Você está na página 1de 9

O INSTRUMENTO (DESENHO E NOMENCLATURAS)

INDICAÇÃO DAS CORDAS

As cordas são indicadas por meio de números entre parênteses:


(0) - Indica Corda Solta
(1) - 1ª Corda – MI (a mais fina)
(2) - 2ª Corda – SI
(3) - 3ª Corda – SOL
(4) - 4ª Corda – Ré
(5) - 5ª Corda – LÁ
(6) – 6ª Corda – MI (a mais grossa)

ABREVIAÇOES PARA O USO DAS MÃOS

Os dedos da mão esquerda são indicados por números.


Os dedos da mão direita são indicados pelas iniciais do nome de cada um.
MÃO ESQUERDA MÂO DIREITA

1 = Indicador P = Polegar

2 = Médio I=
Indicador

3 = Anular M
= Médio

4 = Mínimo A
= Anular

A mão direita, serve para executar os ritmos, desde uma batida, um dedilhado ou até
mesmo um solo, tocando as cordas próximas à boca do violão (abertura circular no meio
da caixa de ressonância), ou dependendo do tipo de timbre que se quer tirar das notas na
corda pode ir com a mão direita mas para o lado do cavalete ou do braço.

A mão direita para um bom desempenho, deve ficar próximo da boca do violão, e o braço
apoiado confortavelmente com o cotovelo na parte superior traseira da caixa de
ressonância, assim como mostra a figura:

A mão esquerda serve para pressionar as cordas entre um traste e outro contra o braço
do violão, para que, com o auxílio da mão direita, possa tirar (produzir) o som das notas
musicais tanto em um solo, como em um acorde (veremos adiante sobre notas e
acordes). A mão esquerda tem que ficar de tal forma posicionada que você possa usá-la
livremente de um lado para o outro do braço do violão e percorrer todas as casas. Veja a
figura:
Obs.: O polegar serve apenas como base para apoiar a mão em determinado local do
braço do violão e ajudar a pressionar as cordas contra o braço. Geralmente ele não
ultrapassa a parte superior do braço, ficando no meio, para deslizar livremente sobre
o braço tanto para esquerda quanto para direita. E a palma da mão nunca encosta a
parte de baixo do braço.
Veja a figura:

Posição da mão direita no violão

Depois que aprender o nome de cada corda, vamos aprender sobre o posicionamento da
mão direita sobre as cordas do violão.
Com o dedo polegar, você vai tocar apenas os “bordões” (Cordas mais grossas 4ª, 5ª e
6ª), você vai tocar com os dedos Indicador, médio e anular, as
cordas “primas” (Cordas mais finas 1ª, 2ª e 3ª),
O formato e posicionamento que sua mão direita deve fazer têm que ficar de forma livre.
Vamos lá! Faça um sinal de “Legal” com a mão direita (dedos fechados na palma da mão
e só o polegar esticado para cima), continue com o polegar esticado e reto, agora abra um
pouco os dedos indicador, médio e anular, coloque eles cada um em sua respectiva corda
(veja acima a indicação). Veja no esboço, como os dedos de sua mão direita têm que ficar
posicionado no violão:
Nesse outro esboço, você pode verificar que uma boa posição da mão direita no violão é
importante.
obs.: Deixe sua mão direita nas cordas e no meio da boca do violão. O dedo mínimo, não
é utilizado na execução.
Vá treinando a sequência:

6ª corda solta (Usando o polegar).


5ª corda solta (Usando o Polegar).
4ª Corda solta (Usando o polegar)
3ª corda solta (usando o indicador).
2ª corda solta (usando o médio).
1ª corda solta (usando o anular).
Execute este exercício descendo e subindo, sem fugir da regra e posição da mão.
EXERCÍCIOS DE DEDILHADOS

EXERCÍCIO COM CORDA SOLTA (PALHETA)

SINCRONISMO
1. Faça até chegar à casa 12 no braço do violão.

2. Use primeiro os dedos 1 e 2. Depois use os dedos 2 e 3. Em seguida exercite-se com


os dedos 3 e 4. Faça até a casa nº 12, subindo. A partir da casa nº 12 faça até a casa nº 1,
descendo.

NOTAS MUSICAIS: É o elemento mínimo de um som, existem 7 notas musicais:

NOTAS Dó Ré Mi Fá Sol Lá Si
GRAUS I II III IV V VI VII
CIFRAS C D E F G S B

Durante muito tempo estas notas foram soberanas, porém percebeu-se que havia tons, ou
melhor, meio tons entre uma nota e outra. Assim estas notas receberam o nome de
sustenido (#) (quando está à frente entre uma nota e outra) ou bemol (b) (se está atrás
entre uma nota e outra):

[Subindo]
DÓ – DÓ# - RÉ – RÉ# - MI – FÁ – FÁ# - SOL – SOL# - LÁ – LÁ# -SI – DÓ ...

[Descendo]
SI – Sib – LÁ – LÁb – SOL – SOLb – FA – MI –Mib – RÉ – Réb – DÓ ...

Conhecendo o braço do violão:


ESCALAS: A escala é formada pelos sete graus que correspondem às notas musicais,
acrescida da repetição do primeiro grau, que é o oitavo grau da escala, e cada nota musical
da origem a uma escala que leva o seu nome.
A escala poderá ser maior ou menor. A escala será maior quando os intervalos de semitons
estiverem respectivamente do terceiro para o quarto grau e do sétimo para o oitavo, e será
menor quando esses intervalos estiverem, do segundo para o terceiro grau e do quinto
para o sexto.

ESCALA MAIOR:

NOTAS DÓ RÉ MI FÁ SOL LÁ SI DÓ
GRAUS I II III IV V VI VII VIII
T T S T T T S

ESCALA MENOR:

NOTAS LÁ SI DÓ RÉ MI FÁ SOL LÁ
GRAUS I II III IV V VI VII VIII
T S T T S T T

COMPLETE AS ESCALAS MAIORES.

NOTAS DÓ RÉ MI FÁ SOL LÁ SI DÓ
GRAUS I II III IV V VI VII VIII
T T S T T T S

NOTAS RÉ
GRAUS I II III IV V VI VII VIII
T T S T T T S

NOTAS MI
GRAUS I II III IV V VI VII VIII
T T S T T T S

NOTAS FÁ
GRAUS I II III IV V VI VII VIII
T T S T T T S

NOTAS SOL
GRAUS I II III IV V VI VII VIII
T T S T T T S

NOTAS LÁ
GRAUS I II III IV V VI VII VIII
T T S T T T S

NOTAS SI
GRAUS I II III IV V VI VII VIII
T T S T T T S

COMPLETE AS ESCALAS MENORES:

NOTAS LÁ SI DÓ RÉ MI FÁ SOL LÁ
GRAUS I II III IV V VI VII VIII
T S T T S T T

NOTAS SI
GRAUS I II III IV V VI VII VIII
T S T T S T T

NOTAS DÓ
GRAUS I II III IV V VI VII VIII
T S T T S T T
NOTAS RÉ
GRAUS I II III IV V VI VII VIII
T S T T S T T

NOTAS MI
GRAUS I II III IV V VI VII VIII
T S T T S T T

NOTAS FÁ
GRAUS I II III IV V VI VII VIII
T S T T S T T

NOTAS SOL
GRAUS I II III IV V VI VII VIII
T S T T S T T