tendo inclusive o advogado da FDUEIG DANIEL
MESQUITA assinado um substabelecimento para o escritório de PAULO
TAQUES, sendo que foi KOBORI quem pediu para o escritório de DANIEL
MESQUITA assinar tal substabelecimento, sendo que tal documento foi
datado de 06 de outubro de 2017, um dia depois da eleição do ano de 2014;
QUE: Após a assinatura de tal documento o interrogando pensou melhor e
resolveu não efetuar os pagamentos das propinas através do escritório de
PAULO TAQUES, pois estaria criando uma situação identifica ao que
ocorreu com a SANTOS TREINAMENTO e que depois seria difícil se
desvincular, tendo o interrogando dito a KOBORI que não fana os
pagamentos das propinas através do escritório de PAULO TAQUES, tendo
KOBORI sugerido que fosse criado um "bônus" para ele (KOBORI), sendo
que ele mesmo seria o responsável em repassar as propinas para PAULO
TAQUES, tendo o interrogando concordado com a sugestão de KOBORI e
começado a dar o aludido "bônus" para JOSÉ KOBORI com o fim de que
este (KOBORI) os repassasse para PAULO TAQUES e assim foi feito; QUE:
O interrogando combinou com KOBORI que as propinas para PAULO
TAQUES, pagas através do "bônus" de KOBORI, seriam efetuadas
anualmente, sendo que no ano de 2014, mais precisamente no mês de
dezembro de 2014, a FDL/EIG efetuou uma transferência para KOBORI no
valor de R$ 1.400.000,00 (um milhão e quatrocentos mil reais) para que
KOBORI, por sua vez, repassasse tal valor para PAULO TAQUES; [...] : No
ano de 2015 KOBORI pediu o valor de R$ 1.200.000,00 (um milhão e
duzentos mil reais) para repassar para PAULO TAQUES à título de propina,
tendo a empresa FDL/EIG efetuado o pagamento dessa propina no início do
ano de 2016, através de "bônus" para KOBORI, sendo que o pagamento foi
dividido em 10 (dez) parcelas no ano de 2016, tendo sido todas
efetivamente pagas; QUE: Em Agosto de 2016 o interrogando estava
descontente com JOSÉ KOBORI, tendo resolvido colocar seu filho JOSÉ
HENRIQUE para assumir a empresa, tendo dito a KOBORI que não
gostariam mais que ele gerisse a empresa, tendo KOBORI na sua rescisão
dito tanto para o interrogando, que precisaria receber o "bônus" pois =.le já
havia assumido o compromisso com esse valor no Estado de Mato rosso,
sendo que após a cobrança de KOBORI o interrogando deixou .e ho
resolver, mas acabaram não pagando o valor pedido por KOB ," Oh E:
Mesmo após a rescisão do contrato, KOBORI queri con nuar
administrando o contrato da empresa com o Estado de o osso,
utilizando-se sempre de sua influência e proximidade que ossu a com
PAULO TAQUES par continuar ad •strando o contrato, senso que
KOBORI pediu R$ 50 001,10 (cinquent I reais) para continuar gerindo o
contrato de Mato Grosso, 'o entanto E HENRIQUE não aceitou tal
[...] QUE: O filho do interrogan após a saída de KOBORI

fido Anexo!~ Procura doriattélãrifè itíaka Cuiabá-MT


CEP 78049-921 - Fone/ x 36 < 1622/1628
18

MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DE MATO GROSSO


NÚCLEO DE AÇÕES DE COMPETÊNCIA ORIGINÁRIA CRIMINAL — NACO
GRUPO DE ATUAÇÃO ESPECIAL CONTRA O CRIME ORGANIZADO — GAECO
FDL/EIG, recebeu ligação de PEDRO ZAMAR TAQUES, irmão de PAULO
TAQUES, pedindo para JOSÉ HENRIQUE manter KOBORI na empresa,
visto que linha assunto pendente no Estado para resolver". e pedindo.
também, para que JOSÉ HENRIQUE comparecesse em Cuiabá para
conversar, deixando claro nessa conversa que KOBORI estava alinhado
com PEDRO ZAMAR TAQUES e PAULO TAQUES nos pagamentos dos
"bônus", não tendo JOSÉ HENRIQUE acatado os pedidos de PEDRO
ZAMAR TAQUES; [...] QUE: A ideia de contratar o escritório de advocacia
DANIEL MESQUITA foi de KOBORI, sendo pessoas que tinham vínculo com
este, sabendo que foi KOBORI quem pediu para DANIEL MESQUITA
contratar o escritório de PAULO TAQUES, através de PEDRO ZAMAR
TAQUES, para prestar serviço no estado de Mato Grosso, sendo que
KOBORI informou ao interrogando que era pago o valor de R$ 10.000,00
(dez mil reais) do escritório de DANIEL MESQUITA para PEDRO ZAMAR
TAQUES, frisando o interrogando que KOBORI disse ao interrogando que
PAULO TAQUES pediu para contratar PEDRO ZAMAR TAQUES para poder
auxiliá-lo, tendo conhecimento o interrogando que PEDRO ZAMAR
TAQUES chegou a fazer algumas audiências trabalhistas para a empresa
FDL/EIG; [...] sendo que KOBORI foi a pessoa responsável em negociar e
efetuar os pagamentos para PAULO TAQUES através do bônus, frisando
que o salário liquido de KOBORI era de aproximadamente R$ 70.000,00
(setenta mil reais), sendo que o que foi pago acima disso eram as propinas
destinadas a PAULO TAQUES para manter o contrato da FDL/EIG no
governo novo".

1.1 MOVIMENTAÇÕES BANCÁRIAS ENVOLVENDO OS INVESTIGADOS

Além das constatações acima expostas, o Relatório Técnico n. 25/2017


aponta uma intensa movimentação financeira envolvendo os investigados no período
compreendido entre 2009 e 2014. Conforme se passa a expor, constatou-se a
existência de atividades atípicas de recebimento e repasse de valores feitas pe s
investigados entre si, bem como entre eles e terceiros que guardam relações rela o
com os investigados citados até então, o que desperta a atenção para, dad
existência de esquema de contratação fraudulenta com o Estado de Mato Gros
de pagamento de propina com dinheiro de origem pública, a atividade de lavagem e
valores e capitais.

Os dados constantes no r- tório demonstram o dinheiro público


niente do Estado de Mato MSS,' (DE AN/MT) indo e voltando

°, Edifício Anexo 1- Proc rado eral de Justi , Cuia


CEP 78049-921 - Fon x 3613 1622/1628
19

TJA19
r
_
Tribuna! np.r,

f- s.,_5 5-
MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DE MATO GROSSO
NÚCLEO DE AÇÕES DE COMPETÊNCIA ORIGINÁRIA CRIMINAL — NACO
GRUPO DE ATUAÇÃO ESPECIAL CONTRA O CRIME ORGANIZADO — GAECO
reiteradamente entre os investigados, sendo esfregado na tentativa de retirar-lhe a
sujeira que cobre a sua origem.

É possível verificar que, no afã de camuflar a origem do dinheiro, os


investigados se valem de táticas variadas, tais como, a utilização de empresas
interpostas para movimentação do dinheiro entre eles, a emissão de cheques ( título
ao portador que tem em sua essência a livre e ampla circulação até que seja
apresentado ao banco sacado) de pequeno valor a fim de que a transação não
chame a atenção das autoridades fiscalizadoras da atividade bancária,
transferências e compensação de cheques entre membros da própria família ou
entre empresas das quais membros da família são sócios e, ainda, a utilização de
empregados como destinatários de reiteradas transferências e/ou cheques.

Neste sentido, o relatório aponta para três vertentes diversas de análise


de dados, a saber: 1. movimentações entre os investigados; 2. movimentações entre
os investigados com terceiros (que até então não eram investigados); 3.
movimentações entre terceiros (que até então não eram investigados) com
relacionamento financeiro com mais de um investigado; 4. movimentações entre os
investigados e servidores da Assembleia Legislativa de Mato Grosso — ALMT,
conforme se passa a expor.

1.1.1 MOVIMENTAÇÕES BANCÁRIAS ENTRE OS INVESTIGADOS

Além das constatações acima expostas, o Relatório Técnico n. 25/2017


aponta uma intensa movimentação financeira entre os investigados no p iodo
compreendido entre 2009 e 2014, conforme demonstra a seguinte tabela extr d do
relatório e adaptada:

s/n°, Edifício Anexo 1— Procur orla Geral de Justiça,


'CEP 78049-921 — Fone/f nx 3 1622/1628
20

MINISTÉRIO IF11:111C0 DO ESTADO DE MATO GROSSO


NÚCLEO DE AÇÕES DE COMPETÊNCIA ORIGINÁRIA CRIMINAL - NACO

TW Tr. iiifflo9.
___
GRUPO DE ATUAÇÃO ESPECIAL CONTRA O CRIME ORGANIZADO - GAECO

ORIG _ '.: , NEFIC


EIG MERCADOS LIDA, que tent come,
sócios proprietários JOSÉ HENRIQUE
FERREIRA GONÇALVES e JOSE
FERREIRA GONÇALVES NETO. Antiga
FDL. Mantém contrato com o DETRAN/MT
para a execução da atividade de registro de R$ 11.665.281,38 AMARO & LUCENA ADVOGADOS
contratos de financiamento naquela autarquia, ASSOCIADOS, que possui como sócios MERISON
contrato este que foi precedido de licitação MARCOS AMARO (ver identificação ao lado) e HUGO
fraudada (direcionada). Efetua pagamento de PEREIRA DE LUCENA (sócio de MERISON MARCOS
propina para agentes públicos e para aqueles AMARO na AMARO & LUCENA ADVOGADOS
que compõem a rede de proteção. ASSOCIADOS e na HM CONSULTORIA,
PARTICIPAÇOES E REPRESENTAÇAO LTDA e
MERISON MARCOS AMARO, que ocupante do cargo de Diretor Jurídico na FDL)
se reuniu com MARCELO DA COSTA E
SILVA e com o colaborador TEODORO R$ 454.052,27
LOPES, à época Presidente do DETRAN/MT,
no escritório do primeiro para acertar detalhes
da licitação a ser realizada pelo DETRAN 'MT.
CLAUDEMIR PEREIRA DOS
SANTOS, sócio da SANTOS
TREINAMENTOS desde a sua constituição no
ano de 2006 até 09/03/2015, quando se deu o
fins da vigência da nona alteração do contrato
social ocorrida em 2013. Apontado pelo
colaborador RAFAEL YAMADA TORRES R$ 30.838,05
como sendo a pessoa que agilizou a alteração
contratual da SANTOS TREINAMENTOS para
sua inclusão. Apontado pelo colaborador
TEODORO LOPES como a pessoa pela qual o
Deputado MAURO SAVI recebe propina da
EIG MERCADOS/FDL.
EIG MERCADOS LTDA, identificada R$ 55.000,00
acima.
IGOR DA COSTA E SILVA, é irmão ANTONIO EDUARDO DA COSTA E
de ANTONIO DA COSTA E SILVA e de R$ 15.669,30 SILVA, sócio da SANTOS TREINAMENTOS desde
MARCELO DA COSTA E SILVA. 10/09/2010 (7' alteração contratual) até 09/03/2015,
quando se deu o fim da vigência da nona alteração do
MARCELO DA COSTA E SILVA, contrato social ocorrida em 2013. É irmão de MARCELO
que se reuniu com ROQUE ANILDO DA COSTA E SILVA, abaixo identificado.
REINHEIMER, com o colaborador TEODORO
LOPES e com o Deputado MAURO SAVI no
gabinete deste para acertar a prestação do
serviço relativo aos registros dos contratos pelo
DETRAN através da empresa FDL/EIG R$ 282.701,13
MERCADOS LTDA. Após, reuniu-se em seu
escritório com o colaborador TEODORO
LOPES, à época Presidente do DETRAN/MT,
para acertar detalhes da licitação a ser realizada /
pelo DETRAN/MT.
SANTOS TREINAMENTO E
CAPACITACÃO DE PESSOAL
LIDA, empresa de fachada que se associou à R$ 6.199.536,66
empresa FDL/EIG MERCADOS para receber e
repassar a propina paga por esta.
CONSTRUTORA ASA LTDA EPP,
que temo quadro societário composto por
CLAUDEMIR PEREIRA DOS SANTOS e R$ 4 400,1 CLAUDE PEREIRA DOS SANTOS, já
qualificado a i a.
MERISON MARCOS AMARO, ambos já
étlificados acima.

sInõ, Edifício Anexo! - Procura


CEP 78049-921 - Fone/fax 3613 1
21
1
4/N1 T
Tribunal Pleno
Çp

MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DE MATO GROSSO


NÚCLEO DE AÇÕES DE COMPETÊNCIA ORIGINÁRIA CRIMINAL - NACO
GRUPO DE ATUAÇÃO ESPECIAL CONTRA O CRIME ORGANIZADO - GAECO

ORIGEM VALOR BENEFICIÁRIO


MIK, 2.d—. gía.
EIG MERCADOS LTDA. identificada R$ 3.951.763,47
acima.
MERISON MARCOS AMARO, já R$ 797.120,48
qualificado acima.
ROQUE ANILDO REINHEIMER,
sócio da SANTOS TREINAMENTOS desde
15/02/2007 (1' alteração contratual). Se reuniu
com MARCELO DA COSTA E SILVA, com o
colaborador TEODORO LOPES e com o R$ 230.525,00
Deputado MAURO SAVI no gabinete deste
para acertar a prestação do serviço relativo aos
registros dos contratos pelo DETRAN através
da empresa FDL/EIG MERCADOS LTDA.
SANTOS TREINAMENTO E
CAPACITAÇÃO DE PESSOAL R$ 9.105.350,86
LTDA, acima identificada.
CLAUDEMIR PEREIRA DOS
R$ 850,00
SANTOS, já identificado acima. CONSTRUTORA ASA LTDA EPP, já
ROQUE ANILDO REINHEIMER, R$ identificada acima.
42.000,00
já identificado acima.
CLAUDEMIR PEREIRA DOS
R$ 11.446,00
SANTOS, já identificado acima.
TEODORO MOREIRA LOPES, colaborador,
ex-Presidente do DETRAN/MT. Se reuniu com DAUTON LUIZ SANTOS
ROQUE ANILDO REINHEIMER, com
MARCELO DA COSTA E SILVA e com o VASCONCELLOS, assessor e braço direito do
Deputado MAURO SAVI no gabinete deste Deputado MAURO SAVI, que mantém domínio de fato
para acertar a prestação do serviço relativo aos sobre o DETRAN/MT. Apontado pelo colaborador
registros dos contratos pelo DETRAN através R$ TEODORO LOPES como a pessoa que falou em nome de
3.050 MAURO
MAURO SAVI a respeito da iniciativa de TEODORO de
da empresa FDL/EIG MERCADOS LTDA.
aumentar o percentual do DETRAN/MT no contrato com a
Após, reuniu-se com MARCELO DA COSTA E EIG MERCADOS/FDL.
SILVA no escritório deste, bem como com
MERISON MARCOS AMARO para aceitar
detalhes da licitação a ser realizada pelo
DETRAN/MT.
AMARO & LUCENA ADVOGADOS
lu 80.000.00
ASSOCIADOS, identificada acima.
CLAUDEMIR PEREIRA DOS
SANTOS, identificado acima. 4.660,78
JOSE FERREIRA GONCALVES ,..„,
.tc, 2.539.797,52
NETO, sócio da EIG MERCADOS/FDL. EIG MERCADOS LTDA. identificada acima.
JOSE HENRIQUE FERREIRA
GONCALVES, sócio da EIG R$ 3.548.000,00
MERCADOS/FDL.
SANTOS TREINAMENTO E i
CAPACITAÇÃO DE PESSOAL R$ 238.535,01
LTDA, identificada acima. /
ANTONIO EDUARDO DA COSTA
R$ 52.713,00
E SILVA, identificado acima.
IGOR DA COSTA E SILVA, identifi d acima.
MARCELO DA COSTA E SILVA, R$
identificado acima.
6.0(.3-70

Rua 04 s/n°, nexo 1- Procurador Geral de Justiça, C abá-MT


78049-921 - Fone/fax 3 3 9622/1628

111
22

MINISTÉRIO) Má ILICO DO ESTADO DE MATO GROSSO


NÚCLEO DE AÇÕES DE COMPETÊNCIA ORIGINÁRIA CRIMINAL - NACO
GRUPO DE ATUAÇÃO) ESPE,CIAL CONTRA O CRIME ORGANIZADO - GAECO
. , . • i,
\1 \, \ 1 1 : `, 1.
I- 1WIffla,,.._ . . ..,.
MARILCI MALHEIROS
FERNANDES DE SOUZA COSTA R$ 1.500,00
E SILVA, esposa de MARCELO DA COSTA
E SILVA.
ANTONIO EDUARDO DA COSTA
R$ 5.400,00
E SILVA, identificado acima.
CLAUDEMIR PEREIRA DOS JOSE EDUARDO BOTELHO, Deputado
R$ 287.437,53 Estadual em Mato Grosso. Compôs o quadro societário da
SANTOS, identificado acima. SANTOS TREINAMENTO desde 10/09/2010 até
MARILCI MALHEIROS 03/04/2013, quando se deu o fim da vigência da oitava
FERNANDES DE SOUZA COSTA R$ 10.000,00 alteração do contrato social. E apontado pelo colaborador
TEODORO LOPES como pessoa quem recebia a propina
E SILVA, identificada acima. paga pela EIG MERCADOS/FDL para si e para o
SANTOS TREINAMENTO E Deputado MAURO SAVI.
CAPACITAÇÃO DE PESSOAL R$ 3.154.494,10
LTDA, identificada acima.
EIG MERCADOS LTDA, identificada R$ 14.881.399,58
acima.
JOSE FERREIRA GONCALVES NETO
JOSE HENRIQUE FERREIRA _.
.K $ 90.000,00
GONCALVES, identificado acima.
EIG MERCADOS LIDA, identificada R$ 7.558.471,55
acima.
JOSE EDUARDO BOTELHO, R$ 190.000,00 JOSE HENRIQUE FERREIRA
identificado acima. GONCALVES, identificado acima.
JOSE FERREIRA GONCALVES
R$ 5.000,00
NETO, identificado acima.
ANTONIO EDUARDO DA COSTA
R$ 275.820,40
E SILVA, identificado acima.
IGOR DA COSTA E SILVA, R$ 12.690,00 MARCELO DA COSTA E SILVA, identificado
identificado acima.
acima.
MARILCI MALHEIROS
FERNANDES DE SOUZA COSTA R$ 31.280,80
E SILVA, identificada acima.
MAURO LUIZ SAVI, Deputado
Estadual em Mato Grosso, que mantém domínio
de fato sobre o DETRAN/MT. Se reuniu em seu
gabinete com ROQUE ANILDO
REINHEIMER, com o colaborador TEODORO
LOPES e com MARCELO DA COSTA A
SILVA para acertar a prestação do serviço
relativo aos registros dos contratos pelo R$ 9.000,00 MARCELO
SAVI.
SAVI, filho do Deputado Mauro L ii
DETRAN através da empresa FDL/EIG
MERCADOS LTDA. De acordo com o
colaborador TEODORO LOPES é destinatário
da propina paga pela EIG MERCADOS/FDL e
a recebe por meio de CLAUDEMIR PEREIRA
DOS SANTOS e de JOSÉ EDUARDO
BOTELHO.
ANTONIO EDUARDO DA COSTA
R$ 556.231,15 MARILCI MALHEIROS FERNANDES
E SILVA, identificado acima.
DE SOUZA COSTA E SILVA, identificada
EIG MERCADOS LTDA, identificada R$ 25.000,00 acima.
"ma.

\_..------ -------) I\ _ n
I

-Rua 04 sirt°, Edifício Anexo 1 — Procuradori G Ide JtaS


CEP 78049-921— Fone/fax 36 1622/1628
23

TJAVIT
Tribunal Pleno'
j3

MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DE MATO GROSSO


NÚCLEO DE AÇÕES DE COMPETÊNCIA ORIGINÁRIA CRIMINAL - NACO
GRUPO DE ATUAÇÃO ESPECIAL CONTRA O CRIME ORGANIZADO - GAECO

ORIGEM VALOR BENEFICIÁRIO


IGOR DA COSTA E SILVA R$ 60.104,99
identificado acima.

JOSE EDUARDO BOTELHO, R$ 10.000,00


identificado acima.

MARCELO DA COSTA E SILVA, R$ 100.950,00


identificado acima.

AMARO & LUCENA ADVOGADOS


R$ 5.463.184,00
ASSOCIADOS, identificada acima.
CLAUDEMIR PEREIRA DOS
R$ 1.270.183,57
SANTOS, identificado acima.
CONSTRUTORA ASA LTDA EPP, R$ 80.115,60
identificada acima. MERISON MARCOS AMARO, identificado
EIG MERCADOS LTDA, identificado R$ acima.
3.912.546,01
acima.
JOSE FERREIRA GONCALVES
R$ 73.000,00
NETO, identificado acima.
JOSE HENRIQUE FERREIRA R$
30.000,00
GONCALVES, identificado acima.
CLAUDEMIR PEREIRA DOS RAFAEL YAMADA TORRES, colaborador.
R$ 108.228, 78 Compôs quadro societário da
SANTOS, identificado acima. SANTOS
TREINAMENTO desde 06/12/2011 até 09/03/2015,
quando se deu o fim da vigência da nona alteração do
SANTOS TREINAMENTO E contrato social. É a pessoa interposta pela qual ANTONIO
CAPACITAÇÃO DE PESSOAL R$ 3.895.522,96 BARBOSA e SILVAL BARBOSA recebiam propina paga
LTDA, identificada acima. pela EIG MERCADOS/FDL. Em troca recebia 10% da
propina destinada a ANTONIO e SILVAL.
ANTONIO EDUARDO DA COSTA R$
2.000,00
E SILVA identificado acima.
CLAUDEMIR PEREIRA DOS
R$ 66.055,20
SANTOS, identificado acima.
CONS I RUTORA ASA LTDA EPP, R$
identificada acima.
17.000.00
EIG MERCADOS LTDA. identificada R$
acima.
927.077,78
JOSE FERREIRA GONCALVES ROQUE ANILDO REINHEIMER,
R$ 14.200,00 identificado acima.
NETO, identificado acima.
JOSE HENRIQUE FERREIRA R$
30.000,00
GONCALVES, identificado acima.
MERISON MARCOS AMARO, R$ 10.000,00
identificado acima.
SANTOS TREINAMENTO E
CAPACITAÇÃO DE PESSOAL R$ 1.467.731,09
LTDA, identificada acima.
CLAUDEMIR PEREIRA DOS
R$ 24.450,00 SANTOS TREINAMENTO E
SANTOS, identificado acima.
CAPACITAÇÃO DE PESSO TDA
EIG MERCADOS LTDA, identificada R,,
acima.
29.707.663,29 identificada acima.
I EODORO MOREIRA LOPES, R$ 15-X SILVX41? CEZAR CORREA ARAUJO, Ch, fe
.0 00
identificado acima. de GX1pinete de SILVAL DA CATilA

s/n°, Edifício Anexo 1- Procura orla Gera Justiç


CEP 78049-921 - nega 3613 1622/1628
24

MINISTÉRIO) PÚBLICO DO ESTADO DE MATO GROSSO


NÚCLEO DE AÇÕES DE COMPETÊNCIA ORIGINÁRIA CRIMINAL — NACO
GRUPO DE ATUAÇÃO) ESPECIAL CONTRA O CRIME ORGANIZADO — GAIECO

ORIGEM' BEN
BARBOSA. De acordo com o colaborador
TEODORO LOPES, SILVIO integrava a rede
de proteção do contrato da FDL com o
DETRAN/MT, bem como recebeu de
MARCELO DA COSTA E SILVA o valor de
R$ 750.000,00 prometido por este para a
campanha eleitoral de SILVAL BARBOSA
caso o contrato entre a FDL e o DETRAN se
efetivasse.

1.1.2 MOVIMENTAÇÕES BANCÁRIAS ENTRE OS INVESTIGADOS COM


TERCEIROS

Além de apontar transações bancárias relevantes entre os investigados, o


relatório apresenta também a análise das movimentações bancárias dos
investigados com terceiros.

Neste sentido, seguimos abaixo com a demonstração das movimentações


realizadas por cada um dos investigados.

1.1.2.1 MOVIMENTAÇÕES REALIZADAS POR ANTONIO EDUARDO DA COSTA


E SILVA

VALORES RECEBIDOS PELO ENVOLVIDO ANTONIO EDUARDO DA COSTA E


SILVA

ORIGEM TRANSAÇÃO VALOR


ADALTO DE FREITAS FILHO, Deputado Estadual da
Assembleia Legislativa do Estado de Mato Grosso, legislaturas: R$ 106.000,00
2007-2011; 2011-2015 e 2015-2019 (atual)
10/12/2014 CHEQUE R$ 100.000,00
17/02/2014 TRANSFERÊNCIA R$ 6.000,00
CONSTRUTORA TRIPOLO LTDA, que tem por
sócios: FAUSTO PRESOTTO BORTOLINI e FERNANDO
PRESOTTO BORTOLINI, os quais são filhos do Deputado Estadual (--
R$ 70.000,00
DAIIÉON4QRUILIW..2:Nininho-.

Rua 04 sln°, Edifício Anexo 1 - Procuradoria Geral de Justiça, C


CEP 78049-921 - Fone/fax 3613 1622/1628
25

Tribunal Pleno

MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DE MATO GROSSO


NÚCLEO DE AÇÕES DE COMPETÊNCIA ORIGINÁRIA CRIMINAL - NACO
GRUPO DE ATUAÇÃO ESPECIAL CONTRA O CRIME ORGANIZADO - GAECO
11/12/2013 CHEQUE R$ 70.000,00
ELETROCONSTRO ELETRIF E CONST, que tem
por sócios NATALINO JOSE DE TOLEDO e THAYS LAURA
MARTINS DA SILVA. O sócio NATALINO fez duas doações na
campanha eleitoral de 2014, ambas no dia 01/08/2014, possuindo R$ 580.000,00
como beneficiário o candidato Deputado Jose Eduardo Botelho,
sendo estas nos valores de RS 6.000,00 e R$ 15.000,00, totalizando o
montante de R$ 21.000,00.
15/10/2012 TRANSFERÊNCIA R$ 580.000,00
FENIX COMERCIO E ATACADO LTDA, que
tinha por sócios à época das transações (2013-2014): DANIELI R$ 128.000,00
VIEIRA DE SOUZA e MARCELO FRANCESQUINI DE CAMPOS
15/07/2013 CHEQUE R$ 50.000,00
01/11/2013 CHEQUE R$ 28.000,00
22/08/2014 CHEQUE R$ 50.000,00
GENDOC SISTEMAS E
EMPREENDIMENTOS LTDA, que tinha por sócios
no período das transações: FREDERICO NANTES; CINTYA
CRISTINA GONCALVES DE MIRANDA DOS SANTOS; R$ 50.000,00
FERNANDO DE OLIVEIRA CEZAR; HUMBERTO RAFAEL
HENRIQUE PEREIRA; LUCIANO SCAMPINI; RENATO
CHERMONT SILVA e WALDISNEI DA CUNHA AMORIM
11/02/2014 TRANSFERÊNCIA R$ 50.000,00
IVANILDA SANTOS HENRY, esposa do ex-Deputado R$ 10.400,00
Federal Pedro Henry.
23/04/2012 CHEQUE R$ 10.400,00
JACOB ANDRE BRINGSKEN, (CPF: 205.977.201-
00): ex-prefeito de Vila Bela da Santíssima Trindade. Ex-Deputado
Estadual da Assembleia Legislativa de Mato Grosso (legislatura
1999-2003). De acordo com reportagem do cite de notícias Folhamax,
acessada pelo link
http://www.olhardireto.com.brijuridico/noticias/exibitasp?noticia=ex- R$ 12.500,00
prefeito-condenado-a-devolver-r-11-milhao-pode-ter-candidatura-
impugnada&id=34170 (mídia digital), Jacob Andre Bringsken foi
condenado, no ano de 2014, em uma Ação por Improbidade
Administrativa, a ressarcir o erário municipal de Vila Bela da
Santíssima Trindade no valor aproximado de R$ 1.183 milhão
08/07/2014 TRANSFERÊNCIA R$ 12.500,00
MURILO ANTONIO BIANCHI, sem informações
adicionais. R$ 112.000,00

29/06/2015 TRANSFERÊNCIA R$ 112.000,00


PENDRAGON HOTELARIA,
EMPREENDIMENTOS E PARTICIPACOES
LTDA , (CNPJ: 03.762.297/0001-10), nome fantasia: Hotel Los
Angeles, sócios: JAIR MARIANO (CPF: 652.578.718-15) e JAIR R$ !i ,ii
MARIANO JUNIOR (CPF: 877.926.561-87). Observa-se que um dos
sócios citados é o Sr. JAIR MARIANO, ex-deputado estadual,
também citado neste relatório como beneficiário de valores.
09/04/2013 _ (TNFERÊN R$ 22.010,0A
F\

—11tit4 04 slr?, Edifício de Justiça, Cuiabá-MT


2:6,

MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DE MATO GROSSO


NÚCLEO DE AÇÕES 13E. COMPETÊNCIA ORIGINÁRIA CRIMINAL - NACO
GRUPO DE ATUAÇÃO ESPECIAL CONTRA O CRIME ORGANIZADO - GAECO'
ROBERTO ZAMPIERI, sem informações.ailieionai's. RS 35.000,00
10/08/2012 CHEQUE RS 35.000.00
Total Geral R$ 1.125.900,00

VALORES REPASSADOS PELO ENVOLVIDO ANTONIO EDUARDO DA COSTA E


SILVA

BENEFICIÁRIO TRANSAÇÃO VALOR


A R FERNANDES ME, tem por sócio AMERICO RS 20.000,00
RUBENS FERNANDES
07/05/2012 R$ 5.000,00
06/06/2012 CHEQUE R$ 5.000,00
05/07/2012 CHEQUE R$ 5.000,00
05/09/2012 CHEQUE R$ 5.000,00
AMERICO RUBENS FERNANDES, proprietário R$ 41.311,89
da empresa A. R. FERNANDES - ME (CNPJ: 14.428.267/0001-99);
16/12/2011 CHEQUE R$ 4.000,00
24/11/2011 CHEQUE R$ 5.000,00
09/12/2011 CHEQUE R$ 2.841,91
08/02/2012 CHEQUE R$ 5.000,00
09/03/2012 CHEQUE R$ 5.000,00
05/04/2012 CHEQUE R$ 5.000,00
28/11/2012 CHEQUE R$ 5.000,00
29/11/2012 CHEQUE R$ 5.000,00
19/03/2013 CHEQUE R$ 329,98
02/04/2013 CHEQUE R$ 4.140,00
CONSTRUTORA JATOBA, (CNPJ: 12.240.405/0001-
86), sócios: GONCALO AUGUSTO MALHEIROS ABREU (CPF:
536.594.571-91) e MARCO AURELIO MALHEIROS DE ABREU
(CPF: 545.596.341-49). Os sócios da referida empresa são sobrinhos RS 10.000,00
do ex-Deputado Estadual João Malheiros. Ressalta-se também que
tanto a Construtora Jatoba quanto seu sócio Gonçalo Augusto
Malheiros receberam valores de Antonio Eduardo da Costa e Silva,
cunhado de Marilci Malheiros, sendo esta prima de Gonçalo.
08/07/2011 TRANSFERÊNCIA R$ 10.000,00
GONCALO AUGUSTO MALHEIROS
R$ 10.000,00
ABREU, sócio da Construtora Jatobá.
25/04/2011 TRANSFERÊNCIA R$ 10.000,00
GONCALO BENEDICTO C UYABANO DE
MALHEIROS, (CPF: 181.746.121-49: irmão do en R$ 2.700,00
Denutêdo Estadual João Malheiros. ."1

s/n°, Edifício Anexo 1 — Pr urado ia stiça, Cuia


CEP 78049-921 — F ne/f 36 1:;9:
27

TRIIVrj
Tribunal Piem:

MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DE MATO GROSSO


NÚCLEO DE AÇÕES DE COMPETÊNCIA ORIGINÁRIA CRIMINAL - NACO
GRUPO DE ATUAÇÃO ESPECIAL CONTRA O CRIME ORGANIZADO - GAECO

VALORES REPASSADOS PELO ENVOLVIDO ANTONIO EDUARDO DA COSTA E


SILVA

BENEFICIÁRIO TRANSAÇÃO VALOR


18/01/2013 CHEQUE R$ 2.700,00
IMCOESTE & ASS S/C LTDA, atualmente com o
nome empresarial OLIVEIRA LIMA & CIA LTDA — ME (CNPJ:
24.757.171/0001-28), sócios: EXPEDITO MAURICIO PEREIRA
(CPF: 546.279.408-82); JAIR DE OLIVEIRA LIMA (CPF:
512.994.028-87); RENATTO TOSTA LIMA (CPF: 567.916.901-00)
e ROSICLEA MARTINS TOSTA LIMA (CPF: 496.246.521-04). R$ 4.800,00
Cabe ressaltar que, conforme reportagem do site de noticias
RDNEWS, acessada pelo link
http://www.rdnews.com.br/judiciario/defesa-recorre-de-decisao-e-
tenta-evitar-demissao-de-henry-do-cargo-de-medico-no-im1/52753
(mídia digital), o sócio Jair de Oliveira Lima é advogado e já
defendeu o ex-deputado federal Pedro Henry.
10/06/2011 TRANSFERÊNCIA R$ 4.800,00
IVANILDA SANTOS HENRY, esposa do ex-
Deputado Federal Pedro Henry.
R$ 5.600,00
18/07/2013 CHEQUE R$ 5.600,00
JAIR MARIANO, foi Deputado Estadual da Assembleia R$ 45.150,00
Legislativa do Estado de Mato Grosso na legislatura 1999-2003;
16/04/2013 CHEQUE R$ 29.400,00
01/04/2014 CHEQUE R$ 4.000,00
03/07/2014 CHEQUE R$ 8.250,00
24/09/2015 TRANSFERÊNCIA R$ 3.500,00
JOAO ANTONIO CUIABANO
MALHEIROS, ex-Deputado Estadual da Assembleia R$ 9.500,00
Legislativa do Estado de Mato Grosso, exercendo suas funções nas
legislaturas 2003-2007, 2007-2011 e 2011-2015.
26/03/2013 CHEQUE R$ 9.500,00
JOSE DE ASSIS GUARESQUI, (CPF: 197.390.526-
49): foi vice-prefeito de Cáceres e secretário-adjunto estadual de
Esportes no Governo Silva Barbosa. De acordo com reportagem do
site de notícias RDNEWS, acessada pelo link
http://www.rdnews.com.briorgaos/em-nota-servidores-repudiam- R$ 10.000,00
novo-superintendente-da-agricultura-veja/64565 (mídia digital),
Guaresqui é afilhado político do ex-deputado federal Pedro Henry,
condenado no caso do Mensalão a sete anos e dois meses de prisão,
pelos crimes de corrupção passiva e lavagem de dinheiro.
23/03/2011 TRANSFERÊNCIA R$ 10.011.rd0
JUMAR CANEDO DE ALMEIDA, (CPF:
978.523.927-68): sócio das empresas VITORIA TANOARIA LTDA
— ME (CNPJ: 10.782.607/0001-24), INSTITUTO NACIONAL DE
TECNOLOGIA PREVENTIVA - INTP S/A (CNPJ:
R$ 86.7:1,00
17.659.315/0001-48) e MAIS SAUDE S/A (CNPJ:
19.691.73010001-04), localizadas no estado do Espírito Santo. /
..... 27/08/2013 CHEQUE R$ 86.780, ,-.
O()
-------

n° E [cio Anexo 1- Procuradoria ra e Justiça, Cuiabá-MT


CEP 78049-921 - Fone/fax 3613 1622/1628


28

MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DE MATO GROSSO


NÚCLEO DE AÇÕES DE COMPETÊNCIA ORIGINÁRIA CRIMINAL - NACO
GRUPO DE ATUAÇÃO ESPECIAL. CONTRA O CRIME ORGANIZADO - GAECO
1
VALORES REPASSADOS PELO ENVOLVIDO ANTONIO EDUARDO DA COSTA E
SILVA

BENEFICIÁRIO TRANSAÇÃO VALOR


LP DISTRIBUIDORA LTDA, sócio responsável:
PAULO SERGIO MAZZARDO (CPF: 387.385.700-68). Cumpre R$ 80.000,00
destacar que a aludida empresa é sediada no município de Porto
Alegre/RS.
26/10/2012 CHEQUE R$ 80.000,00

LUCIANA RODRIGUES DE LIMA, (CPF:


103.013.928-89): ex-sócia da empresa SEAWAY DIVER
INDÚSTRIA METALÚRGICA E MONTAGEM LTDA — EPP
(CNPJ: 02.555.292/0001-54), sendo que Luciana se retirou da R$ 500.000,00
sociedade no dia 25/10/2012, mesma data de ingresso do Sr.
ANTONIO EDUARDO DA COSTA E SILVA na aludida empresa e
da transação financeira mencionada acima (R$ 500.000,00).
25/10/2012 CHEQUE R$ 500.000,00
LUCYMAR KIYOMI ONO, (CPF: 363.675.679-68):
servidora de carreira do Tribunal de Justiça do Estado de Mato R$ 20.000,00
Grosso.
02/07/2014 CHEQUE R$ 20.000,00
MOBILE INN DESENVOLVIMENTO DE
SISTEMAS LTDA - ME, (CNPJ: 10.806.385/0001-32),
sócios: ATILA MOREIRA DE CASTILHO (CPF: 929.052.696-34), R$ 45.500,00
DANIEL EDUARDO VERISSIMO DE CASTRO SANCHES
DABADIA (CPF: 003.344.651-25). Ressalta-se que a referida
empresa se encontra sediada no estado do Espírito Santo.
05/09/2014 CHEQUE R$ 45.500,00
PENDRAGON HOTELARIA,
EMPREENDIMENTOS E PARTICIPACOES R$ 65,792,40
LTDA , sem informações adicionais.
25/06/2013 CHEQUE R$ 8.250,00 i
23/12/2014 CHEQUE R$ 6.500,00
16/03/2015 CHEQUE R$ 7.292,40
28/04/2015 CHEQUE R$ 20.000,00
03/09/2015 CHEQUE R$ 3.500,00
18/01/2016 CHEQUE R$ 8.000,00
25/01/2016 CHEQUE R$ 4.000,00
19/02/2014 CHEQUE R$ 8.250.00
RCMEX COMUNICACAO LTDA ME, (CNPJ:
08.468.367/0001-46), sócios: ATILA MOREIRA DE CASTILHO
(CPF: 929.052.696-34) e MARCELO RODRIGUES DE MELO R$ 45.500,00
(CPF: 007.567.696-63). Ressalta-se que a referida empresa se
encontra sediada no estado do Espírito Santo.

r'-‘ 05/09/2014 ("\\ CHEr


Q JE R$ 45.500,0Q

Rua 04 s/n°, Edifício Anexo 1— Proc doria Geral de Ju iça, Cuiab


CEP 78049-921— Fone/fax 3613 1622/1628
29

Tribunal Pleno

MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DE MATO GROSSO


NÚCLEO DE AÇÕES DE COMPETÊNCIA ORIGINÁRIA CRIMINAL — NACO
GRUPO DE ATUAÇÃO ESPECIAL CONTRA O CRIME ORGANIZADO — GREGO

VALORES REPASSADOS PELO ENVOLVIDO ANTONIO EDUARDO DA COSTA E


SILVA

BENEFICIÁRIO TRANSAÇÃO VALOR


RIBEIRO MIGUEL SUTIL AUTO POSTO
LTDA, (CNPJ: 04.223.550/0001-20), sócios: AMÉLIA MARIA
RIBEIRO (CPF: 902.645.841-04); ENIO AUGUSTO DA SILVA. R$ 15.000,00
(CPF: 383.599.951-68); MARILENA APARECIDA RIBEIRO
(CPF: 424.512.641-87).
03/07/2012 CHEQUE R$ 15.000,00
RICARDO LUIZ HENRY (CPF: 284.781.771-91): R$ 3.000,00
irmão do ex-Deputado Federal Pedro Henry;
29/07/2013 TRANSFERÊNCIA R$ 3.000,00
ROGERIO MELO DE LIMA, (CPF: 604.406.004-
72): sócio da empresa CARVALHO & MELO LTDA (CNPJ: R$
03.225.840/0001-40), localizada em Maceió-AL, baixada em
116.057,85
09/02/2015.
27/08/2013 CHEQUE R$ 54.057,85
22/10/2013 CHEQUE R$ 20.000,00
25/10/2013 CHEQUE R$ 25.000,00
31/10/2013 CHEQUE R$ 17.000,00
SANDRO ENRICO DE ARAUJO, (CPF:
405.973.771-20): foi Assessor Especial I, do Gabinete do Vice-
Governador, exercendo suas atividades no período de 13/02/2015 a
01/04/2016. Destaca-se que Sandro Araujo é marido de THELMA R$ 3.000,00
PIMENTEL FIGUEIREDO DE OLIVEIRA (CPF: 171.785.171-15),
ex-Deputada Federal e atual prefeita da cidade de Chapada dos
Guimarães — MT.
11/07/2011 CHEQUE R$ 3.000,00
STELMAT TELEINFORMATICA LTDA,
(CNPJ: 00.950.386/0001-00), sócios: ALLAN EXUPERY DE
ARAUJO (CPF: 353.904.251-20); GEORGE PAULO SANTIAGO
GUIMARAES (CPF: 594.824.601-97) e GEORGINA
GUIMARAES DE ARAUJO (CPF: 488.620.531-34). Cabe ressaltar R$ 142.000,00
que a referida empresa possui como ex-sócio o Sr. SANDRO
ENRICO DE ARAUJO (CPF: 405.973.771-20), citado
anteriormente.
29/03/2011 CHEQUE R$ 30.000,00
14/09/2011 CHEQUE R$ 50.000,00
21/10/2011 CHEQUE R$ 12.000,00
17/02/2011 TRANSFERÊNCIA R$ 50.000»
Total Geral RS 1.281.69 , 4/

O relatório aponta também que o investigado ANTONIO EDUAR / DA


CO E SILVA também repassou, o e iodo ompr ndido entre janeiro de 2011

cio Affexo 1 - Procurado


CEP 78049-921 - Fone/fax
30

MINISTÉRIO) PÚBLICO DO ESTADO DE MATO GROSSO


NÚCLEO DE AÇÕES DE COMPETÊNCIA ORIGINÁRIA CRIMINAL — NACO
GRUPO DE ATUAÇÃO ESPECIAL CONTRA O CRIME ORGANIZADO — GAECO
a dezembro de 2013,, a FERNANIDO IZIDORO DA COSTA NETO, um totall clè) 55
cheques que totalizam o) valia. de R$ 225.307.59 (duzentos e vinte a cinco mil.
trezentos e sete erais e cinquenta e nove centavos) sendo que todos os cheques
foram sacados na boca do caixa por FERNANDO IZIDORO. Em pesquisa feita no
CAGED, os investigadores da Polícia Judiciária Civil verificaram que FERNANDO
IZIDORO DA COSTA NETO possui vínculo empregatício com ANTONIO EDUARDO
DA COSTA E SILVA, inscrito pelo CEI (Cadastro Específico do INSS) n°.
51.212.35408/05, no período de 01/10/2010 a 27/01/2014, sendo que FERNANDO
IZIDORO exercia a função de motorista de carro de passeio, com remuneração de
R$ 993,71 (novecentos e noventa e três reais e setenta a um centavos).

Consta também no relatório que, no período entre dezembro de 2010 a


outubro de 2015, REBECA MARIA DE SOUSA ARRUDA foi beneficiária de 538
cheques provenientes de ANTONIO EDUARDO DA COSTA E SILVA, os quais
somam a quantia de R$ 3.044.510,76 (três milhões, quarenta e quatro mil,
quinhentos e dez reais e setenta e seis centavos), conforme tabela a seguir extraída
do relatório:

VALORES REPASSADOS DE ANTONIO EDUARDO PARA REBECA MARIA DE


SOUSA ARRUDA

QUANTIDADE
DESTINO DA TRANSAÇÃO VALOR
DE CHEQUES
DEPOSITADO EM SUA RESPECTIVA
RS 38.120,03 17
CONTA
TRANSACAO DESDOBRADA EM
RS 731.802,87 114
VÁRIOS LANCAMENTOS
SAQUE EFETUADO NO CAIXA RS 2.274.587,86 407

Total Geral (-N R$ 3.044.510,76 538

a 04 shf, Edifício Anexo 1 Procuradoria Gerede ustiça,


CEP 78049-921 - Fone/fax 3613 1622/1628
31

Tribunal P1600

MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DE MATO GROSSO


NÚCLEO DE AÇÕES DE COMPETÊNCIA ORIGINÁRIA CRIMINAL — NACO
GRUPO DE ATUAÇÃO ESPECIAL CONTRA O CRIME ORGANIZADO — GAECO
Ao efetuarem pesquisa junto ao CAGED, os investigadores de polícia
constataram que REBECA MARIA DE SOUSA ARRUDA possui vínculo empregatício
com ANTONIO EDUARDO DA COSTA E SILVA, inscrito pelo CEI (Cadastro
Específico do INSS) n°. 51.212.35408/05, a partir do dia 01/10/2010.

1.1.2.2 MOVIMENTAÇÕES REALIZADAS POR CLAUDEMIR PEREIRA DOS


SANTOS

VALORES RECEBIDOS PELO ENVOLVIDO CLAUDEMIR PEREIRA DOS SANTOS

ORIGEM TRANSAÇÃO VALOR


RP TECNOLOGIA DE
INFORMACAO LTDA ME, (CNPJ:
05.871.240/0001-85), sócios: ANTONIO
FERNANDO RIBEIRO PEREIRA (CPF:
312.133.808-04); MARIA ANTONIETA RIBEIRO
PEREIRA (CPF: 026.578.958-32).
R$ 400.000,00
Ressalta-se que ANTONIO FERNANDO também
é sócio da empresa ALLEN MT COMÉRCIO E
SERVIÇOS DE INFORMÁTICA LTDA (CNPJ:
14.510.406/0001-29), sendo que esta enviou a
quantia de R$ 300.000,00 para o Sr. MERISON,
conforme será demonstrado mais adiante neste
documento.
18/12/2013 TRANSFERÊNCIA R$ 400.000,00
TRIMEC - CONSTRUCOES E
TERRAPLANAGEM LTDA EPP,
(CNPJ: 02.470.900/0001-28), sócios: SOL
VERMELHO PARTICIPACOES E R$ 64.000,00
INVESTIMENTOS SIA (CNPJ: 18.077.466/0001-
50) e WANDERLEY FACHETI TORRES (CPF:
761.439.707-00).
23/12/2014 TRANSFERÊNCIA R$ 64.000,00
Total Geral R$ 464.000,00

VALORES REPASSADOS PELO ENVOLVIDO CLAUDEMIR PEREIRA DOS


SANTOS
BENEFICIÁRIO ^ANSAÇO VALOR
-RESE,~ORTO, coordenava a Equipe RS 58.000,00

Rua 04 s/n°, Edifício Anexo I — Procur• doria Geral de Justiça, Cuiabá-MT


CEP —xFo 3. 3 1622/1628 ‘•
78°4-‘9
32

MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DE MATO GROSSO


NÚCLEO DE AÇÕES DE. COMPETÊNCIA ORIGINÁRIA CRIMINAL - NACO
GRUPO DE ATUAÇÃO ESPECIAL CONTRA O CRIME ORGANIZADO -GAECO
de Prqjetos e Convénios da prefeitura de Cuiabii-MT. desde o
inicio da Gestão Hauro Mendes (janeiro de 2013) e assumiu o
cargo de Secretário de Meio Ambiente e Desenvolvimento 1
Urbano da Prefeitura Municipal de Cuiabá a partir do ano de
2015.
16/12/2013 CHEQUE R$ 10.000,00
17/12/2013 CHEQUE R$ 16.000,00
18/12/2013 CHEQUE R$ 16.000,00
19/12/2013 CHEQUE R$ 16.000.00
ALLAN KARDEC PINTO ACOSTA
BENITIZ, (CPF: 621.662.711-20): Deputado Estadual da
Assembleia Legislativa do Estado de Mato Grosso, conhecido R$ 10.000,00
pelo nome parlamentar "Prof. Allan Kardec", exercendo suas
funções na atual legislatura (2015-2019).
10/10/2014 CHEQUE R$ 10.000.00
DALMI FERNANDES DEFANTI JR, (CPF:
503.402.801-82): sócio da empresa GRÁFICA PRINT
INDÚSTRIA E EDITORA LTDA (CNPJ: 73.783.649/0001- R$ 32.351,00
08). Dalmi foi preso no decorrer Operação "Edição Extra",
deflagrada pela Delegacia Fazendária.
20/12/2013 TRANSFERÊNCIA R$ 32.351,00
DHEMIS JACKSON R MARQUES, (CPF:
005.001.211-84): atualmente é vice-prefeito da cidade de R$ 23.000,00
Campo Novo do Parecis/MT.
21/12/2013 CHEQUE R$ 23.000,00
DILAIR SALETE DAROIT SAVI, (CPF:
554.990.239-72): esposa do Deputado Estadual Mauro Luiz R$ 20.000,00
Savi. envolvido na presente investigação.
22/12/2013 CHEQUE R$ 10.000,00
23/12/2013 CHEQUE R$ 10.000,00
ELEICAO 2014 MAURO LUIZ SAVI
DEPUTADO ESTADUAL, (CNPJ:
20.580.782/0001-92): doação eleitoral feita por Claudemir R$ 5.000,00
para a campanha do ano de 2014 do Sr. Deputado Mauro Luiz
Savi.
24/12/2013 TRANSFERÊNCIA R$ 5.000,00
FAMA S A LTDA EPP - EPP, (CNPJ:
16.801.68110001-27), sócios: MARIA DE FATIMA AZOIA
PINOTI (CPF: 405.567.861-49) e MAURO AUGUSTO
LAURINDO DA SILVA (CPF: 828.398.321-00).
Salienta-se que Maria de Fatima Azoia Pinoti é prima de
Luciane Borba Azoia Bezerra, ex-deputada estadual do estado
de Mato Grosso e atual prefeita do município de Juara/MT.
Neste contexto, Maria de Fatima fez duas doações, nos 30.000,00
valores de R$ 13.500,00 e R$ 500,00, no pleito eleitoral de
R$
2010, possuindo conto beneficiária a candidata a deputada
estadual Luciana Borba Azoia Bezerra.
Ainda no tocante a Sra. Maria de Fatima, foi possível
constatar que esta efetuou duas doações no pleito eleitoral de
2014, sendo uma no valor de R$ 23.500,00 para o candidato a
deputado estadual Oscar Martins Bezerra, marido de Luciane
BezeF\ outra no 91or de R$ 25.000,00 para o candidato a (1

Rua 04 n°, Edifício Anexo 1 — Proc rador"a Geral de J Uca, Cuiabá-MT


CEP 78049-921 — Fon f 3613 1622/162
33
J/Mrr
Tribunal Pleno

MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DE MATO GROSSO


NÚCLEO DE AÇÕES DE COMPETÊNCIA ORIGINÁRIA CRIMINAL - NACO
GRUPO DE ATUAÇÃO ESPECIAL CONTRA O CRIME ORGANIZADO - GAECO
deputado estadual Valdir Mendes Barranco,

25/12/2013 CHEQUE R$ 15.000.00


26/12/2013 CHEQUE R$ 15.000,00
JOANA DARC BORGES, consta no CAGED que
Joana foi funcionária de VALDIR DAROIT — FAZ. CURTO
(CO — Cadastro Específico do INSS: 32.870.03324/82).
Cumpre salientar que VALDIR DAROIT é cunhado do
Deputado Estadual Mauro Savi. R$ 30.000,00
Referente ao seu vínculo com VALDIR DAROIT — FAZ.
CURTO, destaca-se que este ocorreu no período compreendido
entre 01/07/2014 a 09/09/2014, sendo sua função denominada
de AUXLIAR DE ESCRITORIO EM GERAL, com
remuneração de R$ 1.000,00, conforme figura abaixo.
20/12/2013 CHEQUE R$ 30.000,00
LUIS CARLOS CUZZIOL, (CPF: 032.927.338-
80): de acordo com a reportagem do site de notícias
MidiaNews, acessada pelo link
http://midianews.com.br/judiciario/juiz-federal-ex-
superintendente-do-bic-lavou-dinheiro-sujo/247818 (mídia
R$ 15.000,00
digital), é ex-superintendente do BicBanco, condenado a 31
anos de reclusão pela justiça federal, por gestão fraudulenta,
gestão temerária e lavagem de dinheiro.
27/12/2013 TRANSFERÊNCIA R$ 15.000,00
MAX JOEL RUSSI, atualmente é Deputado
Estadual do Estado de Mato Grosso, sendo esta sua primeira R$ 10.000,00
legislatura (2015-2019).
29/12/2013 CHEQUE R$ 10.000.00
MOACIR PIRES DE MIRANDA FILHO,
(CPF: 299.580.591-34): foi Deputado Estadual da Assembleia
Legislativa do Estado de Mato Grosso na legislatura 1999-
R$ 10.000,00
2003.
20/02/2014 CHEQUE R$ 10.000,00
ONDANIR BORTOLINI, (CPF: 332.215.709-10):
Deputado Estadual da Assembleia Legislativa do Estado de
Mato Grosso, conhecido pelo nome parlamentar "Nininho", R$ 1.000,00
exercendo suas funções nas legislaturas 2011-2015 e 2015-
2019 (atual).
20/02/2014 CHEQUE R$ 1.000.00
VALDIR DAROIT, CPF: 332.784.079-20): cunhado
do Deputado Estadual Mauro Luiz Savi. R$ 33.280,00
31/12/2013 TRANSFERÊNCIA R$ 2.000.00
01/01/2014 TRANSFERÊNCIA R$ 4.000,00
02/01/2014 TRANSFERÊNCIA R$ 4.000,00
03/01/2014 TRANSFERÊNCIA R$ 2.000,00
04/01/2014 TRANSFERÊNCIA R$ 2.000,09 /
05/01/2014 TRANSFERÊNCIA R$ 1.980 r /
06/01/2014 TRA FERÊNCIA R$ 9.190,11
07/01/2014 TR SF ÊNCI"_ R$ 2.001,00

s/n°, Edifício Anexo 1- Procuradoria era de Justiça,'Cuiabá-MT


CEP 78049-921 Fo i e/fax 361 22/1628
34

MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DE MATO GROSSO


NÚCLEO DE AÇÕES DE COMPETÊNCIA ORIGINÁRIA CRIMINAL — NACO
GRUPO DE ATUAÇÃO ESPECIAL CONTRA O CRIME ORGANIZADO — GAECO
08/01/2014 TRANSFERÊNCIA R$ 1.2M09
09/01/2014 TRANSFERÊNCIA R$ 600.00
10/01/2014 TRANSFERÊNCIA R$ 4.500,00

Total Geral R$ 277.631,00

1.1.2.3 MOVIMENTAÇÕES REALIZADAS POR DAUTON LUIZ SANTOS


VASCONCELLOS

No dia 13/08/2013, DAUTON LUIZ SANTOS VASCONCELLOS emitiu um


cheque de n° 27, no valor de R$ 10.000,00, para o Sr. OSCAR MARTINS BEZERRA
(CPF: 441.716.681-15), atualmente Deputado Estadual do Estado de Mato Grosso
(legislatura 2015-2019). Cabe ressaltar, que no período da transação financeira
mencionada, sua esposa, LUCIANE BORBA AZOIA BEZERRA, era Deputada
Estadual do Estado de Mato Grosso.

