Você está na página 1de 86

MANUAL DE SERVIÇOS

GC135 • GC160
PRODUTOS DE FORÇA

GC135 • GC160

1
A07009901
00X6B-ZL8-001 IMPRESSO NO BRASIL MOTO HONDA DA AMAZÔNIA LTDA. 1999
1
GC135 • GC160

PREFÁCIO ÍNDICE GERAL


Este manual apresenta os componentes, funções e
procedimentos de serviço para os motores
ESPECIFICAÇÕES 1
estacionários GC135 e GC160 da HONDA.
A cuidadosa observância destas instruções
resultará em um serviço melhor e mais seguro. INFORMAÇÕES DE SERVIÇO 2
As ilustrações deste manual são baseadas no
modelo GC160 tipo Q. MANUTENÇÃO 3
SILENCIOSO 4
TODAS AS INFORMAÇÕES, ILUSTRAÇÕES,
PROCEDIMENTOS E ESPECIFICAÇÕES
CONJUNTO DE PARTIDA RETRÁTIL/
APRESENTADAS NESTA PUBLICAÇÃO SÃO
TAMPA DA VENTOINHA 5
BASEADAS NAS INFORMAÇÕES MAIS
RECENTES DISPONÍVEIS SOBRE O PRODUTO
NO MOMENTO DA APROVAÇÃO DA
IMPRESSÃO. A MOTO HONDA DA AMAZÔNIA
SISTEMA DE COMBUSTÍVEL 6
LTDA RESERVA-SE O DIREITO DE ALTERAR AS
CARACTERÍSTICAS DO PRODUTO A VOLANTE DO MOTOR/
QUALQUER MOMENTO E SEM PRÉVIO AVISO, BOBINA DE IGNIÇÃO 7
SEM QUE ISTO INCORRA EM QUAISQUER
OBRIGAÇÕES. NENHUMA PARTE DESTA POLIA DE COMANDO/ÁRVORE DE
PUBLICAÇÃO PODE SER REPRODUZIDA SEM MANIVELAS/PISTÃO/CILINDRO 8
AUTORIZAÇÃO PRÉVIA POR ESCRITO.

MOTO HONDA DA AMAZÔNIA LTDA.


FUNCIONAMENTO 9
Departamento de Serviços Pós-Vendas
Setor de Publicações Técnicas
GC135 • GC160
8. POLIA DE COMANDO/ ÁRVORE DE
INDICE GERAL MANIVELAS/PISTÃO/CILINDRO ........................... 8-1
1. POLIA DE COMANDO/
1. ESPECIFICAÇÕES ................................................. 1-1 BRAÇO OSCILANTE ...................................... 8-1
1. ESPECIFICAÇÕES ......................................... 1-1 2. TAMPA DA CARCAÇA/
2. DIMENSÕES E PESOS ................................... 1-2 ÁRVORE DE MANIVELAS/CILINDRO ............ 8-4
3. CURVAS DE DESEMPENHO.......................... 1-3 3. PISTÃO ........................................................... 8-7
4..VISTAS EM CORTE ........................................ 1-4 4. VÁLVULAS ..................................................... 8-9
5. VISTAS EM CORTE EIXO PTO ....................... 1-5 5. GOVERNADOR .............................................. 8-11
6. DIAGRAMAS ELÉTRICOS .............................. 1-7 6. INSPEÇÃO ..................................................... 8-15
7. RECONDICIONAMENTO DA SEDE
2. INFORMAÇÕES DE SERVIÇO ............................... 2-1 DA VÁLVULA.................................................. 8-22
1. A IMPORTÂNCIA DE UM
PROCEDIMENTO DE SERVIÇO CORRETO... 2-1 9. FUNCIONAMENTO ................................................. 9-1
2. PRECAUÇÕES IMPORTANTES PARA A 1. CORREIA DE SINCRONISMO EMBUTIDA...... 9-1
SEGURANÇA ................................................. 2-1
3. REGRAS DE SERVIÇO ................................... 2-2
4. LOCALIZAÇÃO DO NÚMERO DE SÉRIE ...... 2-2
5. ESPECIFICAÇÕES ......................................... 2-3
6. VALORES DE TORQUE.................................. 2-4
7. FERRAMENTAS ESPECIAIS........................... 2-5
8. DIAGNOSE DE DEFEITOS ............................. 2-6
9. PASSAGENS DE CABOS E FIAÇÕES............ 2-15

3. MANUTENÇÃO ....................................................... 3-1


1. TABELA DE MANUTENÇÃO .......................... 3-1
2. ÓLEO DO MOTOR ......................................... 3-2
3. FILTRO DE AR................................................ 3-4
4. VELA DE IGNIÇÃO......................................... 3-4
5. FOLGA DAS VÁLVULAS ................................ 3-5
6. CARBURADOR .............................................. 3-6
7. GOVERNADOR .............................................. 3-7
8. TANQUE DE COMBUSTÍVEL/
FILTRO DE COMBUSTÍVEL ........................... 3-7
9. LINHA DE COMBUSTÍVEL ............................. 3-8
10. DETENTOR DE FAGULHAS
(PEÇA OPCIONAL) ........................................ 3-8

4. SILENCIOSO ........................................................... 4-1


1. SILENCIOSO .................................................. 4-1

5. CONJUNTO DE PARTIDA RETRÁTIL/


TAMPA DA VENTOINHA ........................................ 5-1
1. CONJUNTO DE PARTIDA RETRÁTIL/
TAMPA DA VENTOINHA ................................ 5-1

6. SISTEMA DE COMBUSTÍVEL ................................ 6-1


1. TANQUE DE COMBUSTÍVEL .......................... 6-1
2. FILTRO DE AR/CARBURADOR...................... 6-3
3. BASE DE CONTROLE/
BRAÇO DO GOVERNADOR .......................... 6-9

7. VOLANTE DO MOTOR/BOBINA DE IGNIÇÃO...... 7-1


1. VOLANTE DO MOTOR/BOBINA DE
IGNIÇÃO ........................................................ 7-1
2. VÁLVULA DE RESPIRO................................... 7-5
GC135 • GC160 1. ESPECIFICAÇÕES
1. ESPECIFICAÇÕES 4. VISTAS EM CORTE
2. DIMENSÕES E PESOS 5. VISTAS EM CORTE EIXO PTO
1
3. CURVAS DE DESEMPENHO 6. DIAGRAMAS ELÉTRICOS

1. ESPECIFICAÇÕES
• MOTOR

Modelo GC135 GC160

Tipo 4 tempos, OHC com cilindro único

Cilindrada 135 cm3 160 cm3

Diâmetro e curso 64 x 42 mm 64 x 50 mm

Potência máxima 2,9 kW (4,5 cv/3.600 rpm) 3,7 kW (5,5 cv/3.600 rpm)

Torque máximo 8,6 N.m (0,88 kg.m) /2.500 rpm 10,3 N.m (1,05 kg.m) /2.500 rpm

Razão de compressão 8,5 : 1

Consumo de combustível 313 g/kwh (230 g/cv.h)

Sistema de arrefecimento Ar forçado

Sistema de ignição Ignição transistorizada com ímã

Ponto de ignição 20° A.P.M.S.

Vela de ignição BPR6ES (NGK)

Carburador Tipo horizontal com válvula de aceleração (borboleta)

Filtro de ar Tipo semi-seco

Governador Centrífugo

Sistema de lubrificação Lubrificação por salpicos

Capacidade de óleo 0,58 l

Temperatura recomendada
-15oC - 40oC
para a operação

Sistema de partida Partida retrátil

Sistema de parada Aterramento do circuito primário da ignição

Combustível recomendado Gasolina comum

Capacidade do tanque de combustível 1,7 l 2,0 l

Rotação do eixo P.T.O. Sentido anti-horário (visto do lado do eixo PTO)

1-1
ESPECIFICAÇÕES GC135 • GC160

2. DIMENSÕES E PESOS
GC135

Item Tipo PTO S Q W V P

Comprimento total 321 mm 330 mm 347 mm 340 mm 330mm

Largura total 369 mm

Altura total 315 mm

Peso seco 11,2 kg

Peso em ordem de marcha 13,5 kg

GC160

Item Tipo PTO S Q W V P

Comprimento total 328 mm 337 mm 354 mm 347 mm 337 mm

Largura total 369 mm

Altura total 331 mm

Peso seco 11,5 kg

Peso em ordem de marcha 13,5 kg

1-2
GC135 • GC160 ESPECIFICAÇÕES

3. CURVAS DE DESEMPENHO
Os testes foram efetuados de acordo com a norma SAE Nº J-1995. Na prática, a carga B.H.P. e a rotação do motor não
deverão exceder os limites definidos pela curva de "B.H.P Operacional Máximo Recomendado".
As operações contínuas não deverão exceder 80% do B.H.P Máximo.

GC135 GC160

TORQUE MÁXIMO

TORQUE (N.m)
TORQUE (N.m)
TORQUE MÁXIMO
(CV) (kW) (CV) (KW)

B.H.P MÁXIMO

B.H.P MÁXIMO
POTÊNCIA (B.H.P.)

POTÊNCIA (B.H.P.)

B.H.P. OPERACIONAL B.H.P. OPERACIONAL


MÁXIMO RECOMENDADO MÁXIMO RECOMENDADO

ESCALA DE ROTAÇÃO OPERACIONAL ESCALA DE ROTAÇÃO OPERACIONAL


RECOMENDADA RECOMENDADA

ROTAÇÕES DO MOTOR (rpm) ROTAÇÕES DO MOTOR (rpm)

*1: ROTAÇÃO NOMINAL *1: ROTAÇÃO NOMINAL

1-3
ESPECIFICAÇÕES GC135 • GC160

4. VISTAS EM CORTE
GC135: ( ) Unidade: mm
328: TIPO S, 337: TIPOS Q e P, 354: TIPO W, 347: TIPO V.
(321: TIPO S, 330: TIPOS Q e P, 347: TIPO W, 340: TIPO V)

275

32
30

ROSCA 1/2-20-UNF-2B
106

65.1 M8 x 1,25 Profundidade 15

67 ROSCA 5/16-24 UNF-2B 5


88 M8 x 1,25 Profundidade 15
96 80
35.7

369 28.5

LADO DO PTO 2 POSIÇÕES 221.5 147,5


(FURO) 10 x15
(0.2)
5

2 POSIÇÕES (Ø) 20
2 POSIÇÕES (Ø) 10
331[315]

325

1-4
GC135 • GC160 ESPECIFICAÇÕES

5. VISTAS EM CORTE EIXO PTO


Unidade: mm

• TIPO S

• TIPO Q
ROSCA 5/16-24-UNF-2B

1-5
ESPECIFICAÇÕES GC135 • GC160

• TIPO W

UNIDADE: MM

• TIPO V

Profundidade 2 x 1/4

• TIPO P

1-6
GC135 • GC160 ESPECIFICAÇÕES

6. DIAGRAMAS ELÉTRICOS
• Equipado com interruptor do nível de óleo.

MOTOR CONTATO DO
INTERRUPTOR
RUN ABERTO
STOP FECHADO

VELA DE BOBINA DE INTERRUPTOR DE INTERRUPTOR DO


IGNIÇÃO IGNIÇÃO PARADA DO MOTOR NÍVEL DE ÓLEO
(Contato aberto) (Contato fechado)

Bl PRETO Br MARROM
Y AMARELO O LARANJA
Bu AZUL Lb AZUL CLARO
• Sem interruptor do nível de óleo.
G VERDE Lg VERDE CLARO
R VERMELHO P ROSA
W BRANCO Gr CINZA

MOTOR CONTATO DO
INTERRUPTOR
RUN ABERTO
STOP FECHADO

VELA DE BOBINA DE INTERRUPTOR DE


IGNIÇÃO IGNIÇÃO PARADA DO MOTOR
(Contato aberto)

1-7
ESPECIFICAÇÕES GC135 • GC160

NOTAS

1-8
GC135 • GC160 2. INFORMAÇÕES DE SERVIÇO
1. A IMPORTÂNCIA DE UM PROCEDIMENTO DE 5. ESPECIFICAÇÕES
SERVIÇO CORRETO
6. VALORES DE TORQUE
2. PRECAUÇÕES IMPORTANTES PARA A
SEGURANÇA 7. FERRAMENTAS ESPECIAIS
8. DIAGNOSE DE DEFEITOS
3. REGRAS DE SERVIÇO 2
4. LOCALIZAÇÃO DO NÚMERO DE SÉRIE 9. PASSAGENS DE CABOS E FIAÇÕES

1. A IMPORTÂNCIA DE UM PROCEDIMENTO DE SERVIÇO CORRETO


Um procedimento de serviço efetuado corretamente é fundamental para a segurança do operador e para a confiabilidade do
motor estacionário. Omissões ou erros cometidos pelo técnico durante a manutenção podem facilmente resultar em uma
operação incorreta ou danos ao motor estacionário, ou em ferimentos ao operador.

• Um procedimento de serviço incorreto pode criar uma situação perigosa, podendo causar ferimentos graves.
• Siga cuidadosamente os procedimentos e precauções contidos neste manual.

Algumas da precauções mais importantes estão listadas abaixo. Entretanto, não é possível indicar todas as situações
potencialmente perigosas decorrentes dos serviços de manutenção ou reparos. Você é a única pessoa capaz de decidir se
deve ou não efetuar uma determinada tarefa.

• O não cumprimento das instruções de reparos e das precauções deste manual pode causar ferimentos graves.
• Siga cuidadosamente os procedimentos e precauções indicados neste manual.

2. PRECAUÇÕES IMPORTANTES PARA A SEGURANÇA


Certifique-se de que possua uma boa compreensão de todos os procedimentos básicos de segurança de trabalho em oficina
e de usar os equipamentos de segurança. Ao efetuar serviços de manutenção ou reparo, tenha cuidado especialmente com
os seguintes itens:

• Leia as instruções antes de iniciar os trabalhos e certifique-se de que possua a capacitação e as ferramentas
necessárias para efetuar o serviço com segurança.
Certifique-se de que o motor esteja desligado antes de iniciar qualquer manutenção ou reparo. Isto irá reduzir a possibilidade
de problemas graves;

• O monóxido de carbono nos gases de escapamento é venenoso.


Certifique-se de que haja uma ventilação adequada sempre que acionar o motor.

• Queimaduras nas peças aquecidas.


Deixe o motor esfriar antes de tocá-lo.

• Ferimentos nas partes móveis.


