Você está na página 1de 14

10.

6 - Integrais de Superfı́cie

Integrais de Superfı́cie

Universidade Tecnológica Federal do Paraná


Câmpus Francisco Beltrão

Disciplina: Cálculo Diferencial e Integral 3B


Prof. Dr. Jonas Joacir Radtke

Universidade Tecnológica Federal do Paraná Cálculo Diferencial e Integral 3B


10.6 - Integrais de Superfı́cie

Considerando um superfı́cie S, dada por uma representação


paramétrica
~r (u, v ) = [x(u, v ), y (u, v ), z(u, v )] = x(u, v )~i + y (u, v )~j + z(u, v )~k
que tenha um vetor normal
~ = ~ru × ~rv , ~ru × ~rv
N e um normal unitário, ~n =
|~ru × ~rv |

Definição
Para uma função vetorial F~ , podemos definir a integral de
superfı́cie sobre S por
ZZ ZZ
~
F · ~n dA = ~ (~r (u, v )) · N(u,
F ~ v ) du dv (1)
S R

~ = |~ru ×~rv | a área do paralelogramo com os lados ~ru e ~rv .


sendo |N|
~ du dv = N
~n dA = ~n|N| ~ du dv
Universidade Tecnológica Federal do Paraná Cálculo Diferencial e Integral 3B
10.6 - Integrais de Superfı́cie

A integral de superfı́cie surge naturalmente em problemas de


escoamento, nos quais ela fornece o fluxo através de S quando
~ = ρ~v . Sendo ρ a densidade do fluido e ~v o vetor velocidade do
F
fluxo. Neste caso chamamos a integral de superfı́cie de integral
de fluxo.
Podemos reescrever a integral de superfı́cie em componentes,
usando F~ = [F1 , F2 , F3 ], N
~ = [N1 , N2 , N3 ] e
~n = [cos α, cos β, cos γ]. Sendo, α, β e γ os ângulos entre ~n e o
eixo coordenado.
ZZ ZZ
~ · ~n dA =
F (F1 cos α + F2 cos β + F3 cos γ) dA
S ZZ S

= (F1 N1 + F2 N2 + F3 N3 ) du dv
ZZ R

= (F1 dy dz + F2 dz dx + F3 dx dy )
S

Universidade Tecnológica Federal do Paraná Cálculo Diferencial e Integral 3B


10.6 - Integrais de Superfı́cie

Exemplo
Calcule o fluxo de água que atravessa o cilindro parabólico
S : y = x 2 , 0 ≤ x ≤ 2, 0 ≤ z ≤ 3 se o vetor de velocidade for
~v = F~ = [3z 2 , 6, 6xy ], com a velocidade escalar sendo medida em
m/s. (Geralmente, F ~ = ρ~v , mas a água tem uma densidade
ρ = 1 ton/m3 )

Universidade Tecnológica Federal do Paraná Cálculo Diferencial e Integral 3B


10.6 - Integrais de Superfı́cie

Exemplo
~ = [x 2 , 0, 3y 2 ] e S é a
Calcule o valor da integral de superfı́cie F
porção do plano x + y + z = 1 no primeiro octante.

Universidade Tecnológica Federal do Paraná Cálculo Diferencial e Integral 3B


10.6 - Integrais de Superfı́cie

Exercı́cio
Calcule as integrais para os seguintes dados. Indique o tipo de superfı́cie.
~ = [2x, 5y , 0], S : ~r = [u, v , 4u + 3v ], 0 ≤ u ≤ 1, −8 ≤ v ≤ 8
1. F
~ = [x 2 , y 2 , z 2 ], S : x + y + z = 4, x ≥ 0, y ≥ 0, z ≥ 0
2. F
~ = [x − z, y − x, z − y ], S : ~r = [u cos v , u sen v , u], 0 ≤ u ≤ 3,
3. F
0≤v ≤π
~ = [e y , −e z , e x ], S : x 2 + y 2 = 9, x ≥ 0, y ≥ 0, 0 ≤ z ≤ 2
4. F
~ = [x, y , z], S : ~r = [u cos v , u sen v , u 2 ], 0 ≤ u ≤ 4, −π ≤ v ≤ π
5. F
~ = [cosh(yz), 0, y 4 ], S : y 2 + z 2 = 1, 0 ≤ x ≤ 20, z ≥ 0
6. F
~ = [1, 1, 1], S é a esfera de raio 1 e centro 0
7. F
~ = [ tg (xy ), x 2 y , −z], S : y 2 + 1 z 2 = 1, 1 ≤ x ≤ 4
8. F 9
~ = [0, x, 0], S : x 2 + y 2 + z 2 = a2 , x ≥ 0, y ≥ 0, z ≥ 0
9. F
~ = [y 2 , x 2 , z 4 ], S : z = 4 x 2 + y 2 , 0 ≤ z ≤ 8, y ≥ 0
p
10. F
~ = [y 3 , x 3 , z 3 ], S : x 2 + 4y 2 = 4, x ≥ 0, y ≥ 0, 0 ≤ z ≤ h
11. F
~ = [cosh y , 0, senh x], S : z = x + y 2 , 0 ≤ y ≤ x, 0 ≤ x ≤ 1
12. F

Universidade Tecnológica Federal do Paraná Cálculo Diferencial e Integral 3B


10.6 - Integrais de Superfı́cie

Respostas:
1. −64
2. 64
3. −18
4. 19,0039
5. −128π
6. −8
7. 0
8. −54π
9. a3 /3
10. 8568
11. 4,25h
12. 1 − senh 1

Universidade Tecnológica Federal do Paraná Cálculo Diferencial e Integral 3B


10.6 - Integrais de Superfı́cie

Orientação das Superfı́cies

Teorema
A substituição de ~n por −~n (logo, a de N~ por −N)
~ corresponde à
multiplicação da integral de superfı́cie por −1.