1.1.2.4 MOVIMENTAÇÕES REALIZADAS PELA EMPRESA EIG MERCADOS/FLD


FIDÚCIA

ALO`ii,i R PASSADOS PELA EMPRESA EIG MERCADOS (FDL)

BENEFICIÁRIO TRANSAÇÃO VALOR


ALEXANDRE SLHESSARENKO, sócio da
SLHESSARENKO CANAVARROS ADVOGADOS R$ 2.962,36
ASSOCIADOS
15/09/2015 TRANSFERÊNCIA R$ 644,90
09/12/2015 TRANSFERÊNCIA R$ 390,32
05/02/2016 TRANSFERÊNCIA R$ 333,00
12/02/2016 TRANSFERÊNCIA R$ 1.594,14
IN MARKETING LTDA, (CNPJ:
13.562.076/0001-52), sócios: Ps3 INVESTIMENTOS E
PARTICIPACOES EMPRESARIAIS LTDA (CNPJ: R$ 3.491.917,61
12.841.641/0001-58) e RODOLFFO ADRIANO RORIZ
ARAUJO (CNPJ: 038.092.751-90).
19/08/2014 SFE NCIA R$ 165.745,86
25/08/2014 T NSFE NCIA R$ 338.591,71

Rua 04 siri°, Edifício Anexo 1 - ocur orla Geral dé Justiça, Cuiabá.MT


CEP 78049.921 - fax 3613 1622/1628
35
TJ/M
Tribunal Piem

MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DE MATO GROSSO


NÚCLEO DE AÇÕES DE COMPETÊNCIA ORIGINÁRIA CRIMINAL - NACO
GRUPO DE ATUAÇÃO ESPECIAL CONTRA O CRIME ORGANIZADO - GAECO
26/09/2014 TRANSFERÊNCIA R$ 270.718,23
21/10/2014 TRANSFERÊNCIA R$ 331.491,71
14/11/2014 TRANSFERÊNCIA R$ 331.491,71
02/12/2014 TRANSFERÊNCIA R$ 320.441,98
04/12/2014 TRANSFERÊNCIA R$ 7.143,53
18/12/2014 TRANSFERÊNCIA R$ 3.273,47
22/01/2015 TRANSFERÊNCIA R$ 386.740,33
23/02/2015 TRANSFERÊNCIA R$ 444.444,44
25/03/2015 TRANSFERÊNCIA R$ 444.444,44
23/04/2015 TRANSFERÊNCIA R$ 444.444,44
21/05/2015 TRANSFERÊNCIA R$ 2.945,76
SLHESSARENKO CANAVARROS
ADVOGADOS ASSOCIADOS, (CNPJ:
15.079.985/0001-60), sócios: ALEXANDRE
SLHESSARENKO (CPF: 513.975.951-91); LEONARDO
SLHESSARENKO (CPF: 001.716.891-00) e SERYS
MARLY SLHESSARENKO (CPF: 437.907.207-04). R$ 840.000,00
Cumpre destacar que Alexandre Slhessarenko é filho de
Serys /vlarly Slhessarenko e Leonardo Slhessarenko.
Ressalta-se, também, que Serys Slhessarenko foi Senadora
da República, eleita pelo Estado de Mato Grosso no ano de
2002, exercendo seu mandato na legislatura 2003-2011.

17/07/2015 TRANSFERÊNCIA R$ 210.000,00


10/08/2015 TRANSFERÊNCIA R$ 210.000,00
08/09/2015 TRANSFERÊNCIA R$ 210.000,00
13/10/2015 TRANSFERÊNCIA R$ 210.000,00
Total Geral R$ 4.334.879,97

1.1.2.5 MOVIMENTAÇÕES REALIZADAS POR JOSÉ EDUARDO BOTELHO

VALORES RECEBIDOS PELO ENVOLVIDO JOSE EDUARDO BOTELHO

ORIGEM TRANSAÇÃO VALOR


GENDOC SISTEMAS LTDA, que
tinha por sócios no período das transações:
FREDERICO NANTES; CINTYA CRISTINA
GONCALVES DE MIRANDA DOS SANTOS; /
FERNANDO DE OLIVEIRA CEZAR; HUMBERTO R$ 10.100 .', i
RAFAEL HENRIQUE PEREIRA; LUCIANO
SCAMPINI; RENATO CHERMONT SILVA e
WALDISNEI DA CUNHA AMORIM.

R 02/10/2013 "NCIA R$ 10.000,00

p •
Rua 04 anA-Ettifi~0 1- ProcUlii ria Ge afitití~;tbiabe-My
CEP 78049-921 - Fon
36,

MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DE MATO GROSSO


NÚCLEO DE AÇÕES DE COMPETÊNCIA ORIGINÁRIA CRIMINAL - NACO
GRUPO DE ATUAÇÃO ESPECIAL. CONTRA O CRIME ORGANIZADO - GAECO
PANTANAL TRANSPORTES
URBANOS LTDA, (CNI)j
07.147.210.0001-56), sócio-administrador: LUIZ RS 55.000,00
CLAUDIO SOARES FERREIRA (CPF:
207.155.956-87).
05/11/2010 TRANSFERÊNCIA R$ 55.000,00
RUI CHRISTOFOLLI, sem informações R$ 133.650,00
adicionais.
10/04/2014 TRANSFERÊNCIA R$ 100.000,00
11/04/2014 TRANSFERÊNCIA R$ 33.650,00
Total Geral R$ 198.650,00

VALORES REPASSADOS PELO ENVOLVIDO JOSE EDUARDO BOTELHO

BENEFICIÁRIO TRANSAÇÃO VALOR


ANTECIPAR CONSULTORIA E
COMUNICAÇÃO ESTRATÉGICA LTDA,
(CNPJ: 08.656.802/0001-66), sécios: ANTERO R$ 19.600,00
PAES DE BARROS NETO (CPF: 103.429.311-72) e PEDRO
PINTO DE OLIVEIRA (CPF: 492.058.037-15).
21/10/2010 CHEQUE R$ 19.600,00
CHRISTOFOLLI & CIA LTDA ME, (CNPJ:
36.958.791/0001-04), sócios: RUI CHRISTOFOLLI (CPF: 75.000,00
134.381.079-53) e IVONETE CHRISTOFOLLI (CPF:
R$
603.799.791-87).
03/12/2010 CHEQUE R$ 30.000,00
30/08/2011 CHEQUE R$ 45.000,00
CLOVIS HUGUENEY NETO, conhecido
popularmente como Clovito, ex-vereador do
R$ 24.400,00
município de Cuiabá-MT, falecido em maio de
2015.

17/06/2009 CHEQUE R$ 1.500,00

09/02/2010 CHEQUE R$ 10.000,00


06/01/2011 CHEQUE R$ 4.900,00
15/02/2012 CHEQUE R$ 8.000,00
ELZA FERREIRA SANTOS SERV, sem R$ 20.000,00
informações adicionais.
21/10/2010 CHÇU
uE R$ 20.000,00
GLEICIONE PACHECO TOMAZ, ni
R$ 260.000,00
informações adicionais.

7--- 13/07/2012 (5 \ C HE E R$ 260.000,0A

s/n°, Edifício Anexo 1 -Yrecruradoria Geral de Justiça, Cuiabá-IVIT


CEP 78049-921 - Fone/fax 3613 1622/1628
37
TJAVI
Tribunal Pie,

MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DE MATO GROSSO


NÚCLEO DE AÇÕES DE COMPETÊNCIA ORIGINÁRIA CRIMINAL - NACO
GRUPO DE ATUAÇÃO ESPECIAL CONTRA O CRIME ORGANIZADO - GAECO
H M COMERCIO DE COMBUSTIVEIS
LTDA, (CNPJ: 02.803.9360001-86). sócios: LADRA
TEREZA DA COSTA DIAS (427.884.711-49) e EDER DE R$ 147.706,75
MORAES DIAS JUNIOR (CPF: 036.432.691-37), sendo eles,
respectivamente, esposa e filho do ex-secretário Eder de Moraes
Dias.
08/07/2011 CHEQUE R$ 10.966,75
20/07/2011 CHEQUE R$ 4.700,00
25/07/2011 CHEQUE R$ 14.300,00
08/08/2011 CHEQUE R$ 23.940,00
26/09/2011 CHEQUE R$ 900,00
06/12/2011 CHEQUE R$ 3.500,00
05/01/2012 CHEQUE R$ 1.000,00
06/01/2012 CHEQUE R$ 9.000,00
11/06/2012 CHEQUE R$ 2.900,00
22/06/2012 CHEQUE R$ 1.000,00
24/07/2012 CHEQUE R$ 15.000,00
17/08/2012 CHEQUE R$ 3.600,00
24/08/2012 CHEQUE R$ 2.900,00
18/10/2012 CHEQUE R$ 2.300,00
22/10/2012 CHEQUE R$ 5.000,00
29/10/2012 CHEQUE R$ 6.000,00
12/11/2012 CHEQUE R$ 25.700,00
26/12/2012 CHEQUE R$ 5.000,00
21/01/2013 CHEQUE R$ 5.000,00
22/02/2013 CHEQUE R$ 5.000,00
JOSE OLIVEIROS, CPF: 106.767.087-49): falecido
em 2012. R$ 700.000,00
16/07/2012 CHEQUE R$ 700.000,00
RAYMUNDO FERREIRA DE SOUZA
FILHO, (CPF: 064.613.778-67): de acordo com DIÁRIO
OFICIAL DE CONTAS N° 1038 DE 23/01/2017 (midia digital) R$ 4.900,00
do Tribunal de Contas do Estado de Mato Grosso, foi nomeado
para o cargo de assessor parlamentar na Prefeitura Municipal de
Cuiabá/MT.
21/10/2010 CHEQUE R$ 4.900.00
RONI CRISTOVAO DE LIMA, (CPF:
545.513.401-97): no ano de 2013 exerceu o cargo de Diretor do
Centro Socioeducativo de Cuiabá (Pomeri), da Secretaria de
Estado de Justiça e Direitos Humanos do Estado de Mato Grosso R$ 61.099,12
— SEJUDH. Ressalta-se também que Roni foi candidato a
vereador nas eleições de 2004 e 2008 na cidade de Chapada dos
Guimarães/MT.

rN 14/10/2010 (---NCNHEQUE R$ 1.000,00

dificio Anexo 1 - Procurad. Geral deJitifitertu-abá-MT


CEP 78049-921 - Fone/fax 13 •22/1628

w
38

MINISTÉRIO KV ILIICO DO ESTADO DE MATO GROSSO


NÚCLEO DE AÇÕES DE COMPETÊNCIA ORIGINÁRIA CRIMINAL — NACO
GRUPO DE ATUAÇÃO ESPECIAL CONTRA O CRIME ORGANIZADO — GAECO
06/12/2010 CHEQUE R$ 25.000„00
19/01/2011 CHEQUE R$ 8.250.93

17/02/2011 CHEQUE R$ 7.995,12

22/02/2011 TRANSFERÊNCIA R$ 6.754,00

01/04/2011 CHEQUE R$ 3.500,00

05/04/2011 CHEQUE R$ 1.000,00


25/06/2014 CHEQUE R$ 2.600,00
07/08/2014 CHEQUE R$ 2.000,00
04/05/2015 CHEQUE R$ 3.000,00
RUI CHRISTOFOLLI, sem informações
RS 20.000,00
adicionais.
29/11/2010 CHEQUE R$ 20.000,00

Total Geral R$ 1.332.705,87

1.1.2.6 MOVIMENTAÇÕES REALIZADAS POR MARCELO DA COSTA E SILVA

. ,.
VALORES RECEBIDOS PELO ENVOLVIDO MARCELO DA COSTA E SILVA

ORIGEM TRANSAÇÃO VALOR


EZEQUIEL ANGELO FONSECA,
(CPF: 047.079.608-12): exerce o mandato de R$ 65.000,00
Deputado Federal (legislatura 2015-2019).
23/04/2015 TRANSFERÊNCIA R$ 65.000,00
GENDOC SISTEMAS LTDA, que
tinha por sócios no período das transações:
FREDERICO NANTES; CINTYA CRISTINA
GONCALVES DE MIRANDA DOS SANTOS; R$ 18.468,00
FERNANDO DE OLIVEIRA CEZAR;
HUMBERTO RAFAEL HENRIQUE PEREIRA;
LUCIANO SCAMPINI; RENATO CHERMONT
SILVA e WALDISNEI DA CUNHA AMORIM.
21/08/2014 TRANSFERÊNCIA R$ 18.468,00
MAISTEC TECNOLOGIA DA
INFORMAÇÃO, (CNPJ: R$ 1.662.724,69
03.762.664/0001-86): empresa que possui como
sócio o Sr. Marcelo da Costa e Silva
20/02/2015 (...)1Is
SFE I R$ 380.000,00
24/02/2015 FE:tAisk_ R$ 200.000,00

4 sino, Edifício Aneii6' duradoria Geral de Justiça, Culabá-MT


CEP 78049-921 — Fone/fax 3613 162211628
39

MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DE MATO GROSSO


NÚCLEO DE AÇÕES DE COMPETÊNCIA ORIGINÁRIA CRIMINAL — NACO
GRUPO DE ATUAÇÃO ESPECIAL CONTRA O CRIME ORGANIZADO — GAECO
04/03/2015 TRANSFERÊNCIA R$ 253.400.00
05/03/2015 TRANSFERÊNCIA R$ 147.500,00
09/03/2015 TRANSFERÊNCIA R$ 185.824,69
13/03/2015 TRANSFERÊNCIA R$ 103.000,00
17/03/2015 TRANSFERÊNCIA R$ 213.000,00
04/09/2014 TRANSFERÊNCIA R$ 180.000,00

Total Geral R$ 1.746.192,69

1.1.2.7 MOVIMENTAÇÕES REALIZADAS POR MERISON MARCOS AMARO

No dia 19/12/2013, MERISON MARCOS AMARO recebeu uma


transferência bancária, no valor de R$ 300.000,00 (trezentos mil reais), oriunda da
empresa ALLEN MT COMÉRCIO E SERVIÇOS DE INFORMÁTICA LTDA (CNPJ:
14.510.406/0001-29), que possui como sócio administrador o Sr. ANTONIO
FERNANDO RIBEIRO PEREIRA.

1.1.2.8 MOVIMENTAÇÕES REALIZADAS POR RAFAEL YAMADA TORRES

VALORES REPASSADOS PELO ENVOLVIDO RAFAEL YAMADA TORRES

BENEFICIÁRIO TRANSAÇÃO VALOR


SOLUCAO COMERCIAL DE COSMETICO,
(CNPJ: 02.424.584/0001-58), sócios: JURANDIR DA SILVA
VIEIRA (CPF: 193.846.371-49) e ONEIDA FERREIRA DE R$ 270.000,00
FREITAS E SILVA (CPF: 260.225.751-68)
03/07/2012 CHEQUE R$ 270.000,00
VALDINEI MAURO DE SOUZA, (CPF:
568.360.581-49): de acordo com reportagem do site de notícias
RDNEWS, acessada pelo link
http://www.rdnews.combriexecutivoienvolvido-em-fraude-de-r-
700-mi-mauro-esta-nas-manchetes-nacionais/51161 (mídia digital), R$ 104.040,01
Valdinei é sócio do ex-prefeito de Cuiabá Mauro Mendes, sendo que
ambos são investigados pelo Ministério Público Federal por uma
suposta fraude que pode chegar a R.$ 700 milhões.
04/06/2012 TRANSFERÊNCIA R$ 104. ,00 i

émi
ora
1111 - ua 04 sln°, Edifício Anexo 1 - Procu
-~1111~11rok CEP 78049-921 - Fone/ x
40

MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DE MATO GROSSO


NÚCLEO DE AÇÕES DE COMPETÊNCIA ORIGINÁRIA CRIMINAL — NACO
GRUPO DE ATUAÇÃO ESPECIAL CONTRA O CRIME ORGANIZADO — GAECO

Total Geral R$ 374.040400

1.1.2.9 MOVIMENTAÇÕES REALIZADAS POR ROQUE ANILDO REINHEIMER

No dia 10/12/2013, ROQUE ANILDO REINHEIMER emitiu um cheque de


n° 863, no valor de R$ 40.000,00, para a CONSTRUTORA NHAMBIQUARAS LTDA
(CNPJ: 03.076.083/0001-90), sendo que, à época da transação, o Deputado JOSE
EDUARDO BOTELHO era sócio da empresa.

1.1.2.10 MOVIMENTAÇÕES REALIZADAS PELA SANTOS TREINAMENTO

"No dia 19/07/2010, a Santos Treinamento repassou, por intermédio de uma


transação denominada "recibo de retirada", o valor de R$ 120.000,00, para
a empresa BUKI, RAYEL & CIA LTDA - ME (CNPJ: 08.890.223/0001-83),
que possui como sócios GIOVANA BUKI RAYEL (CPF: 031.151.839-76),
PRISCILA AGUIAR RAYEL (CPF: 322.132.068-05) e SILAS DE FREITAS
RAYEL (CPF: 010.865.238-65).
Ressalta-se que Silas Rayel é primo de CARLOS EDUARDO TADEU
RAYEL (CPF: 777.609.568-00), ex-Secretário de Comunicação do Estado
de Mato Grosso (2012-2014), gestão do ex-Governador Silvai Barbosa.
Conforme reportagem do site de notícias RDNEWS, acessada pelo link
http://www.rdnews.com.br/judiciario/ex-secretario-de-silval-rayel-e-citado-
em-delacao-de-diretor-da-odebrecht/78674 (mídia digital), Carlos Rayel foi
citado em delação de diretor da Odebrecht, sendo que este teria participado
de esquema de caixa 2, no qual a Odebrecht desembolsou
aproximadamente R$ 3,2 milhões para as campanhas do senador Lindbergh
Farias (PT-RJ), na disputa ao Senado, em 2010, e à prefeitura de Nova
Iguaçu, em 2008.
A referida reportagem ainda afirma que Carlos Rayel foi marqueteiro
campanha à reeleição do ex-Governador Silval Barbosa, em 2010."

1.1.2.11 MOVIMENTAÇÕES REALIZADAS POR TEODORO MOREIRA LOPES

ri rORESIKEBIDOS PELO ENVOLVIDO TEODORO MOREIRA LOPES


ORIGEM Erimzzi
1
/AkLOR
ee~iiiiii
v

Edifício Anexo I -curadoria Geral de Justiça, Cuiabá-MT


CEP 78049-921 - Fone/fax 3613 1622/1628
41

MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DE MATO GROSSO


NÚCLEO DE AÇÕES DE COMPETÊNCIA ORIGINÁRIA CRIMINAL - NACO
GRUPO DE ATUAÇÃO ESPECIAL CONTRA O CRIME ORGANIZADO - GAECO
FERNANDES FERREIRA SILVA,
(CPF: 571.705.761-04): sócio-administrador da
empresa ATITUDE MT CORRETORA DE R$ 233.423,26
SEGUROS LTDA — ME (CNPJ: 07.944.982:0001-
19), que também possui como sócio seu pai Juvino
Ferreira da Silva (CPF: 571.705.761-04)
28/12/2011 TRANSFERÊNCIA R$ 233.423,26
JOSE DERLI ROSA, sem
R$ 100.000,00
informações adicionais.
23/10/2013 DEPÓSITO R$ 100.000,00

Total Geral R$ 333.423,26

VALORES REPASSADOS PELO ENVOLVIDO TEODORO MOREIRA LOPES


BENEFICIÁRIO TRANSAÇÃO VALOR
JEOVA JIREH COMERCIO E
RECAPADORA DE PNEUS, CNPJ:
10.863.532/0001-06), sócios: IVANOR LUIZ PIRAN (CNPJ:
643.858.929-20) e ROBERTO PEREIRA DA SILVA (CPF:
654.932.061-53).
Ressalta-se que, de acordo com reportagem do site de notícias R$ 112.360,00
Olhar Direto, avessada pelo link
http://www.olhardireto.com.br/noticias/exibirasp?id=55759
(midia digital), Ivanor Luiz Piran é primo do empresário Valdir
Piran, sendo que ambos foram condenados em 2009 pela Justiça
Federal, pelos crimes de formação de quadrilha e crime contra o
sistema financeiro.
02/12/2010 CHEQUE R$ 112.360,00
JOSE GENIVAL COSTA LIMA, sem
informações adicionais. R$ 54.000,00
10/12/2010 CHEQUE R$ 54.000,00
JUAREZ ALVES DA COSTA, foi Deputado
Estadual da Assembleia Legislativa do Estado de Mato Grosso
nas legislaturas 2003-2007 e 2007-2011. Ex-prefeito do R$ 5.000,00
município de Sinop-MT.

02/03/2012 CHEQUE R$ 5.000,00


LD FOMENTO MERCANTIL LTDA, (CNPJ:
09.156.582/0001-74), sócios: DJALMA JOSE ALVES NETO
(CPF: 029.594.791-81) e LUCIVAL CANDIDO AMARAL
(CPF: 451.964.601-44). R$ 53.000,00
Cumpre salientar que a empresa LD Fomento Mercantil está
entre as pessoas jurídicas envolvidas na investigação da
operação "BB-PAG", deflagrada pela Delegacia Fazendária.
21/06/2011 CHEQUE R$ 53.0 O()
Total Geral R$ 224. 60,00 /

Rua 04 s/n°, Edifício Anexo 1— Procur dona défartfi-Juit a, Cuiabá-1


-'4":
, 4
14611F
CEP 78049-921 — Fone/ 36 1622/1628

. ‘
11111110.-

Mi -o
42

MINISTÉRIO) PÚBLICO) DO ESTADO DE MATO GROSSO


NÚCLEO DE AÇÕES DE COMPETÊNCIA ORIGINÁRIA CRIMINAL — NACO
GRUPO DE ATUAÇÃO ESPECIAL CONTRA O CRIME ORGANIZADO —GAECO
1.1.3 MOVIMENTAÇÕES BANCÁRIAS ENTRE TERCEIROS COMI
RELACIONAMENTO FINANCEIRO COM MAIS DE UM INVESTIGADO

O relatório técnico em questão também apresenta a análise de transações


bancárias realizadas entre terceiros que possuem relacionamentos financeiros com
mais de um investigado, o que demonstra uma circulação de valores entre os
envolvidos.

1.1.3.1 MOVIMENTAÇÕES BANCÁRIAS DAS EMPRESAS CINI E FONSECA


VIAGENS, CINI & CAVALCANTE CINI LTDA E DA PESSOA FÍSICA CLEBER
ANTONIO CINI RELACIONADAS AOS INVESTIGADOS

Segundo apurado pela Polícia Judiciária Civil, a CINI E FONSECA


VIAGENS E TURISMO LTDA (CNPJ: 02.982.558/0001-45) tem como sócios
RINALDO ROBERTO CINI, irmão de CLEBER CINI, e ARYAN LARYSSA CINI, filha
de RINALDO ROBERTO CINI.

No mesmo sentido, consta que a CINI & CAVALCANTE CINI LTDA (CNPJ:
06.124.642/0001-89) tem como sócios MARCELO HENRIQUE CINI, irmão de
CLEBER ANTONIO CINI, e DULCINEIA RUFO CAVALCANTE CINI, esposa de
SILVIO CESAR CINI que é irmão de CLEBER ANTONIO CINI.

VALORES REPASSADOS PELA EMPRESA CINI. E FONSECA VIAGENS E


URI MO LTDA E PELO SR. CLEBER ANTONIO CINI

VALOR
CINI E
FONSECA. CLEBER
VIAGENS ANTONIO Total Geral
TURISM O CINI
IR)~11~,

Pr • curadoria Geral de Jus


21 one/fax 3813 1622/1628'
43

UMTi
Tribuna)
f

MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DE MATO GROSSO


NÚCLEO DE AÇÕES DE COMPETÊNCIA ORIGINÁRIA CRIMINAL — NACO
GRUPO DE ATUAÇÃO ESPECIAL CONTRA O CRIME ORGANIZADO — GAECO

SILVIO CEZAR 2.032,20 R$ 2.032,20


R$
CORREA ARAUJO

11/10/2012 DEPÓSITOS R$ 2.032,20 R$ 2.032,20

DAUTON LUIZ
SANTOS R$ 10.660,00 R$ 10.660,00
VASCONCELLOS
04/04/2014 TRANSFERÊNCIA R$ 10.000,00 R$ 10.000,00
02/12/2015 TRANSFERÊNCIA R$ 660,00 R$ 660,00

Total Geral R$ 2.032,20 R$ 10.660,00 R$ 12.692,20

VALORES RECEBIDOS PELAS EMPRESAS CINI & CAVALCANTE CINI LTDA e


CINI FONSECA VIAGENS E TURISMO LTDA e PELO SR. CLEBER ANTONIO
CINI

VALOR (RS)
CINI E
ORIGEM TRANSAÇÃO FONSECA
CINI & CLEBER
VIAGENS
CAVALCANTE ANTONIO Total Geral
E
CINI LIDA CINI
TURISMO
LTDA
SILVIO CEZAR
1.800,00 1.800,00
CORREA ARAUJO
08/02/2011 CHEQUE 1.800,00 1.800,00
WANDERLEY FACHETI
TORRES 7.404,00 7.404,00

04/04/2011 CHEQUE 7.404,00 7.404,00


RAFAEL YAMADA
TORRES 1.351,34 1.351,34

27/02/2012 TRANSFERÊNCIA 1.351,34 1.351.34 1


DAUTON LUIZ SANTOS
VASCONCELLOS 4.150,00 4.150,00

11/07/2012 TRANSFERÊNCIA 150,00 150,00


09/11/2012 TRANSFERÊNCIA 1.000,00 1.000,00
25/01/2013 TRANSFERÊNCIA 1.000,00 1.000,00
23/04/2013 TRANSFERÊNCIA 2.000,00 2.000
SANTOS ,.
TREINAMENTO E
50.000,00 50.000,00
CAPACITAÇÃO DE
Py8S-RAL LTDA ( ç\\ ---)

Rua 04 s/n°, Edifício Anexo 1- Procuradoria eral de Justiça,


, CEP 78049-921 - Fone/fax 361 162/2/1628
44

MINISTÉRIO) PÚBLICO DO ESTADO DE MATO GROSSO


NÚCLEO DE AÇÕES DE COMPETÊNCIA ORIGINÁRIA CRIMINAL — NACO
GRUPO DE ATUAÇÃO ESPECIAL CONTRA O CRIME ORGANIZADO —•GAECO
PAGAMENTO 50.000.00
15/08/2012 50.000,00
FORNECEID.ORES

EIG MERCADOS LTDA 400.000,00 400.000,00

07/08/2013 TRANSFERÊNCIA 400.000,00 400.000,00

CLAUDEMIR PEREIRA 31.500,00 31.500,00


DOS SANTOS
11/02/2015 TRANSFERÊNCIA 31.500,00 31.500,00

MARCELO SAVI 50.000,00 50.000,00

06/04/2015 TRANSFERÊNCIA 50.000,00 50.000,00

Total Geral 500.000,00 10.555,34 35.650,00 546.205,34

1.1.3.2 MOVIMENTAÇÕES BANCÁRIAS DE CLAUDIO ROBERTO SCHOMMER


RELACIONADAS AOS INVESTIGADOS

Conforme apurado pelos investigadores de polícia, CLAUDIO ROBERTO


SCHOMMER possui relacionamentos com alguns investigados que se dão através
das sociedades em empresas, conforme se expõe:

• DECETRAN INSPECAO DE SEGURANCA VEICULAR LTDA — ME


(CNPJ: 06.259.211/0001-20): a empresa possuía como sócios
CLAUDIO ROBERTO SCHOMMER e ROQUE ANILDO
REINHEIMER, sendo que esta foi extinta em 22/04/2008;
• INSPEVAG INSPEÇÃO VEICULAR LTDA (CNPJ: 09.502.888/0001-
35): a empresa possui como sócios CLAUDIO ROBERTO
SCHOMMER e ROQUE ANILDO REINHEIMER, sendo que estes
entraram na sociedade em 09/04/2008 e saíram no data de
05/09/2014.
• CONSULTARE CONSULTORIA E ASSESSORIA EMPRESARIAL
LTDA: (CNPJ: 19.739.246/0001-08): a empresa possui como
sócios CLAUDIO RO!:ERTO HOMMER e MERISON MARCOS

4
1', j A ¡VII< I) I • I •• 'II: C. I II'. 1, kl 1.1 e Justi t•1',) i•
(:31) ,1 1
.) I I • ;Iotwil•t,< 1:1„; 2/1628
1~11knime...--_
45

Tribunal Pleno

MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DE MATO GROSSO


NÚCLEO DE AÇÕES DE COMPETÊNCIA ORIGINÁRIA CRIMINAL — NACO
GRUPO DE ATUAÇÃO ESPECIAL CONTRA O CRIME ORGANIZADO — GAECO
AMARO, sendo que este empreendimento foi constituído em
17/02/2014.

VALORES REPASSADOS POR CLAUDIO ROBERTO SCHOMMER

BENEFICIÁRIO TRANSAÇÃO VALOR


MERISON MARCOS AMARO R$ 503,78
12/12/2012 TRANSFERÊNCIA R$ 251,89
07/01/2013 TRANSFERÊNCIA R$ 251,89
ROQUE ANILDO REINHEIMER R$ 40.000,00
20/10/2009 TRANSFERÊNCIA R$ 40.000,00
Total Geral R$ 40.503,78

VALORES RECEBIDOS POR CLAUDIO ROBERTO SCHOMMER

ORIGEM TRANSAÇÃO VALOR


AMARO & LUCENAADVOGADOS
R$ 92.532,48
ASSOCIADOS
07/02/2014 TRANSFERÊNCIA R$ 199,72
21/03/2014 TRANSFERÊNCIA R$ 2.220,00
22/04/2014 TRANSFERÊNCIA R$ 600,00
29/04/2014 TRANSFERÊNCIA R$ 2.231,00
16/05/2014 TRANSFERÊNCIA R$ 1.769,00
16/06/2014 TRANSFERÊNCIA R$ 2.564,00
02/07/2014 TRANSFERÊNCIA R$ 2.000,00
03/07/2014 TRANSFERÊNCIA R$ 2.000,00
17/07/2014 TRANSFERÊNCIA R$ 1.400,00
01/08/2014 TRANSFERÊNCIA R$ 2.000,00
07/08/2014 TRANSFERÊNCIA R$ 2.655,00
11/08/2014 TRANSFERÊNCIA R$ 3.000,00
25/08/2014 TRANSFERÊNCIA R$ 1.500,0
01/09/2014 TRANSFERÊNCIA R$ 2 00,i40
12/09/2014 TRANSFERÊNCIA i.
R$ 2..11,00
01/10/2014 TRANSFERÊNCIA R$ 2.000,00
16/10/2014 TRANSFERÊNC R$ 3.150,00
20/10/2014 TRAIRNENCIIN R$ 893,55

Rua 04 s/n°, Edifício Anexo 1— Procuradoria eras de 3ffiffOrtinabá-MT


P 78049-921— Fone/fax 361 6 2/1628

ille mi

46,

MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DE MATO GROSSO


NÚCLEO DE AÇÕES DE COMPETÊNCIA ORIGINÁRIA CRIMINAL - NACO
GRUPO DE ATUAÇÃO ESPECIAL. CONTRA O CRIME ORGANIZADO - GAECO
01/12/2014 TRANSFERÊNCIA R$ 2.009.90
03/12/2014 TRANSFERÊNCIA R$ 5.200.00
11/12/2014 TRANSFERÊNCIA R$ 1.000,00
16/12/2014 TRANSFERÊNCIA R$ 260,00
23/12/2014 TRANSFERÊNCIA R$ 2.000,00
05/01/2015 TRANSFERÊNCIA R$ 2.000,00
07/01/2015 TRANSFERÊNCIA R$ 1.880.00
02/02/2015 TRANSFERÊNCIA R$ 2.000,00
05/02/2015 TRANSFERÊNCIA R$ 5.300,00
19/02/2015 TRANSFERÊNCIA R$ 2.500,00
04/03/2015 TRANSFERÊNCIA R$ 7.600,00
19/03/2015 TRANSFERÊNCIA R$ 900,00
25/03/2015 TRANSFERÊNCIA R$ 100,00
02/04/2015 TRANSFERÊNCIA R$ 10.500,00
10/04/2015 TRANSFERÊNCIA R$ 550,00
04/05/2015 TRANSFERÊNCIA R$ 2.000,00
07/05/2015 TRANSFERÊNCIA R$ 3.250,00
02/06/2015 TRANSFERÊNCIA R$ 2.000,00
03/06/2015 TRANSFERÊNCIA R$ 3.100,00
06/07/2015 TRANSFERÊNCIA R$ 3.187,88
28/10/2015 TRANSFERÊNCIA R$ 922,33
ANTONIO EDUARDO DA COSTA E
R$ 3.000,00
SILVA
23/12/2014 CHEQUE R$ 3.000,00
CLAUDEMIR PEREIRA DOS
R$ 1.282,79
SANTOS
13/06/2013 TRANSFERÊNCIA R$ 1.282,79
EIG MERCADOS LTDA R$ 10.000,00
06/02/2012 CHEQUE R$ 10.000,00
MERISON MARCOS AMARO R$ 67.539,43
07/11/2012 TRANSFERÊNCIA R$ 3.600,00
11/09/2013 TRANSFERÊNCIA R$ 1.100,00
03/06/2014 CHEQUE R$ 11.639,43
04/11/2014 TRANSFERÊNCIA R$ 12.500,00
05/11/2014 TRANSFE NCIA R$ 12.500,00
06/11/2014 \TRw\T
ANSFE NCIA R$ 8.500,00
R 21/11/2014 SFE NCIA R$ 1.000,00

ua 04 s/n , Irin.io1n)<'Iy P1"0 ,11":,1,10,11 (1:)(11.k) .11)á •i1/11*


ezi.;) on• ;< ;3;3 13 1:i9 ),/
47

r TJAIT
Tribunal Pleno

MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DE MATO GROSSO


NÚCLEO DE AÇÕES DE COMPETÊNCIA ORIGINÁRIA CRIMINAL — NACO
GRUPO DE ATUAÇÃO ESPECIAL CONTRA O CRIME ORGANIZADO — GAECO
08/01/2015 TRANSFERÊNCIA R$ 5.000,00
14/08/2015 TRANSFERÊNCIA R$ 4.700,00
16/09/2015 TRANSFERÊNCIA R$ 7.000,00
ROQUE ANILDO REINHEIMER R$ 26.000,00
15/03/2010 TRANSFERÊNCIA R$ 20.000,00
16/09/2014 CHEQUE R$ 3.000,00
04/11/2014 CHEQUE R$ 3.000,00
Total Geral R$ 200.354,70

1.1.3.3 MOVIMENTAÇÕES BANCÁRIAS DA GONÇALO DE SOUZA E CIA LTDA


ME RELACIONADAS AOS INVESTIGADOS

Conforme consta no relatório técnico, a empresa GONÇALO DE SOUZA


E CIA LTDA ME (CNPJ: 36.879.641/0001-05) possui como sócios as pessoas de
ADRIANA ROSA GARCIA DE SOUZA e JOSÉ GONÇALO DE SOUZA, sendo que
ADRIANA ROSA GARCIA DE SOUZA é servidora da Assembleia Legislativa do
Estado de Mato Grosso, exercendo as suas funções no gabinete do Deputado
Estadual MAURO LUIZ SAVI.

VALORES REPASSADOS PELA EMPRESA GONCALO DE SOUZA E CIA LTDA ME

BENEFICIÁRIO TRANSAÇÃO VALOR


ANTONIO EDUARDO DA
COSTA E SILVA R$ 1.000,00

27/08/2012 CHEQUE R$ 1.000,00


JOSE EDUARDO BOTELHO R$ 27.700,00
24/08/2010 CHEQUE R$ 2.700,00
15/04/2014 TRANSFERÊNCIA R$ 25.000,
Total Geral R$ 28.700, 9/

diticio Anexo 1— Procuradoria


CEP 78049-921 — Fone/fax 361
48

MINISTÉRIO PUBLICO DO ESTADO DE MATO GROSSO


NÚCLEO DE AÇÕES DE COMPETÊNCIA ORIGINÁRIA CRIMINAL - NACO
GRUPO DE ATUAÇÃO ESPECIAL. CONTRA O CRIME ORGANIZADO - GAECO

VALORES RECEBIDOS PELA \ I' ' ";.' . GONCALO DE SOUZA E CIA LTDA ME

ORIGEM TRANSAÇÃO VALOR

ANTONIO EDUARDO DA COSTA E SILVA R$ 6.000,00

02/06/2011 TRANSFERÊNCIA R$ 6.000,00


JOSE EDUARDO BOTELHO R$ 117.900,00
11/12/2009 CHEQUE R$ 3.250,00
17/01/2011 CHEQUE R$ 15.200,00
09/09/2011 CHEQUE R$ 12.500,00
14/09/2011 CHEQUE R$ 52.500,00
29/12/2011 CHEQUE R$ 4.400,00
17/06/2013 CHEQUE R$ 3.000,00
23/07/2013 CHEQUE R$ 1.600,00
01/08/2013 CHEQUE R$ 10.000,00
06/09/2013 CHEQUE R$ 3.000,00
12/06/2015 CHEQUE R$ 5.000,00
25/02/2011 CHEQUE R$ 7.450,00
MARCELO SAVI R$ 20.000,00
26/10/2015 TRANSFERÊNCIA R$ 20.000,00
ROQUE A NILDO REINHEIMER R$ 15.200,00
29/09/2009 CHEQUE R$ 5.000,00
05/11/2009 CHEQUE R$ 10.200,00
TEODORO MOREIRA LOPES R$ 29.100,00
29/12/2011 CHEQUE R$ 20.000,00
02/02/2012 TRANSFERÊNCIA R$ 4.500,00
27/02/2012 CHEQUE R$ 2.250,00
25/06/2012 CHEQUE R$ 2.350,00
Total Geral R$ 188.200,00

1.1.3.4 MOVIMENTAÇÕES BANCÁRIAS DA EMPRESA INVEST FOMENTO


MERCANTIL LTDA E DA PESSOA FÍSICA RAFAEL BADOTTI

ua 04 s/n°, Edifício Ane curadoirr i'


CEP 7804 onelfax' 13 16 V./ 1;39,3
49

TUNIT
Tribunal Pleno
,Z
MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DE MATO GROSSO
NÚCLEO DE AÇÕES DE COMPETÊNCIA ORIGINÁRIA CRIMINAL — NACO
GRUPO DE ATUAÇÃO ESPECIAL CONTRA O CRIME ORGANIZADO — GAECO
Conforme restou apurado, a INVEST FOMENTO MERCANTIL LTDA tem
como sócios FRANCISCO CARLOS FERRES e SILVANA BADOTTI FERRES, e no
dia 06/07/2012, efetuou uma transferência, no valor de R$ 6.280,00 (seis mil
duzentos e oitenta reais), para o investigado MAURO LUIZ SAVI.

.
ai
VALORES RECEBIDOS PELA EMPRESA INVEST FOMENTO MERCANTIL LTDAle

ORIGEM TRANSAÇÃO VALOR

CLAUDEMIR PEREIRA DOS SANTOS R$ 249.191,00


14/10/2014 CHEQUE R$ 9.828,00
03/11/2014 CHEQUE R$ 123.893,00
05/12/2014 CHEQUE R$ 91.666,00
10/12/2014 TRANSFERÊNCIA R$ 23.804,00
EIG MERCADOS LTDA R$ 154.200,00
19/11/2009 TRANSFERÊNCIA R$ 25.000,00
23/11/2009 TRANSFERÊNCIA R$ 25.000,00
20/01/2010 TRANSFERÊNCIA R$ 104.200,00

MARILCI MALHEIROS FERNANDES DE


SOUZA COSTA E SILVA R$ 13.000,00

24/12/2010 CHEQUE R$ 13.000.00


ANTONIO EDUARDO DA COSTA E SILVA R$ 22.110,00
28/12/2010 TRANSFERÊNCIA R$ 22.110,00
Total Geral R$ 438.501,00

VALORES RECEBIDOS POR RAFAEL BADOTTI

ORIGEM TRANSAÇÃO VALOR

ANTONIO EDUARDO DA COSTA E SILVA R$ 41.30 i ,00

28/01/2011 TRANSFERÊNCIA R$ 13.000,00


27/04/2012 CHEQUE R$ 4.900,00
21/01/2014 re lE S, R$ 4.900,00
_ 09/12/2011 FE' CIA R$ 1.500410

Rua 04 s/n°, Edifício Anexo 1 - Procuradoria ral e2tfátlt-teutabá-mr


EP 78049.921 - Fone/fax 3613 2/1628
50)

MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DE MATO GROSSO


NÚCLEO DE AÇÕES DE COMPETÊNCIA ORIGINÁRIA CRIMINAL — NACO
GRUPO DE ATUAÇÃO ESPECIAL CONTRA O CRIME ORGANIZADO —GAECO
01/04/2011 CHEQUE R$ 13. ~AO
26/06/2013 CHEQUE R$ 2.000,00
24/10/2013 CHEQUE R$ 2.000.00

CLAUDEMIR PEREIRA DOS SANTOS R$ 16.000,00

28/03/2013 TRANSFERÊNCIA R$ 16.000.00

MARILCI MALHEIROS FERNANDES DE


R$ 22.110,00
SOUZA COSTA E SILVA

25/07/2012 CHEQUE R$ 22.110.00


MARCELO DA COSTA E SILVA R$ 5.950,00
04/09/2014 TRANSFERÊNCIA R$ 5.950,00
Total Geral R$ 85.360,00

1.1.3.5 MOVIMENTAÇÕES BANCÁRIAS DA EMPRESA JORNAL RESUMO ON-


LINE LTDA — ME

Consta no relatório técnico que empresa JORNAL RESUMO ON-LINE


LTDA — ME tem como sócios EDSON MIGUEL VENEGA DA CONCEICAO e
ROBERTO ABRAO JUNIOR, sendo que este fez uma transferência para Marilci
Malheiros Fernandes de Souza Costa e Silva, no dia 09/02/2015, no valor de
R$ 20.000,00 (vinte mil reais).

VALORES REPASSADOS PELA EMPRESA JORNAL RESUMO ON-LINE


BENEFICIÁRIO TRANSAÇÃO VALOR
JOSE EDUARDO BOTELHO R$ 9.250,0\
0
30/06/2009 DEPÓSITOS R$ 9.250,00
MARILCI MALHEIROS
FERNANDES DE SOUZA COSTA R$ 6.952,00
E SILVA
06/06/2014 TRANSFERÊNCIA R$ 6.952,00
Total Geral r•-• (\ R$ 16.202,00

sin°, Edifício Ane ia0nradoria Geral e'Justiça, Cuiabe.MT


CEP 78049.921 - Fone/fax 3613 162 /1628
51

TJ/MT
Tribunal Pleno

MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DE MATO GROSSO


NÚCLEO DE AÇÕES DE COMPETÊNCIA ORIGINÁRIA CRIMINAL - NACO
GRUPO DE ATUAÇÃO ESPECIAL CONTRA O CRIME ORGANIZADO - GAECO

VALORES RECEBIDOS PELA EMPRESA JORNAL RESUMO ON-LINE

ORIGEM TRANSAÇÃO VALOR


EIG MERCADOS LTDA R$ 115.575,79
21/01/2010 TRANSFERÊNCIA R$ 77.946,00
25/01/2010 TRANSFERÊNCIA R$ 15.000,00
24/02/2010 TRANSFERÊNCIA R$ 22.629,79

ANTONIO EDUARDO DA COSTA E SILVA R$ 179.611,00

13/01/2011 TRANSFERÊNCIA R$ 38.350,00


23/03/2011 TRANSFERÊNCIA R$ 55.280,00
30/06/2011 TRANSFERÊNCIA R$ 10.000,00
09/12/2011 TRANSFERÊNCIA R$ 4.680,00
28/06/2011 CHEQUE R$ 20.000,00
02/08/2011 CHEQUE R$ 19.480,00
23/08/2013 CHEQUE R$ 4.500,00
02/09/2013 CHEQUE R$ 690,00
21/07/2014 CHEQUE R$ 22.791,00
13/08/2015 CHEQUE R$ 3.840,00

MARILCI MALHEIROS FERNANDES DE


SOUZA COSTA E SILVA R$ 10.000,00

02/07/2014 TRANSFERÊNCIA R$ 10.000.00


MARCELO DA COSTA E SILVA R$ 4.672,45
10/12/2014 TRANSFERÊNCIA R$ 4.672,45
IGOR DA COSTA E SILVA R$ 2.620,00
29/06/2015 TRANSFERÊNCIA R$ 2.620,00
Total Geral R$ 312.479, 4 '

1.1.3.6 MOVIMENTAÇÕES BANCÁRIAS DE LUCIANO SCAMPINI, SOCIO DA


EMPRESA GENDOC SISTEMAS E EMPREENDIMENTOS LTDA.

VALORES REPASSADOS PELO SR. LUCIANO SC

04 s/n°, Edifi io Anexo I - Procura . 'I riaa eral Justiç Cuiabá-MT


CEP 78049-921 - Fone/fax 13 622/1628 4/11~
52

MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DE MATO GROSSO


NÚCLEO DE AÇÕES DE COMPETÊNCIA ORIGINÁRIA CRIMINAL - NACO
GRUPO DE ATUAÇÃO ESPECIAL. CONTRA O CRIME ORGANIZADO -GA\ECO
BENEFICIÁRIO VA LOR1~1191
ANTONIO EDUARDO DA 100.0 -1, ,GJ
Mil
COSTA E SILVA
18/07/2014 TRANSFERÊNCIA R$ 22.791,00
21/07/2014 TRANSFERÊNCIA R$ 22.583,23
22/07/2014 TRANSFERÊNCIA R$ 30.000,00
23/07/2014 TRANSFERÊNCIA R$ 80.000,00

MARCELO DA COSTA E SILVA R$ 453.412,00

21/07/2014 TRANSFERÊNCIA R$ 25.250,00


25/11/2014 TRANSFERÊNCIA R$ 50.000,00
26/11/2014 TRANSFERÊNCIA R$ 10.000,00
27/11/2014 TRANSFERÊNCIA R$ 50.000,00
03/12/2014 TRANSFERÊNCIA R$ 40.000,00
15/12/2014 TRANSFERÊNCIA R$ 40.000,00
16/12/2014 TRANSFERÊNCIA R$ 10.000,00
23/12/2014 TRANSFERÊNCIA R$ 50.000,00
29/12/2014 TRANSFERÊNCIA R$ 37.500,00
28/01/2015 TRANSFERÊNCIA R$ 20.000,00
11/06/2015 TRANSFERÊNCIA R$ 10.000,00
12/06/2015 TRANSFERÊNCIA R$ 50.000,00
16/06/2015 TRANSFERÊNCIA R$ 17.000,00
17/06/2015 TRANSFERÊNCIA R$ 28.662,00
19/06/2015 TRANSFERÊNCIA R$ 15.000,00
ROQUE ANILDO RE1NHEIMER RS 150.000,00

04/08/2014 TRANSFERÊNCIA R$ 150 000,00


MARILCI MALHEIROS
FERNANDES DE SOUZA COSTA R$ 10.000,00
E SILVA
10/06/2015 TRANSFERÊNCIA R$ 10.000,00
IGOR DA COSTA E SILVA R$ 35.500,00
29/06/2015 TRANSFERÊNCIA R$ 8.500,00
01/09/2015 TRANSFERÊNCIA R$ 12.000,00
10/09/2015 TRANSFERÊNCIA R$ 15.000,0
Total Geral RS 804.286,23
rN n

4 s/n°, Edifício Anexo — Pr uradoria Geral de Justiça, Cuiabá-MT


CEP 78049-92 — Fone/fax 3613 1622/1628
53

1
1,1/MT
Tribunal Pleno

MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DE MATO GROSSO


NÚCLEO DE AÇÕES DE COMPETÊNCIA ORIGINÁRIA CRIMINAL — NACO
GRUPO DE ATUAÇÃO ESPECIAL CONTRA O CRIME ORGANIZADO — GAECO
Consta também no relatório que além dos valores repassados aos
investigados. LUCIANO SCAMPINI recebeu duas transferências bancárias
provenientes de MARCELO DA COSTA E SILVA, sendo estas nos dias 02/03/2015
e 02/04/2015, nas quantias de R$ 5.000,00 (cinco mil reais) e R$ 60.000,00
(sessenta mil reais), respectivamente.

1.1.3.7 MOVIMENTAÇÕES BANCÁRIAS DA EMPRESA MIRAMED-COMÉRCIO E


REPRESENTAÇÕES LTDA

Conforme apurado pelos investigadores de polícia, a empresa MIRAMED-


COMÉRCIO E REPRESENTAÇÕES LTDA possui em seu quadro societário as
pessoas de CLAUDINEI TEIXEIRA DINIZ e VALQUIRIA MARQUES SOUZA DINIZ.

VALORES REPASSADOS PELA EMPRESA MIRAMED COMERCIO E


REPRESENTACOES LTDA

BENEFICIÁRIO TRANSAÇÃO VALOR

MARILCI MALHEIROS FERNANDES


DE SOUZA COSTA E SILVA R$ 106.041,05

07/12/2012 TRANSFERÊNCIA R$ 8.000,00


14/12/2012 TRANSFERÊNCIA R$ 15.000,00
21/12/2012 TRANSFERÊNCIA R$ 10.172,05
31/01/2013 TRANSFERÊNCIA R$ 30.000,00
01/02/2013 TRANSFERÊNCIA R$ 6.200,00
10/07/2013 TRANSFERÊNCIA R$ 36.669,00
IGOR DA COSTA E SILVA R$ 3.000,00
01/02/2013 TRANSFERÊNCIA R$ 3.000,00
Total Geral R$ 109.041,05
/

dificio Anexo 1- rocuradoria Geral • Justiça, Cuiabá-


CEP 78049-921 - on fax 3613 1622/1628

R
54

MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DE MATO GROSSO


NÚCLEO DE AÇÕES DE COMPETÊNCIA ORIGINÁRIA CRIMINAL - NACO
GRUPO DE ATUAÇÃO ESPECIAL. CONTRA O CRIME ORGANIZADO - GAECO

VALORES RECEBIDOS PELA EMPRESA MIRAMED COMERCIO E


REPRESENTACOES LTDA

ORIGEM TRANSAÇÃO VALOR

CLAUDEMIR PEREIRA DOS SANTOS R$ 1.430.000,00

19/08/2013 TRANSFERÊNCIA R$ 120.000,00


17/09/2013 TRANSFERÊNCIA R$ 70.000,00
22/10/2013 TRANSFERÊNCIA R$ 80.000,00
23/10/2013 TRANSFERÊNCIA R$ 40.000,00
18/11/2013 TRANSFERÊNCIA R$ 120.000,00
16/12/2013 TRANSFERÊNCIA R$ 40.000,00
18/12/2013 TRANSFERÊNCIA R$ 80.000,00
14/01/2014 TRANSFERÊNCIA R$ 40.000,00
15/01/2014 TRANSFERÊNCIA R$ 80.000,00
17/02/2014 TRANSFERÊNCIA R$ 120.000,00
17/03/2014 TRANSFERÊNCIA R$ 120.000,00
16/04/2014 TRANSFERÊNCIA R$ 80.000,00
19/05/2014 TRANSFERÊNCIA R$ 80.000,00
01/09/2014 TRANSFERÊNCIA R$ 120.000,00
07/10/2014 TRANSFERÊNCIA R$ 120.000,00
05/11/2014 TRANSFERÊNCIA R$ 120.000,00
MARCELO DA COSTA E SILVA R$ 7.795,77
04/09/2014 TRANSFERÊNCIA R$ 7.795,77

MARILCI MALHEIROS FERNANDES


R$ 178.361,29
DE SOUZA COSTA E SILVA

30/01/2013 CHEQUE R$ 28.194,00


14/08/2013 CHEQUE R$ 105.440,29
26/08/2013 CHEQUE R$ 44.727,00

WANDERLEY FACHETI TORRES R$ 2.200,00

07/07/2014 CHEQUE R$ 2.200,00


Total Geral R$ 1.618.357,06

1.1.3.8 MOVIMENTAÇÕES BAN ÁRI MILIARES DO INVESTIGADO


QUE ANILDO REINHEIMER

An:mol • ;'.cciii:bloild
/31"1•1!)-!)21 • ;:on:Víax .3313 1:39./139.3
55

TJ/MT
Tribunal Pleno
Fls. Z'S,
MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DE MATO GROSSO
NÚCLEO DE AÇÕES DE COMPETÊNCIA ORIGINÁRIA CRIMINAL — NACO
GRUPO DE ATUAÇÃO ESPECIAL CONTRA O CRIME ORGANIZADO — GAECO
Conforme restou apurado, Eduardo Reinheimer é sobrinho de ROQUE
REINHEIMER, sendo GLADIS POLLA REINHEIMER a possível convivente de
ROQUE REINHEIMER. As pessoas de Maria Eduarda Sousa Reinheimer, JANAINA
POLLA REINHEIMER e JULIANA POLLA REINHEIMER são filhas de ROQUE
REINHEIMER, sendo que esta última vinculou-se em fevereiro de 2017 à
Assembleia Legislativa de Mato Grosso. Por fim, Nelson Reinheimer é irmão de
ROQUE REINHEIMER.

VALORES REPASSADOS PELA EMPRESA EIG MERCADOS POSSUINDO COMO


BENEFICIÁRIOS PESSOAS LIGADAS A FAMÍLIA REINHEIMER

BENEFICIÁRIO TRANSAÇÃO VALOR

GLADIS POLLA REINHEIMER R$ 80.000,00

12/03/2010 TRANSFERÊNCIA R$ 80.000,00


JANAINA POLLA REINHEIMER R$ 130.552,48
26/05/2011 TRANSFERÊNCIA R$ 7.038,75
24/07/2013 TRANSFERÊNCIA R$ 7.708,90
26/08/2013 TRANSFERÊNCIA R$ 7.708,90
24/09/2013 TRANSFERÊNCIA R$ 7.708,90
25/10/2013 TRANSFERÊNCIA R$ 7.708,90
25/11/2013 TRANSFERÊNCIA R$ 7.708,90
26/12/2013 TRANSFERÊNCIA R$ 7.708,90
27/01/2014 TRANSFERÊNCIA R$ 7.726,04
28/02/2014 TRANSFERÊNCIA R$ 7.726,04
28/03/2014 TRANSFERÊNCIA R$ 7.726,04
29/04/2014 TRANSFERÊNCIA R$ 7.726.03
29/05/2014 TRANSFERÊNCIA R$ 7.726,03
27/06/2014 TRANSFERÊNCIA R$ 7.726,03
28/07/2014 TRANSFERÊNCIA R$ 7.726,03
28/08/2014 TRANSFERÊNCIA R$ 7.726,0
25/09/2014 TRANSFERÊNCIA R$ 7.726,03
03/11/2014 TRANSFERÊNCIA R$ 7.726,03
13 ANA POLLA REINHEIMER R$ 60.000,00

siu°, Edifício Anexo 1 - Proc stiça, Cuiabá-M


56

MINISTÉRIO PülzILICO DO ESTADO DE MATO GROSSO


NÚCLEO DE AÇÕES DE. COMIPETÊNCIA ORIGINÁRIA CRIMINAL - NACO
GRUPO DE ATUAÇÃO) ESPECIAL CONTRA O CRIME ORGANIZADO - GAECO
12/032010 TRANSFERÊNCIA RS 60.000.00

TOTAL GERAL R$ 270.552,48

.1 P r P.. • IDOS PELO SR ROQUE ANILDO REINHEIMER ORIUNDOS DE


'ESSOAS LIGADAS A FAMÍLIA REINHEIMER

ORIG :1:1`/ : TRANSAÇÃO VALOR

EDUARDO REINHEIMER R$ 6.988,00


20/04/2012 TRANSFERÊNCIA R$ 6.988,00
GLADIS POLLA
R$ 7.000,00
REINHEIMER
05/02/2010 TRANSFERÊNCIA R$ 1.000,00
09/05/2012 TRANSFERÊNCIA R$ 6.000,00
JANAINA POLLA
R$ 91.515,00
REINHEIMER
29/01/2014 TRANSFERÊNCIA R$ 5.015,00
26/03/2014 TRANSFERÊNCIA R$ 3.000,00
13/05/2014 TRANSFERÊNCIA R$ 5.000,00
14/05/2014 TRANSFERÊNCIA R$ 5.000,00
16/05/2014 TRANSFERÊNCIA R$ 73.500,00
JULIANA POLLA
R$ 5.500,00
REINHEIMER
11/04/2012 TRANSFERÊNCIA R$ 1.500,00
15/08/2014 TRANSFERÊNCIA R$ 2.000,00
16/03/2015 TRANSFERÊNCIA R$ 1.000,00
19/05/2015 TRANSFERÊNCIA R$ 1.000,00
MARIA EDUARDA SOUSA
R$ 1.119,59
REINHEIMER
12/03/2012 TRANSFERÊNCIA R$ 1.119,59
NELSON REINHEIMER R$ 86.000,00
08/05/2012 TRANSFERÊNCIA R$ 3.000,00
18/05/2012 TRANSFERÊNCIA R$ 13.000,00
22/04/2013 TRANSFERÊNCIA R$ 50.000,00
06/08/2013 TRANSFERÊNCIA R$ 10.000,00
28/07/2014 TRANSFERÊNCIA R$ 10.000,00
r\ TOTAL GERAL
("N\
R$ 198.122,59
/I 1

s/n°, Edifício Anexo — Pr uradoria ral de Justiça, Guiana-MT


CEP 78049-9 one/fax 3613 622/1628
57
TJ/MT
Tribunal Pleno
!F-s.°

MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DE MATO GROSSO


NÚCLEO DE AÇÕES DE COMPETÊNCIA ORIGINÁRIA CRIMINAL — NACO
GRUPO DE ATUAÇÃO ESPECIAL CONTRA O CRIME ORGANIZADO — GAECO

VALORES RECEBIDOS PELA CONSTRUTORA ASA LTDA (DE PROPRIEDADE DE


CLAUDEMIR PERERIRA DOS SANTOS) ORIUNDOS DE PESSOAS LIGADAS A
FAMÍLIA REINHEIMER
ORIGEM TRANSAÇÃO VALOR

GLADIS POLLA REINHEIMER R$ 70,00


05/04/2011 TRANSFERÊNCIA R$ 70,00
NELSON REINHEIMER R$ 37.888,00
12/07/2010 TRANSFERÊNCIA R$ 1.988,00
17/11/2010 TRANSFERÊNCIA R$ 17.000,00
24/11/2010 TRANSFERÊNCIA R$ 18.900,00
TOTAL GERAL R$ 37.958,00

Além da CONSTRUTORA ASA, outros investigados receberam valores de


familiares de ROQUE ANILDO REINHEIMER. Neste sentido, o relatório técnico
aponta que no dia 05/04/2010, o investigado CLAUDEMIR PEREIRA DOS SANTOS
recebeu uma transferência, no valor de R$ 5.450,32 (cinco mil, quatrocentos e
cinquenta reais e trinta e dois centavos), proveniente de JULIANA POLLA
REINHEIMER, filha de ROQUE, bem como que no dia 26/09/2012, o investigado
MERISON MARCOS AMARO recebeu uma transferência no valor de R$ 25.000,00
(vinte e cinco mil reais) proveniente de JULIANA POLLA REINHEIMER, filha de
ROQUE ANILDO REINHEIMER.