Não acione o motor a menos que seja instruído. Mesmo nestes casos, mantenha os dedos, mãos e roupas afastados do
motor.
Para reduzir a possibilidade de uma explosão, tenha cuidado ao trabalhar com gasolina. Use somente um solvente de
limpeza não inflamável para limpar as peças, não utilize gasolina. Mantenha cigarro, faíscas e chamas afastados das peças
relacionadas ao sistema de combustível.

2-1
INFORMAÇÕES DE SERVIÇO GC135 • GC160

3. REGRAS DE SERVIÇO
1. Utilize somente peças e lubrificantes genuínos Honda recomendados ou equivalentes. Peças que não estejam de acordo
com as especificações da Honda podem danificar o equipamento.
2. Utilize as ferramentas especiais projetadas especificamente para o produto.
3. Instale juntas, anéis de vedação, etc. novos ao montar os componentes.
4. Ao apertar uma série de parafusos e porcas, comece por aqueles que possuam o maior diâmetro ou pelos parafusos
internos. Aperte-os no torque especificado, em ordem cruzada, a menos que especificado diferentemente.
5. Após a desmontagem, limpe os componentes com solvente de limpeza. Lubrifique todas as superfícies deslizantes antes
da montagem.
6. Após a montagem, verifique se os componentes foram instalados corretamente e funcionam adequadamente.
7. Muitos parafusos utilizados neste motor estacionário são auto-travantes. Tenha cuidado para não apertá-los incorreta ou
excessivamente, o que poderia danificar as roscas ou o orifício de fixação.
8. Ao efetuar serviços nesta unidade, utilize somente ferramentas métricas. Os parafusos, porcas e fixadores métricos não
podem ser substituídos por seus equivalentes não métricos. A utilização de fixadores e ferramentas inadequados pode
danificar a unidade.
9. Siga as instruções representadas pelos símbolos a seguir sempre que indicado:

OIL
F E R R A M E N TA
GRAXA Aplicar graxa ESPECIAL :Utilizar a ferramenta especial :Aplicar óleo

O X O (O): Indica o tipo, comprimento e número de parafusos flange utilizados.


P : Indica a página de referência.

4. LOCALIZAÇÃO DO NÚMERO DE SÉRIE


O número de série do motor está gravado no bloco do motor. Consulte este número ao solicitar peças de reposição ou se tiver
dúvidas sobre procedimentos técnicos.

NÚMERO DE SÉRIE DO MOTOR

2-2
GC135 • GC160 INFORMAÇÕES DE SERVIÇO

5. ESPECIFICAÇÕES

Peça Item Padrão Limite de uso


Motor Rotações máximas 3.850 ± 150 rpm —
Marcha lenta 1.400 ± 150 rpm —
Compressão do cilindro 0,49 MPa 5,0 kg/cm2 —
(71 psi) a 600 rpm
Carburador Giclê principal GC135: # 60, GC160: #65 —
Nível da bóia 9,2 mm —
Abertura do parafuso de mistura GC135: 2 voltas para fora —
GC160: 1-3/4 voltas para fora —
Vela de ignição Folga 0,7 – 0,8 mm —
Válvulas Folga das válvulas ADM 0,15 ± 0,04 mm —
ESC 0,20 ± 0,04 mm —
D.E. da haste da válvula ADM 5,48 mm 5,318 mm
ESC 5,44 mm 5,275 mm
D.I. da guia da válvula ADM/ESC 5,50 mm 5,572 mm
Largura da sede ADM/ESC 0,7 mm 1,8 mm
Comprimento livre da mola ADM/ESC 34,0 mm 32,5 mm
Pistão D.E. da saia 63,969 mm 63,829 mm
Folga entre o pistão e o cilindro 0,031 – 0,070 mm 0,12 mm
D.I. da cavidade do pino do pistão 13,002 mm 13,048 mm
D.E. do pino do pistão 13,0 mm 12,954 mm
Anéis do pistão Espessura do anel 1º/2º anéis 1,5 mm 1,37 mm
Anel de óleo 2,5 mm 2,37 mm
Folga entre o anel e a canaleta:
1º/2º anéis/Anel de óleo 0,015 – 0,045 mm 0,15 mm
Folga das extremidades do anel: 1º anel 0,2 – 0,35 mm 1,0 mm
2º anel 0,3 – 0,45 mm 1,0 mm
Anel de óleo 0,15 – 0,35 mm 1,0 mm
Cilindro D.I. do cilindro 64,0 mm 64,165 mm
Biela D.I. da cabeça da biela 13,005 mm 13,07 mm
D.I. do colo da biela 26, 02 mm 26,066 mm
Folga de óleo do colo da biela 0,040 – 0,063 mm 0,12 mm
Folga lateral do colo da biela 0,1 – 0,4 mm 0,8 mm
Árvore de manivelas D.E. da árvore de manivelas Lado do PTO 27,993 mm 27,933 mm
Lado do estator 25,393 mm 25,333 mm
D.E do Mancal da Árvore de Manivelas 25,98 mm 25,92 mm
Bloco do Cilindro D.I. do Mancal Principal 25,420 mm 25,466 mm
Folga axial da Árvore de Manivelas 0,15 – 0,75 mm 1,0 mm
Tampa da carcaça D.I. do Mancal Principal 28,020 mm 28,066 mm
do motor
Polia do Comando Altura do ressalto 37,394 mm 37,369 mm
D.I. da Polia do Comando (Rolamento) 10,027 mm 10,075 mm
D.E. do Eixo da Polia do Comando 9,987 mm 9,920 mm
Braço Oscilante D.I do Braço Oscilante 6,000 mm 6,043 mm
D.E. do Eixo do Braço Oscilante 5,990 mm 5,953 mm
D.I do Rolamento do Eixo do Braço Oscilante 6,000 mm 6,043 mm
Bobina de ignição Resistência Bobina primária 1,0 – 1,2 Ω —
Bobina secundária 10,6 – 12,8 kΩ —
Folga de ar (no volante do motor) 0,2 – 0,6 mm —

2-3
INFORMAÇÕES DE SERVIÇO GC135 • GC160

6. VALORES DE TORQUE
Torque
Item Diâm. da rosca (mm)
N.m kg.m
Tampa da Carcaça do Motor M6 x 1,0 (CT) 12 1,2
Parafuso da biela M7 x 1,0 12 1,2
Contraporca de Ajuste das Válvulas M5 x 0,5 8 0,8
Parafuso da Tampa do Cabeçote M6 x 1,0 12 1,2
Parafuso de Drenagem do Óleo M12 x 1,5 24 2,4
Porca do volante do motor M14 x 1,5 52 5,2
Porca do Braço do Governador M6 x 1,0 10 1,0
Parafuso da Tampa de Respiro M6 x 1,0 12 1,2
Parafuso da Carcaça do filtro de ar M6 x 1,0 (CT) 10 1,0
Parafusos do silencioso M6 x 1,0 (CT) 12 1,2
Porca da Partida Retrátil M6 x 1,0 8,5 0,85
Prisioneiro da Tampa da Ventoinha M6 x 1,0 12 1,2
Prisioneiro do Tanque de Combustível M6 x 1,0 12 1,2
Parafuso, Porca do Tanque de Combustível M6 x 1,0 10 1,0
Parafuso da bomba de Combustível M5 x 0,8 3 0,3
Parafuso do Interruptor do Nível de Óleo M6 x 1,0 12 1,2
(Somente modelo equipado com interruptor
do nível de óleo)
Parafuso da Extensão do Medidor de Óleo M6 x 1,0 (CT) 12 1,2
Vela de Ignição M14 x 1,25 20 2,0

NOTA

• Utilize os valores de torque padrão para os fixadores que não estejam especificamente listados nesta tabela.
• (CT) Indica o parafuso auto-atarraxante

VALORES DE TORQUE PADRÃO

Torque
Item Diâm. da rosca (mm)
N.m kg.m
Parafuso 5 mm 4 0,4
6 mm 9 0,9
Parafuso e porca 5 mm 5,0 0,5
6 mm 10 1,0
8 mm 21 2,1
10 mm 34 3.4
12 mm 54 5,4
Parafuso Flange e porca 6 mm 12 1,2
8 mm 26 2,6
10 mm 39 3.9
Parafuso SH 6 mm 9 0,9

2-4
GC135 • GC160 INFORMAÇÕES DE SERVIÇO

7. FERRAMENTAS ESPECIAIS
Descrição Código da Ferramenta Aplicação

1. Medidor do nível da bóia 07701-0010000 Inspeção do nível da bóia do carburador


2. Chave "B" de Ajuste das Válvulas 07708-0030400 Ajuste da Folga das Válvulas

3. Acessório, 32 x 35 mm 07746-0010100 Remoção do rolamento 62/28


(Somente tipos V, W e P)
4. Acessório, 52 x 55 mm 07746-0010400 Instalação do rolamento 62/28
(Somente tipos V, W e P)
5. Guia, 28 mm 07746-0041100 Remoção/Instalação do rolamento 62/28
(Somente tipos V, W e P)
6. Instalador 07749-0010000 Instalador para as ferramentas 3, 4 e 5

7. Fresa da sede da válvula 45° Ø 27,2 07780-0010200 Recondicionamento da sede da válvula (ADM.ESC.)
8. Suporte da fresa da sede da válvula 07981-VA20100 ou Recondicionamento da sede da válvula
07981-VA20101
9. Escova de Limpeza 07998-VA20100 Limpeza da Câmara de Combustão

2-5
INFORMAÇÕES DE SERVIÇO GC135 • GC160

8. DIAGNOSE DE DEFEITOS
a. Sintomas Gerais e Possíveis Causas

Partida difícil. CUBA DO CARBURADOR com gasolina Drene a gasolina velha. Abasteça com
contaminada. gasolina nova.

VELA DE IGNIÇÃO solta ou sem faísca. Inspecione-a.p. 2-11.

FILTRO DE COMBUSTÍVEL obstruído. Limpe-o p. 3-8.

TUBO DIAFRAGMA desacoplado. Acople o tubo corretamente.p. 6-8.

BOMBA DE COMBUSTÍVEL obstruída. Substitua-a p. 6-3.

FILTRO DE COMBUSTÍVEL obstruído. Limpe-o p. 3-7.

CARBURADOR fora de ajuste. Reajuste-o p. 3-6.


Desmonte e inspecione-o p. 6-5 e 6-6.

Folga de ar da BOBINA DE IGNIÇÃO Reajuste-a p. 7-4.


desajustada.

BOBINA DE IGNIÇÃO defeituosa. Inspecione-a p. 7-4.

VELA DE IGNIÇÃO defeituosa. Inspecione-a p. 3-4.

GOVERNADOR fora de ajuste. Reajuste-o p. 3-7.

Motor sem potência. VELA DE IGNIÇÃO defeituosa. Inspecione-a p. 3-4.

FILTRO DE AR obstruído. Limpe-o p. 3-4.

GOVERNADOR fora de ajuste. Reajuste-o p. 3-7.

FOLGA DAS VÁLVULAS incorreta. Reajuste-a p. 3-5.

Verifique a página 2-7

2-6
GC135 • GC160 INFORMAÇÕES DE SERVIÇO

Continuação da página 2-6

VÁLVULA ou SEDE DA VÁLVULA Inspecione e corrija-as p. 8-20 até 8-22.


gastas ou danificadas.

ANEL DO PISTÃO, PISTÃO ou Desmonte e inspecione-os p. 8-4,


CILINDRO desgastados. 7,16 e 17.

DETENTOR DE FAGULHAS obstruído. Limpe ou substitua-o: p. 3-8.

O motor não irá BOBINA DE IGNIÇÃO DEFEITUOSA. Inspecione-a p. 7-4.


girar o suficiente.

CARBURADOR fora de ajuste. Reajuste-o p. 3-6.


Desmonte e inspecione-o p. 6-5 e 6-1.

VELA DE IGNIÇÃO defeituosa. Inspecione-a p. 3-4.

GOVERNADOR fora de ajuste. Reajuste-o p. 3-7.

Desempenho fraco CARBURADOR fora de ajuste. Reajuste-o p. 3-6.


em alta rotação. Desmonte e inspecione-o p. 6-5 e 6-6.

VELA DE IGNIÇÃO defeituosa. Inspecione-a p. 3-4.

FILTRO DE AR obstruído Limpe-o p. 3-4.

GOVERNADOR fora de ajuste. Reajuste-o p. 3-7.

Desempenho fraco CARBURADOR fora de ajuste. Reajuste-o p. 3-6.


em baixa rotação. Desmonte e inspecione-o p. 6-5 e 6-6.

FILTRO DE AR obstruído. Limpe-o p. 3-4.

GOVERNADOR fora de ajuste. Reajuste-o p. 3-7.

FOLGA DA VÁLVULA incorreta. Reajuste-a p. 3-5.

2-7
INFORMAÇÕES DE SERVIÇO GC135 • GC160

b. Partida Difícil

Primeiro, verifique o nível de Não há combustível Adicione combustível e acione o


combustível no tanque. no tanque motor novamente.

Nível de combustível normal


• Verifique se o tubo de
combustível, a tela ou o tubo da
bomba de combustível estão
Remova a vela de ignição e obstruídos.
verifique se o eletrodo está Seco • Verifique se o tubo diafragma está
danificado ou úmido. desacoplado
• Verifique se o giclê principal ou o
pulverizador do carburador estão
obstruídos.

• Limpe o eletrodo e acione o motor


Úmido novamente, tomando cuidado
para que o afogador não esteja
muito fechado.
• Caso esteja excessivamente
afogado, verifique a válvula da
bóia do carburador.

Verifique o sistema de ignição Sistema de ignição defeituoso


Sem faísca ou faísca fraca
(p. 2-11) (p. 7-4).

Faísca normal • Verifique se a folga das válvulas


está correta.
• Verifique se há excesso de carvão
depositado na câmara de
Verifique a compressão do combustão.
Compressão incorreta
cilindro. • Verifique se as válvulas ou suas
sedes estão defeituosas.
Compressão correta • Verifique se os anéis do pistão, o
pistão ou o cilindro estão
Instale a vela de ignição e acione o desgastados.
motor novamente.

Verificação da Compressão do Cilindro

1. Remova o supressor de ruído e a vela de ignição.Instale o


manômetro de compressão no orifício da vela de ignição. MANÔMETRO DE
COMPRESSÃO
2. Acione o motor várias vezes, com a partida retrátil, e meça a (Disponível
compressão. comercialmente)

Compressão 0,49 Mpa (5,0 kg/cm2, 71 psi)


a 600 rpm

2-8
GC135 • GC160 INFORMAÇÕES DE SERVIÇO

c. SISTEMA DE ADVERTÊNCIA DO NÍVEL DE ÓLEO (Modelo equipado com interruptor do nível de óleo).

Nunca acione o motor quando o óleo tiver sido drenado.

