Você está na página 1de 57

SINAPI

SISTEMA NACIONAL DE PESQUISA DE CUSTOS E ÍNDICES DA


CONSTRUÇÃO CIVIL

CADERNOS TÉCNICOS DE COMPOSIÇÕES PARA

FORROS

LOTE 1
Versão: 002
Vigência: 05/2017
Última atualização: 06/2017
Cadernos Técnicos das Composições de Forros – Lote 1

GRUPO FORROS

A CAIXA apresenta o Grupo Forros em 15 composições, que serão incorporadas ao


Sistema Nacional de Pesquisas de Custos e Índices da Construção Civil (SINAPI).

Além de cumprir uma função estética, os forros permitem muita flexibilidade aos projetos,
ao facilitar o posicionamento de luminárias, saídas de ar condicionado, sprinklers e
passagem de diversas instalações entre forro e laje, além de isolamento térmico e
acústico.

Este Grupo apresenta composições para execução de forros em placas de gesso, em


gesso acartonado ou drywall, em madeira, em chapas metálicas, em PVC e em placas
de fibra mineral, para ambientes residenciais e comerciais, com diversos métodos de
montagem e estruturação.

Além das composições para execução de forros, também são apresentadas


composições para execução de acabamentos para os forros, quais sejam: sancas em
gesso, molduras em gesso e em drywall, e roda-forros em madeira, perfil metálico e
plástico.

Página | 1
Cadernos Técnicos das Composições de Forros – Lote 1

NORMAS E LEGISLAÇÃO

• ABNT NBR 15758-2:2009 Sistemas construtivos em chapas de gesso para


drywall - Projeto e procedimentos executivos para montagem
Parte 2: Requisitos para sistemas usados como forros
• ABNT NBR 12127:1991 Gesso para construção - Determinação das
propriedades físicas do pó – Método de Ensaio
• ABNT NBR 12128:1991 Gesso para construção - Determinação das
propriedades físicas da pasta – Método de Ensaio
• ABNT NBR 12129:1991 Gesso para construção - Determinação das
propriedades mecânicas – Método de Ensaio
• ABNT NBR 12130:1991 Gesso para construção - Determinação da água livre
e de cristalização e teores de óxido de cálcio e anidrido sulfúrico – Método de
Ensaio
• ABNT NBR 13207:1994 Gesso para construção civil - Especificação
• ABNT NBR 13867:1997 Revestimento interno de paredes e tetos com pastas
de gesso - Materiais, preparo, aplicação e acabamento.
• ABNT NBR 15217:2009 Perfis de aço para sistemas construtivos em chapas
de gesso para "drywall" - Requisitos e métodos de ensaio
• ABNT NBR 16382:2015 - Placas de gesso para forro – Requisitos
• ABNT NBR 12775:1992 - Placas lisas de gesso para forro - Determinação das
dimensões e propriedades físicas - Método de ensaio

BIBLIOGRAFIA

• Manual de projeto de Sistemas de Drywall: parede, forros e revestimentos -


São Paulo, 2006 - Associação Brasileira dos Fabricantes de Chapas de
Drywall.

Página | 2
Cadernos Técnicos das Composições de Forros – Lote 1

COMPOSIÇÕES AFERIDAS

Código Descrição Pág.


01.REVE.FORR.005/01 FORRO EM PLACAS DE GESSO, PARA AMBIENTES
4
96109 RESIDENCIAIS. AF_05/2017_P
01.REVE.FORR.006/01 FORRO EM DRYWALL PARA AMBIENTES
RESIDENCIAIS, INCLUSIVE ESTRUTURA DE 7
96110 FIXAÇÃO. AF_05/2017_P
01.REVE.FORR.007/01 FORRO EM RÉGUAS DE PVC, FRISADO, PARA
AMBIENTES RESIDENCIAIS, INCLUSIVE ESTRUTURA 11
96111 DE FIXAÇÃO. AF_05/2017_P
01.REVE.FORR.007/02 FORRO EM RÉGUAS DE PVC, LISO, PARA
AMBIENTES RESIDENCIAIS, INCLUSIVE ESTRUTURA 14
96485 DE FIXAÇÃO. AF_05/2017_P
01.REVE.FORR.008/01 FORRO EM MADEIRA PINUS, PARA AMBIENTES
RESIDENCIAIS, INCLUSIVE ESTRUTURA DE 17
96112 FIXAÇÃO. AF_05/2017
01.REVE.FORR.019/01 FORRO EM PLACAS DE GESSO, PARA AMBIENTES
20
96113 COMERCIAIS. AF_05/2017_P
01.REVE.FORR.020/01 FORRO EM DRYWALL, PARA AMBIENTES
COMERCIAIS, INCLUSIVE ESTRUTURA DE FIXAÇÃO. 23
96114 AF_05/2017_P
01.REVE.FORR.021/01 FORRO DE FIBRA MINERAL, PARA AMBIENTES
COMERCIAIS, INCLUSIVE ESTRUTURA DE FIXAÇÃO. 27
96115 AF_05/2017_P
01.REVE.FORR.022/01 FORRO METÁLICO, PARA AMBIENTES COMERCIAIS,
31
XXXXX INCLUSIVE ESTRUTURA DE FIXAÇÃO. AF_05/2017
01.REVE.FORR.023/01 FORRO EM RÉGUAS DE PVC, FRISADO, PARA
AMBIENTES COMERCIAIS, INCLUSIVE ESTRUTURA 35
96116 DE FIXAÇÃO. AF_05/2017_P
01.REVE.FORR.023/02 FORRO EM RÉGUAS DE PVC, LISO, PARA
AMBIENTES COMERCIAIS, INCLUSIVE ESTRUTURA 38
96486 DE FIXAÇÃO. AF_05/2017_P
01.REVE.FORR.024/01 FORRO EM MADEIRA PINUS, PARA AMBIENTES
COMERCIAIS, INCLUSIVE ESTRUTURA DE FIXAÇÃO. 41
96117 AF_05/2017
01.REVE.FORR.031/01 ACABAMENTOS PARA FORRO (MOLDURA DE
44
96120 GESSO). AF_05/2017
01.REVE.FORR.032/01 ACABAMENTOS PARA FORRO (RODA-FORRO EM
46
96121 PERFIL METÁLICO E PLÁSTICO). AF_05/2017
01.REVE.FORR.033/01 ACABAMENTOS PARA FORRO (RODA-FORRO EM
48
96122 MADEIRA PINUS). AF_05/2017
01.REVE.FORR.034/01 ACABAMENTOS PARA FORRO (MOLDURA EM
50
96123 DRYWALL, COM LARGURA DE 15 CM). AF_05/2017_P
01.REVE.FORR.035/01 ACABAMENTOS PARA FORRO (SANCA DE GESSO,
COM ALTURA DE 15 CM, MONTADA NA OBRA). 54
96124
AF_05/2017_P

Página | 3
Cadernos Técnicos das Composições de Forros – Lote 1

CADERNO TÉCNICO DO SERVIÇO

1. COMPOSIÇÃO ANALÍTICA DE SERVIÇO

Classe: Revestimento e Tratamento de Superfícies


Tipo: 0134 – Forro de Gesso

Código / Seq. Descrição da Composição Unidade

01.REVE.FORR.005/01
FORRO EM PLACAS DE GESSO, PARA AMBIENTES
Código SIPCI M²
RESIDENCIAIS. AF_05/2017_P
96109

Vigência: 05/2017 Última atualização: 05/2017

COMPOSIÇÃO

Item Código Descrição Unidade Coeficiente


C 88269 GESSEIRO COM ENCARGOS COMPLEMENTARES H 0,7974
C 88316 SERVENTE COM ENCARGOS COMPLEMENTARES H 03987
PLACA DE GESSO PARA FORRO, DE *60 X 60* CM E
I 4812 ESPESSURA DE 12 MM (30 MM NAS BORDAS) SEM M² 1,0293
COLOCACAO
I * REBITE DE REPUXO 4,8MM X 22MM UN 3,0833
ARAME GALVANIZADO 18 BWG, 1,24MM (0,009
I 345 KG 0,0250
KG/M)
I 20250 SISAL EM FIBRA KG 0,0078
GESSO EM PO PARA REVESTIMENTOS /
I 3315 KG 0,9964
MOLDURAS / SANCAS

FORROS

Placas de Drywall ou Fibra


Madeira PVC Metálico
Gesso Acartonado Mineral

Residencial Comercial

2. Insumos e suas características


• Placa de gesso para forro, de 60cm x 60cm e espessura de 12mm;
• Rebite de repuxo 4,8mm x 22mm (* Insumo a ser cadastrado no SINAPI);

Página | 4
Cadernos Técnicos das Composições de Forros – Lote 1

• Arame galvanizado 18bwg, 1,24mm (0,009 kg/m);


• Estopa de sisal em fibra para aplicação geral em gesso;
• Gesso de fundição.

3. Equipamentos
• Não se aplica.

4. Critérios para quantificação dos serviços


• Utilizar a área de forro executada no ambiente.

5. Critérios de aferição
• Nesta composição não estão contemplados os tempos de montagem e
instalação dos acabamentos, como juntas de dilatação ou cantoneiras em
gesso ou tabicas ou cantoneiras;
• Para juntas de dilatação e acabamentos no perímetro do ambiente, utilizar as
composições auxiliares: “INSTALAÇÃO DE ACABAMENTOS PARA FORRO
(MOLDURA DE GESSO)” ou “INSTALAÇÃO DE ACABAMENTOS PARA
FORRO (RODA-FORRO EM PERFIL METÁLICO E PLÁSTICO)”, presentes
no grupo de composições para forro;
• Caso o forro a ser executado seja em pé direito duplo, utilizar a composição
auxiliar: “MONTAGEM E DESMONTAGEM DE ANDAIME TUBULAR TIPO
TORRE”, presente nos cadernos de composição para equipamentos de
proteção coletiva;
• Foram consideradas as perdas por resíduos e incorporadas.

6. Execução
• Determinar o nível em que será instalado o forro na estrutura periférica
(paredes) do ambiente, com o auxílio da mangueira de nível ou nível a laser;
• Marcar nas paredes a posição exata para o forro, com o auxílio do cordão de
marcação ou fio traçante, e instalar alguns pregos para suportar,
temporariamente, os acabamentos em gesso e passar as linhas-guia;
• Com o auxílio do cordão de marcação ou fio traçante, marcar no teto os pontos
de fixação dos arames (tirantes), de acordo com o número de placas a serem
instaladas: a primeira fiada exige 2 pontos de fixação e as demais, apenas 1
ponto;
• Fixar os rebites no teto, e prender os arames (tirantes) aos rebites;
• Preparar a pasta de gesso de fundição;
• Fixar a primeira fiada de placas de gesso junto aos acabamentos ou juntas de
dilatação, previamente instaladas na parede;
• A cada placa instalada, amarrar o respectivo arame (tirante);
• Aplicar a mistura de sisal com pasta de gesso de fundição na parte superior
da instalação do forro, nas juntas entre as placas, para chumbamento das
placas de gesso;

Página | 5
Cadernos Técnicos das Composições de Forros – Lote 1

• Retirar os pregos instalados no perímetro do forro;


• Aplicar a pasta de gesso de fundição por sobre as juntas do forro já instalado,
para dar acabamento.

7. Informações Complementares
• Não se aplica.

8. Pendências
• O insumo “Rebite de repuxo 4,8 mm x 22 mm” aferido em campo foi substituído
pelo cadastrado no SINAPI, INx 40547 - Parafuso zincado, autobrocante,
flangeado, 4,2 X 19", que apresenta características e preço semelhantes.
• Para uso deste insumo, considerar o seguinte coeficiente:
PARAFUSO ZINCADO, AUTOBROCANTE,
40547 CENTO 0,0308
FLANGEADO, 4,2 X 19"

Página | 6
Cadernos Técnicos das Composições de Forros – Lote 1

CADERNO TÉCNICO DO SERVIÇO

1. COMPOSIÇÃO ANALÍTICA DE SERVIÇO

Classe: Revestimento e Tratamento de Superfícies


Tipo: 0134 – Forro de Gesso

Código / Seq. Descrição da Composição Unidade

01.REVE.FORR.006/01
FORRO EM DRYWALL, PARA AMBIENTES RESIDENCIAIS,
Código SIPCI M²
INCLUSIVE ESTRUTURA DE FIXAÇÃO. AF_05/2017_P
96110

Vigência: 05/2017 Última atualização: 05/2017

COMPOSIÇÃO

Item Código Descrição Unidade Coeficiente


MONTADOR DE ESTRUTURA METÁLICA COM
C 88278 H 0,4566
ENCARGOS COMPLEMENTARES
C 88316 SERVENTE COM ENCARGOS COMPLEMENTARES H 0,4566
CHAPA DE GESSO ACARTONADO, STANDARD (ST),
I 39413 M² 1,0665
COR BRANCA, E=12,5 MM 1200x2400 MM (LXC).
I * PERFIL METÁLICO F-47 M 2,4000
I * REBITE DE REPUXO 4,8MM X 22MM UN 2,2122
MASSA DE REJUNTE EM PO PARA DRYWALL,
ÁBASE DE GESSO, SECAGEM RAPIDA, PARA
I 39434 KG 0,5202
TRATAMENTO DE JUNTAS DE CHAPA DE GESSO
(COM ADICAO DE AGUA).
FITA DE PAPEL MICROPERFURADO, 50X150 MM,
I 39432 PARA TRATAMENTO DE JUNTAS DE CHAPA DE M 1,4404
GESSO PARA DRYWAL
ARAME GALVANIZADO 10 BWG, 3,40 MM (0,0713
I 335 KG 0,0711
KG/M)
I * SUPORTE NIVELADOR UN 2,2122
PARAFUSO DRY WALL, EM ACO FOSFATIZADO,
I 39435 CABECA TROMBETA E PONTA AGULHA (TA), UN 7,9740
COMPRIMENTO 25 MM

Página | 7
Cadernos Técnicos das Composições de Forros – Lote 1

2. Insumos e suas características


• Chapa ST em drywall 2,4m x 1,2m x 10 mm;
• Perfil metálico F-47 (* Insumo a ser cadastrado no SINAPI);
• Conector de perfil F-47;
• Rebite de repuxo 4,8mm x 22mm (* Insumo a ser cadastrado no SINAPI);
• Massa de rejunte em pó para drywall;
• Arame galvanizado 10bwg, 3,40mm (0,0713 kg/m);
• Fita de papel microperfurado, 50x150 mm, para tratamento de juntas de chapa
de gesso para drywall;
• Suporte nivelador (* Insumo a ser cadastrado no SINAPI);
• Parafuso TA-25.

