Você está na página 1de 7

O tempo passando

ESCANSÃO DE VERSOS. Noite de vento suave


Saudade em meu peito
Um dos fatores mais importantes ao analisar um poema é Neste caso, a escansão é realizada da seguinte forma:
a contagem de sílabas poéticas. A essa prática, dá-se o
nome de escansão. De forma geral, escansão é a
1) O | tem | po | pas | san (5)
contagem dos sons dos versos. Essa contagem difere da
2) Noi | te | de | ven | to | su | a (7)
simples separação de sílabas das palavras, pois segue as
3) Sau | da | de em | meu | pei (5)
seguintes regras:
1) Após a última sílaba tônica do verso, não contamos
Repare que, no terceiro verso, de + em é contado como
mais nenhuma;
apenas uma sílaba poética. Quando pronunciamos o
2) Podem-se fundir duas ou mais vogais de palavras
trecho em questão, naturalmente suprimimos a vogal
diferentes, formando apenas uma sílaba poética.
átona em “de” na junção com a vogal que inicia a palavra
seguinte “em”.
Você deve se recordar das regras de acentuação tônica Como escansão é a contagem dos sons dos versos, uma
das palavras. Uma palavra é oxítona caso a sílaba tônica boa dica é ler em voz alta.
(sílaba mais acentuada, mais “forte”) seja a última. Por
exemplo: ca-fé, in-te-ri-or, trem etc. Paroxítona é a Técnicas de Metrificação e Rima
palavra cuja sílaba tônica seja a penúltima: por-ta, co-
ma-dre, de-ter-gen-te etc. Por fim, proparoxítona é a Quanto à Modificação do Número de Sílabas:
palavra cuja sílaba tônica ocorre na antepenúltima: mé-
di-co, pró-te-se, an-tí-do-to etc. _________: supressão fônica de vogais quando houver a
De acordo com a primeira regra acima, paramos a proximidade das mesmas quando forem diferentes:
contagem de sílabas na última tônica do verso. Vejamos
como isso funciona no poema abaixo: “Cessem do sábio grego e do troiano
As navegações grandes que fizeram;
SENTIDO Cale-se de Alexandro e de Trajano...”
nesses dias
escassos _________: supressão fônica de vogais quando houver a
ainda não sei proximidade das mesmas quando forem iguais:
ao certo
por que me levantei “Cale-se de Alexandre e de Trajano...”
A separação das sílabas poéticas ocorre da seguinte
forma: Classificação do Verso quanto ao Número de Sílabas:

1) Nes | ses | di (3) _________: verso com uma sílaba poética


2) es | ca (2)
3) a | in | da | não | sei (5) “Pingo
4) ao | cer (2) dágua
5) por | que | me | le | van | tei (6) pinga,
bate
Os números entre parênteses indicam o número de tira
sílabas poéticas do verso. Repare que, nos versos 1, 2 e 4, mágoa!” (Cassiano Ricardo)
a contagem de sílabas poéticas difere da separação
silábica. Isso ocorre, pois os versos terminam com _________: estrofe com dois versos.
palavras paroxítonas (“dias”, “escassos” e “certo”). Ou
seja, a sílaba tônica é a penúltima e, portanto, a última “Ao trote
sílaba do verso não é contada. Do baio,
Que doce
A segunda regra trata de um fenômeno chamado elisão. Lembrança
Elisão é o processo fonético em que há supressão de O rosto
letras em uma palavra ou expressão. Por exemplo, Da moça
“d’água” (de água). Que mora
A elisão também influencia a contagem de sílabas Na serra
poéticas, como no poema abaixo: No rancho
De palha!” (Ribeiro Couto)
NOITE _________: verso com três sílabas poéticas.