O motor não é acionado Verifique novamente utilizando uma Faísca O defeito existe em um
com o interruptor do motor vela de ignição nova (pág. 2-11) componente diferente do
na posição "ON" (ligado). sistema de advertência do
nível de óleo (Verifique as
Verifique o nível de óleo antes
Não há faísca páginas 2-6 à 2-8 referentes
de continuar. Adicione o óleo
a diagnose de defeitos)
para motor recomendado, se
for necessário.

Verifique a continuidade entre os continuidade • INTERRUPTOR DO
fios amarelo e verde do interruptor NÍVEL DE ÓLEO
do nível de óleo. defeituoso.
• Substitua o interruptor do
Não há nível de óleo (pág. 6-9).
continuidade

Desconecte o fio (preto) do Há faísca • INTERRUPTOR DO


interruptor do motor e realize o teste MOTOR defeituoso.
de faísca. • Substitua o interruptor do
motor (pág. 6-9).

• BOBINA DE IGNIÇÃO
Não há faísca defeituosa.
• Substitua a bobina de
ignição (pág. 7-1).

O motor não desliga com o Desconecte o fio (preto) do • INTERRUPTOR DO


Não há faísca
interruptor do motor na interruptor do motor. MOTOR defeituoso.
posição “OFF” (desligado). Aterre o fio preto do lado da bobina • Substitua o interruptor do
(O óleo do motor é suficiente) de ignição e realize o teste de faísca. motor (pág. 6-9).

• BOBINA DE IGNIÇÃO
Há faísca defeituosa.
• Substitua a bobina de
ignição (pág. 7-1).

Não há
O motor não desliga Verifique a continuidade entre os continuidade • INTERRUPTOR DO
quando o óleo do motor é fios amarelo e verde do interruptor NÍVEL DE ÓLEO
insuficiente. do nível de óleo. defeituoso.
Há continuidade • Substitua o interruptor do
nível de óleo (pág. 8-12).

Verifique a página 2-10

2-9
INFORMAÇÕES DE SERVIÇO GC135 • GC160

Continuação da pág. 2-9


Há continuidade

Desconecte o fio (preto) do • INTERRUPTOR DO


interruptor do motor. Aterre o fio preto Não há faísca MOTOR defeituoso.
do lado da bobina de ignição e • Substitua o interruptor do
realize o teste de faísca (pág. 2-11). motor (pág. 6-9).

• BOBINA DE IGNIÇÃO
Há faísca defeituosa.
• Substitua a bobina de
ignição (pág. 7-1).

2-10
GC135 • GC160 INFORMAÇÕES DE SERVIÇO

d. Sistema de Ignição

O motor não é acionado Teste a vela de ignição (veja abaixo)


com o interruptor do Folga da vela de ignição:
motor na posição "ON" 0,7 - 0,8 mm
(ligado).
Não há faísca

Verifique novamente com uma nova Substitua a vela de ignição.


vela de ignição nova. Há
faísca
Não há faísca

Desconecte o fio preto do interruptor • Interruptor do motor defeituoso.


do motor e verifique novamente. Há • Substitua o interruptor do motor
faísca (pág. 6-9).
Não há faísca

Cabo de alta tensão danificado ou • Substitua a bobina de ignição


com fuga de voltagem. transistorizada (pág. 7-1).
Anormal
Normal

Verifique o valor da resistência nas • Substitua a bobina de ignição


bobinas primária e secundária da transistorizada (pág. 7-1).
Anormal
bobina de ignição transistorizada
(pág. 7-4).
Bobina primária: 1,0 – 1,2 Ω
Bobina secundária: 10,6 – 12,8 kΩ

Teste de Faísca

1. Remova a vela de ignição. Instale a vela no supressor de


ruído e aterre o eletrodo lateral no parafuso da tampa do
cabeçote.
2. Coloque o interruptor do motor na posição “ON”. Acione a
partida retrátil e verifique se há faísca no eletrodo.

• Nunca segure o cabo da vela de ignição com as mãos


molhadas ao efetuar este teste.
• Certifique-se de que não haja respingos de combustível
sobre o motor e que a vela de ignição não esteja
encharcada com gasolina.
• Para evitar labaredas de fogo, não permita a presença
de faíscas próximas ao orifício da vela de ignição.

VELA DE IGNIÇÃO

2-11
INFORMAÇÕES DE SERVIÇO GC135 • GC160

e. O Motor é acionado porém morre em seguida

Não há combustível
Verifique o nível de combustível no tanque Adicione combustível e acione novamente o
motor.
Há combustível

Verifique se o tubo ou o filtro de combustível Anormal • Remova os materiais estranhos dos tubos de
estão obstruídos. combustível.
• Limpe o filtro de combustível (p. 3-7).
Normal

Inspecione o carburador quanto a instalação Anormal • Se o carburador estiver solto, aperte os


inadequada e ar secundário sugado através parafusos firmemente.
do isolante do carburador. • Verifique o isolante do carburador quanto a
danos e instale-o (p. 6-3).
Normal

Ajuste o parafuso da mistura (p. 3-6).

Sem faíca ou
faísca fraca • Substitua a vela de ignição e verifique
Verifique o sistema de ignição (p. 2-11).
novamente a presença de faísca.
• Verifique se existe fuga de corrente causado
pelo cabo e alta tensão danificado.
Faísca normal • Verifique a bobina de ignição (p. 7-4).

Meça a compressão do cilindro (p. 2-8). Anormal • Verifique se a folga das válvulas está correta
(p. 3-5).
Normal • Verifique se há excesso de carvão
depositado na câmara de combustão.
Acione o motor de acordo com os • Verifique quanto a válvulas ou assento de
procedimentos de partida. válvulas defeituosos.
• Verifique se o pistão, os anéis do pistão ou o
cilindro estão desgastados.

2-12
GC135 • GC160 INFORMAÇÕES DE SERVIÇO

f. O Motor não tem potência

Contaminado
Inspecione o elemento do filtro de ar (p. 3-4) Limpe o elemento do filtro de ar e substitua-o
se necessário. (p. 6-5).
Sem contaminação.

Anormal
Verifique se o giclêr principal ou o Limpe e substitua, se necessário (p. 6-5).
pulverizador não estão obstruídos.

Normal

Remova a vela de ignição e verifique os Anormal • Limpe a vela de ignição e ajuste a folga
eletrodos quanto a presença de carvão e a (p. 3-4).
folga da vela (p. 3-4). • Substitua a vela de ignição se necessário
(p. 8-9).

Normal
Sem faíca ou
Verifique o sistema de ignição (p. 2-11). faísca fraca • Substitua a vela de ignição e verifique
novamente a presença de faísca.
• Verifique se existe fuga de corrente causado
pelo cabo e alta tensão danificado.
Faísca • Verifique a bobina de ignição (p. 7-5).

Anormal.
Meça a compressão do cilindro (p. 2-8). • Verifique se a folga das válvulas está correta
(p. 3-5).
Normal • Verifique se há excesso de carvão
depositado na câmara de combustão.
Acione o motor de acordo com os • Verifique quanto a válvulas ou assento de
procedimentos de partida. válvulas defeituosos.
• Verifique se o pistão, os anéis do pistão ou o
cilindro estão desgastados.

2-13
INFORMAÇÕES DE SERVIÇO GC135 • GC160

g. As rotações do motor não aumentam

Incorreto
Verifique se o governador está desajustado. Ajuste o governador (p. 3-7).

Correto

Contaminado Limpe o elemento do filtro de ar e substitua-o,


Inspecione o elemento do filtro de ar (p. 3-4)
se necessário (p. 6-7).

Não está contaminado

Incorreto
Verifique a folga das válvulas (p. 3-5). Ajuste a folga das válvulas (p. 3-5).

Correto

Remova a vela de ignição e verifique os • Limpe a vela de ignição e ajuste a folga


Incorreto
eletrodos quanto a presença de carvão e a (p. 3-4).
folga da vela (p. 3-4). • Substitua a vela de ignição, se necessário
(p. 8-9).
Normal

Anormal
Verifique se o giclêr principal e o pulverizador Limpe e substitua, se necessário (p. 6-5).
não estão obstruídos.

Normal

Inspecione o carburador quanto a instalação • Se o carburador estiver solto, aperte os


Anormal.
inadequada e ar secundário sugado através parafusos firmemente.
do isolante do carburador. • Verifique o isolante do carburador quanto a
danos e instale-o (p. 6-3).
Normal

Anormal
Verifique as molas das válvulas (p. 8-20). Substitua as molas das válvulas (p. 8-9).

2-14
GC135 • GC160 INFORMAÇÕES DE SERVIÇO

9. PASSAGENS DE CABOS E FIAÇÕES

CABO DE ALTA
TENSÃO

FIAÇÃO DO
INTERRUPTOR
DE PARADA

INTERRUPTOR DE
PARADA DO MOTOR

PRESILHA DA FIAÇÃO DO
INTERRUPTOR DE
PARADA (Equipado com
Interruptor de Nível de Óleo)
BOBINA DE
IGNIÇÃO

PRESILHA DA FIAÇÃO
(Equipado com Interruptor
de Nível de Óleo)

FIAÇÃO DO
INTERRUPTOR DE NÍVEL
DE ÓLEO (Equipado com
Interruptor de Nível de Óleo)

2-15
MANUTENÇÃO GC135 • GC160

NOTAS

3-0
GC135 • GC160 3. MANUTENÇÃO
1. TABELA DE MANUTENÇÃO 7. GOVERNADOR
2. ÓLEO DO MOTOR 8. TANQUE DE COMBUSTÍVEL/FILTRO DE
COMBUSTÍVEL
3. FILTRO DE AR
9. LINHA DE COMBUSTÍVEL
4. VELA DE IGNIÇÃO
10. DETENTOR DE FAGULHAS
5. FOLGA DAS VÁLVULAS (PEÇA OPCIONAL)
6. CARBURADOR
3

1. TABELA DE MANUTENÇÃO
Intervalo de Serviço Após Primeiro A cada A cada A cada A cada Consulte
cada uso mês ou 3 mêses 3 mêses 100 horas 150 horas a
Item: Efetue a manutenção nos intervalos após ou ou página
de tempo indicados em meses ou horas 5 horas 25 horas 50 horas
de funcionamento, o que ocorrer primeiro.
Óleo do motor Verifique o nível O p. 3-2
Troque O O (1) p. 3-3
Filtro de ar Verifique O
p. 3-4
Limpe O (2)
Vela de ignição Ajuste - Limpe O p. 3-4
Detentor de Fagulhas
Limpe O p. 3-8
(Peça opcional)
Tanque e Filtro de Combustível Limpe O p. 3-7
Folga das válvulas Verifique - Ajuste O p. 3-5
Linha de combustível Verifique
(Substitua, se necessário) A cada 2 anos p. 3-8

NOTA
1. Troque o óleo do motor a cada 25 horas quando for utilizado com carga máxima ou em altas temperaturas.
2. Os serviços deverão ser efetuados com maior freqüência caso o motor seja utilizado em áreas com poeira.

3-1
MANUTENÇÃO GC135 • GC160

2. ÓLEO DO MOTOR TERRA

Sistema de alerta de óleo


(Somente com interruptor do nível de óleo.)

NOTA
Para maior conveniência, efetue este teste junto com a troca
de óleo do motor.
FIO PRETO
Drene o óleo com o motor quente e na posição horizontal para (INTERRUPTOR
assegurar uma drenagem completa e rápida. DE PARADA DO
MOTOR)
1. Com o motor funcionando, desconecte o fio preto do

interruptor do motor e aterre-o no motor. O motor deverá parar. TERRA

2. Com o motor parado e abastecido com óleo, e os fios do


interruptor do nível de óleo desconectados, verifique a
continuidade entre os fios amarelo e verde do interruptor. Não
deve haver continuidade.

3. Com o motor parado, o óleo do motor drenado e os fios do


interruptor do nível de óleo desconectados, verifique a
continuidade entre os fios amarelo e verde do interruptor. FIO AMARELO
Deve haver continuidade. (FIAÇÃO DO
INTERRUPTOR DE
NÍVEL DE ÓLEO)

Verificação do nível do óleo:

Verifique o nível do óleo com o motor desligado e apoiado em


uma superfície plana.

1. Remova a vareta medidora do nível de óleo e limpe-a.

TAMPA / MEDIDOR
DO NÍVEL DE ÓLEO

2. Instale a vareta medidora do nível de óleo no bocal de


abastecimento, porém não rosquei-a. TAMPA / MEDIDOR DO NÍVEL DE ÓLEO
Remova a vareta medidora e verifique o nível de óleo.

3. Se o nível estiver baixo, abasteça o motor até a marca superior


da vareta com o óleo de motor recomendado. Não deixe o óleo
escorrer.

4. Reinstale e aperte a tampa da vareta medidora firmemente. NÍVEL


SUPERIOR
NÍVEL
INFERIOR

3-2
GC135 • GC160 MANUTENÇÃO

TROCA DE ÓLEO DO MOTOR


TAMPA / MEDIDOR
DO NÍVEL DE ÓLEO
A drenagem pode ser efetuada mais completa e rapidamente
quando o motor ainda estiver quente.

1. Coloque um recipiente adequado sob o parafuso de


ARRUELA DO
drenagem. BUJÃO DE
DRENAGEM
2. Remova a tampa do gargalo de abastecimento e o parafuso
de drenagem do óleo. Incline o motor e deixe que o óleo seja
completamente drenado em um recipiente apropriado. BUJÃO DE
Recomendamos que descarte o óleo usado de forma a não DRENAGEM
agredir o meio ambiente. Sugerimos que seja depositado em
um recipiente vedado e levado para um centro de reciclagem
ou estação de serviço.
Não jogue no lixo, na terra ou no esgoto.
c

O óleo usado pode causar câncer, se permanecer em


contato com a pele por períodos prolongados. Apesar
desta condição ser altamente improvável, a não ser que o
óleo seja manuseado diariamente, lave bem as mãos com
sabão imediatamente após o manuseio. MANTENHA-O
FORA DO ALCANCE DAS CRIANÇAS.

3. Reinstale o parafuso de drenagem e aperte-o firmemente.

TORQUE: 24 N.m (2,4 kg.m)

4. Com o motor apoiado em uma superfície plana, abasteça a


TAMPA / MEDIDOR DO NÍVEL DE ÓLEO
carcaça do motor com o óleo recomendado até atingir a
marca de nível superior.