3. Equipamentos
• Não se aplica.

4. Critérios para quantificação dos serviços


• Utilizar a área de forro executada no ambiente.

5. Critérios de aferição
• Nesta composição não estão contemplados os tempos de montagem e
instalação dos acabamentos como cantoneiras ou tabicas; para estes
elementos utilizar as composições auxiliares “INSTALAÇÃO DE
ACABAMENTOS PARA FORRO (MOLDURA EM DRYWALL, COM
LARGURA DE 15CM)” ou “INSTALAÇÃO DE ACABAMENTOS PARA
FORRO (RODA-FORRO EM PERFIL METÁLICO E PLÁSTICO)”, presentes
no grupo de composições para forro;
• Caso o forro a ser executado seja em pé direito duplo utilizar a composição
auxiliar: “MONTAGEM E DESMONTAGEM DE ANDAIME TUBULAR TIPO
TORRE”, presente nos cadernos de composição para equipamentos de
proteção coletiva;

Página | 8
Cadernos Técnicos das Composições de Forros – Lote 1

• Foram consideradas as perdas por resíduos e incorporadas;


• Esta composição considera uma trama de estruturação unidirecional.

6. Execução
• Determinar o nível em que será instalado o forro na estrutura periférica
(paredes) do ambiente, com o auxílio da mangueira de nível ou nível a laser;
• Marcar nas paredes a posição exata onde serão fixadas as guias, cantoneiras
ou tabicas, com o auxílio do cordão de marcação ou fio traçante;
• Fixar as guias, cantoneiras ou tabicas, nas paredes;
• Com o auxílio do cordão de marcação ou fio traçante, marcar no teto a posição
dos eixos dos perfis F-47 e os pontos de fixação dos arames (tirantes);
• Observar espaçamento de 1.000 mm entre os arames (tirantes);
• Fixar os rebites no teto e prender os arames (tirantes) aos rebites;
• Colocar os suportes niveladores nos arames (tirantes);
• Encaixar os perfis F-47 (perfis primários) no suporte nivelador, de maneira que
fiquem firmes, e ajustar o nível dos perfis na altura correta do rebaixo do teto;
• Fixar as chapas de drywall na estrutura, por meio de parafusos TA-25;
• Os parafusos TA-25 devem estar distanciados 200 mm entre si e a 10 mm da
borda;
• Aplicar uma primeira camada de massa de rejunte ao longo das juntas entre
as chapas de drywall;
• Colocar a fita adesiva para juntas sobre o eixo das juntas e, com o auxílio de
uma espátula, pressionar firmemente a fita sobre a primeira camada de
massa;
• Além do tratamento das juntas, aplicar a massa para cobrir as cabeças dos
parafusos;
• Aplicar as demais camadas de massa com o auxílio de uma desempenadeira,
deixando um acabamento uniforme.

7. Informações Complementares
• Não se aplica.

8. Pendências
• O insumo “Perfil metálico F-47” aferido em campo foi substituído pelo
cadastrado no SINAPI, INx 39427 - Perfil canaleta, formato C, em aço zincado,
para estrutura forro drywall, e = 0,5 mm, *46 x 18* (l x h), comprimento 3 m,
que apresenta características e preço semelhantes.
• O insumo “Rebite de repuxo 4,8 mm x 22 mm” aferido em campo foi substituído
pelo cadastrado no SINAPI, INx 40547 - Parafuso zincado, autobrocante,
flangeado, 4,2 X 19", que apresenta características e preço semelhantes.
• O insumo “Suporte Nivelador” aferido em campo foi substituído pelo
cadastrado no SINAPI INx 39430 - Pendural ou presilha reguladora, em aço

Página | 9
Cadernos Técnicos das Composições de Forros – Lote 1

galvanizado, com corpo, mola e rebite, para perfil tipo canaleta de estrutura
em forros drywall, que apresenta características e preço semelhantes.
• Para uso destes insumos, considerar os seguintes coeficientes:
PERFIL CANALETA, FORMATO C, EM ACO
ZINCADO, PARA ESTRUTURA FORRO
39427 M 2,4000
DRYWALL, E = 0,5 MM, *46 X 18* (L X H),
COMPRIMENTO 3 M
PARAFUSO ZINCADO, AUTOBROCANTE,
40547 CENTO 0,0221
FLANGEADO, 4,2 X 19"
PENDURAL OU PRESILHA REGULADORA, EM
ACO GALVANIZADO, COM CORPO, MOLA E
39430 UN 2,2122
REBITE, PARA PERFIL TIPO CANALETA DE
ESTRUTURA EM FORROS DRYWALL

Página | 10
Cadernos Técnicos das Composições de Forros – Lote 1

CADERNO TÉCNICO DO SERVIÇO

1. COMPOSIÇÃO ANALÍTICA DE SERVIÇO

Classe: Revestimento e Tratamento de Superfícies


Tipo: 0311 – Forro Metálico / PVC

Código / Seq. Descrição da Composição Unidade

01.REVE.FORR.007/01
FORRO EM RÉGUAS DE PVC, FRISADO, PARA
Código SINAPI AMBIENTES RESIDENCIAIS, INCLUSIVE ESTRUTURA DE M²
FIXAÇÃO. AF_05/2017_P
96111

Vigência: 05/2017 Última atualização: 06/2017

COMPOSIÇÃO

Item Código Descrição Unidade Coeficiente


MONTADOR DE ESTRUTURA METÁLICA COM
C 88278 H 0,5672
ENCARGOS COMPLEMENTARES
FORRO DE PVC, FRISADO, BRANCO, REGUA DE 20
I 36238 CM, ESPESSURA DE 8 MM A 10 MM E M² 1,0326
COMPRIMENTO 6 M (SEM COLOCACAO)
I * PERFIL METÁLICO F-47 M 2,4018
I * REBITE DE REPUXO 4,8MM X 22MM UN 2,2127
ARAME GALVANIZADO 10 BWG, 3,40 MM (0,0713
I 335 KG 0,0711
KG/M)
I * SUPORTE NIVELADOR UN 2,2127
PARAFUSO, AUTO ATARRACHANTE, CABECA
I 40552 CHATA, FENDA SIMPLES, 1/4" (6,35 MM) X 25 MM CENTO 0,0333
(COLETADO CAIXA)

Página | 11
Cadernos Técnicos das Composições de Forros – Lote 1

2. Insumos e suas características


• Forro PVC régua 8 x 200 x 6000 mm: branco ou colorido;
• Perfil metálico F-47 (* Insumo a ser cadastrado no SINAPI);
• Conector de perfil F-47;
• Rebite de repuxo 4,8mm x 22mm (* Insumo a ser cadastrado no SINAPI);
• Arame galvanizado 10bwg, 3,40mm (0,0713 kg/m);
• Suporte nivelador (* Insumo a ser cadastrado no SINAPI);
• Parafuso, autoatarrachante, cabeça chata, fenda simples, 1/4" (6,35 mm) x 25mm.

3. Equipamentos
• Não se aplica.

4. Critérios para quantificação dos serviços


• Utilizar a área de forro executada no ambiente.

5. Critérios de aferição
• Nesta composição não estão contemplados os tempos de montagem e
instalação dos acabamentos como cantoneiras ou tabicas, para estes
elementos utilizar composição auxiliar “INSTALAÇÃO DE ACABAMENTOS
PARA FORRO (RODA-FORRO EM PERFIL METÁLICO E PLÁSTICO)”,
presente no grupo de composições para forro;
• Caso o forro a ser executado seja em pé direito duplo, utilizar a composição
auxiliar: “MONTAGEM E DESMONTAGEM DE ANDAIME TUBULAR TIPO
TORRE”, presente nos cadernos de composição para equipamentos de
proteção coletiva;
• Foram consideradas as perdas por resíduos e incorporadas;
• Esta composição considera uma trama de estruturação unidirecional.

6. Execução
• Marcar na estrutura periférica (paredes), com o auxílio de uma mangueira ou
um nível laser, o local em que será instalado o forro;
• Com o auxílio de um cordão de marcação ou fio traçante, marcar a posição
exata onde serão fixadas as guias (perfis de acabamento em “U”);
• Fixar as guias nas paredes (perfis de acabamento em “U”);
• Com o auxílio do cordão de marcação ou fio traçante, marcar no teto a posição
dos eixos dos perfis F-47 e os pontos de fixação dos arames (tirantes);
• Observar espaçamento de 1.000 mm entre os arames (tirantes);
• Fixar os rebites no teto e prender os arames (tirantes) aos rebites;
• Colocar os suportes niveladores nos arames (tirantes);
• Encaixar os perfis F-47 (perfis primários) no suporte nivelador, de maneira que
fiquem firmes, e ajustar o nível dos perfis na altura correta do rebaixo do teto;

Página | 12
Cadernos Técnicos das Composições de Forros – Lote 1

• Ajustar o comprimento das réguas do forro de PVC, de acordo com as


dimensões do ambiente onde serão aplicadas;
• Encaixar as réguas de PVC já ajustadas no acabamento previamente
instalado, deixando uma folga de 5 mm entre o forro e a extremidade do
acabamento escolhido;
• Fixar as réguas de PVC em todas as travessas da estrutura de sustentação;
• No último perfil, caso a largura da régua de PVC seja maior que o espaço
existente, cortar utilizando um estilete, no lado do encaixe fêmea, de tal
maneira que a peça fique com 1 cm a menos que o espaço disponível;
• Colocar as duas extremidades da régua dentro do acabamento;
• Com a ajuda de uma espátula, encaixar longitudinalmente a régua no
acabamento e na régua anterior.

7. Informações Complementares
• Não se aplica.

8. Pendências
• O insumo “Perfil metálico F-47” aferido em campo foi substituído pelo
cadastrado no SINAPI, INx 39427 - Perfil canaleta, formato C, em aço zincado,
para estrutura forro drywall, e = 0,5 mm, *46 x 18* (l x h), comprimento 3 m,
que apresenta características e preço semelhantes.
• O insumo “Rebite de repuxo 4,8 mm x 22 mm” aferido em campo foi substituído
pelo cadastrado no SINAPI, INx 40547 - Parafuso zincado, autobrocante,
flangeado, 4,2 X 19", que apresenta características e preço semelhantes.
• O insumo “Suporte Nivelador” aferido em campo foi substituído pelo
cadastrado no SINAPI INx 39430 - Pendural ou presilha reguladora, em aço
galvanizado, com corpo, mola e rebite, para perfil tipo canaleta de estrutura
em forros drywall, que apresenta características e preço semelhantes.
• Para uso destes insumos, considerar os seguintes coeficientes:
PERFIL CANALETA, FORMATO C, EM ACO
ZINCADO, PARA ESTRUTURA FORRO
39427 M 2,4018
DRYWALL, E = 0,5 MM, *46 X 18* (L X H),
COMPRIMENTO 3 M
PARAFUSO ZINCADO, AUTOBROCANTE,
40547 CENTO 0,0221
FLANGEADO, 4,2 X 19"
PENDURAL OU PRESILHA REGULADORA, EM
ACO GALVANIZADO, COM CORPO, MOLA E
39430 UN 2,2127
REBITE, PARA PERFIL TIPO CANALETA DE
ESTRUTURA EM FORROS DRYWALL

Página | 13
Cadernos Técnicos das Composições de Forros – Lote 1

CADERNO TÉCNICO DO SERVIÇO

1. COMPOSIÇÃO ANALÍTICA DE SERVIÇO

Classe: Revestimento e Tratamento de Superfícies


Tipo: 0311 – Forro Metálico / PVC

Código / Seq. Descrição da Composição Unidade

01.REVE.FORR.007/02
FORRO EM RÉGUAS DE PVC, LISO, PARA AMBIENTES
Código SINAPI RESIDENCIAIS, INCLUSIVE ESTRUTURA DE FIXAÇÃO. M²
AF_05/2017_P
96485

Vigência: 05/2017 Última atualização: 06/2017

COMPOSIÇÃO

Item Código Descrição Unidade Coeficiente


MONTADOR DE ESTRUTURA METÁLICA COM
C 88278 H 0,5672
ENCARGOS COMPLEMENTARES
FORRO DE PVC LISO, BRANCO, REGUA DE 20 CM,
I 36225 ESPESSURA DE 8 MM A 10 MM, COMPRIMENTO 6 M M² 1,0326
(SEM COLOCACAO)
I * PERFIL METÁLICO F-47 M 2,4018
I * REBITE DE REPUXO 4,8MM X 22MM UN 2,2127
ARAME GALVANIZADO 10 BWG, 3,40 MM (0,0713
I 335 KG 0,0711
KG/M)
I * SUPORTE NIVELADOR UN 2,2127
PARAFUSO, AUTO ATARRACHANTE, CABECA
I 40552 CHATA, FENDA SIMPLES, 1/4" (6,35 MM) X 25 MM CENTO 0,0333
(COLETADO CAIXA)

Página | 14
Cadernos Técnicos das Composições de Forros – Lote 1

2. Insumos e suas características


• Forro PVC régua 8 x 200 x 6000 mm: branco ou colorido;
• Perfil metálico F-47 (* Insumo a ser cadastrado no SINAPI);
• Conector de perfil F-47;
• Rebite de repuxo 4,8mm x 22mm (* Insumo a ser cadastrado no SINAPI);
• Arame galvanizado 10bwg, 3,40mm (0,0713 kg/m);
• Suporte nivelador (* Insumo a ser cadastrado no SINAPI);
• Parafuso, autoatarrachante, cabeça chata, fenda simples, 1/4" (6,35 mm) x 25mm.