Na prática, para fazermos essa troca devemos trocar u e v , porque


então ~ru torna-se ~rv e vice-versa.

Universidade Tecnológica Federal do Paraná Cálculo Diferencial e Integral 3B


10.6 - Integrais de Superfı́cie

Orientação de Superfı́cies Suaves ou Suaves por Intervalo

Universidade Tecnológica Federal do Paraná Cálculo Diferencial e Integral 3B


10.6 - Integrais de Superfı́cie

Superfı́cies Não-orientáveis

Exemplo: Fita de Möbius

Universidade Tecnológica Federal do Paraná Cálculo Diferencial e Integral 3B


10.6 - Integrais de Superfı́cie

Integrais de Superfı́cie sem Observar a Orientação


Outro tipo de integral de superfı́cie é
ZZ ZZ
G (~r ) dA = ~
G (~r (u, v ))|N(u, v )| du dv (2)
S R

Como nas aplicações, se G (~r ) for a densidade de massa de S,


então (2) será a massa total de S. Se G = 1, então (2) dará a
área A(S) de S,
ZZ ZZ
A(S) = dA = |~ru × ~rv | du dv
S R

Exemplo
Calcule a área da superfı́cie do parabolóide cilindrico dado por
~r = [u cos v , u sen v , u 2 ], 0 ≤ u ≤ 2, 0 ≤ v ≤ π.

Universidade Tecnológica Federal do Paraná Cálculo Diferencial e Integral 3B


10.6 - Integrais de Superfı́cie

Exercı́cio
Calcule o valor destas integrais para os seguintes dados. Indique o
tipo de superfı́cie.
14. G = cos y + sen x, S : x + y + z = 2, x ≥ 0, y ≥ 0, z ≥ 0
15. G = 5(x + y + z), S : z = x + 2y , 0 ≤ y ≤ x, 0 ≤ x ≤ 2
16. G = ye x + xe y + e z , S : x 2 + y 2 = 16, y ≥ 0, 0 ≤ z ≤ 4
p
17. G = (x 2 + y 2 + z 2 )2 , S : z = x 2 + y 2 , y ≥ 0, 0 ≤ z ≤ 2
18. G = ax + by + cz, S : x 2 + y 2 + z 2 = 1, y ≥ 0, z ≥ 0
19. G = arctan(y /x), S : z = x 2 + y 2 , 1 ≤ z ≤ 9, x ≥ 0, y ≥ 0
20. G = 3xy , S : z = xy , 0 ≤ x ≤ 1, 0 ≤ y ≤ 1

Respostas:

14. 4,342
√ 17. 128π 2/3 20. 1,055
15. 140 6/3 18. (b + c)π/2
16. 1547 19. 22
Universidade Tecnológica Federal do Paraná Cálculo Diferencial e Integral 3B
10.6 - Integrais de Superfı́cie

Exercı́cio
22. Justifique as seguintes fórmulas para a massa M e o centro de
gravidade (x̄, ȳ , z̄) de uma lâmina S de densidade (massa por unidade de
área) σ no espaço
Z Z Z Z
1
M= σ dA x̄ = xσ dA
S M S
Z Z Z Z
1 1
ȳ = y σ dA z̄ = zσ dA
M S M S

Exercı́cio
23. Justifique as seguintes fórmulas para os momentos de inércia da
lâmina S em relação aos eixos x, y , z, respectivamente:
ZZ ZZ
2 2
Ix = (y + z ) σ dA Iy = (x 2 + z 2 ) σ dA
S S
ZZ
Iz = (x 2 + y 2 )σ dA
S
Universidade Tecnológica Federal do Paraná Cálculo Diferencial e Integral 3B
10.6 - Integrais de Superfı́cie

Exercı́cio
24. Para uma lâmina S de densidade (massa por unidade de área)
σ, encontre uma fórmula para o momento de inércia em relação à
reta y = x, z = 0.

Exercı́cio
Encontre o momento de inércia de uma lâmina S de densidade 1
em relação a um eixo A, onde:
25. S : x 2 + y 2 = 1, 0 ≤ z ≤ h, A : é o eixo z
26. S : x 2 + y 2 = 1, 0 ≤ z ≤ h, A : é a linha z = h/2 no plano xz
27. S : x 2 + y 2 = z 2 , 0 ≤ z ≤ h, A : é o eixo z

Respostas:
25. 2πh
26. h π (1 + h2 /6)

27. 2 π h4 /2
Universidade Tecnológica Federal do Paraná Cálculo Diferencial e Integral 3B