Capacidade de óleo do motor 0,58 l


Óleo do motor recomendado MOBIL SUPER MOTO 4T,
Classificação de serviço SF, LIMITE
Viscosidade SAE 20 W – 50 SUPERIOR

LIMITE
INFERIOR

5. Reinstale e aperte a tampa da vareta medidora firmemente.

VARETA
MEDIDORA

3-3
MANUTENÇÃO GC135 • GC160

3. FILTRO DE AR
Limpeza: CARCAÇA DO
FILTRO DE AR
LINGÜETAS
O filtro de ar sujo poderá restringir as passagens de ar para o DE FIXAÇÃO
carburador, reduzindo o desempenho do motor. Se o motor
operar em regiões com muita poeira, efetue a limpeza do filtro
de ar com mais freqüência do que recomendado na tabela de
manutenção.

NOTA

O funcionamento do motor sem o filtro de ar ou com um filtro de ELEMENTO


ar danificado, poderá ocasionar a entrada de sujeira no interior DO FILTRO
do motor, causando um desgaste prematuro do motor. Este tipo DE AR
(ELEMENTO
de defeito não é coberto pela garantia do produto. DE PAPEL)

1. Pressione as lingüetas travas, localizadas no lado do tanque LINGÜETAS


de combustível, da tampa e remova a tampa do filtro de ar.
2. Verifique cuidadosamente o elemento quanto a furos ou
trincas e substitua-o, se estiver danificado.
3. Bata varias vezes o elemento do filtro de ar em uma superfície
sólida para a remoção da sujeira ou aplique ar comprimido
(não exceda 207 kPa,(2,1 kgf/cm2, 30 psi) no lado limpo que
fica virado para o motor. TAMPA DO
Nunca utilize uma escova para limpar o elemento do filtro de FILTRO DE AR
CONDUTO
ar pois a sujeira poderá penetrar nas fibras e provocar danos. DE AR
4. Limpe a sujeira interna da tampa e da carcaça do filtro de ar
utilizando um pedaço de pano. Cuidado para não deixar a
sujeira penetrar no interior dos condutores de passagem do
carburador.

5. Reinstale o elemento do filtro de ar e a tampa.


ELEMENTO DO FILTRO DE AR

4. VELA DE IGNIÇÃO
Inspeção/ Limpeza

Vela de ignição recomendada: NGK BPR6ES

1. Limpe a sujeira ao redor da vela de ignição.


2. Remova o supressor de ruído e utilize uma chave de vela para
removê-la.

CHAVE DE VELA

3-4
GC135 • GC160 MANUTENÇÃO

3. Inspecione visualmente a vela de ignição. Descarte-a caso o


isolante esteja trincado ou danificado. O eletrodo central ELETRODO LATERAL
deverá ter extremidades quadradas e o eletrodo lateral não FOLGA 0,7 – 0,8 mm
deverá estar corroído. ESCOVA DE AÇO
4. Remova os depósitos de carvão com uma escova de aço.

5. Meça a folga da vela com um cálibre de lâminas


Folga da vela de iginição: 0,7 - 0,8 mm

Se necessário, ajuste-a, dobrando o eletrodo lateral.

6. Certifique-se de que a arruela de vedação esteja em boas


condições, substitua a vela , se necessário.

7. Instale a vela manualmente para assentar a arruela. Em


seguida, aperte-a com uma chave de vela (com 1/2 volta
adicional, se a vela for nova) para comprimir a arruela de
vedação. Caso a vela de ignição seja reutilizada, aperte-a 1/8 -
1/4 de volta depois de seu assentamento. TAMPA DO
a CANTO
CABEÇOTE

A vela de ignição deverá ser apertada firmemente. Caso


não seja apertada corretamente, a vela poderá ficar
quente e danificar o motor. CANTO
Nunca utilize velas com grau térmico incorreto. CANTO

5. FOLGA DAS VÁLVULAS CANTO


Inspeção/Ajuste:
NOTA 6 x 12 (4)

A inspeção e o ajuste da folga das válvulas deverão ser


efetuados com o motor frio.

1. Remova os quatro parafusos flange, 6 x 12 mm.


2. Remova a tampa de válvula, soltando lentamente os cantos
da tampa.
TAMPA DO
CABEÇOTE
NOTA

• Não tente soltar a tampa de válvula com força pois poderá


danificá-la.
• Substitua a tampa de válvula caso se estiver deformada.

3. Posicione o pistão no ponto morto superior da fase de


compressão (ambas as válvulas totalmente fechadas).
O ponto Morto Superior da fase de compressão é a posição de
alinhamento da superfície da tampa de válvula com as marcas de
referência da polia de comando. MARCAS DE ALINHAMENTO

c
POLIA DO
Se a válvula de escapamento abrir quando a superfície da COMANDO
tampa de válvula estiver alinhada com as marcas de
referência da polia de comando, gire a partida retrátil até
as marcas de referência ficarem alinhadas no lado oposto
da polia.

SUPERFÍCIE DA TAMPA DO CABEÇOTE

3-5
MANUTENÇÃO GC135 • GC160

4. Insira um cálibre de lâminas entre a haste de válvula e o F E R R A M E N TA


ESPECIAL
parafuso de ajuste no braço oscilante para medir a folga.
CHAVE "B" AJUSTE
ADM 0,15 ± 0,04 mm DE VÁLVULAS
Folga padrão da válvula
ESC 0,20 ± 0,04mm 07708-0030400

5. Caso o ajuste seja necessário, siga os seguintes


procedimentos:
CONTRAPORCA
a. Fixe o parafuso de ajuste utilizando a ferramenta especial e DE AJUSTE DE
solte a contraporca. VÁLVULA
b. Gire o parafuso de ajuste para obter a folga especificada nas
válvulas de admissão e escapamento.
c. Aperte o parafuso de ajuste novamente utilizando a
ferramenta especial enquanto fixa a contraporca.
PARAFUSO
DE AJUSTE
TORQUE: 8N.m (0,8 kg.m) DE VÁLVULA
CÁLIBRE DE LÂMINAS
FERRAMENTA:
Chave "B" de ajuste das válvulas 07708-0030400 CONTRAPORCA
DE AJUSTE DE
6. Inspecione a folga das válvulas novamente depois de apertar VÁLVULA
a contraporca.

7. Aplique uma junta líquida (Three Bond 1207, ou equivalente) HASTE DE


nas superfícies de contato e instale a tampa de válvulas VÁLVULA
(p. 8-3). Para aumentar a folga da válvula, gire a articulação para fora.
Para diminuir a folga da válvula, gire a articulação para dentro.
6. CARBURADOR
Parafuso da mistura

1. Acione o motor e deixe-o aquecer até atingir a temperatura


normal de funcionamento. PARAFUSO DE MISTURA

2. Com o motor em marcha lenta, gire o parafuso de mistura


para dentro ou para fora até atingir o ajuste que produza as
rotações mais altas no motor. O ajuste correto normalmente
será obtido pelo número aproximado de voltas indicado
abaixo, a partir da posição totalmente fechada do parafuso
(ligeiramente assentado).
Abertura do parafuso GC135 2 voltas para fora
de mistura GC160 1-3/4 volta para fora

PARAFUSO DE ACELERAÇÃO:
1. Acione o motor e deixe-o aquecer até atingir a temperatura
normal de funcionamento.

2. Gire o parafuso de aceleração para obter a marcha lenta PARAFUSO DE ACELERAÇÃO


padrão.

Marcha lenta padrão 1.400 ± 150 (rpm)

3-6
GC135 • GC160 MANUTENÇÃO

7. GOVERNADOR
Ajuste BRAÇO DO VÁLVULA DO
GOVERNADOR ACELERADOR ALAVANCA DE
CONTROLE
1. Remova o tanque de combustível.
2. Coloque a alavanca de controle na posição FAST.
3. Solte a porca do braço do governador.
4. Empurre o braço do governador para o lado do carburador
para abrir totalmente o acelerador.
5. Segure o acelerador completamente aberto, gire
completamente o eixo do braço do governador no sentido
horário e aperte a porca do braço do governador com o
torque especificado.

TORQUE: 10 N.m (1,0 kg.m)

6. Coloque a alavanca de controle na posição SLOW.


7. Com a alavanca de controle na posição SLOW verifique se a
válvula do acelerador está completamente fechada.
8. Verifique se o braço do governador e a válvula do acelerador
funcionam suavemente.
9. Acione o motor e deixe-o aquecer até atingir a temperatura
MOLA
normal de funcionamento. Gire a alavanca de controle até PORCA DO BRAÇO POSICIONADORA DO
obter a rotação máxima padrão. DO GOVERNADOR GOVERNADOR

Rotação Máxima Padrão (Sem carga) 3.850 ± 150 rpm


EIXO DO BRAÇO DO
GOVERNADOR
10. O ajuste é feito através da mola posicionadora da alavanca de
controle.

TANQUE DE
COMBUSTÍVEL
8. TANQUE DE COMBUSTÍVEL/FILTRO DE
COMBUSTÍVEL
Limpeza:

• A gasolina é altamente inflamável e explosiva sob


determinadas condições. Não fume nem permita a
presença de faíscas ou chamas próximas à área de
trabalho.
• Após instalar o filtro, verifique se há vazamentos e
certifique-se de que a área esteja seca antes de acionar
o motor.

1. Drene o combustível do tanque em um recipiente adequado. BOMBA DE


COMBUSTÍVEL

PARAFUSO-ARRUELA,
6 x 25 mm (2)
TUBO DE
COMBUSTÍVEL PORCA
FLANGE, 6 mm

3-7
MANUTENÇÃO GC135 • GC160

2. Desacople a linha de combustível e solte o filtro do tanque.


3. Limpe o filtro de combustível com solvente e certifique-se de TANQUE DE
que a tela não esteja danificada. COMBUSTÍVEL
4. Instale o filtro no tanque de combustível.
Conecte o tubo no tanque de combustível.
5. Instale o tanque de combustível.
6. Após a instalação verifique se não há vazamentos de
combustível

FILTRO DE
9. LINHA DE COMBUSTÍVEL COMBUSTÍVEL

Verificação

c TUBO DE
COMBUSTÍVEL
A gasolina é altamente inflamável e explosiva sob
determinadas condições. Não fume nem permita a
presença de faíscas ou chamas próximas à área de
trabalho.

1. Verifique se a linha de combustível está deteriorada, rachada


ou com sinais de vazamento.
2. Verifique se a bomba de combustível está suja ou com a BOMBA DE
presença de materiais estranhos. COMBUSTÍVEL
3. Drene o combustível em um recipiente adequado.
4. Substitua a linha de combustível, se necessário.

MANGUEIRA DO TANQUE
DE COMBUSTÍVEL

10. DETENTOR DE FAGULHAS


(PEÇA OPICIONAL) PARAFUSO AUTO-
ATARRAXANTE, 4 x 6 mm
Limpeza:

a PROTETOR DO
SILENCIOSO
O motor e o silencioso esquentam muito durante o
funcionamento e permanecem quente depois do motor
ser desligado. Certifique-se de que o motor esteja frio
antes da remoção/instalação do silencioso.

c
DETENTOR DE FAGULHAS
A manutenção do detentor de fagulhas deve ser efetuada (PEÇA OPCIONAL)
a cada 100 horas para garantir sua eficiência total.
6 x 12 (3)
1. Remova os três parafusos flange, 6 x 12 mm e remova o
protetor do silencioso.
2. Remova o parafuso auto-atarraxante, 4 x 6 mm e remova o
detentor de fagulhas do silencioso.

3-8
GC135 • GC160 MANUTENÇÃO

3. Verifique os depósitos de carbono ao redor da região de


escape e do detentor de fagulhas. Limpe-os se necessário,
utilizando uma escova de aço. TELA DO
DETENTOR DE
4. Substitua o detentor de fagulha caso esteja trincado ou FAGULHAS
danificado.

5. Instale o detentor de fagulhas e o protetor do silencioso na


ordem inversa da remoção.

NOTAS

3-9
SILENCIOSO GC135 • GC160

NOTAS

4-0
GC135 • GC160 4. SILENCIOSO
1. SILENCIOSO

1. SILENCIOSO
a. REMOÇÃO/INSTALAÇÃO

O motor e o silencioso esquentam muito durante o funcionamento e permanecem quente depois do motor ser
4
desligado. Certifique-se de que o motor esteja frio antes da remoção/instalação do silencioso.

SILENCIOSO
INSTALAÇÃO:
• Instale após a remoção dos depósitos de carvão
JUNTA DO SILENCIOSO do silencioso, batendo suavemente com um
(PEÇA OPCIONAL) martelo de plástico.
• Não bata na flange do vedador do silencioso
Não a reutilize. pois poderá danificá-la.
Se a flange estiver com sinais de entalhes ou
danificada, substitua o silencioso.
• Verifique se a região de escape do bloco do
cilindro está danificada.
FLANGE DO VEDADOR
DO SILENCIOSO

PARAFUSO AUTO-
ATARRAXANTE,
4 x 6 mm (2) PARAFUSO AUTO- REGIÃO DE ESCAPE
ATARRAXANTE,
4 x 6 mm (2) 6 x 79 (2)
12N.m (1,2 kg.m)
PROTETOR DO
SILENCIOSO PROTETOR DO
SILENCIOSO

DEFLETOR DO TAMPA DO
DETENTOR DE FAGULHAS SILENCIOSO SILENCIOSO
(PEÇA OPCIONAL)
INSTALAÇÃO:
Instale após a remoção dos
depósitos de carbono da tela
utilizando uma escova de aço.

6 x 12 (3)
PARAFUSO AUTO-
PLACA DO ATARRAXANTE, 4 x 6 mm (2)
DETENTOR DE
FAGULHAS
(PEÇA OPCIONAL)

4-1
CONJUNTO DE PARTIDA RETRÁTIL/
TAMPA DA VENTOINHA GC135 • GC160

NOTAS

5-0
GC135 • GC160 5. CONJUNTO DE PARTIDA RETRÁTIL/
TAMPA DA VENTOINHA

1. CONJUNTO DE PARTIDA RETRÁTIL/TAMPA


DA VENTOINHA

1. CONJUNTO DE PARTIDA
RETRÁTIL/TAMPA DA VENTOINHA
a. REMOÇÃO/INSTALAÇÃO

NOTA

• Substitua a corda de partida se estiver desfiada ou gasta.


• Não desmonte o conjunto de partida retrátil. 5
TAMPA DA VENTOINHA
INSTALAÇÃO
Verifique se o cabo de alta tensão está
firmemente fixado na ranhura da tampa
da ventoinha conforme mostrado.

RANHURA CABO DE ALTA


TENSÃO

ESPAÇADOR DA TAMPA
DA VENTOINHA

PARTIDA RETRÁTIL
PORCA FLANGE,
6 mm (3)
8,3 N.m (0,83 kg.m)

b. SUBSTITUIÇÃO DA CORDA RETRÁTIL DE PARTIDA

1. Puxe a alça retrátil de partida (até a corda de partida sair


completamente).