“E vós rei
animal
rei sem trono _________: verso com dez sílabas poéticas
cetro e o mais
e do menos: “Buscou no amor o bálsamo da vida,
coisas várias. Não encontrou senão veneno e morte.
Rei? Não sei.” (Jorge de Lima) Levantou no deserto a roca-forte
Do egoísmo, e a roca em mar foi submergida!”
_________: verso com quatro sílabas poéticas. (Manuel Bandeira)

“Brilha a virtude _________s: verso com onze sílabas poéticas


Na vida pura,
Qual na espessura “Na praia deserta que a lua branqueia,
Do lírio a cor. Que mimo! que rosa! que filha de Deus!
Cultiva atenta, Tão pálida – ao vê-la meu ser devaneia,
Filha mimosa Sufoco nos lábios os hálitos meus! (Álvares de Azevedo)
Sempre viçosa,
Tão linda flor.” (Visconde de Pedra Branca) Dodecassílabos ou _________: verso com doze sílabas
poéticas.
_________ ou Redondilhos menores: verso com cinco
sílabas poéticas. “Ama, com fé e orgulho, a terra em que nasceste,
Criança! não verás país nenhum como este!
“Pensem nas crianças Olha que céu! que mar! que rios! que florestas!
Mudas telepáticas A natureza, aqui, perpetuamente em festa.” (Olavo Bilac)
Pensem nas crianças
Cegas inexatas _________– verso com mais de doze sílabas poéticas.
Pensem nas mulheres _________são aqueles que não apresentam métrica
Rotas alteradas uniforme e sistemática.
Pensem nas feridas _________ é um grupo de versos. Conforme a
Como rosas cálidas... (Vinícius de Moraes) quantidade de versos, as estrofes podem ser:

_________: verso com seis sílabas poéticas. Classificação quanto ao número de versos

“A tarde é quase humana Dístico = dois versos / _________ = três versos


quando em mim pousa. A tarde _________ = quatro versos / Quintilha = cinco versos
atrozmente enfeitada _________ = seis versos/ Sétima = sete versos/
de cores, ainda arde; _________ = oito versos/ Nona = nove versos/
porém, já não me engana. _________ = dez versos
É tarde. É muito tarde.” (Cassiano Ricardo)
Esquema de Rimas
_________ ou Redondilhos maiores: verso com sete
sílabas poéticas. Dístico

“Domingo. A casa de palha “Filho meu, de nome escrito A


Abre as janelas do sol; da minh’alma no infinito. A
Na horta o dono trabalha
Desde que veio o arrebol... (B. Lopes) Escrito a estrelas e sangue B
no farol da rua langue.. B
_________: verso com oito silabas poéticas
Das tuas asas serenas C
“Aos que me dão lugar no bonde faz manto para estas penas.” C (Cruz e Sousa)
e que conheço não sei donde,
aos que me dizem terno adeus (AA-BB-CC) -> Rimas _________ ou Paralelas
sem que lhes saiba os nomes seus.” (Carlos D. Andrade)
Sextilha
_________: verso com nove sílabas poéticas
“Por água brava ou serena A
“O balanço da rede, o bom fogo Deixamos nosso cantar, B
Sob um teto de humilde sapé; Vendo a voz como é pequena A
A palestra, os lundus, a viola, Sobre o comprimento do ar. B
O cigarro, a modinha, o café... (Fagundes Varela) Se alguém ouvir temos pena: A
Só cantamos para o mar...” B (Cecília Meireles) 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10