VALORES REPASSADOS PELA CONSTRUTORA ASA LTDA POSSUINDO COMO


BENEFICIÁRIOS PESSOAS LIGADAS A FAMÍLIA REINHEIMER

BENEFICIÁRIO TRANSAÇÃO VALOR

GLADIS POLLA REINHEIMER 4.000,00

23/03/2010 TRANSFERÊNCIA 1.000,00


08/06/2010 TRANSF RÊNCIA 200,00
15/06/2010 • SF \\\ NCIA 800,00

__ -- - ill Rua 04 stn°, Edifício Anexo 1- Proc adoria Ge"— a, Cuiabá-M , '1Ì
CEP 78049.921 - Fon- - x2,13 1622/1628 -------- r,
"--- --
MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DE MATO GROSSO
NÚCLEO DE AÇÕES DE COMPETÊNCIA ORIGINÁRIA CRIMINAL - NACO
GRUPO DE ATUAÇÃO ESPECIAL CONTRA O CRIME ORGANIZADO - GAECO
19/07/2010 TRANSFERÊNCIA 1.000.00
10/09/2010 TRANSFERÊNCIA 1.000.00

JULIANA POLLA REINHEIMER 3.850,00

22/12/2009 TRANSFERÊNCIA 1.500,00


05/03/2010 TRANSFERÊNCIA 350,00
23/04/2010 PAGAMENTO CONTAS 300,00
08/06/2010 TRANSFERÊNCIA 300,00
15/06/2010 TRANSFERÊNCIA 200,00
29/07/2010 TRANSFERÊNCIA 1.200,00
NELSON REINHEIMER 28.435,00
25/06/2009 CHEQUE 525,00
01/09/2009 TRANSFERÊNCIA 7.000,00
13/11/2009 TRANSFERÊNCIA 6.670,00
21/07/2010 CHEQUE 320,00
08/12/2010 CHEQUE 2.000,00
10/12/2010 CHEQUE 3.000,00
26/01/2011 TRANSFERÊNCIA 8.920,00
TOTAL GERAL 36.285,00

VALORES REPASSADOS PELO INVESTIGADO ROQUE ANILDO REINHEIMER


POSSUINDO COMO BENEFICIÁRIOS PESSOAS LIGADAS A FAMÍLIA REINHEIMER

BENEFICIÁRIO TRANSAÇÃO VALOR

GLADIS POLLA REINHEIMER R$ 101.900,00

03/11/2009 CHEQUE R$ 6.000,00


11/11/2009 TRANSFERÊNCIA R$ 15.000,00
03/05/2011 CHEQUE R$ 5.000,00
03/10/2011 CHEQUE R$ 13.000,00
16/11/2011 CHEQUE R$ 6.000,00
29/11/2011 PAGAMENTO CONTAS R$ 5.000,00
10/02/2012 CHEQUE R$ 2.300,00
05/03/2012 CHEQUE R$ 10.000,00
05/04/2012 CHEQI1 R$ 8.000,00
r. 30/05/2012 HEQ R$ 8• 000,00
."-1

Rua 04 s/n°, Edifício Anexai-{$rocuj doria


-- CEP 78049-921 - e/fax 36 j-3 r3 .2I
r
\nliegliew
~UR
59

Tribunal Pleno

MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DE MATO GROSSO


NÚCLEO DE AÇÕES DE COMPETÊNCIA ORIGINÁRIA CRIMINAL - NACO
GRUPO DE ATUAÇÃO ESPECIAL CONTRA O CRIME ORGANIZADO - GAECO

VALORES REPASSADOS PELO INVESTIGADO ROQUE ANILDO REINHEIMER


POSSUINDO COMO BENEFICIÁRIOS PESSOAS LIGADAS A FAMiLIA REINHEIMER

BENEFICIÁRIO TRANSAÇÃO VALOR


26/07/2012 TRANSFERÊNCIA R$ 13,000,00
16/01/2013 TRANSFERÊNCIA R$ 10.000,00
12/09/2013 TRANSFERÊNCIA R$ 600,00

JANAINA POLLA REINHEIMER R$ 15.500,00

25/11/2011 CHEQUE R$ 6.000,00


23/08/2013 CHEQUE R$ 5.000,00
16/01/2014 TRANSFERÊNCIA R$ 4.500,00

JULIANA POLLA REINHEIMER R$ 450.300,00

02/06/2010 CHEQUE R$ 500,00


26/04/2011 CHEQUE R$ 5.000,00
05/12/2011 CHEQUE R$ 9.000,00
07/05/2012 CHEQUE R$ 9.000,00
02/07/2012 TRANSFERÊNCIA R$ 8.000,00
04/09/2012 TRANSFERÊNCIA R$ 8.000,00
25/09/2012 CHEQUE R$ 58.000,00
28/09/2012 TRANSFERÊNCIA R$ 25.000,00
11/10/2012 TRANSFERÊNCIA R$ 55.000,00
06/11/2012 PAGAMENTO CONTAS R$ 8.000,00
14/11/2012 TRANSFERÊNCIA R$ 38.000,00
05/02/2013 PAGAMENTO CONTAS R$ 8.000,00
20/03/2013 CHEQUE R$ 5.000,00
01/04/2013 CHEQUE R$ 3.000,00
09/04/2013 PAGAMENTO CONTAS R$ 5.000,00
23/04/2013 CHEQUE R$ 3.000,00
06/05/2013 PAGAMENTO CONTAS R$ 8.000,00
31/05/2013 CHEQUE R$ 5.000,00
10/06/2013 TRANSFERÊNCIA R$ 3.000,00
02/07/2013 TRANSFERÊNCIA R$ 8.000,0
22/07/2013 TRANSFERÊNCIA R$ 5.000,00
05/08/2013 CHEQUE R$ 8.000,00
di 04/09/2013 CHEQ R$ 500,C)6\

, Edifício Anexo 1— Pr. ura ria Geral d • ustiça, Cuiabá-MT


P 7 049-921 — Fo f 622/1628
60

MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DE MATO GROSSO


NÚCLEO DE AÇÕES DE COMPETÊNCIA ORIGINÁRIA CRIMINAL — NACO
GRUPO DE ATUAÇÃO ESPECIAL CONTRA O CRIME ORGANIZADO —GAECO
14111~111111~11.1ffir
VALORES REPASSADOS PELO INVESTIGADO ROQUE ANILDO REINHEIME
1 ,...,...I1”-/.111 ,13 ,,
,

BEN~RIO TRANSAÇÃO VA~


10/09/2013 TRANSFERÊNCIA R$ 8.000,00
30/09/2013 TRANSFERÊNCIA R$ 5.000,00
11/10/2013 CHEQUE R$ 8.000,00
15/10/2013 TRANSFERÊNCIA R$ 8.000,00
21/10/2013 TRANSFERÊNCIA R$ 2.000,00
22/10/2013 TRANSFERÊNCIA R$ 600,00
14/11/2013 TRANSFERÊNCIA R$ 1.000,00
18/11/2013 TRANSFERÊNCIA R$ 7.000,00
29/11/2013 TRANSFERÊNCIA R$ 1.000,00
02/12/2013 CHEQUE R$ 4.000,00
12/12/2013 CHEQUE R$ 8.000,00
13/01/2014 TRANSFERÊNCIA R$ 8.000,00
10/02/2014 TRANSFERÊNCIA R$ 6.100,00
11/02/2014 TRANSFERÊNCIA R$ 5.000,00
11/03/2014 TRANSFERÊNCIA R$ 8.000,00
14/04/2014 CHEQUE R$ 8.000,00
07/05/2014 CHEQUE R$ 8.000,00
02/06/2014 CHEQUE R$ 8.100,00
07/07/2014 CHEQUE R$ 8.000,00
02/09/2014 CHEQUE R$ 8.000,00
09/09/2014 CHEQUE R$ 1.000,00
01/10/2014 TRANSFERÊNCIA R$ 1.000,00
02/10/2014 TRANSFERÊNCIA R$ 1.000,00
03/10/2014 TRANSFERÊNCIA R$ 1.000,00
06/10/2014 TRANSFERÊNCIA R$ 2.000,00
09/10/2014 TRANSFERÊNCIA R$ 3.000,00
31/10/2014 CHEQUE R$ 9.500,00
24/11/2014 PAGAMENTO CONTAS R$ 4.000,00
05/12/2014 CHEQUE R$ 4.000,00
24/12/2014 TRANSFERÊNCIA R$ 1.000,00
26/12/2014 TRANSFE i's CIA R$ 1.000,00
29/12/2014 iSFE' CIA R$ 1.000,00
02/01/2015 T SFE ' :,, CIA R$ /1.000,00
___n t

;"-Edifício Anexo- 1— P du
CEP 78049-921 — F ne/fax 3613 1622/1628
61
TJAWri
Tribunal Mer?oi

F1s )
MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DE MATO GROSSO
NÚCLEO DE AÇÕES DE COMPETÊNCIA ORIGINÁRIA CRIMINAL - NACO
GRUPO DE ATUAÇÃO ESPECIAL CONTRA O CRIME ORGANIZADO - GAECO

VALORES REPASSADOS PELO INVESTIGADO ROQUE ANILDO REINHEINIER


POSSUINDO COMO BENEFICIÁRIOS PESSOAS LIGADAS A FAMÍLIA REINHEIMER

BENEFICIÁRIO TRANSAÇÃO VALOR


05/01/2015 TRANSFERÊNCIA R$ 2.000,00
07/01/2015 CHEQUE R$ 3.000,00
09/02/2015 SAQUE ELETRÔNICO R$ 10.000,00
LEONARDO REINHEIMER
R$ 15.300,00
CONTE
10/03/2014 CHEQUE R$ 1.100,00
18/03/2014 CHEQUE R$ 1.000,00
31/03/2014 TRANSFERÊNCIA R$ 3.000,00
14/04/2014 CHEQUE R$ 1.000,00
07/05/2014 CHEQUE R$ 1.000,00
12/05/2014 CHEQUE R$ 300,00
02/06/2014 CHEQUE R$ 1.500,00
05/06/2014 TRANSFERÊNCIA R$ 500,00
07/07/2014 CHEQUE R$ 1.200,00
05/09/2014 CHEQUE R$ 1.200,00
21/10/2014 CHEQUE R$ 1.200,00
05/11/2014 CHEQUE R$ 1.200,00
05/12/2014 CHEQUE R$ 1.100,00
MARIA EDUARDA SOUSA
REINHEIMER R$ 149.585,50
09/08/2010 CHEQUE R$ 2.000,00
25/01/2012 TRANSFERÊNCIA R$ 1.000,00
30/01/2012 TRANSFERÊNCIA R$ 1.000,00
09/02/2012 TRANSFERÊNCIA R$ 722,00
15/02/2012 TRANSFERÊNCIA R$ 150,00
28/02/2012 TRANSFERÊNCIA R$ 287,50
02/03/2012 TRANSFERÊNCIA R$ 1.000,00/
05/03/2012 TRANSFERÊNCIA R$ 1.000,0
06/03/2012 TRANSFERÊNCIA R$ 750,00
13/03/2012 TRANSFERÊNCIA R$ 400,00
22/03/2012 TRANSFERÊNCIA R$ 200,00
03/04/2012 (...Z4NSFERÊNCIA R$ 1.000,00
.e---1 05/04/2012 SFERNCIA R$ 1.000,00

41Sua 04 s/n°, Edifício Anexo 1— Pro radorta or.4e'rWrie" tiça, Cuiabá-MT


62

MINISTÉRIO IP() LIICO DO ESTADO DE MATO GROSSO,


NÚCLEO DE AÇÕES DE COMPETÊNCIA ORIGINÁRIA CRIMINAL - NACO
GRUPO DE ATUAÇÃO) ESPECIAL CONTRA O CRIME ORGANIZADO — GAECO
1,1111~111~1.~"
VALORES REPASSADOS PELO INVESTIGADO ROQUE ANILDO REINHEI
POSSUINDO COMO BENEFICIÁRIOS PESSOAS LIGADAS A FAMILIA REINHEIMEIVP

BENEFICIÁ ii AWANSAÇÃO VALOR


09/04/2012 TRANSFERÊNCIA R$ 1.000,00
10/04/2012 TRANSFERÊNCIA R$ 700,00
25/04/2012 TRANSFERÊNCIA R$ 130,00
07/05/2012 PAGAMENTO CONTAS R$ 3.732,00
23/05/2012 TRANSFERÊNCIA R$ 400,00
3 1/05/20 12 TRANSFERÊNCIA R$ 1.000,00
04/06/2012 PAGAMENTO CONTAS R$ 2.720,00
10/07/2012 PAGAMENTO CONTAS R$ 3.732,00
04/09/2012 TRANSFERÊNCIA R$ 3.730,00
04/10/2012 TRANSFERÊNCIA R$ 3.730,00
06/11/2012 PAGAMENTO CONTAS R$ 3.850,00
03/12/2012 TRANSFERÊNCIA R$ 3.732,00
09/01/2013 TRANSFERÊNCIA R$ 740,00
05/02/2013 PAGAMENTO CONTAS R$ 3.730,00
19/02/2013 TRANSFERÊNCIA R$ 320,00
06/03/2013 TRANSFERÊNCIA R$ 3.730,00
27/03/2013 TRANSFERÊNCIA R$ 150,00
09/04/2013 PAGAMENTO CONTAS R$ 4.000,00
06/05/2013 PAGAMENTO CONTAS R$ 4.000,00
05/06/2013 PAGAMENTO CONTAS R$ 4.200,00
08/07/2013 TRANSFERÊNCIA R$ 4.000,00
15/08/2013 TRANSFERÊNCIA R$ 4.150,00
10/09/2013 TRANSFERÊNCIA R$ 4.100,0
14/10/2013 TRANSFERÊNCIA R$ 4.600,0
13/11/2013 TRANSFERÊNCIA R$ 4.400,00
13/01/2014 TRANSFERÊNCIA R$ 5.000,00
11/02/2014 TRANSFERÊNCIA R$ 4.500,00
11/03/2014 TRANSFERÊNCIA R$ 5.000,00
14/04/2014 CHEQUE R$ 5.000,00
13/05/2014 CHEQUE R$ 5.000,00
11/06/2014 CHEQUE R$ 5.000,00
11/07/2014 C1. R$ 5.000,00
13/08/2014 CITES R$ 4.200,00
79 i_. ,, / ,7")/
I • 'irociv•iiteria t:)••• ustiça,Cuiabá4VIT
(;i;' /'3Q'.•)')9. I 331. ;).) '628
63

TJÏN.1
Tribunal P)o

MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DE MATO GROSSO


NÚCLEO DE AÇÕES DE COMPETÊNCIA ORIGINÁRIA CRIMINAL — NACO
GRUPO DE ATUAÇÃO ESPECIAL CONTRA O CRIME ORGANIZADO — GAECO

VALORES REPASSADOS PELO INVESTIGADO ROQUE ANILDO REINHEIMER


POSSUINDO COMO BENEFICIÁRIOS PESSOAS LIGADAS A FAMÍLIA REINHEIMER

BENEFICIÁRIO TRANSAÇÃO VALOR


16/09/2014 PAGAMENTO CONTAS R$ 4.500,00
21/10/2014 CHEQUE R$ 4.500,00
14/11/2014
15/12/2014
03/02/2015
TRANSFERÊNCIA
CHEQUE
TRANSFERÊNCIA
R$
R$
R$
4.200,00
4.500,00
1.000,00

06/02/2015 TRANSFERÊNCIA R$ 3.600,00
25/02/2015 TRANSFERÊNCIA R$ 4.500,00
31/03/2015 TRANSFERÊNCIA R$ 1.000,00
01/04/2015 TRANSFERÊNCIA R$ 1.000,00
06/04/2015 TRANSFERÊNCIA R$ 1.000,00
NELSON REINHEIMER R$ 97.800,00
27/07/2009 CHEQUE R$ 2.800,00
03/10/2011 CHEQUE R$ 55.000,00
04/10/2012 TRANSFERÊNCIA R$ 5.000,00
14/11/2012 TRANSFERÊNCIA R$ 25.000,00
06/03/2013 TRANSFERÊNCIA R$ 10.000,00
TOTAL GERAL RS

Além disso o relatório aponta ainda que no dia 06/10/2010 o investigado


830.385,50
i
CLAUDEMIR PEREIRA DOS SANTOS fez uma transferência para Nelson
Reinheimer, no valor de R$ 3.000,00 (três mil reais), bem como que no dia
19/08/2015, em que investigado ANTONIO EDUARDO DA COSTA E SILVA emitiu
um cheque no valor de R$ 4.000,00 (quatro mil reais), possuindo como beneficiári /
JANAINA POLLA REINHEIMER, filha de ROQUE ANILDO REINHEIMER.

1.1.3.9 MOVIMENTAÇÕES BANCÁRIAS DA EMPRESA UNIÃO TRANSPORTE E


TURISMO LTDA

ua 04 s/n°, Edifício Anexo 1- Pr uradoridde-Mla°6-3ü ça, Cuiaba-MT


CEP 78049-921 - Fo e/fax x 613 1622/1628
64

MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DE MATO GROSSO


NÚCLEO DE AÇÕES DE COMPETÊNCIA ORIGINÁRIA CRIMINAL — NACO
GRUPO DE ATUAÇÃO ESPECIAL CONTRA O CRIME ORGANIZADO — GAECO
Consta do relatório técnico que a empresa UNIÃO TRANSPORTE E
TURISMO LTDA possui como ex-sócio o investigado JOSE EDUARDO BOTELHO
(período: 06/03/2001 — 18/12/2015), sendo que atualmente seu quadro societário é
composto por o ROMULO CESAR BOTELHO e EDUARDO RODRIGO BOTELHO,
respectivamente, irmão e filho de JOSE EDUARDO BOTELHO.

- VALORES REPASSADOS PELA EMPRESA UNIAO TRANSPORTES

BENEFICIÁRIO TRANSAÇÃO VALOR


ANTONIO EDUARDO DA
RS 44.260,00
COSTA E SILVA
05/12/2012 TRANSFERÊNCIA R$ 2.400,00
15/01/2013 TRANSFERÊNCIA R$ 2.400,00
15/02/2013 TRANSFERÊNCIA R$ 2.400,00
15/03/2013 TRANSFERÊNCIA R$ 2.400,00
15/04/2013 TRANSFERÊNCIA R$ 2.400,00
16/05/2013 TRANSFERÊNCIA R$ 3.540,00
03/06/2013 TRANSFERÊNCIA R$ 2.700,00
17/06/2013 TRANSFERÊNCIA R$ 3.540,00
24/06/2013 TRANSFERÊNCIA R$ 2.700,00
10/07/2013 TRANSFERÊNCIA R$ 2.700,00
16/07/2013 TRANSFERÊNCIA R$ 3.540,00
16/08/2013 TRANSFERÊNCIA R$ 3.540,11
20/05/2014 TRANSFERÊNCIA R$ 3.500,01
20/06/2014 TRANSFERÊNCIA R$ 3.500,0 '
25/06/2014 TRANSFERÊNCIA R$ 1.000,00
25/07/2014 TRANSFERÊNCIA R$ 1.000,00
25/08/2014 TRANSFERÊNCIA R$ 1.000,00
JOSE EDUARDO BOTELHO R$ 184.410,00
27/10/2011 CHEQUE R$ 4.900,00
31/10/2011 CHEQUE R$ 9.800,00
01/11/2011 CHEQUE R$ 4.900,00
04/11/2011 CHEQUE R$ 9.800,00
07/11/2011 r\ CHEQ R$ 4.900,00
n 11/11/2011 CHEQ T R$ 19.000,00

MA
„ - I1lá
~
:.,Iiileio:111,}.< 0 I • (12g ,k)
Mi) 19 99, i • ; owV(.1.< 1.3 1'39,/
65

TJAVITI
Tribunal Pleno(
Rs..N
MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DE MATO GROSSO
NÚCLEO DE AÇÕES DE COMPETÊNCIA ORIGINÁRIA CRIMINAL - NACO
GRUPO DE ATUAÇÃO ESPECIAL CONTRA O CRIME ORGANIZADO - GAECO
14/11/2011 CHEQUE R$ 9.800,00
30/11/2011 CHEQUE R$ 30.000,00
28/12/2011 CHEQUE R$ 2.000,00
22/02/2012 CHEQUE R$ 15.000,00
25/05/2012 CHEQUE R$ 3.000,00
28/08/2012 CHEQUE R$ 5.800,00


03/09/2012 CHEQUE R$ 9.600,00
26/12/2012 CHEQUE R$ 4.000,00
02/04/2013 CHEQUE R$ 7.610,00
23/04/2013 CHEQUE R$ 2.000,00
09/05/2013 CHEQUE R$ 600,00
24/06/2013 CHEQUE R$ 2.000,00
04/09/2013 CHEQUE R$ 2.000,00
19/12/2013 CHEQUE R$ 2.000,00
20/12/2013 CHEQUE R$ 600,00
11/02/2014 CHEQUE R$ 600,00
25/02/2014 CHEQUE R$ 4.000,00
27/02/2014 CHEQUE R$ 1.500,00
25/03/2014 CHEQUE R$ 4.500,00
03/04/2014 CHEQUE R$ 1.000,00
24/04/2014 CHEQUE R$ 1.000,00
25/04/2014
02/05/2014
13/05/2014
17/07/2014
17/12/2014
CHEQUE
CHEQUE
CHEQUE
CHEQUE
CHEQUE
R$
R$
R$
R$
R$
600,00
13.800,00
1.100,00
600,00
2.200,00

22/01/2015 CHEQUE R$ 2.200,00
29/04/2015 CHEQUE R$ 1.000,00
26/08/2015 CHEQUE R$ 10.000,00
Total Geral R$ 228.670,00
1

VALORES RECEBIDOS PELA EMPRESA UNIAO TRANSPORTES


., . ,. .

ORIGEM TRANSAÇÃO
JOSE EDUARDO BOTELHO R$ 29.660,00
1£11.11.2011 CHEQUE R$ 14.700,00

Edifício Anexo 1 — Pr curadoria eral de Justiça, Cuiabá-MT


CEP 78049-921 — F e/fa 3613 1622/1628
MINISTÉRIO) PÚBLICO DO ESTADO DE MATO GROSSO)
NÚCLEO DE AÇÕES DE COMPETÊNCIA ORIGINÁRIA CRIMINAL — NACO
GRUPO DE ATUAÇÃO) ESPECIAL CONTRA O CRIME ORGANIZADO —GALEGO
08/12/2011 CHEQUE R$ 1.5001,00
08/03/2012 CHEQUE R$ 3.000.0X
16/03/2012 CHEQUE R$ 8.000,00
09/09/2015 CHEQUE R$ 960,00
14/10/2015 CHEQUE R$ 1.500,00
EIG MERCADOS LTDA R$ 50.000,00
09/10/2009 TRANSFERÊNCIA R$ 50.000,00
ROQUE ANILDO RE1NHEIMER R$ 40.000,00
07/10/2009 TRANSFERÊNCIA R$ 40.000.00
Total Geral R$ 119.660,00

1.1.3.10 MOVIMENTAÇÕES BANCÁRIAS REALIZADAS POR JOSE KOBORI E


POR EMPRESAS RELACIONADAS A ELE

O relatório técnico aponta que que JOSE KOBORI é membro do


Conselho de Administração a empresa CANAL DA PECA S.A. (CNPJ:
16.756.261/0001-76).

Consta também que KOBORI seria sócio estrategista da empresa JK


CAPITAL CONSULTORIA E ASSESSORIA EMPRESARIAL LTDA (CNPJ:
14.702.590/0001-09).

Demonstra, por fim, o relatório que JOSE KOBORI é sócio da JK


DESENVOLVIMENTO HUMANO E TREINAMENTO GERENCIAL LTDA — EPP
(CNPJ: 11.763.629/0001-00), ao lado de Eliana Carla Barcelos Kobori e de Maria d
Penha Oliveira da Silva.

VALORES REPASSADOS PELA EIG MERCADOS/FLD PARA JOSE KOBORI E


EMPRESAS RELACIONADAS A ELE
BENEFICIÁRIO VA`~
eppin~
401111111.1"---- alizik~e.t.ta 04 S"n°, Edifício Anex 1- Procuradoria Ge al de Justiça, Cuiabá-MT
CEP 78049- 1 - Fone/fax 3613 4822/1628
67

TJAIT
Tribunal Pleno

MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DE MATO GROSSO


NÚCLEO DE AÇÕES DE COMPETÊNCIA ORIGINÁRIA CRIMINAL — NACO
GRUPO DE ATUAÇÃO ESPECIAL CONTRA O CRIME ORGANIZADO — GAECO

VALORES REPASSADOS PELA EIG MERCADOS/FLD PARA JOSE KOBORI E


EMPRESAS RELACIONADAS A ELE
BENEFICIÁRIO TRANSAÇÃO VALOR
JK DESENVOLVIMENTO HUMANO E
TREINAMENTO GERENCIAL LTDA— R$ 255.627,50
EPP


2013 R$ 171.162,50
set TRANSFERÊNCIA R$ 44.465,00
out TRANSFERÊNCIA R$ 42.232,50
nov TRANSFERÊNCIA R$ 42.232,50
dez TRANSFERÊNCIA R$ 42.232,50
2014 R$ 84.465,00
jan TRANSFERÊNCIA R$ 42.232,50
fev TRANSFERÊNCIA R$ 42.232,50
JK CAPITAL CONSULTORIA E
R$ 723.337,40
ASSESSORIA EMPRESARIAL LTDA
2012 R$ 33.770,00
ago TRANSFERÊNCIA R$ 7.500,00
out TRANSFERÊNCIA R$ 7.500,00
nov TRANSFERÊNCIA R$ 9.385,00
dez TRANSFERÊNCIA R$ 9.385,00
2013 R$ 170.431,60
jan TRANSFERÊNCIA R$ 9.385,00
fev TRANSFERÊNCIA R$ 9.385,00
mar TRANSFERÊNCIA R$ 23.462,50
abr TRANSFERÊNCIA R$ 9.385,00
jun TRANSFERÊNCIA R$ 28.155,00
jul TRANSFERÊNCIA R$ 9.385,00
ago TRANSFERÊNCIA R$ 9.385,00
set TRANSFERÊNCIA R$ 9.385 e t
out TRANSFERÊNCIA R$ 11.44 • O
nov TRANSFERÊNCIA R$ 30.219,70
dez TRANSFERÊNCIA R$ 20.834,70
2014 R$ 268.786,40
jan TRANSF RÊNCIA R$ 20.834,70
a_____ fev PNTRANS NCIA R$ 39.604,70

04 s/n9, Edifício Anexo 1 — rocuradoria Geral de ustiça, Cuiabá-MT


CEP 78049-921 one/fax 3613 162211 28
68

MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DE MATO GROSSO


NÚCLEO DE AÇÕES DE COMPETÊNCIA ORIGINÁRIA CRIMINAL - NACO
GRUPO DE ATUAÇÃO ESPECIAL CONTRA O CRIME ORGANIZADO - GAECO

VALORES REPASSADOS PELA EIG MERCADOS/FLD PARA JOSE KOBORI E


EMPRESAS RELACIONADAS A ELE

BENEFICIÁRIO TRANSAÇÃO VALOR


mar TRANSFERÊNCIA R$ 20.834,70
abr TRANSFERÊNCIA R$ 20.834,70
mai TRANSFERÊNCIA R$ 20.834,70
jun TRANSFERÊNCIA R$ 20.834,70
jul TRANSFERÊNCIA R$ 20.834,70
ago TRANSFERÊNCIA R$ 20.834,70
set TRANSFERÊNCIA R$ 20.834,70
out TRANSFERÊNCIA R$ 20.834,70
nov TRANSFERÊNCIA R$ 20.834,70
dez TRANSFERÊNCIA R$ 20.834,70
2015 R$ 229.181,70
jan TRANSFERÊNCIA R$ 20.834,70
fev TRANSFERÊNCIA R$ 20.834,70
mar TRANSFERÊNCIA R$ 20.834,70
abr TRANSFERÊNCIA R$ 20.834,70
mai TRANSFERÊNCIA R$ 20.834,70
jun TRANSFERÊNCIA R$ 20.834,70
jul TRANSFERÊNCIA R$ 20.834,70
ago TRANSFERÊNCIA R$ 20.834,70
set TRANSFERÊNCIA R$ 20.834,70
out TRANSFERÊNCIA R$ 20.834,70
nov TRANSFERÊNCIA R$ 20.834,70
2016 R$ 21.167,70
jan TRANSFERÊNCIA R$ 21.167,70
VALTER JOSE KOBORI R$ 3.310.612,89
2011 R$ 3.183,69
nov TRANSFERÊNCIA R$ 3.183,69
2013 R$ 41.898,11
ago TRANSFERÊNCIA R$ 40.000,00
set TRANSFERÊNCIA R$ 1.898,11
2014 R$ 1.519.241,72
jan TRANSFERÊNCIA R$ 1.758,42
fev (----., TRANSFERÊNCIA R$ 833,65
n mar TRAIS ERÊNCIA R$ 1.9857

401dg%
Rua 04_.s/n°, Edifício A • X0 1 • 11(,),;11(.11,1011.1 •K) C1111•11):1•11,1
-k CEP 1 :)'•!) 2 1 • 1:0W)/(.1.< .3:3 1•3 1:39,911;i),:3
69

TJAIT
Tribunal Pleno

Fis

MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DE MATO GROSSO


NÚCLEO DE AÇÕES DE COMPETÊNCIA ORIGINÁRIA CRIMINAL — NACO
GRUPO DE ATUAÇÃO ESPECIAL CONTRA O CRIME ORGANIZADO — GAECO

VALORES REPASSADOS PELA EIG MERCADOS/FLD PARA JOSE KOBORI E


EMPRESAS RELACIONADAS A ELE

BENEFICIÁRIO TRANSAÇÃO VALOR


abr TRANSFERÊNCIA R$ 2.595,60
mai TRANSFERÊNCIA R$ 2.672,79
set TRANSFERÊNCIA R$ 5.391,91


out TRANSFERÊNCIA R$ 31.830,87
nov TRANSFERÊNCIA R$ 1.236,00
dez TRANSFERÊNCIA R$ 1.470.936,51
2015 R$ 1.576.337,91
jan TRANSFERÊNCIA R$ 82.886,93
fev TRANSFERÊNCIA R$ 80.811,80
mar TRANSFERÊNCIA R$ 130.704,55
abr TRANSFERÊNCIA R$ 135.866,47
mai TRANSFERÊNCIA R$ 200.431,00
jun TRANSFERÊNCIA R$ 380.859,75
jul TRANSFERÊNCIA R$ 78.659,25
ago TRANSFERÊNCIA R$ 82.369,55
set TRANSFERÊNCIA R$ 81.023,15
out TRANSFERÊNCIA R$ 80.088,93
nov TRANSFERÊNCIA R$ 114.096,10
dez
2016
jan
TRANSFERÊNCIA

TRANSFERÊNCIA
R$
R$
R$
128.540,43
169.951,46
85.898,46

fev TRANSFERÊNCIA R$ 84.053,00
Total Geral R$ 4.289.577,79

VALORES RECEBIDOS PELA EMPRESA CANAL DA PECA S.A.

ORIGEM TRANSAÇÃO VALOR

JOSE FERREIRA GONCALVES NETO R$ 1.700.000,00

09/01/2015 TRANSFERÊNCIA R$ 100.000,00


09/03/2015 TRANSFERÊNCIA R$ 100.000,00
11/03/2015 TRANSFERÊNCIA R$ 60.000,00
06/04/2015 TRANSF NCIA R$ 60.000, 0 0

Edifício Anexo 1— Pr a Geral de


CEP 78049-921 F 3 1 16 /16
70

MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DE MATO GROSSO


NÚCLEO DE AÇÕES DE. COMPETÊNCIA ORIGINÁRIA CRIMINAL — NACO
GRUPO DE ATUAÇÃO ESPECIAL. CONTRA O CRIME ORGANIZADO — GAECO
07/04/2015 TRANSFERÊNCIA R$ 100.00Q00
06/0512015 TRANSFERÊNCIA R$ 90,000.00
07/05/2015 TRANSFERÊNCIA R$ 100.000,00
08/05/2015 TRANSFERÊNCIA R$ 90.000,00
11/05/2015 TRANSFERÊNCIA R$ 40.000,00
02/06/2015 TRANSFERÊNCIA R$ 100.000,00
03/06/2015 TRANSFERÊNCIA R$ 80.000,00
26/06/2015 TRANSFERÊNCIA R$ 100.000,00
01/07/2015 TRANSFERÊNCIA R$ 100.000,00
09/07/2015 TRANSFERÊNCIA R$ 80.000,00
13/07/2015 TRANSFERÊNCIA R$ 80.000,00
14/07/2015 TRANSFERÊNCIA R$ 100.000,00
21/07/2015 TRANSFERÊNCIA R$ 80.000,00
30/07/2015 TRANSFERÊNCIA R$ 80.000,00
05/08/2015 TRANSFERÊNCIA R$ 80.000,00
09/09/2015 TRANSFERÊNCIA R$ 80.000,00
JOSE HENRIQUE FERREIRA
R$ 400.000,00
GONCALVES
04/03/2015 TRANSFERÊNCIA R$ 40.000,00
06/04/2015 TRANSFERÊNCIA R$ 40.000,00
06/05/2015 TRANSFERÊNCIA R$ 80.000,00
08/06/2015 TRANSFERÊNCIA R$ 40.000,00
10/06/2015 TRANSFERÊNCIA R$ 40.000,00
29/06/2015 TRANSFERÊNCIA R$ 160.000,00
Total Geral R$ 2.100.000,00

1.1.4 MOVIMENTAÇÕES BANCÁRIAS ENTRE OS INVESTIGADOS


SERVIDORES DA ASSEMBLEIA LEGISLATIVA DE MATO GROSSO

A análise das transações bancárias dos investigados demonstra ainda


que várias pessoas que são ou foram servidores da Assembleia Legislativa de Mato
Grosso tiveram movimentações bancárias com os investigados, conforme expos
no quadro abaixo.

; A,10:(0 ; • ; i.e,..: 11,'•i•ilot IA i'dal )ri Gitiabá•M


/:.31) S')'-'ì? I • ;;01t: /r•IX •3:3 1.1 1:39.9,/ 149.2

1
71

TJ/MT
Tribunal Pleno

MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DE MATO GROSSO


NÚCLEO DE AÇÕES DE COMPETÊNCIA ORIGINÁRIA CRIMINAL - NACO
GRUPO DE ATUAÇÃO ESPECIAL CONTRA O CRIME ORGANIZADO - GAECO
1
TITULAR DATA TRANSAÇÃO ORIGEM/DESTINO
„tük, (RS) C
ADEMIR RIBEIRO DE
SOUZA (consta no CAGED
seu vínculo empregatício na
Assembleia Legislativa do
Estado de Mato Grosso no
período de 01/02/2005 a
28/02/2007, bem como a
partir de 02/02/2015. É
SILVIO CEZAR CORREA possível afirmar, a partir do


24/07/2009 4.350,00 D CHEQUE lotacionograma do órgão, que
ARAÚJO o servidor foi lotado, de
fevereiro a abril de 2015, no
Gabinete do Deputado
Silvano Amaral, após esse
período foi lotado na
Consultoria Técnico Jurídica
da Mesa, local onde se
encontra até o presente
momento.
SILVIO CEZAR CORREA ADEMIR RIBEIRO DE
04/12/2013 30.000,00 C DEPÓSITO
ARAUJO SOUZA
ADJAIME RAMOS DE
SOUZA, consta no
CAGED seu vínculo
empregatício na Assembleia
Legislativa do Estado de Mato
Grosso desde 22/06/1993.
Consta no lotacionograma do
órgão que AJDAIME exerceu
suas atividades, no período
compreendido entre outubro
de 2013 a fevereiro de 2015,
no Gabinete da Primeira
CLAUDEMIR PEREIRA
DOS SANTOS
15/10/2009 2.400,00 C TRANSFERÊNCIA
Secretaria, à época em que
possuía como Primeiro
Secretário o Sr. Deputado
Mauro Savi. Posteriormente, a
partir de abril de 2015, foi

lotado na Ouvidoria Geral do
aludido órgão, local onde se
encontra atualmante.
Cabe ressaltar que Adjaime
Ramos foi secretário-adjunto
de Coordenação de Ações de
Governo com os Municípios,
cargo afeto a Casa Civil do
Estado de Mato Grosso,
nomeado no ano de 2011.)
CLAUDEMIR PEREIRA ADJAIME RAMOS Drgf->,
09/11/2009 2.150,00 C TRANSFERÊNCIA
DOS SANTOS SOUZA
CLAUDEMIR PEREIRA ADJAIME RAMOS D
25/11/2009 1.160,00 C TRANSFERÊNCIA
DOS SANTOS SOUZA
CLAUDEMIR PEREIRA ADJAIME RAMOS DE
18/12/2009 2.158,00 C TRANSFERÊNCIA
DOS SANTOS SOUZA
CLAUDEMIR PEREIRA ADJAIME RAMOS DE
05/01/2010 2.155,00 C TRANSFERÊNCIA
DOS SANTOS SOUZA
CL.ii 'EMIR PEREIRA
.`
22/01/2010 215500
. , C T ERÊNCIA ADJAIME RAMOS DE
Ela ililatm......." ZA
1111 --;-------1—
lia
' Ed ifício Anexo 1- Procu
Rua 04,..sLEC.,.. érardnit a, Cuiabá-MT
CCP 78049-921 - Fone x 361,$1622/1628
72

MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DE MATO GROSSO


NÚCLEO DEAÇÕES DE. COMPETÊNCIA ORIGINÁRIA CRIMINAL - NACO
GRUPO DE ATUAÇÃO ESPECIAL CONTRA O CRIME ORGANIZADO -GAECO

TITULA I 2 \`,, \( \() ( 11\,0


.. ..
CLAUDEMIR PEREIRA ADJAIME RAMOS DE
19/02/2010 2.155,00 C TRANSFERÊNCIA
DOS SANTOS SOUZA
CLAUDEMIR PEREIRA ADJAIME RAMOS DE
05/03/2010 2.155,00 C TRANSFERÊNCIA
DOS SANTOS SOUZA
CLAUDEMIR PEREIRA ADJAIME RAMOS DE
30/03/2010 2.155,00 C TRANSFERÊNCIA
DOS SANTOS SOUZA
CLAUDEMIR PEREIRA ADJAIME RAMOS DE
13/04/2010 2.825,00 C TRANSFERÊNCIA
DOS SANTOS SOUZA
CLAUDEMIR PEREIRA ADJAIME RAMOS DE
05/05/2010 2.155,00 C TRANSFERÊNCIA
DOS SANTOS SOUZA
CLAUDEMIR PEREIRA ADJAIME RAMOS DE
31/05/2010 2.160,00 C TRANSFERÊNCIA
DOS SANTOS SOUZA
CLAUDEMIR PEREIRA ADJAIME RAMOS DE
10/06/2010 2.160,00 C TRANSFERÊNCIA
DOS SANTOS SOUZA
CLAUDEMIR PEREIRA ADJAIME RAMOS DE
07/07/2010 2.160,00 C TRANSFERÊNCIA
DOS SANTOS SOUZA
CLAUDEMIR PEREIRA ADJAIME RAMOS DE
26/07/2010 2.160,00 C TRANSFERÊNCIA
DOS SANTOS SOUZA
CLAUDEMIR PEREIRA ADJAIME RAMOS DE
18/08/2010 2.160,00 C TRANSFERÊNCIA
DOS SANTOS SOUZA
CLAUDEMIR PEREIRA ADJAIME RAMOS DE
10/09/2010 2.160,00 C TRANSFERÊNCIA
DOS SANTOS SOUZA
CLAUDEMIR PEREIRA ADJAIME RAMOS DE
23/09/2010 2.160,00 C TRANSFERÊNCIA
DOS SANTOS SOUZA
CLAUDEMIR PEREIRA ADJAIME RAMOS DE
15/10/2010 2.160,00 C TRANSFERÊNCIA
DOS SANTOS SOUZA
CLAUDEMIR PEREIRA ADJAIME RAMOS DE
03/11/2010 2.160,00 C TRANSFERÊNCIA
DOS SANTOS SOUZA
CLAUDEMIR PEREIRA ADJAIME RAMOS DE
19/11/2010 2.160,00 C TRANSFERÊNCIA
DOS SANTOS SOUZA
CLAUDEMIR PEREIRA ADJAIME RAMOS DE
10/12/2010 2.160,00 C TRANSFERÊNCIA
DOS SANTOS SOUZA
CLAUDEMIR PEREIRA ADJAIME RAMOS DE
05/01/2011 2.160,00 C TRANSFERÊNCIA
DOS SANTOS SOUZA
CLAUDEMIR PEREIRA ADJAIME RAMOS DE
31/01/2011 2.160,00 C TRANSFERÊNCIA
DOS SANTOS SOUZA
CLAUDEMIR PEREIRA ADJAIME RAMOS DEJ
23/05/2011 2.160,00 C TRANSFERÊNCIA
DOS SANTOS SOUZA
CLAUDEMIR PEREIRA ADJAIME RAMOS DE
05/07/2011 2.160,00 C TRANSFERÊNCIA
DOS SANTOS SOUZA
CLAUDEMIR PEREIRA 18/07/2011 2.240,00 C TRANSFERÊNCIA
ADJAIME RAMOS DE
DOS SANTOS SOUZA
CLAUDEMIR PEREIRA ADJAIME RAMOS DE
29/07/2011 2.080,00 C TRANSFERÊNCIA
DOS SANTOS SOUZA
WANDERLEY FACHETI ADJAIME RAMOS DE
22/04/2010 3.000,00 D CHEQUE
TORRES SOUZA
JOSE EDUARDO ADRIANA DE
03/10/2 13 00,00 D CHEQUE OLIVEIRA, consta no
LHO
CAGED seu ¡vínculo

n6""WilfidG orla Geral de JúS


CEP 78049.921 — ax 3613 1622/1628
73

TJ/MT
Tribunal Pleno
F1s771)

MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DE MATO GROSSO


NÚCLEO DE AÇÕES DE COMPETÊNCIA ORIGINÁRIA CRIMINAL - NACO
GRUPO DE ATUAÇÃO ESPECIAL CONTRA O CRIME ORGANIZADO - GAECO
. nr
,-.,-v.ATÓR ,,,,
TITULAR DATA TRANSAÇÃO ORIGEM/DESTINO ,
(RS) C
empregatieio na Assembleia
Legislativa do Estado de Mato
Grosso no período de
04/05/2015 a 31/05/2015. O
lotacionagrama do órgão
atesta que a servidora esteve
lotada na Secretaria de
Administração e Patrimônio
durante esse período.)


ADRIANA ROSA
„••••••., GARCIA DE SOUZA,
ADRIANA ROSA
GARCIA DE SOUZA:
consta no CAGED seu
vínculo empregatício na
I EODORO MOREIRA D TRANSFERÊNCIA
Assembleia Legislativa do
09/04/2010 1.300,00 Estado de Mato Grosso desde
LOPES
02/02/2009. É possível
afirmar, a partir do
lotacionograma do órgão, que
a servidora se encontra lotada
no Gabinete do Deputado
Mauro Savi desde agosto de
2012.
ANDRE LUIS DE
JESUS, consta no CAGED
seu vínculo empregatício na
Assembleia Legislativa do
Estado de Mato Grosso desde
JOSE EDUARDO 02/05/2012. É possível
21/08/2014 2.500,00 D CHEQUE
BOTELHO afirmar, a partir do
lotacionograma do órgão, que


o servidor se encontra lotado
no Gabinete do Deputado
Sebastiao Rezende desde
agosto de 2012.
ANDRE WILIAN
DORILEO, consta no
CAGED seu vínculo
empregatício na Assembleia
SILVIO CEZAR CORREA Legislativa do Estado de Mato
04/11/2014 2.000,00 D TRANSFERÊNCIA Grosso desde 02/02/2015. No
ARAUJO
entanto, o lotacionograma do
órgão assevera que o referido
servidor está lotado na
Secretaria Geral desde agosto
de 2012.
ANDREA C
ANTUNES HENRYV'
consta no CAGED s
vínculo empregatício na
Assembleia Legislativa do
ANTONIO EDUARDO DA Estado de Mato Grosso a
25/02/2011 1.236,15 D CHEQUE
COSTA E SILVA partir da data de 04/05/2015.
E possível afirmar, a partir do
lotacionograma do órgão, que
a servidora está lotada na
SECRETARIA DE GESTA()
DE PESSOAS desde maio de

s/n°, Edifício Anexo 1— Procuradoria Geral de iça, Cuiabá-


CEP 7804 -921 -- F 613 1622/16
74

MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DE MATO GROSSO


NÚCLEO DE AÇÕES DE COMPETÊNCIA ORIGINÁRIA CRIMINAL - NACO
GRUPO DE ATUAÇÃO ESPECIAL CONTRA O CRIME ORGANIZADO -GAECO
,
\,,' I ( .2 l)'
illi I \1 i> \, i \ i \ . AÇÃO i.,I) : , i I `, I )
ORIGEN
i k ,)
.-2 ,}:' Ressalta-se: que, ~liem
Henry é esposa de Ricardo
Henry, irmão do ex-Deputado
Federal Pedro Henry.
ANDREA CARLA
ANTUNES HENRY,
consta no CAGED seu
vínculo empregatício na
Assembleia Legislativa do
Estado de Mato Grosso desde
01/02/2003. É possível
afirmar, a partir do
ANTONIO EDUARDO DA lotacionograma do órgão, que
25/02/2011 1.236,15 D CHEQUE o servidor já foi lotado, entre
COSTA E SILVA os anos de 2012 a 2014, no
Gabinete da Primeira
Secretaria, à época em que
possuía como Primeiro
Secretário o Sr. Deputado
Mauro Savi. Atualmente
Andreo Darei se encontra na
Secretaria de Comunicação
Social.
ANDREO DARCI
MENSCH LEITE,
consta no CAGED seu
vinculo empregatício na
Assembleia Legislativa do
Estado de Mato Grosso
desde 01/02/2003. É
possível afirmar, a partir
do lotacionograma do
CLAUDEMIR PEREIRA órgão, que o servidor já foi
20/12/2013 1. 000,00 D CHEQUE
DOS SANTOS lotado, entre os anos de
2012 a 2014, no Gabinete
da Primeira Secretaria, à
época em que possuía
como Primeiro Secretário
o Sr. Deputado Mauro
Savi. Atualmente Andreo
Darci se encontra na
Secretaria de
Comunicação Social.
CLAUDEMIR PEREIRA ANDREO DARCI
10/11/2014 5.000,00 D CHEQUE
DOS SANTOS MENSCH LEITE
DAUTON LUIZ SANTOS ANDREO DARCI
17/06/2009 600,00 D TRANSFERÊNCIA
VASCONCELLOS MENSCH LEITE
DAUTON LUIZ SANTOS ANDREO DARCI
23/02/2012 600,00 C TRANSFERÊNCIA
VASCONCELLOS MENSCH LEI 1. t.
ARIANE MOREIRA
DA SILVA, consta no
JOSE EDUARDO CAGED seu vínculo
07/12/201 3.000,00 D '.. CHEQUE empregatício na Assembleia
BOTELHO Legislativa do Estado de Mato
Grosso no período de
n _.. 02/02/2015 a 31/05/2015rf

An xo I - Procuraulgeral de Justi
80 — Fone/fax 3 1622/162:
75
1 1 "1—fri
Tribunal Pleno
Fls,

MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DE MATO GROSSO


NÚCLEO DE AÇÕES DE COMPETÊNCIA ORIGINÁRIA CRIMINAL - NACO
GRUPO DE ATUAÇÃO ESPECIAL CONTRA O CRIME ORGANIZADO - GAECO
VALOR' D/
VA
ULAR DATA TRANSAÇÃO ORIGEM/DESTINO
(RS) C
possível afirmar, a partir do
lotacionograma do órgão, que
a servidora exerceu suas
atividades no período citado
no Gabinete do Deputado Jose
Eduardo Botelho.
JOSE EDUARDO ARIANE MOREIRA
11/06/2014 1.200,00 D CHEQUE
BOTELHO DA SELVA
JOSE EDUARDO ARIANE MOREIRA
BO IELHO
JOSE EDUARDO
BOTELHO
JOSE EDUARDO
17/06/2014

19/08/2014

07/12/2011
1.200,00

1.000,00

3.000,00
D

D
CHEQUE

CHEQUE

CHEQUE
DA SILVA
ARIANE MOREIRA
DA SILVA
ARIANE MOREIRA

BO TELHO DA SILVA
CELMA ALVES
GUIMARAES, consta no
CAGED seu vínculo
empregatício na Assembleia
Legislativa do Estado de Mato
Grosso no período de
02/02/2010 a 31/05/2015,
bem como a partir do dia
09/01/2017. E possível
afirmar, a partir do
lotacionograma do órgão, que
a servidora exerceu suas
atividades no Gabinete do
Deputado Adalto de Freitas,
nos anos de 2012 e 2013,
ANTONIO EDUARDO DA também atuando na
16/12/2014 30.576,00 D TRANSFERÊNCIA
COSTA E SILVA Presidência, no período de


abril a maio de 2013 (gestão
do Deputado Mauro Savi).
Celma também foi lotada, em
janeiro de 2015, no Gabinete
do Deputado Jose Riva. Ainda
é possível afirmar que, em
janeiro e fevereiro de 2017,
Celma esteve lotada
novamente no Gabinete do
Deputado Adalto de Freitas, e,
a partir de março de 2017,
designada para a Assessoria
da Presidência, gestão do
atual Presidente Deputa/
Jose Eduardo Botelho. -
CLAUDIOMIR
GONCALO
MORAES, consta no
CAGED seu vínculo
empregatício na Assembleia
JOSE EDUARDO
26/08/2014 5.000,00 D CHEQUE Legislativa do Estado de Mato
BOTELHO Grosso desde 01/02/1999. É
possível afirmar, a partir do
lotacionograma do órgão, que
o servidor exerceu suas(
atividades em agosto de 2012`
na Secretaria de Comunica ao

oMI CA
Rua 04 strf, Edifício Anexo 1 - Procurad
~11111111111111~~_. CEP 78049-921 -Fone/fax
76

MINISTÉRIO PlC/ :ILIICO DO ESTADO DE MATO GROSSO


NÚCLEO DE AÇÕES DE COMPETÊNCIA ORIGINÁRIA CRIMINAL - NACO
GRUPO DE ATUAÇÃO ESPECIAL. CONTRA O CRIME ORGANIZADO -'GALEGO>
, \ 1 ()R
TITULAR 1) \ 1 \ NSAÇ . O t. '4 ' ' k 1;;:, 1 I`, t)
1 1 ''.) i. .•
Soewl

CLAUDIOMTR
JOSE EDUARDO 5.000,00 D CHEQUE GONCALO DE
26/08/2014
BOTELHO MORAES
CLAUDIOMIR
JOSE EDUARDO CHEQUE GONCALO DE
25/09/2014 3.000,00 D
BOTELHO MORAES
CLAUDIOMIR
JOSE EDUARDO 3.000,00 D CHEQUE GONCALO DE
02/10/2014
BOTELHO MORAES
CLAUDIOMIR
JOSE EDUARDO CHEQUE GONCALO DE
21/10/2014 1.000,00 D
BOTELHO MORAES
CLAUDIOMIR
RAFAEL YAMADA GONCALO DE
21/01/2014 20.000,00 D CHEQUE
TORRES MORAES
CLAUDIOMIR
TEODORO MOREIRA GONCALO DE
10/11/2011 1.500,00 D CHEQUE
LOPES MORAES
CLAUDIOMIR
IEODORO MOREIRA GONCALO DE
10/11/2011 1.500,00 D CHEQUE
LOPES MORAES
CLAUDIOMIR
I'EODORO MOREIRA GONCALO DE
23/12/2011 2.000,00 D CHEQUE
LOPES MORAES
CLAUDIOMIR
I EODORO MOREIRA GONCALO DE
23/12/2011 2.000,00 D CHEQUE
LOPES MORAES
CLAUDIOMIR
IEODORO MOREIRA 08/03/2012 1.500,00 D CHEQUE GONCALO DE
LOPES MORAES
CLAUDIOMIR
TEODORO MOREIRA GONCALO DE
08/03/2012 1.500,00 D CHEQUE
LOPES MORAES
CLAUDIOMIR
FEODORO MOREIRA 1.200,00 D CHEQUE GONCALO DE
16/04/2012
LOPES MORAES
CLAUDIOMIR
TEODORO MOREIRA CHEQUE GONCALO DE
16/04/2012 1.200,00 D
LOPES MORAES
CLAUDIOMIR
TEODORO MOREIRA 500,00 D CHEQUE GONCALO DE
30/05/2012
LOPES MORAES
TEODORO MOREIRA
-- LOPES
1\ --..._
30/05/20r3,00 D n CHEQUE
CLAUDIOMIR
GONCALO DE
MORAES

Arl <0 • ()r,;(:Iii.)(1,1( er I de J ça, Cuiabá-MT


1 22/1628
77

TJ/IVIT
Tribunal Plena

s Ll°
.."-~

MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DE MATO GROSSO


NÚCLEO DE AÇÕES DE COMPETÊNCIA ORIGINÁRIA CRIMINAL - NACO
GRUPO DE ATUAÇÃO ESPECIAL CONTRA O CRIME ORGANIZADO - GAECO
VA LOR II:4 /
TITULAR DATA G '-'1--"'
TRANSAÇÃOORI EM/DESTINO
(RS)
CLAUDIOMIR
TEODORO MOREIRA
02/07/2012 1.500,00 D CHEQUE GONCALO DE
LOPES
MORAES
CLAUDIOMIR
'I'EODORO MOREIRA GONCALO DE
02/07/2012 1.500,00 D CHEQUE
LOPES
MORAES