ALÇA DE
PARTIDA

5-1
CONJUNTO DE PARTIDA RETRÁTIL/
TAMPA DA VENTOINHA GC135 • GC160

2. Para prevenir que o carretel de partida retorne, fixe o carretel


e a carcaça de partida com um pedaço de barbante ou um CARRETEL DE PARTIDA
material equivalente conforme mostrado.

BRAÇADEIRA
CARCAÇA DA
PARTIDA RETRÁTIL

3. Solte os nós do lado da alça e do carretel e remova a corda


de partida.
CARRETEL DE
PARTIDA

CORDA DE
PARTIDA

ALÇA DE PARTIDA

4. Se a corda de partida quebrou ou o carretel retornou, alinhe o


orifício da carcaça de partida com o orifício do carretel
girando o carretel 5 voltas na direção da seta.

ORIFÍCIOS DE
CARCAÇA DA ALINHAMENTO
PARTIDA RETRÁTIL

CARRETEL DE PARTIDA

5-2
CONJUNTO DE PARTIDA RETRÁTIL/
GC135 • GC160 TAMPA DA VENTOINHA

5. Passe a corda de partida através do orifício da alça de


CARRETEL DE
partida e dê um nó na sua extremidade em forma de oito. PARTIDA

6. Passe a outra extremidade da corda de partida através do


orifício da carcaça de partida e do orifício do carretel de CORDA DE
partida dê um nó na sua extremidade em forma de oito. PARTIDA

ALÇA DE PARTIDA

7. Em seguida, enrole a corda de partida ao redor do carretel de


partida.
8. Puxe a corda de partida várias vezes e verifique se a catraca
está funcionando corretamente.

CATRACAS

NOTAS

5-3
SISTEMA DE COMBUSTÍVEL GC135 • GC160

NOTAS

6-0
SISTEMA DE
GC135 • GC160 6. COMBUSTÍVEL

1. TANQUE DE COMBUSTÍVEL 3. BASE DE CONTROLE/BRAÇO DO


2. FILTRO DE AR/ CARBURADOR GOVERNADOR

1. TANQUE DE COMBUSTÍVEL
TANQUE DE COMBUSTÍVEL
a. REMOÇÃO/INSTALAÇÃO
CAPACIDADE DO TANQUE:
Antes da desmontagem, drene completamente o carburador. GC135: 1,7 l
GC160: 2,0 l
c
LIMPEZA: p. 3-7
INSTALAÇÃO:
A gasolina é altamente inflamável e explosiva sob Lave o tanque para remover os
determinadas condições. Não fume nem permita a presença sedimentos e seque-o completamente
de faíscas ou chamas próximas à área de trabalho. antes da montagem.

TAMPA DO TANQUE
DE COMBUSTÍVEL 6
MONTAGEM:
Certifique-se de que
o orifício de respiro
esteja desobstruído e
limpo. Aplique ar
comprimido, se
necessário.
BORRACHA "B" DE
FIXAÇÃO DO
TANQUE DE
COMBUSTÍVEL (2)
ESPAÇADOR
14 x 1,6 mm (2)

PARAFUSO-
ARRUELA,
6 x 25 mm (2)
10 N.m (1,0 kg.m)

PRISIONEIRO DO TANQUE
DE COMBUSTÍVEL PORCA FLANGE, 6mm
12 N.m (1,2 kg.m) 10 N.m (1,0 kg.m)

ARRUELA ESPECIAL, 6mm BUCHA DE FIXAÇÃO

BORRACHA "A" DE
PRESILHA "B10" DO FIXAÇÃO DO TANQUE
TUBO FILTRO DE COMBUSTÍVEL DE COMBUSTÍVEL
PRESILHA
"B 11" DO LIMPEZA: p. 3-7
MANGUEIRA DO TANQUE TUBO INSTALAÇÃO:
DE COMBUSTÍVEL Certifique-se de que o filtro não
esteja sujo nem danificado antes da
VERIFICAÇÃO: p. 3-8 instalação.
INSTALAÇÃO: p. 6-2

6-1
SISTEMA DE COMBUSTÍVEL GC135 • GC160

• MANGUEIRA DO TANQUE DE COMBUSTÍVEL VISTA TRASEIRA DA BOMBA DE COMBUSTÍVEL:


INSTALAÇÃO:

1. Acople a mangueira de extremidade de diâmetro maior no


tanque de combustível. MARCA ""
2. Acople a mangueira de extremidade de diâmetro menor no
lado marcado com "" da bomba de combustível.
BOMBA DE
COMBUSTÍVEL

CONECTOR DA
MANGUEIRA DO
TANQUE DE
COMBUSTÍVEL
(MANGUEIRA
DO TANQUE DE DIÂMETRO MENOR
COMBUSTÍVEL)

DIÂMETRO
MAIOR

NOTAS

6-2
GC135 • GC160 SISTEMA DE COMBUSTÍVEL

2. FILTRO DE AR/CARBURADOR
a. REMOÇÃO/INSTALAÇÃO

Antes da desmontagem, drene completamente o carburador.

A gasolina é altamente inflamável e explosiva sob determinadas condições. Não fume nem permita a presença de
faíscas ou chamas próximas à área de trabalho.

A montagem com a falta de algumas peças poderá provocar a entrada de sujeira no sistema de admissão e danificar
o motor.

Remova o tanque de combustível (p. 6-1).

JUNTA DO ISOLANTE ISOLANTE DO CARBURADOR


Não reutilize. INSTALAÇÃO:
Limpe as passagens com ar
comprimido e antes da
instalação.

GUIA DE AR
INSTALAÇÃO:
Substitua a junta
CARBURADOR caso esteja
danificada.
DESMONTAGEM/MONTAGEM:
p. 6-5
INSPEÇÃO: p. 6-6
AJUSTE: p. 3-6
HASTE DO
BORRACHA DA HASTE DO AFOGADOR AFOGADOR
REMOÇÃO/
INSTALAÇÃO: p. 6-7

FILTRO DE AR
DESMONTAGEM/
MONTAGEM: p. 6-7
INSTALAÇÃO: p. 6-8

6 x 112 (2)
10 N.m (1,0 kg.m)

SUPORTE "A" DO
TANQUE DE JUNTA DO FILTRO DE AR
JUNTA DO CARBURADOR COMBUSTÍVEL
Não reutilize.
Não reutilize.

6-3
SISTEMA DE COMBUSTÍVEL GC135 • GC160

MOLA DE RETORNO DO ACELERADOR


HASTE DO GOVERNADOR
REMOÇÃO/INSTALAÇÃO: p. 6-7
REMOÇÃO/INSTALAÇÃO:
p. 6-7

PARAFUSO-ARRUELA 5 x 14 mm (2)
3 N.m (0,3 kg.m)

MANGUEIRA DE COMBUSTÍVEL
VERIFICAÇÃO: p. 3-8
TUBO DIAFRAGMA INSTALAÇÃO: p. 6-8
INSPEÇÃO:
Verifique se não está rachado ou
deteriorado antes da instalação e PRESILHA "C9"
substitua-o se necessário. DA MANGUEIRA
INSTALAÇÃO: p. 6-8

PRESILHA "B8"
DA MANGUEIRA
BOMBA DE COMBUSTÍVEL

INSTALAÇÃO: p. 6-8

6-4
GC135 • GC160 SISTEMA DE COMBUSTÍVEL

b. DESMONTAGEM/MONTAGEM DO CARBURADOR

Remova o parafuso de drenagem e drene o carburador antes da


remoção.

A gasolina é altamente inflamável e explosiva sob


determinadas condições. Não fume nem permita a
presença de faíscas ou chamas próximas à área de PARAFUSO DE MISTURA
trabalho. PARAFUSO,
5 x 6 mm AJUSTE: p. 3-6

NOTA

Limpe a parte externa do carburador antes da desmontagem. PARAFUSO DE ACELERAÇÃO


AJUSTE: p. 3-6

CARCAÇA DO CARBURADOR PULVERIZADOR PRINCIPAL


Limpe as passagens internas e os MONTAGEM:
orifícios com ar comprimido antes Limpe completamente
da instalação. com ar comprimido
antes da instalação.
VÁLVULA DA BÓIA
MONTAGEM:
Antes da instalação, inspecione quanto a
desgaste na sede ou na válvula da bóia GICLÊ PRINCIPAL
e verifique se a mola está fraca.
MONTAGEM:
Limpe completamente com
ar comprimido antes da
SEDE DA instalação.
VÁLVULA DA BÓIA PINO DA Número do Giclê principal
VÁLVULA BÓIA JUNTA
DA CUBA GC135: #60
DA BÓIA GC160: #65 GICLÊ
PRINCIPAL
CORRETA SUBSTITUA

BÓIA ANEL DE VEDAÇÃO

MONTAGEM:
Após a instalação, verifique se a bóia apresenta PARAFUSO DE DRENAGEM
um movimento suave.
INSPEÇÃO: p. 6-6
CUBA DA BÓIA
PARAFUSO DE FIXAÇÃO
DESMONTAGEM:
Instale-a de forma que o parafuso de drenagem esteja virado MONTAGEM:
para o parafuso de aceleração. Após a montagem, verifique se há
PARAFUSO DE ACELERAÇÃO indícios de vazamento de
combustível.

TUBO, 4 x 7 x 150 mm

PARAFUSO DE
DRENAGEM

6-5
SISTEMA DE COMBUSTÍVEL GC135 • GC160

c. INSPEÇÃO

• NÍVEL DA BÓIA
Coloque o carburador virado para cima e meça a distância entre a
parte superior da bóia e a carcaça do carburador na posição em
que a bóia toca na válvula.

FERRAMENTA:
Medidor do nível da bóia 07401-0010000
F E R R A M E N TA
ESPECIAL

Nível padrão 9,2 mm MEDIDOR DO


NÍVEL DA
Caso o nível esteja fora da especificação, substitua a bóia. BÓIA
Verifique o funcionamento da bóia. 07401-0010000

NOTAS

6-6
GC135 • GC160 SISTEMA DE COMBUSTÍVEL

d. DESMONTAGEM/MONTAGEM DO FILTRO DE AR
TUBO DE RESPIRO
INSTALAÇÃO:
• Acople uma das extremidades no orifício da tampa
TAMPA DO FILTRO DE AR de respiro e a outra extremidade na carcaça do
filtro de ar.
• Certifique-se de passar o tubo de respiro por trás
da mola do governador .
CARCAÇA DO
FILTRO DE AR TUBO DE RESPIRO

FILTRO DE AR
(ELEMENTO DE PAPEL)
LIMPEZA: p.3-4

CARCAÇA DO
FILTRO DE AR
INSTALAÇÃO TAMPA DE
Antes da instalação, limpe RESPIRO
a parte interna da carcaça
com ar comprimido. MOLA DO
GOVERNADOR

e. REMOÇÃO/INSTALAÇÃO

• HASTE DO GOVERNADOR/MOLA DE RETORNO DO HASTE DO


ACELERADOR/HASTE DO AFOGADOR GOVERNADOR
MOLA DE
REMOÇÃO: RETORNO DO VÁLVULA DO
ACELERADOR ACELERADOR
1. Solte a mola de retorno do acelerador.
2. Remova os dois parafusos flange, 6 x 112 mm da carcaça do
filtro de ar (p. 6-3). HASTE DO
3. Desacople a borracha da haste do afogador do suporte "A" do AFOGADOR
tanque de combustível e remova a haste do braço da válvula
do afogador.
4. Remova o conjunto do filtro de ar, junta do filtro de ar, guia de
ar, isolante do carburador e a junta do isolante (p. 6-3).
5. Solte a haste do governador do braço do acelerador.

INSTALAÇÃO:

1. Enganche a haste do afogador no braço do acelerador.


2. Enganche a haste do governador no orifício maior do braço
do acelerador.
Enganche a mola de retorno do acelerador no orifício menor
do braço do acelerador. ORIFÍCIO
3. Instale a junta do carburador, isolante do carburador, guia de MENOR
VÁLVULA DO
ar, suporte "A" do tanque de combustível, junta do carburador, AFOGADOR
junta do filtro de ar e o conjunto do filtro de ar (p. 6-3). ORIFÍCIO
MAIOR

6-7
SISTEMA DE COMBUSTÍVEL GC135 • GC160

• BOMBA DE COMBUSTÍVEL/MANGUEIRA DE VISTA DA TRASEIRA DA BOMBA DE COMBUSTÍVEL:


COMBUSTÍVEL/MANGUEIRA DO DIAFRAGMA

INSTALAÇÃO:
MARCA "" BOMBA DE
1. Instale a bomba de combustível no suporte "A" do tanque de COMBUSTÍVEL
combustível com o conector do tanque virado para o lado
esquerdo.
2. Acople a extremidade com diâmetro maior da mangueira de
combustível no conector da bomba de combustível marcado
com "".
CONECTOR DA
3. Acople a extremidade com diâmetro menor da mangueira de MANGUEIRA DE
combustível no carburador. COMBUSTÍVEL
4. Acople a extremidade com diâmetro menor da mangueira do
diafragma no conector da bomba de combustível marcado
com “P”.
5. Acople a extremidade com diâmetro maior da mangueira do MARCA "P" CONECTOR DA
diafragma na tampa da carcaça do motor. MANGUEIRA
(MANGUEIRA DE DO DIAFRAGMA
COMBUSTÍVEL)

DIÂMETRO
MENOR

DIÂMETRO
MAIOR

(MANGUEIRA DO DIAFRAGMA)

DIÂMETRO MENOR

DIÂMETRO
MAIOR

CARCAÇA DO GUIA
FILTRO DE AR
• FILTRO DE AR
INSTALAÇÃO:

Instale o filtro de ar de maneira que a fiação do interruptor de


parada do motor passe através da guia da carcaça do filtro de
ar.

FIAÇÃO DO
INTERRUPTOR
DE PARADA

6-8
GC135 • GC160 SISTEMA DE COMBUSTÍVEL

3. BASE DE CONTROLE/BRAÇO DO GOVERNADOR


a. DESMONTAGEM/MONTAGEM

1. Remova o filtro de ar e o carburador (p. 6-3).


2. Remova a partida retrátil e a tampa da ventoinha (p. 5-1).

• ACELERADOR MANUAL (Tipos Q, S, W e P)

FIAÇÃO DO
MOLA DE RETORNO INTERRUPTOR
DO ACELERADOR DO MOTOR
BRAÇO DO
GOVERNADOR MONTAGEM:
MONTAGEM: • Enganche as extremidades PRESILHA “A”
Ajuste o nos furos menores do braço
governador do governador e acelerador.
(p. 3-7). • Instale a mola com a
extremidade mais larga
virada para o carburador.

