Você está na página 1de 3

Questões Objetivas

1. “Instrumento de gestão com foco nos fatos que se relacionam diretamente com fluxos
financeiros da entidade, tem conceitos critérios e regimes próprios.” Essa definição se
refere ao:

a) Regime Orçamentário.
b) Regime Contábil.
c) Orçamento Público.
d) Regime de Capital.

2. Em qual das alternativas a seguir pode-se dizer que o conceito de contabilidade


pública está contido:

a) As receitas e as despesas devem ser incluídas na apuração do resultado do


período em que ocorre sempre simultaneamente quando se correlacionam
independente do recebimento ou pagamento.
b) Registra e demonstra os atos e fatos da administração pública , tem enfoque no
patrimônio e suas variações, bem como demonstra a execução do orçamento.
c) Recebimento de recursos financeiros e a realização dos gastos.
d) Toda alteração positiva do patrimônio líquido.

3. Sabe-se que Serviços Públicos são serviços essenciais e necessários para a


sobrevivência do grupo social, já os Serviços de Utilidade Pública são serviços
pertinentes à manutenção e promoção do bem comum e bem-estar social. Levando em
consideração a conceituação anterior, determine qual destas alternativas NÃO se
caracteriza como um serviço público:

a) Policiamento.
b) Saúde Pública.
c) Defesa Nacional.
d) Serviços de transporte coletivo.
4. Conforme determinação do art. 35 da Lei 4.320/1964 o registro da ____________
deve ser feito no momento da arrecadação. Ou seja, o reconhecimento se dá segundo o
regime de caixa. Já a ____________ se dá sob o regime de competência, deste modo
deve ser registrada em função do fato gerador, independente da execução orçamentária.
(Manual de Contabilidade Aplicada ao Setor Público, 2016). Qual alternativa completa
os espaços acima na ordem correta?

a) Receita orçamentária, Variação Patrimonial Aumentativa (Receita Contábil).


b) Receita de capital, receita corrente.
c) Receita orçamentária, redução ao valor recuperável de ativos (VRP).
d) Secretaria do Tesouro Nacional, Secretaria Municipal.
5. A Administração direta é aquela composta por órgãos públicos ligados diretamente
ao poder central, seja na esfera federal, estadual ou municipal. Já a Administração
indireta é aquela composta por entidades com personalidade jurídica própria, patrimônio
e autonomia administrativa. Assinale a alternativa que possui apenas exemplos de
entidades da administração indireta:

a) Ministério da Fazenda, Banco do Brasil, Sistema Único de Saúde, Empresa


Brasileira de Correios e Telégrafos.
b) Petrobras, Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos, Universidade Federal do
Cariri, Banco do Brasil.
c) Caixa Econômica Federal, Sistema Único de Saúde, Ministério da Fazenda,
Universidade Federal do Cariri.
d) Ministério da Educação, CNPQ, Banco do Nordeste, Petrobras.

7. Sabe-se que receitas originárias são obtidas a partir da exploração do patrimônio do


Estado e que receitas derivadas são obtidas por meio do poder soberano do Estado. Qual
das alternativas abaixo NÃO é uma receita derivada:
a) I.C.M.S.
b) Imposto de Renda.
c) Empréstimos Compulsórios.
d) Venda de combustível.
10. Analise:

1 Operações de Crédito
2 Inversões Financeiras
3 Amortização de Bens
4 Receita Tributária
5 Investimento
Com base no quadro acima podem ser classificadas como receita corrente e receita de
capital, respectivamente:
a) 4 e 1.
b) 2 e 5.
c) 3 e 1.
d) 5 e 2.

11. Sabendo que dívida ativa corresponde aos créditos devidos e não pagos pelos
contribuintes no prazo fixado pela lei. Quais impostos o município pode inscrever como
dívida ativa?

a) IPTU, ISSQN, TLC, TFLF.


b) IPI, IOF, CONFINS.
c) IRPJ, IRPF, CIDE.
d) LOA, LDO, PPA.

13. Dado que a estrutura da Receita Orçamentária é classificada de acordo com o Anexo
3 da Lei Federal nº 4.320/64 e complementarmente à Lei Orçamentária Anual, essa
classificação destaca três critérios fundamentais: Receitas quanto à natureza; Estrutura
de codificação e Discriminação da receita com base na codificação por categorias
econômicas. Determine qual das alternativas corresponde aos níveis que compõem a
codificação da receita:

a) Receitas de capital, receitas correntes, espécie, tópico e subtópico.


b) Receitas efetivas e receitas não-efetivas.
c) Categoria econômica, origem, espécie, rubrica, alínea e subalínea.
d) Patrimonial, agropecuária, industrial e de serviços, transferências correntes e
outras receitas correntes.

14. A realização da receita pública se dá mediante uma sequência de atividades. Os


estágios são os seguintes:

a) Planejamento, Organização, Direção e Taxação.


b) Taxação, Previsão, Recolhimento e Avaliação.
c) Previsão, Lançamento, Arrecadação e Recolhimento.
d) Definição da Agenda, Formulação de Orçamento, Tomada de Decisão e
Avaliação.
15. No enfoque patrimonial a receita pode ser classificada em Receita Pública e Receita
Privada, ou seja, classifica-se quanto a entidade que apropria a receita. Qual das
alternativas abaixo não é uma receita pública:

a) Cobranças de tributos.
b) Prestação de serviços pelo Estado.
c) Venda de produtos produzidos pelo Estado.
d) Faturamentos de uma franquia automobilística.