CLAUDIOMIR
I EODORO MOREIRA
12/06/2009 1.500,00 D TRANSFERÊNCIA GONCALO DE
LOPES
MORAES
CLAUDIOMIR
TEODORO MOREIRA
03/03/2011 1.000,00 D TRANSFERÊNCIA GONCALO DE
LOPES
MORAES
CLAUDIOMIR
IEODORO MOREIRA
13/05/2011 1.000,00 D TRANSFERÊNCIA GONCALO DE
LOPES
MORAES
CLEBER ANTONIO
CINI, consta no CAGED
seu vínculo empregatício na
Assembleia Legislativa do
Estado de Mato Grosso desde
01/06/2012. É possível
afirmar, a partir do
lotacionograma do órgão, que
o servidor exerceu suas
atividades, até fevereiro de
2015, na Consultoria Técnico
Jurídica da Mesa. Após esta
CLAUDEMIR PEREIRA data, Cleber esteve lotado na
11/02/2015 31.500,00 D TRANSFERÊNCIA
DOS SANTOS Presidência — Mesa Diretora,
até fevereiro de 2017, sendo
este período compreendido na
gestão do então Presidente da
Assembleia Legislativa de
Mato Grosso Guilherme
Maluf. Cleber continua
exercendo suas funções na
Presidência — Mesa Diretora,
no entanto, atualmente a
gestão é do Presidente
Deputado Jose Eduardo
Botelho.
DAUTON LUIZ SANTOS CLEBER ANTONIO/
11/07/2012 150,00 D TRANSFERÊNCIA
VASCONCELLOS CINI
DAUTON LUIZ SANTOS CLEBER ANTONI
09/11/2012 1.000,00 D TRANSPERÊNCIA
VASCONCELLOS CINI
DAUTON LUIZ SANTOS CLEBER ANTONIO
25/01/2013 1.000,00 D TRANSFERÊNCIA
VASCONCELLOS CINI
DAUTON LUIZ SANTOS CLEBER ANTONIO
23/04/2013 2.000,00 D TRANSFERÊNCIA
VASCONCELLOS CINI
DAUTON LUIZ SANTOS CLEBER ANTONIO
04/04/2014 10.000,00 C TRAR\FERÊNCIA
VASCONCELLOS CINI

:dere-Mexo 1— Procur oria Geral de Justiça, Cuiabá-MT


CEP 78049-921 — Fone/ 36131622/1628

Tia -e*
78

MINISTÉRIO PÚ1:111C0 DO ESTADO DE MATO GROSSO


NÚCLEO DE AÇÕES DE COMPETÊNCIA ORIGINÁRIA CRIMINAL - NACO
GRUPO DE ATUAÇÃO ESPECIAL CONTRA O CRIME ORGANIZADO -•GAECO
\, \ 1( ) :2 1)
TITULAR - 1 \1 \ 1 k 1`,`, \L' p ( /RU ''. "1E' Mi()

DAUTON LUIZ SANTOS CLEBER ANTONIO


02/12/2015 660,00 TRANSFERÊNCIA
VASCONCELLOS CINI
CLAUDEMIR PEREIRA CLEBER ANTONIO
23/01/2014 9.700,00 D CHEQUE
DOS SANTOS CINI
CLAUDEMIR PEREIRA CLEBER ANTONIO
22/05/2014 6.970,00 D CHEQUE
DOS SANTOS CINI
CLAUDEMIR PEREIRA CLEBER ANTONIO
05/11/2014 2.000,00 D CHEQUE
DOS SANTOS CINI
CLAUDEMIR PEREIRA CLEBER ANTONIO
21/01/2015 8.000,00 D CHEQUE
DOS SANTOS CINI
CLAUDEMIR PEREIRA CLEBER ANTONIO
21/01/2015 8.000,00 D CHEQUE
DOS SANTOS CINI
CLAUDEMIR PEREIRA CLEBER ANTONIO
02/03/2015 10.000,00 D CHEQUE
DOS SANTOS CINI
DASAYEVIS
SEBASTIAO
MIRANDA DE LIMA
SILVA, consta no CAGED
seu vínculo empregatício na
Assembleia Legislativa do
Estado de Mato Grosso a
partir de 01/07/2011. É
possível afirmar, a partir do
lotacionograma do órgão, que
CLAUDEMIR PEREIRA
30/06/2014 5.000,00 D CHEQUE o servidor esteve lotado na
DOS SANTOS PRIMEIRA SECRETARIA —
MESA DIRETORA entre
agosto de 2012 a fevereiro de
2015, época em que o
Primeiro Secretário era o
Deputado Mauro Savi.
Atualmente exerce suas
funções no Gabinete do
Deputado Mauro Savi, sendo
esta lotação efetuada a partir
de março de 2015.
DASAYEVIS
CLAUDEMIR. PEREIRA SEBASTIAO
02/03/2015 5.000,00 D CHEQUE
DOS SANTOS MIRANDA DE LIMA
SILVA
EDINEIA JULIAN
PASSOS DE SOUZ
consta no CAGED se
vínculo empregatício na
Assembleia Legislativa do
CLAUDEMIR PEREIRA Estado de Mato Grosso desde
22/04/2014 2.000,00 D TRANSFERÊNCIA 01/06/2015. É possível
DOS SANTOS
afirmar, a partir do
lotacionograma do órgão, que
a servidora esteve lotada na
Secretaria Geral no período de
junho de 2015 a março de
2017.
illik
7 rN\ _...." til cr

04 siri°, Edifício Anex Procuradoria Geral de Justi , Cuiabá-MT


CEP 78049.921 — Fone/fax 3613 1622/1628
79

11
Dibuna! Reno
%MI-
..._.._
MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DE MATO GROSSO
NÚCLEO DE AÇÕES DE COMPETÊNCIA ORIGINÁRIA CRIMINAL - NACO
GRUPO DE ATUAÇÃO ESPECIAL CONTRA O CRIME ORGANIZADO - GAECO
VALOR D/
TITULAR DATA TRANSAÇÃO ORIGEM/DESTINO
(RS) C
CLAUDEMIR PEREIRA EDINEIA JULIANA
15/05/2014 2.8.-30,00 D TRANSFERÊNCIA
DOS SANTOS PASSOS DE SOUZA
EDUARDO DOS
SANTOS RAMOS,
consta no CAGED seu
vínculo empregatício na
Assembleia Legislativa do
ANTONIO EDUARDO DA Estado de Mato Grosso a


08/12/2011 5.000,00 D CHEQUE partir da data de 09/01/2017.
COSTA E SILVA É possível afirmar, a partir do
lotacionograma do órgão, que
o servidor está lotado na
SECRETARIA DE GESTA()
DE PESSOAS desde janeiro
de 2017.
ANTONIO EDUARDO DA EDUARDO DOS
08/12/2011 5.000,00 D CHEQUE
COSTA E SILVA SANTOS RAMOS
ELIAS PEREIRA DOS
SANTOS FILHO, consta
no CAGED seu vínculo
empregatício na Assembleia
Legislativa do Estado de Mato
Grosso no período de
01/09/2005 a 30/06/2006,
bem como a partir de
01/02/2017. É possível
afirmar, a partir do
JOSE EDUARDO lotacionograma do órgão, que
27/03/2013 5.000,00 D CHEQUE o servidor foi nomeado em
BOTELHO
fevereiro de 2017 para atuar
frente a Secretaria de Gestão


de Pessoas da Assembleia
Legislativa do Estado de Mato
Grosso.
Cumpre salientar que Elias
Pereira é irmão do Deputado
Estadual Wilson Pereira dos
Santos, atualmente Secretário
da Secretaria de Cidades
(SECID).
JOSE EDUARDO ELIAS PEREIRA DOS
12/06/2013 2.400,00 D CHEQUE
BO TELHO SANTOS FILHO
JOSE EDUARDO ELIAS PEREIRA DO
01/08/2013 4.500,00 D CHEQUE
BO TELHO SANTOS FILHO
JOSE EDUARDO LUAS PEREIRA
01/08/2013 4.500,00 D CHEQUE
BO IELHO SANTOS FILH
JOSE EDUARDO ELIAS PEREIRA DOS
05/09/2013 4.500,00 D CHEQUE
BO TELHO SANTOS FILHO
JOSE EDUARDO ELIAS PEREIRA DOS
05/09/2013 4.500,00 D CHEQUE
BOTELHO SANTOS FILHO
JOSE EDUARDO ELIAS PEREIRA DOS
05/09/2013 2.000,00 D CHEQUE
BO IELHO SANTOS FILHO
JOSE EDUARDO ELIAS PEREIRA DOS
BO TELHO
05/09/2013 2.500,00 D C i as UE SANTOS FILHO
,-------J.Qg EDUARDO 17/01/2014 15.000,00 D Cr ELIAS PEREIRA DOS,,

Rua 04 sln°, Edifício Anexo 1— Procuradora G al de Justiça, Cuiabá-MT


— Fone/fax 36 1622/1628
80

MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DE MATO GROSSO


NÚCLEO DE AÇÕES DE COMPETÊNCIA ORIGINÁRIA CRIMINAL - NACO
GRUPO DE ATUAÇÃO ESPECIAL CONTRA O CRIME ORGANIZADO - GAECO
1 ) \ 1 \, " \ I. :Ã Z. D/ : . i i s', í)
TITULAR TRANSAÇÃO ORI
'
BOTELHO SANTOS FILHO
JOSE EDUARDO ELIAS PEREIRA DOS
22/05/2015 600,00 D CHEQUE
BO TELHO SANTOS FILHO
JOSE EDUARDO ELIAS PEREIRA DOS
01/06/2015 5.000,00 D CHEQUE
BOTELHO SANTOS FILHO
JOSE EDUARDO ELIAS PEREIRA DOS
03/07/2015 4.000,00 D CHEQUE
BO TELHO SANTOS FILHO
JOSE EDUARDO ELIAS PEREIRA DOS
06/08/2015 3.000,00 D CHEQUE
BOTELHO SANTOS FILHO
JOSE EDUARDO ORDEM DE ELIAS PEREIRA DOS
22/02/2011 2.000,00 D
BOTELHO PAGAMENTO SANTOS FILHO
JOSE EDUARDO ELIAS PEREIRA DOS
23/02/2011 1.250,00 D CHEQUE
BOTELHO SANTOS FILHO
FABIO GIUBERTI
SUCENA RASGA,
consta no CAGED seu
vínculo empregatício na
Assembleia Legislativa do
Estado de Mato Grosso desde
25/11/2000. É possível
07/12/2011 2.478,67 D TRANSFERÊNCIA partir do
MAURO LUIZ SAVI afirmar, a
lotacionograma do órgão, que
o servidor esteve lotado, entre
anos de 2012 a 2016, no
Gabinete do Deputado Mauro
Sauí. A partir de janeiro de
2017 encontra-se lotado na
Secretaria de Gestão de
Pessoas.
FERNANDO
PACHECO DI
LORETO, consta no
CAGED seu vínculo
empregatício na Assembleia
ANTONIO EDUARDO DA Legislativa do Estado de Mato
31/03/2011 15.000,00 C CHEQUE
COSTA E SILVA Grosso a partir da data de
01/04/2008. No entanto, não
foi possível determinar, a
partir do lotacionograma do
órgão, a lotação do referido
servidor.
FERNANDO
ANTONIO EDUARDO DA
26/04/2012 5.000,00 C CHEQUE PACHECO DI
COSTA E SILVA LORETO
FRANCISCO DAS
CHAGAS ARAUJO,
consta no CAGED seu
vínculo empregatício na
CLAUDEMIR PEREIRA Assembleia Legislativa do
10/10/2014 5.000,00 D CHEQUE Estado de Mato Grosso no
DOS SANTOS período compreendido entre
01/02/2011 a 09/02/2015. É
possível afirmar, a partir do

(---\ ......, (.---\ ()


lotacionograma do órgão, que
o servidor esteve lotado na

Itrra-trirsin°, Edifício Anexo 1 ro urad I( ral .e Jus Cuiabá-Off


reinai CEP 78049-921 - Fonella 1622/1628
81

T,i/TVj -'
Ti
Tribunal Pleno/
Fisa2:
! ,
MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DE MATO GROSSO
NÚCLEO DE AÇÕES DE COMPETÊNCIA ORIGINÁRIA CRIMINAL - NACO
GRUPO DE ATUAÇÃO ESPECIAL CONTRA O CRIME ORGANIZADO - GAECO
VALOR D/
TITULAR DATA TRANSAÇÃO ORIGEM/DESTINO
(RS) C aà2r,
.
SECRETARIA. GERAL entre
agosto de 2012 a fevereiro de
2015.
FRANCISVALDO
MENDES PACHECO,
consta no CAGED seu
vínculo empregatício na
Assembleia Legislativa do
Estado de Mato Grosso desde

RAFAEL YAMADA
TORRES
28/07/2009 5.000,00 C DEPÓSITO
01/01/1999.
afirmar, a
É possível
partir
lotacionograma do órgão, que
o servidor trabalhou, no ano
de 2012, na Primeira Vice-
do

Presidência da Assembleia
Legislativa do Estado de Mato
Grosso, época em que o
Primeiro Vice-Presidente era
o Deputado Romoaldo Júnior.
Cabe ressaltar que
Francisvaldo era chefe de
gabinete do Deputado
Romoaldo Júnior.
GIANCARLO DA
SILVA LARA
CASTRILLON, consta no
CAGED seu vínculo
empregatício na Assembleia
Legislativa do Estado de Mato
Grosso desde 01/04/2008. É
possível afirmar, a partir do
lotacionograma do órgão, que
o servidor foi lotado na

DAUTON LUIZ SANTOS


VASCONCELLOS
09/04/2013 2.000,00 D TRANSFERÊNCIA
Presidência — Mesa Diretora
da Assembleia Legislativa do
Estado de Mato Grosso, no
período compreendido entre
outubro de 2014 a janeiro de

2015, época em que o
Presidente da Assembleia era
o Deputado Jose Riva.
Atualmente Giancarlo se
encontra na Consultoria
Técnico Jurídica da Mesa do
aludido órgão. Cumpre
salientar também qu
Giancarlo é ex-presidente o
DETRAN-MT.
GISELE MACENE,
consta no CAGED seu
vínculo empregatício na
Assembleia Legislativa do
Estado de Mato Grosso desde
JOSE EDUARDO 01/03/2015. É possível
09/12/2014 3.500,00 D CHEQUE
BO _VELHO afirmar, a partir do
lotacionograma do órgão, que
o servidor exerceu suas
funções do Gabinete do
Deputado Jose Eduardo
Botelho, no período de março

/n", Edifício Anexo 1 — Procura doria Geral de Justiça, Cuiabá-M


CEP 78049-921 — Fone/ x 3913 1622/1628
82

MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DE MATO GROSSO


NÚCLEO DE AÇÕES. DE COMPETÊNCIA ORIGINÁRIA CRIMINAL - NACO
GRUPO DE ATUAÇÃO ESPECIAL CONTRA O CRIME ORGANIZADO -GAECO
VALOR O/ ' ►IR \\,,,, \(..so .5 mi (
TITULAR D A
(RS)
a inalo dkr 20)115).
Posteriormente, foi lotada na
Primeira Vice-Presidência,
compreendo o período de
junho de 2015 a fevereiro de
2017, época em que o
Primeiro Vice-Presidente era
o Deputado Jose Eduardo
Botelho. Atualmente, a partir
de março de 2017, encontra-
se na Superintendência
Executiva da Presidência,
gestão do atual Presidente
Deputado Jose Eduardo
Botelho.
HERMESON
I, ERRE IRA
SANTANA, consta no
CAGED que uma pessoa de
nome HERMESON
FERREIRA SANTANA,
inscrita no CPF: 914.505.191-
72, possui vínculo
empregatício na Assembleia
JOSE EDUARDO Legislativa de Mato Grosso,
12/01/2010 5.000,00 D CHEQUE
BOTELHO sendo este partir de
01/07/2015. É possível
afirmar, a partir do
lotacionograma do órgão, que
Hermeson exerce suas
atividades Secretaria Geral da
Assembleia Legislativa do
Estado de Mato Grosso, sendo
esta lotação a partir de julho
de 2015.
JOSE EDUARDO HERMESON
28/09/2010 4.900,00 D CHEQUE
BOTELHO FERREIRA SANTANA
IVAN LOPES DIAS,
consta no CAGED seu
vínculo empregatício na
Assembleia Legislativa do
Estado de Mato Grosso a
partir de 07/01/2013. É
possível afirmar, a partir do
CLAUDEMIR PEREIRA lotacionograma do órgão, que
14/10/2014 5.000,00 D CHEQUE o servidor esteve lotado no
DOS SANTOS Gabinete do Deputado
Alexandre Cesar no período
compreendido entre janeiro dei
2013 a janeiro de 2015.
Posteriormente, a partir de
janeiro de 2017, encontra-se
lotado no Gabinete do
Deputado Prof Allan.
CLAUDEMIR PEREIRA
14/10/2014 5.000,00 D CHEQUE IVAN LOPES DIAS
DOS SANTOS
NIO EDUARDO DA
VA 19/08/201Ç\)00,00 D R CHEQUE
JANAINA POLLA
REINHEIMER, é filha do
investigado Roque Anildo

tki°, Edifício Anexó rocuradoria e Justiça, Cuiabá-Mt -


CEP 78049.921 — Fone/fax 36i 2/1628
83

TEMT
Tribunal Pleno

MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DE MATO GROSSO


NÚCLEO DE AÇÕES DE COMPETÊNCIA ORIGINÁRIA CRIMINAL - NACO
GRUPO DE ATUAÇÃO ESPECIAL CONTRA O CRIME ORGANIZADO - GAECO
_,
VALOR D/
TITULAR TRANSAÇÃO ORIGEM/DESTINO
DATA(RS) C ,
Reinheimer. Consta no
CAGED seu vínculo
empregatício na Assembleia
Legislativa do Estado de Mato
Grosso a partir de 13/02/2017.
É possível afirmar, a partir do
lotacionograma do órgão, que
a servidora foi nomeada, em
fevereiro de 2017, para


trabalhar na Consultoria
Técnico Jurídica da Mesa da
Assembleia Legislativa de
Mato Grosso.
JANAINA POLLA
EIG MERCADOS LTDA 26/05/2011 7.038,75 D TRANSFERÊNCIA
REINHEIMER
JANAINA POLLA
EIG MERCADOS LTDA 24/07/2013 7.708,90 D TRANSFERÊNCIA
REINHEIMER
JANAINA POLLA
EIG MERCADOS LTDA 26/08/2013 7.708,90 D TRANSFERÊNCIA
REINHEIMER
JANAINA POLLA
EIG MERCADOS LTDA 24/09/2013 7.708,90 D TRANSFERÊNCIA
REINHEIMER
JANAINA POLLA
EIG MERCADOS LTDA 25/10/2013 7.708,90 D TRANSFERÊNCIA
REINHEIMER
JANAINA POLLA
EIG MERCADOS LTDA 25/11/2013 7.708,90 D TRANSFERÊNCIA
REINHEIMER
JANAINA POLLA
EIG MERCADOS LTDA 09/12/2013 1.393,79 C TRANSFERÊNCIA
REINHEIMER
JANAINA POLLA
EIG MERCADOS LTDA 26/12/2013 7.708,90 D TRANSFERÊNCIA
REINHEIMER


JANAINA POLLA
EIG MERCADOS LTDA 15/01/2014 592,96 C TRANSFERÊNCIA
REINHEIMER
EIG MERCADOS LTDA 27/01/2014 7.726,04 JANAINA POLLA
D TRANSFERÊNCIA
REINHEIMER
EIG MERCADOS LTDA 28/02/2014 7.726,04 D JANAINA POLLA
TRANSFERÊNCIA
REINHEIMER
EIG MERCADOS LTDA JANAINA POLLA
28/03/2014 7.726,04 D TRANSFERÊNCIA
REINHEIMER
EIG MERCADOS LTDA 29/04/2014 7.726,03 D JANAINA POLLA
TRANSFERÊNCIA
REINHEIMER
EIG MERCADOS LTDA 29/05/2014 7.726,03 JANAINA POLLA
D TRANSFERÊNCIA
REINHEIMER
EIG MERCADOS LTDA 27/06/2014 7.726,03 JANAINA POL '.
D TRANSFERÊNCIA
REINHE lai'
EIG MERCADOS LTDA 28/07/2014 JANAINA POLLA
7.726,03 D TRANSFERÊNCIA
REINHEIMER
EIG MERCADOS LTDA 28/08/2014 JANAINA POLLA
7.726,03 D TRANSFERÊNCIA
REINHEIMER
EIG MERCADOS LTDA 25/09/2014 7.726,03 JANAINA POLLA
D TRANSFERÊNCIA
REINHEIMER
r-gIMERCADOS LTDA JANAINA POLLA
03/11/2014 7.726 03 T~RÊNCIA
REINHEIMER ,--N

Rua 04 s/n°, Edifício Anexo 1- Procu do:1e~


CEP 78049-921 - F x 36x3 1622/1628
84

MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DE MATO GROSSO


NÚCLEO DEAÇÕES DE COMPETÊNCIA ORIGINÁRIA CRIMINAL - NACO
GRUPO DE ATUAÇÃO ESPECIAL CONTRA O CRIME ORGANIZADO GAECO

1).\ 1. \ ( Z RANSAÇÃO' • ''4 ' 11 `,t)


TITULAR
ROQUE ANILDO J AN AINA POLLA
6.000,00 D CHEQUE
REINHEIMER REINHEIMER
ROQUE ANILDO JANAINA POLLA
14/01/2014 3.300,00 D TRA_N SPERÊNCI A
REINHEIMER REINHEIMER
ROQUE ANILDO JANAINA POLLA
16/01/2014 4.500,00 D TRANSFERÊNCIA
REINHEIMER REINHEIMER
ROQUE ANILDO JANAINA POLLA
29/01/2014 5.015,00 C TRANSFERÊNCIA
REINHEIMER REINHEIMER
ROQUE ANILDO JANAINA POLLA
26/03/2014 3.000,00 C TRANSE. ERÊNCIA
REINHEIMER REINHEIMER
ROQUE ANILDO JANAINA POLLA
13/05/2014 5.000,00 C TRANSP ERÊNC IA
REINHEIIVIER REINHEIMER
ROQUE ANILDO JANAINA POLLA
14/05/2014 5.000,00 C TRANSFERÊNCIA REINHEIMER
REINHEIMER
ROQUE ANILDO JANAINA POLLA
16/05/2014 73.500,00 C TRANSFERÊNCIA
REINHEIMER REINBEIMER
JONILSON
MONTEIRO
SIQUEIRA, consta no
CAGED seu vínculo
empregatício na Assembleia
Legislativa do Estado de Mato
Grosso a partir da data de
17/01/2014, bem como no
período compreendido entre
01/06/2016 a 30/1112016. É
possível afirmar, a partir do
CLAUDEMIR PEREIRA lotacionograma do órgão, que
19/12/2013 4.850,00 D CHEQUE
DOS SANTOS o servidor esteve lotado no
GABINETE DA PRIMEIRA
SECRETARIA entre janeiro
de 2014 a fevereiro de 2015,
época em que o primeiro
secretário era o Deputado
Mauro Savi. Posteriormente,
exerceu suas funções na
SECRETARIA DE
ADMINISTRACAO E
PATRIMONIO de junho de
2016 a setembro de 2016.
JORGE BATISTA DA
GRACA, consta no
CAGED seu vínculo
empregatício na Assembleia
Legislativa do Estado de Mato
Grosso no período de'
CLALIDElvfIR PEREIRA CHEQUE 01/02/2007 a 31103/2016. É
03/02/2014 50.000,00 D
DOS SANTOS possível afirmar, a partir do
lotacionograma do órgão, que
o servidor exerceu suas
atividades no Gabinete do
Deputado Zé Domingos no
período de agosto de 2012 a
fevereiro de 2016.
14111111 I R PEREIRA JORGE BATISTA DA
06/02/2014 0)\)0 D SFERÊNCIA
A DOS S ' GRACA ,
gnia
ma
1!,! i o A n:).< o 1 • :) reciirl, lo.e deral. Justiça.. •iii .,) 1 , ) i 1 jar4!
dwee.- - /:31/3A 42 1 • ;:or;:)," 3613 1622 1628 At
w
4011111"
85

MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DE MATO GROSSO


NÚCLEO DE AÇÕES DE COMPETÊNCIA ORIGINÁRIA CRIMINAL — NACO
GRUPO DE ATUAÇÃO ESPECIAL CONTRA O CRIME ORGANIZADO — GAECO
VALOR D/ ' 1.
TITULAR DATA TRANSAÇÃO ORIGEM/DESTINO .
(RS) C látággitàbi
--árt à~AA
JOSE BENEDITO
MEDEIROS, consta no
CAGED seu vínculo
empregatício na Assembleia
Legislativa do Estado de Mato
Grosso a partir de 01/10/2012.
É possível afirmar, a partir do
CLAUDEMIR PEREIRA lotacionograma do órgão, que
13/10/2014 4.678,97 D CHEQUE o servidor esteve lotado no
DOS SANTOS Gabinete do Deputado Gilmar
Fabris no mês de agosto de
2012. Posteriormente exerceu
suas funções na
SECRETARIA DE
COMUNICACAO SOCIAL
entre outubro de 2012 a
fevereiro de 2015.
JOSE CARLOS 1301'4,
consta no CAGED seu
vínculo empregatício na
Assembleia Legislativa do
Estado de Mato Grosso no
período de 01/02/2007 a
06/08/2014. É possível
afirmar, a partir do
lotacionograma do órgão, que
o servidor exerceu suas
MARILCI MALHEIROS atividades no Gabinete do
FERNANDES DE SOUZA 24/07/2013 1.000,00 D Deputado João Malheiros no
TRANSFERÊNCIA período de agosto de 2012 a
COSTA E SILVA agosto de 2014.


Cabe destacar que a envolvida
Marilcí Malheiros Fernandes
de Souza Costa e Silva é
sobrinha do Deputado João
Malheiros (João Antonio
Cuiabano Malheiros), visto
que este é irmão de sua mãe
(Marilza Malheiros Fernandes
de Souza).
MARILCI MALHEIROS
FERNANDES DE SOUZA 04/02/2013 10,00 D TRANSFERÊNCIA JOSE CARLOS BON
COSTA E SILVA
MARILCI MALHEIROS
FERNANDES DE SOUZA 25/07/2013 140,00 C TRANSFERÊNCIA JOSE CARLOS BO
COSTA E SILVA
MARILCI MALHEIROS
FERNANDES DE SOUZA 30/09/2014 2.300,00 C TRANSFERÊNCIA JOSE CARLO ON
COSTA E SILVA
JOSE EUCLIDES DOS
SANTOS FILHO, é ex-
prefeito da cidade de Poconé-
JOSE EDUARDO MT. Consta no CAGED que
10/02/2011 3.500,00 D CHEQUE
BOTELHO uma pessoa de nome JOSE
EUCLIDES DOS SANTOS
FILHO, inscrita no CPF:
-.11111.1.111W (. f"\ 021.234.908-22, piagui

avia Geráirde1
Ustiça, Goiaba-MT
ax 3613 1622/1628
,)(0)

MINISTÉRIO Plá:LIICO DO ESTADO DE MATO GROSSO


NÚCLEO DEAÇÕES DE COMPETÊNCIA ORIGINÁRIA CRIMINAL - NACO
GRUPO DE ATUAÇÃO ESPECIAL CONTRA O CRIME ORGANIZADO GAECO
\, \ I (,) R, 1) . , P =
. W
,ASA(' ()21(;:•:',I 1):•:`, i i \,()
TITULA . 1) \ I `, 1: , ) ( - . -.
vinculo e mpr egat ido, iam
Assembleia Legislativa de
Mato Grosso, sendo este a
partir de 07/01/2013. É
possível afirmar, a partir do
lotacionograma do órgão, que
Jose Euclides exerceu suas
atividades no Gabinete do
Deputado Luiz Marinho, entre
os anos de 2012 a 2015.
Posteriormente, em janeiro de
2016, foi lotado no Gabinete
do Deputado Jose Eduardo
Botelho, local onde se
encontra atualmente.
JOSE EDUARDO JOSE EUCLIDES DOS
21/08/2012 5.000,00 D CHEQUE
BOTELHO SANTOS FILHO
JOSE EDUARDO JOSE EUCLIDES DOS
28/09/2012 2.000,00 D CHEQUE
BOTELHO SANTOS FILHO
JOSE EDUARDO JOSE EUCLIDES DOS
26/11/2012 4.000,00 D CHEQUE
BOTELHO SANTOS FILHO
JOSE EDUARDO JOSE EUCLIDES DOS
07/08/2013 2.000,00 D CHEQUE
BOTELHO SANTOS FILHO
JOSE EDUARDO JOSE EUCLLDES DOS
02/10/2013 4.000,00 D CHEQUE
BOTELHO SANTOS FILHO
JOSE EDUARDO JOSE EUCLIDES DOS
18/10/2013 4.000,00 D CHEQUE
BOTELHO SANTOS FILHO
JOSE EDUARDO JOSE EUCLIDES DOS
17/12/2013 3.500,00 D CHEQUE
BOTELHO SANTOS FILHO
JOSE EDUARDO JOSE EUCLIDES DOS
17/03/2014 1.000,00 D CHEQUE
BOTELHO SANTOS FILHO
JOSE EDUARDO JOSE EUCLIDES DOS
08/05/2014 3.000,00 D CHEQUE
BOTELHO SANTOS FILHO
JOSE EDUARDO JOSE EUCLIDES DOS
07/08/2014 3.000,00 D CHEQUE
BOTELHO SANTOS FILHO
JOSE EDUARDO JOSE EUCLIDES DOS
27/01/2015 1.500,00 D CHEQUE
BOTELHO SANTOS FILHO
JOSE EDUARDO JOSE EUCLIDES DOS
27/07/2015 2.000,00 D CHEQUE
BOTELHO SANTOS FILHO
JOSE EDUARDO JOSE EUCLIDES DOS
20/08/2015 2.000,00 D CHEQUE
BOTELHO SANTOS FILHO
JOSE EDUARDO JOSE EUCLIDES DOS
26/11/2015 640,00 D CHEQUE
BOTELHO SANTOS FILHO
JOSE EDUARDO JOSE EUCLIDES DOS
15/12/2011 4.900,00 D CHEQUE
BOTELHO SANTOS FILHO
JOSE EUGENIO DE
ANDRADE JACOB
RODRIGUES, consta no
ANTONIO EDUARDO DA CAGED seu vínculo
09/08/2011 5.000,00 D TRANSFERÊNCIA
COSTA E SILVA empregaticio na Assembleia
Legislativa do Estado de Mato

(..\ n Grosso a partir da data de


05/03/2014. É pçigvp1"

ua s n°, Edifício Anexo a G -Wcie .11I • 1.1'o á •1‘,1


CEP 78049-9 613 622/
87

ti/N/1T
Tribunal Pleno/

MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DE MATO GROSSO


NÚCLEO DE AÇÕES DE COMPETÊNCIA ORIGINÁRIA CRIMINAL - NACO
GRUPO DE ATUAÇÃO ESPECIAL CONTRA O CRIME ORGANIZADO - GAECO
VALOR D/
TITULAR DATA TRANSAÇÃO ORIGEM/DESTINO
(RS) C ..;sdkétUtist
P
afirmar. a partir do
lotacionograma do órgão, que
o servidor foi lotado na
SECRETARIA DE
ADMINISTRACAO E
PATRIMONIO no período
compreendido entre março de
2014 a janeiro de 2015.
Posteriormente, exerceu suas
atividades na PRESIDENCIA
— MESA DIRETORA entre
fevereiro de 2015 a janeiro de
2017, época em que o
Presidente era o Deputado
Guilherme Maluf. A partir de
fevereiro de 2017 até o
momento vigente se encontra
na PRIMEIRA SECRETARIA
— MESA DIRETORA, sendo
que o primeiro secretário é o
Deputado Guilherme Maluf.
JOSE EUGENIO DE
ANTONIO EDUARDO DA
03/11/2011 2.749,00 D CHEQUE ANDRADE JACOB
COSTA E SILVA
RODRIGUES
JOSE EUGENIO DE
ANTONIO EDUARDO DA
03/11/2011 2.747,00 D CHEQUE ANDRADE JACOB
COSTA E SILVA
RODRIGUES
JOSE JESUS
PEREIRA, consta no
CAGED seu vínculo
empregatício na Assembleia
Legislativa do Estado de Mato
Grosso no período de
01/05/2003 a 28/02/2017,
bem como a partir do dia
02/02/2015. É possível
afirmar, a partir do
lotacionograma do órgão, que
SILVIO CEZAR CORREA o servidor exerceu suas
19/01/2015 550,00 C TRANSFERÊNCIA atividades no Gabinete do
ARAUJO
Deputado Pedro Satelite em
fevereiro de 2015.
Posteriormente, em março de
2015, foi lotado na Segunda
Vice-Presidência, local onde,
se encontra atualmente‘
Cumpre destacar que
Segundo Vice-Presidente
março de 2015 a janeiro de
2017 foi o Deputado Pedro
Satelite, sendo sucedido pelo
Deputado Max Russi.
SILVIO CEZAR CORREA
04/02/2015 550,00 C TRANSFERÊNCIA JOSE JESUS PEREIRA
ARAUJO
SILVIO CEZAR CORREA
06/05/2015 550,00 C ',1k.SPERÊNCIA JOSE JESUS PEREIRA
ARAUJO
O CEZAR CORREA
02/07/2015 55C,00 C ' NFERÊNCIA JOSE JESUS PEREIRA
SR ARAUJO

S/n°, Edifício Anexo 1- Proc


8

MINISTÉRIO POPULIICO DO ESTADO DE MATO GROSSO


NÚCLEO DE AÇÕES DE. COMPETÊNCIA ORIGINÁRIA CRIMINAL - NACO
GRUPO DE ATUAÇÃO ESPECIAL. C,ONTRA O CRIME ORGANIZADO -•GAE.00

TITULAR 4NSAÇÃO RIGEM/DS11"


(RS)
SILVIO CEZAR CORREA JOSE JESUS PEREIRA
16/11/2015 1.100,00 C TRANSFERÊNCIA
ARAUJO
SILVIO CEZAR CORREA JOSE JESUS PEREIRA
25/09/2009 100,00 D TRANSFERÊNCIA
ARAUJO
JOVANIL RAMOS
DOS SANTOS, consta no
CAGED seu vínculo
empregatício na Assembleia
Legislativa do Estado de Mato
Grosso a partir da data de
ANTONIO EDUARDO DA 5.000,00 D CHEQUE 01/04/2006. É possível
07/12/2011
COSTA E SILVA afirmar, a partir do
lotacionograma do órgão, que
o servidor foi lotado no
Gabinete do Deputado Joao
Malheiros no período
compreendido entre agosto de
2012 a janeiro de 2015.
ANTONIO EDUARDO DA JOVANIL RAMOS
08/12/2011 2.600,00 D CHEQUE
COSTA E SILVA DOS SANTOS
ANTONIO EDUARDO DA JOVANIL RAMOS
11/05/2012 4.190,00 D CHEQUE
COSTA E SILVA DOS SANTOS
JUARES ANTONIO
BATISTA DO
AMARAL, consta no
CAGED seu vínculo
empregatício na Assembleia
Legislativa do Estado de Mato
Grosso a partir de 01/02/2007.
DAUTON LUIZ SANTOS É possível afirmar, a partir do
26/12/2014 2 .3$30,00 C TRANS'. ERÊNCIA lotacionograma do órgão, que
VASCONCELLOS
o servidor exerceu suas
atividades na Primeira
Secretaria - Mesa Diretora no
período de agosto de 2012 a
fevereiro de 2015. Cabe
ressaltar que o Primeiro
Secretário, à época, era o
Deputado Mauro Savi.
JUARES ANTONIO
DAUTON LUIZ SANTOS
28/12/2015 1.500,00 D TRANSFERÊNCIA BATISTA DO
VASCONCELLOS
AMARAL
JULIANA
ELIZABETH DE
MORAES MEDEIROS,
consta no CAGED seu
vínculo empregatício na
Assembleia Legislativa do
SILVIO CEZAR CORREA Estado de Mato
04/05/2011 1.600,00 D TRANSFERÊNCIA
ARAUJO partir de 01/05/É Grosso a
possível afirmar, a partir do
lotacionograma do órgão, que
a servidora desempenha suas
funções na Secretaria Geral da
Assembleia Legislativa de
Mato. 1,gsso.
------N- (:-\-N.hl ,-1

s Edifício Anexo! - Procurai i i ():Nade Ju


CEP 78049-921 - Fone/fax < 2(162
89

TJ/MT
Tribunal Pleno
Fls. IA
MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DE MATO GROSSO
NÚCLEO DE AÇÕES DE COMPETÊNCIA ORIGINÁRIA CRIMINAL - NACO
GRUPO DE ATUAÇÃO ESPECIAL CONTRA O CRIME ORGANIZADO - GAECO
VALOR D/
TITULAR DATA TRANSAÇÃO ORIÇENUDESTINO
(RS) C
LEANIR RODRIGUES
DO NASCIMENTO
SADDI, consta no CAGED
seu vínculo empregatício na
Assembleia Legislativa do
Estado de Mato Grosso no
período de 01/06/1997 a
DAUTON LUIZ SANTOS 28/02/2015. É possível
22/03/2011 301,00 D TRANSFERÊNCIA
VASCONCELLOS afirmar, a partir do
lotacionograma do órgão, que
o servidor exerceu suas
atividades no Gabinete do
Deputado Mauro Savi no
período compreendido entre

julho de 2013 a fevereiro de
2015.
LEANIR RODRIGUES
DAUTON LUIZ SANTOS
08/01/2013 16.278,00 D TRANSFERÊNCIA DO NASCIMENTO
VASCONCELLOS
SADDI
LIAMAR LUCIA DE
MEIRA BARTH, consta
no CAGED seu vínculo
empregatício na Assembleia
Legislativa do Estado de Mato
Grosso no período de
03/06/2013 a 30/06/2013. É
SILVIO CEZAR CORREA possível afirmar, a partir do
03/07/2009 500,00 D TRANSFERÊNCIA lotacionograma do órgão, que
ARAUJO
a servidora exerceu suas
atividades no Gabinete da
Deputada Tete Bezerra em
junho de 2013. Cumpre


salientar que Liamar é
cunhada do ex-governador de
Mato Grosso Silvai da Cunha
Barbosa.
LINDOMAR
CORREIA
RODRIGUES, consta no
CAGED seu vínculo
empregatício na Assembleia
Legislativa do Estado de Mato
Grosso no período de
01/02/2001 a 31/01/2013. É
DAUTON LUIZ SANTOS possível afirmar a partir do
13/04/2011 2.000,00 D TRANSFERÊNCIA , ó• rgão, que
VASCONCELLOS lotacionograma do
o servidor foi lotado
Primeira Secretaria — M
Diretora no período
compreendido entre agosto de
2012 a janeiro de 2013.
Destaca-se que neste
interstício o Primeiro
Secretário era o Deputado
Mauro Savi.

RAFAEL YAMADA LUCIANO DE


30/01/2013 11.600/5b\) EQUE FREITAS
TORRES
_ .,.,
AZAMBUJA, consta no

s n°, Edifício Anexo 1- Procura ort Geianfé3dair Cuiabá-MT


RP-71048-221 162211628
90

MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DE MATO GROSSO


NÚCLEO DE AÇÕES DE COMPETÊNCIA ORIGINÁRIA CRIMINAL - NACO
GRUPO DE ATUAÇÃO ESPECIAIL. CONTRA O CRIME ORGANIZADO - GAECO
, • i .( • D/
TITULAR o \ i. \ TRANSAÇÃO _ ORIG ) )1 i `, ( )
R.) _ C
1 , cAGLD que umas pessoal alkr
nome LUCIANO DE
FREITAS AZAMBUJA,
inscrita no CPF: 688.233.201-
00, possuiu vínculo
empregatício na Assembleia
Legislativa de Mato Grosso,
sendo este no período de
02/02/2015 a 31/03/2015. É
possível afirmar, a partir do
lotacionograma do órgão, que
Luciano foi funcionário da
Assembleia Legislativa de
Mato Grosso exercendo suas
atividades na Secretaria Geral
no período compreendido
entre fevereiro a março de
2015.
RAFAEL YAMADA LUCIANO DE
30/01/2013 26.000,00 13 CHEQUE
TORRES FREITAS AZAMBUJA
LUIZ FERNANDO S
FLAMINI°, consta no
CAGED seu vínculo
empregatício na Assembleia
Legislativa do Estado de Mato
Grosso a partir de 01/02/2011.
É possível afirmar, a partir do
lotacionograma do órgão, que
o servidor esteve lotado na
SEGUNDA SECRETARIA
entre agosto de 2012 a janeiro
CLAUDEMIR PEREIRA de 2015, época em que o
10/10/2014 5.000,00 D CHEQUE
DOS SANTOS Segundo Secretário era o
Deputado Dilmar Dai Bosco.
Posteriormente exerceu suas
funções no Gabinete do
Deputado Dilmar Dal Bosco
no período de fevereiro de
2015 a janeiro de 2017.
Atualmente se encontra na
CONSULTORIA TECNICO
JURIDICA DA MESA, sendo
esta lotação efetuada a part.
de fevereiro de 2017.
LUIZ OTAVI
BORGES SOUZ
consta no CAGED s
vínculo empregatício na
Assembleia Legislativa do
CLAUDEMIR PEREIRA Estado de Mato Grosso a
DOS SANTOS
13/10/2014 10.000' 00 D CHEQUE
partir de 01/02/2011. É
possível afirmar, a partir do
lotacionograma do órgão, que
o servidor está lotado no
Gabinete do Deputado Baiano
Filho desde agosto de 2012.
CLAUDEMIR PEREIRA LUIZ OTAVIO
13/10/2014 0.0 ,00 D CHEQUE
S SANTOS BORGES
C UD IRA 14/10/2014 10.000, O D \ i CHEQUE LI )7 OTAVIO

Rua 04 s/n°, Edifício Anexo ti eiarde Justiça aba-MT


CEP 78049-92 — Fone 613 1622/1628
91

rinjimT
Tribuna, plenoil
i
MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DE MATO GROSSO
NÚCLEO DE AÇÕES DE COMPETÊNCIA ORIGINÁRIA CRIMINAL - NACO
GRUPO DE ATUAÇÃO ESPECIAL CONTRA O CRIME ORGANIZADO - GAECO
VALOR D/
TITULAR DATA TRANSAÇÃO ORIGEM/DESTINO
(RS) C
DOS SANTOS BORGES SOUZA
MARCELO SANTANA
DA SILVA, consta no
CAGED seu vínculo
empregatício na Assembleia
Legislativa do Estado de Mato
Grosso a partir de 01/07/2011.
É possível afirmar, a partir do


lotacionograma do órgão, que
DAUTON LUIZ SANTOS o servidor exerceu suas
14/11/2012 2.000,00 D TRANSFERÊNCIA atividades no Gabinete da
VASCONCELLOS Primeira Secretaria nos anos
de 2012 a 2015, período em
que o Primeiro Secretário era
o Deputado Mauro Savi.
Posteriormente foi lotado na
Secretaria de Gestão de
Pessoas no período
compreendido entre fevereiro
a outubro de 2016.
MARIA DO CARMO
SILVEIRA
DOMINGUES, consta no
CAGED seu vínculo
empregatício na Assembleia
Legislativa do Estado de Mato
Grosso no período de
01/02/2004 a 30/06/2015. É
possível afirmar, a partir do
lotacionograma do órgão, que
o servidor exerceu suas
atividades no Gabinete do


MAURO LUIZ SAVI 22/08/2012 1.500,00 D TRANSFERÊNCIA Deputado Romoaldo Junior
nos anos de 2012 a 2014.
Posteriormente foi lotada, em
janeiro de 2015, na Primeira
Vice-Presidência, época em
que o Primeiro Vice-
Presidente era o Deputado
Jose Eduardo Botelho, e, no
período de março a junho de
2015, exerceu sua função na
Presidência — Mesa Diretora,
ocasião em que o Presidente
era o Deputado Guilherme
Maluf.
MARIA MARCl/
GAUTO LARA, cons
no CAGED seu vínc
empregatício na Assembleia
Legislativa do Estado de Mato
Grosso no período de
JOSE EDUARDO 01/06/2012 a 09/02/2015. É
04/02/2011 1.450,00 D CHEQUE
BO IELHO possível afirmar, a partir do
lotacionograma do órgão, que
o servidor exerceu suas
atividades na Primeira
Secretaria — Mesa Diretora,
no período compreendido
"~".......-- ..".., (- entre agosto de 2012 a janeiro

Rua 04 s7n° nexo 1— Procura doria Geral de Justiça, Cuiabá-MT


— Fone/ x 36 3 1622/1628
92

MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DE MATO GROSSO


NÚCLEO DE AÇÕES DE COMPETÊNCIA ORIGINÁRIA CRIMINAL - NACO
GRUPO DE ATUAÇÃO ESPECIAL CONTRA O CRIME ORGANIZADO - GAECO
lir VALOR D/ ',. . . .:.,. ,
i 2 \ ,„„aill orm( ;:,, N 11 ls I
TITULAR DATA t, \. O
,-..,._, "....,
de 2015. oea-4,:io em que: o)
Primeiro Secretário era o
Deputado Mauro Savi.
MARIANY ALVES
PEREIRA, consta no
CAGED seu vínculo
empregatício na Assembleia
Legislativa do Estado de Mato
Grosso no período de
ANTONIO EDUARDO DA 13/03/2014 01/05/2008 a 09/02/2015. É
4.000,00 C TRANSFERÊNCIA possível afirmar, a partir do
COSTA E SILVA lotacionograma do órgão, que
o servidor exerceu suas
atividades na Consultoria
Técnico Jurídica da Mesa no
período compreendido entre
agosto de 2012 a fevereiro de
2015.
ANTONIO EDUARDO DA MARIANY ALVES
13/03/2014 2.487,00 C TRANSI,ERÊNCIA
COSTA E SILVA PEREIRA
MOISES DIAS DA
SILVA, consta no CAGED
seu vínculo empregatício na
Assembleia Legislativa do
Estado de Mato Grosso em
diversas passagens, sendo a
primeira a partir de
01/06/1999 e sua saída em
31/07/2016. É possível
afirmar, a partir do
lotacionograma do órgão, que
o servidor exerceu suas
JOSE EDUARDO atividades no Gabinete da
15/03/2011 4.900,00 D CHEQUE Primeira Secretaria, no
BOTELHO período compreendido entre
março de 2013 a janeiro de
2015, interstício em que
Primeiro Secretário era o
Deputado Mauro Savi.
Posteriormente foi lotado na
Presidência — Mesa Diretora,
envolvendo o período entre
fevereiro de 2015 a maio de
2016, época em que o
Presidente do aludido órgão
era o Deputado Guilherme
Maluf.
NAYARA PEREIRA
DE SOUZA, consta no
CAGED seu vínculo
empregaticio na Assembleia
Legislativa do Estado de Mato
DAIJTON LUIZ SANTOS TRANSFERÊNCIA Grosso partir de 01/11/2010.
23/11/2010 1.000,00 D
VASCONCELLOS É possível afirmar, a partir do
lotacionograma do órgão,
apenas que a campo do setor
da servidora constava com
indenização trabalhista e n(
• (--' - (...
setembro de 2012.

a 04 s/n°, Edifício An),V


o Procuradod eral de J
P- 7804 -921 — Fone/fax 36 3 162211626
93

Pieno

_, 1) I
MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DE MATO GROSSO -
NÚCLEO DE AÇÕES DE COMPETÊNCIA ORIGINÁRIA CRIMINAL - NACO
GRUPO DE ATUAÇÃO ESPECIAL CONTRA O CRIME ORGANIZADO - GAECO
vu-6k- -ti-',,,,,,?,---.,..,_ ,,,,,--
TITULAR DATA TRANSAÇÃO ORIGEM/DESTINO
(RS) C
DAUTON LUIZ SANTOS NAYARA PEREIRA
11/06/2012 750,00 D TRANSFERÊNCIA
VASCONCELLOS DE SOUZA
NELSON LOPES DE
ALMEIDA, consta no
CAGED seu vínculo
empregatício na Assembleia
Legislativa do Estado de Mato
JOSE EDUARDO Grosso a partir de 02/02/2015.
26/12/2013 3.000,00 D CHEQUE


É possível afirmar, a partir do
BO'TELHO lotacionograma do órgão, que
o servidor exerceu suas
atividades no Gabinete do
Deputado Jose Eduardo
Botelho desde fevereiro do
ano de 2015.
JOSE EDUARDO NELSON LOPES DE
23/04/2014 8.500,00 D CHEQUE
BO i'LLHO ALMEIDA
JOSE EDUARDO NELSON LOPES DE
23/04/2014 2.000,00 D CHEQUE
BOTELHO ALMEIDA
JOSE EDUARDO NELSON LOPES DE
09/05/2014 10.000,00 D CHEQUE
BOTELHO ALMEIDA
JOSE EDUARDO NELSON LOPES DE
10/06/2014 6.500,00 D CHEQUE
BOTELHO ALMEIDA
JOSE EDUARDO NELSON LOPES DE
10/06/2014 5.700,00 D CHEQUE
BO TELHO ALMEIDA
JOSE EDUARDO NELSON LOPES DE
28/07/2014 2.750,00 D CHEQUE
BOTELHO ALMEIDA
JOSE EDUARDO NELSON LOPES DE
27/03/2015 5.000,00 D CHEQUE
BO TELHO ALMEIDA
ODENIL RODRIGUES
DE ALMEIDA, consta no
CAGED que uma pessoa de
nome ODENIL RODRIGUES
DE ALMEIDA, inscrita no

CPF: 621.030.591-15, possui
vínculo empregatício na
Assembleia Legislativa de
Mato Grosso, sendo este a
partir de 01/11/2012. É
possível afirmar, a partir do
lotacionograma do órgão, que
JOSE EDUARDO Odenil exerceu suas
22/05/2012 4.900,00 D CHEQUE atividades no Gabinete da
BO TELHO
Primeira Secretaria
período compreendido e
novembro de 2012 a fevereiro
de 2015, interstício em que
Primeiro Secretário era o
Deputado Mauro Savi.
Posteriormente foi lotado na
Secretaria de Serviços
Legislativos, envolvendo o
período entre março de 2015 a
janeiro de 2017. A partir de
fevereiro de2017, Odenil se
econtra lotado na Consultoria

edifício Anexo 1 — Procura ria G


CEP 78049-921 — Fone/fax
9)4

MINISTÉRIO PCIalICO DO ESTADO DE MATO GROSSO


NÚCLEO DE AÇÕES DE COMPETÊNCIA ORIGINÁRIA CRIMINAL — NACO
GRUPO DE ATUAÇÃO ESPECIAL. CONTRA O CRIME ORGANIZADO — GAECO
, , _ .. , ,, v,1 1):,» I I \, o
TITULAR 1) \ i \ 1 2 v`.. AÇA0 è .í(( ; :.:
i : ,) (
Técnico Jurídico da Mesa .
De acordo com reportagem
veiculada no site de notícias
Midia News, link
http://a.midianews.com.br/jud
iciario/secretario-da-al-
recebeu-r-50-mil-e-repassou-
a-ex-procurador/265154
(mídia digital), datada de
03/06/2016, acessada em
06/04/2017, Odenil Rodrigues
de Almeida, afirmou, em
depoimento dado ao Grupo de
Atuação Especial Contra o
Crime Organizado (Gaeco),
que teve sua conta bancária
utilizada para pagamentos em
um suposto esquema
investigado no âmbito da
"Operação Ventríloquo".
JOSE EDUARDO ODENIL RODRIGUES
24/05/2012 4.400,00 D CHEQUE
BOTELHO DE ALMEIDA
OLINDEVAL SOARES
DOS SANTOS, consta no
CAGED seu vínculo
empregatício na Assembleia
Legislativa do Estado de Mato
Grosso a partir de 03/04/2015.
É possível afirmar, a partir do
lotacionograma do órgão, que
o servidor exerceu atividades
DAUTON LUIZ SANTOS na Secretaria de Orçamento e
15/01/2010 2.000,00 C TRANSFERÊNCIA
VASCONCELLOS Finanças no período
compreendido entre abril de
2015 a janeiro de 2017.
Posteriormente, a partir de
fevereiro de 2017, encontra-se
lotado na Primeira Secretaria
— Mesa Diretora, sendo que o
Primeiro Secretário em
exercício é o Deputado
Guilherme Maluf.
OMAR MUSTAFA
FARES, consta no CAGED
seu vínculo empregatício na
Assembleia Legislativa do
Estado de Mato Grosso no
período de 07/01/2013 a
31/01/2014. É possível
afirmar, a partir do
JOSE EDUARDO 10/05/2012 15.710,00 C DEPÓSITO lotacionograma do órgão, que
BOTELHO o servidor exerceu suas
atividades no Gabinete do
Deputado Romoaldo Junior
no período compreendido
entre janeiro de 2013 a janeiro
de 2014. Posteriormente, a
partir de fevereiro de 2017,

r\------------- r"\ n encontra-se lotado


Secretaria Geral do aludido
na

s/n°, Edifício An - Procuradoria Gèral de Justiça


CEP 78049-921 - Fone/fax 3613 1622/1628
95

J/IVIT
Tribunal Plana jfr

F!sas()
MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DE MATO GROSSO
NÚCLEO DE AÇÕES DE COMPETÊNCIA ORIGINÁRIA CRIMINAL - NACO
GRUPO DE ATUAÇÃO ESPECIAL CONTRA O CRIME ORGANIZADO - GAECO

TITULAR DATA TRANSAÇÃO ORIGEM/DESTINO


(RS) C
órgão.
PAULO H BOTELHO
FERREIRA, consta no
CAGED seu vínculo
empregatício na Assembleia
Legislativa do Estado de Mato
Grosso no período de
ANTONIO EDUARDO DA D CHEQUE 01/08/2012 a 09/02/2015. É
21/11/2011 4.900,00
COSTA E SILVA possível afirmar, a partir do
lotacionograma do órgão, que
o servidor foi lotado na
Consultoria Técnico Jurídico
da Mesa no interstício de
agosto de 2012 a fevereiro de
2015.
ANTONIO EDUARDO DA PAULO H BOTELHO
22/11/2011 4.900,00 D CHEQUE
COSTA E SILVA FERREIRA
JOSE EDUARDO PAULO H BOTELHO
17/02/2010 1.200,00 D CHEQUE
BOTELHO FERREIRA
JOSE EDUARDO PAULO H BO TELHO
11/08/2010 2.700,00 D CHEQUE
BOTELHO FERREIRA
JOSE EDUARDO PAULO H BO TELHO
02/09/2010 2.500,00 D CHEQUE
BOTELHO FERREIRA
JOSE EDUARDO PAULO H BO TELHO
03/09/2010 3.000,00 D CHEQUE
BO TELHO FERREIRA
JOSE EDUARDO PAULO H BO TELHO
10/12/2010 22.000,00 D CHEQUE
BO TELHO FERREIRA
JOSE EDUARDO PAULO H BO TELHO
07/04/2011 1.250,00 D CHEQUE
BO TELHO FERREIRA
JOSE EDUARDO PAULO H BO _VELHO
03/05/2011 1.250,00 D CHEQUE
BO TELHO FERREIRA
JOSE EDUARDO PAULO H BO TELHO
11/05/2011 500,00 C DEPÓSITO
BO _VELHO FERREIRA
JOSE EDUARDO PAULO H BOTELHO
24/05/2011 1.250,00 C DEPÓSITO
BOTELHO FERREIRA
JOSE EDUARDO PAULO H BO TELHO
25/08/2011 1.250,00 D CHEQUE
BO TELHO FERREIRA
JOSE EDUARDO PAULO H BO TELHO
20/10/2011 1.500,00 D CHEQUE
BOTELHO FERREIRA
JOSE EDUARDO PAULO H BOTELHO
03/11/2011 1.250,00 D CHEQUE
BOTELHO FERREIRA I
JOSE EDUARDO PAULO H BO TELHO
12/12/2011 1.250,00 D CHEQUE
BO TELHO FERREIRA
JOSE EDUARDO PAULO H BOTELHO
12/12/2011 1.250,00 D CHEQUE
BOTELHO FERREIRA
JOSE EDUARDO PAULO H BOTELHO
28/12/2011 4.000,00 D CHEQUE
BOTELHO FERREIRA
JOSE EDUARDO PAULO H BOTELHO
03/02/2012 1.250,00 D CHEQUE
BO TELHO FERREIRA
.,',. PAULO H BOT
14/02/2012 1.5 KC EPÓSITO
1 OTELHO!i • FERREIRAE,LHO
/^y'

04 sino, Edifício Anexo 1 - Proc tiça, Cuiabá-MT


CEP 78049-9 - Fon 3613 1622/162

ták g
1) lu

MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DE MATO GROSSO)