MOLA DO
GOVERNADOR
MONTAGEM: p. 6-11 HASTE DO
Instale com a extremidade GOVERNADOR
mais curta virada para o
braço do governador.

PORCA DO BRAÇO
DO GOVERNADOR
10N.m (1,0 kg.m)

PARAFUSO DO BRAÇO
DO GOVERNADOR
INTERRUPTOR DE
PARADA DO MOTOR 6 x 14 (2)
INSPEÇÃO: p. 6-11
PONTO “A”
ARRUELA, 4 mm
BASE DE CONTROLE
PARAFUSO- ESPAÇADOR DA ALAVANCA DE
ARRUELA, 4 x 12 mm CONTROLE
1,8 N.m (0,18 kg.m)
RANHURA

PORCA AUTO-TRAVANTE, 6 x 12
6 mm

ARRUELA DA ALAVANCA
DE CONTROLE MOLA DA
ALAVANCA
MONTAGEM: ALAVANCA DE
Alinhe o ponto "A" da base de CONTROLE
controle com a ranhura da arruela PLACA LATERAL
da alavanca de controle.

6-9
SISTEMA DE COMBUSTÍVEL GC135 • GC160

• TIPO ACELERADOR COM CONTROLE REMOTO


(TIPOS Q e S)
(Cabo rígido)

PARAFUSO, 5 x 16 mm

VARETA DA ALAVANCA
DE CONTROLE SUPORTE
DO CABO

INTERRUPTOR DE
PARADA DO MOTOR
INSPEÇÃO: p. 6-11

• TIPO ACELERADOR MANUAL (TIPO V)

PARAFUSO
DE AJUSTE

MOLA DE AJUSTE
DE CONTROLE

INTERRUPTOR DE
PARADA DO MOTOR
INSPEÇÃO: p. 6-11

ALAVANCA DO
INTERRUPTOR DE
PARADA

ALAVANCA DE
CONTROLE

6-10
GC135 • GC160 SISTEMA DE COMBUSTÍVEL

• MOLA DO GOVERNADOR
ALAVANCA DE CONTROLE
MONTAGEM:

1. Enganche a extremidade maior da mola do governador no


orifício da alavanca de controle. MOLA DO
2. Gire a mola para o lado do braço do governador e instale a GOVERNADOR
mola na alavanca de controle conforme mostrado.
3. Enganche a extremidade menor da mola do governador no GIRE
braço do governador.

ALAVANCA DE
CONTROLE

BRAÇO DO MOLA DO
GOVERNADOR GOVERNADOR

b. INSPEÇÃO

• INTERRUPTOR DE PARADA DO MOTOR

Deverá haver continuidade quando o botão do interruptor está


pressionado.
Não deverá haver continuidade quando o botão do interruptor
estiver solto.

Substitua o interruptor de parada do motor se o teste de


continuidade não estiver de acordo com o especificado. BOTÃO

6-11
VOLANTE DO MOTOR/BOBINA DE IGNIÇÃO GC135 • GC160

NOTAS

7-0
GC135 • GC160 7. VOLANTE DO MOTOR/
BOBINA DE IGNIÇÃO

1. VOLANTE DO MOTOR/BOBINA DE IGNIÇÃO 2. VÁLVULA DE RESPIRO

1. VOLANTE DO MOTOR/BOBINA DE IGNIÇÃO


a. DESMONTAGEM/MONTAGEM:

1. Remova a partida retrátil e a tampa da ventoinha (p. 5-1).


2. Remova o filtro de ar e o carburador (p. 6-3).
3. Remova a base de controle e o braço do governador (p. 6-9).

FIAÇÃO DO INTERRUPTOR
DO MOTOR (Modelo sem FIAÇÃO DO INTERRUPTOR DO
interruptor no nível de óleo) MOTOR
CABO DE ALTA TENSÃO (Equipado com interruptor do nível
de óleo)
MONTAGEM:
Inspecione o isolamento INSPEÇÃO: p. 7-2
quanto a trincas ou
danos; substitua o cabo,
se necessário. 7
BOBINA DE IGNIÇÃO
INSPEÇÃO: p. 7-4
AJUSTE: p. 7-4

6 x 20
PRESILHA DA FIAÇÃO DO INTERRUPTOR DO MOTOR
(Equipado com interruptor do nível de óleo)
6 x 12 (2) (Equipado com interruptor do nível
de óleo)
FIXADOR DO CABO(Equipado com
interruptor do nível de óleo)

VOLANTE DO MOTOR
ATENÇÃO:
Ao desmontar e montar o
volante do motor, tenha
cuidado para não danificar
suas pás.
REMOÇÃO: p. 7-2
INSTALAÇÃO: p. 7-3
PRISIONEIRO DA TAMPA
DA VENTOINHA (3)
12 N.m (1,2 kg.m)
PORCA ESPECIAL,
CHAVETA WOODRUFF 14 mm
ESPECIAL,25 x 18 mm
REMOÇÃO: p. 7-2
MONTAGEM: INSTALAÇÃO: p. 7-3
Após instalar o volante do motor, certifique-se TORQUE: 52 N.m
de que a chaveta Woodruff permaneça em sua (5,2kg.m)
ranhura na árvore de manivelas.

7-1
VOLANTE DO MOTOR/BOBINA DE IGNIÇÃO GC135 • GC160

• FIAÇÃO DO INTERRUPTOR DE PARADA (Sem


interruptor do nível de óleo)
INSTALAÇÃO:
Passe a fiação do interruptor de parada pelo lado traseiro da FIAÇÃO DO
bobina de ignição conforme mostrado. INTERRUPTOR
DE PARADA
DO MOTOR

BOBINA DE IGNIÇÃO

• ESTATOR/PORCA ESPECIAL, 14 mm
REMOÇÃO:
1. Remova a bobina de ignição (p. 7-1).
2. Fixe o estator utilizando uma cinta de fixação disponível
comercialmente e remova a porca especial, 14 mm.

NOTA

Não solte a porca colocando uma chave de fenda ou RESSALTOS


ferramenta equivalente entre as aletas e ressaltos.

CINTA DE
FIXAÇÃO(disponível
comercialmente)

PORCA ESPECIAL, 14 mm

3. Posicione as partes magnéticas do estator na posição PARTES MAGNÉTICAS


mostrada.

7-2
GC135 • GC160 VOLANTE DO MOTOR/BOBINA DE IGNIÇÃO

4. Utilize um extrator de estator de 6 polegadas disponível


comercialmente, Posicione as garras do extrator sob as partes
magnéticas do estator. EXTRATOR DO
ESTATOR (Disponível
NOTA comercialmente)

• Não posicione as garras do extrator em partes que não


sejam as partes magnéticas do estator.
• Coloque um pedaço de pano ou material equivalente entre o
estator e as garras do extrator.
PEDAÇO
5. Aperte o extrator e remova o estator. DE PANO

Não bata no estator durante a desmontagem.

PARTES MAGNÉTICAS

INSTALAÇÃO: PORCA ESPECIAL, 14 mm


c

• Certifique-se de que a região da rosca não está suja com


pó, óleo, graxa ou outros materiais estranhos antes da
instalação.
• Certifique-se de que não há nenhuma arruela ou
materiais estranhos presos nas partes magnéticas.

1. Certifique-se de que a chaveta Woodruff está posicionada


corretamente em sua ranhura. CINTA DE FIXAÇÃO
(Disponível
comercialmente)
2. Instale o estator.

3. Aplique óleo nas roscas.

4. Prenda o estator com uma cinta de fixação disponível


comercialmente e aperte a porca especial, 14 mm com o
torque especificado.
TORQUE: 52 N.m (5,2 kg.m)

7-3
VOLANTE DO MOTOR/BOBINA DE IGNIÇÃO GC135 • GC160

b. INSPEÇÃO

• BOBINA DE IGNIÇÃO
Lado primário
Meça a resistência da bobina primária, conectando uma ponta
de prova do ohmímetro no fio primário da bobina de ignição ao
mesmo tempo em que encosta a outra ponta de prova no núcleo
de ferro.

Resistência do lado primário 1,0 - 1,2 Ω

Lado secundário
Meça a resistência do lado secundário da bobina, removendo o
supressor de ruído da vela de ignição e encostando a ponta de
prova no cabo da vela ao mesmo tempo em que toca a outra
ponta de prova no núcleo de ferro da bobina.

Resistência do lado secundário 10,6 - 12,8 kΩ

c. AJUSTE
BOBINA DE IGNIÇÃO
• FOLGA DE AR DA BOBINA DE IGNIÇÃO
CÁLIBRE DE
Ajuste conforme necessário somente quando a bobina de LÂMINAS
ignição ou o volante do motor forem removidos.

1. Solte os parafusos da bobina de ignição.


2. Insira um cálibre de lâminas longo ou um pedaço de papel
com espessura adequada entre a bobina de ignição e o
volante do motor.
Ambas as folgas deverão ser ajustadas simultaneamente.

3. Empurre a bobina firmemente na direção do volante do motor


e aperte os parafusos. BOBINA DE IGNIÇÃO

Folga especificada 0,2 – 0,6 mm


0,2 - 0,6 mm

NOTA
0,2 – 0,6 mm
Durante o ajuste, não toque na parte com imã do volante do
motor.

ESTATOR

7-4
GC135 • GC160 VOLANTE DO MOTOR/BOBINA DE IGNIÇÃO

2. VÁLVULA DE RESPIRO
a . REMOÇÃO / INSTALAÇÃO VÁLVULA DE RESPIRO
INSTALAÇÃO:
1. Remova o filtro de ar e o carburador (p. 6-3). Certifique-se de que a válvula de respiro está corretamente
2. Remova a mola do governador (p. 6-9). assentada na parte interna das três lingüetas da tampa de
respiro conforme mostrado.
LINGÜETAS

VÁLVULA DE RESPIRO TAMPA DE RESPIRO

JUNTA DA TAMPA
DE RESPIRO
Não reutilize

TAMPA DE RESPIRO

6 x 14
12 N.m (1,2 kg.m)

7-5
POLIA DE COMANDO/ÁRVORE
DE MANIVELAS/PISTÃO/CILINDRO GC135 • GC160

NOTAS

8-0
POLIA DE COMANDO/ÁRVORE DE
GC135 • GC160 8. MANIVELAS/PISTÃO/CILINDRO

1. POLIA DE COMANDO/BRAÇO OSCILANTE 5. GOVERNADOR


2. TAMPA DA CARCAÇA/ÁRVORE DE 6. INSPEÇÃO
MANIVELAS/CILINDRO 7. RECONDICIONAMENTO DA SEDE DA
3. PISTÃO VÁLVULA
4. VÁLVULAS

1. POLIA DE COMANDO/BRAÇO OSCILANTE


a. REMOÇÃO/INSTALAÇÃO
6 x 12 (4)
TAMPA DO CABEÇOTE 12 N.m (1,2 kg.m)
REMOÇÃO: p. 3-5
INSTALAÇÃO: p. 8-3

OIL
PARAFUSO DE AJUSTE
DAS VÁLVULAS (2)

AJUSTE: p. 3-5

BRAÇO OSCILANTE

OIL
DO ESCAPAMENTO
INSPEÇÃO: p. 8-15. CONTRAPORCA DE
AJUSTE DAS VÁLVULAS (2)
OIL

8 N.m (0,8 kg.m)


OIL

POLIA DE COMANDO
OIL

CONTRAPESO DO
DESCOMPRESSOR EIXO DO BRAÇO
INSPEÇÃO: p. 8-2 OSCILANTE (2)
INSPEÇÃO: p. 8-15
INSTALAÇÃO: p. 8-2 INSPEÇÃO: p. 8-16
Cuidado para não deixar cair a INSTALAÇÃO: p. 8-3
polia de comando.

BRAÇO OSCILANTE DE
ADMISSÃO
INSPEÇÃO: p. 8-15
OIL

ANEL DE VEDAÇÃO
6,8 x 1,9 mm
EIXO DA POLIA DE COMANDO CORREIA DE SINCRONIZAÇÃO
Não reutilize.
INSPEÇÃO: p. 8-15

8-1
POLIA DE COMANDO/ÁRVORE
DE MANIVELAS/PISTÃO/CILINDRO GC135 • GC160

• POLIA DE COMANDO
POLIA DE
MOLA DE RETORNO DO COMANDO
INSPEÇÃO DO CONTRAPESO DO DESCOMPRESSOR CONTRAPESO
Inspecione se a mola está gasta ou danificada e se o
contrapeso do descompressor apresenta movimento suave
antes da instalação.

CONTRAPESO DO
DESCOMPRESSOR

INSTALAÇÃO: VISTO PELO LADO DO PTO:


1. Posicione a ranhura da chaveta da árvore de manivelas (Lado MARCAS DE POLIA DE COMANDO
do PTO) virado para cima conforme mostrado. ALINHAMENTO
2. Instale a polia de comando na correia de sincronização
alinhando as linhas de referência da polia de comando com a
superfície da tampa de válvula.

NOTA

Cuidado para não deixar a árvore de manivelas girar durante


a instalação. SUPERFÍCIE
DA TAMPA DO
CABEÇOTE

RANHURA DA
CHAVETA DA
ÁRVORE DE
MANIVELAS

3. Aplique óleo no anel de vedação, 6,8 x 1,9 mm e instale-o no


eixo da polia de comando. CORREIA DE
POLIA DE SINCRONIZAÇÃO
4. Instale o eixo da polia de comando no bloco do cilindro. COMANDO
5. Instale a polia de comando alinhando as linhas de referência
com a superfície da tampa de válvula. Certifique-se de que a
EIXO DA POLIA
ranhura da chaveta está virada para cima. DE COMANDO
6. Efetue novamente os procedimentos descritos na etapa 1, se
a ranhura da chaveta da árvore de manivelas não estiver
virada para cima. ANEL DE
VEDAÇÃO,
6,8 x 1,9 mm

8-2
POLIA DE COMANDO/ÁRVORE
GC135 • GC160 DE MANIVELAS/PISTÃO/CILINDRO

• EIXO DO BRAÇO OSCILANTE


POLIA DE COMANDO
INSTALAÇÃO:

Instale o eixo do braço oscilante no lado oposto da polia de


comando conforme mostrado.

