Você está na página 1de 2

6/2/2015

Ações Cíclicas
 A fadiga é um fenômeno associado a ações dinâmicas
repetidas, que pode ser entendido como um processo de
modificações progressivas e permanentes da estrutura
interna de um material submetido a oscilação de tensões
decorrentes dessas ações.
Amacin Rodrigues Moreira
UTFPR

Aplicações para Projetos


Fadiga
 É a ruptura do material do componente com uma ação  As ações de fadiga de média e baixa intensidade e
bem inferior a carga de ruptura máxima estática por número de repetições até 2000000 de ciclos são
efeito de cargas cíclicas: consideradas nas disposições estabelecidas na NBR6118
 Para a consideração do espectro de ações, admite-se
que podem ser excluídas aquelas de veículos com carga
total até 30 kN, para o caso de pontes rodoviárias

Combinações De Ações a
Considerar Fator de Combinação
 Embora o fenômeno da fadiga seja controlado pela
acumulação do efeito deletério de solicitações
repetidas, a verificação da fadiga pode ser feita
considerando uma única intensidade de solicitação,
expresso pela combinação frequente de ações, dada a
seguir:

1
6/2/2015

Resistência a Fadiga do Aços =


s -
smax smin

Armadura Longitudinal Equações


ELS
SEÇÃO Mg Mq1 Mq2 Md1 Md2 fc max fs max fc min fs min D fs Dfs, fad lim
1 1592,22 2672,072 -1224,76 3729,877 612,4098 7,579431 476,57 1,244469 78,24818 398,3218 9,5

ALFAe= 10
Estadio I Estadio II
SEÇÃO bw h bf hf yinf T I0 T yinf R I0 R Asfic As d d0 A x I ii
1 100 34 100 34 17 327533,3 17 327533,3 15,25 15,25 30 23,5 3,05 9,305262 92168,94447

Armadura Transversal
ELS
SEÇÃO Vg Vq1 Vq2 Vd1 Vd2 Asw/s 0,5Vc fsw max fsw min D fs Dfs, fad lim
1 -120,41 -138,052 -138,516 -230,851 -231,222 4 232,7635 -67,7799 -67,8342 0,054269 8,5