3. Equipamentos
• Não se aplica.

4. Critérios para quantificação dos serviços


• Utilizar a área de forro executada no ambiente.

5. Critérios de aferição
• Nesta composição não estão contemplados os tempos de montagem e
instalação dos acabamentos como cantoneiras ou tabicas, para estes
elementos utilizar composição auxiliar “INSTALAÇÃO DE ACABAMENTOS
PARA FORRO (RODA-FORRO EM PERFIL METÁLICO E PLÁSTICO)”,
presente no grupo de composições para forro;
• Caso o forro a ser executado seja em pé direito duplo, utilizar a composição
auxiliar: “MONTAGEM E DESMONTAGEM DE ANDAIME TUBULAR TIPO
TORRE”, presente nos cadernos de composição para equipamentos de
proteção coletiva;
• Foram consideradas as perdas por resíduos e incorporadas;
• Esta composição considera uma trama de estruturação unidirecional.

6. Execução
• Marcar na estrutura periférica (paredes), com o auxílio de uma mangueira ou
um nível laser, o local em que será instalado o forro;
• Com o auxílio de um cordão de marcação ou fio traçante, marcar a posição
exata onde serão fixadas as guias (perfis de acabamento em “U”);
• Fixar as guias nas paredes (perfis de acabamento em “U”);
• Com o auxílio do cordão de marcação ou fio traçante, marcar no teto a posição
dos eixos dos perfis F-47 e os pontos de fixação dos arames (tirantes);
• Observar espaçamento de 1.000 mm entre os arames (tirantes);
• Fixar os rebites no teto e prender os arames (tirantes) aos rebites;
• Colocar os suportes niveladores nos arames (tirantes);
• Encaixar os perfis F-47 (perfis primários) no suporte nivelador, de maneira que
fiquem firmes, e ajustar o nível dos perfis na altura correta do rebaixo do teto;

Página | 15
Cadernos Técnicos das Composições de Forros – Lote 1

• Ajustar o comprimento das réguas do forro de PVC, de acordo com as


dimensões do ambiente onde serão aplicadas;
• Encaixar as réguas de PVC já ajustadas no acabamento previamente
instalado, deixando uma folga de 5 mm entre o forro e a extremidade do
acabamento escolhido;
• Fixar as réguas de PVC em todas as travessas da estrutura de sustentação;
• No último perfil, caso a largura da régua de PVC seja maior que o espaço
existente, cortar utilizando um estilete, no lado do encaixe fêmea, de tal
maneira que a peça fique com 1 cm a menos que o espaço disponível;
• Colocar as duas extremidades da régua dentro do acabamento;
• Com a ajuda de uma espátula, encaixar longitudinalmente a régua no
acabamento e na régua anterior.

7. Informações Complementares
• Não se aplica.

8. Pendências
• O insumo “Perfil metálico F-47” aferido em campo foi substituído pelo
cadastrado no SINAPI, INx 39427 - Perfil canaleta, formato C, em aço zincado,
para estrutura forro drywall, e = 0,5 mm, *46 x 18* (l x h), comprimento 3 m,
que apresenta características e preço semelhantes.
• O insumo “Rebite de repuxo 4,8 mm x 22 mm” aferido em campo foi substituído
pelo cadastrado no SINAPI, INx 40547 - Parafuso zincado, autobrocante,
flangeado, 4,2 X 19", que apresenta características e preço semelhantes.
• O insumo “Suporte Nivelador” aferido em campo foi substituído pelo
cadastrado no SINAPI INx 39430 - Pendural ou presilha reguladora, em aço
galvanizado, com corpo, mola e rebite, para perfil tipo canaleta de estrutura
em forros drywall, que apresenta características e preço semelhantes.
• Para uso destes insumos, considerar os seguintes coeficientes:
PERFIL CANALETA, FORMATO C, EM ACO
ZINCADO, PARA ESTRUTURA FORRO
39427 M 2,4018
DRYWALL, E = 0,5 MM, *46 X 18* (L X H),
COMPRIMENTO 3 M
PARAFUSO ZINCADO, AUTOBROCANTE,
40547 CENTO 0,0221
FLANGEADO, 4,2 X 19"
PENDURAL OU PRESILHA REGULADORA, EM
ACO GALVANIZADO, COM CORPO, MOLA E
39430 UN 2,2127
REBITE, PARA PERFIL TIPO CANALETA DE
ESTRUTURA EM FORROS DRYWALL

Página | 16
Cadernos Técnicos das Composições de Forros – Lote 1

CADERNO TÉCNICO DO SERVIÇO

1. COMPOSIÇÃO ANALÍTICA DE SERVIÇO

Classe: Revestimento e Tratamento de Superfícies


Tipo: 0133 – Forro de Madeira

Código / Seq. Descrição da Composição Unidade

01.REVE.FORR.008/01
FORRO EM MADEIRA PINUS, PARA AMBIENTES
Código SINAPI RESIDENCIAIS, INCLUSIVE ESTRUTURA DE FIXAÇÃO. M²
AF_05/2017
96112

Vigência: 05/2017 Última atualização: 05/2017

COMPOSIÇÃO

Item Código Descrição Unidade Coeficiente


CARPINTEIRO DE FORMAS COM ENCARGOS
C 88262 H 2,0282
COMPLEMENTARES
AJUDANTE DE CARPINTEIRO COM ENCARGOS
C 88239 H 0,6761
COMPLEMENTARES
FORRO DE MADEIRA PINUS OU EQUIVALENTE DA
I 3283 REGIAO, ENCAIXE MACHO/FEMEA COM FRISO, *10 M² 1,0850
X 1* CM (SEM COLOCACAO)
PECA DE MADEIRA 3A/4A QUALIDADE 2,5 X 5CM
I 4512 M 3,3002
NAO APARELHADA
I 5066 PREGO DE ACO POLIDO COM CABECA 12 X 12 KG 0,0247
CAIBRO DE MADEIRA APARELHADA *6 X 8* CM,
I 20212 MACARANDUBA, ANGELIM OU EQUIVALENTE DA M 1,6671
REGIAO

2. Insumos e suas características


• Forro de madeira pinus ou equivalente da região, encaixe macho/fêmea com
friso, 10cm x 1cm (sem colocação);

Página | 17
Cadernos Técnicos das Composições de Forros – Lote 1

• Peça de madeira 3a/4a qualidade 2,5 x 5cm não aparelhada;


• Prego de aço polido com cabeça 12 x 12;
• Caibro de madeira aparelhada 6cm x 8cm, maçaranduba, angelim ou
equivalente da região.

3. Equipamentos
• Não se aplica.

4. Critérios para quantificação dos serviços


• Utilizar a área de forro executada no ambiente.

5. Critérios de aferição
• Nesta composição não estão contemplados os tempos de montagem e
instalação dos roda-forros, para estes elementos utilizar a composição
“INSTALAÇÃO DE ACABAMENTOS PARA FORRO (RODA-FORRO EM
MADEIRA PINUS)”, presente no grupo de composições para forro;
• Caso o forro a ser executado seja em pé direito duplo, utilizar a composição
auxiliar: “MONTAGEM E DESMONTAGEM DE ANDAIME TUBULAR TIPO
TORRE”, presente nos cadernos de composição para equipamentos de
proteção coletiva;
• Foram consideradas as perdas por resíduos e incorporadas;
• Esta composição considera uma trama de estruturação unidirecional.

6. Execução
• Marcar na estrutura periférica (paredes), com o auxílio de uma mangueira ou
um nível laser, o local em que será instalado o forro;
• Com o auxílio de um cordão de marcação ou fio traçante, marcar a posição
exata onde será instalado o forro, fixar alguns pregos nesta altura e amarrar
linhas de prumo que cruzam o ambiente;
• Apoiar os caibros em estruturas auxiliares de madeira, representando tirantes,
que podem ser fixadas nas paredes ou nas tesouras do telhado;
• Utilizar tirantes ao longo dos caibros a fim de garantir o prumo da estrutura do
forro;
• Finalizada a estrutura, retirar as linhas de prumo;
• Iniciar a instalação das réguas para forro de madeira, cujo encaixe é do tipo
macho-fêmea e a fixação é feita por pregos, na estrutura dos caibros;
• Terminada a instalação das réguas para forro de madeira, colocar o
acabamento em meia-cana na junção com a parede.

7. Informações Complementares
• O insumo INx 3283 – “Forro de madeira pinus ou equivalente da região,
encaixe macho/fêmea com friso, *10 x 1* cm (sem colocação)” pode ser

Página | 18
Cadernos Técnicos das Composições de Forros – Lote 1

substituído pelo insumo InX 3286 – “Forro de madeira cedrinho ou equivalente


da região, encaixe macho/fêmea com friso, *10 x 1* cm (sem colocação)”,
sem prejuízo na produtividade e no consumo dos materiais da composição.

8. Pendências
• Não se aplica.

Página | 19
Cadernos Técnicos das Composições de Forros – Lote 1

CADERNO TÉCNICO DO SERVIÇO

1. COMPOSIÇÃO ANALÍTICA DE SERVIÇO

Classe: Revestimento e Tratamento de Superfícies


Tipo: 0134 – Forro de Gesso

Código / Seq. Descrição da Composição Unidade

01.REVE.FORR.019/01
FORRO EM PLACAS DE GESSO, PARA AMBIENTES
Código SINAPI M²
COMERCIAIS. AF_05/2017_P
96113

Vigência: 05/2017 Última atualização: 05/2017

COMPOSIÇÃO

Item Código Descrição Unidade Coeficiente


C 88269 GESSEIRO COM ENCARGOS COMPLEMENTARES H 0,6313
C 88316 SERVENTE COM ENCARGOS COMPLEMENTARES H 0,3156
PLACA DE GESSO PARA FORRO, DE *60 X 60* CM E
I 4812 ESPESSURA DE 12 MM (30 MM NAS BORDAS) SEM M² 1,0740
COLOCACAO
I * REBITE DE REPUXO 4,8MM X 22MM UN 3,0833
ARAME GALVANIZADO 18 BWG, 1,24MM (0,009
I 345 KG 0,0250
KG/M)
I 20250 SISAL EM FIBRA KG 0,0078
GESSO EM PO PARA REVESTIMENTOS /
I 3315 KG 0,9964
MOLDURAS / SANCAS

2. Insumos e suas características


• Placa de gesso para forro, de 60cm x 60cm e espessura de 12mm;
• Rebite de repuxo 4,8mm x 22mm (* Insumo a ser cadastrado no SINAPI);

Página | 20
Cadernos Técnicos das Composições de Forros – Lote 1

• Arame galvanizado 18bwg, 1,24mm (0,009 kg/m);


• Estopa de sisal em fibra para aplicação geral em gesso;
• Gesso de fundição.

3. Equipamentos
• Não se aplica.

4. Critérios para quantificação dos serviços


• Utilizar a área de forro executada no ambiente.