EIXO DO
BRAÇO
OSCILANTE

• TAMPA DO CABEÇOTE
TAMPA DO CABEÇOTE VISTA
INSTALAÇÃO: PELO LADO TRASEIRO

1. Limpe completamente as superfícies da tampa do cabeçote e


do bloco do cilindro utilizando um agente de limpeza ou um
pedaço de pano limpo.
2. Aplique junta líquida (Three Bond 1207, ou equivalente) na
superfície da tampa do cabeçote; mais especificamente nas
paredes internas das ranhuras e nos furos da tampa do
cabeçote. ÁREA DE APLICAÇÃO
DA JUNTA LÍQUIDA
NOTA

Efetue a montagem após 10 minutos da aplicação da junta


líquida.

3. Espere aproximadamente 20 minutos após a montagem,


antes de abastecer com óleo e acionar o motor.

NOTAS

8-3
POLIA DE COMANDO/ÁRVORE
DE MANIVELAS/PISTÃO/CILINDRO GC135 • GC160

2. TAMPA DA CARCAÇA/ÁRVORE DE MANIVELAS/CILINDRO


a. Remoção/Instalação 6 x 25 (8)
Remova a polia de comando e o braço oscilante (p. 8-1). INSTALAÇÃO: p. 8-6
GRAXA
TORQUE:
12 N.m (1,2 kg.m)
VEDADOR DE ÓLEO, (Aplique graxa
28 x 41,25 X 6 mm nos lábios)
INSTALAÇÃO:
Cuidado para não danificar os TAMPA DA CARCAÇA
lábios do vedador de óleo durante DO MOTOR
a instalação na tampa da carcaça. DESMONTAGEM/
MONTAGEM: p. 8-11
MEDIDOR DO INSPEÇÃO: p. 8-20
NÍVEL DE ÓLEO GUARNIÇÃO REMOÇÃO: p. 8-5

BUJÃO DE
DRENAGEM
24 N.m (2.4 kg.m)
CORREIA DE
SINCRONIZAÇÃO
CORREIA ESPECIFICADA:
84HU7 G-200
INSTALAÇÃO:
Verifique se a correia não está gasta, ARRUELA DO BUJÃO
DE DRENAGEM
rachada, torta ou desfiada e substitua-a,
se necessário. ARRUELA DE
ENCOSTO
INSTALAÇÃO: p. 8-6
OIL

ÁRVORE DE MANIVELAS
PISTÃO
INSPEÇÃO: p. 8-18 ATÉ 8-20
DESMONTAGEM/MONTAGEM: INSTALAÇÃO:
p. 8-7 • Cuidado para não danificar
INSPEÇÃO: p. 8-16 e 8-17
OIL

o vedador de óleo.
INSTALAÇÃO: p. 8-5
• Limpe as superfícies da
rosca da árvore de
manivelas após a instalação.
PINO GUIA,
8 x 20 mm (2) PESCADOR DE
ÓLEO

CAPA DA BIELA
INSTALAÇÃO: p. 8-5
OIL

PARAFUSO DA BIELA (2)


12 N.m (1,2 kg.m)

CILINDRO
INSPEÇÃO: p. 8-16 e 8-20 GRAXA

INSTALAÇÃO:p. 8-6 (Aplique graxa nos lábios)


VEDADOR DE ÓLEO, 25,4 x 62 x 6 mm

8-4
POLIA DE COMANDO/ÁRVORE
GC135 • GC160 DE MANIVELAS/PISTÃO/CILINDRO

• TAMPA DA CARCAÇA DO MOTOR


REMOÇÃO: REBAIXO

Instale uma chave de fenda ou uma ferramenta equivalente nos


rebaixos conforme mostrado e, em seguida, separe a tampa da
carcaça do motor do bloco do cilindro.

MONTAGEM DO PISTÃO E DA CAPA DA BIELA


MARCA MODELO
INSTALAÇÃO:

1. Aplique óleo nas paredes internas do cilindro e nas


superfícies externas do pistão.
2. Instale o pistão no cilindro de modo que a marca modelo
(ZL8) do orifício do alojamento do pino do pistão e a
extremidade maior da biela fiquem virados para o lado direito.
(O pistão deve estar no Ponto Morto Superior na fase de
compressão.

NOTA

Cuidado para não quebrar os anéis do pistão durante a


instalação no cilindro.

3. Instale a árvore de manivelas no bloco do cilindro (p. 8-4).


4. Aplique óleo no colo da biela e no mancal da árvore de
manivelas e, em seguida acople a biela no mancal da árvore EXTREMIDADE
MAIOR DA BIELA
de manivelas.

5. Aplique óleo na capa da biela.


6. Instale-a de modo que os ressaltos do pescador de óleo de
da biela fiquem posicionados na mesma direção.
O pescador de óleo deve ficar virado para o lado direito.
7. Aperte os parafusos da biela com o torque especificado.
TORQUE: 12 N.m (1,2 kg.m)

RESSALTOS
PESCADOR
DE ÓLEO

8-5
POLIA DE COMANDO/ÁRVORE
DE MANIVELAS/PISTÃO/CILINDRO GC135 • GC160

• ARRUELA DE ENCOSTO ARRUELA DE


ENCOSTO
INSTALAÇÃO:
1. Instale a correia de sincronização na polia de comando.

2. Verifique a posição de instalação.

CORREIA DE
SINCRONIZAÇÃO

• BLOCO DO CILINDRO/PARAFUSO FLANGE,


6 x 25 mm ÁRVORE DE
MANIVELAS
INSTALAÇÃO:
MARCA “”
1. Alinhe a marca “ ”do bloco do cilindro com a marca "" da
árvore de manivelas.

2. Instale a polia de comando (p. 8-2).


CILINDRO
MARCA “ ”

3. Limpe completamente as superfícies do bloco do cilindro e da


tampa da carcaça utilizando um agente de limpeza ou um ÁREA DE
pedaço de pano limpo. APLICAÇÃO
4. Instale os dois pinos guia, 8 x 20 mm no bloco do cilindro. DA JUNTA
5. Aplique junta líquida (Three Bond 1207, ou equivalente) na LíQUIDA
superfície do bloco do cilindro ; mais especificamente nas CILINDRO
superfícies de contato com a tampa da carcaça.
6. Instale a tampa da carcaça no bloco do cilindro.

NOTA

• Efetue a montagem após 10 minutos da aplicação da junta


líquida.
• Gire ligeiramente a árvore de manivelas se tiver dificuldade
em montar a tampa da carcaça.

7. Instale cada parafuso flange e aperte-os na seqüência


mostrada com o torque especificado.

TORQUE: 12 N.m (1,2 kg.m)

8. Espere aproximadamente 20 minutos após a montagem,


antes de abastecer com óleo e acionar o motor.

8-6
POLIA DE COMANDO/ÁRVORE
GC135 • GC160 DE MANIVELAS/PISTÃO/CILINDRO

3. PISTÃO
a. DESMONTAGEM/MONTAGEM

ANEL DO PISTÃO
INSPEÇÃO: p. 8-16 e 17 ANEL
MONTAGEM:
MONTAGEM:
• Instale todos os anéis com as marcas gravadas
Anel cromado, Não confunda com o
viradas para cima.
segundo anel.
• Certifique-se de não confundir o 1º com o 2º anel.
• Após a instalação, verifique se os anéis movem
suavemente. MARCA
GRAVADA
• Separe as extremidades dos anéis a 120 graus e não
alinhe as folgas com a cavidade do pino do pistão.

1º ANEL (CROMADO)

2º ANEL

ANEL DE ÓLEO 2º ANEL

ANEL DE ÓLEO

PRESILHA DO PINO DO PISTÃO (2)


PISTÃO
MONTAGEM:
• Instale a presilha, inserindo uma INSPEÇÃO: p. 8-16 e 17
extremidade na ranhura no pistão, MONTAGEM: p. 8-8
segurando a outra extremidade com
um alicate de ponta e girando-a PINO DO PISTÃO
para dentro. INSPEÇÃO: p. 8-17
• Não alinhe a folga da extremidade
da presilha com o entalhe da
cavidade do pino do pistão.
OIL

PRESILHA
OIL

ENTALHE
BIELA
INSPEÇÃO: p. 8-18
MONTAGEM: p. 8-8

8-7
POLIA DE COMANDO/ÁRVORE
DE MANIVELAS/PISTÃO/CILINDRO GC135 • GC160

• PISTÃO/BIELA
PINO DO
MONTAGEM: PISTÃO PISTÃO

1. Aplique óleo no pino do pistão, alojamento do pino do pistão


e na cabeça da biela.

2. Posicione o pistão de modo que a marca "" do "FW "


estampada na parte de trás do pistão fique virada para baixo.
PRESILHA DO PINO
DO PISTÃO (2)
3. Instale a biela no pistão de modo que a marca modelo do
alojamento do pino do pistão e a extremidade mais longa da
biela fiquem virados para o lado direito. MARCA "FW "

4. Aplique óleo e instale o pino no pistão.


MARCA
5. Instale as novas presilhas do pino do pistão. MODELO

6. Instale o conjunto pistão/biela no cilindro (p. 8-5).

EXTREMIDADE
LONGA DA BIELA

BIELA

NOTAS

8-8
POLIA DE COMANDO/ÁRVORE
GC135 • GC160 DE MANIVELAS/PISTÃO/CILINDRO

4. VÁLVULAS
a. DESMONTAGEM/MONTAGEM:

Remova a tampa da carcaça/árvore de manivelas e cilindro (p. 8-4).

RETENTOR DA MOLA DA VÁLVULA (2)

MOLA DE VÁLVULA (2)

OIL
DESMONTAGEM:
Pressione o retentor para baixo e deslize-o INSPEÇÃO: p. 8-20
lateralmente de forma que a haste da
válvula deslize através do orifício na lateral
do retentor.

Não remova os retentores das molas


das válvulas enquanto o cabeçote
estiver instalado. Caso contrário, as
VELA DE IGNIÇÃO
válvulas cairão no cilindro.
INSPEÇÃO/LIMPEZA:
p. 3-3
VELA DE IGNIÇÃO
PADRÃO:
BPR6ES (NGK)

GUIA DA VÁLVULA
INSPEÇÃO: p. 8-21 BLOCO DO
CILINDRO
LIMPEZA: p. 8-10

VÁLVULA DE
ESCAPAMENTO
MONTAGEM:
OIL

Antes da instalação, remova os depósitos


de carvão e inspecione a válvula.
INSPEÇÃO: p. 8-20

VÁLVULA DE ADMISSÃO
MONTAGEM:
• Não confunda com a válvula
de escapamento.
DIÂMETRO DA CABEÇA DA
VÁLVULA
ADM: 25 mm
ESC: 24 mm
• Cuidado para não danificar a
haste de válvula durante a
instalação.
INSPEÇÃO: P. 8-20

8-9
POLIA DE COMANDO/ÁRVORE
DE MANIVELAS/PISTÃO/CILINDRO GC135 • GC160

• CILINDRO
ESCOVA DE LIMPEZA
Limpeza da câmara de combustão: 07998-VA20100
F E R R A M E N TA
1. Prepare um pedaço de papel grosso ou um material ESPECIAL

equivalente de forma cilíndrica com um diâmetro que possa


entrar e proteger as paredes internas do cilindro.

2. Acople uma escova de limpeza (Ferramenta especial) na


furadeira elétrica e efetue a limpeza na câmara de PAPEL
GROSSO OU
combustão. EQUIVALENTE
FERRAMENTA: FURADEIRA ELÉTRICA
ESCOVA DE LIMPEZA 07998-VA20100

• Certifique-se de que o pedaço de papel esteja


protegendo as paredes internas do cilindro durante a
limpeza da câmara de combustão.
• Não pressione com muita força a escova de limpeza
contra a câmara de combustão.

NOTAS

8-10
POLIA DE COMANDO/ÁRVORE
GC135 • GC160 DE MANIVELAS/PISTÃO/CILINDRO

5. GOVERNADOR
a. DESMONTAGEM/MONTAGEM

EIXO DO BRAÇO
ARRUELA, 6 mm DO GOVERNADOR
MONTAGEM:
Instale a arruela na parte
interna da carcaça.

SUPORTE DO CONTRAPESO
DO GOVERNADOR
MONTAGEM:
• Antes da instalação, inspecione a
engrenagem quanto a desgaste e danos.
CÁRTER DE ÓLEO • Verifique se os contrapesos movem
suavemente.
INSPEÇÃO: p. 8-20
• Certifique-se de instalar o contrapeso do
governador antes de instalar a árvore de
manivelas.

ARRUELA DE
ENCOST0, 6 mm

CUPILHA, 8 mm
MONTAGEM:
RANHURA
• Instale a cupilha imediatamente após
instalar o eixo do braço do governador ARRUELA,
e mova o eixo sobre o pino deslizante 6 mm
do governador. EIXO DO SUPORTE
• O lado plano da cupilha deverá ser DO GOVERNADOR
instalado na ranhura do eixo. PINO DESLIZANTE DO
GOVERNADOR
EIXO DO BRAÇO PRESILHA DO
DO GOVERNADOR MONTAGEM:
GOVERNADOR
Separe os contrapesos
MONTAGEM: do governador para
Insira a presilha instalar o pino
firmemente na deslizante; em seguida,
ranhura do eixo. certifique-se de que o
pino move suavemente.

RANHURA CUPILHA

8-11
POLIA DE COMANDO/ÁRVORE
DE MANIVELAS/PISTÃO/CILINDRO GC135 • GC160

• Somente para os modelos equipados com interruptor do nível de óleo, extensão do medidor e rolamento.

