Você está na página 1de 4

AlfaCon Concursos Públicos

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO
ÍNDICE
Sintaxe da Oração VI������������������������������������������������������������������������������������������������������������������������������������������2
Partícula SE������������������������������������������������������������������������������������������������������������������������������������������������������������������������2
Leitura Complementar�������������������������������������������������������������������������������������������������������������������������������������������������2

Lei do Direito Autoral nº 9.610, de 19 de Fevereiro de 1998: Proíbe a reprodução total ou parcial desse material ou divulgação com
fins comerciais ou não, em qualquer meio de comunicação, inclusive na Internet, sem autorização do AlfaCon Concursos Públicos.
1
AlfaCon Concursos Públicos

Sintaxe da Oração VI
Partícula SE
Leitura Complementar
→→ Vimos, nesta aula, as principais classificações da partícula SE:
1. Partícula Apassivadora.
2. Índice de Indeterminação do sujeito.
3. Parte Integrante do Verbo.
4. Pronome Reflexivo.
5. Pronome Recíproco.
6. Palavra Expletiva ou de Realce.
→→ É imprescindível lembrar que um verbo apenas admite VOZ PASSIVA se possuir OBJETO
DIRETO (VTD ou VTDI). Desse modo, a partícula SE, no VTD ou no VTDI, transpõe o verbo
para a voz passiva. Já no VTI, no VI e no VL, a partícula SE torna o sujeito indeterminado (regra
geral). Exemplos:
˃˃ *Analisaram-se os pontos controvertidos.
»» *VTD+SE → VOZ PASSIVA
˃˃ *Pagou-se a conta ao garçom.
»» VTDI+SE → VOZ PASSIVA
˃˃ *Trata-se de pontos controvertidos.
»» VTI+SE → SUJEITO INDETERMINADO
˃˃ *Vive-se bem em Pomerode.
»» VI+SE → SUJEITO INDETERMINADO
˃˃ *Era-se feliz naquele tempo.
»» VL+SE → SUJEITO INDETERMINADO.
CUIDADO! Essa é apenas a regra geral! Vejamos:
»» *A situação tornou-se insuportável.
Nesse caso, a palavra “SE” pode ser PARTÍCULA APASSIVADORA? Não, porque “tornar”
exerce a função de verbo de ligação e não admite voz passiva. Então, é ÍNDICE DE INDETERMINA-
ÇÃO DO SUJEITO. Certo? Não, porque o sujeito está determinado: “A situação”. Por exclusão, se a
palavra “SE” não é PARTÍCULA APASSIVADORA e não é ÍNDICE DE INDETERMINAÇÃO DO
SUJEITO, será PARTE INTEGRANTE DO VERBO.
No entanto, esse raciocínio só será aplicado se realmente a questão o exigir. Há um jeito mais
prático para identificar o SE como PARTE INTEGRANTE DO VERBO. Basta colocar o verbo na
“fórmula do QUEM”, mencionada em aula. Se a partícula SE for junto para a “fórmula do QUEM”,
será classificada como PARTE INTEGRANTE DO VERBO. É o que ocorre com REFERIR-SE,
QUEIXAR-SE, SUICIDAR-SE...
Observação Importante: sempre que a PARTÍCULA SE for ÍNDICE DE INDETERMINAÇÃO
DO SUJEITO, o verbo ficará no SINGULAR. Quando for PARTÍCULA APASSIVADORA, o verbo
deve concordar em número com o SUJEITO PACIENTE.

Lei do Direito Autoral nº 9.610, de 19 de Fevereiro de 1998: Proíbe a reprodução total ou parcial desse material ou divulgação com
fins comerciais ou não, em qualquer meio de comunicação, inclusive na Internet, sem autorização do AlfaCon Concursos Públicos.
2
AlfaCon Concursos Públicos

A Palavra Expletiva ou de Realce pode ser retirada, sem prejuízo sintático-semântico.


Uma vez que o assunto tratado refere-se à PARTÍCULA “SE”, é importante também revisar os
dois tipos de VOZ PASSIVA: a SINTÉTICA e a ANALÍTICA.
→→ A voz passiva sintética ou pronominal forma-se por meio da partícula “SE” (acabamos de revisar
a matéria). Já a voz passiva analítica forma-se por LOCUÇÃO VERBAL PASSIVA (VERBO SER
+ PARTICÍPIO). Vejamos:
˃˃ *Analisaram-se os pontos controvertidos (VOZ PASSIVA SINTÉTICA OU PRONOMINAL).
˃˃ *Os pontos controvertidos foram analisados (VOZ PASSIVA ANALÍTICA).

Lei do Direito Autoral nº 9.610, de 19 de Fevereiro de 1998: Proíbe a reprodução total ou parcial desse material ou divulgação com
fins comerciais ou não, em qualquer meio de comunicação, inclusive na Internet, sem autorização do AlfaCon Concursos Públicos.
3
AlfaCon Concursos Públicos

Lei do Direito Autoral nº 9.610, de 19 de Fevereiro de 1998: Proíbe a reprodução total ou parcial desse material ou divulgação com
fins comerciais ou não, em qualquer meio de comunicação, inclusive na Internet, sem autorização do AlfaCon Concursos Públicos.
4