5. Critérios de aferição
• Nesta composição não estão contemplados os tempos de montagem e
instalação dos acabamentos, como juntas de dilatação ou cantoneiras em
gesso ou tabicas ou cantoneiras;
• Para juntas de dilatação e acabamentos no perímetro do ambiente, utilizar as
composições auxiliares: “INSTALAÇÃO DE ACABAMENTOS PARA FORRO
(MOLDURA DE GESSO)” ou “INSTALAÇÃO DE ACABAMENTOS PARA
FORRO (RODA-FORRO EM PERFIL METÁLICO E PLÁSTICO)”, presentes
no grupo de composições para forro;
• Caso o forro a ser executado seja em pé direito duplo, utilizar a composição
auxiliar: “MONTAGEM E DESMONTAGEM DE ANDAIME TUBULAR TIPO
TORRE”, presente nos cadernos de composição para equipamentos de
proteção coletiva;
• Foram consideradas as perdas por resíduos e incorporadas.

6. Execução
• Determinar o nível em que será instalado o forro na estrutura periférica
(paredes) do ambiente, com o auxílio da mangueira de nível ou nível a laser;
• Marcar nas paredes a posição exata para o forro, com o auxílio do cordão de
marcação ou fio traçante, e instalar alguns pregos para suportar,
temporariamente, os acabamentos em gesso e passar as linhas-guia;
• Com o auxílio do cordão de marcação ou fio traçante, marcar no teto os pontos
de fixação dos arames (tirantes), de acordo com o número de placas a serem
instaladas: a primeira fiada exige 2 pontos de fixação e as demais, apenas 1
ponto;
• Fixar os rebites no teto, e prender os arames (tirantes) aos rebites;
• Preparar a pasta de gesso de fundição;
• Fixar a primeira fiada de placas de gesso junto aos acabamentos ou juntas de
dilatação, previamente instaladas na parede;
• A cada placa instalada, amarrar o respectivo arame (tirante);
• Aplicar a mistura de sisal com pasta de gesso de fundição na parte superior
da instalação do forro, nas juntas entre as placas, para chumbamento das
placas de gesso;

Página | 21
Cadernos Técnicos das Composições de Forros – Lote 1

• Retirar os pregos instalados no perímetro do forro;


• Aplicar a pasta de gesso de fundição por sobre as juntas do forro já instalado,
para dar acabamento.

7. Informações Complementares
• Não se aplica.

8. Pendências
• O insumo “Rebite de repuxo 4,8 mm x 22 mm” aferido em campo foi substituído
pelo cadastrado no SINAPI, INx 40547 - Parafuso zincado, autobrocante,
flangeado, 4,2 X 19", que apresenta características e preço semelhantes.
• Para uso deste insumo, considerar o seguinte coeficiente:
PARAFUSO ZINCADO, AUTOBROCANTE,
40547 CENTO 0,0308
FLANGEADO, 4,2 X 19"

Página | 22
Cadernos Técnicos das Composições de Forros – Lote 1

CADERNO TÉCNICO DO SERVIÇO

1. COMPOSIÇÃO ANALÍTICA DE SERVIÇO

Classe: Revestimento e Tratamento de Superfícies


Tipo: 0134 – Forro de Gesso

Código / Seq. Descrição da Composição Unidade

01.REVE.FORR.020/01
FORRO EM DRYWALL, PARA AMBIENTES COMERCIAIS,
Código SINAPI M²
INCLUSIVE ESTRUTURA DE FIXAÇÃO. AF_05/2017_P
96114

Vigência: 05/2017 Última atualização: 05/2017

COMPOSIÇÃO

Item Código Descrição Unidade Coeficiente


MONTADOR DE ESTRUTURA METÁLICA COM
C 88278 H 0,3628
ENCARGOS COMPLEMENTARES
C 88316 SERVENTE COM ENCARGOS COMPLEMENTARES H 0,3628
CHAPA DE GESSO ACARTONADO, STANDARD (ST),
I 39413 M² 1,0966
COR BRANCA, E=12,5 MM 1200x2400 MM (LXC).
I * PERFIL METÁLICO F-47 M 3,8510
I * REBITE DE REPUXO 4,8MM x 22MM UN 1,3265
MASSA DE REJUNTE EM PO PARA DRYWALL,
ÁBASE DE GESSO, SECAGEM RAPIDA, PARA
I 39434 KG 0,5202
TRATAMENTO DE JUNTAS DE CHAPA DE GESSO
(COM ADICAO DE AGUA).
FITA DE PAPEL MICROPERFURADO, 50X150 MM,
I 39432 PARA TRATAMENTO DE JUNTAS DE CHAPA DE M 1,4395
GESSO PARA DRYWAL
ARAME GALVANIZADO 10 BWG, 3,40 MM (0,0713
I 335 KG 0,0426
KG/M)
I * SUPORTE NIVELADOR UN 1,3265
PARAFUSO DRY WALL, EM ACO FOSFATIZADO,
I 39435 CABECA TROMBETA E PONTA AGULHA (TA), UN 7,9740
COMPRIMENTO 25 MM
PARAFUSO DRY WALL, EM ACO ZINCADO, CABECA
I 39443 LENTILHA E PONTA BROCA (LB), LARGURA 4,2 MM, UN 2,1912
COMPRIMENTO 13 MM

Página | 23
Cadernos Técnicos das Composições de Forros – Lote 1

2. Insumos e suas características


• Chapa ST em drywall 2,4m x 1,2m x 10 mm;
• Perfil metálico F-47 (* Insumo a ser cadastrado no SINAPI);
• Conector de perfil F-47;
• Rebite de repuxo 4,8mm x 22mm (* Insumo a ser cadastrado no SINAPI);
• Massa de rejunte em pó para drywall;
• Arame galvanizado 10bwg, 3,40mm (0,0713 kg/m);
• Fita de papel microperfurado, 50x150 mm, para tratamento de juntas de chapa
de gesso para drywall;
• Suporte nivelador (* Insumo a ser cadastrado no SINAPI);
• Parafuso drywall, em aço fosfatizado, cabeça trombeta e ponta agulha (TA),
comprimento 25mm;
• Parafuso drywall, em aço zincado, cabeça lentilha e ponta broca (LB), largura
4,2mm, comprimento 13mm.

3. Equipamentos
• Não se aplica.

4. Critérios para quantificação dos serviços


• Utilizar a área de forro executada no ambiente.

5. Critérios de aferição
• Nesta composição não estão contemplados os tempos de montagem e
instalação dos acabamentos como cantoneiras ou tabicas; para estes
elementos utilizar as composições auxiliares “INSTALAÇÃO DE
ACABAMENTOS PARA FORRO (MOLDURA EM DRYWALL, COM
LARGURA DE 15CM)” ou “INSTALAÇÃO DE ACABAMENTOS PARA
FORRO (RODA-FORRO EM PERFIL METÁLICO E PLÁSTICO)”, presentes
no grupo de composições para forro;

Página | 24
Cadernos Técnicos das Composições de Forros – Lote 1

• Caso o forro a ser executado seja em pé direito duplo utilizar a composição


auxiliar: “MONTAGEM E DESMONTAGEM DE ANDAIME TUBULAR TIPO
TORRE”, presente nos cadernos de composição para equipamentos de
proteção coletiva;
• Foram consideradas as perdas por resíduos e incorporadas;
• Esta composição considera uma trama de estruturação bidirecional.

6. Execução
• Determinar o nível em que será instalado o forro na estrutura periférica
(paredes) do ambiente, com o auxílio da mangueira de nível ou nível a laser;
• Marcar nas paredes a posição exata onde serão fixadas as guias, cantoneiras
ou tabicas, com o auxílio do cordão de marcação ou fio traçante;
• Fixar as guias, cantoneiras ou tabicas, nas paredes;
• Com o auxílio do cordão de marcação ou fio traçante, marcar no teto a posição
dos eixos dos perfis F-47 e os pontos de fixação dos arames (tirantes);
• Observar espaçamento de 1.000 mm entre os arames (tirantes);
• Fixar os rebites no teto e prender os arames (tirantes) aos rebites;
• Colocar os suportes niveladores nos arames (tirantes);
• Encaixar os perfis F-47 (perfis primários) no suporte nivelador, de maneira que
fiquem firmes, e ajustar o nível dos perfis na altura correta do rebaixo do teto;
• Fixar as chapas de drywall na estrutura, por meio de parafusos TA-25;
• Os parafusos TA-25 devem estar distanciados 200 mm entre si e a 10 mm da
borda;
• Aplicar uma primeira camada de massa de rejunte ao longo das juntas entre
as chapas de drywall;
• Colocar a fita adesiva para juntas sobre o eixo das juntas e, com o auxílio de
uma espátula, pressionar firmemente a fita sobre a primeira camada de
massa;
• Além do tratamento das juntas, aplicar a massa para cobrir as cabeças dos
parafusos;
• Aplicar as demais camadas de massa com o auxílio de uma desempenadeira,
deixando um acabamento uniforme.

7. Informações Complementares
• Não se aplica.

8. Pendências
• O insumo “Perfil metálico F-47” aferido em campo foi substituído pelo
cadastrado no SINAPI, INx 39427 - Perfil canaleta, formato C, em aço zincado,
para estrutura forro drywall, e = 0,5 mm, *46 x 18* (l x h), comprimento 3 m,
que apresenta características e preço semelhantes.

Página | 25
Cadernos Técnicos das Composições de Forros – Lote 1

• O insumo “Rebite de repuxo 4,8 mm x 22 mm” aferido em campo foi substituído


pelo cadastrado no SINAPI, INx 40547 - Parafuso zincado, autobrocante,
flangeado, 4,2 X 19", que apresenta características e preço semelhantes.
• O insumo “Suporte Nivelador” aferido em campo foi substituído pelo
cadastrado no SINAPI INx 39430 - Pendural ou presilha reguladora, em aço
galvanizado, com corpo, mola e rebite, para perfil tipo canaleta de estrutura
em forros drywall, que apresenta características e preço semelhantes.
• Para uso destes insumos, considerar os seguintes coeficientes:
PERFIL CANALETA, FORMATO C, EM ACO
ZINCADO, PARA ESTRUTURA FORRO
39427 M 3,8510
DRYWALL, E = 0,5 MM, *46 X 18* (L X H),
COMPRIMENTO 3 M
PARAFUSO ZINCADO, AUTOBROCANTE,
40547 CENTO 0,0132
FLANGEADO, 4,2 X 19"
PENDURAL OU PRESILHA REGULADORA, EM
ACO GALVANIZADO, COM CORPO, MOLA E
39430 UN 1,3265
REBITE, PARA PERFIL TIPO CANALETA DE
ESTRUTURA EM FORROS DRYWALL

Página | 26
Cadernos Técnicos das Composições de Forros – Lote 1

CADERNO TÉCNICO DO SERVIÇO

1. COMPOSIÇÃO ANALÍTICA DE SERVIÇO

Classe: Revestimento e Tratamento de Superfícies


Tipo: 0135 – Forro Pacote

Código / Seq. Descrição da Composição Unidade

01.REVE.FORR.021/01
FORRO DE FIBRA MINERAL, PARA AMBIENTES
Código SINAPI COMERCIAIS, INCLUSIVE ESTRUTURA DE FIXAÇÃO. M²
AF_05/2017_P
96115

Vigência: 05/2017 Última atualização: 05/2017

COMPOSIÇÃO

Item Código Descrição Unidade Coeficiente


MONTADOR DE ESTRUTURA METÁLICA COM
C 88278 H 0,5409
ENCARGOS COMPLEMENTARES
PLACA DE FIBRA MINERAL PARA FORRO, DE 625 X
I 39514 625 MM, E = 15 MM, BORDA RETA, COM PINTURA UN 2,7392
ANTIMOFO (NAO INCLUI PERFIS)
PERFIL PRINCIPAL PARA ESTRUTURA, APARENTE
I * DE FORRO EM AÇO GALVANIZADO 32X3125X30X24 M 1,0092
MM
PERFIL TRAVESSA PARA ESTRUTURA, APARENTE
I * DE FORRO EM AÇO GALVANIZADO 32X1250X30X24 M 2,9929
MM
I * REBITE DE REPUXO 4,8MM x 22MM UN 1,0183
ARAME GALVANIZADO 10 BWG, 3,40 MM (0,0713
I 335 KG 0,0327
KG/M)
I * SUPORTE NIVELADOR UN 1,0183
PARAFUSO DRYWALL, EM AÇO ZINCADO, CABEÇA
I 39443 LENTILHA E PONTA BROCA (LB), LARGURA 4,2 MM, UN 1,0092
COMPRIMENTO 13 MM

Página | 27
Cadernos Técnicos das Composições de Forros – Lote 1

2. Insumos e suas características


• Placas de forro:
• Placa de fibra mineral para forro, de 625x625, e=15mm, borda reta,
com pintura antimofo;
• Perfil principal para estrutura aparente de forro em aço galvanizado,
32x3125x30x24 mm (* Insumo a ser cadastrado no SINAPI);
• Perfil travessa para estrutura aparente de forro em aço galvanizado,
32x1250x30x24 mm (* Insumo a ser cadastrado no SINAPI);
• Rebite de repuxo 4,8mm x 22mm (* Insumo a ser cadastrado no SINAPI);
• Arame galvanizado 10bwg, 3,40mm (0,0713 kg/m);
• Suporte nivelador (* Insumo a ser cadastrado no SINAPI);
• Parafuso drywall, em aço zincado, cabeça lentilha e ponta broca (LB), largura
4,2mm, comprimento 13mm.

3. Equipamentos
• Não se aplica.

4. Critérios para quantificação dos serviços


• Utilizar a área de forro executada no ambiente.