NÚCLEO DE AÇõES DE. COMPETÊNCIA ORIGINÁRIA CRIMINAL - NACO
GRUPO DE ATUAÇÃO ESPECIAL CONTRA O CRIME ORGANIZADO - GAECO
, \I ( ) R 1)
ULAR AO ORIGEM/DESTI
t,?.'
L (
JOSE EDUARDO PAULO H BOTELHO)
17/08/2012 2.000,00 D CHEQUE
BOTELHO FERREIRA
JOSE EDUARDO PAULO H BOTELHO
03/09/2012 1.250,00 D CHEQUE FERREIRA
BOTELHO
JOSE EDUARDO PAULO H BOTELHO
16/01/2013 715,00 C DEPÓSITO FERREIRA
BOTELHO
JOSE EDUARDO PAULO H BOTELHO
26/03/2013 4.000,00 D CHEQUE FERREIRA
BOTELHO
JOSE EDUARDO H BOTELHO
14/04/2014 2.050,00 C DEPÓSITO FERREIRA
BOTELHO
JOSE EDUARDO PAULO H BOTELHO
07/05/2014 3.500,00 D CHEQUE FERREIRA
BOTELHO
JOSE EDUARDO PAULO H BOTELHO
29/05/2014 2.500,00 D CHEQUE
BOTELHO FERREIRA
JOSE EDUARDO PAULO H BOTELHO
27/06/2014 2.500,00 D CHEQUE
BOTELHO FERREIRA
JOSE EDUARDO PAULO H BOTELHO
18/08/2014 5.000,00 D CHEQUE
BOTELHO FERREIRA
JOSE EDUARDO PAULO H BOTELHO
26/05/2015 3.500,00 D CHEQUE
BO TELHO FERREIRA
JOSE EDUARDO PAULO H BOTELHO
18/08/2015 6.000,00 D CHEQUE
BOTELHO FERREIRA
JOSE EDUARDO PAULO H BO TELHO
23/09/2015 3.200,00 D CHEQUE FERREIRA
BO VELHO
JOSE EDUARDO PAULO H BOTELHO
30/09/2015 3.200,00 D CHEQUE
BOTELHO FERREIRA
JOSE EDUARDO PAULO H BOTELHO
08/10/2015 2.200,00 D CHEQUE
BO TELHO FERREIRA
JOSE EDUARDO PAULO H BOTELHO
24/11/2015 5.000.00 D CHEQUE
BO TELHO FERREIRA
JOSE EDUARDO PAULO H BOTELHO
13/12/2011 4.000,00 D CHEQUE
BO TELHO FERREIRA
ANTONIO EDUARDO DA PAULO H BOTELHO
17/09/2012 10.000,00 D CHEQUE
COSTA E SILVA FERREIRA
PEDRO JONESON
RIOS MARQUES,
consta no CAGED seu
vínculo empregatício na
Assembleia Legislativa do
Estado de Mato Grosso a
FOLHA DE partir de 01/08/2011. É
EIG MERCADOS LIDA 05/03/2014 605,46 D
PAGAMENTO possível afirmar, a partir do
lotacionograma do órgão, que
o servidor foi lotado no setor
da Presidência — Mesa
Diretora em agosto de 2012,
época em que o Presidente era
o Deputado Jose Riva.
PEDRO JONESON
AMEItCADOS LTDA 06/03/201zi(‘.
33 5 D iyAN SFERÊNCIA
RIOS MARQUE

o An • ,A 0
,
EP 7804 ;s.ed. iMt
' •
97

TJ/MT
Tribunal Pleno

MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DE MATO GROSSO


NÚCLEO DE AÇÕES DE COMPETÊNCIA ORIGINÁRIA CRIMINAL - NACO
GRUPO DE ATUAÇÃO ESPECIAL CONTRA O CRIME ORGANIZADO - GAECO

TITULAR DATA
VÁV6R. iii TRANSAÇÃO ORIGEM/DESTINO
(RS) C
iz
FOLHA DE PEDRO JONESON
EIG MERCADOS LTDA 02/04/2014 638,24 D
PAGAMENTO RIOS MARQUES
FOLHA DE PEDRO JONESON
EIG MERCADOS LTDA 05/05/2014 653,98 D
PAGAMENTO RIOS MARQUES
FOLHA DE PEDRO JONESON
EIG MERCADOS LTDA 03/06/2014 663,98 D
PAGAMENTO RIOS MARQUES


FOLHA DE PEDRO JONESON
EIG MERCADOS LTDA 03/07/2014 663,98 D
PAGAMENTO RIOS MARQUES
FOLHA DE PEDRO JONESON
EIG MERCADOS LTDA 04/08/2014 663,98 D
PAGAMENTO RIOS MARQUES
FOLHA DE PEDRO JONESON
EIG MERCADOS LTDA 04/09/2014 663,98 D
PAGAMENTO RIOS MARQUES
FOLHA DE PEDRO JONESON
EIG MERCADOS LTDA 03/10/2014 663,98 D
PAGAMENTO RIOS MARQUES
FOLHA DE PEDRO JONESON
EIG MERCADOS LTDA 06/11/2014 663,98 D
PAGAMENTO RIOS MARQUES
FOLHA DE PEDRO JONESON
EIG MERCADOS LTDA 20/11/2014 321,69 D
PAGAMENTO RIOS MARQUES
FOLHA DE PEDRO JONESON
EIG MERCADOS LTDA 04/12/2014 663,98 D
PAGAMENTO RIOS MARQUES
FOLHA DE PEDRO JONESON
EIG MERCADOS LTDA 18/12/2014 329,42 D
PAGAMENTO RIOS MARQUES
FOLHA DE PEDRO JONESON
EIG MERCADOS LTDA 05/01/2015 663,98 D
PAGAMENTO RIOS MARQUES
EIG MERCADOS LTDA

EIG MERCADOS LTDA


05/02/2015

06/03/2015
796,90

805,43
D

D
FOLHA DE
PAGAMENTO
FOLHA DE
PAGAMENTO
PEDRO JONESON
RIOS MARQUES
PEDRO JONESON
RIOS MARQUES

FOLHA DE PEDRO JONESON
EIG MERCADOS LTDA 07/04/2015 774,54 D
PAGAMENTO RIOS MARQUES
EIG MERCADOS LIDA FOLHA DE PEDRO JONESON
07/05/2015 805,43 D
PAGAMENTO RIOS MARQUES
EIG MERCADOS LTDA FOLHA DE PEDRO JONESON
01/06/2015 805,43 D
PAGAMENTO RIOS MARQUES
EIG MERCADOS LTDA FOLHA DE PEDRO JONESON
06/07/2015 805,43 D
PAGAMENTO RIOS MARQUES
EIG MERCADOS LTDA FOLHA DE PEDRO JONESON
28/07/2015 1.148,05 D
PAGAMENTO RIOS MARQUES
FOLHA DE PEDRO JONESON
EIG MERCADOS LTDA 06/08/2015 805,43 D
PAGAMENTO RIOS MARQUES
EIG MERCADOS LTDA FOLHA DE PEDRO JONESON
03/09/2015 26,83 D
PAG:. 1 NTO RIOS MARQUES
ff FOlik DE PEDRO JONESON
— E lt-e7k1X1SçDA 06/10/2015 778,6
PAG , . I NTO RIOS MARQUES

Rua - ficio
Anexo 1 — Procura orla eral de Justiça, Cuiabá-MT
CEP 78049-921 — Fone/fa 13 1622/1628
98

MINISTÉRIO PlY:1111C0 DO ESTADO DE MATO GROSSO


NÚCLEO DE AÇÕES DE COMPETÊNCIA ORIGINÁRIA CRIMINAL - NACO
GRUPO DE ATUAÇÃO ESPECIAL. CONTRA O CRIME ORGANIZADO - GAECO
\, \ 1 i ):z 01
TITULAR 1) \ I \ Ik1 AÇÃO OR1G D:' `,I I) ,', I I \, ( )
1 -,) (
FOLHA DE PEDRO JONESON
EIG MERCADOS LTDA 03/11/2015 805,43 D
PAGAMENTO RIOS MARQUES
FOLHA DE PEDRO JONESON
EIG MERCADOS LTDA 27/11/2015 467,96 D
PAGAMENTO RIOS MARQUES
FOLHA DE PEDRO JONESON
EIG MERCADOS LTDA 04/12/2015 805,43 D
PAGAMENTO RIOS MARQUES
FOLHA DE PEDRO JONESON
EIG MERCADOS LTDA 11/12/2015 393,07 D
PAGAMENTO RIOS MARQUES
FOLHA DE PEDRO JONESON
EIG MERCADOS LTDA 08/01/2016 805,43 D
PAGAMENTO RIOS MARQUES
FOLHA DE PEDRO JONESON
EIG MERCADOS LTDA 03/02/2016 805,43 D
PAGAMENTO RIOS MARQUES
RAIMUNDO GOMES
PARRIAO, consta no
CAGED seu vínculo
empregatício na Assembleia
Legislativa do Estado de Mato
Grosso no período de
01/05/2008 a 31/07/2013. É
possível afirmar, a partir do
ANTONIO EDUARDO DA lotacionograma do órgão, que
17/04/2015 7. 700 00 C TRANSFERÊNCIA o servidor esteve lotado no
COSTA E SELVA '' gabinete do Deputado Jose
Riva no período de agosto de
2012 a junho de 2013.
Posteriormente exerceu suas
funções, no mês de julho de
2013, no Gabinete da
Presidência, época em que o
Presidente era o Deputado
Jose Riva.
RICARDO ADRIANE
DE OLIVEIRA, consta
no CAGED seu vínculo
empregatício na Assembleia
Legislativa do Estado de Mato
Grosso a partir de 04/10/2010.
É possível afirmar, a partir do
lotacionograma do órgão, que)
o servidor exerceu su
atividades no gabinete
Deputado Jose Eduardo
JOSE
JOSE EDUARDO Botelho no mês de fevereiro
20.000,00 D CHEQUE de 2015. Posteriormente foi
BOTELHO
lotado na Primeira Vice-
Presidência, no período entre
março de 2015 a janeiro de
2017, época em que o
Primeiro Vice-Presidente era
o Deputado Jose Eduardo
Botelho. A partir de fevereiro
de 2017 foi designado para a
Secretaria de Orçamento de
Finanças.

Cabe ressaltar que Ricardo

IkkujiLsixarrsEdificio ex — Procuradoria eral de Just


CEP 78 ,921 — Fone/fax 36 1622/1628
99

TtifiVI
Tribuna] Pleno

1 51 1
MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DE MATO GROSSO _
NÚCLEO DE AÇÕES DE COMPETÊNCIA ORIGINÁRIA CRIMINAL - NACO
GRUPO DE ATUAÇÃO ESPECIAL CONTRA O CRIME ORGANIZADO - GAECO
VALOR D/
TITULAR DATA TRANSAÇÃO ORIGEM/DESTINO
.4à., (RS) C
Adrianc c ex-x creador da
cidade de Cuiabá-MT,
legislatura 2001-2004.
JOSE EDUARDO RICARDO ADRIANE
20/04/2012 5.250,00 C DEPÓSITO
BOTELHO DE OLIVEIRA
JOSE EDUARDO RICARDO ADRIANE
24/05/2012 3.500,00 C DEPÓSITO
BOTELHO DE OLIVEIRA
DOSE EDUARDO
BOTELHO
JOSE EDUARDO
BO TELHO
JOSE EDUARDO
BOTELHO
08/06/2012 3.500,00

15/06/2012 25.000,00

01/10/2012 23.000,00
C

D
DEPÓSITO

DEPÓSITO

CHEQUE
RICARDO ADRIANE
DE OLIVEIRA
RICARDO ADRIANE
DE OLIVEIRA
RICARDO ADRIANE
DE OLIVEIRA

JOSE EDUARDO RICARDO ADRIANE
30/11/2012 4.900,00 D CHEQUE
BOTELHO DE OLIVEIRA
JOSE EDUARDO RICARDO ADRIANE
30/11/2012 4.900,00 D CHEQUE
BO TELHO DE OLIVEIRA
JOSE EDUARDO RICARDO ADRIANE
30/11/2012 4.900,00 D CHEQUE
BO TELHO DE OLIVEIRA
JOSE EDUARDO RICARDO ADRIANE
30/11/2012 4.900,00 D CHEQUE
BO TELHO DE OLIVEIRA
JOSE EDUARDO RICARDO ADRIANE
30/11/2012 4.900,00 D CHEQUE
BOTELHO DE OLIVEIRA
JOSE EDUARDO RICARDO ADRIANE
30/11/2012 4.900,00 D CHEQUE
BO TELHO DE OLIVEIRA
JOSE EDUARDO RICARDO ADRIANE
30/11/2012 4.900,00 D CHEQUE


BO TELHO DE OLIVEIRA
JOSE EDUARDO RICARDO ADRIANE
30/11/2012 4.900,00 D CHEQUE
BO TELHO DE OLIVEIRA
JOSE EDUARDO RICARDO ADRIANE
30/11/2012 4.900,00 D CHEQUE
BO TELHO DE OLIVEIRA
JOSE EDUARDO RICARDO ADRIANE
30/11/2012 1.000,00 D CHEQUE
BO TELHO DE OLIVEIRA
JOSE EDUARDO RICARDO ADRIANE
30/11/2012 4.900,00 D CHEQUE
BOTELHO DE OLIVEIRA
JOSE EDUARDO RICARDO ADRIANE
07/03/2012 15.000,00 D CHEQUE
BO TELHO DE OLIVEIRA
RINALDO PAEL
CAIVIARAO, consta noi
CAGED seu víncul
empregatício na Assemble
Legislativa do Estado de Mato
Grosso a partir de 04/10/2010.
ANTONIO EDUARDO DA É possível afirmar, a partir do
28/12/2012 1.000,00 C TRANSFERÊNCIA lotacionograma do órgão, que
COSTA E SILVA
o servidor exerceu suas
atividades na Secretaria Geral
entre agosto de 2012 a
dezembro de 2016.
Conforme matéria veiculada
no site de notícias Gazeta
... Digital, esc¡

difício Anexo 1 - Procu dori uiabá-MT


CEP 78049-921 - Fone/ 613 1622/1628

i„iâni ar
100

MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DE MATO GROSSO


NÚCLEO DE AÇÕES DE COMPETÊNCIA ORIGINÁRIA CRIMINAL - NACO
GRUPO DE ATUAÇÃO ESPECIAL CONTRA O CRIME ORGANIZADO - GAECO
\, \ i ( ) R
TITULAR 1) \ 1 \ RANSAÇÃO ORIGEM/DESTINO
hiti, ,,,, \\ gazetadigitalleont
bo conteudo/show/secao/10/og
/1/materia/4677831t/cunhado-
e-mais-2-ajudam-eder-
moraes-a-ocultar-bens (mídia
digital), datada de 24 de
janeiro de 2016, acessada em
06/04/2017, Rinaldo Paelo
Camara° é policial militar,
suspeito de ter sido utilizado
para ocultar o patrimônio do
ex-secretário Eder de Moraes
Dias.
SONIA REGINA
BUSANELLO DE
MEIRA, consta no CAGED
seu vínculo empregatício na
Assembleia Legislativa do
Estado de Mato Grosso no
período de 01/08/2012 a
28/02/2015. É possível
afirmar, a partir do
ANTONIO EDUARDO DA lotacionograma do órgão, que
29/02/2012 10.000,00 D CHEQUE
COSTA E SILVA a servidora exerceu suas
atividades no Gabinete do
Deputado Mauro Savi entre
agosto de 2012 a fevereiro de
2015.

Cabe ressaltar que Sonia


Meira é esposa do Deputado
Estadual Jose Eduardo
Botelho.
SOMA REGINA
ANTONIO EDUARDO DA
10.000,00 D TRANSFERÊNCIA BUSANELLO DE
COSTA E SILVA30/10/2014
MEIRA
SOMA REGINA
JOSE EDUARDO
14/07/2009 1.120,00 D CHEQUE BUSANELLO DE
BOTELHO
MEIRA
SOMA REGINA
JOSE EDUARDO
11/02/2010 1.250,00 D CHEQUE BUSANELLO DE
BOTELHO
MEIRA
SOMA REGINA
JOSE EDUARDO
02/03/2010 1.250,00 D CHEQUE BUSANELLO DE
BO l'ELHO
MEIRA
SOMA REGINA
JOSE EDUARDO
01/04/2010 1.250,00 D CHEQUE BUSANELLO DE d
BOTELHO
MEIRA
SOMA REGINA
JOSE EDUARDO
04/05/2010 1.250,00 D CHEQUE BUSANELLO DE
BOTELHO
MEIRA
SONIA REGINA
JOSE EDUARDO
01/06/2010 . 0,00 D CHEQUE BUSANELLO DE
BOTELHO
MEIRA
\) /... Z.)

f ¡r,, :Hl?leio wM
!!) •)). 1
:Yr< 1
ne/fax 3613 16 "
-111-3
-
uiabá-MT e
1.0 irrjtimT
—1
Tribuna! Pleno

i fis...5
MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DE MATO GROSSO
NÚCLEO DE AÇÕES DE COMPETÊNCIA ORIGINÁRIA CRIMINAL - NACO
GRUPO DE ATUAÇÃO ESPECIAL CONTRA O CRIME ORGANIZADO - GAECO
VALOR D/
TITULAR DATA TRANSAÇÃO ORIGEM/DESTINO
(S)
R C
SOMA REGINA
JOSE EDUARDO CHEQUE BUSANELLO DE
09/06/2010 3.500,00 D
BOTELHO MEIRA
SOMA REGINA
JOSE EDUARDO 620,00 D CHEQUE BUSANELLO DE
21/09/2010
BOTELHO MEIRA
SOMA REGINA
JOSE EDUARDO CHEQUE BUSANELLO DE
01/10/2010 1.250,00 D
BO'T'ELHO MEIRA
SOMA REGINA
JOSE EDUARDO
17/01/2011 4.700,00 D CHEQUE BUSANELLO DE
BOTELHO
MEIRA
SOMA REGINA
JOSE EDUARDO
21/01/2011 4.200,00 D CHEQUE BUSANELLO DE
BOTELHO
[ MEIRA
SOMA REGINA
JOSE EDUARDO
15/06/2011 1.250,00 D CHEQUE BUSANELLO DE
BOTELHO
MEIRA
SOMA REGINA
JOSE EDUARDO
04/08/2011 1.250,00 D CHEQUE BUSANELLO DE
BOTELHO
MEIRA
SOMA REGINA
JOSE EDUARDO
13/10/2011 1.250,00 D CHEQUE BUSANELLO DE
BOTELHO
MEIRA
JOSE EDUARDO SOMA REGINA
20/10/2011 4.500,00 D CHEQUE BUSANELLO DE
BOTELHO
MEIRA
JOSE EDUARDO SOMA REGINA
21/11/2011 30.000,00 C TRANSFERÊNCIA BUSANELLO DE
BOTELHO
MEIRA
JOSE EDUARDO SOMA REGINA
14/12/2011 5.500,00 D CHEQUE BUSANELLO DE
BO TELHO
MEIRA
JOSE EDUARDO SOMA REGINA
20/12/2011 3.200,00 D CHEQUE BUSANELLO DE
BOTELHO
MEIRA
JOSE EDUARDO SOMA REGIN
02/03/2012 1.400,00 D CHEQUE BUSANELLO
BOTELHO
MEIRA
JOSE EDUARDO SOMA REGINA
12/04/2012 1.000,00 D CHEQUE BUSANELLO DE
BOTELHO
MEIRA
JOSE EDUARDO SOMA REGINA
12/04/2012 4.500,00 D CHEQUE BUSANELLO DE
BOTELHO
MEIRA
JOSE EDUARDO SOMA REGINA
04/06/2012 8.500,00 D CQUE BUSANELLO DE
FIOTF,LJ:)
10
(-- MEIRA

Rua 04 sln°, Edifício Anexo 1 - Procura ri eral de Juttiça uiaba-M


CEP 78049-921 - Fon x 3613 1622/1628
10)2

MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DE MATO GROSSO


NÚCLEO DE AÇÕES DE. COMPETÊNCIA ORIGINÁRIA CRIMINAL - NACO
GRUPO DE ATUAÇÃO ESPECIAL CONTRA O CRIME ORGANIZADO - G'AECO
,..
TIT 1) \ i \ 1; s) TRANS ORIGEM/DESTINO
..
SONIA REGINA
JOSE EDUARDO
11/07/2012 7.156,00 D CHEQUE BUSANELLO DE
BOTELHO MEIRA
SOMA REGINA
JOSE EDUARDO
31/07/2012 3.450,00 D CHEQUE BUSANELLO DE
BOTELHO MERA
SOMA REGINA
JOSE EDUARDO
20/08/2012 1.600,00 D CHEQUE BUSANELLO DE
BO VELHO
MEIRA
SOMA REGINA
JOSE EDUARDO
17/09/2012 1.000,00 D CHEQUE BUSANELLO DE
BOTELHO
MEIRA
SOMA REGINA
JOSE EDUARDO
05/03/2013 10.000,00 D CHEQUE BUSANELLO DE
BOTELHO
MEIRA
SOMA REGINA
JOSE EDUARDO
13/03/2013 4.900,00 D CHEQUE BUSANELLO DE
BOTELHO
MERA
SOMA REGINA
JOSE EDUARDO
13/03/2013 9.000,00 D CHEQUE BUSANELLO DE
BOTELHO
MEIRA
SOMA REGINA
JOSE EDUARDO
13/03/2013 6.100,00 D CHEQUE BUSANELLO DE
BOTELHO
SOMA REGINA
JOSE EDUARDO
12/04/2013 4.000,00 D CHEQUE BUSANELLO DE
BOTELHO
MERA
SOMA REGINA
JOSE EDUARDO
15/04/2013 2.000,00 D CHEQUE BUSANELLO DE
BOTELHO
MEIRA
JOSE EDUARDO SOMA REGINA
15/04/2013 4.000,00 D CHEQUE BUSANELLO DE
BOTELHO
MEIRA
SOMA REGINA
JOSE EDUARDO
15/04/2013 4.000,00 D CHEQUE BUSANELLO DE
BOTELHO
MEIRA
SOMA REGINA
JOSE EDUARDO
26/04/2013 10.700,00 D CHEQUE BUSANELLO DE
BOTELHO
MEIRA
SOMA REGINA
JOSE EDUARDO
BOTELHO 06/05/2013 10.000,00 D CHEQUE BUSANELLO DE
MEIRA
SOMA REGINA
JOSE EDUARDO
19/06/2013 58.000,00 D CHEQUE BUSANELLO DE
BOTELHO
MEIRA
JOSE EDUARDO SOMA REGINA
25/06/2013 0.00 00 D (CHEQUE BUSANELLO DE
rà BOTELHO
ME1RA

cio Anexo 1— uradoria Geral de Jtislka; Culabá-MT


CEP 78049-921 — Fone/fax 3613 1622/1628
103

jir§11T
Tribunal Pleno

MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DE MATO GROSSO


NÚCLEO DE AÇÕES DE COMPETÊNCIA ORIGINÁRIA CRIMINAL - NACO
GRUPO DE ATUAÇÃO ESPECIAL CONTRA O CRIME ORGANIZADO - GAECO
VALOR D/ -
TITULAR DATA TRANSAÇÃO ORIGEM/DESTINO
à êlá (RS) C
SONIA REGINA
JOSE EDUARDO 3.000,00 D CHEQUE BUSANELLO DE
04/09/2013
BOTELHO MEIRA
SOMA REGINA
JOSE EDUARDO 4.800,00 D CHEQUE BUSANELLO DE
30/01/2014
BO TELHO MEIRA
SOMA REGINA
JOSE EDUARDO 1.000,00 D CHEQUE BUSANELLO DE
30/01/2014
BOIELHO
MEIRA
SONIA REGINA
JOSE EDUARDO
20/06/2014 950,00 D CHEQUE BUSANELLO DE
BO _VELHO
MEIRA
SONIA REGINA
JOSE EDUARDO BUSANELLO DE
14/08/2014 1.800,00 D CHEQUE
BO l'ELHO
MEIRA
SONIA REGINA
JOSE EDUARDO
24/10/2014 3.500,00 D CHEQUE BUSANELLO DE
BOTELHO
MEIRA
SONIA REGINA
JOSE EDUARDO
18/12/2014 2.500,00 D CHEQUE BUSANELLO DE
BOTELHO
MEIRA
JOSE EDUARDO SOMA REGINA
12/01/2015 15.000,00 D CHEQUE BUSANELLO DE
BOTELHO
MEIRA
JOSE EDUARDO SONIA REGINA
02/04/2015 11.800,00 D CHEQUE BUSANELLO DE
BO _VELHO
MEIRA
JOSE EDUARDO SONIA REGINA
25/05/2015 4.500,00 D CHEQUE BUSANELLO DE
BOTELHO
MEIRA
JOSE EDUARDO SOMA REGINA
23/11/2015 900,00 D CHEQUE BUSANELLO DE
BOTELHO
MEIRA
JOSE EDUARDO SOMA REGINA
17/12/2015 1.500,00 D CHEQUE BUSANELLO DE
BOTELHO
MEIRA
JOSE EDUARDO SONIA REGINA
24/02/2011 5.000,00 D CHEQUE BUSANELLO DE
BO IELHO
MEIRA
JOSE EDUARDO SOMA REGINA
19/01/2012 1.250,00 D CHEQUE BUSANELLO DE
BO IELHO
MEIRA
JOSE EDUARDO SOMA REGINA
18/05/2012 1.000,00 D CHEQUE BUSANELLO DE
BOTELHO
MEIRA
ANTONIO EDUARDO DA SONIA REGINA
23/08/2013 684,91 D CISQUE BUSANELLO
VAE_SILVA
(- MEIRA DEI

iii .., ........."0111 .


Rua 04 s/n°, Edifício Anexo 1 - Procurad ria Geral de Justiça, Cuiaba-
- ---.11111 111111111TIk"111~11111~- EP 7$648-921- Fone/f 61 1622/1628 I
110)4

MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DE MATO GROSSO


NÚCLEO DE AÇÕES DE COMPETÊNCIA ORIGINÁRIA CRIMINAL- NACO
GRUPO DE ATUAÇÃO', ESPECIAL. CONTRA O CRIME ORGANIZADO -GA\ECO
,- \.1. ();; 1)
TITULAR o \1 \ ' é '41(I:•:,VD '11 \, ( >
(I:,) (
I SONIA REGINA
ANTONIO EDUARDO DA CHEQUE BUSANELLO DE
31/03/2014 10.000,00 D
COSTA E SILVA MEIRA
SONIA REGINA
ANTONIO EDUARDO DA BUSANELLO DE
26/08/2014 10.000,00 D CHEQUE
COSTA E SILVA 'VIEIRA


TATIANA DE
ANDRADE, consta no
CAGED seu vínculo
empregatício na Assembleia
Legislativa do Estado de Mato
Grosso no período de
01/04/2016 a 31/03/2017. É
11,0DORO MOREIRA possível afirmar, a partir do
03/06/2009 1.000,00 D TRANSFERÊNCIA lotacionograma do órgão, que
LOPES a servidora exerceu suas
atividades na
Superintendência Executiva
da Primeira Secretaria entre
abril de 2016 a janeiro de
2017, período em que o
Primeiro Secretário era o
Deputado Nininho.
l'EODORO MOREIRA TATIANA DE
23/06/2009 400,00 D TRANSFERÊNCIA
LOPES ANDRADE
TIEGO GONCALVES
KISQUE, consta no
CAGED seu vínculo
empregatício na Assembleia
Legislativa do Estado de Mato
Grosso a partir de 01/03/2007.
É possível afirmar, a partir do
lotacionograma do órgão, que
JOSE EDUARDO o servidor exerceu suas
16/10/2013 1.200,00 D CHEQUE atividades no Gabinete da
BO TELHO Primeira Secretaria entre
agosto a outubro de 2012,
período em que o Primeiro
Secretário era o Deputado
Mauro Savi. Atualmente se
encontra no Gabinete do
Deputado Wilson Santos,
sendo esta designação a partir
de fevereiro de 2015.
TSCHALES
FRANCIEL TSCHA,
consta no CAGED seu
vínculo empregaticio na
Assembleia Legislativa do
Estado de Mato Grosso no
CLAIIDEMIR PEREIRA período compreendido entre
20/02/2014 1.500,00 D CHEQUE
DOS SANTOS 01/02/2011 a 28/02/2017. É
possível afirmar, a partir do
lotacionograma do órgão, que
oservidor esteve
do lotado
Depudtano
o
(r."-- Gabinete
Nininho entre agosto de 2012
, ) ----) _____ 14, C a janeiro de 2015.2

icio An o 1 Procuradoria Geral de Justiça, Cul/lhe-MT


CEP 78049- 1 — Fone/fax 3613 1622/1628
105

TWAT
Tribuna, Pler10

MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DE MATO GROSSO


NÚCLEO DE AÇÕES DE COMPETÊNCIA ORIGINÁRIA CRIMINAL - NACO
GRUPO DE ATUAÇÃO ESPECIAL CONTRA O CRIME ORGANIZADO - GAECO
VALOR D/
TITULAR DATA TRANSAÇÃO ORIGEM/DESTINO
4k. (RS) C _
Posteriormente. exerceu suas
funções na SECRETARIA
GERAL de fevereiro de 2015
a janeiro de 2017.
CLAUDEMIR PEREIRA TSCHALES
20/02/2014 4.500,00 D CHEQUE
DOS SANTOS FRANCIEL TSCHA
VALDECIR
CARDOSO DE
ALMEIDA, consta no
CAGED que uma pessoa de
nome VALDECIR
CARDOSO DE ALMEIDA,
inscrita no CPF: 554.076.109-
44, possui vínculo
empregaticio na Assembleia
Legislativa de Mato Grosso,
sendo este a partir de
01/02/2003. É possível
afirmar, a partir do
lotacionograma do órgão, que
Valdecir exerceu suas funções
SILVIO CEZAR CORREA na Consultoria Técnico
04/04/2011 10.000,00 C DEPÓSITO
ARAUJO Jurídica da Mesa no decorrer
dos anos 2012 a 2015. Cabe
destacar que Valdecir, durante
o período mencionado
anteriormente, foi lotado
durante o mês de junho de
2013 no Gabinete da Primeira
Secretaria, sendo que o
Primeiro Secretário era o
Deputado Mauro Savi.
Posteriormente, no mês de
agosto de 2015, foi designado
para exercer suas funções na
Secretaria de Administração e
Patrimônio, local onde se
encontra atualmente.

SILVIO CEZAR CORREA VALDECIR


07/11/2011 10.000,00 C DEPÓSITO CARDOSO DE
ARAUJO
ALMEIDA
SILVIO CEZAR. CORREA VALDECIR
18/06/2013 10.000,00 C DEPÓSITO CARDOSO DE
ARAUJO
ALMEIDA
VALDEMIR LEI
DA SILVA, consta
CAGED que uma pess de
nome VALDEMIR ITE
DA SILVA, inscrita no CPF:
554.076.109-44, possui
RAFAEL YAMADA vínculo empregatício na
12/09/2013 33.000,00 D CHEQUE
TORRES Assembleia Legislativa de
Mato Grosso, sendo este a
partir de 02/02/2009. É
possível afirmar, a partir do
lotacionograma do órgão, que
Valdemir (CPF: 532.075.801-
49) esteve lotado no Gabinete.,

~1 k Rua 04 s/n°, Edifício Anexo 1 — Procurado 'a Geral` JiMre'd


11111118011111~.-- CEP 78049-921 — Fone/fax 22/1628
MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DE MATO GROSSO
NÚCLEO DE AÇÕES DE COMPETÊNCIA ORIGINÁRIA CRIMINAL - NACO
GRUPO DE ATUAÇÃO ESPECIAL. CONTRA O CRIME ORGANIZADO -GREGO
\,' . . ( : D/
TITULAR o\I\ ' ` • (. ( e RIGEIS ) .5 I I ., í )
do Deputado Wagner Ramos
no decorrer dos anos 2012 e
2013. Cabe destacar que
Valdemir, durante o período
mencionado anteriormente,
foi lotado durante o mês de
junho de 2013 na Consultoria
Técnico Jurídica da Mesa.
Posteriormente, a partir de
janeiro de 2014, foi designado
para exercer suas funções no
Gabinete do Deputado
Romoaldo Junior.
VICTOR FRANCISCO
DE MIRANDA LEITE,
consta no CAGED seu
vínculo empregatício na
Assembleia Legislativa do
CLAUDEMIR PEREIRA Estado de Mato Grosso a
30/06/2014 5.000,00 D CHEQUE
DOS SANTOS partir da data de 02/03/2015.
É possível afirmar, a partir do
lotacionograma do órgão, que
o servidor está lotado
Gabinete do Deputado Mauro
Savi desde março de 2015.
CLAUDEMIR PEREIRA VICTOR FRANCISCO
06/11/2014 6.000,00 D CHEQUE
DOS SANTOS DE MIRANDA LEI I li
CLAUDEMIR PEREIRA VICTOR FRANCISCO
21/01/2015 9.000,00 D CHEQUE
DOS SANTOS DE MIRANDA LEI' _C,
VINICIUS
PINCERATO FONTES
DE ALMEIDA, consta no
CAGED seu vínculo
empregatício na Assembleia
DAUTON LUIZ SANTOS Legislativa do Estado de Mato
28/12/2012 50,00 C TRANSPERÊNCLk Grosso a partir de 01/03/2007.
VASCONCELLOS
É possível afirmar, a partir do
lotacionograma do órgão, que
o servidor exerce suas
atividades no Gabinete do
Deputado Mauro Savi desde
agosto de 2012.
VINICIUS
JOSE EDUARDO
03/02/2011 4.900,00 D CHEQUE PINCERATO FONTES
BOTELHO
DE ALMEIDA
VINICIUS
MAURO LUIZ SAVI 31/05/2011 2.500,00 D TRANSFERÊNCIA PINCERATO FONTES
DE ALMEIDA
VINICIUS PRADO
SILVEIRA, consta no
CAGED seu vínculo
DAUTON LUIZ SANTOS empregatício na Assembleia
27/03/2013 1.400,00 D TRANSFERÊNCIA Legislativa do Estado de Mato
VASCONCELLOS Grosso no período de

n .....„ (.... , `1..\ 31/010/1997 a 22/09/2015. É


possível afirmar, a partir do
lotacionogi'aina do ésgAp, que

A xo al de Justiça, Cuiabá-MT
CEP 780 21 — 813 22/1628
107

nifvf
Tribunal Pleno
F,

MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DE MATO GROSSO


NÚCLEO DE AÇÕES DE COMPETÊNCIA ORIGINÁRIA CRIMINAL - NACO
GRUPO DE ATUAÇÃO ESPECIAL CONTRA O CRIME ORGANIZADO - GAECO
VALesit fir ORIGEM/DESTINO ,
iniamailüL1-AR DATA TRANSAÇÃO
(RS) C , vv ,,,XÇ•Og
o servidor exerceu suas
atividades no Gabinete da
Presidência no período de
agosto de 2012 a fevereiro de
2015, gestão do então
Presidente Deputado Jose
Riva. Posteriormente, no
interstício de março a
setembro de 2015, esteve
designado a exercer suas
funções no Gabinete da
Primeira Secretaria, época em
que o Primeiro Secretário era
o Deputado Nininho.
DAUTON LUIZ SANTOS VINICIUS PRADO
17/04/2014 2.000,00 C TRANSFERÊNCIA
VASCONCELLOS SILVEIRA
WALESKA
CARDOSO, consta no
CAGED seu vínculo
empregatício na Assembleia
Legislativa do Estado de Mato
DAUTON LUIZ SANTOS Grosso a partir de 01/04/1995.
10/08/2012 1.000,00 D TRANSFERÊNCIA
VASCONCELLOS É possível afirmar, a partir do
lotacionograma do órgão, que
a servidora exerce suas
atividades na Consultoria
Técnico Jurídica da Mesa
desde agosto de 2012.
WAL I ER NEI
DUARTE RAMOS,
consta no CAGED seu
vínculo empregatício na
Assembleia Legislativa do
Estado de Mato Grosso a
partir de 09/01/2005. É
possível afirmar, a partir do
ANTONIO EDUARDO DA lotacionograma do órgão, que
COSTA E SILVA 05/01/2012 2.400,00 C CHEQUE o servidor foi lotado no
Gabinete do Deputado João
Malheiros no período de
agosto de 2012 a janeiro de
2015. Posteriormente, no
interstício de maio de 2015 a
janeiro de 2017 esteve
designado a exercer suas
funções na Consultoria
Técnico Jurídica da Mesa.
ANTONIO EDUARDO DA WAL1ER NEI
07/02/2012 2.400,00 C CHEQUE
COSTA E SILVA DUARTE RAMOS
ANTONIO EDUARDO DA WALI ER NEI
05/03/2012 2.400,00 C CHEQUE
COSTA E SILVA DUARTE RAMOS
ANTONIO EDUARDO DA WALTER NEI
COSTA E SILVA 12/03/2012 1.500,00 C CHEQUE
DUARTE RAMOS
ANTONIO EDUARDO DA WAL1ER NEI
27/03/2012 6.000,0D oinuE
P...I
11VA DUARTE RAMOS

ua 04 sln°'Edificio Anexo 1— Procu donaffirdne"


78.949421 Fon ax<3613 1622/1628
110)8

MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DE MATO GROSSO


NÚCLEO DEAÇÕES DE COMPETÊNCIA ORIGINÁRIA CRIMINAL - NACO
GRUPO DE ATUAÇÃO ESPECIAL CONTRA O CRIME ORGANIZADO GAECO

TITULAR 1) \ ( \ .t) ORIGEM E I I `, (


( R' ,) (
ANTONIO EDUARDO DA WALTER NET
04/04/2012 2.400,00 C CHEQUE
COSTA E SILVA DUARTE RAMOS
ANTONIO EDUARDO DA WALTER NEI
02/05/2012 480,00 C CHEQUE
COSTA E SILVA DUARTE RAMOS
ANTONIO EDUARDO DA WALTER NEI
07/05/2012 2.400,00 C CHEQUE
COSTA E SILVA DUARTE RAMOS
ANTONIO EDUARDO DA WALTER NEI
28/05/2012 480,00 C CHEQUE
COSTA E SILVA DUARTE RAMOS
ANTONIO EDUARDO DA WALTER NEI
02/07/2012 480,00 C CHEQUE
COSTA E SILVA DUARTE RAMOS
ANTONIO EDUARDO DA WALTER NEI
04/07/2012 3.000,00 D CHEQUE
COSTA E SILVA DUARTE RAMOS
ANTONIO EDUARDO DA WALTER NEI
02/08/2013 900,00 C TRANSFERÊNCIA
COSTA E SILVA DUARTE RAMOS
ANTONIO EDUARDO DA WALTER NEI
19/09/2013 176,00 D CHEQUE
COSTA E SILVA DUARTE RAMOS
JOSE EDUARDO WALTER NEI
25/04/2014 10.000,00 D CHEQUE
BOTELHO DUARTE RAMOS
ANTONIO EDUARDO DA WALTER NEI
08/12/2011 600,00 D CHEQUE
COSTA E SILVA DUARTE RAMOS
ANTONIO EDUARDO DA WALTER NEI
08/12/2011 2.400,00 D CHEQUE
COSTA E SILVA DUARTE RAMOS
ANTONIO EDUARDO DA WALTER NEI
23/04/2012 5.000,00 D CHEQUE
COSTA E SILVA DUARTE RAMOS
ANTONIO EDUARDO DA WALTER NEI
23/04/2012 5.400,00 D CHEQUE
COSTA E SILVA DUARTE RAMOS
ANTONIO EDUARDO DA WALTER NEI
27/06/2012 4.500,00 D CHEQUE
COSTA E SILVA DUARTE RAMOS
ANTONIO EDUARDO DA WALTER NEI
27/06/2012 186,50 D CHEQUE
COSTA E SILVA DUARTE RAMOS
ANTONIO EDUARDO DA WALTER NEI
06/08/2012 5.000,00 D CHEQUE
COSTA E SILVA DUARTE RAMOS
ANTONIO EDUARDO DA WALTER NEI
08/08/2012 1.000,00 D CHEQUE
COSTA E SILVA DUARTE RAMOS
WILSON PINHEIRO
MEDRADO, consta no
CAGED seu vínculo
empregatício na Assembleia
CLAUDEMIR PEREIRA Legislativa do Estado de Mato
05/11/2014 5.000,00 D CHEQUE Grosso a partir de 01/02/2011.
DOS SANTOS
É possível afirmar, a partir do
lotacionograma do órgão, que
o servidor está lotado no
Gabinete do Deputado Baiano
f',. -
Filho desde agosto de 2012.

ua 04 s/n°, Edifício Anexo 1 curadoria Geral de Justiça, abá4


CEP 78049-921 - Fone/fax 3613 1622/1628
109

rftiTli
Tribunal Pleno/
IFls. `C
MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DE MATO GROSSO
NÚCLEO DE AÇÕES DE COMPETÊNCIA ORIGINÁRIA CRIMINAL — NACO
GRUPO DE ATUAÇÃO ESPECIAL CONTRA O CRIME ORGANIZADO — GAECO
1.1.5 MOVIMENTAÇÕES BANCÁRIAS DE JOSE KOBORI E EMPRESAS A ELE
RELACIONADAS

A respeito das movimentações bancárias do investigado JOSÉ KOBORI o


relatório técnico da Polícia Judiciário Civil traz as seguintes informações:

"Este subtítulo irá demonstrar transações financeiras que envolveram o Sr. VALTER
JOSE KOBORI (CPF: 384.179.521-87) e empresas relacionadas a sua pessoa.

Desta maneira, cabe destacar os vínculos empregatícios e empresariais de VALTER


JOSE KOBORI, obtidos por intermédio do sistema CAGED e das redes sociais
LIKEDIN e FACEBOOK.

Neste contexto, conta no sistema CAGED que o Sr. KOBORI manteve vínculos
empregatícios com a empresa EIG MERCADOS (CNPJ: 06.316.183/0001-35 -
matriz - e 06.316.183/0007-20 - filial), sendo estes nos períodos entre 01/05/2015 a
31/03/2016 e 01/04/2016 a 08/09/2016, conforme figura abaixo.

Figura 24 - CAGED - VÍNCULOS EIG - VALTER JOSE KOBORI


MINISTÉRIO DO TRABALHO E EMPREGO
Secretaria de Políticas Públicas de Emprego
Coordenação Geral de Estatísticas do Trabalho

Relação de vínculos do trabalhador


DADOS DO TRABALHADOR
PISIPASEP: 122.25934.59-4 Nome VALTER JOSE KOBORI
Data Nascimento Sexo
10/10!1969 Masculino

VÍNCULOS
CNPJICEI Razão Social Data de Data cleslig. Situação Fonte
06.316.18310007-20 EIG MERCADOS LTDA 01/04/2016 08!0912018 Fechado CAGED/CAGED
06.316.183/0001-35 EIG MERCADOS LTDA 01/05/2015 31/03/201 Fechado CAGED/CAGED

Em relação aos vínculos empregatícios supracitados, cabe ressaltar que


houve uma alteração no Salário Contratual e de suas Horas Contratuais,
mantendo o cargo exercido, qual seja, Diretor Geral de Empresa e
Organizações (Exceto de Interesse Público). Neste diapasão, o Salário
Contratual foi alterado de R$ 109.700,00 para o valor de R$ 10.285,00, e
suas Horas Contratuais foram modificadas de 44 horas para 3 horas,
conforme se verifica nas figuras abaixo.

Figura 25 - EIG - KOBORI - CAGED - 01

nexo 1— Procuradoria G de Justiça, Cuiabá-MT


78049-921 — Fone/fax 361 1622/
1.10

MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DE MATO GROSSO


NÚCLEO DE AÇÕES DE COMPETÊNCIA ORIGINÁRIA CRIMINAL - NACO
GRUPO DE ATUAÇÃO ESPECIAL CONTRA O CRIME ORGANIZADO - GAECO
Emp reg nOt
PIS/PASEP: 122.25934.59-4
Moine Comple: VALTER JOSE KOBORI
'CTPS: .30539 Serre CTPS: 0003
UF CTPS: MT
CPF: .384 17'9521-87 Data de Nascimento. 10/10,1989
RaçalCor. '9 NÃO INFORMADO


Pessoa :4)M Deficiência: Mo
Tipo Deficièneia -
Sexo: Mascukno Grau cie Instrução: 10 - MESTRADO COMPLETO
CEP:

Moviritentagtão!Acento
rpo tdioVirrierito_ :31 - Dispensa:sem justa causa
ComperencM- 00
Data de Admissão: 01.435r2015
Heras Contratuais: 44 Salar
" ioConiratu4. R$109,70001
Dia Desligamento: 31
C:BO: 1210-10 - DIRETOR GERAL DE EMPRESA E ORGANIZACOES (EXCETO DE INTERESS
PUBLICO)
Aprendiz: Neo
Tipo Atuatizaç ão-
Certificado Digital: -Siriri

Figura 2 - -• KOBORI - CAGED - 02


Er'IF r a Cie


PIS'RASEP 12225934.59-4
Nome Cor pieto: 'VALTER JOSE KOBORI
CTPS: .30539 Serie Cl-PS: 000G
UF CTPS: MT
CPF. 384.179521-87 Data de Nascimento_ 10110'1989
Raç_a/Cor. 9 - NÃO INFORMADO
Pesaoeeom Deficiência: Não
Fãpo Deficiência: -
Sexo: Masculino Grau de Instrução: 10 - MESTRADO COMPLETO
CEP:

Movi n de/Acerte
Tipo Movimento: 31 - Dispensa 'sem:justa causa
Competência- 09
Data de Admissão: 0104/2016
Horas Conttatuais: .3 Salário Contratuat R$10285_00
Dia Desligamento_ 8
CBO: 1210-10 - DIRETOR GERAL DE EMPRESA E ORGANIZACOES (EXCETO DE INTERESSE
PUBLICO)
Aprendiz: Não
Tipo Atualização:
Certrkadc, D 4 tal S

rad riiiGeral de
CEt. 71304 921 'Zihelfax <613 1622/1628
111

•Tribunal Pleno

MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DE MATO GROSSO


NÚCLEO DE AÇÕES DE COMPETÊNCIA ORIGINÁRIA CRIMINAL - NACO
GRUPO DE ATUAÇÃO ESPECIAL CONTRA O CRIME ORGANIZADO - GAECO
Continuando, no perfil de José Kobori na rede social Facebook, acessado
pelo link https://www.facebook.com/iose.kobori no dia 27/06/2017, consta no
campo "Trabalho" as seguintes informações:

- Canal da Peça — Compra e Venda de Peças, Membro do Conselho de


Administração — De 2016 até o momento — São Paulo.

- JK Capital, Sócio Estrategista — De 2011 até o momento — São Paulo.

As informações supracitadas podem ser visualizadas na figura abaixo.

Linha do Tempo Sobre Amigos Fotos Mais

Sobre

e para receber as publicações públicas dele no seu Feed de Noticias.

3.573 seguidort—,

isto geral
TRABALHO

Trabalho e educação
Canal da Peça - Compra e Venda de Peças
Membro do Conselho de AhroirVstra;ão De 2.0'.6 até o momento São Paulo
_Jgares Onde etc incrou
%lembro de Dance no de 4c:17,in:soa:ião a Canal da Fera. P191,
e.Wiace automotivo metro -
plataforma de nectostação on tine de peças autoinahos da anterica !atina.
tássças

'amiba e relacionamentos JK Capital


Sacio Estrategista De 2011 até o fomento São Pau:c
%MA Ar.lnsor,
Detalhes sobre Jose
Hrand Valuahon
Financiai Si Legai Advisory
Acciriter,imento

Continuando a análise, através da rede social LINKEDIN, foi possível


encontrar o perfil do Sr. KOBORI, acessado pelo link
https://br.linkedin.com/in/ios%C3`)/0A9-kobori-0b28b221 no dia 27/06/2017.
No referido perfil, foram encontradas informações acerca de seus possíveis
vínculos empregatícios com as empresas citadas anteriormente. Neste
contexto, consta como empresas atuais JK Capital e CanalDaPeca, e no
campo de empresas anteriores inclui-se a EIG Mercados, conforme se
verifica na figura abaixo.

11 fie
*-ai 7 .:ERFIL - KOBORI - LINKEDIN

~111~11111.
• rocurado Ge àrK.iirdwe
„.-,,,,XAFX18049-921 — Fone/fax 36 1622/1628
112

MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DE MATO GROSSO


NÚCLEO DE AÇÕES DECOMIPETÊNCIA ORIGINÁRIA CRIMINAL — NACO
GRUPO DE ATUAÇÃO ESPECIAL CONTRA O CRIME ORGANIZADO —GREGO

José Kobori + de 500


Sócio Estrategista - JK Capital
São Paulo. São Paulo. Brasil Mercados de capital

tis JK Capital. CanalDaFeca. lbmec


Anterior
Anterror EIG Mercados. Xerox do Brasil

Sites
Fundação Dom Cabral
Formaçtia académica
JK Capital
IBMEC
Site da empresa

SegiulindO com as infiumações obtidas em seu perfil do Linkedln. observa-se,



maiisdladlosi reflégenties as empresas citadas anteriormente, quais sejam:

- Sócio EstrategjiSta dia JK Capital — janeiro de 2012 — o momento (5i anos e


6 meses):
- Membro) db Conseitho de Administração da empresa CanaiDaPeca—jjunithe
de 2016 o momento (1 ano e 1 mês);

- CEO dia E11Gì Mamados — janeiro de 2015 — junho de 2016ì (11 ano e 63
meses).

Asiirriformiações supracitadas se encontram nas figuras abaixo.

Figura 28 -

Sée ic Estrategista
JK Capital
- LINKEDIN - JK CAPITAL

janeiro de 2012 — o momento t5 anos 6 meses` J


ort,

K:. llT.11

O Conceito JK Capital consiste na busca pela melhor opção para seus clientes em finanças
corporativas e planejamento estratégico. Mais do que uma consultoria especializada na assessoria
a Fusões & Aquisições. a JK Capital diferencia-se pela vasta gama de soluções oferecidas.
tomando um processo de captação de investimento. compra e venda de participações mais eficaz
e seguro.

A avaliação de uma empresa e a assessoria para a compra e venda de participações podem ser
facilitadas pela adoção de medidas que mitiguem potenciais entraves à negociação maximizando
as chances de sucesso do projeto e gerando valor a acionistas e investidores.

As áreas de branding (JK Brands). IFRS (.11( IFRS) e financeira (JK Advisory). geridas por sócios
especialistas. oferecem soluções específicas as necessidades estratégicas de empresas
acionistas e investidores.

A longa experiência da JK Capital na assessoria a processos de M&A combinada a expertise na


prestação de serviços complementares. possibilita a oferta de uma solução customizada a cada
um de seus clientes. sempre pautadas pela excelência técnica e c onfidenc

A JK Capital sua experiência de sucesso. expertise técnica e ampla rede de contatos a


disposição d !lentes. gerei ilido de maneira única cada projeto. Your problem is our
c hallenge
111111~
1)4 ffiegav
e

1 • ilin~e-
„,,„.,„,
1•
113

ITribunal Pleno

Fls. Oto

MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DE MATO GROSSO


NÚCLEO DE AÇÕES DE COMPETÊNCIA ORIGINÁRIA CRIMINAL — NACO
GRUPO DE ATUAÇÃO ESPECIAL CONTRA O CRIME ORGANIZADO — GAECO
Figura 29 - KOBORI - LINKEDIN - CANALDAPECA

Membro Conselho de Administração


CanalDaPeca EP
junho de 2015 — o momento t1ano 1 mês: São Paulo e Região. Brasil

Figura 30 - KOBORI - LINKEDIN - EIG MERCADOS

CEO EIG
EIG Mercados
janeiro de 2015 —junho de 20'.6 (1 ano 6 meses) Brasília e Região. Brasil

Empresa de serviços de informações para o Mercado Financeiro.

Neste sentido, a empresa CanalDaPeca pode ser qualificada como sendo


CANAL DA PECA S.A. (CNPJ: 16.756.261/0001-76): Sociedade Anônima
de Capital Fechado, possui como atividade principal "Atividades de
consultoria em gestão empresarial, exceto consultoria técnica específica" e
como Presidente FERNANDO CYMROT (CPF: 013.825.163-04).

Já a empresa JK Capital seria a JK CAPITAL CONSULTORIA E


ASSESSORIA EMPRESARIAL LTDA (CNPJ: 14.702.590/0001-09).
Ressalta-se que o Sr. JOSE KOBORI não consta no quadro social da
referida empresa, no entanto, conforme verificado em seus perfis nas redes
sociais LINKEDIN e FACEBOOK, este seria Sócio Estrategista da JK Capitai.

Ainda no tocante a empresas relacionadas a José Kobori e que foram


beneficiárias de transações financeiras pertencentes a análise vigente,
pode-se incluir a JK DESENVOLVIMENTO HUMANO E TREINAMENTO
GERENCIAL LTDA — EPP (CNPJ: 11.763.629/0001-00), que possui como
sócios: ELIANA CARLA BARCELOS KOBORI (CPF: 564.997.951-00),
MARIA DA PENHA OLIVEIRA DA SILVA (CPF: 114.249.231-15) e VALTER
JOSE KOBORI (CPF: 384.179.521-87).

A partir dos dados informados, a seguir serão demonstradas as transações


financeiras envolvendo o Sr. KOBORI e as empresas supracitadas.

O quadro a seguir irá demonstrar os valores repassados pela empresa EIG


MERCADOS para o Sr. Valter Jose Kobori e empresas relacionadas a ele,
quais sejam, JK DESENVOLVIMENTO HUMANO E TREINAMENTO
GERENCIAL LTDA — EPP e JK CAPITAL CONSULTORIA E ASSESSORIA
EMPRESARIAL LTDA

"cio Anexo 1— Procurado a Geral de Juste a, Cuiabá-MT


cgp 78049-9 — Fone/fax 3 1622/1628
0)-
)

-
iam 1111
114

MINISTÉRIO PÚJ:111C0 DO ESTADO DE MATO GROSSO


NÚCLEO DE AÇÕES DE COMPETÊNCIA ORIGINÁRIA CRIMINAL- NACO
GRUPO DE ATUAÇÃO ESPECIAL CONTRA O CRIME ORGANIZADO GAECO
quadro 52 - VALORES DEPASS~ EIG - KOBORI E EMPRESAS RELACIONADAS
VALORES REPA Y 4i MERCADOS PARA JOSE KOBO'
-1-1.11 '.
EMPRES . RELACIONADAS A ELE
BENEFICIÁRIO TRANSAÇÃO VALOR
JK DESENVOLVIMENTO HUMANO E
TREINAMENTO GERENCIAL LTDA — R$ 255.627,50
EPP
2013 R$ 171.162,50
set TRANSFERÊNCIA R$ 44.465,00
out TRANSFERÊNCIA R$ 42.232,50
nov TRANSFERÊNCIA R$ 42.232,50
dez TRANSFERÊNCIA R$ 42.232,50
2014 R$ 84.465,00
jan TRANSFERÊNCIA R$ 42.232,50
fev TRANSFERÊNCIA R$ 42.232,50
JK CAPITAL CONSULTORIA E 723.337,40
R$
ASSESSORIA EMPRESARIAL LTDA
2012 R$ 33.770,00
ago TRANSFERÊNCIA R$ 7.500,00
out TRANSFERÊNCIA R$ 7.500,00
nov TRANSFERÊNCIA R$ 9.385,00
dez TRANSFERÊNCIA R$ 9.385,00
2013 R$ 170.431,60
jan TRANSFERÊNCIA R$ 9.385,00
fev TRANSFERÊNCIA R$ 9.385,00
mar TRANSFERÊNCIA R$ 23.462,50
abr TRANSFERÊNCIA R$ 9.385,00

jun TRANSFERÊNCIA R$ 28.155,00

jul TRANSFERÊNCIA R$ 9.385,00


ago TRANSFERÊNCIA R$ 9.385,00
set TRANSFERÊNCIA R$ 9.385,00
out TRANSFERÊNCIA R$ 11.449,70
nov TRANSFERÊNCIA R$ 30.219,70
dez TRANSFERÊNCIA R$ 20.834,70
2014 R$ 268.786,40
(--\ jan (\ TRAFERÊNCIA R$ 20.834,70

dificio Ane Procuradoria Geral de a, Cuiabá-MT


P 78049- 1 - Fone/fax 3613 1622/1628
115

TRUNTT
Tribunal Rfn.