ROLAMENTO RADIAL DE
ESFERAS, 62/28
REMOÇÃO/
INSTALAÇÃO: p 8-13

TAMPA DA CARCAÇA
DO MOTOR

ANEL DE VEDAÇÃO 6 x 28
22,1 x 2,2 mm
12 N.m (1,2 kg.m)

MEDIDOR DO
NÍVEL DE ÓLEO

ESPAÇADOR,
6,6 x 13,8 x 14,5 mm

GUARNIÇÃO

6 x 14
12 N.m (1,2 kg.m) INTERRUPTOR DO
NÍVEL DE ÓLEO
EXTENSÃO DO
MEDIDOR INSPEÇÃO: p. 8-14

ANEL DE
VEDAÇÃO
PROTETOR DO
6 x 14 INTERRUPTOR

8-12
POLIA DE COMANDO/ÁRVORE
GC135 • GC160 DE MANIVELAS/PISTÃO/CILINDRO

• ROLAMENTO RADIAL DE ESFERAS 62/68


REMOÇÃO: F E R R A M E N TA
ESPECIAL

Remova o rolamento radial de esferas 62/28utilizando as INSTALADOR


ferramentas especiais conforme mostrado. 07749-0010000

FERRAMENTAS:
Intalador 07749-0010000 F E R R A M E N TA
ESPECIAL

Acessório, 32 x 35 mm 07746-0010100 ACESSÓRIO, 32 x 35 mm


Guia, 28 mm 07746-0041100 07746-0010100

ROLAMENTO

F E R R A M E N TA
ESPECIAL

GUIA, 28 mm
07746-0041100

TAMPA DA
CARCAÇA
DO
MOTOR

INSTALAÇÃO:
F E R R A M E N TA
1. Aplique óleo de motor em toda circunferência do novo ESPECIAL

rolamento radial de esferas. INSTALADOR


07749-0010000
2. Instale o rolamento radial de esferas 62/28 na tampa da
carcaça do motor utilizando as ferramentas especiais
conforme mostrado. F E R R A M E N TA
ESPECIAL

FERRAMENTAS: ACESSÓRIO, 32 x 35 mm
Instalador 07749-0010000 07746-0010100
Acessório, 52 x 55 mm 07746-0010400
Guia, 28 mm 07746-0041100 ROLAMENTO

F E R R A M E N TA
ESPECIAL

GUIA, 28 mm
07746-0041100

TAMPA DA
CARCAÇA
DO MOTOR

8-13
POLIA DE COMANDO/ÁRVORE
DE MANIVELAS/PISTÃO/CILINDRO GC135 • GC160

b. INSPEÇÃO

• INTERRUPTOR DO NÍVEL DO ÓLEO


Verifique a continuidade entre os fios amarelo e terra do
interruptor, utilizando um ohmímetro.
VERDE (Terra)
1. Mantenha o interruptor em sua posição normal. O ohmímetro
deverá indicar resistência zero.

2. Segure o interruptor virado para baixo. O ohmímetro deverá


indicar resistência infinita (∞).
AMARELO
3. Inspecione a bóia, colocando o interruptor em um recipiente
com óleo. O ohmímetro deverá indicar uma leitura que vai de
zero a infinito, conforme o interruptor for abaixado.

BÓIA

VIRADO PARA POSIÇÃO NORMAL


BAIXO Infinito ZERO Ω
(∞) Ω

NOTAS

8-14
POLIA DE COMANDO/ÁRVORE
GC135 • GC160 DE MANIVELAS/PISTÃO/CILINDRO

6. INSPEÇÃO
• ALTURA DO CAME DA POLIA DE COMANDO
Padrão Limite de Uso
37,394 mm 37,369 mm

• DIÂMETRO INTERNO DA POLIA DE COMANDO


(ROLAMENTO)

Padrão Limite de Uso


10,027 mm 10,075 mm

• DIÂMETRO EXTERNO DO EIXO DA POLIA DE COMANDO

Padrão Limite de Uso


9,987 mm 9,920 mm

• DIÂMETRO INTERNO DO BRAÇO OSCILANTE


Padrão Limite de Uso
6,000 mm 6,043 mm

• DIÂMETRO INTERNO DO ALOJAMENTO DO EIXO DO


BRAÇO OSCILANTE
Padrão Limite de Uso
6,000 mm 6,043 mm

8-15
POLIA DE COMANDO/ÁRVORE
DE MANIVELAS/PISTÃO/CILINDRO GC135 • GC160

• DIÂMETRO EXTERNO DO EIXO DO BRAÇO OSCILANTE


Padrão Limite de Uso
5,990 mm 5,953 mm

• FOLGA ENTRE O EIXO E O BRAÇO OSCILANTE

• FOLGA ENTRE O EIXO E O ALOJAMENTO DO EIXO DO


BRAÇO OSCILANTE
Padrão Limite de Uso
0,010-0,058 mm 0,07 mm

• D.I. DO CILINDRO

Meça e anote o D.I. do cilindro em três níveis nos eixos "X"


(perpendicular à árvore de manivelas) e "Y" (paralelo à árvore de
manivelas). Utilize a leitura máxima para determinar o desgaste
e a conicidade do cilindro.

Padrão Limite de Uso


64,0 mm 64,165 mm

• D.E. DA SAIA DO PISTÃO


Meça e anote o D.E. do pistão a 10 mm da parte inferior da saia
e a 90° da cavidade do pino do pistão.

Padrão Limite de Uso


63,969 mm 63,829 mm

• FOLGA ENTRE O PISTÃO E O CILINDRO

Padrão Limite de Uso


0,013 - 0,070 mm 0,12 mm

• ESPESSURA DO ANEL DO PISTÃO


Padrão Limite de uso
1°/2° Anéis 1,5 mm 1,37 mm
Anel de óleo 2,5 mm 2,37 mm

8-16
POLIA DE COMANDO/ÁRVORE
GC135 • GC160 DE MANIVELAS/PISTÃO/CILINDRO

• FOLGA ENTRE O ANEL E A CANALETA


Padrão Limite de uso
o o
1 /2 Anéis
Anel de óleo 0,015-0,45 mm 0,15 mm

• FOLGA DAS EXTREMIDADES DO ANEL DO PISTÃO


Padrão Limite de uso
1º anel 0,2 - 0,35 mm 1,0 mm
2º anel 0,3 - 0,45 mm 1,0 mm
Anel de Óleo 0,15 - 0,35 mm 1,0 mm

NOTA

Utilize a parte superior do pistão para posicionar o anel


horizontalmente no cilindro.

• D.E. DO PINO DO PISTÃO


Padrão Limite de Uso
13,0 mm 12,954 mm

• D.I. DA CAVIDADE DO PINO DO PISTÃO

Padrão Limite de Uso


13,002 mm 13,048 mm

8-17
POLIA DE COMANDO/ÁRVORE
DE MANIVELAS/PISTÃO/CILINDRO GC135 • GC160

• D.I. DA CABEÇA DA BIELA

Padrão Limite de Uso


13,005 mm 13,07 mm

• D.I. DO COLO DA BIELA


Padrão Limite de Uso
26,02 mm 26,066 mm

• D.E. DA EXTREMIDADE DA ÁRVORE DE MANIVELAS LADO DO ESTATOR


Padrão Limite de uso
Lado do PTO 27,993 mm 27,933 mm
Lado do estator 25,393 mm 25,333 mm

LADO DO PTO

• D.E. DO MANCAL DA ÁRVORE DE MANIVELAS


Padrão Limite de Uso
25,98 mm 25,92 mm

8-18
POLIA DE COMANDO/ÁRVORE
GC135 • GC160 DE MANIVELAS/PISTÃO/CILINDRO

• FOLGA LATERAL DO COLO DA BIELA


Meça a folga utilizando um cálibre de lâminas.

Padrão Limite de Uso


0,1 - 0,4 mm 0,8 mm

• FOLGA DE ÓLEO DO COLO DA BIELA

1. Retire todo o óleo das superfícies do mancal da árvore


manivelas e do colo da biela. PARAFUSOS
DA BIELA
2. Coloque um pedaço de plastigage no mancal da árvore de
manivelas, instale a biela e a capa da biela. Em seguida,
aperte os parafusos no torque especificado.
TORQUE: 12 N.m (1,2 kg.m)

NOTA

• Posicione o plastigage no sentido axial.


• Aperte os dois parafusos de forma equalizada segurando e
não deixando a árvore de manivelas girar.

3. Remova a biela e meça o plastigage com a escala.


Padrão Limite de Uso
ESCALA
0,40 - 0,063 mm 0,12 mm

PLASTIGAGE

4.Caso a folga exceda o limite de uso, substitua a biela e


verifique a folga novamente.
• DIÂMETRO INTERNO DO MANCAL PRINCIPAL DO
CILINDRO
Padrão Limite de Uso
25,420 mm 25,466 mm

8-19
POLIA DE COMANDO/ÁRVORE
DE MANIVELAS/PISTÃO/CILINDRO GC135 • GC160

• DIÂMETRO INTERNO DO MANCAL PRINCIPAL DA TAMPA


DA CARCAÇA DO MOTOR

Padrão Limite de Uso


28,020 mm 28,066 mm

• FOLGA AXIAL DA ÁRVORE DE MANIVELAS

Meça a folga axial da árvore de manivelas antes da remoção da


tampa da carcaça, árvore de manivelas e pistão.
Padrão Limite de Uso
0,15-0,75 mm 1,0 mm

Substitua a árvore de manivelas se o valor obtido estiver acima


do limite de uso.
Instale a árvore de manivelas nova e verifique novamente a folga
axial. Se a folga axial ainda exceder o limite de uso, substitua
também a tampa da carcaça do motor e o bloco do cilindro.

• COMPRIMENTO LIVRE DA MOLA DA VÁLVULA


Meça o comprimento livre das molas das válvulas.

Padrão Limite de Uso


34,0 mm 32,5 mm

Substitua as molas caso seus comprimentos estejam abaixo do


limite de uso.

• FACE DA VÁLVULA/D.E. DA HASTE DA VÁLVULA


Inspecione cada válvula quanto a irregularidades na face,
empenamento ou desgaste anormal da haste. Se necessário,
substitua a válvula.
Meça e anote o D.E. da haste de cada válvula.

Padrão Limite de uso


ADM 5,48 mm 5,318 mm
ESC 5,44 mm 5,275 mm

Substitua as válvulas caso os D.E. estejam abaixo do limite de FACE DA VÁLVULA


uso.

8-20
POLIA DE COMANDO/ÁRVORE
GC135 • GC160 DE MANIVELAS/PISTÃO/CILINDRO

• D.I. DA GUIA DA VÁLVULA

Meça e anote o D.I. de cada guia da válvula.

Padrão Limite de Uso


5,50 mm 5,572 mm

Substitua o cilindro caso os D.I. estejam acima do limite de uso


(p.8-9).

• ESPESSURA DO ASSENTO DE VÁLVULA

1. Limpe completamente a câmara de combustão e as sedes


das válvulas para remover os depósitos de carvão (p. 8-10).

2. Aplique uma leve camada de Azul da Prússia ou tinta


removível na face da válvula.

3. Insira a válvula e pressione-a contra sua sede várias vezes.


Certifique-se de não girar a válvula na sede. A marca de tinta
transferida mostrará quais áreas da sede não estão FACE DE
VÁLVULA
concêntricas.

4. Meça a espessura do assento de válvula.

Padrão Limite de Uso


0,7 mm 1,8 mm

5. Se a espessura estiver abaixo do valor padrão ou acima do


limite de uso, ou ainda se área de contato estiver muito alta ou
muito baixa, efetue o recondicionamento do assento de
válvula (p. 8-22). ÁREA DE CONTATO
MUITO BAIXA

ÁREA DE CONTATO
MUITO ALTA

8-21
POLIA DE COMANDO/ÁRVORE
DE MANIVELAS/PISTÃO/CILINDRO GC135 • GC160

7. RECONDICIONAMENTO
DA SEDE DA VÁLVULA
1. Limpe completamente a câmara de combustão e as sedes
das válvulas para remover os depósitos de carvão (p. 8-10).

2. Aplique uma leve camada de Azul da Prússia ou tinta


removível na face da válvula.
FACE DA
3. Insira a válvula e pressione-a contra sua sede várias vezes. VÁLVULA
Certifique-se de não girar a válvula na sede. A marca de tinta
transferida mostrará quais áreas da sede não estão
concêntricas.

F E R R A M E N TA
NOTA ESPECIAL

SUPORTE DA
Siga as instruções do fabricante da fresa da sede da válvula. FRESA
07981-VA20100
4. Utilizando uma fresa de 45°, remova uma quantidade ou 07981-
VA20101
suficiente de material para obter um assentamento
concêntrico e suave. Siga as instruções do fabricante da fresa
da sede da válvula. F E R R A M E N TA
Gire a fresa somente no sentido horário, nunca no sentido ESPECIAL

anti-horário. FRESA ASSENTO


Continue a girar a fresa enquanto a remove da sede da DE VÁLVULA, 45°
27,2 07780-0010200
válvula.
FERRAMENTAS:
Fresa Assento de Válvula, 45° Ø 27,2 07780-0010200
Suporte da Fresa 07981-VA20100 ou
07981-VA20101

• LARGURA DA SEDE DA VÁLVULA


Padrão Limite de Uso
0,7 mm 1,8 mm

5. Após retificar as sedes, verifique se as válvulas apresentam 0,7 mm


um assentamento uniforme. Aplique Azul da Prússia ou tinta
removível na face da válvula. Insira a válvula e pressione-a
contra sua sede várias vezes. Certifique-se de não girar a
válvula na sede.
A superfície de assentamento, conforme mostrado pela tinta
transferida, deve ter um bom contato em toda sua volta e
extensão.

6. Faça o polimento das válvulas em suas sedes, utilizando um


cabo de ventosa e composto de polimento (disponível
comercialmente).

c CABO DE
Para evitar sérios danos no motor, certifique-se de remover VENTOSA
todo o composto de polimento antes da montagem.

7. Após a montagem, ajuste a folga das válvulas (p. 3-5).

8-22
GC135 • GC160 9. FUNCIONAMENTO
1. CORREIA DE SINCRONISMO EMBUTIDA

1. CORREIA DE SINCRONISMO EMBUTIDA


A correia de sincronismo embutida equipa este modelo para reduzir o nível de ruídos mecânicos.
Verifique que este tipo de correia também faz parte do sistema de lubrificação de óleo.

(Funcionamento)
Durante o giro da árvore de manivelas, a polia do comando (ressalto superior da árvore de comando) do lado das válvula de
admissão e escapamento giram ao redor da correia e braço oscilante (braço oscilante formato " L" ) fazendo com que as
válvulas de admissão e de escapamento funcionem.
O óleo da carcaça do motor é depositado nas superfícies da correia de sincronismo e transmitida para a câmara do braço
oscilante.
BRAÇO OSCILANTE DE
ADMISSÃO ( BRAÇO
OSCILANTE FORMATO " L")

CÂMARA DO
BRAÇO OSCILANTE

BRAÇO OSCILANTE DO
ESCAPAMENTO ( BRAÇO
OSCILANTE FORMATO " L")
POLIA DO
COMANDO
(Ressalto superior
9
da árvore de
comando)
VÁLVULA DE
ESCAPAMENTO

VÁLVULA DE
ADMISSÃO

CORREIA DE
SINCRONISMO

CARCAÇA DE ÓLEO

ÁRVORE DE MANIVELAS

9-1
FUNCIONAMENTO GC135 • GC160

NOTAS

9-2
MANUAL DE SERVIÇOS
GC135 • GC160
PRODUTOS DE FORÇA

GC135 • GC160

1
A07009901
00X6B-ZL8-001 IMPRESSO NO BRASIL MOTO HONDA DA AMAZÔNIA LTDA. 1999
1