5. Critérios de aferição
• Nesta composição não estão contemplados os tempos de montagem e
instalação dos acabamentos como cantoneiras ou tabicas, para estes
elementos utilizar composição auxiliar “INSTALAÇÃO DE ACABAMENTOS
PARA FORRO (RODA-FORRO EM PERFIL METÁLICO E PLÁSTICO)”,
presente no grupo de composições para forro;
• Caso o forro a ser executado seja em pé direito duplo utilizar a composição
auxiliar: “MONTAGEM E DESMONTAGEM DE ANDAIME TUBULAR TIPO
TORRE”, presente nos cadernos de composição para equipamentos de
proteção coletiva;
• Foram consideradas as perdas por resíduos e incorporadas;

Página | 28
Cadernos Técnicos das Composições de Forros – Lote 1

• Esta composição considera uma trama de estruturação bidirecional.

6. Execução
• Determinar o nível em que será instalado o forro na estrutura periférica
(paredes) do ambiente, com o auxílio da mangueira de nível ou nível a laser;
• Marcar nas paredes a posição exata onde serão fixadas as guias, cantoneiras
ou tabicas, com o auxílio do cordão de marcação ou fio traçante;
• Fixar as guias, cantoneiras ou tabicas, nas paredes;
• Com o auxílio do cordão de marcação ou fio traçante, marcar no teto a posição
dos eixos dos perfis e os pontos de fixação dos arames (tirantes);
• Observar espaçamento de 1.000mm a 1.250mm entre os arames (tirantes);
• Fixar os rebites no teto e prender os arames (tirantes) aos rebites;
• Colocar os suportes niveladores nos arames (tirantes) já instalados;
• Com o auxílio do nível, utilizar os reguladores nos pendurais para manter os
perfis nivelados com as cantoneiras.
• Iniciar a instalação dos perfis principais (longarinas) parafusando-os nos
arames (tirantes);
• Encaixar os perfis secundários (travessas) de maneira perpendicular, nas
furações presentes nos perfis principais, respeitando a paginação;
• Antes de instalar as placas, verificar novamente o nível dos perfis e ajustar por
meio dos reguladores, se necessário;
• Para instalação das placas, incline-as ligeiramente até que fiquem acima dos
perfis e desça apoiando-as sobre as bordas;
• Deixar as placas que necessitam de ajuste para o final;
• Cortes, furos e grades de ar-condicionado devem ficar no centro da placa;
• Para cortes circulares, utilizar serra-copo;
• Observar que luminárias e outros equipamentos embutidos no forro, deverão
ser instalados na laje, com fixação independente à estrutura do forro.

7. Informações Complementares
• Não se aplica.

8. Pendências
• O insumo “Perfil principal para estrutura aparente de forro em aço galvanizado,
32x3125x30x24 mm” aferido em campo foi substituído pelo cadastrado no
SINAPI, INx 39571 - Perfil longarina (principal), T clicado, em aço, branco,
para forro removível, 24 x 3750mm (L X C), que apresenta características e
preço semelhantes.
• O insumo “Perfil travessa para estrutura, aparente de forro em aço
galvanizado 32x1250x30x24 mm” aferido em campo foi substituído pelo
cadastrado no SINAPI, INx 39570 – Perfil travessa (secundário), T clicado, em

Página | 29
Cadernos Técnicos das Composições de Forros – Lote 1

aço galvanizado, branco, para forro removível, 24 x 1250mm (L X C), que


apresenta características e preço semelhantes.
• O insumo “Rebite de repuxo 4,8 mm x 22 mm” aferido em campo foi substituído
pelo cadastrado no SINAPI, INx 40547 - Parafuso zincado, autobrocante,
flangeado, 4,2 X 19", que apresenta características e preço semelhantes.
• O insumo “Suporte Nivelador” aferido em campo foi substituído pelo
cadastrado no SINAPI INx 39430 - Pendural ou presilha reguladora, em aço
galvanizado, com corpo, mola e rebite, para perfil tipo canaleta de estrutura
em forros drywall, que apresenta características e preço semelhantes.
• Para uso destes insumos, considerar os seguintes coeficientes:
PERFIL LONGARINA (PRINCIPAL), T CLICADO,
39571 EM ACO, BRANCO, PARA FORRO M 1,0092
REMOVIVEL, 24 X 3750 MM (L X C)
PERFIL TRAVESSA (SECUNDARIO), T
CLICADO, EM ACO GALVANIZADO, BRANCO,
39570 M 2,9929
PARA FORRO REMOVIVEL, 24 X 1250 MM (L X
C)
PARAFUSO ZINCADO, AUTOBROCANTE,
40547 CENTO 0,0101
FLANGEADO, 4,2 X 19"
PENDURAL OU PRESILHA REGULADORA, EM
ACO GALVANIZADO, COM CORPO, MOLA E
39430 UN 1,0183
REBITE, PARA PERFIL TIPO CANALETA DE
ESTRUTURA EM FORROS DRYWALL

Página | 30
Cadernos Técnicos das Composições de Forros – Lote 1

CADERNO TÉCNICO DO SERVIÇO

1. COMPOSIÇÃO ANALÍTICA DE SERVIÇO

Classe: Revestimento e Tratamento de Superfícies


Tipo: 0311 – Forro Metálico / PVC

Código / Seq. Descrição da Composição Unidade

01.REVE.FORR.022/01
FORRO METÁLICO, PARA AMBIENTES COMERCIAIS,
Código SINAPI M²
INCLUSIVE ESTRUTURA DE FIXAÇÃO. AF_05/2017
XXXXX

Vigência: 05/2017 Última atualização: 05/2017

COMPOSIÇÃO

Item Código Descrição Unidade Coeficiente


MONTADOR DE ESTRUTURA METÁLICA COM
C 88278 H 0,2616
ENCARGOS COMPLEMENTARES
C 88316 SERVENTE COM ENCARGOS COMPLEMENTARES H 0,2616
CHAPA METÁLICA PERFURADA PARA FORRO
I * M² 1,0700
625X625 MM
PERFIL PRINCIPAL EM AÇO GALVANIZADO
I * M 1,0092
32X3125X30X24 MM
PERFIL TRAVESSA PARA ESTRUTURA DE FORRO
I * APARENTE EM AÇO GALVANIZADO 32X1250X30X24 M 2,9929
MM
I * REBITE DE REPUXO 4,8MM x 22MM UN 1,0183
ARAME GALVANIZADO 10 BWG, 3,40 MM (0,0713
I 335 KG 0,0327
KG/M)
I * SUPORTE NIVELADOR UN 1,0183
PARAFUSO DRYWALL, EM AÇO ZINCADO, CABEÇA
I 39443 LENTILHA E PONTA BROCA (LB), LARGURA 4,2 MM, UN 1,0092
COMPRIMENTO 13 MM

Página | 31
Cadernos Técnicos das Composições de Forros – Lote 1

2. Insumos e suas características


• Chapa metálica perfurada para forro 625x625 mm (* Insumo a ser cadastrado
no SINAPI);
• Perfil principal para estrutura de forro aparente em aço galvanizado
32x3125x30x24 mm (* Insumo a ser cadastrado no SINAPI);
• Perfil travessa para estrutura de forro aparente em aço galvanizado
32x625x30x24 mm (* Insumo a ser cadastrado no SINAPI);
• Rebite de repuxo 4,8mm x 22mm (* Insumo a ser cadastrado no SINAPI);
• Arame galvanizado 10bwg, 3,40mm (0,0713 kg/m);
• Suporte nivelador (* Insumo a ser cadastrado no SINAPI);
• Parafuso drywall, em aço zincado, cabeça lentilha e ponta broca (LB), largura
4,2mm, comprimento 13mm.

3. Equipamentos
• Não se aplica.

4. Critérios para quantificação dos serviços


• Utilizar a área de forro executada no ambiente.

5. Critérios de aferição
• Nesta composição não estão contemplados os tempos de montagem e
instalação dos acabamentos como cantoneiras ou tabicas, para estes
elementos utilizar composição auxiliar “INSTALAÇÃO DE ACABAMENTOS
PARA FORRO (RODA-FORRO EM PERFIL METÁLICO E PLÁSTICO)”,
presente no grupo de composições para forro;
• Caso o forro a ser executado seja em pé direito duplo utilizar a composição
auxiliar: “MONTAGEM E DESMONTAGEM DE ANDAIME TUBULAR TIPO
TORRE”, presente nos cadernos de composição para equipamentos de
proteção coletiva;
• Foram consideradas as perdas por resíduos e incorporadas;

Página | 32
Cadernos Técnicos das Composições de Forros – Lote 1

• Esta composição considera uma trama de estruturação bidirecional.

6. Execução
• Determinar o nível em que será instalado o forro na estrutura periférica
(paredes) do ambiente, com o auxílio da mangueira de nível ou nível a laser;
• Marcar nas paredes a posição exata onde serão fixadas as guias, cantoneiras
ou tabicas, com o auxílio do cordão de marcação ou fio traçante;
• Fixar as guias, cantoneiras ou tabicas, nas paredes;
• Com o auxílio do cordão de marcação ou fio traçante, marcar no teto a posição
dos eixos dos perfis principais e os pontos de fixação dos arames (tirantes);
• Observar espaçamento de 1.000mm a 1.250mm entre os arames (tirantes);
• Fixar os rebites no teto e prender os arames (tirantes) aos rebites;
• Colocar os suportes niveladores nos arames (tirantes);
• Iniciar a instalação dos perfis principais (longarinas), parafusando-os nos
pendurais;
• Ajustar o nível por meio dos reguladores;
• Encaixar os perfis secundários (travessas) de maneira perpendicular nas
furações presentes nos perfis principais, respeitando a paginação;
• Para instalação das chapas metálicas, incline-as ligeiramente até que fiquem
acima dos perfis e desça apoiando-as sobre as bordas;
• Deixar as chapas metálicas que necessitam de ajuste para o final;
• Para cortes circulares, utilizar serra-copo.

7. Informações Complementares
• Não se aplica.

8. Pendências
• O insumo “Perfil principal para estrutura aparente de forro em aço galvanizado,
32x3125x30x24 mm” aferido em campo foi substituído pelo cadastrado no
SINAPI, INx 39571 - Perfil longarina (principal), T clicado, em aço, branco,
para forro removível, 24 x 3750mm (L X C), que apresenta características e
preço semelhantes.
• O insumo “Perfil travessa para estrutura, aparente de forro em aço
galvanizado 32x1250x30x24 mm” aferido em campo foi substituído pelo
cadastrado no SINAPI, INx 39570 – Perfil travessa (secundário), T clicado, em
aço galvanizado, branco, para forro removível, 24 x 1250mm (L X C), que
apresenta características e preço semelhantes.
• O insumo “Rebite de repuxo 4,8 mm x 22 mm” aferido em campo foi substituído
pelo cadastrado no SINAPI, INx 40547 - Parafuso zincado, autobrocante,
flangeado, 4,2 X 19", que apresenta características e preço semelhantes.
• O insumo “Suporte Nivelador” aferido em campo foi substituído pelo
cadastrado no SINAPI INx 39430 - Pendural ou presilha reguladora, em aço

Página | 33
Cadernos Técnicos das Composições de Forros – Lote 1

galvanizado, com corpo, mola e rebite, para perfil tipo canaleta de estrutura
em forros drywall, que apresenta características e preço semelhantes.
• Para uso destes insumos, considerar os seguintes coeficientes:
PERFIL LONGARINA (PRINCIPAL), T CLICADO,
39571 EM ACO, BRANCO, PARA FORRO M 1,0092
REMOVIVEL, 24 X 3750 MM (L X C)
PERFIL TRAVESSA (SECUNDARIO), T
CLICADO, EM ACO GALVANIZADO, BRANCO,
39570 M 2,9929
PARA FORRO REMOVIVEL, 24 X 1250 MM (L X
C)
PARAFUSO ZINCADO, AUTOBROCANTE,
40547 CENTO 0,0101
FLANGEADO, 4,2 X 19"
PENDURAL OU PRESILHA REGULADORA, EM
ACO GALVANIZADO, COM CORPO, MOLA E
39430 UN 1,0183
REBITE, PARA PERFIL TIPO CANALETA DE
ESTRUTURA EM FORROS DRYWALL

Página | 34
Cadernos Técnicos das Composições de Forros – Lote 1

CADERNO TÉCNICO DO SERVIÇO

1. COMPOSIÇÃO ANALÍTICA DE SERVIÇO

Classe: Revestimento e Tratamento de Superfícies


Tipo: 0311 – Forro Metálico / PVC

Código / Seq. Descrição da Composição Unidade

01.REVE.FORR.023/01
FORRO DE PVC, FRISADO, PARA AMBIENTES
Código SINAPI COMERCIAIS, INCLUSIVE ESTRUTURA DE FIXAÇÃO. M²
AF_05/2017_P
96116

Vigência: 05/2017 Última atualização: 06/2017

COMPOSIÇÃO

Item Código Descrição Unidade Coeficiente


MONTADOR DE ESTRUTURA METÁLICA COM
C 88278 H 0,4994
ENCARGOS COMPLEMENTARES
FORRO DE PVC, FRISADO, BRANCO, REGUA DE 20
I 36238 CM, ESPESSURA DE 8 MM A 10 MM E M² 1,0956
COMPRIMENTO 6 M (SEM COLOCACAO)
I * PERFIL METÁLICO F-47 M 3,8499
I * REBITE DE REPUXO 4,8MM x 22MM UN 1,3265
ARAME GALVANIZADO 10 BWG, 3,40 MM (0,0713
I 335 KG 0,0426
KG/M)
I * SUPORTE NIVELADOR UN 1,3265
PARAFUSO, AUTO ATARRACHANTE, CABECA
I 40552 CHATA, FENDA SIMPLES, 1/4" (6,35 MM) X 25 MM CENTO 0,0333
(COLETADO CAIXA
PARAFUSO DRY WALL, EM ACO ZINCADO, CABECA
I 39443 LENTILHA E PONTA BROCA (LB), LARGURA 4,2 MM, UN 2,1912
COMPRIMENTO 13 MM

Página | 35
Cadernos Técnicos das Composições de Forros – Lote 1

2. Insumos e suas características


• Forro PVC régua 8 x 200 x 6000 mm: branco ou colorido;
• Perfil metálico F-47 (* Insumo a ser cadastrado no SINAPI);
• Conector de perfil F-47;
• Rebite de repuxo 4,8mm x 22mm (* Insumo a ser cadastrado no SINAPI);
• Arame galvanizado 10bwg, 3,40mm (0,0713 kg/m);
• Suporte nivelador (* Insumo a ser cadastrado no SINAPI);
• Parafuso, autoatarrachante, cabeça chata, fenda simples, 1/4" (6,35 mm) x 25mm;
• Parafuso drywall, em aço zincado, cabeça lentilha e ponta broca (LB), largura
4,2mm, comprimento 13mm.