Fls. 4:;)‘
MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DE MATO GROSSO
NÚCLEO DE AÇÕES DE COMPETÊNCIA ORIGINÁRIA CRIMINAL - NACO
GRUPO DE ATUAÇÃO ESPECIAL CONTRA O CRIME ORGANIZADO - GAECO

VALORES REPASSADOS PELA EIG MERCADOS PARA JOSE KOBORI E


EMPRESAS RELACIONADAS A ELE
BENEFICIÁRIO TRANSAÇÃO VALOR
fev TRANSFERÊNCIA R$ 39.604,70
mar TRANSFERÊNCIA R$ 20.834,70
abr TRANSFERÊNCIA R$ 20.834,70
mai TRANSFERÊNCIA R$ 20.834,70
jun TRANSFERÊNCIA R$ 20.834,70
jul TRANSFERÊNCIA R$ 20.834,70
ago TRANSFERÊNCIA R$ 20.834,70
set TRANSFERÊNCIA R$ 20.834,70
out TRANSFERÊNCIA R$ 20.834,70
nov TRANSFERÊNCIA R$ 20.834,70
dez TRANSFERÊNCIA R$ 20.834,70
2015 R$ 229.181,70
jan TRANSFERÊNCIA R$ 20.834,70
fev TRANSFERÊNCIA R$ 20.834,70
mar TRANSFERÊNCIA R$ 20.834,70
abr TRANSFERÊNCIA R$ 20.834,70
mai TRANSFERÊNCIA R$ 20.834,70
jun TRANSFERÊNCIA R$ 20.834,70
jul TRANSFERÊNCIA R$ 20.834,70
ago TRANSFERÊNCIA R$ 20.834,70
set TRANSFERÊNCIA R$ 20.834,70
out TRANSFERÊNCIA R$ 20.834,70
nov TRANSFERÊNCIA R$ 20.834,70
2016 R$ 21.167,70
jan TRANSFERÊNCIA R$ 21.167,70
VALTER JOSE KOBORI R$ 3.310.612,89
2011 R$ 3.183,69
nov TRANSFERÊNCIA R$ 3.183,69
2013 R$ 41.898,11
ago TRANSFERÊNCIA R$ 40.000,00
set TRANSFERÊNCIA R$ 1.898,11
2014 R$ 1.519.241,72
jan ' • NSFERÊ/C1 R$ 1.758,42
fev ! ' •,.' FERÊAIIN R$ 833,65

04 sin cio Anexo 1— Procurado ral de Justiça, Cuiabá-MT


CEP 78049-921 — Fone/fax 36 622/1628
116

MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DE MATO GROSSO.


NÚCLEO DE AÇÕES DE COMPETÊNCIA ORIGINÁRIA CRIMINAL - NACO
GRUPO DE ATUAÇÃO ESPECIAL CONTRA O CRIME ORGANIZADO - GAECO

VALORES REPASSADOS PELA EIG MERCADOS PARA JOSE KOBORI E.


EMPRESAS RELACIONADAS A ELE
BENEFICIÁRIO _,.__.."~ÃO VAL9R
mar TRANSFERÊNCIA R$ 1.985,97
abr TRANSFERÊNCIA R$ 2.595,60
mai TRANSFERÊNCIA R$ 2.672,79
set TRANSFERÊNCIA R$ 5.391,91
out TRANSFERÊNCIA R$ 31.830,87
nov TRANSFERÊNCIA R$ 1.236,00
dez TRANSFERÊNCIA R$ 1.470.936,51
2015 RS 1.576.337,91
jan TRANSFERÊNCIA R$ 82.886,93
fev TRANSFERÊNCIA R$ 80.811,80
mar TRANSFERÊNCIA R$ 130.704,55
abr TRANSFERÊNCIA R$ 135.866,47
mai TRANSFERÊNCIA R$ 200.431,00
jun TRANSFERÊNCIA R$ 380.859,75
jul TRANSFERÊNCIA R$ 78.659,25
ago TRANSFERÊNCIA R$ 82.369,55
set TRANSFERÊNCIA R$ 81.023,15
out TRANSFERÊNCIA R$ 80.088,93
nov TRANSFERÊNCIA R$ 114.096,10
dez TRANSFERÊNCIA R$ 128.540,43
2016 R$ 169.951,46
jan TRANSFERÊNCIA R$ 85.898,46
fev TRANSFERÊNCIA R$ 84.053,00

Total Geral R$ 4.289.577,79

Cumpre destacar que, não obstante o vínculo empregatício de Kobori com a EIG
Mercados ocorrer a partir do ano de 2015, ocorreram diversas transações financeiras
entre eles em período anterior a este. Neste contexto, destaca-se que no mês de
dezembro de 2014 o Sr. Kobori recebeu o montante de R$ 1.470.936,51 da empresa EIG
Mercados.

Prosseguindo a análise, o quadro abaixo irá explanar os valores recebidos pelo Canal da
Peça S.A., que, conforme citado anteriormente, possui como Membro do Conselho de
Administração o Sr. Ko • : o sendo tais iii portâncias oriundas dos Srs. Jose Ferreira
Gonçalves Neto e Jos: He ique Ferrei : Goncalves, ambos sócios da empresa EIG
s.

geweilFZ—

.n1 Zi 1)4 ; .11:}:(0 I C1(AI .NI


c): i3.;;:)-fi I • ;:ofwgix 3:313 -17}2/1:32:3
117

`UM/
Tribunal Pleno
Fls. Go
MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DE MATO GROSSO
NÚCLEO DE AÇÕES DE COMPETÊNCIA ORIGINÁRIA CRIMINAL - NACO
GRUPO DE ATUAÇÃO ESPECIAL CONTRA O CRIME ORGANIZADO - GAECO

uadro 1 - VALORES RECEBIDOS - CANAL DA PECA

VALORES RECEBIDOS PELA EMPRESA CANAL DA PECA S.A.

ORIGEM TRANSAÇÃO VALOR

JOSE FERREIRA GONCALVES NETO R$ 1.700.000,00

09/01/2015 TRANSFERÊNCIA R$ 100.000,00


09/03/2015 TRANSFERÊNCIA R$ 100.000,00
11/03/2015 TRANSFERÊNCIA R$ 60.000,00
06/04/2015 TRANSFERÊNCIA R$ 60.000,00
07/04/2015 TRANSFERÊNCIA R$ 100.000,00
06/05/2015 TRANSFERÊNCIA R$ 90.000,00
07/05/2015 TRANSFERÊNCIA R$ 100.000,00
08/05/2015 TRANSFERÊNCIA R$ 90.000,00
11/05/2015 TRANSFERÊNCIA R$ 40.000,00
02/06/2015 TRANSFERÊNCIA R$ 100.000,00
03/06/2015 TRANSFERÊNCIA R$ 80.000,00
26/06/2015 TRANSFERÊNCIA R$ 100.000,00
01/07/2015 TRANSFERÊNCIA R$ 100.000,00
09/07/2015 TRANSFERÊNCIA R$ 80.000,00
13/07/2015 TRANSFERÊNCIA R$ 80.000,00
14/07/2015 TRANSFERÊNCIA R$ 100.000,00
21/07/2015 TRANSFERÊNCIA R$ 80.000,00
30/07/2015 TRANSFERÊNCIA R$ 80.000,00
05/08/2015 TRANSFERÊNCIA R$ 80.000,00
09/09/2015 TRANSFERÊNCIA R$ 80.000,00
JOSE HENRIQUE FERREIRA
R$ 400.000,00
GONCALVES
04/03/2015 TRANSFERÊNCIA R$ 40.000,00
06/04/2015 TRANSFERÊNCIA R$ 40.000,00
06/05/2015 TRANSFERÊNCIA R$ 80.000,00
08/06/2015 TRANSFERÊNCIA R$ 40.000,00
10/06/2015 TRANSFERÊNCIA R$ 40.000,00
29/06/2015 TRANSFERÊNCIA R$ 160.000,00
Total Geral R$ 2.100.000,00
..—_... ...

4
.MI10*
010~- Rua 04 sln°, Edifício Anexo 1 — Procurad. Geral de Justiça, uiabá-
CEP 78049-921 - Func./fax 3613;1622/1628
118

MINISTÉRIO PÚBLICO) DO ESTADO DE MATO GROSSO


NÚCLEO DE AÇÕES; DE COMPETÊNCIA ORIGINÁRIA CRIMINAL — NACO
GRUPO DE ATUAÇÃO ESPECIAL CONTRA O CRIME ORGANIZADO — GAECO
A partir dos quadros; détroristrados acima, pode-se concluir que os; valores
apresentados somaram ai quantia total de R$ 6.389.577,79 (RS 4.289.577.79 +
R$ 2.100.000,00)."

Como se pode ver, os quadros demonstram intensas e incomuns


movimentações bancárias. O dinheiro público de origem no DETRAN/MT é recebido
por investigados diversos, ora diretamente ora por empresas interpostas, por
pessoas da família, ou por empresas de pessoas da família, ou, ainda, por
empregados de pessoas da família. Para não chamar a atenção das autoridades
fiscalizadoras da atividade bancária, os investigados se utilizam da emissão de
vários cheques de baixo valor. Além disso, a utilização de cheques se dá a fim de
que se possa justificar, por meio de relações jurídicas materiais inexistentes ou
fraudulentas, a movimentação do dinheiro, de modo a esconder a origem ilícita do
dinheiro que sai do Estado de Mato Grosso (DETRAN/MT), passa pela FDL, pela
SANTOS TREINAMENTO e por outros investigados até se tornar dinheiro em
espécie e assim chegar aos verdadeiros destinatários da propina, conforme se
demonstrará adiante.

2. DA ORGANIZAÇÃO CRIMINOSA

As diligências investigatórias levadas a cabo até o presente momento


revelam a existência de uma organização criminosa integrada por MAURO LUIZ
SAVI, JOSÉ EDUARDO BOTELHO, SILVAL DA CUNHA BARBOSA, PEDRO
HENRY NETO, TEODORO MOREIRA LOPES, ANTONIO DA CUNHA BARBOSA
FILHO, PAULO CESAR ZAMAR TAQUES, PEDRO JORGE ZAMAR TAQUES,
JOSÉ KOBORI, CLAUDEMIR PEREIRA DOS SANTOS, ANTONIO EDUARDO DA
COSTA E SILVA, MARCELO DA COSTA E SILVA, SILVIO CESAR CORREA DE
ARAÚJO, RAFAEL YAMADA TORRES, ROQUE ANILDO REINHEIMER, MERISON
MARCOS AMARO, DAUTON LUIZ SANTOS VASCONCELLOS, HUGO PEREIRA
IDE LU SÉ HEN FERREI A GONÇALVES, JOSE FERREIRA

Di •
Rua)04 s/n°, Edifício •ex' I - Procuradoria Geral • ust
EP 78049.921 - Fone/fax 361. 22/1628
119

Ff/
NITI
i Tribuna! Pieno

/es, 6.1
MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DE MATO GROSSO
NÚCLEO DE AÇÕES DE COMPETÊNCIA ORIGINÁRIA CRIMINAL — NACO
GRUPO DE ATUAÇÃO ESPECIAL CONTRA O CRIME ORGANIZADO — GAECO
GONÇALVES NETO, HUGO PEREIRA DE LUCENA, JOÃO ANTONIO CUIABANO
MALHEIROS, CLEBER ANTONIO CINI, JANAINA POLLA REINHEIMER, ODENIL
RODRIGUES DE ALMEIDA, TSCHALES FRANCIEL TSCHA, CLAUDINEI TEIXEIRA
DINIZ, MARCELO HENRIQUE CINI, ROMULO CESAR BOTELHO E VALDIR
DAROIT, JOSÉ DOMINGOS FRAGA FILHO, WILSON PEREIRA DOS SANTOS,
JOSÉ JOAQUIM DE SOUZA FILHO, ONDANIR BORTOLINI, ROMOALDO ALOISIO
BORACZYNSKI JUNIOR, JORGE BATISTA DA GRAÇA, ELIAS PEREIRA DOS
SANTOS FILHO, LUIZ OTAVIO BORGES, WILSON PINHEIRO MEDRADO,
VALDEMIR LEITE DA SILVA e JURANDIR DA SILVA VIEIRA , e outras pessoas ainda
não identificadas, estruturalmente organizada, formada, pelo que se pode extrair das
provas produzidas até este momento, por três núcleos autônomos que podem ser
assim descritos:

• NÚCLEO DE LIDERANÇA: dele fazem parte MAURO LUIZ SAVI,


Deputado Estadual em Mato Grosso à época e atualmente, JOSÉ
EDUARDO BOTELHO, Deputado Estadual em Mato Grosso
atualmente, SILVAL DA CUNHA BARBOSA, Governador do Estado
de Mato Grosso à época, PEDRO HENRY NETO, TEODORO
MOREIRA LOPES, Presidente do DETRAN/MT à época, PAULO
CESAR ZAMAR TAQUES, em parte do período Secretário de
Estado da Casa Civil. Sob a responsabilidade deste núcleo está a
formulação e/ou a aprovação, bem como a garantia de
implementação e desenvolvimento e manutenção de planos
voltados à solicitação e ao recebimento de vantagens ilícitas no
âmbito do Departamento de Trânsito de Mato Grosso —
DETRAN/MT, autarquia estadual vinculada à Secretaria de Estado
de Segurança Pública do Estado de Mato Grosso. Para o
desempenho destas funções, seus componentes se valem do
poder puramente político e/ou poder político-funcional decorrente
diretamente dos mandatos eletivos e dos cargos políticos que
ocupam, que lhes garantem a ingerência sobre a atuação do
DETRAN/MT na prestação dos serviços públicos objeto da
descentralização. Contam ainda com poder econômico que os
possibilita investir na construção de esquemas ilícitos dentro do
Illi DETRAN/MT para depois I &rem com o recebimento de
15~ I
tagens indevidas e rles d rentes. Os integrantes deste

......
............~.1: EdiCEP
fício Anexo 1 —Procura.;
Edif
78049-921
. . Geral de Justiça, Cuiabá-MT
ax 3613 1622/1628
120

MINISTÉRIO PUBLICO DO ESTADO DE MATO GROSSO


NÚCLEO DE AÇÕES DE. COMIPETÊNCIA ORIGINÁRIA CRIMINAL - NACO,
GRUPO DE ATUAÇÃO' ESPECIAL CONTRA O CRIME ORGANIZADO - GAECO)
centro da atuação da organização criminosa detinham não apenas
o poder de iinfllueniciar as escolhas relacionadas à atuação db)
DETRAN/MT, mas o poder de efetivamente determiná-las, de fazer
valer sua vontade em relação à autarquia. Na qualidade de
Governador do Estado, incumbia a SILVAL DA CUNHA BARBOSA
a escolha do nome do Presidente do DETRAN/MT, submetida à
aprovação da Assembleia Legislativa de Mato Grosso. Não
obstante a prerrogativa do cargo pertencesse ao Governador, a
efetiva escolha, à época, pertencia aos Deputados Estaduais
MAURO LUIZ SAVI e JOSÉ EDUARDO BOTELHO, de forma
especial ao primeiro, que era quem detinha o controle de fato sobre
a escolha do presidente e de outros cargos no DETRAN/MT. O
investigado TEODORO MOREIRA LOPES, na qualidade de
Presidente do DETRAN/MT, era quem detinha o poder jurídico de
determinar as frentes de atuação do DETRAN/MT na prestação da
atividade administrativa delegada à autarquia. Por sua vez, PEDRO
HENRY NETO, embora no início estivesse no exercício do
mandato de Deputado Federal, concorre para as atividades da
organização criminosa sem se valer das atribuições ou do poder
político que a função pública lhe proporcionava, mas atuava na
qualidade de particular interessado na consecução de esquemas
ilícitos no Departamento Estadual de Trânsito de Mato Grosso,
valendo-se de suas ligações e pode econômico para auferir lucro
com as atividades criminosas. Assim, PEDRO HENRY atua
idealizando projetos que envolvam a assinatura de contratos
administrativos, pautados em licitações direcionadas, de empresas
particulares com o DETRAN/MT, bem como agenciando,
confabulando para sua assinatura em troca de vantagens
pecuniárias pagas pelas empresas contratadas pela autarquia
estadual de trânsito. O investigado PAULO CESAR ZAMAR
TAQUES valia-se da qualidade de pessoa número dentro do
governo, manifestada pelo cargo por ele ocupado, a saber, o de
Secretário Chefe da Casa Civil, para garantir, pelo poder fático-
político que detinha, que os esquemas dentro do DETRAN/MT
tivessem continuidade. Além de contribuir para a atuação da
organização criminosa, estabelecendo e mantendo as condições
para a prática dos crimes contra a Administração Pública por ela
perpetrados, os elementos deste órgão da OCRIM eram os
principais beneficiários, direta ou indiretamente, das vantagens
ilícitas angariadas.

• NÚCLEO D OPERA Õ é composto por ANTONIO DA CUNHA


RBOSA LO DA COSTA trA, ANTC)N10

Rua 04 sin°, Edifício A o - Procuradoria ral d s ça, Cuiabá-MT


CEP 7804 21 - Fone/fax 3613 1622/1628
121

T Mn
Tribunal Pleno

MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DE MATO GROSSO


NÚCLEO DE AÇÕES DE COMPETÊNCIA ORIGINÁRIA CRIMINAL — NACO
GRUPO DE ATUAÇÃO ESPECIAL CONTRA O CRIME ORGANIZADO — GAECO
EDUARDO DA COSTA E SILVA, CLAUDEMIR PEREIRA DOS
SANTOS, SILVIO CEZAR CORREA ARAÚJO, RAFAEL YAMADA
TORRES, DAUTON LUIZ SANTOS VASCONCELLOS, ROQUE
ANILDO REINHEIMER, MERISON MARCOS AMARO, HUGO
PEREIRA DE LUCENA PEDRO JORGE ZAMAR TAQUES, JOSÉ
KOBORI, JOSE HENRIQUE FERREIRA GONÇALVES e JOSE
FERREIRA GONCALVES NETO. Os integrantes deste núcleo são
direta ou indiretamente responsáveis pela operacionalização dos
esquemas de obtenção de vantagens ilícitas no âmbito do
DETRAN/MT que são formulados e/ou aprovados, bem como tem
garantia de implementação e desenvolvimento pela liderança. São
eles quem materializam a vontade da liderança tomando as
medidas necessárias para que os esquemas de corrupção sejam
realizados, bem como atuam direta ou indiretamente a fim de
esconder a atividade dos líderes a quem são vinculados, inclusive,
para atos de lavagem de dinheiro, o que fazem seja em razão de
sua vinculação a algum dos líderes, seja porque também obtêm
lucro com as vantagens ilícitas obtidas pelo grupo.

• NÚCLEO SUBALTERNO: é integrado por JOÃO ANTONIO


CUIABANO MALHEIROS, CLEBER ANTONIO CINI, JANAINA
POLLA REINHEIMER, ODENIL RODRIGUES DE ALMEIDA,
TSCHALES FRANCIEL TSCHA, CLAUDINEI TEIXEIRA DINIZ,
MARCELO HENRIQUE CINI, ROMULO CESAR BOTELHO,
VALDIR DAROIT, MARILCI MALHEIROS FERNANDES DE SOUZA
COSTA E SILVA, JOSÉ DOMINGOS FRAGA FILHO, WILSON
PEREIRA DOS SANTOS, JOSÉ JOAQUIM DE SOUZA FILHO,
ONDANIR BORTOLINI, ROMOALDO ALOISIO BORACZYNSKI
JUNIOR, JORGE BATISTA DA GRAÇA, ELIAS PEREIRA DOS
SANTOS FILHO, LUIZ OTAVIO BORGES, WILSON PINHEIRO
MEDRADO, VALDEMIR LEITE DA SILVA e JURANDIR DA SILVA
VIEIRA. Os agentes constantes nesta célula exercem funções de
menor complexidade, porém vitais ao funcionamento da
organização criminosa, atividades meramente executivas de auxílio
ao desenvolvimento dos esquemas de obtenção de vantagens
ilícitas operados pela OCRIM. Eles são responsáveis por fazer fluir
o dinheiro relacionado às vantagens ilícitas obtidas pela OCRIM,
sendo os destinatários primários da propina que tem a incumbência
movimentar o dinheiro, seja para que ele chegue aos destinatários
finais, seja para esconder a sua origem ilícita. Além disso, os
integrantes deste núcleo ocupantes de mandato de Deputado
Estadual recebee: cela dalvantagens ilícitas angariadas pelo
organismo crimi oso •ara . arem de exercer sua funçq

Rua 04 ifício Anexo 1- radorianeref d Justiça, Cuiabá-MT


CEP 78049-921 - one/f~22/1 28
122

MINISTÉRIO PUBLICO DO ESTADO DE MATO GROSSO


NÚCLEO DE AÇÕES DE COMPETÊNCIA ORIGINÁRIA CRIMINAL.— NACO
GRUPO DE ATUAÇÃO ESPECIALCONTRA O CRIME ORGANIZADO — GAECO
parlamentar de fiiscatização dos contratos fraudulentos, odundlos
dos esquemas itiícitos, operados dentro do DETRAN/MT.

Além dos núcleos acima, a organização criminosa conta com o auxílio de


pessoas que não a integram, mas que contribuem para as atividades dela,
especialmente para atos de lavagem de dinheiro. Neste sentido, integram um
GRUPO AUTÔNOMO DE LAVAGEM DA PROPINA as pessoas de TIAGO VIEIRA
DE SOUZA DORILEO, ANTONIO FERNANDO RIBEIRO PEREIRA, ADRIANA ROSA
GARCIA DE SOUZA, MARCELO SAVI, JOVANIL RAMOS DOS SANTOS, RAFAEL
BADOTTI, FRANCISCO CARLOS FERRES, SILVANA BADOTTI FERRES,
VINICIUS PINCERATO FONTES DE ALMEIDA, ANDREO DARCI MENSCH LEITE,
SONIA REGINA BUSANELLO DE MEIRA, DASAYEVIS SEBASTIAO MIRANDA DE
LIMA SILVA, LUCIANO DE FREITAS AZAMBUJA, RAYMUNDO FERREIRA DE
SOUZA FILHO, ROBERTO ABRAO JUNIOR, IVANILDA SANTOS HENRY, WALTER
NEI DUARTE RAMOS e JOANA DARC BORGES.

3. DA PRISÃO PREVENTIVA

É certo que, nos termos do Código de Processo Penal, para a decretação


da custódia preventiva é preciso que estejam presentes seus pressupostos e requi-
sitos (art. 312, do CPP), além de algumas condições de admissibilidade previstas no
art. 313, da Lei Adjetiva Penal.

Os pressupostos, consubstanciados no fumus boni iuris, referem-se à


existência de indícios suficientes de autoria e comprovação da materialidade da in-
fração penal, ex vi do art. 312, in fine, do Código de Processo Penal.

ua 04 s/ , 'fiei° Ane o Procuradoria Ge 1 de s ça, Cuiabá.


CEP 78049 21 — Fone/fax 3613 1622/1628
123

TJAVIT
Tribunal Pieno

Fls. G3
MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DE MATO GROSSO
NÚCLEO DE AÇÕES DE COMPETÊNCIA ORIGINÁRIA CRIMINAL - NACO
GRUPO DE ATUAÇÃO ESPECIAL CONTRA O CRIME ORGANIZADO - GAECO
Os fundamentos (periculum libertatis), por sua vez. consistem na neces-
sidade da cautela para garantia da ordem pública ou da ordem econômica, para as-
segurar a aplicação da lei penal e por conveniência da instrução criminal.

Além desses pressupostos e fundamentos, para a manutenção do autua-


do no cárcere (prisão cautelar), mister, alternativamente, que: a) o crime a si impu-
tado tenha pena privativa de liberdade máxima superior a 04 anos; b) tenha sido o
agente condenado por outro crime com sentença transitada em julgado; c) tratando-
se de crime envolvendo violência doméstica e familiar contra a mulher, criança, ado-
lescente, idoso, enfermo ou pessoa com deficiência, seja necessária para garantir a
execução das medidas protetivas; d) haja dúvidas sobre a identidade civil do suspei-
to ou quando este não fornecer elementos suficientes para esclarecê-la (art. 313,
incisos, do CPP).

Lembradas as regras vigentes para as hipóteses de cabimento da prisão


preventiva, volvamos olhares ao caso sub examine.

3.1 CONDIÇÕES DE ADMISSIBILIDADE

Sem delongas, registra-se que a exigência do art. 313, I, do Código de


Processo Penal resta satisfeita, já que os crimes investigados de organização
criminosa (art. 2°, da Lei 12.850/13), corrupção passiva (art. 317, do Código Penal) e
lavagem de dinheiro (art. 1°, Lei 9.613/98) possuem pena máxima privativa de
liberdade, respectivamente, de oito anos, doze anos e dez anos de reclusão.

3.2 FUMUS DELICTI

A prova da materialida dos crime investigados e os indícios de autoria


e)
-Ta-u-silvailynte demonstra o capa 1, denominado "DA AUTORIA

Etua-04-sfn4;-Edificio Anexo 1 PrOadtagiliãera de Justiça, Cuiabá-MT


'"CEP 78049-92 x 3613 162 1628

lig MI
1.24

MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DE MATO GROSSO


NÚCLEO DE AÇÕES DE. COMPETÊNCIA ORIGINÁRIA CRIMINAL — NACO
GRUPO DE ATUAÇÃO ESPECIAL CONTRA O CRIME ORGANIZADO — GA\ECO
MATERIALIDADE".

3.3 PERICULUM LIBERTATIS

A investigação demonstra que a atuação da organização criminosa se dá


de modo sorrateiro, oculto, por meio de simulações e dissimulações. Esse modus
operandi, sempre voltado a embaçar ou mesmo ocultar a realidade, revela, por si só,
a NECESSIDADE DA DECRETAÇÃO DA PRISÃO para preservação e produção da
prova restante na INVESTIGAÇÃO e de toda a INSTRUÇÃO PROCESSUAL
PENAL.

3.3.1 MAURO LUIZ SAVI E CLAUDEMIR PEREIRA DOS SANTOS

Conforme se pode extrair das provas expostas alhures, a atuação do


investigado MAURO LUIZ SAVI é marcada pela dissimulação, ele se vale do
ilusionismo na sua atuação criminosa, com a finalidade de fazer parecer lícito aquilo
que é ilícito. Com efeito, ele mescla as atividades relacionadas com o exercício do
mandato parlamentar que ocupa com as ações atinentes aos esquemas de
recebimento ilícito de vantagens indevidas.

Neste sentido, MAURO LUIZ SAVI atua simulando negócios jurídicos


legítimos que de fato não existem, para dar legalidade a atividades criminosas
relacionadas ao recebimento de vantagens indevidas que lhe são pagas em razão
do cargo. Nesta dinâmica, a turbação da verdade dos fatos é natural, na medida em
que a atividade se desenvolve pelo forjamento de documentos inverídicos, que se
voltam a impedir a descoberta da verdade sobre os fatos, ou seja, embaraçam a
investigação criminal e a instrução processual penal.

de lik
• a as demon tram que a fimide não deixar sua digital nos rasos

r4 III ri
—...~111111111111111\1111111~ 1~
° Edifício ex, I - P ()e:ft:1,1011d
wass~.. "nueni~e~. 78 42-921 - 3;3 1:39jUjj2,:.3
:41
.111101i""---
125
9. /NIT
fribunai Pleno

MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DE MATO GROSSO


NÚCLEO DE AÇÕES DE COMPETÊNCIA ORIGINÁRIA CRIMINAL — NACO
GRUPO DE ATUAÇÃO ESPECIAL CONTRA O CRIME ORGANIZADO — GAECO
físicos da propina paga pela EIG MERCADOS LTDA. para a manutenção de se
contrato com o DETRAN/MT, MAURO SAVI se utiliza, não de apenas uma, mas de
várias pessoas interpostas, pessoas estas de sua confiança, seja por pacto de
lealdade, seja pelo vínculo funcional de subordinação (servidores da Assembleia
Legislativa), seja pelo parentesco.

Nesta direção, a propina sai EIG MERCADOS LTDA., passa pela


SANTOS TREINAMENTOS, chega até CLAUDEMIR PEREIRA DOS SANTOS,
espectro de MAURO SAVI, o qual, a mando deste, dá o direcionamento à propina de
modo a beneficiar MAURO SAVI sem que ele se vincule diretamente com o dinheiro.
Nesta dinâmica, cabe a CLAUDEMIR PEREIRA DOS SANTOS, ao receber a
propina dissimuladamente, emitir cheques que serão utilizados para pagamentos
pessoais de MAURO SAVI e circularão até que alguém que, sem ter conhecimento
da origem do dinheiro, tenha recebido o título de crédito em decorrência de um
negócio jurídico lícito, após uma longa cadeia de negócios jurídicos, faça o desconto
dele, ou então CLAUDEMIR PEREIRA DOS SANTOS emite os cheques e os passa
a outra pessoa de confiança de MAURO SAVI, que realiza o saque no banco e
efetua a devolução do valor em espécie à MAURO SAVI ou dá a destinação por ele
determinada.

Todo este engenho serve e é eficaz para evitar a produção de provas


diretas do recebimento da propina por MAURO LUIZ SAVI, embora sua imagem seja
nítida após a montagem do quebra-cabeças das provas indiretas.

Neste sentido, o Relatório Técnico n. 25/2017 (fls. 02/202 dos autos


sigilosos V) aponta que no período analisado CLAUDEMIR PEREIRA DOS
SANTAS efetuou as transações bancárias c¢ pessoas ligadas a MAURO LUIZ

Edifícid`Anexu 1 l\Prj
roCuradoria Geral de Justiça, Cuiabá-MT
P 78849-921 — F 813 1622/1628
126

MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DE MATO GROSSO


NÚCLEO DE AÇÕES DE COMPETÊNCIA ORIGINÁRIA CRIMINAL — NACO
GRUPO DE ATUAÇÃO ESPECIAL CONTRA O CRIME ORGANIZADO — GAECO,
CLAUDEMIR PEREIRA DOS SANTOS 15/10/2O99' 2.4a000 C TRANSFERÊNCIA ADJAIME RAMOS DE SOUZA
; CLAUDEMIR PEREIRA DOS SANTOS 09/11/2009 2.15000 C TRANSFERÊNCIA ADJAIME RAMOS DE SOUZA
' CLAUDEMIR PEREIRA DOS SANTOS 25/11/2009 1.166,00 C TRANSFERÊNCIA ADJAIME RAMOS DE SOUZA
CLAUDEMIR PEREIRA DOS SANTOS 18/12/2009 2.158,00 C TRANSFERÊNCIA ADJAIME RAMOS DE SOUZA
CLAUDEMIR PEREIRA DOS SANTOS 05/01/2010 2.155,00 C TRANSFERÊNCIA ADJAHVIE RAMOS DE SOUZA
CLAUDEMIR PEREIRA DOS SANTOS 22/01/2010 2.155,00 C TRANSFERÊNCIA ADJAIME RAMOS DE SOUZA
CLAUDEMIR PEREIRA DOS SANTOS 19/02/2010 2.155,00 C TRANSFERÊNCIA ADJAIME RAMOS DE SOUZA
CLAUDEMIR PEREIRA DOS SANTOS 05/03/2010 2.155,00 C TRANSFERÊNCIA ADJAIIVIE RAMOS DE SOUZA
CLAUDEMIR PEREIRA DOS SANTOS 30/03/2010 2.155,00 C TRANSFERÊNCIA ADJAIME RAMOS DE SOUZA
CLAUDEMIR PEREIRA DOS SANTOS 13/04/2010 2.825,00 C TRANSFERÊNCIA ADJAIME RAMOS DE .."- A
CLAUDEMIR PEREIRA DOS SANTOS 05/05/2010 2.155,00 C TRANSFERÊNCIA ADJAIME RAMOS DE SOUZA
CLAUDEMIR PEREIRA DOS SANTOS 31/05/2010 2.160,00 C TRANSFERÊNCIA ADJAIME RAMOS DE SOUZA
CLAUDEMIR PEREIRA DOS SANTOS 10/06/2010 2.160,00 C TRANSFERÊNCIA ADJAIME RAMOS DE SOUZA
CLAUDEMIR PEREIRA DOS SANTOS 07/07/2010 2.160,00 C TRANSFERÊNCIA ADJAIME RAMOS DE SOUZA
CLAUDEMIR PEREIRA DOS SANTOS 26/07/2010 2.160,00 C TRANSFERÊNCIA ADJAIME RAMOS DE SOUZA
CLAUDEMIR PEREIRA DOS SANTOS 18/08/2010 2.160,00 C TRANSFERÊNCIA ADJAIME RAMOS DE SOUZA
CLAUDEMIR PEREIRA DOS SANTOS 10/09/2010 2.160,00 C TRANSFERÊNCIA ADJAIME RAMOS DE SOUZA
CLAUDEMIR PEREIRA DOS SANTOS 23/09/2010 2.160,00 C TRANSFERÊNCIA ADJAIME RAMOS DE SOUZA
CLAUDEMIR PEREIRA DOS SANTOS 15/10/2010 2.160,00 C TRANSFERÊNCIA ADJAIME RAMOS DE SOUZA
CLAUDEMIR PEREIRA DOS SANTOS 03/11/2010 2.160,00 C TRANSFERÊNCIA ADJAIME RAMOS DE SOUZA
CLAUDEMIR PEREIRA DOS SANTOS 19/11/2010 2.160,00 C TRANSFERÊNCIA ADJAIME RAMOS DE SOUZA
CLAUDEMIR PEREIRA DOS SANTOS 10/12/2010 2.160,00 C TRANSFERÊNCIA ADJAIME RAMOS DE SOUZA
CLAUDEMIR PEREIRA DOS SANTOS 05/01/2011 2.160,00 C TRANSFERÊNCIA ADJAIME RAMOS DE SOUZA
CLAUDEMIR PEREIRA DOS SANTOS 31/01/2011 2.160,00 C TRANSFERÊNCIA ADJAIME RAMOS DE SOUZA
CLAUDEMIR PEREIRA DOS SANTOS 23/05/2011 2.160,00 C TRANSFERÊNCIA ADJAIME RAMOS DE SOUZA
CLAUDEMIR PEREIRA DOS SANTOS 05/07/2011 2.160,00 C TRANSFERÊNCIA ADJAIME RAMOS DE SOUZA
CLAUDEMIR PEREIRA DOS SANTOS 18/07/2011 2.240,00 C TRANSFERÊNCIA ADJAIME RAMOS DE ,.Ç-7 A
CLAUDEMIR PEREIRA DOS SANTOS 29/07/2011 2.080,00 C TRANSFERÊNCIA ADJAIME RAMOS DE SWJZA

De acordo com o mesmo relatório, ADEJAIME RAMOS DE SOUZA


"exerceu suas atividades, no período compreendido entre outubro de 2013 a
fevereiro de 2015, no Gabinete da Primeira Secretaria, à época em que possuía
como Primeiro Secretário o Sr. Deputado Mauro Savi".

Seguindo a análise do relatório tem-se também as seguintes transações


entre CLAUDEMIR PEREIRA DOS SANTOS e ANDREO DARCI MENSCH LEITE,
que, segundo consta, "já foi lotado, entre os anos de 2012 a 2014, no Gabinete da
Pr ira Secretaria, à época e que po suía como Primeiro Secretário o Sr.
o Savi".
_...~111111
- 111
;<it.i im..“) I • Precitut , led.1 t'
',;) í 3114') -:)9. 1 • ;:ofw/i.i.< .3:3 13
127

TJakilr
Tribunal Pleno

Ps. G)
MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DE MATO GROSSO
NÚCLEO DE AÇÕES DE COMPETÊNCIA ORIGINÁRIA CRIMINAL — NACO
GRUPO DE ATUAÇÃO ESPECIAL CONTRA O CRIME ORGANIZADO — GAECO
ANDREO DARCI MENSCH
CLAUDEMIR PEREIRA DOS SANTOS 20/12/2013 1.000,00 D CHEQUE
LEI 1'E
ANDREO DARCI MENSCH
CLAUDEMIR PEREIRA DOS SANTOS 10/11/2014 5.000,00 D CHEQUE
LEI I E

Aponta também o relatório transações bancárias entre CLAUDEMIR


PEREIRA DOS SANTOS e DASAYEVIS SEBASTIAO MIRANDA DE LIMA SILVA,
que "esteve lotado na PRIMEIRA SECRETARIA— MESA DIRETORA entre agosto de
2012 a fevereiro de 2015, época em que o Primeiro Secretário era o Deputado
Mauro Savi":

DASAYEVIS SEBASTIAO
CLAUDEMIR PEREIRA DOS SANTOS 30/06/2014 5.000,00 D CHEQUE
MIRANDA DE LIMA SILVA
DASAYEVIS SEBASTIAO
CLAUDEMIR PEREIRA DOS SANTOS 02/03/2015 5.000,00 D CHEQUE
MIRANDA DE LIMA SILVA

No mesmo sentido há transação entre CLAUDEMIR PEREIRA e


JONILSON MONTEIRO SIQUEIRA, "lotado no GABINETE DA PRIMEIRA
SECRETARIA entre janeiro de 2014 a fevereiro de 2015, época em que o primeiro
secretário era o Deputado Mauro Savi":

CLAUDEMIR PEREIRA DOS SANTOS 19/12/2013 14.850,00 I D CHEQUE JONILSON MONTEIRO


SIQUEIRA

A situação se repete em relação a VICTOR FRANCISCO MIRANDA


LEITE, "lotado Gabinete do Deputado Mauro Savi desde março de 2015":

CLAUDEMIR PEREIRA DOS SANTOS 30/06/2014 5.000,00 D VICTOR FRANCISCO DE


CHEQUE
MIRANDA LEITE
CLAUDEMIR PEREIRA DOS SANTOS 06/11/2014 6.000,00 D VICTOR FRANCISCO DE
CHEQUE
MIRANDA LEIIE
CLAUDEMIR PEREIRA DOS SANTOS 21/01/2015 9.000,00 D VICTOR FRANCISCO DE
CHEQUE
MIRANDA LEI1E f\

REIRA DOS SANTOS emitiu um

o Anexo 1.- oc radoria Geral ck, ,Justiça, Cuiabá-MT


F. 78049-921
- Fone/fax 3613 1622/1628
128

MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DE MATO GROSSO


NÚCLEO DE AÇÕES DE. COMPETÊNCIA ORIGINÁRIA CRIMINAL — NACO
GRUPO DE ATUAÇÃO ESPECIAL CONTRA O CRIME ORGANIZADO — GAECO
cheque no valor de R$ 30.000,00, (trinta mil reais), que foi trocado por JOANA DARC•
BORGES na data de 20/12/2013 (fII. 110'8 do relatório), que "foi funcionária de VALDIR.
DAROIT — FAZ. CURIO (CEI — Cadastro Específico do INSS: 32.870.03324/82).
Cumpre salientar que VALDIR DAROIT é cunhado do Deputado Estadual Mauro
Savi".

O mesmo ocorre em relação a DILAIR SALETE DAROIT SAVI, "esposa


do Deputado Estadual Mauro Luiz Savi", que, nas datas de 22/12/2013 e 23/12/2013,
trocou dois cheques no valor de R$ 10.000,00 (dez mil reais) cada um, ambos
sacados por CLAUDEMIR PEREIRA DOS SANTOS.

Além disso, CLAUDEMIR PEREIRA DOS SANTOS ainda apresenta as


seguintes transações com a pessoa de VALDIR DAROIT, "cunhado do Deputado
Estadual Mauro Savi":

VALDIR DAROIT R$ 33.280,00


31/12/2013 TRANSFERÊNCIA R$ 2.000,00
01/01/2014 TRANSFERÊNCIA R$ 4.000,00
02/01/2014 TRANSFERÊNCIA R$ 4.000,00
03/01/2014 TRANSFERÊNCIA R$ 2.000,00
04/01/2014 TRANSFERÊNCIA R$ 2.000,00
05/01/2014 TRANSFERÊNCIA R$ 1.980,00
06/01/2014 TRANSFERÊNCIA R$ 9.000,00
07/01/2014 TRANSFERÊNCIA R$ 2.000,00
08/01/2014 TRANSFERÊNCIA R$ 1.200,00
09/01/2014 TRANSFERÊNCIA R$ 600,00
10/01/2014 TRANSFERÊNCIA R$ 4.500,00

Com efeito, CLAUDEMIR PEREIRA DOS SANTOS integra o núcleo d


operações da organização criminosa e têm a incumbência de fazer acontecer
_ dradas p a CRIM.

it s 1\11).( ,) 1 • Precivadoeía ("111•:11.1:) (311i.11)•1•031i


=3: 13•5:3-:32 I • ;:o11:y/i.):( 3713 1;3'ní 1;39.3
129

TJANIT
Tribunal Pleno
Fls. CG'
MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DE MATO GROSSO
NÚCLEO DE AÇÕES DE COMPETÊNCIA ORIGINÁRIA CRIMINAL — NACO
GRUPO DE ATUAÇÃO ESPECIAL CONTRA O CRIME ORGANIZADO — GAECO
Conforme já se expôs, CLAUDEMIR PEREIRA DOS SANTOS, além de
integrar a sociedade da SANTOS TREINAMENTO E CAPACITAÇÃO DE PESSOAL
LTDA-EPP desde a sua formação original, em 20/09/2006, até o fim da vigência da
nona alteração contratual, em 09/03/2015, é, conforme o depoimento do colaborador
TEODORO LOPES, a pessoa encarregada de receber a propina direcionada ao
investigado MAURO LUIZ SAVI, é a pessoa interposta pela qual este recebe a
propina paga pela FDL SERVIÇOS DE REGISTRO, CADASTRO,
INFORMATIZAÇÃO E CERTIFICAÇÃO DE DOCUMENTOS LTDA — EIG
MERCADOS oriunda do DETRAN/MT através da SANTOS TREINAMENTO.
No mesmo sentido, o investigado JOSÉ FERREIRA GONÇALVES NETO
afirmou categoricamente que CLAUDEMIR PEREIRA DOS SANTOS, vulgo "grilo",
"era o braço direito do Deputado Estadual MAURO SAVI", bem como que "KOBORI
combinou com o interrogando que iria cessar os pagamentos através da SANTOS e
mandar as propinas diretamente para CLAUDEMIR PEREIRA DOS SANTOS, vulgo
"Grilo", e por consequência para MAURO SAVI, pois CLAUDEMIR era o homem de
confiança de MAURO SAVI".

Além disso, de acordo com o colaborador RAFAEL YAMADA TORRES, foi


CLAUDEMIR PEREIRA quem providenciou toda a documentação necessária para
incluí-lo na sociedade da SANTOS TREINAMENTO a fim de que, através de
RAFAEL YAMADA, ANTONIO DA CUNHA BARBOSA FILHO e SILVAL DA CUNHA
BARBOSA pudessem receber a propina paga pela FDL-EIG MERCADOS.

Em seu interrogatório, ANTONIO EDUARDO DA COSTA E SILVA relatou


a ocorrência de uma reunião ocorrida entre o final de 2014 e início de 2015 na ante
sala do gabinete do Deputado MAURO SAVI, na Assembleia Legislativa de Mato
Grosso, conduzida por CLAUDEMIR PEREIRA DOS SANTOS.

JOSÉ IM D UZA FILHO, Deputado Esta

sln°, Edifício Anexo!


CEP 78049-921
130

MINISTÉRIO) PÚBLICO DO ESTADO DE MATO GROSSO.'


NÚCLEO DE AÇÕES DE. COMPETÊNCIA ORIGINÁRIA CRIMINAL — NACO
GRUPO DE ATUAÇÃO) ESPECIAL CONTRA O CRIME ORGANIZADO. — GAE.00
atestou que acreditava que CLAUDEMIIIR PEREIRA DOS SANTOS era umi
que era visto no gabinete) db) Deputadb) MAURO SAVI.

Também em conformidade com as declarações do colaborador


TEODORO LOPES, CLAUDEMIR PEREIRA DOS SANTOS recebeu o valor de
R$ 750.000,00 (setecentos e cinquenta mil reais) em nome do investigado Deputado
MAURO LUIZ SAVI a título de propina paga pela FDL SERVIÇOS DE REGISTRO,
CADASTRO, INFORMATIZAÇÃO E CERTIFICAÇÃO DE DOCUMENTOS LTDA —
EIG MERCADOS como contribuição para a campanha eleitoral.
Em seu interrogatório, o investigado JOSÉ FERREIRA GONÇALVES
NETO, sócio da EIG MERCADOS LTDA., também asseverou que no ano de 2014 se
reuniu com o investigado MAURO LUIZ SAVI para tratar a respeito da cessação do
pagamento da propina através da SANTOS TREINAMENTOS, ocasião em que
MAURO SAVI solicitou a quantia de R$ 1.000.000,00 (um milhão de reais) para que
a sociedade em conta de participação entre a EIG MERCADOS e SANTOS
TREINAMENTOS fosse extinta, pagamento que, conforme foi acertado, foi efetuado
através da EIG MERCADOS LTDA. a MAURO SAVI por intermédio de CLAUDEMIR
PEREIRA DOS SANTOS, após o que ocorreu o fim da sociedade.

O pagamento desta propina resta demonstrado no Relatório Técnico n.


08/2018 (fls. 4.377/4.398, volume 22, do IP 38162/2013/TJMT) elaborado pela
Polícia Judiciária Civil, que revela reiteradas transferências bancárias diretamente da
EIG MERCADOS LTDA. para CLAUDEMIR DOS SANTOS PEREIRA, todas
ocorridas no ano de 2014, com se pode ver:

uadro 2 - TRANSFERÊNCIAS - EIG MERCADOS - CLAUDEMIR PEREIRA

ORIGEM DATA VALOR TRANSAÇÃO ► . 10

main a
e os . 10/01/2014 120.000,00 TRANSFERÊNCIA CLAUDEMIR PEREIRA DOS

Rua 041/4s/n°, Edifici rad ia Geral us ça, Cuiabá-MT


CEP 49421'-: óbeffax 613162211628
131

TJATI
Tribunal Pleno

MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DE MATO GROSSO


NÚCLEO DE AÇÕES DE COMPETÊNCIA ORIGINÁRIA CRIMINAL - NACO
GRUPO DE ATUAÇÃO ESPECIAL CONTRA O CRIME ORGANIZADO - GAECO

EIG MERCADOS LTDA 10/01/2014 R$ 50.000,00 TRANSFERÊNCIA CLAUDEMIR PEREIRA DOS SANTOS

EIG MERCADOS LTDA 10/01/2014 R$ 25.000,00 TRANSFERÊNCIA CLAUDEMIR PEREIRA DOS SANTOS

EIG MERCADOS LIDA 10/01/2014 R$ 61.500,00 TRANSFERÊNCIA CLAUDEMIR PEREIRA DOS SANTOS

EIG MERCADOS LTDA 10/01/2014 R$ 30.000,00 TRANSFERÊNCIA CLAUDEMIR PEREIRA DOS SANTOS

EIG MERCADOS LTDA 16/01/2014 R$ 25.000,00 TRANSFERÊNCIA CLAUDEMIR PEREIRA DOS SANTOS
-...

EIG MERCADOS LI DA 20/01/2014 R$ 120.000,00 TRANSFERÊNCIA CLAUDEMIR PEREIRA DOS SANTOS

EIG MERCADOS LTDA 06/02/2014 R$ 25.000,00 TRANSFERÊNCIA CLAUDEMIR PEREIRA DOS SANTOS

RIO MERCADOS LIDA 10/02/2014 R$ 120.000,00 TRANSFERÊNCIA CLAUDEMIR PEREIRA DOS SANTOS

EIG MERCADOS LIDA 10/02/2014 R$ 30.000,00 TRANSFERÊNCIA CLAUDEMIR PEREIRA DOS SANTOS

EIG MERCADOS LIDA 10/02/2014 R$ 61.500,00 TRANSFERÊNCIA CLAUDEMIR PEREIRA DOS SANTOS

EIG MERCADOS LIDA 10/02/2014 R$ 50.000,00 TRANSFERÊNCIA CLAUDEMIR PEREIRA DOS SANTOS

EIG MERCADOS LIDA 18/02/2014 R$ 25.000,00 TRANSFERÊNCIA CLAUDEMIR PEREIRA DOS SANTOS

EIG MERCADOS LIDA 10/03/2014 R$ 30.000,00 TRANSFERÊNCIA CLAUDEMIR PEREIRA DOS SANTOS

,---, EIG MERCADOS LIDA 10/03/2014 R$ 50.000,00 TRANSFERÊNCIA CLAUDEMIR PEREIRA DOS SANTOS

EIG MERCADOS LTDA 10/03/2014 R$ 61.500,00 TRANSFERÊNCIA CLAUDEMIR PEREIRA DOS SANTOS

EIG MERCADOS LIDA 12/03/2014 R$ 25.000,00 TRANSFERÊNCIA CLAUDEMIR PEREIRA DOS SANTOS

EIG MERCADOS LTDA 14/03/2014 R$ 120.000,00 TRANSFERÊNCIA CLAUDEMIR PEREIRA DOS SANTOS

EIG MERCADOS LTDA 18/03/2014 R$ 25.000,00 TRANSFERÊNCIA CLAUDEMIR PEREIRA DOS SANTOS

EIG MERCADOS LIDA 10/04/2014 R$ 61.500,00 TRANSFERÊNCIA CLAUDEMIR PEREIRA DOS SANTOS

EIG MERCADOS LIDA 10/04/2014 R$ 30.000,00 TRANSFERÊNCIA CLAUDEMIR PEREIRA DOS SANTOS

EIG MERCADOS LIDA 10/04/2014 R$ 50.000,00 TRANSFERÊNCIA CLAUDEMIR PEREIRA DOS SANTOS

EIG MERCADOS LIDA 15/04/2014 R$ 60.000,00 TRANSFERÊNCIA CLAUDEMIR PEREIRA DOS SANTOS

EIG MER S 17/04/2014 R 60.0 00 SFERÊNCIA CLAUDEMIR PEREIRA DOS SA1r9S


,.... ...

2r 04 &n°, Ed "o Anexo ocuradoria Geral e Justiça, Cuiabá-M


622/1628
132

MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DE MATO GROSSO


NÚCLEO DE AÇÕES DE COMPETÊNCIA ORIGINÁRIA CRIMINAL — NACO
GRUPO DE ATUAÇÃO ESPECIAL CONTRA O CRIME ORGANIZADO — GAECO

EIG MERCADOS LI DA 29/08/2014 R$ 232.3 33'--.(D1) TRANSFERÊNCIA CLAUDEMIR PEREIRA DOS SANTOS

EIG MERCADOS LTDA 22/09/2014 R$ 150.000,00 TRANSFERÊNCIA CLAUDEMIR PEREIRA DOS SANTOS

EIG MERCADOS LTDA 29/09/2014 R$ 231.083,00 TRANSFERÊNCIA CLAUDEMIR PEREIRA DOS SANTOS

EIG MERCADOS LTDA 10/10/2014 R$ 150.000,00 TRANSFERÊNCIA CLAUDEMIR PEREIRA DOS SANTOS

EIG MERCADOS LTDA 20/10/2014 R$ 45.500,00 TRANSFERÊNCIA CLAUDEMIR PEREIRA DOS SANTOS

EIG MERCADOS LTDA 27/10/2014 R$ 160.583,00 TRANSFERÊNCIA CLAUDEMIR PEREIRA DOS SANTOS

EIG MERCADOS LIDA 10/11/2014 R$ 45.500,00 TRANSFERÊNCIA CLAUDEMIR PEREIRA DOS SANTOS

EIG MERCADOS LIDA 08/12/2014 R$ 45.500,00 TRANSFERÊNCIA CLAUDEMIR PEREIRA DOS SANTOS

Total Geral RS 2.376.749,00

Nesta linha, o relatório aponta, ainda, que no período analisado,


CLAUDEMIR PEREIRA DOS SANTOS recebeu diretamente da EIG MERCADOS
LTDA. o valor de R$ 3.951.763,47 (três milhões, novecentos e cinquenta e um mil,
setecentos e sessenta e três reais e quarenta e sete centavos). (página 84 do
relatório)

Além disso, JOSÉ HENRIQUE FERREIRA GONÇALVES afirmou em seu


interrogatório que no mês de janeiro do ano de 2015 JOSE KOBORI lhe solicitou ao
interrogando que sacasse cheque de emissão da empresa FDL/EIG no valor de
R$ 94.000,00 (noventa e quatro mil reais), o qual foi entregue em mãos pelo
interrogando à CLAUDEMIR PEREIRA DOS SANTOS.

Isso tudo demonstra que MAURO LUIZ SAVI e CLAUDEMIR PEREIRA


DOS SANTOS trabalham no sentido de dificultar a produção de provas a respeito
dos crimes por eles praticados, de modo que sua prisão é necessária para a
pA INVESTIG ÃO C INAL e da futura INSTRy ÃO

! : .. , ) 11,,,t0 1 • Pi't„le i V.1,1,1( eili•ib:t•M 1


!)9. 1 • ;'ento/i.lx 4:i 1.3 1:39.W1:39.:3
1111111.1.111.11M~IliellelleW /:3')
111
133

I -1-
, raiounal Pleno

I , G5

MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DE MATO GROSSO


NÚCLEO DE AÇÕES DE COMPETÊNCIA ORIGINÁRIA CRIMINAL — NACO
GRUPO DE ATUAÇÃO ESPECIAL CONTRA O CRIME ORGANIZADO — GAECO
PROCESSUAL PENAL .

Além disso, enquanto chefe de fato do DETRAN/MT, titular das atividades


ilícitas operadas dentro da autarquia, MAURO LUIZ SAVI continua a orquestrar,
ordenar, garantir e se beneficiar de tais esquemas, dando perpetuidade à prática
criminosa.

Sobre este ponto, é de se destacar que MAURO SAVI se vale do poder


político decorrente do mandato de Deputado Estadual para ordenar e garantir
atividades criminosas no âmbito do DETRAN/MT com a finalidade de, além de obter
benefício próprio, manter-se no mandato parlamentar. Neste sentido, é de se notar
que o esquema ora descortinado teve as tratativas iniciadas por volta do ano de
2007, ou seja, durante a 16' legislatura, da qual MAURO SAVI já detinha mandato
parlamentar na Assembleia Legislativa de Mato Grosso. Na mesma direção, nos
autos da ação penal n. 01282/90-31.2015.8.11.0000 (denúncia recebida por este
egrégio Tribunal, operação "Dríades"), MAURO SAVI foi denunciado por integrar
organização criminosa e pelos crimes de inserção de dados falsos em sistema
informatizado de informações e de corrupção passiva por fatos ocorridos período
compreendido entre o ano de 2013 e momento próximo ao mês de fevereiro do ano
de 2014, durante a 17' legislatura, na qual ele detinha o mandato de Deputado
Estadual. Além disso, MAURO SAVI foi denunciado nos autos da ação penal n.
90961/2015 (operação "Ventríloquo") pelos crimes de organização criminosa,
peculato e lavagem de dinheiro, por fatos também ocorridos no período
compreendido entre os anos de 2013 e 2014. Registre-se, ainda, que MAURO LUIZ
SAVI foi denunciado nos autos da ação penal n. 0041160-66.2016.811.0000,
também perante esta egrégia Corte que recebeu a denúncia, pelos crimes de
emprego indevido de verbas públicas (art. 1°, inciso III, do Decreto-Lei n. 201/67, c.c
art. 29 do Código Penal) e apropr. o indébit rt 168, § 1°, Código Penal), por
o ano de 2009, duran a 16a o gislatura, na qual ele detinha ,o

o Anexo! —lyoc melaria Geral de stiça, Cuiabá-MT


CEFV8049-921 — onelfax 3613 1622/1628

1
134

MINISTÉRIO) PÚBLICO DO ESTADO DE MATO GROSSO


NÚCLEO DE AÇÕES DE. COMPETÊNCIA ORIGINÁRIA CRIMINAL— NACO
GRUPO DE ATUAÇÃO ESPECIAL, CONTRA O CRIME ORGANIZADO — GAECO
mandato de Deputadõ Estadual..

Isso tudo demonstra que MAURO LUIZ SAVI se vale das prerrogativas e
do poder político do mandato de Deputado Estadual em Mato Grosso para a prática
reiterada de crimes, de modo que sua prisão preventiva é a única medida capaz de
fazer cessar a perpetuação da prática de infrações penais, sendo, pois, necessária
para a GARANTIA DA ORDEM PÚBLICA.

No mais, analisando a adequação da medida à gravidade do crime,


circunstâncias do fato e condições pessoais do indiciado ou acusado (art. 282, 11, do
CPP), verifica-se que a segregação cautelar é adequada à gravidade dos crimes
praticados pelos investigados, considerando que são delitos contra o erário, cujo
impacto social é contundente em áreas sociais tão deficitárias no Estado de Mato
Grosso, bem como se amolda às circunstâncias do fato, dada a atuação ardilosa
voltada à obstar a produção de prova e a habitualidade verificada que demonstra
que MAURO LUIZ SAVI e CLAUDEMIR PEREIRA DOS SANTOS têm a atividade
criminosa como seu modo de vida e de "trabalho", bem como é pertinente às
condições pessoais dos investigados, sobretudo de MAURO LUIZ SAVI, detentor de
poder político, econômico e de fato necessários para turbar os trabalhos
investigativos, sendo certo que tais prerrogativas econômicas e fáticas são
expressadas através de CLAUDEMIR PEREIRA, seu porta-voz. Tais considerações
também revelam não ser cabível a substituição da prisão preventiva por outra
medida cautelar (art. 282, § 6°).