3. Equipamentos
• Não se aplica.

4. Critérios para quantificação dos serviços


• Utilizar a área de forro executada no ambiente.

5. Critérios de aferição
• Nesta composição não estão contemplados os tempos de montagem e
instalação dos acabamentos como cantoneiras ou tabicas, para estes
elementos utilizar composição auxiliar “INSTALAÇÃO DE ACABAMENTOS
PARA FORRO (RODA-FORRO EM PERFIL METÁLICO E PLÁSTICO)”,
presente no grupo de composições para forro;
• Caso o forro a ser executado seja em pé direito duplo, utilizar a composição
auxiliar: “MONTAGEM E DESMONTAGEM DE ANDAIME TUBULAR TIPO
TORRE”, presente nos cadernos de composição para equipamentos de
proteção coletiva;
• Foram consideradas as perdas por resíduos e incorporadas;
• Esta composição considera uma trama de estruturação bidirecional.

6. Execução
• Marcar na estrutura periférica (paredes), com o auxílio de uma mangueira ou
um nível laser, o local em que será instalado o forro;
• Com o auxílio de um cordão de marcação ou fio traçante, marcar a posição
exata onde serão fixadas as guias (perfis de acabamento em “U”);
• Fixar as guias nas paredes (perfis de acabamento em “U”);
• Com o auxílio do cordão de marcação ou fio traçante, marcar no teto a posição
dos eixos dos perfis F-47 e os pontos de fixação dos arames (tirantes);
• Observar espaçamento de 1.000 mm entre os arames (tirantes);
• Fixar os rebites no teto e prender os arames (tirantes) aos rebites;

Página | 36
Cadernos Técnicos das Composições de Forros – Lote 1

• Colocar os suportes niveladores nos arames (tirantes);


• Encaixar os perfis F-47 (perfis primários) no suporte nivelador, de maneira que
fiquem firmes, e ajustar o nível dos perfis na altura correta do rebaixo do teto;
• Ajustar o comprimento das réguas do forro de PVC, de acordo com as
dimensões do ambiente onde serão aplicadas;
• Encaixar as réguas de PVC já ajustadas no acabamento previamente
instalado, deixando uma folga de 5 mm entre o forro e a extremidade do
acabamento escolhido;
• Fixar as réguas de PVC em todas as travessas da estrutura de sustentação;
• No último perfil, caso a largura da régua de PVC seja maior que o espaço
existente, cortar utilizando um estilete, no lado do encaixe fêmea, de tal
maneira que a peça fique com 1 cm a menos que o espaço disponível;
• Colocar as duas extremidades da régua dentro do acabamento;
• Com a ajuda de uma espátula, encaixar longitudinalmente a régua no
acabamento e na régua anterior.

7. Informações Complementares
• Não se aplica.

8. Pendências
• O insumo “Perfil metálico F-47” aferido em campo foi substituído pelo
cadastrado no SINAPI, INx 39427 - Perfil canaleta, formato C, em aço zincado,
para estrutura forro drywall, e = 0,5 mm, *46 x 18* (l x h), comprimento 3 m,
que apresenta características e preço semelhantes.
• O insumo “Rebite de repuxo 4,8 mm x 22 mm” aferido em campo foi substituído
pelo cadastrado no SINAPI, INx 40547 - Parafuso zincado, autobrocante,
flangeado, 4,2 X 19", que apresenta características e preço semelhantes.
• O insumo “Suporte Nivelador” aferido em campo foi substituído pelo
cadastrado no SINAPI INx 39430 - Pendural ou presilha reguladora, em aço
galvanizado, com corpo, mola e rebite, para perfil tipo canaleta de estrutura
em forros drywall, que apresenta características e preço semelhantes.
• Para uso destes insumos, considerar os seguintes coeficientes:
PERFIL CANALETA, FORMATO C, EM ACO
ZINCADO, PARA ESTRUTURA FORRO
39427 M 3,8499
DRYWALL, E = 0,5 MM, *46 X 18* (L X H),
COMPRIMENTO 3 M
PARAFUSO ZINCADO, AUTOBROCANTE,
40547 CENTO 0,0132
FLANGEADO, 4,2 X 19"
PENDURAL OU PRESILHA REGULADORA, EM
ACO GALVANIZADO, COM CORPO, MOLA E
39430 UN 1,3265
REBITE, PARA PERFIL TIPO CANALETA DE
ESTRUTURA EM FORROS DRYWALL

Página | 37
Cadernos Técnicos das Composições de Forros – Lote 1

CADERNO TÉCNICO DO SERVIÇO

1. COMPOSIÇÃO ANALÍTICA DE SERVIÇO

Classe: Revestimento e Tratamento de Superfícies


Tipo: 0311 – Forro Metálico / PVC

Código / Seq. Descrição da Composição Unidade

01.REVE.FORR.023/02
FORRO DE PVC, LISO, PARA AMBIENTES COMERCIAIS,
Código SINAPI M²
INCLUSIVE ESTRUTURA DE FIXAÇÃO. AF_05/2017_P
96486

Vigência: 05/2017 Última atualização: 06/2017

COMPOSIÇÃO

Item Código Descrição Unidade Coeficiente


MONTADOR DE ESTRUTURA METÁLICA COM
C 88278 H 0,4994
ENCARGOS COMPLEMENTARES
FORRO DE PVC LISO, BRANCO, REGUA DE 20 CM,
I 36225 ESPESSURA DE 8 MM A 10 MM, COMPRIMENTO 6 M M² 1,0956
(SEM COLOCACAO)
I * PERFIL METÁLICO F-47 M 3,8499
I * REBITE DE REPUXO 4,8MM x 22MM UN 1,3265
ARAME GALVANIZADO 10 BWG, 3,40 MM (0,0713
I 335 KG 0,0426
KG/M)
I * SUPORTE NIVELADOR UN 1,3265
PARAFUSO, AUTO ATARRACHANTE, CABECA
I 40552 CHATA, FENDA SIMPLES, 1/4" (6,35 MM) X 25 MM CENTO 0,0333
(COLETADO CAIXA
PARAFUSO DRY WALL, EM ACO ZINCADO, CABECA
I 39443 LENTILHA E PONTA BROCA (LB), LARGURA 4,2 MM, UN 2,1912
COMPRIMENTO 13 MM

Página | 38
Cadernos Técnicos das Composições de Forros – Lote 1

2. Insumos e suas características


• Forro PVC régua 8 x 200 x 6000 mm: branco ou colorido;
• Perfil metálico F-47 (* Insumo a ser cadastrado no SINAPI);
• Conector de perfil F-47;
• Rebite de repuxo 4,8mm x 22mm (* Insumo a ser cadastrado no SINAPI);
• Arame galvanizado 10bwg, 3,40mm (0,0713 kg/m);
• Suporte nivelador (* Insumo a ser cadastrado no SINAPI);
• Parafuso, autoatarrachante, cabeça chata, fenda simples, 1/4" (6,35 mm) x 25mm;
• Parafuso drywall, em aço zincado, cabeça lentilha e ponta broca (LB), largura
4,2mm, comprimento 13mm.

3. Equipamentos
• Não se aplica.

4. Critérios para quantificação dos serviços


• Utilizar a área de forro executada no ambiente.

5. Critérios de aferição
• Nesta composição não estão contemplados os tempos de montagem e
instalação dos acabamentos como cantoneiras ou tabicas, para estes
elementos utilizar composição auxiliar “INSTALAÇÃO DE ACABAMENTOS
PARA FORRO (RODA-FORRO EM PERFIL METÁLICO E PLÁSTICO)”,
presente no grupo de composições para forro;
• Caso o forro a ser executado seja em pé direito duplo, utilizar a composição
auxiliar: “MONTAGEM E DESMONTAGEM DE ANDAIME TUBULAR TIPO
TORRE”, presente nos cadernos de composição para equipamentos de
proteção coletiva;
• Foram consideradas as perdas por resíduos e incorporadas;
• Esta composição considera uma trama de estruturação bidirecional.

6. Execução
• Marcar na estrutura periférica (paredes), com o auxílio de uma mangueira ou
um nível laser, o local em que será instalado o forro;
• Com o auxílio de um cordão de marcação ou fio traçante, marcar a posição
exata onde serão fixadas as guias (perfis de acabamento em “U”);
• Fixar as guias nas paredes (perfis de acabamento em “U”);
• Com o auxílio do cordão de marcação ou fio traçante, marcar no teto a posição
dos eixos dos perfis F-47 e os pontos de fixação dos arames (tirantes);
• Observar espaçamento de 1.000 mm entre os arames (tirantes);
• Fixar os rebites no teto e prender os arames (tirantes) aos rebites;

Página | 39
Cadernos Técnicos das Composições de Forros – Lote 1

• Colocar os suportes niveladores nos arames (tirantes);


• Encaixar os perfis F-47 (perfis primários) no suporte nivelador, de maneira que
fiquem firmes, e ajustar o nível dos perfis na altura correta do rebaixo do teto;
• Ajustar o comprimento das réguas do forro de PVC, de acordo com as
dimensões do ambiente onde serão aplicadas;
• Encaixar as réguas de PVC já ajustadas no acabamento previamente
instalado, deixando uma folga de 5 mm entre o forro e a extremidade do
acabamento escolhido;
• Fixar as réguas de PVC em todas as travessas da estrutura de sustentação;
• No último perfil, caso a largura da régua de PVC seja maior que o espaço
existente, cortar utilizando um estilete, no lado do encaixe fêmea, de tal
maneira que a peça fique com 1 cm a menos que o espaço disponível;
• Colocar as duas extremidades da régua dentro do acabamento;
• Com a ajuda de uma espátula, encaixar longitudinalmente a régua no
acabamento e na régua anterior.

7. Informações Complementares
• Não se aplica.

8. Pendências
• O insumo “Perfil metálico F-47” aferido em campo foi substituído pelo
cadastrado no SINAPI, INx 39427 - Perfil canaleta, formato C, em aço zincado,
para estrutura forro drywall, e = 0,5 mm, *46 x 18* (l x h), comprimento 3 m,
que apresenta características e preço semelhantes.
• O insumo “Rebite de repuxo 4,8 mm x 22 mm” aferido em campo foi substituído
pelo cadastrado no SINAPI, INx 40547 - Parafuso zincado, autobrocante,
flangeado, 4,2 X 19", que apresenta características e preço semelhantes.
• O insumo “Suporte Nivelador” aferido em campo foi substituído pelo
cadastrado no SINAPI INx 39430 - Pendural ou presilha reguladora, em aço
galvanizado, com corpo, mola e rebite, para perfil tipo canaleta de estrutura
em forros drywall, que apresenta características e preço semelhantes.
• Para uso destes insumos, considerar os seguintes coeficientes:
PERFIL CANALETA, FORMATO C, EM ACO
ZINCADO, PARA ESTRUTURA FORRO
39427 M 3,8499
DRYWALL, E = 0,5 MM, *46 X 18* (L X H),
COMPRIMENTO 3 M
PARAFUSO ZINCADO, AUTOBROCANTE,
40547 CENTO 0,0132
FLANGEADO, 4,2 X 19"
PENDURAL OU PRESILHA REGULADORA, EM
ACO GALVANIZADO, COM CORPO, MOLA E
39430 UN 1,3265
REBITE, PARA PERFIL TIPO CANALETA DE
ESTRUTURA EM FORROS DRYWALL

Página | 40
Cadernos Técnicos das Composições de Forros – Lote 1

CADERNO TÉCNICO DO SERVIÇO

1. COMPOSIÇÃO ANALÍTICA DE SERVIÇO

Classe: Revestimento e Tratamento de Superfícies


Tipo: 0133 – Forro de Madeira

Código / Seq. Descrição da Composição Unidade

01.REVE.FORR.024/01
FORRO EM MADEIRA PINUS, PARA AMBIENTES
Código SINAPI COMERCIAIS, INCLUSIVE ESTRUTURA DE FIXAÇÃO. M²
AF_05/2017
96117

Vigência: 05/2017 Última atualização: 05/2017

COMPOSIÇÃO

Item Código Descrição Unidade Coeficiente


CARPINTEIRO DE FORMAS COM ENCARGOS
C 88262 H 1,6056
COMPLEMENTARES
AJUDANTE DE CARPINTEIRO COM ENCARGOS
C 88239 H 0,5352
COMPLEMENTARES
FORRO DE MADEIRA PINUS OU EQUIVALENTE DA
I 3283 REGIAO, ENCAIXE MACHO/FEMEA COM FRISO, *10 M² 1,1235
X 1* CM (SEM COLOCACAO)
PECA DE MADEIRA 3A/4A QUALIDADE 2,5 X 5CM
I 4512 M 3,3002
NAO APARELHADA
I 5066 PREGO DE ACO POLIDO COM CABECA 12 X 12 KG 0,0127
CAIBRO DE MADEIRA APARELHADA *6 X 8* CM,
I 20212 MACARANDUBA, ANGELIM OU EQUIVALENTE DA M 3,8899
REGIAO

Página | 41
Cadernos Técnicos das Composições de Forros – Lote 1

2. Insumos e suas características


• Forro de madeira pinus ou equivalente da região, encaixe macho/fêmea com
friso, 10cm x 1cm (sem colocação);
• Peça de madeira 3a/4a qualidade 2,5cm x 5cm não aparelhada;
• Prego de aço polido com cabeça 12 x 12;
• Caibro de madeira aparelhada 6cm x 8cm, maçaranduba, angelim ou
equivalente da região.

3. Equipamentos
• Não se aplica.

4. Critérios para quantificação dos serviços


• Utilizar a área de forro executada no ambiente.

5. Critérios de aferição
• Nesta composição não estão contemplados os tempos de montagem e
instalação dos roda-forros, para estes elementos utilizar a composição
“INSTALAÇÃO DE ACABAMENTOS PARA FORRO (RODA-FORRO EM
MADEIRA PINUS)”, presente no grupo de composições para forro;
• Caso o forro a ser executado seja em pé direito duplo, utilizar a composição
auxiliar: “MONTAGEM E DESMONTAGEM DE ANDAIME TUBULAR TIPO
TORRE”, presente nos cadernos de composição para equipamentos de
proteção coletiva;
• Foram consideradas as perdas por resíduos e incorporadas;
• Esta composição considera uma trama de estruturação bidirecional.

6. Execução
• Marcar na estrutura periférica (paredes), com o auxílio de uma mangueira ou
um nível laser, o local em que será instalado o forro;
• Com o auxílio de um cordão de marcação ou fio traçante, marcar a posição
exata onde será instalado o forro, fixar alguns pregos nesta altura e amarrar
linhas de prumo que cruzam o ambiente;
• Apoiar os caibros em estruturas auxiliares de madeira, representando tirantes,
que podem ser fixadas nas paredes ou nas tesouras do telhado;
• Utilizar tirantes ao longo dos caibros a fim de garantir o prumo da estrutura do
forro;
• Finalizada a estrutura, retirar as linhas de prumo;
• Iniciar a instalação das réguas para forro de madeira, cujo encaixe é do tipo
macho-fêmea e a fixação é feita por pregos, na estrutura dos caibros;
• Terminada a instalação das réguas para forro de madeira, colocar o
acabamento em meia-cana na junção com a parede.

Página | 42
Cadernos Técnicos das Composições de Forros – Lote 1

7. Informações Complementares
• O insumo INx 3283 – “Forro de madeira pinus ou equivalente da região,
encaixe macho/fêmea com friso, *10 x 1* cm (sem colocação)” pode ser
substituído pelo insumo InX 3286 – “Forro de madeira cedrinho ou equivalente
da região, encaixe macho/fêmea com friso, *10 x 1* cm (sem colocação)”,
sem prejuízo na produtividade e no consumo dos materiais da composição.

8. Pendências
• Não se aplica.

Página | 43
Cadernos Técnicos das Composições de Forros – Lote 1

CADERNO TÉCNICO DO SERVIÇO

1. COMPOSIÇÃO ANALÍTICA DE SERVIÇO

Classe: Revestimento e Tratamento de Superfícies


Tipo: 0134 – Forro de Gesso

Código / Seq. Descrição da Composição Unidade

01.REVE.FORR.031/01
ACABAMENTOS PARA FORRO (MOLDURA DE GESSO).
Código SINAPI M
AF_05/2017
96120

Vigência: 05/2017 Última atualização: 05/2017

COMPOSIÇÃO

Item Código Descrição Unidade Coeficiente


C 88269 GESSEIRO COM ENCARGOS COMPLEMENTARES H 0,0445
C 88316 SERVENTE COM ENCARGOS COMPLEMENTARES H 0,0223
PLACA DE GESSO PARA FORRO, DE *60 X 60* CM E
I 4812 ESPESSURA DE 12 MM (30 MM NAS BORDAS) SEM M2 0,0762
COLOCACAO
I 5066 PREGO DE ACO POLIDO COM CABECA 12 X 12 KG 0,0015
I 20250 SISAL EM FIBRA KG 0,0040
GESSO EM PO PARA REVESTIMENTOS /
I 3315 KG 0,5124
MOLDURAS / SANCAS

ACABAMENTOS

Moldura em Moldura em
Sanca PVC e Metálico Em Madeira
Gesso Drywall

2. Insumos e suas características


• Acabamento em gesso para:
• Placa de gesso para forro cortada;
• Prego de aço polido com cabeça 12 x 12;
• Sisal em fibra;
• Gesso de fundição.

Página | 44
Cadernos Técnicos das Composições de Forros – Lote 1

3. Equipamentos
• Não se aplica.

4. Critérios para quantificação dos serviços


• Utilizar o comprimento efetivo de moldura (em metro), conforme projeto.

5. Critérios de aferição
• Caso a moldura a ser executada seja em pé direito duplo, utilizar a
composição auxiliar: “MONTAGEM E DESMONTAGEM DE ANDAIME
TUBULAR TIPO TORRE”, presente nos cadernos de composição para
equipamentos de proteção coletiva;
• Foram consideradas as perdas por resíduos e incorporadas.

6. Execução
• Marcar na estrutura periférica (paredes), com o auxílio de uma mangueira ou
um nível laser, o local em que será instalado o forro;
• Com o auxílio de um cordão de marcação ou fio traçante, marcar a posição e
a altura exatas onde será instalado o forro;
• Fixar as linhas-guia nos pregos utilizados para suporte dos acabamentos em
gesso;
• Preparar a pasta de gesso de fundição;
• Cortar as placas de gesso na espessura do acabamento;
• Fixar a placa cortada sobre os pregos e com o auxílio do gesso misturado ao
sisal.

7. Informações Complementares
• Não se aplica.

8. Pendências
• Não se aplica.

Página | 45
Cadernos Técnicos das Composições de Forros – Lote 1

CADERNO TÉCNICO DO SERVIÇO

1. COMPOSIÇÃO ANALÍTICA DE SERVIÇO

Classe: Revestimento e Tratamento de Superfícies


Tipo: 0311 – Forro Metálico / PVC

Código / Seq. Descrição da Composição Unidade

01.REVE.FORR.032/01
ACABAMENTOS PARA FORRO (RODA-FORRO EM PERFIL
Código SINAPI M
METÁLICO E PLÁSTICO). AF_05/2017
96121

Vigência: 05/2017 Última atualização: 05/2017

COMPOSIÇÃO

Item Código Descrição Unidade Coeficiente


MONTADOR DE ESTRUTURA METÁLICA COM
C 88278 H 0,1468
ENCARGOS COMPLEMENTARES
ACABAMENTO SIMPLES TIPO “U” PARA FORRO EM
I 36246 M 1,1512
PVC, COR BRANCO, COMPRIMENTO 6 M
PARAFUSO, AUTO ATARRACHANTE, CABECA
I 40552 CHATA, FENDA SIMPLES, 1/4" (6,35 MM) X 25 MM CENTO 0,0749
(COLETADO CAIXA)
PARAFUSO DRY WALL, EM ACO ZINCADO, CABECA
I 39443 LENTILHA E PONTA BROCA (LB), LARGURA 4,2 MM, UN 0,5833
COMPRIMENTO 13 MM

ACABAMENTOS

Moldura em Moldura em
Sanca PVC e Metálico Em Madeira
Gesso Drywall

2. Insumos e suas características


• Acabamento simples, tipo “U”, para forro em PVC, cor branco, comprimento
6m (podendo ser utilizado: cantoneira, tabica e perfil “U”);
• Parafuso, autoatarrachante, cabeça chata, fenda simples, 1/4" (6,35 mm) x
25mm;
• Parafuso drywall, em aço zincado, cabeça lentilha e ponta broca (LB), largura
4,2mm, comprimento 13mm.

Página | 46
Cadernos Técnicos das Composições de Forros – Lote 1

3. Equipamentos
• Não se aplica.

4. Critérios para quantificação dos serviços


• Utilizar o comprimento efetivo de moldura (em metro), conforme projeto.

5. Critérios de aferição
• Caso o roda-forro a ser executado seja em pé direito duplo, utilizar a
composição auxiliar: “MONTAGEM E DESMONTAGEM DE ANDAIME
TUBULAR TIPO TORRE”, presente nos cadernos de composição para
equipamentos de proteção coletiva;
• Foram consideradas as perdas por resíduos e incorporadas.

6. Execução
• Marcar na estrutura periférica (paredes), com o auxílio de uma mangueira ou
um nível laser, o local em que será instalado o forro;
• Com o auxílio de um cordão de marcação ou fio traçante, marcar a posição
exata onde serão fixadas as guias, cantoneiras ou tabicas;
• Fixar as guias, cantoneiras ou tabicas, nas paredes, com os parafusos
autoperfurantes.

7. Informações Complementares
• Não se aplica.

8. Pendências
• Não se aplica.

Página | 47
Cadernos Técnicos das Composições de Forros – Lote 1

CADERNO TÉCNICO DO SERVIÇO

1. COMPOSIÇÃO ANALÍTICA DE SERVIÇO

Classe: Revestimento e Tratamento de Superfícies


Tipo: 0133 – Forro de Madeira

Código / Seq. Descrição da Composição Unidade

01.REVE.FORR.033/01
ACABAMENTOS PARA FORRO (RODA-FORRO EM
Código SINAPI M
MADEIRA PINUS). AF_05/2017
96122

Vigência: 05/2017 Última atualização: 05/2017

COMPOSIÇÃO

Item Código Descrição Unidade Coeficiente


CARPINTEIRO DE FORMAS COM ENCARGOS
C 88262 H 0,3519
COMPLEMENTARES
AJUDANTE DE CARPINTEIRO COM ENCARGOS
C 88239 H 0,1173
COMPLEMENTARES
MEIA CANA DE MADEIRA PINUS OU EQUIVALENTE
I 13587 DA REGIAO, ACABAMENTO PARA FORRO M 1,1580
PAULISTA, *2,5 X 2,5* CM
CAIBRO DE MADEIRA APARELHADA *6 X 8* CM,
I 20212 MACARANDUBA, ANGELIM OU EQUIVALENTE DA M 1,1580
REGIAO
I 5066 PREGO DE ACO POLIDO COM CABECA 12 X 12 KG 0,0034
PREGO DE ACO POLIDO SEM CABECA 15 X 15 (1 1/4
I 39026 KG 0,0072
X 13)

ACABAMENTOS

Moldura em Moldura em
Sanca PVC e Metálico Em Madeira
Gesso Drywall

2. Insumos e suas características


• Meia-cana de madeira pinus ou equivalente da região, acabamento para forro
paulista, 2,5cm x 2,5cm;
• Caibro de madeira aparelhada 6cm x 8cm, maçaranduba, angelim ou
equivalente da região;
• Prego de aço polido com cabeça 12 x 12;

Página | 48
Cadernos Técnicos das Composições de Forros – Lote 1

• Prego de aço polido sem cabeça 15 x 15.

3. Equipamentos
• Não se aplica.

4. Critérios para quantificação dos serviços


• Utilizar o comprimento efetivo de moldura (em metro), conforme projeto.

5. Critérios de aferição
• Caso o roda-forro a ser executado seja em pé direito duplo, utilizar a
composição auxiliar: “ANDAIME TUBULAR TIPO “TORRE” (MONTAGEM E
DESMONTAGEM)”, presente nos cadernos de composição para
equipamentos de proteção coletiva;
• Foram consideradas as perdas por resíduos e incorporadas.