3.3.2 PEDRO HENRY NETO, MARCELO EDUARDO DA COSTA E SILVA E


ANTONIO EDUARDO DA COSTA E SILVA

A atuação sorrateira visando impedir a produção de provas também


elação à tríade PEDRO ENRY NETO, MARCELO DA COSTA E
/`")

RaTOW"g7iriTiCio ex I — Procu a orla Geral J iça, Cuialaa-MT


CEP 78 -921 — Fone/fa 3613 1622/1628
135

WIT47177
Tribuna! Piem-,

MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DE MATO GROSSO


NÚCLEO DE AÇÕES DE COMPETÊNCIA ORIGINÁRIA CRIMINAL — NACO
GRUPO DE ATUAÇÃO ESPECIAL CONTRA O CRIME ORGANIZADO — GAECO
SILVA e ANTONIO EDUARDO DA COSTA E SILVA.

De pronto registra-se que as provas angariadas no inquérito policial


demonstram de forma inconteste o relacionamento próximo entre os investigados
PEDRO HENRY NETO, MARCELO DA COSTA E SILVA e ANTONIO EDUARDO
DA COSTA E SILVA. Neste sentido, assim consta no Relatório Técnico n. 25/2017
(fls. 02/202 dos autos sigilosos V):

"No diagrama 3, será demonstrado a rede de relacionamentos que envolve


a família COSTA E SILVA, tendo como principais articuladores as pessoas
de MARCELO DA COSTA E SILVA CPF: 411.976.741-87 e seu irmão
ANTONIO EDUARDO DA COSTA E SILVA CPF: 362.764.131-00. As
informações contidas na referida ilustração são:

- MARILCI MALHEIROS FERNANDES DE SOUZA COSTA E SILVA CPF:


581.687.291-53 é esposa de MARCELO DA COSTA E SILVA e Procuradora
do Estado de Mato Grosso desde 2002.

- ANTONIO EDUARDO DA COSTA E SILVA é irmão de MARCELO e sócio


da empresa SANTOS TREINAMENTO E CAPACITAÇÃO DE PESSSOAL
LTDA CNPJ: 08.304.721/0001-05.

- IGOR DA COSTA E SILVA CPF: 697.528.931-04 é irmão de ANTONIO e


MARCELO DA COSTA e sócio da OHB BRASIL COMERCIO SERVIÇOS E
LOCAÇAO DE EQUIPAMENTOS LTDA EPP CNP: 17.223.289/0001-00. A
empresa OHB BRASIL possui como sócia a pessoa de IVANILDA SANTOS
HENRY CPF: 513.253.651-49, esposa de PEDRO HENRY NETO CPF:
175.068.671-68, ex-Deputado Federal, e como ex-sócio a pessoa de JOSÉ
EDUARDO BOTELHO CPF: 208.432.671-00."

Interrogado no inquérito, PEDRO HENRY NETO afirmou ser amigo


pessoal de MARCELO DA COSTA E SILVA, bem como amigo de ANTONIO
EDUARDO COSTA E SILVA. O investigado ANTONIO EDUARDO DA COSTA E
SILVA atestou que possui uma relação familiar com PEDRO HENRY. Por sua vez,
MARILCI MALHEIROS FERNANDES DE SOUZA COSTA E SILVA afirmou que
PEDRO HENRY é amigo de seu marido MARCELO DA COSTA E SILVA.

statado este fato, as -se à verT ao da atuação dissimulada d

Rua 04 s/n°, Edifício Anexo 1 ro radoria Geral de stiça, Cuiabá-MT


EP 78049-921 ne/fax 3,13 1622/1628
136

MINISTÉRIO PÚBLICO) DD ESTADO DE MATO GROSSO.


NÚCLEO DE AÇÕES DE COMPETÊNCIA ORIGINÁRIA CRIMINAL - NACO
GRUPO DE ATUAÇÃO ESPECIIA\L.CONTRA O CRIME ORGANIZADO -GAECO
PEDRO HENRY através., dos iirmiãbs MARCELO e ANTONIO EDUARDO voltada a
impedir a produção de provas a respeito de suas atividades ilícitas.

O interrogado JOSÉ FERREIRA GONÇALVES NETO, sócio da empresa


FDL - SERVIÇOS DE REGISTRO CADASTRO, INFORMATIZAÇÃO E
CERTIFICAÇÃO DE DOCUMENTOS LTDA, atualmente EIG MERCADOS, ao ser
ouvido no inquérito, afirmou que no ano de 2007, por indicação de Henrique
Pizzolato, procurou o investigado PEDRO HENRY NETO, com quem teve uma
reunião em Brasília/DF, para pedir-lhe auxílio para o fim de que pudesse conseguir
que sua empresa fosse contratada pelo Estado de Mato Grosso para prestação de
serviços. Segundo ele, na ocasião, PEDRO HENRY NETO atendeu prontamente o
seu pedido e de imediato ligou para o investigado MARCELO DA COSTA E SILVA
que se encontrava em Cuiabá, solicitando a ele que prestasse o auxílio necessário a
JOSÉ FERREIRA, em razão do que, alguns dias depois este se reuniu com
MARCELO em Cuiabá no escritório de advocacia de ANTONIO EDUARDO COSTA
E SILVA, irmão de MARCELO, local em que se situava a sede da empresa SANTOS
TREINAMENTOS.

De acordo com JOSÉ FERREIRA GONÇALVES NETO, dias depois,


também no escritório de advocacia de ANTONIO EDUARDO COSTA E SILVA,
irmão de MARCELO, houve uma nova reunião entre ele, MARCELO DA COSTA E
SILVA e ROQUE ANILDO REINHEIMER (sócio da empresa SANTOS
TREINAMENTOS), na qual MARCELO afirmou que lhe prestaria o auxílio
necessário para que a EIG MERCADOS LTDA. passasse a operar junto ao
DETRAN/MT. todavia, solicitou o montante de 30% do faturamento do valor do
contrato a ser assinado com a autarquia de trânsito para que houvesse a efetiva a
assinatura, bem como para que o contrato fosse mantido. Conforme disse- o
interro•ado, na oportunidade também se decidiu que a propina seria paga através de

d A — •roeurador a G ai de Justiça, Cuiabá-


CEP 78049-921 — ne/fax 3613 1622/1628
137

/ Ui-kW
Tribunal Pleno

Fls "X°

MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DE MATO GROSSO


NÚCLEO DE AÇÕES DE COMPETÊNCIA ORIGINÁRIA CRIMINAL — NACO
GRUPO DE ATUAÇÃO ESPECIAL CONTRA O CRIME ORGANIZADO — GAECO
uma outra empresa, a SANTOS TREINAMENTOS, que integraria uma terceira
pessoa jurídica na qualidade de sócio oculto.

Em seu interrogatório, JOSÉ FERREIRA GONÇALVES NETO atestou


ainda que na semana seguinte à reunião retro mencionada um terceiro encontro
ocorreu no escritório de advocacia ANTONIO EDUARDO COSTA E SILVA, irmão de
MARCELO, local em que, repise-se, se situava a sede da empresa SANTOS
TREINAMENTOS, oportunidade em que MARCELO DA COSTA E SILVA e ROQUE
ANILDO REINHEIMER lhe apresentaram TEODORO MOREIRA LOPES como futuro
presidente do DETRAN/MT e que, nesta qualidade, iria participar do esquema,
auxiliando-os com o edital e processo licitatório e futuro contrato, bem como
tomando parte também do recebimento das propinas.

O investigado JOSÉ FERREIRA GONÇALVES NETO disse também que


na data 01/08/2008 contratou MERISON MARCOS AMARO, sendo em que, numa
nova reunião, apresentou MERISON a MARCELO DA COSTA E SILVA e a ROQUE
ANILDO REINHEIMER como representante da FDL / EIG MERCADOS no Estado
de Mato Grosso, ocasião em que se reafirmou que a empresa SANTOS
TREINAMENTOS seria utilizada para os pagamentos das propinas para os
envolvidos, inclusive PEDRO HENRY. Disse JOSÉ FERREIRA que durante essas
reuniões que aconteciam em Mato Grosso, se reunia com PEDRO HENRY NETO,
por convocação deste, oportunidades em que PEDRO HENRY após verificar se
MARCELO DA COSTA E SILVA estava prestando auxílio a JOSÉ FERREIRA, dizia
que precisaria de ajuda financeira da parte deste, em razão do auxílio que lhe estava
prestando no Estado de Mato Grosso.

O colaborador TEODORO MOREIRA LOPES esclareceu que entre os


meses de julho e agosto do ano de 2009, quando já ocupava o cargo de Presidente
D' N/MT s convocado para uma reunião no gabinete do Deputado MAUR y

dificio Anexo I — Pr Geral Justiça, Cuiabá-MT


CEP 78049-921 — F 628 0111P-ss.,),,
.........1.1••••••••••••

I %e
138

MINISTÉRIO) PUBLICO DO ESTADO DE MATO GROSSO


NÚCLEO DE AÇÕES; DE. COMPETÊNCIA ORIGINÁRIA CRIMINAL - NACO
GRUPO DE ATUAÇÃO ES;PECIA\L. CONTRA O CRIME ORGANIZADO - GÁECO
LUIZ SAVI. à qual compareoeui„ oportunidade em que esteve congregadd com os
investigados MARCELO DA COSTA E SILVA, ROQUE ANILDO REINHEIIMIER e
MAURO LUIZ SAVI. Segundo ele, na ocasião, MARCELO DA COSTA E SILVA e
ROQUE ANILDO ofereceram a execução da atividade de registro junto ao
DETRAN/MT dos contratos de financiamento de veículos com cláusula de alienação
fiduciária, de arrendamento mercantil, de compra e venda com reserva de domínio
ou de penhor dizendo que apresentariam a TEODORO LOPES uma empresa para a
execução em novo encontro a ser realizado no endereço do escritório de MARCELO
DA COSTA E SILVA.

A confirmar tais afirmações estão as declarações de JOSÉ FERREIRA


GONÇALVES NETO, que atestou que antes de ser lançado o edital da licitação,
MERISON MARCOS AMARO, a quem delegou as tratativas, lhe informou a respeito
da ocorrência da reunião na Assembleia Legislativa entre MERISON, MARCELO DA
COSTA E SILVA, ROQUE ANILDO REINHEIMER, TEODORO MOREIRA LOPES e
o Deputado Estadual MAURO SAVI, dizendo-lhe que nessa reunião MAURO SAVI
havia dado ordem para TEODORO LOPES lançar o edital para que a FDL/EIG
vencesse a licitação, ficando claro nessa reunião que MAURO SAVI seria um dos
beneficiados da propina que seria paga através da SANTOS TREINAMENTO.

Ao ser interrogado no âmbito do inquérito policial n. 36182/20131TJ/MT


(61/2012/DECFAP), ANTONIO DA CUNHA BARBOSA FILHO, afirmou que no ano
de 2011 foi procurado por MARCELO DA COSTA E SILVA em nome de PEDRO
HENRY NETO, oportunidade em que MARCELO informou a ANTONIO BARBOSA a
respeito da existência do contrato entre o DETRAN/MT e a EIG MERCADOS LTDA.,
restando acertada uma reunião com PEDRO HENRY. Segundo ele, na reunião,
ocorrida na casa de PEDRO HENRY NETO, e na qual estava presente MARCELO
DA C. E SILVA, PEDRO HENRY teria confirma a respeit a existência do
con rato e tre o
- AN e a FDL/EIG, bem como at sta•o que mpresa pagava

04 s/ , Edifício Anex I — Procuradoria Gerai de J Cuiabá-MT


P 78049-921 — Fone/fax 3613 1622/162
139

Tribunal Pleno

MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DE MATO GROSSO


NÚCLEO DE AÇÕES DE COMPETÊNCIA ORIGINÁRIA CRIMINAL — NACO
GRUPO DE ATUAÇÃO ESPECIAL CONTRA O CRIME ORGANIZADO — GAECO
propina para autoridades estaduais para que o contrato pudesse ser mantido sem
interferências, de modo que parte da propina seria também direcionada ao então
Governado do Estado de Mato Grosso SILVAL DA CUNHA BARBOSA, irmão de
ANTONIO DA CUNHA BARBOSA FILHO, para que o contrato fosse mantido.
Afirmou também ANTONIO BARBOSA que na ocasião lhe foi sugerido que
providenciasse uma pessoa de confiança para figurar no quadro societário da
empresa que havia sido constituída para os recebimentos das propinas oriundas da
FDL, qual seja a SANTOS TREINAMENTOS, a fim de receber a parte destinada a
SILVAL BARBOSA.

De se notar que SILVAL DA CUNHA BARBOSA, também ao ser ouvido


nos autos do inquérito policial n. 36182/2013/TJ/MT (61/2012/DECFAP), confirmou
que ANTONIO BARBOSA o procurou e relatou a conversa com PEDRO HENRY e
MARCELO DA COSTA E SILVA, com o que concordou em manter o contrato entre o
DETRAN/MT e a FDL em troca da propina, tendo então delegado as tratativas
relativas ao esquema a ANTONIO BARBOSA.

É de se enfatizar que JOSÉ FERREIRA GONÇALVES NETO frisou que


nas conversas em que mantinha com MARCELO DA COSTA E SILVA este se
referia a PEDRO HENRY NETO como seu chefe.

Enquanto MARCELO DA COSTA E SILVA atua em nome de PEDRO


HENRY NETO precipuamente nas atividades relacionais com os demais integrantes
da organização criminosa, ANTONIO EDUARDO DA COSTA E SILVA atua
primordialmente nas atividades executórias relacionadas ao recebimento e
branqueamento das vantagens indevidas advindas da EIG MERCADOS LTDA.
destinadas a garantir a continuidade do contrato com o DETRAN/MT.

Con o exposto, as reuniões para atativas a respeito

o Anexo 1- Procuradori Geral .• Justiça uiabá-MT


CEP-78049-921 - Foneffax 36 16 1628
1140

MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DE MATO GROSSO


NÚCLEO DE AÇÕES DE COMPETÊNCIA ORIGINÁRIA CRIMINAL — NACO
GRUPO DE ATUAÇÃO ESPECIAL CONTRA O CRIME ORGANIZADO —GAECO
implementação do esquema ocorreram, em sua maciça maioria no escritório dê
advocacia de ANTONIO EDUARDO DA COSTA E SILVA. local em que também á a
sede da SANTOS TREINAMENTOS„ empresa de fachada utilizada exclusivamente
para o pagamento da propina proviiinda da EIG MERCADOS LTDA.. Sobre este
ponto. importa frisar ai oonstiataçAo flbtográfica constante no relatório dia Pollitiia
Judiciária Civil sobre a serie dial SANTOS TREINAMENTOS:

iria Geral de
ax 3613 1622/16
141

Famr-
Tribunal Pleno

f Fisn- "9"

MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DE MATO GROSSO


NÚCLEO DE AÇÕES DE COMPETÊNCIA ORIGINÁRIA CRIMINAL — NACO
GRUPO DE ATUAÇÃO ESPECIAL CONTRA O CRIME ORGANIZADO — GAECO

Extrai-se do contrato social da SANTOS TREINAMENTO E CAPTAÇÃO


DE PESSOAL LTDA que ANTONIO EDUARDO
é sócio de tal empresa fantasma
desde a - e 1•12010 (7a alt ão contrat , logo, nesta qualidade, recebe
11110 -
11L,
ua 04 s/k, Edifício Anexo 1 Procura
ia • al de ustiça, Cuiabá-MT
78049-921 Fo e/fax 3613 1622/1 8
1142

MINISTÉRIO PUBLICO DO ESTADO DE MATO GROSSO


NÚCLEO DE AÇÕES DE COMPETÊNCIA ORIGINÁRIA CRIMINAL— NACO
GRUPO DE ATUAÇÃO ESPECIAILCONTRA O CRIME ORGANIZADO —GAECO
a propina paga através dla pessoa jjurfidlica a fim de beneficiar a si próprio, seu iinnão
MARCELO DA COSTA\ E SILVA e„ priincipalmente, PEDRO HENRY NETO.

O Relatório Técnico de análise bancária n. 25/2017 (fls. 02/202 dos autos


sigilosos V) elaborado pela Polícia Judiciária Civil revela as seguintes transações
bancárias mais relevantes de ANTONIO EDUARDO DA COSTA E SILVA, as quais
envolvem, na sua maioria, outros investigados integrantes da organização criminosa:

REPASSES (R$) - SANTOS TREINAMENTO - ENVOLVIDOS - POR ANO


NOME 2009 2010 2011 2012 ),I)g 2014 TOTAL 111
ANTONIO
EDUARDO DA 306.456,15 1.998.448,20 1.310.920,34 1.053.460,47 1.530.251,50 6.199.536,66
COSTA E SILVA
CLAUDEMIR
PEREIRA DOS 5.000,00 380.711,70 525.826,11 662.983,05 3.830.530,00 3.700.300,00 9.105.350,86
SANTOS
JOSE EDUARDO 3.154.494,10
149.348,39 1.659.132,34 1.346.013,37
BOTELHO
RAFAEL YAMADA 1.482.928,49 3.895.522,96
195.444,92 1.191.958,13 1.025.191,42
TORRES
ROQUE ANILDO 344.753,00 307.418.02 445.287.98 1.467.731,09
55.000,00 315.272,09
REINHEIMER

TAL GERAL
GERAL 5.000,00 891.516,24 4.694.123,66 4.856.627,89 6.216.599,91 7.158.767,97 23.822.635,67

DESPESAS COM PAGAMENTO DE FORNCEDORES/TRANSFERÊNCIAS DA EMPRESA SANTOS


TREINAMENTO NO ANO DE 2014

ANTONIO CLAUDEMIR RAFAEL ROQUE


FDL SERVICOS
MÊS (2014) EDUARDO DA PEREIRA DOS YAMADA ANILDO TOTAL
DE REGISTRO
COSTA E SILVA SANTOS TORRES REINHEIMER
jan R$ 124.628,28 R$ 313.100,00 R$ 120.798,42 R$ 37.839,53 R$ 6.366,2
fev R$ ^ 99.135,32 R$ 474.700,00 R 3.960,28 nR$ 41.768,43 R$ 74 564.0

Rua 04 s/p°, Edifício Anexo 1 — Procuradoria Geral d Jus


CEP 78049-921 — Fone/fax 3613 1622/
143

Tribuna! Peno

As 1. 5
MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DE MATO GROSSO
NÚCLEO DE AÇÕES DE COMPETÊNCIA ORIGINÁRIA CRIMINAL - NACO
GRUPO DE ATUAÇÃO ESPECIAL CONTRA O CRIME ORGANIZADO - GAECO
mar R$ 125.084,13 R$ 340.950,00 R$ 121.212,86 R$ 37.988,61 R$ 625.235,6
abr R$ 110.811,44 R$ 368.500,00 R$ 110.509,48 R$ 26.068,73 R$ 615.889,6
mai R$ 87.535,58 R$ 305.100,00 R$ 69.577,79 R$ 23.238,12 R$ 485.451,4
jun R$ 91.153,09 R$ 253.600,00 R$ 77.866,44 R$ 37.261,55 R$ 459.881,0
jul R$ 193.182,53 R$ 490.700,00 R$ 213.802,31 R$ 50.562,71 R$ 948.247,5
ago R$ 115.315,94 R$ 195.850,00 R$ 232.583,00 R$ 104.832,67 R$ 31.449,80 R$ 680.031,4
set R$ 155.694,39 R$ 252.300,00 R$ 141.540,34 R$ 42.462,12 R$ 591.996,8
„..—.., out R$ 145.214,47 R$ 239.500,00 R$ 132.013,06 R$ 39.603,92 R$ 556.331,4
nov R$ 149.759,66 R$ 245.400,00 R$ 136.145,13 R$ 40.843,55 R$ 572.148,3
dez R$ 132.736,67 R$ 220.600,00 R$ 120.669,71 R$ 36.200,91 R$ 510.207,2

TOTAL R$ 1.530.251,50 R5 3.700.300,00 RS 232.583,00 RS 1.482.928,49 R$ 445.287,98 R$ 7.391.350,9

Quadro 3 - TRANSAÇÕES ENTRE INVESTIGADOS - POR BENEFICIÁRIO

ORIGEM VALOR BENEFICIÁRIO


CLAUDEMIR PEREIRA DOS
R$ 30.838,05
SANTOS

EIG MERCADOS LTDA R$ 55.000,00

IGOR DA COSTA E SILVA RS 15.669,30 ANTONIO EDUARDO DA COSTA E


SILVA
MARCELO DA COSTA E SILVA RS 282.701,13
SANTOS TREINAMENTO E
CAPACITAÇÃO DE PESSOAL R$ 6.199.536,66
LTDA
ANTONIO EDUARDO DA COSTA
RS 52.713,00
E SILVA
MARCELO DA COSTA E SILVA R$ 6.037,50
IGOR DA COSTA E SILVA
MARILCI MALHEIROS
FERNANDES DE SOUZA COSTA R$ 1.500,00
E SILVA
ANTONIO EDUARDO DA COSTA
RS 5.400,00
E SILVA
JOSE EDUARDO BOTELHO
CLAUDEMIR PEREIRA DOS
_,-\ SANTOS
RS 287.437,53 n

Rua 04 s/n°, Edifício Anexo 1 Procuradoria Geral Justiça, Cuiabá-MT


P 78049-92 F ne/fax 3613 1622 1628

illa
144

MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DE MATO GROSSO,


NÚCLEO DE AÇÕES DE COMPETÊNCIA ORIGINÁRIA CRIMINAL - NACO
GRUPO DE ATUAÇÃO ESPECIAL CONTRA O CRIME ORGANIZADO - GAECO

ORIGEM VALOR
MARILCI NIALHEIROS
FERNANDES DE SOUZA COSTA R$ 10.000,00
E SILVA
SANTOS TREINAMENTO E
CAPACITAÇÃO DE PESSOAL R$ 3.154.494,10
LTDA
,,\ N I'ONI 10 ;;I)i JARI )0 1) \ COS l'
RS 275.820,40
IGOR DA COSTA E SILVA R$ 12.690,00
MARCELO DA COSTA E SILVA
MARILCI MALHEIROS
FERNANDES DE SOUZA COSTA R$ 31.280,80
E SILVA
EnnEWIJARDO DA COSTA
R$ 556.231,15
E SILVA
EIG MERCADOS LTDA RS 25.000,00
MARILCI MALHEIROS FERNANDES
IGOR DA COSTA E SILVA R$ 60.104,99
DE SOUZA COSTA E SILVA
JOSE EDUARDO BOTELHO RS 10.000,00

MARCELO DA COSTA E SILVA R$ 100.950,00


ANTONIO EDUARDO DA COSTA
RS 2.000,00
E SILVA
CLAUDEMIR PEREIRA DOS
R$ 66.055,20
SANTOS
CONSTRUTORA ASA LTDA EPP R$ 17.000,00
EIG MERCADOS LTDA R$ 927.077,78
JOSE FERREIRA GONCALVES ROQUE ANILDO REINHEIMER
RS 14.200,00
NETO
JOSE HENRIQUE FERREIRA
R$ 30.000,00
GONCALVES
MERISON MARCOS AMARO R$ 10.000,00
SANTOS TREINAMENTO E
CAPACITAÇÃO DE PESSOAL R$ 1.467.731,09
LTDA

8.2.1.1 VALORES REPASSADOS — ANTONIO EDUARDO —


FERNANDO IZIDORO DA COSTA NETO
Também em relação aos valores repassados por ANTONIO EDUARDO DA
COSTA E SILVA, foram identificadas quantias relevantes destinadas a
FERNANDO IZIDORO DA COSTA TO (CPF: 898.202.901-04). Neste
contexto, Fernando Izidoro foi be • com 55 cheques, totalizando o
valor de R$ 225.307,59, todos ori Sr. Anto Eduardo da Costa e
111 .

1111111 1. I e a ee
,_e4s//i% Ali :Y(0 1 • Piei:11(.1,10'1a Ciii.11):i•NI
~filel~ (3:jk.P31) ')9. 1 • ;:oil‘Vi.).< .3:3 1.3 1: *);')/
145

11j/MT
.
Tribunal Pleno

MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DE MATO GROSSO


NÚCLEO DE AÇÕES DE COMPETÊNCIA ORIGINÁRIA CRIMINAL — NACO
GRUPO DE ATUAÇÃO ESPECIAL CONTRA O CRIME ORGANIZADO — GAECO
Silva. Ressalta-se, ainda, que as movimentações financeiras ocorreram no
período compreendido entre janeiro de 2011 a dezembro de 2013, sendo
que TODOS os cheques foram sacados na boca do caixa pelo Sr. Fernando
Izidoro.

No transcorrer da análise foi possível constatar, a partir de informações


obtidas no CAGED, que Fernando Izidoro da Costa Neto possui vínculo
empregatício com ANTONIO EDUARDO DA COSTA E SILVA, inscrito pelo
CEI (Cadastro Específico do INSS) n°. 51.212.35408/05. O referido vínculo
consta no período de 01/10/2010 a 27/01/2014, sendo que Fernando Izidoro
exercia a função de MOTORISTA DE CARRO DE PASSEIO, com
remuneração de R$ 993,71, conforme a figura abaixo.

8.2.1.2 VALORES REPASSADOS — ANTONIO EDUARDO —


REBECA MARIA DE SOUSA ARRUDA
Ainda em relação aos valores repassados por ANTONIO EDUARDO DA
COSTA E SILVA, foram identificadas quantias relevantes destinadas a
REBECA MARIA DE SOUSA ARRUDA (CPF: 737.955.341-00). Neste
contexto, foi elaborado um quadro contendo os valores totais das
transações financeiras efetuadas no período em que estas ocorreram,
compreendido entre dezembro de 2010 a outubro de 2015. Ressalta-se,
ainda, que todas as movimentações financeiras foram efetuadas por
intermédio de cheques oriundos do Sr. Antonio Eduardo da Costa e Silva.

Quadro 22 - VALORES REPASSADOS - ANTONIO EDUARDO - REBECA


MARIA DE SOUSA ARRUDA

VALORES REPASSADOS DE ANTONIO EDUARDO PARA REBECA MARIA DE


SOUSA ARRUDA

DESTINO DA TRANSAÇÃO QUANTIDADE


VALOR
DE CHEQUES
DEPOSITADO EM SUA RESPECTIVA
R$ 38.120,03 17
CONTA
TRANSACAO DESDOBRADA EM
VARIOS LANCAMENTOS R$ 731.802,87 114
SAQUE EFETUADO NO CAIXA R$ 2.274.587,86 407
Total Geral R$ 3.044.510,76 538

A partir das informações explanadas no quadro acima, podemos afirmar que


o valor de R$ 38.120,03 foi deposi o diretamente na Conta Corrente de
beca Maria de S. - a Arruda, sen. -sta a CC n° 2701528, Agência 417,
anco Bradesco (23 . Prosse.ui do, o lançamento denominado

ificio Anexol- Pr cura bi Gê-MT64' J stiça, Cuiabá-MT


CEP 78049-921 - F ax 3613 1622/1628
146

MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DE MATO GROSSO


NÚCLEO DE AÇÕES DE COMPETÊNCIA ORIGINÁRIA CRIMINAL - NACO
GRUPO DE ATUAÇÃO ESPECIAL CONTRA O CRIME ORGANIZADO - GAECO
"TRANSACAO DESDOBRADA EM VARIOS LANCAMENTOS" se refere a
cheques, descontadbs por Rebeca, nominais a ela, em que não foi possível
vincular a operação ao seu destino, sendo esta transação desdobrada em
vários lançamentos, podendo ser acessada através da fita de caixa do
respectivo banco, conforme observação da própria instituição bancária.
Ainda no tocante ao quadro, o lançamento denominado "SAQUE
EFETUADO NO CAIXA" faz alusão a cheques sacados na boca do caixa.

Também em relação ao quadro, conclui-se que Rebeca Maria de Sousa


Arruda foi beneficiária de 538 cheques provenientes de Antonio Eduardo,
totalizando o valor de R$ 3.044.510,76.

[...]
No decorrer da análise foi possível constatar, a partir de informações obtidas
no CAGED, que Rebeca Maria de Sousa Arruda possui vínculo
empregatício com ANTONIO EDUARDO DA COSTA E SILVA, inscrito pelo
CEI (Cadastro Específico do INSS) n°. 51.212.35408/05. O referido vínculo
consta a partir do dia 01/10/2010, conforme a figura abaixo.

Ressalta-se que a referida empresa possui como ex-sócio o Deputado


Estadual Jose Eduardo Botelho (período: 06/03/2001 — 18/12/2015).
Atualmente possui em seu quadro societário ROMULO CESAR BOTELHO
(CPF: 340.447.011-72) e EDUARDO RODRIGO BOTELHO (CPF:
046.332.121-92), respectivamente, irmão e filho de Jose Eduardo Botelho

Deste modo, o quadro abaixo irá explanar os valores repassados pela


empresa UNIÃO TRANSPORTE E TURISMO LTDA para os investigados
deste procedimento.

Quadro 50 - VALORES REPASSADOS - UNIAO TRANSPORTES

VALORES REPASSADOS PELA EMPRESA UNIAO TRANSPORTES

BENEFICIÁRIO TRANSAÇÃO VALOR


ANTONIO EDUARDO DA
R$ 44.260,00
COSTA E SILVA
05/12/2012 TRANSFERÊNCIA R$ 2.400,00
15/01/2013 TRANSFERÊNCIA R$ 2.400,00
15/02/2013 TRANSFERÊNCIA R$ 2.400,00
15/03/2013 TRANSFERÊNCIA R$ 2.400,00
15/04/2013 TRANSFERÊNCIA R$ 2.400,00
16/05/2013 TRANSFERÊNÇ" R 3.540,00
---e 0310.6a013 TRANSFERÊ IA \ 2.7008
NP'

;11.1 111 :\ 1 • ,)reciv.i.loii.1 (1111.1;)...t`il


(1:-:A' 1') '39.1 • ;:ort:,/i.).< 1:3 1.3 1:19!/ 142:3


111~111111w.
147

Táiik
-TIT
Tribunal Pleno1

P.3. 1> I
MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DE MATO GROSSO L._:.
NÚCLEO DE AÇÕES DE COMPETÊNCIA ORIGINÁRIA CRIMINAL - NACO
GRUPO DE ATUAÇÃO ESPECIAL CONTRA O CRIME ORGANIZADO - GAECO
17/06/2013 TRANSFERÊNCIA R$ 3.540,00
24/06/2013 TRANSFERÊNCIA R$ 2.700,00
10/07/2013 TRANSFERÊNCIA R$ 2.700,00
16/07/2013 TRANSFERÊNCIA R$ 3.540,00
16/08/2013 TRANSFERÊNCIA R$ 3.540,00
20/05/2014 TRANSFERÊNCIA R$ 3.500,00
20/06/2014 TRANSFERÊNCIA R$ 3.500,00
25/06/2014 TRANSFERÊNCIA R$ 1.000,00
25/07/2014 TRANSFERÊNCIA R$ 1.000,00
25/08/2014 TRANSFERÊNCIA R$ 1.000,00

Quadro 4 - TRANSAÇÕES - ENVOLVIDOS - SERVIDORES AL/MT

TITULAR DATA
VALOR D/ TRANSAÇÃO ORIGEM/DESTINO 11
(RS) C
ANTONIO EDUARDO DA COSTA E ANDREA CARLA ANTUNES
25/02/2011 1.236,15 D CHEQUE
SILVA HENRY
ANTONIO EDUARDO DA COSTA E AN D REA CARLA ANTUNES
25/02/2011 1.236,15 D CHEQUE
SILVA HENRY
ANTONIO EDUARDO DA COSTA E JANAINA POLLA
19/08/2015 4.000,00 D CHEQUE
___ — SILVA REINHEIMER
Tomo EDUARDO DA COSTA E PAULO H BOTELHO
21/11/2011 4.900,00 D CHEQUE
SILVA FERREIRA
ANTONIO EDUARDO DA COSTA E PAULO H BOTELHO
22/11/2011 4.900,00 D CHEQUE
SILVA FERREIRA
ANTONIO EDUARDO DA COSTA E PAULO H BOTELHO
17/09/2012 ]0.000,00 D CHEQUE
SILVA FERREIRA
ANTONIO EDUARDO DA COSTA E SOMA REGINA BUSANELLO
29/02/2012 10.000,00 D CHEQUE
SILVA DE MEIRA
ANTONIO EDUARDO DA COSTA E SONIA REGINA BUSANELLO
30/10/2014 10.000,00 D TRANSFERÊNCIA
SILVA DE MEIRA
ANTONIO EDUARDO DA COSTA E SONIA REGINA BUSANELLO
23/08/2013 684,91 D CHEQUE
SILVA DE MEIRA
ANTONIO EDUARDO DA COSTA E SOMA REGINA BUSANELLO
31/03/2014 10.000,00 D CHEQUE
SILVA DE MEIRA
ANTONIO EDUARDO DA COSTA E SON • • , • : • , e
26/08/2014 10.000,00 D CHEQUE
SILVA

stn°, Edifício Anexo 1— ocuradoria Geral d Justiça, Cuiabá-MT


P 78049-921 — ax 3613 162211628
MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DE MATO GROSSO,
NÚCLEO DE AÇÕES DE COMPETÊNCIA ORIGINÁRIA CRIMINAL — NACO
GRUPO DE ATUAÇÃO ESPECIAL CONTRA O CRIME ORGANIZADO — GAECO
ANDREA\ CARLA ANTUNES HENRY (CPF: 514.448.011-04): consta ao
CAGED semi vÁincullo empregatício na Assembleia Legislativa do Estado dê
Mato Grosso a partir da data de 04/05/2015. É possível afirmar, a partir da
lotacionograma do órgão, que a servidora está lotada na SECRETARIA DE
GESTAO DE PESSOAS desde maio de 2015.

Ressalta-se que Andrea Henry é esposa de Ricardo Henry, irmão do ex-


Deputado Federal Pedro Henry.

JANAINA POLLA REINHEIMER (CPF: 048.942.499-60) é filha do


investigado Roque Anildo Reinheimer. Consta no CAGED seu vínculo
empregatício na Assembleia Legislativa do Estado de Mato Grosso a partir
de 13/02/2017. É possível afirmar, a partir do lotacionograma do órgão, que
a servidora foi nomeada, em fevereiro de 2017, para trabalhar na
Consultoria Técnico Jurídica da Mesa da Assembleia Legislativa de Mato
Grosso.

PAULO HENRIQUE BOTELHO FERREIRA (CPF: 208.537.341-00): consta


no CAGED seu vínculo empregatício na Assembleia Legislativa do Estado
de Mato Grosso no período de 01/08/2012 a 09/02/2015. É possível afirmar,
a partir do lotacionograma do órgão, que o servidor foi lotado na Consultoria
Técnico Jurídico da Mesa no interstício de agosto de 2012 a fevereiro de
2015.

SONIA REGINA BUSANELLO DE MEIRA (CPF: 474.191.801-72): consta no


CAGED seu vínculo empregatício na Assembleia Legislativa do Estado de
Mato Grosso no período de 01/08/2012 a 28/02/2015. É possível afirmar, a
partir do lotacionograma do órgão, que a servidora exerceu suas atividades
no Gabinete do Deputado Mauro Savi entre agosto de 2012 a fevereiro de
2015.

Cabe ressaltar que Sonia Meira é esposa do Deputado Estadual Jose


Eduardo Botelho.

Além disso, está demonstrada nos autos a atuação de ANTONIO


EDUARDO para o fim de favorecer PEDRO HENRY disfarçadamente, pois a
vantagem indevida paga por JOSÉ FERREIRA GONÇALVES NETO através da
empresa EIG MERCADOS LTDA., dissimuladamente na forma de sociedade em
conta de participação em que esta é sócia pessoa jurídica SANTOS
, de cujo quadro societário A TONI EDUARDO faz parte, é

s/n°, Edifício Ane ,,mfrocuradorie Geral d Ju ti a, Cuiabá-MT


CEP 78049.921 — Fone/fax 3613 1622/
149

J/NIT
Pleno

MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DE MATO GROSSO


NÚCLEO DE AÇÕES DE COMPETÊNCIA ORIGINÁRIA CRIMINAL — NACO
GRUPO DE ATUAÇÃO ESPECIAL CONTRA O CRIME ORGANIZADO — GAECO
repassada, sorrateiramente, a PEDRO HENRY, por meio de transferências
bancárias de ANTONIO EDUARDO à pessoa jurídica JORNAL RESUMO ON LINE,
de cujo quadro societário participa a pessoa de ROBERTO ABRÃO JUNIOR,
conforme consta no Relatório Técnico n. 08/2018 (fls. 4.377/4.398, volume 22, do IP
38162/2013/TJMT), o qual é sócio de IVANILDA SANTOS HENRY, esposa de
PEDRO HENRY, na empresa Hiperbárica Santa Casa LTDA, sediada em Maceió,
estado de Alagoas.

Neste sentido, constam as seguintes transações bancárias no Relatório


Técnico n. 08/2018 (fls. 4.377/4.398, volume 22, do IP 38162/2013/TJMT):

Quadro 5 - VALORES RECEBIDOS - JORNAL RESUMO ON-LINE

VALORES RECEBIDOS PELA EMPRESA JORNAL RESUMO ON-LINE

ORIGEM TRANSAÇÃO VALOR


EIG MERCADOS LTDA R$ 115.575,79
21/01/2010 TRANSFERÊNCIA R$ 77.946,00
25/01/2010 TRANSFERÊNCIA R$ 15.000,00
24/02/2010 TRANSFERÊNCIA R$ 22.629,79
ANTONIO EDUARDO DA COSTA E SILVA R$ 179.611,00
13/01/2011 TRANSFERÊNCIA R$ 38.350,00
23/03/2011 TRANSFERÊNCIA R$ 55.280,00
30/06/2011 TRANSFERÊNCIA R$ 10.000,00
09/12/2011 TRANSFERÊNCIA R$ 4.680,00
28/06/2011 CHEQUE R$ 20.000,00
02/08/2011 CHEQUE R$ 19.480,00
23/08/2013 CHEQUE R$ 4.500,00
02/09/2013 CHEQUE R$ 690,00
21/07/2014 CHEQUE R$ 22.791,00
13/08/2015 CHEQUE R$ 3.840,00

dificio Anexo 1- Procu •d• ia Geral de Justiça, Cuiabá-MT


P 78049-921 - Fone ax 301.34.04,11024,
11.50)

MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DE MATO GROSSO


NÚCLEO DE AÇÕES DE COMPETÊNCIA ORIGINÁRIA CRIMINAL — NACO
GRUPO DE ATUAÇÃO ESPECIAL.CONTRA O CRIME ORGANIZADO —GAECO

MARILCI MALHEIROS FERNANDES DE 10.000,00


R$
SOUZA COSTA E SILVA

02/07/2014 TRANSFERÊNCIA R$ 10 000.00


MARCELO DA COSTA E SILVA R$ 4.672,45
10/12/2014 TRANSFERÊNCIA R$ 4.672.45
IGOR DA COSTA E SILVA R$ 2.620,00
29/06/2015 TRANSFERÊNCIA R$ 2.620,00
Total Geral R$ 312.479,24

No Relatório Técnico n. 08/2018 (fls. 4.377/4.398, volume 22, do IP


38162/2013/TJMT), consta ainda que ANTONIO EDUARDO DA COSTA E SILVA
emitiu cheque que foi compensado diretamente pela empresa HIPERBÁRICA
SANTA CASA LTDA., de cujo quadro societário, repise-se, participa a esposa de
PEDRO HENRY, como se pode ver:

Quadro 6 - CHEQUE N° 852093 - ANTONIO EDUARDO

N"
ORIGEM DATA VALOR TRANSAÇÃO CTF/CNPJ DESTINATÁRIO
DOCUMENTO

HIPERBARIC A SANTA L. ASA


ANTONIO E. DAC. E SILVA 25/08/2014 852093 R$ 8.000,00 CHEQUE 15.862.258/0001-74
LTDA

A sofisticação do mecanismo de ocultação e lavagem merece destaque


para se demonstrar o caminho percorrido pela propina para que possa chegar ao
seu destinatário PEDRO HENRY:

1. JOSÉ FERREIRA GONÇALVES NETO paga a propina através da EIG


MERCADOS LTDA;

2. EIG MERCADOS LTDA encaminha o valor espúrio para a SANTOS


TREINAMENTO E CAPTAÇÃO DE PESSOAL LTDA. por intermédio da
empresa CRDD/MT, de nome fantasia FIDÚCIA DOCUMENTAÇÃO LTDA,
sociedade em conta de participação -nt EIG MERCADOS LTDA. e
--84151-0.S TREINAMENTOS;

Rua 04 siri°, Edifício Anexo — rocuradoria C ld $1i abá..NIT mo


ia )11f
CEP 78049-921 — Fone/fax 3613 1822/1 28
151

Ti7MT
Tribunal Pleno

MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DE MATO GROSSO


NÚCLEO DE AÇÕES DE COMPETÊNCIA ORIGINÁRIA CRIMINAL — NACO
GRUPO DE ATUAÇÃO ESPECIAL CONTRA O CRIME ORGANIZADO — GAECO

3. SANTOS TREINAMENTO repassa a propina para ANTONIO


EDUARDO DA COSTA E SILVA, que integra seu quadro societário,
todavia, ao invés de receber como retirada o faz como se fornecedor
fosse;

4. ANTONIO EDUARDO repassa a propina à pessoa jurídica JORNAL


RESUMO ON LINE;

5. JORNAL RESUMO ON LINE atravessa a propina a IVANILDA SANTOS


HENRY, esposa do investigado PEDRO HENRY, chegando a propina ao
seu destinatário final.

É de se destacar que, não bastasse que a propina é paga de forma


dissimulada, a fim de ocultar ainda mais a sua origem, PEDRO HENRY se utiliza de
pessoas jurídica de que sua esposa é sócia, sendo certo que, como visto, por vezes
o dinheiro sai do estado para depois retornar.

Como se pode notar, ANTONIO EDUARDO DA COSTA E SILVA recebe a


propina provinda da EIG MERCADOS LTDA. através da SANTOS TREINAMENTOS
como se fosse fornecedor desta última embora integre seu quadro societário, a fim
de acrescer mais uma camada à linha de ocultação da origem ilícita dos valores.
Além disso, emite inúmeros cheques de baixo valor determinando a pessoas com
quem mantém vínculo empregatício de hierarquia e determina que eles façam o
saque do valor em espécie para retornar para o próprio ANTONIO EDUARDO,
triangulação que se volta a não registrar o saque do valor por ele, transformando o
valor em espécie para que possa circular livremente sem qualquer outro rastro. Ele
também efetua transferências a pessoas subordinadas a outros investigados,
dissimulando o repasse das propinas, tudo com a finalidade de impossibilitar a
produção de prova direta do recebimento e repasse da propina aos seus finais
destinatários, buscando esconder a atuação de PEDRO HENRY NETO, de seu
irmão M CELO DA COSTA E SILVA • .s dama' investigados.

sin.°, Edifício Anexo I — Proc ador Gefit de ça, Cuiabá-MT


CEP 78049-921 F 1622/1628
152

MINISTÉRIO) PÚBLICO DO ESTADO DE MATO GROSSO


NÚCLEO DE AÇÕES DE COMPETÊNCIA ORIGINÁRIA CRIMINAL — NACO
GRUPO DE ATUAÇÃO. ESPECIA1L CONTRA O CRIME ORGANIZADO — GAECO
Tudo isso demonstra que ai tríade PEDRO HENRY NETO, MARCELO DA
COSTA E SILVA e ANITONI10 EDUARDO DA COSTA E SILVA atua deliberadarnente
para obstruir, dificultar e até impedir que as provas a respeito das atividades ilícitas
desempenhadas no organização criminosa sejam produzidas, buscando confundir
atividades lícitas com condutas ilícitas, tudo "a fim de limpar suas impressões digitais
da cenário criminoso", de modo que sua prisão preventiva é deveras necessária para
GARANTIA DA INVESTIGAÇÃO CRIMINAL E DA INSTRUÇÃO PROCESSUAL
PENAL.

Além disso, insta salientar que em sentença proferida na data de 12 de


janeiro de 2018 nos autos da ação penal n. 3848-08.2008.811.0042 (código 97318),
que tramitou perante o juízo da SÉTIMA VARA CRIMINAL DE CUIABÁ, ANTÔNIO
EDUARDO DA COSTA E SILVA foi condenado pela prática do delito de concussão,
à pena privativa de liberdade de 6 anos e 8 meses de reclusão, por fato ocorrido no
ano de 2006, quando ocupava o cargo de Diretor do Instituto de Terras de Mato
Grosso — INTERMAT.

O investigado PEDRO HENRY NETO, por sua vez, foi condenado pelo
Supremo Tribunal Federal na famosa ação penal 470 (proc. n. 0007214-
12.2007.1.00.0000) no caso conhecido como "Mensalão", em acordão transitado em
julgado, a 7 anos e 2 meses de prisão pelo crime de corrupção passiva e lavagem
de dinheiro. Ele também foi denunciado perante o Supremo pela suposta prática do
tipo penal de associação criminosa, descrito no art. 2a, § 4°, II, III e V, da Lei
12.850/2013, nos autos do processo n. 0000048-45.2015.1.00.0000, em fato
relacionados à operação "Lava-jato", esquema criminoso que teria se estendido de
2006 e 2015 e causado prejuízo de cerca de R$ 29 bilhões à PETROBRAS. Além
disso, PEDRO HENRY é investigado no inquérito 3603 (proc. n. 9930189-
34.201 1 00 0000) por crimes de peculato (art. 3 , ódigo Pe aI) em continuidade
foram remetidos da Corte xcels para Justiça Federal em

o I - Procuradoria Gera de • ustiça, Cuiabá T L.


CEP 7 O -921 - Fone/fax 3613 16 11628
153

Tj/INI'f'
Tribunal Pleno

IP3s.2
. I
MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DE MATO GROSSO
NÚCLEO DE AÇÕES DE COMPETÊNCIA ORIGINÁRIA CRIMINAL — NACO
GRUPO DE ATUAÇÃO ESPECIAL CONTRA O CRIME ORGANIZADO — GAECO
primeira instância em razão da superveniente perda do foro por prerrogativa de
função. O mesmo ocorre no inquérito 2913 (proc. n. 0000900-45.2010.1.00.0000)
em que ele é investigado pelo crime de peculato (art. 312, Código Penal), cujos
autos foram remetidos da Corte Suprema para a Justiça Federal em primeira
instância em razão da superveniente perda do foro por prerrogativa de função.

Isso demonstra que ambos são pessoas contumazes na prática de crimes


contra a Administração Pública, que vivem às custas de esquemas relacionados a
recursos públicos, habitualidade esta que evidencia a necessidade da decretação de
suas prisões para a GARANTIA DA ORDEM PÚBLICA e salvaguarda da coisa
pública, pois, como visto, na investigação em curso eles lucram com esquemas
criminosos em prejuízo do erário sem se utilizar dos cargos públicos que outrora
ocuparam.

No mais, analisando a adequação da medida à gravidade do crime,


circunstâncias do fato e condições pessoais do indiciado ou acusado (art. 282, II, do
CPP), verifica-se que a segregação cautelar é adequada à gravidade dos crimes
praticados pelos investigados, considerando que são delitos contra o erário, cujo
impacto social é contundente em áreas sociais tão deficitárias no Estado de Mato
Grosso, bem como se amolda às circunstâncias do fato, dada a atuação ardilosa
voltada à obstar a produção de prova e a habitualidade verificada que demonstra
que PEDRO HENRY NETO, MARCELO DA COSTA E SILVA e ANTONIO
EDUARDO DA COSTA E SILVA têm a atividade criminosa como seu modo de vida
e de "trabalho", bem como é pertinente às condições pessoais dos investigados,
sobretudo de PEDRO HENRY, detentor de poder fático-político (não obstante não
seja mais detentor de cargo público, todavia, possui influência em diversos setores
governamentais) e econômico necessários para turbar os trabalhos investigativos,
sendo certo que tais prerrogativa-ec• ômicas e fático-políticas são expressadas
a ra
ok MAR
eSILO DA COST EA e À TONI EDUARDO DA COSTA E

4/001
1111 ua 04 s Edifício Anexo 1 Procu doria Geral de ustiça, Cuiabá-MT
neeeill1111111111111111111~.-. CEP 78049-921 F. 3613 1622/1628
154.

MINISTÉRIO PUBLICO DO ESTADO DE MATO GROSSO


NÚCLEO DE AÇÕES DE. COMPETÊNCIA ORIGINÁRIA CRIMINAL — NACO
GRUPO DE ATUAÇÃO ESPECIAL. CONTRA O CRIME ORGANIZADO —GAECO
SILVA. seus porta-vozes. Tis considerações também revelam não ser cabiivell ai
substituição da prisão preventiiva por outra medida cautelar (art. 282. § 6°).

3.3.3 ROQUE ANILDO REINHEIMER

O investigado ROQUE ANILDO REINHEIMER integra o núcleo de


operações da organização criminosa e têm a incumbência de fazer acontecer as
tramas ilícitas engendradas pela OCRIM.

As declarações contidas no inquérito revelam que ROQUE ANILDO


REINHEIMER é uma das peças centrais da trama ilícita operada no âmbito do
DETRAN/MT, tendo participado de sua construção desde o início, contribuindo para
a atuação dissimulada de vários dos investigados, dando suporte para a ocultação
deles e para apagar os rastros dos crimes perpetrados pela organização criminosa.

Neste caminho, JOSÉ FERREIRA GONÇALVES NETO atestou que no ano


de 2017, no escritório de advocacia de ANTONIO EDUARDO COSTA E SILVA, local
da sede da empresa SANTOS TREINAMENTOS, ocorreu um encontro entre ele,
MARCELO DA COSTA E SILVA e ROQUE ANILDO REINHEIMER (sócio da
empresa SANTOS TREINAMENTOS), na qual MARCELO afirmou que lhe prestaria
o auxílio necessário para que a EIG MERCADOS LTDA. passasse a operar junto ao
DETRAN/MT, todavia, solicitou o montante de 30% do faturamento do valor do
contrato a ser assinado com a autarquia de trânsito para que houvesse a efetiva a
assinatura. bem como para que o contrato fosse mantido. Conforme disse o
interrogado, na oportunidade também se decidiu que a propina seria paga através de
uma outra empresa, a SANTOS TREINAMENTOS, que integraria uma terceira
pessoa jurídica na qualidade de sócio oculto. Disse o interrogado também uma nova
reunião ocorreu no escritório de advocacia ANTONI • DUARD COSTA E SILVA
- - -Ag - - TREINAMENTOS), oportunidade em e MA ELO DA COSTA

.,~1111111 cio Anexo rocuradoria Geral 00 a, Cuiabá-M1'


s
CEP 78049-921 — Fone/fax 3613 1622i1628
155

Tribunal Reno(
7.•:.3(e1
MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DE MATO GROSSO
NÚCLEO DE AÇÕES DE COMPETÊNCIA ORIGINÁRIA CRIMINAL — NACO
GRUPO DE ATUAÇÃO ESPECIAL CONTRA O CRIME ORGANIZADO — GAECO
E SILVA e ROQUE ANILDO REINHEIMER lhe apresentaram TEODORO MOREIRA
LOPES como futuro presidente do DETRAN/MT e que, nesta qualidade, iria
participar do esquema, auxiliando-os com o edital e processo licitatório e futuro
contrato, bem como tomando parte também do recebimento das propinas.

O investigado JOSÉ FERREIRA GONÇALVES NETO disse também que


na data 01/08/2008 contratou MERISON MARCOS AMARO, sendo em que, numa
nova reunião, apresentou MERISON a MARCELO DA COSTA E SILVA e a ROQUE
ANILDO REINHEIMER como representante da FDL / EIG MERCADOS no Estado
ir A AITCN C,
de Mato Grosso, ocasião em que se reafirmou que a empresa OPUNI I v o

TREINAMENTOS seria utilizada para os pagamentos das propinas para os


envolvidos.

O colaborador TEODORO MOREIRA LOPES esclareceu que entre os


meses de julho e agosto do ano de 2009, quando já ocupava o cargo de Presidente
do DETRAN/MT, foi convocado para uma reunião no gabinete do Deputado MAURO
LUIZ SAVI, à qual compareceu, oportunidade em que esteve congregado com os
investigados MARCELO DA COSTA E SILVA, ROQUE ANILDO REINHEIMER e
MAURO LUIZ SAVI. Segundo ele, na ocasião, MARCELO DA COSTA E SILVA e
ROQUE ANILDO ofereceram a execução da atividade de registro junto ao
DETRAN/MT dos contratos de financiamento de veículos com cláusula de alienação
fiduciária, de arrendamento mercantil, de compra e venda com reserva de domínio
ou de penhor dizendo que apresentariam a TEODORO LOPES uma empresa para a
execução em novo encontro a ser realizado no endereço do escritório de MARCELO
DA COSTA E SILVA.

Todas estas provas demonstram que ROQUE ANILDO REINHEIMEl eX


colabora efetivamente para a atuação d. çada de ios outros integrantes da
aborando de m dificulta e impedir a produção de

72—
i,,,i mii i
HH
a'" 1Lkek Rua 04 kin°, Edific" nexo 1 - Procura .ria Gerif~Cuiaba-MT
CEP 28049-921 - Fone/fax • 1 1622/1628 .
156

MINISTÉRIO) PÚBLICO DO ESTADO DE MATO GROSSO


NÚCLEO DE AÇÕES DE COMPETÊNCIA ORIGINÁRIA CRIMINAL — NACO
GRUPO DE ATUAÇÃO ESPECIAL. CONTRA O CRIME ORGANIZADO GAECO
provas contra si e contra., seus comparsas.

De acordo com o que já se expôs, houve alteração no Governo do Estado


de Mato Grosso no ano de 2015, em razão do que PAULO CESAR ZAMAR
TAQUES, PEDRO JORGE ZAMAR TAQUES e JOSÉ KOBORI passaram a integrar
a organização criminosa e a assumiram o esquema de recebimento de propinas
para a manutenção do contrato entre a EIG MERCADOS LTDA. e o DETRAN/MT,
relembrando aqui que, conforme já exposto, VALTER KOBORI foi contratado por
JOSÉ FERREIRA GONÇALVES NETO tendo como uma de suas metas fazer cessar
o pagamento de propinas através da SANTOS TREINAMENTOS, pessoa jurídica da
qual ROQUE REINHEIMER era sócio à época, o que de fato se empenhou em
conseguir.

Consta no interrogatório de JOSÉ FERREIRA GONÇALVES NETO que


"após cessar os pagamentos das propinas com a SANTOS, KOBORI alegava que
estava sendo ameaçado por ROQUE, tendo KOBORI pedido para a empresa
comprar uma mercedes E 250 blindada", alegação confirmada por JOSÉ
HENRIQUE FERREIRA GONÇALVES, que afirmou que VALTER KOBORI lhe
relatava sofrer ameaças do grupo que representava a empresa SANTOS
TREINAMENTOS e que "face as ameaças de ROQUE, KOBORI exigiu a compra de
um carro blindado (marca Mercedes Bens, modelo E250), pois tinha medo de sua
integridade física", afirmações que encontram respaldo na nota fiscal da compra do
veículo mencionado:

IMAGEM NA PRÓXIMA PÁGINA

s/n°, Edifício Anexo 1 - Procuradoria Geral e


CEP 78049-921 - Fone/fax 3613 1622/1628
157

TJANIV
Tribuna! Pleno

MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DE MATO GROSSO (:)

NÚCLEO DE AÇÕES DE COMPETÊNCIA ORIGINÁRIA CRIMINAL - NACO


GRUPO DE ATUAÇÃO ESPECIAL CONTRA O CRIME ORGANIZADO - GAECO
.40 xxot
sherpt • Jr 5C.

COMERCIAL IN' l(t,LOS os


DANFE
rxxImpou •••••••
13 NOTA 1921_

nu-cedes Benz 4111m 011ti00 ì10ï ~máã0úalasem. rent iat


nin" A.n.f PPM,.
.11.01111.4.1
RIM* Shin

^ y
11511;411710. I ..2.115 1 :10 7

1.1'; (,35

EIG MERCADO% LIDA Cid 411962,3 0631,114190131-15


01,01t). dl ~MIO. LOW, II NUCUC71.."10.01 1,
~Sal,a 14..6. .8 V4) 31:3:71=30

i
ar,o,,, i
gomou»)

.--
....... n, [
__. ',Ir, - f ---
1
. ...X., ama ..,••• e- m na' ,
illele
lla 6.
AMO 45,..S............... .1.