6. Execução
• Marcar na estrutura periférica (paredes), com o auxílio de uma mangueira ou
um nível laser, o local em que será instalado o forro;
• Com o auxílio de um cordão de marcação ou fio traçante, marcar a posição
exata onde será fixada a peça de madeira que dará suporte à estrutura do
forro;
• Instalar a peça de madeira por todo o perímetro do ambiente;
• Após a instalação do forro de madeira, finalizar a colocação com a fixação dos
perfis em madeira tipo meia-cana, com auxílio de pregos sem cabeça..

7. Informações Complementares
• O insumo INx 13587 – “Meia cana de madeira pinus ou equivalente da região,
acabamento para forro paulista, *2,5 x 2,5* cm” pode ser substituído pelo
insumo InX 3288 – “Meia cana de madeira cedrinho ou equivalente da região,
acabamento para forro paulista, *2,5 x 2,5* cm”, sem prejuízo na
produtividade e no consumo dos materiais da composição.

8. Pendências
• Não se aplica.

Página | 49
Cadernos Técnicos das Composições de Forros – Lote 1

CADERNO TÉCNICO DO SERVIÇO

1. COMPOSIÇÃO ANALÍTICA DE SERVIÇO

Classe: Revestimento e Tratamento de Superfícies


Tipo: 0134 – Forro de Gesso

Código / Seq. Descrição da Composição Unidade

01.REVE.FORR.034/01
ACABAMENTOS PARA FORRO (MOLDURA EM DRYWALL,
Código SINAPI M
COM LARGURA DE 15 CM). AF_05/2017_P
96123

Vigência: 05/2017 Última atualização: 05/2017

COMPOSIÇÃO

Item Código Descrição Unidade Coeficiente


MONTADOR DE ESTRUTURA METÁLICA COM
C 88278 H 0,2036
ENCARGOS COMPLEMENTARES
AUXILIAR DE SERVIÇOS GERAIS COM ENCARGOS
C 88252 H 0,2036
COMPLEMENTARES
CHAPA DE GESSO ACARTONADO, STANDARD (ST),
I 39413 M² 0,1631
COR BRANCA, E=12,5 MM 1200x2400 MM (LXC)
I * PERFIL METÁLICO F-47 M 1,2000
PERFIL METÁLICO DE ACABAMENTO (CANTONEIRA
I * M 1,2830
OU TABICA)
I * REBITE DE REPUXO 4,8MM x 22MM UN 1,1100
MASSA DE REJUNTE EM PO PARA DRYWALL, A
BASE DE GESSO, SECAGEM RAPIDA, PARA
I 39434 KG 0,1751
TRATAMENTO DE JUNTAS DE CHAPA DE GESSO
(COM ADICAO DE AGUA)
FITA DE PAPEL MICROPERFURADO, 50X150 MM,
I 39432 PARA TRATAMENTO DE JUNTAS DE CHAPA DE M 0,2159
GESSO PARA DRYWAL
ARAME GALVANIZADO 10 BWG, 3,40 MM (0,0713
I 335 KG 0,0357
KG/M)
I * SUPORTE NIVELADOR UN 1,1100
PARAFUSO, AUTO ATARRACHANTE, CABECA
I 40552 CHATA, FENDA SIMPLES, 1/4" (6,35 MM) X 25 MM CENTO 0,0897
(COLETADO CAIXA)
PARAFUSO DRY WALL, EM ACO FOSFATIZADO,
I 39435 CABECA TROMBETA E PONTA AGULHA (TA), UN 1,1961
COMPRIMENTO 25 MM

Página | 50
Cadernos Técnicos das Composições de Forros – Lote 1

ACABAMENTOS

Moldura em Moldura em
Sanca PVC e Metálico Em Madeira
Gesso Drywall

2. Insumos e suas características


• Chapa ST em drywall 2,4m x 1,2m x 10mm;
• Perfil metálico F-47 (* Insumo a ser cadastrado no SINAPI);
• Perfil metálico de acabamento (cantoneira ou tabica) (* Insumo a ser
cadastrado no SINAPI);
• Rebite de repuxo 4,8mm x 22mm (* Insumo a ser cadastrado no SINAPI);
• Massa de rejunte em pó para drywall;
• Fita de papel microperfurada 150m;
• Arame galvanizado 10bwg, 3,40mm (0,0713 kg/m);
• Suporte nivelador (* Insumo a ser cadastrado no SINAPI);
• Parafuso, autoatarrachante, cabeça chata, fenda simples, 1/4" (6,35 mm) x
25mm;
• Parafuso drywall, em aço fosfatizado, cabeça trombeta e ponta agulha (TA),
comprimento 25mm.

3. Equipamentos
• Não se aplica.

4. Critérios para quantificação dos serviços


• Utilizar o comprimento efetivo de moldura (em metro), conforme projeto.

5. Critérios de aferição
• Caso a moldura a ser executada seja em pé direito duplo, utilizar a
composição auxiliar: “MONTAGEM E DESMONTAGEM DE ANDAIME
TUBULAR TIPO TORRE”, presente nos cadernos de composição para
equipamentos de proteção coletiva;
• Foram consideradas as perdas por resíduos e incorporadas.

6. Execução
• Marcar na estrutura periférica (paredes), com o auxílio de uma mangueira ou
um nível laser, o local em que será instalado o teto;
• Com o auxílio de um cordão de marcação ou fio traçante, marcar a posição
exata onde será fixada a cantoneira ou tabica;

Página | 51
Cadernos Técnicos das Composições de Forros – Lote 1

• Fixar as guias na parede (cantoneiras ou tabicas);


• Com o auxílio de um cordão de marcação ou fio traçante, marcar a posição do
eixo dos perfis F-47;
• Após a fixação dos arames na laje (tirantes), através de rebites, com distancia
equivalente à largura da moldura e com espaçamento de 1.000 mm;
• Prender nos tirantes os suportes niveladores;
• Encaixar os perfis F-47 no suporte nivelador de maneira que fique firme.
Ajustar o nível dos perfis na altura correta do rebaixo do teto;
• Fixar as chapas de drywall, já cortadas, na estrutura por meio de parafusos
especialmente desenvolvidos para esse fim. Os parafusos devem estar
distanciados a 200mm entre si e a 10mm da borda;
• Aplicar uma primeira camada de massa de rejunte ao longo das juntas entre
as chapas de drywall;
• Colocar a fita adesiva para juntas sobre o eixo da junta. Com o auxílio de uma
espátula pressionar firmemente a fita sobre a primeira camada de massa;
• Aplicar as demais camadas de massa com o auxílio de uma desempenadeira,
deixando um acabamento uniforme.

7. Informações Complementares
• Não se aplica.

8. Pendências
• O insumo “Perfil metálico F-47” aferido em campo foi substituído pelo
cadastrado no SINAPI, INx 39427 - Perfil canaleta, formato C, em aço zincado,
para estrutura forro drywall, e = 0,5 mm, *46 x 18* (l x h), comprimento 3 m,
que apresenta características e preço semelhantes.
• O insumo “Perfil metálico de acabamento (cantoneira ou tabica)” aferido em
campo foi substituído pelo cadastrado no SINAPI, INx 39424 - Perfil cantoneira
L, lisa, em aco, 25 x 30 mm, e = 0,5 mm, para estrutura drywall, que apresenta
características e preço semelhantes.
• O insumo “Rebite de repuxo 4,8 mm x 22 mm” aferido em campo foi substituído
pelo cadastrado no SINAPI, INx 40547 - Parafuso zincado, autobrocante,
flangeado, 4,2 X 19", que apresenta características e preço semelhantes.
• O insumo “Suporte Nivelador” aferido em campo foi substituído pelo
cadastrado no SINAPI INx 39430 - Pendural ou presilha reguladora, em aço
galvanizado, com corpo, mola e rebite, para perfil tipo canaleta de estrutura
em forros drywall, que apresenta características e preço semelhantes.
• Para uso destes insumos, considerar os seguintes coeficientes:
PERFIL CANALETA, FORMATO C, EM ACO
ZINCADO, PARA ESTRUTURA FORRO
39427 M 1,2000
DRYWALL, E = 0,5 MM, *46 X 18* (L X H),
COMPRIMENTO 3 M
PERFIL CANTONEIRA L, LISA, EM ACO, 25 X 30
39424 M 1,2830
MM, E = 0,5 MM, PARA ESTRUTURA DRYWALL

Página | 52
Cadernos Técnicos das Composições de Forros – Lote 1

PARAFUSO ZINCADO, AUTOBROCANTE,


40547 CENTO 0,0111
FLANGEADO, 4,2 X 19"
PENDURAL OU PRESILHA REGULADORA, EM
ACO GALVANIZADO, COM CORPO, MOLA E
39430 UN 1,1100
REBITE, PARA PERFIL TIPO CANALETA DE
ESTRUTURA EM FORROS DRYWALL

Página | 53
Cadernos Técnicos das Composições de Forros – Lote 1

CADERNO TÉCNICO DO SERVIÇO

1. COMPOSIÇÃO ANALÍTICA DE SERVIÇO

Classe: Revestimento e Tratamento de Superfícies


Tipo: 0134 – Forro de Gesso

Código / Seq. Descrição da Composição Unidade

01.REVE.FORR.035/01
ACABAMENTOS PARA FORRO (SANCA DE GESSO, COM
Código SINAPI M
ALTURA DE 15 CM, MONTADA NA OBRA). AF_05/2017_P
96124

Vigência: 05/2017 Última atualização: 05/2017

COMPOSIÇÃO

Item Código Descrição Unidade Coeficiente


C 88269 GESSEIRO COM ENCARGOS COMPLEMENTARES H 0,7647
C 88316 SERVENTE COM ENCARGOS COMPLEMENTARES H 0,3824
PLACA DE GESSO PARA FORRO, DE *60 X 60* CM E
I 4812 ESPESSURA DE 12 MM (30 MM NAS BORDAS) SEM M² 1,2190
COLOCACAO
I * REBITE DE REPUXO 4,8MM x 22MM UN 2,8756
ARAME GALVANIZADO 18 BWG, 1,24MM (0,009
I 345 KG 0,0087
KG/M)
I 20250 SISAL EM FIBRA KG 0,0078
GESSO EM PO PARA REVESTIMENTOS /
I 3315 KG 0,9964
MOLDURAS / SANCAS
I 5066 PREGO DE AÇO POLIDO COM CABEÇA 12 X 12 KG 0,0019

ACABAMENTOS

Moldura em Moldura em
Sanca PVC e Metálico Em Madeira
Gesso Drywall

2. Insumos e suas características


• Placa de gesso para forro, de 60 x 60* cm e espessura de 12 mm;
• Rebite de repuxo 4,8mm x 22mm (* Insumo a ser cadastrado no SINAPI);
• Arame galvanizado 18bwg, 1,24mm (0,009 kg/m);

Página | 54
Cadernos Técnicos das Composições de Forros – Lote 1

• Sisal em fibra;
• Gesso de fundição;
• Prego de aço polido com cabeça 12 x 12.

3. Equipamentos
• Não se aplica.

4. Critérios para quantificação dos serviços


• Utilizar a área de sanca a ser instalada dada por comprimento vezes a largura
(a altura padronizada é de 15 cm).

5. Critérios de aferição
• Nesta composição não estão contemplados os tempos de montagem e
instalação dos acabamentos como juntas de dilatação ou cantoneiras em
gesso;
• Caso a sanca a ser executada seja em pé direito duplo, utilizar a composição
auxiliar: “ANDAIME TUBULAR TIPO “TORRE” (MONTAGEM E
DESMONTAGEM)”, presente nos cadernos de composição para
equipamentos de proteção coletiva;
• Foram consideradas as perdas por resíduos e incorporadas.

6. Execução
• Marcar na estrutura periférica (paredes), com o auxílio de uma mangueira ou
um nível laser, o local em que será instalada a sanca;
• Com o auxílio de um cordão de marcação ou fio traçante, marcar a posição e
altura exatas onde será instalado a sanca;
• Fixar as linhas-guia nos pregos utilizados para suporte dos acabamentos em
gesso;
• Preparar a massa de gesso de fundição;
• Fixar a primeira fiada de placas, na largura necessária, de gesso junto aos
acabamentos ou juntas de dilatação, previamente instaladas na parede;
• A cada placa instalada fixar o respectivo tirante;
• A mistura de sisal com o gesso de fundição é utilizada para chumbamento das
placa e gesso;
• Retirar os pregos instalados no perímetro do forro;
• Fixar o fechamento vertical da sanca através da massa de gesso de fundição;
• Aplicar a pasta de gesso de fundição por sobre as juntas da sanca já instalada.

7. Informações Complementares
• Não se aplica.

Página | 55
Cadernos Técnicos das Composições de Forros – Lote 1

8. Pendências
• O insumo “Rebite de repuxo 4,8 mm x 22 mm” aferido em campo foi substituído
pelo cadastrado no SINAPI, INx 40547 - Parafuso zincado, autobrocante,
flangeado, 4,2 X 19", que apresenta características e preço semelhantes.
• Para uso deste insumo, considerar o seguinte coeficiente:
PARAFUSO ZINCADO, AUTOBROCANTE,
40547 CENTO 0,0287
FLANGEADO, 4,2 X 19"

Página | 56