'...CC 14.2.1.tpeINPLIIMYnt

.,.....40. laMitliG.V.Or 4
-~1.104.11,82.11.11.1•41.441194-..
, rete....011.11l•MIWYA IV..
0 10401.1•11,19.4”01 .4.14C
.:11..,.....1.1. 1.5.•.•••.44101.

6....•••••,..•••,. Jr4

irarrop
' muna. nr,,parsaa... MN." 1,11184..102 >601.,

onia, ,... utn


OLNIXP
lanyerrOOMMIIIMIL h[0.4.141. gel) Kl. •
111119.1.ear

•;4":,..rf; • ?', '" •

l.

FINIEll~~111~ ER
DrrAAN Ur. N '..9Ci3`^958 arákj•IP D P0011%2199~
-00191001C40.00E 00N.01.10ENLIA10áMCCEJÉSie,....1..
"i,,CA(,!) REMSTRO VE,C'Jlr)

smaiozoos:

' trjoli 50902-a.


9F,
',.5.!;,141••• • ! 0, 70670400

3041/9/É197.' . f;nmá,.?,
;0.

El,,,4seRtAtfpG 1,10

,
nNa940 -9F 11 040 FIGW5F11908112 880

P9/Aef004049/194304:1i,:1, 1 ,01591410 PAPTrU

€.2009..00-999.• t

---tompili.et1; 1 f RA7R
•TURT:1749N3
rAG:
'ia stN FABRICO 4R 5.
99/9

ua 04 s/n°, Edificio Anexo 1- Procuradoria moral de Justiça, Cuiabá-MT


CEP 78049-921 - Fone/fax 3613 /1628
158

MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DE MATO GROSSO


NÚCLEO DE AÇÕES DE COMPETÊNCIA ORIGINÁRIA CRIMINAL—NACO
GRUPO DE ATUAÇÃO ESPECIAL. CONTRA O CRIME ORGANIZADO — GAECO

PROPOSTA DE SEGURO AUTOMÓVEL


CNP! - 33.170095/0001.05 • Processo SUSEP - 15414.100313/2034-12 ê
15414.00014312005-40 - 15414 000140/2005-14 - 15414.000305/2009-73
Segure garantido pela CHUBB DO BRASIL CIA OU SEGUROS
WormOes do Seguro Proposta: 15.34.583 w.1

tvjurado: SERVICOS DE REGISTRO CADASTRO INFORMATOCAO E CPF/CNPJ: 063 1 e1830(10135


Setor SRVIFS DD /01 BLOCO A SAIA 309 lb ato 1U BRASILIA Telefone: 32250049
ndereco: Brastha DF 70340000
/ata Nascinento: 10110/1969 ()reja() Exp: ,,,5, .1
lata Expediçao: RG:
:diretor: EMES( CORRETORA DE SEGUROS II TEIA Código Susan: 02920 /10':3,i:-'• 10
ripo de Seguro Resável
pons traio de Moenda Fie de \Agencia Data Cotação
e1)KISTA PARA APOLICE NOVA EXTRANET 25(0912015 '25/0912016 25:09;2015
triformeoles do Objeto Segurado Automóvel
Item 1)
tente Veiculo Ano Fabricação Ano Modelo
ercedes-Benz '•250 CG I VR4 2.0 TB Aut. I) 14 JJ1,4
COdigo FIE Piam Chassi Regaram Categoria No. Pass
021323.3/G PAIG3840 wr)rn4F-3CW9 OW8? 11 Passe()
Importei') -•

O Ilm? Data Salda Veículo Numero N F. Data ErnissaolF. g à,te.o Priecipat Rogião de %colaça° Bens
71167{1421 DF • Plano Piloto e Cruzeiro
Cl Seguradora Apolke DeserlOo Cantemenlar

InforrnaçOes do Pretetpal Condutor


Nome *COMAM WALTER TOSE KOBORI Data Nese / Idade do Condutor: 10/10/1969 45 anos
CPF do Condutor. 3'é:41114521B7 No. Ro4stro CNN do Condutor: 00779315183
Grau de Parentesco: Bartok-m.10 RG do Condutor: 39055908?
'Àta Expedição: Oro Expedidor:
cStado Uni 1 Sexo: Casado Masculino Estado CN141 1' Habalitaçao: DF r 151•07.2015
instem outros condutores veie.? Arma de 25 anus Numero de Veiculeis: 3 ou 4 mitul05
Onde carro é eslac. residência? Estacionamento/Garagem Onde carro è estat. trabalho? Fstaciurrameme4a. agem
liso do Velado: i °começa° Diana ou Eventual (Mantos Km veiculo circula ano: De 6.001 ate 12,000 Km
liolermações de Cobertura
Modalidade Cob. Casco :No de Frangia Percentual FIPE Codigo
1 Coesa°, incendi° e Rouba (Compreensiva) A Escolher 100,00% 99999494
Perda e Roubo de Unto . Sistenia de Segurança Especikaçáo do Dispositivo Produto Contratado
1• ,y exl.tai ftenhum Noinum Auto Assistant:e
..abe (Mercado Referenciado)
.•.lubcrturas Contratadas Limite mediu de 'odontalgia__ Prémio Frangi.
wra Casco Valor de 'delude, Referenciado 10489,27 8 70W
1, .1111:•'NUN de Intuem:içai) 2.760,71 0,00 0,1
rel)ert,Jr1 Adicional de Vidros Super
0.00 1.1346,96 10 •,,, riu]. ir,V..?tW'
ta Autoatialty Protechin 1!6

ua 04 sfn°, Edifício ,\Í} <0 I ;'i orla Ger a


--'4111111111111111.1"111111k -.~~1111.111111Mi. CEP 720 ! ).'r, I ; r,‘ fax 3613 1622/1628
159

TENITI
Tribunal Pleno;

MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DE MATO GROSSO


NÚCLEO DE AÇÕES DE COMPETÊNCIA ORIGINÁRIA CRIMINAL — NACO
GRUPO DE ATUAÇÃO ESPECIAL CONTRA O CRIME ORGANIZADO — GAECO
Além disso, no ano de 2017, após a cessão do pagamento da propina
através da SANTOS TREINAMENTOS (de cujo quadro societário ROQUE ANILDO
REINHEIMER fez parte), ROQUE REINHEIMER passou a extorquir os sócios da
EIG MERCADOS LTDA, exigindo o pagamento de R$ 50.000,00 (cinquenta mil reais)
mensais, sob a ameaça de se utilizar de sua influência política junto à Assembleia
Legislativa de Mato Grosso para a abertura de uma comissão parlamentar de
inquérito - CPI a respeito do contrato entre a EIG MERCADOS e o DETRAN/MT.

A este respeito, o interrogado JOSÉ HENRIQUE FERREIRA


GONÇALVES fez as seguintes afirmações:

"QUE ainda no início do ano de 2017, o interrogando veio à Cuiabá a pedido


de ROQUE, pois este, dizia que era imprescindível a vinda do interrogando,
pois "o contrato iria acabar"; QUE essa reunião com ROQUE ocorreu no
hotel Odara, onde então, ROQUE disse que teria treze deputados "em sua
mão" e entregou ao interrogando um dossiê denominado CPI DETRAN,
conforme cópias que junta nesta oportunidade; QUE ROQUE dizia que
"essa CPI estaria para ser aberta, e que era a última chance para que a CPI
não fosse aberta, dizendo que queria um percentual da empresa FDL/EIG";
QUE demonstrando despreocupação, ROQUE convidou o interrogando para
ir até a Assembleia Legislativa; QUE na Assembleia Legislativa, o
interrogando e ROQUE, após duas horas de espera, foram recebidos pelo
presidente da AL, EDUARDO BOTELHO; QUE BOTELHO disse que o
contrato estava em um equilíbrio bom para o estado, que não gostaria de
receber qualquer vantagem desse contrato, mas ressaltou que ROQUE era
uma pessoa muito boa e que estava passando por dificuldades financeiras,
solicitando que o interrogando o ajudasse, caso entendesse justo; QUE
ROQUE insistiu ao interrogando para ser sócio da empresa FDL/EIG, o que
foi refutado veemente, sendo que ROQUE, não satisfeito, exigiu
R$ 50.000,00 por mês para que a CPI não fosse para frente; QUE diante
desse cenário, o interrogando cedeu a pressão e pagou o valor mensal de
R$ 50.000,00 (cinquenta mil reais) à ROQUE; QUE esses pagamentos
foram realizados pela FDL/EIG para a empresa RGC WAYS, conforme
documentos que também junta nessa oportunidade"

Em consonância com tais alegações está a minuta de denúncia em nome


de ROQUE REINHEIMER direcionada ao De. tado Estadual Oscar Bezerra, que
traz como assunto anunciado a "fiscaliza a apura o - requerimento de
infnr - indícios de informações levanta or- se ta a pelos sócios da EIG

Rua 04 = exo 1 - Procuraddita G- de Justiça, Guiana-MT


CEP 78049-921- Fone/fax 361 2/1628
116)0)

MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DE MATO GROSSO


NÚCLEO DE AÇÕES DE. COMPETÊNCIA ORIGINÁRIA CRIMINAL — NACO
GRUPO DE ATUAÇÃO ESPECIAL CONTRA O CRIME ORGANIZADO — GAECO
MERCADOS LTDA,, conforme cópie que ora é juntada.

Na mesma direção apontam os documentos apreendidos na casa de


ROQUE ANILDO REINHEIMER, dentre os quais estão a minuta de denúncia em
nome de ROQUE REINHEIMER direcionada ao Deputado Estadual Guilherme
Antônio Maluf, que traz como assunto anunciado a "fiscalização para apuração -
requerimento de informações - indícios de informações levantados", e a minuta de
denúncia em nome de ROQUE REINHEIMER direcionada ao Grupo de Atuação
Especial Contra o Crime Organizado — GAECO, que traz como referência "pedido de
apuração", constantes, respectivamente, às fls. 3.568/3.573 e 3.625/3.626 do
inquérito policial (cópias anexas).

A fim de comprovar suas alegações, os sócios da EIG MERCADOS LTDA


apresentaram gravações de câmeras de segurança supostamente instaladas na
sede da empresa, nas quais, supostamente, ROQUE ANILDO REINHEIMER teria
ido até a empresa procurá-los para exigir os referidos pagamentos nas datas de
05/03/2018 e 07/03/2018. (mídia DVD anexa)

As provas dos autos demonstram, portanto, de forma clara a interferência


de ROQUE ANILDO REINHEIMER na produção da prova, atuando
dissimuladamente a ajudar a ocultar a participação de outros integrantes da
organização criminosa, buscando interferir no animus de outros integrantes da
organização criminosa, seja pela montagem de documentos, pela ameaça, pela
extorsão, de modo que sua prisão preventiva é necessária para a GARANTIA DA
INVESTIGAÇÃO CRIMINAL E DA INSTRUÇÃO PROCESSUAL PENAL.

No mais, analisando a adequação da medida à gravidade do crime,


circunstâncias do fato e condições pessoais do in o ou a ado (art. 282, II. do,
ue a segregação cautelar é adequada à vidade dos crim

ìficio Ane — Procuradoria Ger I de Justiça, Cuiabá-


CEP 78049-921 — Fone/fax 3613 1 • / 8
161

1"r
itiO/ ./
Tribunal Pleno "

As. /
MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DE MATO GROSSO
NÚCLEO DE AÇÕES DE COMPETÊNCIA ORIGINÁRIA CRIMINAL — NACO
GRUPO DE ATUAÇÃO ESPECIAL CONTRA O CRIME ORGANIZADO — GAECO
praticados pelos investigados, considerando que são delitos contra o erário, cujo
impacto social é contundente em áreas sociais tão deficitárias no Estado de Mato
Grosso, bem como se amolda às circunstâncias do fato, dada a atuação ardilosa
voltada à obstar a produção de prova e a habitualidade verificada que demonstra
que ROQUE ANILDO REINHEIMER tem a atividade criminosa como seu modo de
vida e de "trabalho", bem como é pertinente às condições pessoais do investigado
que, como visto, tem atuado sobre outros investigados, valendo-se da própria
torpeza para exigir vantagens indevidas. Tais considerações também revelam não
ser cabível a substituição da prisão preventiva por outra medida cautelar (art. 282, §
60).

3.3.4 PAULO CESAR ZAMAR TAQUES, PEDRO JORGE ZAMAR TAQUES E


JOSE KOBORI

De acordo com as provas dos autos os investigados PAULO CESAR


ZAMAR TAQUES, PEDRO JORGE ZAMAR TAQUES e VALTER JOSÉ KOBORI,
valendo-se do conhecimento jurídico privilegiado que detêm, atuam na organização
criminosa criando engenhosas artimanhas para maquiar o recebimento de propina.

É certo que em 2015 houve sucessão no Governo do Estado de Mato


Grosso, de modo que o então Governador SILVAL DA CUNHA BARBOSA, filiado ao
Partido do Movimento Democrático Brasileiro — PMDB (hoje MDB), deu lugar ao
atual Governador José Pedro Gonçalves Taques, à época filiado ao Partido
Democrático Trabalhista — PDT.

Ao visualizar a possibilidade de ascensão ao governo do Estado e tendo


conhecimento da existência da organização criminosa e do esquema ilícito por ela
operado dentro do DETRAN/MT, PAULO C SAR MAR TAQUES, PEDRO
QUES e VALTER JOS KO = ORI, o dois primeiros primos do
1
ua 04 s/ icio Anexo 1 — Procuradori. Ger de Justiça, Cuiabá-MT
CEP 78049-921 — Fone/fax 2/1628
162

MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DE MATO GROSSO


NÚCLEO DE AÇÕES DE COMPETÊNCIA ORIGINÁRIA CRIMINAL — NACO
GRUPO DE ATUAÇÃO ESPECIAL CONTRA O CRIME ORGANIZADO — GAECO
atual Governador e amigos de 'longa data do terceiro, não perderam tempo emi
tornar-se parte da organização e) iiniciar a solicitação e recebimento de propina em
razão do cargo público que futuramente PAULO CESAR ZAMAR TAQUES viria a
ocupar, qual seja, o de Secretário-Chefe da Casa Civil de Mato Grosso, em que
esteve desde 02/01/2015 (ato n. 02/2015, DOE/MT n. 26447) até 12/05/2017 (ato n.
17.798/2017, DOE/MT n. 27018).

De acordo com o interrogatório de JOSÉ FERREIRA GONÇALVES NETO,


após acertar o fim do pagamento de propinas através da SANTOS TREINAMENTOS,
autorizou VALTER JOSÉ KOBORI, contratado por ele como Chief Executive Officer
— CEO da EIG MERCADOS LTDA., a negociar o pagamento de propina com o novo
governo a fim de manter o contrato entre sua empresa e o DETRAN/MT, em razão
do que, antes mesmo do resultado das eleições de 2014, VALTER KOBORI lhe
disse que já havia combinado com PAULO CESAR ZAMAR TAQUES o auxilio para
a manutenção do contrato.

Assim, segundo JOSÉ FERREIRA GONÇALVES NETO, VALTER JOSÉ


KOBORI sugeriu que o pagamento da propina para PAULO CESAR ZAMAR
TAQUES, representante do Poder Executivo de Mato Grosso que garantiria a
continuidade do contrato, fosse feito através do escritório de advocacia de PAULO
TAQUES, em cujo quadro societário consta PEDRO JORGE ZAMAR TAQUES,
razão por que, na data de 06 de outubro de 2014, dia seguinte às eleições gerais de
2014, foi assinado um substabelecimento em que o escritório D'ALMEIDA
CORDEIRO & MESQUITA ADVOGADOS ASSOCIADOS, contratado pela EIG
MERCADOS LTDA., repassava a PEDRO JORGE ZAMAR TAQUES os poderes
que lhe foram outorgados para a defesa dos interesses de tal empresa, fato_
comprovado pelo documento de fl. 3.346/GAECONOL XVII dos autos do inquéritd
policial n. 38162/2013ÍTJMT.

Rua 04 s/n°, Edifício Anexo 1 - Procuradoria Geral • stica, Cuiabá-M


CEP 78049-921 - Fone/fax 3613 1622/1628
163

MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DE MATO GROSSO


NÚCLEO DE AÇÕES DE COMPETÊNCIA ORIGINÁRIA CRIMINAL - NACO
GRUPO DE ATUAÇÃO ESPECIAL CONTRA O CRIME ORGANIZADO - GAECO

aleratx.5"4,6FA
. '
,mor
tosorna _
°At; DF e. 40779 *ti'
itud'“1444r, *menu) tu omitir
Dão r
45
" '411#4‘41F$1134d,

14440$tef,' ""
rede e Pe.

cio Anexo 1 - Procuradoria Geral de Justiça, Cuiabá-MT


CEP 78049-921- Fone/fax 3613 1622/1628
164

MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DE MATO GROSSO


NÚCLEO DE AÇÕES DE COMPETÊNCIA ORIGINÁRIA CRIMINAL — NACO
GRUPO DE ATUAÇÃO ESPECIAL, CONTRA O CRIME ORGANIZADO — GAECO

O investigado JOSÉ FERREIRA GONÇALVES NETO asseverou que, não


obstante a assinatura do substabelecimento, decidiu não efetuar o pagamento da
propina daquela forma, em razão do que VALTER JOSÉ KOBORI se dispôs a ser o
atravessador-dissimulador da propina, recebendo-a pessoalmente sob o título de
bônus pelos serviços pessoais prestados à EIG MERCADOS LTDA. e repassando-a
para PAULO CESAR ZAMAR TAQUES, tendo restado acertado que o pagamento
seria feito anualmente. Segundo o interrogado, em dezembro de 2014, ele efetuou o
primeiro pagamento de propina para PAULO CESAR ZAMAR TAQUES através de
uma transferência no valor de R$ 1.400.000,00 (um milhão e quatrocentos mil reais)
para VALTER KOBORI, fato que consta registrado no Relatório Técnico de análise
bancária n. 25/2017 (fls. 02/202 dos autos sigilosos V) elaborado pela Polícia
Judiciária Civil (página 164 do relatório), como se pode ver:

VALORES REPASSADOS PELA E1G MERCADOS PARA JOSE KOBORI E


EMPRESAS RELACIONADAS A ELE
VALTER JOSE KOBORI R$ 3.310.612,89
2011 R$ 3.183,69
nov TRANSFERÊNCIA R$ 3.183,69
2013 R$ 41.898,11
ago TRANSFERÊNCIA R$ 40.000,00
set TRANSFERÊNCIA R$ 1.898,11
2014 R$ 1.519.241,72
jan TRANSFERÊNCIA R$ 1.758,42
fev TRANSFERÊNCIA R$ 833,65
mar TRANSFERÊNCIA R$ 1.985,97
abr TRANSFERÊNCIA R$ 2.595,60
mai TRANSFERÊNCIA R$ 2.672,79
set TRANSFERÊNCIA R$ 5.391,91
out TRANSFERÊNCIA R$ 31.830,87
nov TRANSFERÊNCIA R$ 1.236,00
dez TRANSFERÊNCIA R$ 1.470.936,51

também no interrogatório de FER IRA GONÇALVES

ua 94 sin ti io .•‘11:}:(o • Pro.mr:1,toria 0‘)(11


11'1- 1 '011:)/€4( 3:3 V) 1:P 9,11:39.:3
165

MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DE MATO GROSSO


NÚCLEO DE AÇÕES DE COMPETÊNCIA ORIGINÁRIA CRIMINAL — NACO
GRUPO DE ATUAÇÃO ESPECIAL CONTRA O CRIME ORGANIZADO — GAECO
NETO que no ano de 2015 VALTER JOSÉ KOBORI solicitou, em nome e para
PAULO CESAR ZAMAR TAQUES, propina no valor de R$ 1.200.000,00 (um milhão
e duzentos mil reais), que foi pago através da EIG MERCADOS LTDA. em dez
parcelas no ano de 2016. O período de análise bancária compreendido do relatório
da Polícia Civil alcançou as movimentações bancárias até o mês de fevereiro de
2016, tendo sido constatadas as seguintes transferências

VALORES REPASSADOS PELA EIG MERCADOS PARA JOSE KOBORI E


EMPRESAS RELACIONADAS A ELE
VALTER JOSE KOBORI R$ 3.310.612,89
2016 R$ 169.951,46
jan TRANSFERÊNCIA R$ 85.898,46
fev TRANSFERÊNCIA R$ 84.053,00

De acordo com JOSÉ FERREIRA GONÇALVES NETO, em agosto de


2016, VALTER JOSÉ KOBORI foi dispensado da EIG MERCADOS LTDA., não
obstante, por ocasião da rescisão, teria advertido JOSÉ FERREIRA de que "que
precisaria receber o 'bônus' pois ele já havia assumido o compromisso com esse
valor no Estado de Mato Grosso", sendo que, após tal fato, com a cessação dos
pagamentos de propina que era recebida através de VALTER KOBORI, PEDRO
JORGE ZAMAR TAQUES teria ligado para JOSÉ FERREIRA "pedindo para JOSÉ
HENRIQUE manter KOBORI na empresa, visto que 'tinha assunto pendente no
Estado para resolver', e pedindo, também, para que JOSÉ HENRIQUE
comparecesse em Cuiabá para conversar, deixando claro nessa conversa que
KOBORI estava alinhado com PEDRO ZAMAR TAQUES e PAULO TAQUES nos
pagamentos dos 'bônus".

No mesmo sentido, o interrog.; • • JOSÉ NRIQUE FERREIRA


_•k v. cio da EIG MERCADOS LT 9 A firmou após a cessação do
11"
. e P
_mim& 4 s/n°, Edifício Anexo I — Procuradoria ral e Justiça, Guiana-MT
CEP 78049921 — Foneifax 3613 22/1628
116)6

MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DE MATO GROSSO)


NÚCLEO DE: AÇÕES DE. COMPETÊNCIA ORIGINÁRIA CRIMINAL — NACO
GRUPO DE ATUAÇÃO ESPECIAL CONTRA O CRIME ORGANIZADO — GAECO
vínculo entre esta e VALTER JOSÉ KOBORI, possivelmente no mês d agosto db)
ano de 2016, VALTER KOBORI "'dliisse para o interrogando que lhe apresentaria uma
pessoa do Estado de Mato Grosso que poderia resolver todos os problemas
relacionados ao contrato entre a empresa FDL/EIG e DETRAN/MT; QUE então, o
interrogando e KOBORI foram em um restaurante, acreditando ser a Peixaria Cacalo
nesta capital, onde então no horário de almoço, encontraram-se com uma pessoa
chamada PEDRO ZAMAR TAQUES", dizendo também "QUE em novembro do ano
de 2016, o interrogando recebeu uma ligação via Whatsapp de PEDRO ZAMAR
TAQUES, onde o mesmo dizia que precisavam se encontrar para conversar, e que
essa conversa ocorreria em São Paulo; QUE então o interrogando e PEDRO
ZAMAR TAQUES se encontraram no restaurante Due Couchi, localizado na Rua
Manuel Guedes n° 93, Itaim, São Paulo/SP; QUE nesse almoço, PEDRO ZAMAR
TAQUES, disse que teria 'um problema muito sério em Mato Grosso, o KOBORI
precisa falar com PAULO TAQUES'; QUE o interrogando disse que naquela ocasião,
era ele quem representava a empresa FDL/EIG, tendo PEDRO ZAMAR TAQUES,
dito que a 'única pessoa' que poderia falar com PAULO TAQUES seria o KOBORI,
dando a entender que seria necessário KOBORI retornar para a empresa FDL/EIG",
e, ainda, que "no mês de março do ano de 2017, PEDRO ZAMAR TAQUES, fez
contato com o interrogando por Whatsapp, dizendo que KOBORI tinha que vir em
Cuiabá para falar com PAULO TAQUES; QUE o interrogando não respondeu a
mensagem via Whatsapp de PEDRO ZAMAR TAQUES".

A documentação anexa apresentada por JOSÉ HENRIQUE FERREIRA


GONÇALVES corrobora suas afirmações, posto que nela se registra uma conversa
ocorrida recentemente, em 16 de abril de 2018, na qual PEDRO ZAMAR TAQUES
faz troca mensagens com Paloma Gomes Araujo, funcionária de JOSÉ FERREIRA,
a respeito de alguns pagamentos. Nelas, ele afirma que "em função dos últimos
ntecimentos, me vi obrigado a recolher impo de todo os valores recebidos
Dr Danief'. É de se destacar qu [timos ontecimento "

Rua 04 s/n°, Edifício Anex - Pl.'"ocuradoria Gera de stiça, Cuiab


CEP 78049.921 - Fone/fax 3613 1622/1628
167

r ti71
---"W"---1
T
Tribuna! Pleno

I
MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DE MATO GROSSO
NÚCLEO DE AÇÕES DE COMPETÊNCIA ORIGINÁRIA CRIMINAL — NACO
GRUPO DE ATUAÇÃO ESPECIAL CONTRA O CRIME ORGANIZADO — GAECO
ele se refere dizem respeito à presente investigação, ou seja, pelo fato de estar
sendo investigado, ele precisa produzir documentos que façam parecer serem legais
as suas atividades relacionadas à EIG MERCADOS LTDA decorrentes de "acordos
verbais", assim selados para atuação oculta dada a sua ilicitude.
0 • Á 3939
edro Zamar Taq...

As mensagens e ebarnedas desta converse


estão abole segures cote criptografia de ponte-a-
ponta, Toque pau obter emes olfeernacees.

Bom dia Paloma


Sou o Pedro, advogado de Cuiabá

Busquei seu mimem no e-mail que vc


Silenciar notificações me enviou

0i, Pedro
Notificações personalizadas
Respondi seu e-mail semana
passada,
Criptografia Tudo bem,
chamadas desta conversas
esta, pRAC9-das corri criptografia de posta-ai
rrintd 1-tMen Oura verificar.
a Tudo bem
Recebi seu e-mail

Recado e número de telefone

+55 65 922d-6060
o o
O ❑

e
O. iq 39
Pedro Zamar Taq ta4

Essa informação poderá ser checada


com ele.
Eu preciso saber do que se tratam e
os valores para solicitar o reembolso.
Se ele está ciente então não haverá
nenhum problema
Pedro Zamar Toques
Em forçai" de tudo que está Creio que não
acontecendo, acho desneeessano o uso
da e-maa, ~andei É que foi feito acordo verbal
Ok.
Entendo
Sim
Posso te passar os valores por aqui e
Na verdade, são despesas que foram vc checa com ele?
acordados diretamente com o José
Henrique.
Qual o valor que vocês acordaram')

Ah, certo.
Pedro Zamar Vaques
Uma parte já foi pago por ele lá atrás, Posso te passar os valores por aqui e vc
checa com eie7
Claro!
Hmm
Cm fiirirãn rinc ,5kimnc
Essa informação poderá ser checada

o O
exo 1- Pro ra, mtérdur- tí çá c &mu- T
49-921 - Fon ax 3613 1622/1 8
168

MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DE MATO GROSSO,


NÚCLEO DE AÇÕES DE COMPETÊNCIA ORIGINÁRIA CRIMINAL— NACO
GRUPO DE ATUAÇÃO ESPECIAL CONTRA O CRIME ORGANIZADO — GAECO

19:39

Pedro Zamar e .

Em função dos últimos


acontecimentos, me vi obrigado
a recolher impostos de todos os
valores recebidos do escritório do Dr
Daniel.
São os seguintes valores:
IRRF 18% de todo período RS
70 200,00

ISSQN 5% referente 2017/18...R$


7 500,00
Tem também: viajem até São Paulo
em 2016 R$ 2 20u,00
Tem também audiência que fiz
mesmo após encerramento do
contrato, mas que deixo de cobrar.

Esses três valores devem ser pago


separadamente ou podemos fazer

A jornada para a produção de documentos com a finalidade de arrumar


uma explicação para a entrada de vallores oriundos da EIG MERCADOS LTDA. está
também registrada na dlocurnentação apresentada por qual PEDRO JORGE ZAMAR
TAQUES, na qual consta contrato de prestação de serviços de advocacia com
efeitos retroativos, conforme se extrai da cláusula sétima (fls. 4.165/4.168, vol. 21 do
Inquérito Policial n. 38162/2013/TJMT):

In°, Edifício Anexo 1 - Procuradoria Gol' stiça;Ct1


CEP 78049-921 - Fo /fax
169

r-W-
Te 4f
Tribuna! Pleno

F:s, lç
MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DE MATO GROSSO
NÚCLEO DE AÇÕES DE COMPETÊNCIA ORIGINÁRIA CRIMINAL - NACO
GRUPO DE ATUAÇÃO ESPECIAL CONTRA O CRIME ORGANIZADO - GAECO

CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS JURÍDICOS

Pelo presente instrumento particular de contrato de prestação de serviços


advocatictos, que entre si fazem, de um lado, D'ALMEIDa. CORDEIRO & MESQUITA
ADVOGADOS ASSOCIADOS, pessoa jurídica de direito privado, devidamente inscrita no
CNPJ sob o n" 08.360.302/0801.82, com sede no SRTV5.. Quadra 701, Bloco K, Edifício
Ernbassy Tower, Sala 510 a 512, Brasília-DF, CEP 70310408, doravante denominada
CONTRATANTE, e do outro lado, PEDRO JORGE 2AMAR TAQUES. brasileiro, casado,
advogado inscrito na OAWMT sob o n" 17.167, portado do CPE n' 270.185.711.20,
doravante denominado CONTRATADO, convencionam e contratam o seguinte:

CLA USULA PRIMEIRA; PO OB4ETIP pç ÇONTRATO

1 Constitui objeto deste contrato a prestação de serviços jurídicos, pelo CONTRATADO,


no âmbito do Direito do Trabalho, bem como representar a CONTRATANTE e seus
clientes perante a Justiça do Trabalho no Estado do Mato G(0550, em Iodas os suas
instãncias.

2 - Ficará o CONTRATADO respansavet pela propositura das ações, bem como pela
apresentação de necessárias contestações e pelo acompanhamento das demandas
interpostas ate seu trãnslto em julgado.

Parágrafo polmeiro: O CONTRATADO efetuará, exclusivamente, serviços inerentes a


sua área de atuação, sem vinculo empregaticro e subordinação, com exclusividade.
desde que resguardados os interesses da CONTRATANTE.

Parágrafo segundo: Para o desempenho da avença aqui pactuada, o CONTRATADO


utilizara suas dependtmcias e estrutura, sem quaisquer Cimas adicionais ou
responsabilidade solidária ela CONTRATANTE em relação aos atos praticados pelo
CONTRATADO.
,

`111 .
meneeemi.„,„.„dificio Anexo I - Procura oria Geral de Justiça, Cuiabá-MT
CEP 78049-921 - Fone/fa 3 1622/1628
170

MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DE MATO GROSSO


NÚCLEO DE AÇÕES DE COMPETÊNCIA ORIGINÁRIA CRIMINAL.- NACO
GRUPO DE ATUAÇÃO ESPECIAL CONTRA O CRIME ORGANIZADO - GAECO

SEGU NDA- © BRIGACC)~s CO TRATADA

- Prestar os serviços acordados com presteza, rapidez e eficiencia, respeitando a


legisla-zoo vigente. notoriamente o Estatuto da Advocacia e da OAB, assim como o Código

de Luta e Disciptina da OAB_

II • Fornecer relatório escrito, sempre que solicitado, sobre o andamento dos processos

sob seus cuidados:

111- Fornecer reta::1111J com os documentos fiscais necessários ao reembolso das despesas

realizadas.

Parágrafo único: O CONTRATADO se responsabiliza, com exclusividade, pelos atos


praticadas pelos profissionais aos quais ,delegar poderes para o desempenho deste
contrato.

C LÃUSULA TERCEIRA: OBRIGAÇÕES DA CONTRATANTE

- Pelos serviços prestados, a CONTRATANTE repassará ao CONTRATADO, a titulo de


honorários advocaticlos, a quantia mensal de RS 10.000,00 (dez mit reais}.

II - O pagamento se dam, mediante transferencia bancária devidamente identificada


para a conta corrente do CONTRATADO (conta corrente ri* 0007340-7, banco
Braclasco, agancia 5426).

III - Sempre que solicitado. devera a CONTRATANTE fornecer documentos relativos aos
processos acompanhados pelo CONTRATADO, bem corno lhe prestar toas os subsidius
técnicos e probatórios possiveis, dos quais este necessite para o bom, JA et e eficiente
acompanhamento do processo previamente indicado_

IV - Independente do pagamento avençado no item 1 acima, devera a tÕNTRATANTE


reembolsar todas as despesas realizadas pelo CONTRATADO com relação ao processo
acompanhado, devidamente informadas e comprovadas em relattiriOS, tais como custas
e emolumentos, diligencias de oficiais de justiça, honorários periciais ou de assistentes
tecnicos de gerida, e Iodas e quaisquer despesas com eventuais deslocamentos para

An .-no I • Proc.:IE.:n.10(1A Atiça Cuiabá-MT


:. ( 309,
••()1) 40 •!) 1 • reze i) 3;3.13 1W.).9.d;
171

TJ/MTi
Tribunal Pleno'

In- 1
MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DE MATO GROSSO
NÚCLEO DE AÇÕES DE COMPETÊNCIA ORIGINÁRIA CRIMINAL - NACO
GRUPO DE ATUAÇÃO ESPECIAL CONTRA O CRIME ORGANIZADO - GAECO

tora da cidade de Cutabá em que haja a necessidade do acompanhamento do profissional

CONTRATADO.

CLÁUSULA QUARTA: DA RESCISÃO

Em caso oe rescisão, a CONTRATANTE devera informar, por escrito, os dados de


eventual profissional ao qual deverão ser substabelecidas as causas e encaminhados os
documentos relativos.

CLÁUSULA QUINTA; DO SIGILO

Em virtude ri-os preceitos do sigilo profissional, bem corno do estabelecido no (Migo de


Ética da ordem dos Advogados do Brasil fica o profissional contratado proibido de
veicular, sob qualquer meio, os termos do contrato ora celebrado. Pelo mesmo
compromisso se coubriga a CONTRATANTE. Tal compromisso pudera ser desfeito em
caso de adio judicial para cobrança dos honorários, ou de parte deles em atraso,
mantendo-se a discrição que o caso requer.

WUSLILA SEXTA:, DO IMPEDIMENTO DE ATUAÇÃO EM ESFERA ADMINISTRATIVA.

Fica estabelecido que o CONTRATADO atuara EXCLUSIVAMENTE na esfera judicial


TRABALHISTA, ficando terminantemente VEDADA qualquer atuação em âmbito
administrativo perante quaisquer órgãos do Governo do Estado de Mato Grosso.

CLAUSULA SETIMA: DA VIGÊNCIA

o presente contrato torna escrito o ajuste verbal que as partes pactuaram desde
setembro de 2014 e tem vigèneia de 1 (um) ano a contar da data de sua assinatura.

CLÁUSULA OITAVA: DO FORO

Elegem as partes o foro da Comarca de Cuiabá-MT, como unico competente para dirimir
quaisquer dúvidas oriundas de interpretação do presen e instrumento, renunciando a
qualquer outro, por mios privilegiado que seja.

Rua 04 sln°,_Eclificko Anexo 1 — Procuradoria eras de Justiça, Cuiabá-MT


CEP 78049-921— Fone/fax 3613-162211628
172

MINISTÉRIO Pú:111C0 DO ESTADO DE MATO GROSSO


NÚCLEO DE AÇÕES DE COMPETÊNCIA ORIGINÁRIA CRIMINAL-NACO
GRUPO DE ATUAÇÃO ESPECIAL CONTRA O CRIME ORGANIZADO -GALEM

Às regras do presente contrato obrigam-se nac so as partes, como também seus herdeiros
ou sucessores, E por terem assim justo e acordado, firmam as partes este contrato, em
02 iduao vias de_, igual teor, e para o mesmo efeito, tudo na presença de duas
testemunhas,

Cuiaba-MT, 01 de novembro de 2016.

ECO

D'ALMEIDA CORDEIRO Et MESQUITA ADVOGADOS ASSOCIADOS


Contratante

Testemunhas:

Nome: NOrne:
z.,. ......... 2)

ua 04 sin°, Edifft,io liz):(,) I • :)rí'''( uradoria G ral Justiça, Cuiaba-MT


C Q ne/fax 3613 622/1628
173

J/NIT
Tribunal Pleno
"

MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DE MATO GROSSO


NÚCLEO DE AÇÕES DE COMPETÊNCIA ORIGINÁRIA CRIMINAL - NACO
GRUPO DE ATUAÇÃO ESPECIAL CONTRA O CRIME ORGANIZADO - GAECO
Além disso, a corroborar as afirmações supratranscritas de JOSÉ
HENRIQUE FERREIRA GONÇALVES a respeito do encontro com PAULO JORGE
ZAMAR TAQUES na cidade de São Paulo, a troca de mensagens ocorrida na data
de 16 de abril de 2018 entre o segundo e a funcionária do primeiro revela também a
confirmação da ocorrência de tal reunião, como se pode ver:

401 i„, 19:39

Pedro Zamar Taq...


■. •

Esses três valores devem ser pagos


separadamente ou podemos fazer
apenas um pagamento no valor de
79k900?

Pode ser junto, só teríamos que ver


a forma de pagamento, uma vez
que não tem nada escrito, apenas
combinado com o ZN

Sim sim

Vou verificar e te dou um retorno.

Ok. Te aguardo.

Pedro, essa despesa mensal foi a


que o José Henrique conversou em
São Paulo com você?

Sim

Ficamos combinados que os

o o
Rua 04 siri°, Edifício Anexo 1 - Procuradoria Gera s e Justiça, Cuiabá-MT
• : -O F

-ffleeemenew
174

MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DE MATO GROSSO


NÚCLEO DE AÇÕES DE COMIPETÊNCIA ORIGINÁRIA CRIMINAL — NACO
GRUPO DE ATUAÇÃO ESPECIAL. CONTRA O CRIME ORGANIZADO — GAECO
No mais, asseverou] também)] JOSÉ HENRIQUE FERREIRA GONIÇAILV/ES
que VALTER JOSÉ KOBORII Ilheenrsyribu mensagem via aplicativo Whatsappp com o
seguinte conteúdo:

"Quanda pireriisexui na passado foi prontamente atendido e teve seu pleito


soluclionado ((cabia educação e cortesia), agora quando solicitadai sua
presença manda recado que não tem nada conosco. Questionei do que sei
tratava:: DiiSSafarilill quiete pediram semana passada para vc nos atender e vc,
manam esse rezada n`

Ele também apresentou os arquivos de tal conversa:

Sei Servii90 1:* 1w08

< Kobori 1:1arlbs do Contato

Kobori

there!larn using WhatsApp.

Midia, Linke e 'Doce Nenhuma

y'. niii io \nLy,41, 1 - Procuradoria Gr,Q1 de Justiça, Cuiabá MT


c' r• 921- Fone/fax 3613 1622r1628
175

TTITNIT
Tribunal Pleno
F!e, 46‘
MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DE MATO GROSSO
NÚCLEO DE AÇÕES DE COMPETÊNCIA ORIGINÁRIA CRIMINAL — NACO
GRUPO DE ATUAÇÃO ESPECIAL CONTRA O CRIME ORGANIZADO — GAECO

Sem Serviço e

< 44 Kobori

7 de abr de 2017

recebi msg que me desagradou


muito;

Quando precisou no passado foi


prontamente atendido e teve seu
pleito solucionado (com educação
e cortesia), agora quando solicitada
sua presença manda recado que
não tem nada conosco.

Questionei do que se tratava

Disseram que te pediram semana


passada pra vc nos atender e vc
mandou esse recado.

Bem, se não tem mais nada com


isso também não temos.

Quem autorizou o Ygor falar em


meu nome???

E mentir... Como ele fala que esteve


comigo semana passada???

carif‘ar-irfi diroitn ri enimorn

4-

Como se pode ver, é evidente que PEDRO JORGE ZAMAR TAQUES e


VALTER JOSÉ KOBORI atuam na organização criminosa com a finalidade de
esconder a participação de PAULO CESAR MAR TA ES, pois este somente
com PEDRO JORGE ou com VALTE KOBORI para tratar a

Edifício Anexo 1 - Procuradoria I de Justiça, Cu 'á-MT


CEP 78049-921- Fone/fax 3613 1622/1628
1176

MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DE MATO GROSSO


NÚCLEO DE AÇÕES; DE COMPETÊNCIA ORIGINÁRIA CRIMINAL — NACO
GRUPO DE ATUAÇÃO ESPECIAL CONTRA O CRIME ORGANIZADO —GAECO
respeito dos pagamentos de propina pela EIG MERCADOS LTDA.. assiim como as
ligações são feitas peio apllitadb) db Whatsapp a fim de evitar interceptação
telefônica, tudo com a finalidade dê frustrar a produção de provas que demonstrem
claramente suas atividadlesiillítitas.

Demais disso,, os, iinterrogadbs JOSÉ FERREIRA GONÇALVES NETO e


JOSÉ HENRIQUE FERREIRA GONIÇALVES apresentaram arquivos de conversas
por mensagens pelo aplicatiVo de Withatsapp que demonstram a possibilidade de)
VALTER JOSÉ KOBORII te:ntria dado cabo em documentos da EIG MIERCADOS
LTDA. relacionados à sua passagem por tal empresa, bem como ligados à presente
investigação. como se pode ver:

19 DE FEVEREIRO DE 2018
~KW
o As mensagens e chamadas desta conversa
estão agora seguras com criptografia de ponta-a-
ponta. Toque para obter mais informações.
N1011110lite%,1111~11~11110^
Ci Michel&
Vou ter que aguardar um retorno do
Dr Daniel mesmo pq na época que as
caixas chegaram colocamos numa
saljnha que temos aqui.
Mas olha a situação que está agora.

Rua 04 sin° Edifício 1í Procuradori Ger Ide Justiça, uiabá-M7


CE 1— Fone/fax 3 1 622/1628
177

Tribunal Pleno

MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DE MATO GROSSO


NÚCLEO DE AÇÕES DE COMPETÊNCIA ORIGINÁRIA CRIMINAL - NACO -
GRUPO DE ATUAÇÃO ESPECIAL CONTRA O CRIME ORGANIZADO - GAECO
ra enyara

preciso fazer um relatório para o JH

Daí agora não sei se antes deles


20 DE FEVEREIRO DE 2018
mexerem nessa sala o Dr Daniel
mandou deslocar essas caixas para Bom dia Michele!
algum lugar. Falei com o Dr Daniel mas ele disse
que as caixas que vieram tinham
ta bem apenas uns relatórios, mas que já não
estão mais aqui no escritório.
verifica pra mim Segundo ele eram caixas arquivo
azuis, escritas com pincel atômico
por fora.
Pode deixar!
Até verifiquei no arquivo aqui do
-ffleimerp- escritório mas só temos uma caixa
preciso desta posição com certa de vcs com notas fiscais da Amaro e
urgência
..
Lucena. too

1._..
preciso fazer um relatório para o JH

20 DE FEVEREIRO DE 209 8

RESPONDER PARA ADM - 3°ANO


ra enyara
estão mais aqui no escritório.
Segundo ele eram caixas arquivo
azuis, escritas com pincel atômico
por fora.
Até verifiquei no arquivo aqui do CIL.
escritório mas só temos uma caixa Bom dia! Mandei bastante
de vcs com notas fiscais da Amaro e documentos, referente a
Lucena. pagamentos.
'0•06
Não é só isso.

Vou buscar, procurar meu protocolo.

Como sai do escritório durante um


período não sei o que foi devolvido ou
não.
Mas aqui no arquivo não estão.
'noz- Aiimer
Mas seria bom continuar procurando
aí. Pq mandei bastante coisa. Não f
só isso.

Rua Y4 sin°, Edifício Anexo I - Procurado 'a Geral de Justiça, Cuiabá-MT


P 78049-921- Fone/fax s 1622/1628
178

MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DE MATO GROSSO,


NÚCLEO DE AÇÕES; DE COMPETÊNCIA ORIGINÁRIA CRIMINAL NACO)
GRUPO DE ATUAÇÃO ESPECIAL. CONTRA O CRIME ORGANIZADO -GAECO

enyara

Mas aqui no argunvo não estão. „_ Me fala exatamente quais são as


neememem o e e eixs.i e eliee ► documentos que vc está precisando
Mas seria bom continuar procturando por favor.
aí. Pq mandei bastante corsa. Não foi .~11111.11WIL
só isso. Preciso dos pagamentos e faturas
\ de viagens e hospedagens g fizemos
Devolvido não foi... para o Marisco
nallII~1011\1111~
Vou ver se por acaso die mandou Vou tentar conseguir com a empresa
para algum lugar, pois aqui não temos g nos atendia na época.
mais •onde procurar.
Mas se eu não conseguir terei de
Tá bom recorrer aos documentos q estão ai

Obrigada
• Falei oom o Dr Daniel e ele disse que
Me fala exatamente quais são os não chegou a verificar o que tinha
dozumentos que vc está precisando nas caixas que o ~ri ~ideou pra
por favor

Preciso dos pagamentos e faturas


de viagens e lospedageris q fizemos
1 cá, mas que depois essas caixas
foram levadas para o escritório do
\ advogado criminal do Kobori e elle
não se recorda de terem devdivido.
Acho que seria melhor vc falar com o
para o Merison
Kobori pq aqui realmente não estão.
I** fi h h* * I(I*
-IN MEL
i
•••
e

4". w u I 1

Azhe qae seria ofieby ,n; féi,auteri


K
. 4stuori pq amai -Pealvsente não estão.

- _
Peço que se possivel envie o bay para
pegaras caixas nate estão:aqui;
vcs podem precisar. 10 PA

O Aoskey cie passos mais esses 2.

Rua 04 s/n°, Edifício Ana Procuradoria Ge de Justiça, C


CEP 78049.921 - Fone/fax 3613 1622/1628
179

TNINI 1'
Tribunal Pleno

al
MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DE MATO GROSSO
NÚCLEO DE AÇÕES DE COMPETÊNCIA ORIGINÁRIA CRIMINAL — NACO
GRUPO DE ATUAÇÃO ESPECIAL CONTRA O CRIME ORGANIZADO — GAECO

ilemo ra enyara ‘1"

Michele encaminhei seu e-mail para


o Dr Daniel, pois como lhe falei ele
me explicou que entregou as caixas
para outro advogado conforme
recomendação do Kobori.
Bom dia
Ele irá te responder.
Dra. Cenyara
— — Há será q conseguimos pegar estás
mandei para você o protocolo do dos caixas com este outro advogado?
documentos que foram entregues

— — Não preciso de tudo


preciso das autorizações de
pagamento Apenas da parte de viagens e
hospedagens
enviei no email

Bom dia!
Michele encaminhei seu e-mail para
k DrNãoDaniel.
sei. Estou tentando falar com o

o Dr Daniel, pois corro lhe falei ele E não vou ficar com isso, só vou fazer
I
•oie
N me explicou que entregou as caixas um relatório e devolvo
• para outro advogado conforme
recomendação do Kobori. Tá bom.
Ele irá te responder.
Muito obrigada

Assim, o trio PAULO CESAR ZAMAR TAQUES, PEDRO JORGE ZAMAR


TAQUES e VALTER JOSÉ KOBORI também tem por natural em sua atuação a
turbação da verdade dos fatos, na medida em que suas atividades na OCRIM se
desenvolvem pelo forjamento de documentos inverídicos, seja pelo
substabelecimento que justificaria serviços advocatícios que não seriam prestados
ou seriam ultra faturados, seja pela criação de verba trabalhista pautada em fato
gerador inexistente, tudo com a finalidade de impedir a descoberta da verdade sobre
os fatos, ou seja, embaraçam a investigação criminal e a instrução processual penal.

Isso tudo demonstra que PAULO CESAR Z R TAQUES, PEDRO


JORGE ZAMAR TAQUES e VALTER JOSÉ K a BORI alham no sentido de
10. C e • .. o de provas a respeito dos praticados, de modo

icio Anexo 1 - Procuradoria Ger. d Justiça, Cuiabá-MT /1


z -
CEP 78049-921 Fone/fax 3613 16 /1628
-~1011~~~111111111m...
180

MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DE MATO GROSSO


NÚCLEO DE AÇÕES DE. COMPETÊNCIA ORIGINÁRIA CRIMINAL— NACO
GRUPO DE ATUAÇÃO ESPECIAL CONTRA O CRIME ORGANIZADO — GAECO
que sua prisão é necessária parai ai GARANTIA DA INVESTIGAÇÃO CRIMINAL e
da futura INSTRUÇÃO PROCESSUAL PENAL.

No mais, analisando a adequação da medida à gravidade do crime,


circunstâncias do fato e condições pessoais do indiciado ou acusado (art. 282, II, do
CPP), verifica-se que a segregação cautelar é adequada à gravidade dos crimes
praticados pelos investigados, considerando que são delitos contra o erário, cujo
impacto social é contundente em áreas sociais tão deficitárias no Estado de Mato
Grosso, bem como se amolda às circunstâncias do fato, dada a atuação ardilosa
voltada à obstar a produção de prova e a habitualidade verificada que demonstra
que PAULO CESAR ZAMAR TAQUES, PEDRO JORGE ZAMAR TAQUES e
VALTER JOSÉ KOBORI têm a atividade criminosa como seu modo de vida e de
"trabalho", bem como é pertinente às condições pessoais dos investigados, todos
detentores de poder econômico e de fato necessários para turbar os trabalhos
investigativos, acrescendo-se, em relação a PAULO CESAR ZAMAR TAQUES o
poder político decorrente da próxima ligação familiar com o Governador do Estado,
do qual inclusive se valeu para perpetrar os crimes afirmando ter influência política.
Tais considerações também revelam não ser cabível a substituição da prisão
preventiva por outra medida cautelar (art. 282, § 6°).

4. DA MEDIDA CAUTELAR DIVERSA DA PRISÃO

É certo que o Código de Processo Penal reserva um título específico de


seu Livro I (Do processo em geral) para tratar das medidas cautelares ao processo
penal, qual seja, o Título IX, intitulado "Da prisão, das medidas cautelares e da
liberdade provisória".

k0;'
.
As medidas cautelares diversas da risão são enumeradas em rol não \--)
319, do Estatuto Processual P endo qu a sua regulamentação

'cio Anexo I — Prootiradoria 6 Justiça.-Ctiláb -MT


CEP 78049.921 — Fone/fax 3613 2/1628
181

1T
I Tribunal Pleno

!Fls..,

MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DE MATO GROSSO


NÚCLEO DE AÇÕES DE COMPETÊNCIA ORIGINÁRIA CRIMINAL — NACO
GRUPO DE ATUAÇÃO ESPECIAL CONTRA O CRIME ORGANIZADO — GAECO
se dá, basicamente, no art. 282, do mesmo Codex, que assim estabelece:

Art. 282. as medidas cautelares previstas neste título deverão ser aplicadas
observando-se a:
I - necessidade para aplicação da lei penal, para a investigação ou a
instrução criminal e, nos casos expressamente previstos, para evitar a
prática de infrações penais;
II - adequação da medida à gravidade do crime, circunstâncias do fato e
condições pessoais do indiciado ou acusado.
§ 1° as medidas cautelares poderão ser aplicadas isolada ou
cumulativamente.
§ 2° as medidas cautelares serão decretadas pelo juiz, de ofício ou a
requerimento das partes ou, quando no curso da investigação criminal, por
representação da autoridade policial ou mediante requerimento do ministério
público.
§ 3° ressalvados os casos de urgência ou de perigo de ineficácia da medida,
o juiz, ao receber o pedido de medida cautelar, determinará a intimação da
parte contrária, acompanhada de cópia do requerimento e das peças
necessárias, permanecendo os autos em juízo.
§ 4° no caso de descumprimento de qualquer das obrigações impostas, o
juiz, de ofício ou mediante requerimento do ministério público, de seu
assistente ou do querelante, poderá substituir a medida, impor outra em
cumulação, ou, em último caso, decretar a prisão preventiva (art. 312,
parágrafo único).
§ 5° o juiz poderá revogar a medida cautelar ou substituí-la quando verificar
a falta de motivo para que subsista, bem como voltar a decretá-la, se
sobrevierem razões que a justifiquem.
§ 6° a prisão preventiva será determinada quando não for cabível a sua
substituição por outra medida cautelar (art. 319).

As medidas cautelares são providências destinadas a assegurar a


eficácia do processo baseadas no poder geral de cautela do juiz, que decorre
diretamente da garantia fundamental do acesso ao Poder Judiciário prevista no art.
5°, XXXV da Constituição Federal de 1988.

Assim, pautado em juízo de probabilidade e em razão de circunstâncias


emergenciais que, se não atendidas, podem levar à ineficácia do provimento
jurisdicional, o juiz não apenas pode, mas deve determinar as medidas necessárias
ao acautelamento do processo e do direito do indivíduo.

dessa dinâmica, para que a poss o1 determinar u

Edific).o Anexo 1- Procuradoria Ger


CEP 78049421 - Fone/fax 3613162
1.S2

MINISTÉRIO PUBLICO DO ESTADO DE MATO GROSSO


NÚCLEO DE AÇÕES DE COMPETÊNCIA ORIGINÁRIA CRIMINAL- NACO
GRUPO DE ATUAÇÃO) ESPECIAL. CONTRA O CRIME ORGANIZADO - GAECO
providência de natureza cautellar é necessário que estejam presentes dois
pressupostos elementares: flÉmas boni juris (aparência do direito) e periduturni íllw
mora (risco da ineficácia).

No processo penal, embora o art. 282, do Código de Processo Penal, não


trate expressamente do fumus delicti - expressão do fumus boni juris -, fato é que
ele se faz necessário, não apenas porque ele é intrínseco a qualquer medida
cautelar, mas em razão de que ele é manifestamente exigido no art. 312, do citado
Codex, - que trata dos pressupostos e requisitos autorizadores da prisão preventiva
- e se consubstancia na necessidade da existência de prova da materialidade do
crime e de indícios de sua autoria. Nesse ponto, importa registar que o Estatuto
Processual Penal deixa claro que a prisão preventiva é espécie de medida cautelar,
bem como trata de ambos no mesmo capítulo, do que se extrai que o seu art. 312 se
aplica às medidas cautelares, mormente porque os requisitos ali postos são
repetidos no inciso I do seu art. 282.

O periculum in mora, por sua vez, é exigido no I do art. 282 do Código de


Processo Penal, alhures transcrito.

Por outro lado, é certo que as condições de admissibilidade da prisão


preventiva previstas no art. 313, do Código de Ritos Penais, não são exigidas para
as demais medidas cautelares, eis que condicionam a segregação cautelar por ser a
medida cautelar mais gravosa ao seu destinatário e, portanto, urge requisitos
peculiares mais rígidos.

No mais, cite-se que a Lei n. 12.850/2013 (Lei das Organizações


Criminosas), aplicável ao presente caso em sua integralidade, estabelece Ql
expressamente em seu art. 2°, § 5° que "se e ver indícios suficientes de que o
integra organização crimi, asa, poder o juiz determinar-,5eu
§1. •
'eu
mak - ua 04 s/n°, Edificio Anexo 1 - Procuradoria G e Justiça, Cu ba-MT
CEP 78049-921- Fone/fax 3613 1622/1628
183

Tribuna! Pleno
Tribunai

Fiz, Q3
MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DE MATO GROSSO
NÚCLEO DE AÇÕES DE COMPETÊNCIA ORIGINÁRIA CRIMINAL — NACO
GRUPO DE ATUAÇÃO ESPECIAL CONTRA O CRIME ORGANIZADO — GAECO
afastamento cautelar do cargo, emprego ou função, sem prejuízo da remuneração,
quando a medida se fizer necessária à investigação ou instrução processual".

4.1 FUMUS DELICTI

A prova da materialidade dos crimes investigados e os indícios de autoria


estão exaustivamente demonstrados no capítulo 1, denominado "DA AUTORIA E
MATERIALIDADE".

4.2 PERICULIM LIBERTATIS — JOSÉ EDUARDO BOTELHO

O investigado JOSÉ EDUARDO BOTELHO conta com participação


peculiar nas atividades da organização criminosa, pois num primeiro momento atua
de forma a dissimular a atuação de outros integrantes da OCRIM, em especial a de
MAURO LUIZ SAVI, e, posteriormente, após assumir o mandato eletivo, passa a se
valer das prerrogativas do cargos para garantir a continuidade do esquema, para
assegurar a perpetuação dos crimes