(AB-AB-AB) -> Rimas _________ ou Cruzadas


Sem|pre | quis | te | dar | ca|ri|nho e | pai|xão –tônica
Quarteto 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10
“Quem poluiu, quem rasgou os meus lençóis de linho, (O fenômeno que se verifica na sílaba poética
A
número oito chama-se _________ (sons vocálicos
Onde esperei morrer, - meus tão castos lençóis? B
Do meu jardim exíguo os altos girassóis B diferentes).
Quem foi que os arrancou e lançou no caminho?” A
(Camilo Pessanha) A | col|cha a|ca|ba | de a|que|cer | nós | dois
1 2 3 4 5 6 7 8 9 10
(ABBA) -> Rimas _________s ou Enlaçadas
Além da elisão na sílaba poética número seis, há crase (a
Versos _________s são aqueles que não apresentam mesma vogal) na número três.
uniformidade rítmica, ou seja, não apresenta esquema de
rimas definido.
Quanto à coincidência sonora a rima pode ser:
“A menina tonta passa metade do dia _________ ou Soante – há correspondência completa
a namorar quem passa pela rua,
de sons: tento / vento – vele / sele.
que a outra metade fica
pra namorar-se no espelho _________ou Toante – há correspondência parcial de
A menina tonta tem olhos de retrós preto, sons: âmbar /amar – até /ate.
cabelos de linha de bordar,
e a boca é um pedaço de qualquer tecido vermelho.”
(Manuel de Fonseca) Quanto à Morfologia a rima pode ser:
_________ – classes gramaticais diferentes: contente
_________ É cada linha do poema; é uma palavra ou / tente
conjunto de palavras com unidade rítmica. _________– a mesma classe gramatical: coração /
união
_________ é a identidade ou semelhança de sons que _________– palavras quase sem rima: pauta / nauta
ocorre no fim dosa versos, embora possa ocorrer _________ – As que ocorrem dentro de um mesmo
também no meio do verso (rima _________). O que verso.
importa na rima é que haja coincidência de sons
(total ou parcial) e não das letras que a formam. EXERCÍCIO DE VERSIFICAÇÃO
_________ – é o agrupamento de versos. Cantiga
_________: poema formado por dois quartetos e dois
tercetos, normalmente composto por versos Nas ondas da praia
decassílabos e Nas ondas do mar
de conteúdo lírico; Quero ser feliz
_________ é o estudo da medida dos versos, é a Quero me afogar
contagem das sílabas poéticas ou sílabas dos versos. As
sílabas dos versos são sonoras e sua contagem é feita de Nas ondas da praia
maneira auditiva, diferente, portanto, da contagem Quem vem me beijar?
estritamente gramatical que ocorre no texto em prosa. Rainha do mar
Em função do ritmo, muitas vezes o poema reduz ou
alonga as sílabas poéticas. Por isso, para se medir um Quero ser feliz
Nas ondas do mar
verso e proceder à contagem das sílabas, é necessário
Quero esquecer tudo
contar até a ultima sílaba tônica do verso e observar os Quero descansar. Manuel Bandeira
encontros vocálicos.
Atividade Poética:
_________ - é a contagem do número de sílabas poéticas.
1) O poema compõe-se de três estrofes de quatro versos.
Importante: Contam-se as sílabas até a última tônica. Que nome recebe esse tipo de estrofe?
Es|tou | de | vol|ta | pro | meu | a|con|che| go – átona _________
2) Faça a metrificação dos versos da primeira estrofe do
poema? pelos ideais de liberdade que professava através de sua
ideologia, se prestava admiravelmente a expressar esses
* Quantas sílabas há em cada verso? _________ anseios nacionalistas. Tal estilo foi:

* Que nome recebe esse tipo de verso? _________ a) Romantismo b) Barroco


c) Realismo/Naturalismo
3) Identifique o tipo de verso empregado por Vinícius de d) Modernismo e) Neoclassicismo
Morais nesta estrofe.
02. (FUVEST) Entre as obras mais comentadas do
De tudo meu amor serei atento Visconde de Taunay estão: O Encilhamento, A Retirada
Antes, e com tal zelo, e sempre, e tanto da Laguna e, principalmente, o romance:
Que mesmo em face do maior encanto
Dele se encante mais meu pensamento a) A Moreninha; b) Inocência; c) Clarissa;
d) Rosa; e) A Escrava Isaura
3) _________
03. (U.F.GOIÁS) Em relação à obra Memórias de um
4) Informe número de sílaba poéticas do versos abaixo: Sargento de Milícias pode-se afirmar que:

a) "O vento do mês de agosto" _________ a) contraste entre o bem e o mal próprio dos romances
b) "A saudade" _________ românticos desaparece na figura do ator herói;
c) " És a pomba e o corvo. És a capa na fuga"_________ b) personagem Leonardo nasce malandro feito, como em
d) "Ah! Quem há de exprimir, alma impotente e Macunaíma;
escrava" _________ c) Leonardo adquire as características da malandragem
e) "Vai beija -flor" _________ por força das circunstâncias;
d) panorama traçado pelo autor é limitado espaço em que
5. Faça a escansão dos versos e diga a classificação dos as ações se desenvolvem;
mesmos: e) panorama traçado pelo autor é ampliado espaço em
que as ações se desenvolvem.
a) “Estou deitado sobre minha mala”
04. (UM-SP) O gosto pela expressão dos sentimentos,
b) “Ah! Quem há de exprimir, alma imponente e dos sonhos e das emoções que agitam seu mundo
escrava” (Olavo Bilac) interior, numa atitude individualista e profundamente
pessoal, marcou os autores do:
c) “A nuvem guarda o pranto” (Alphonsus de
Guimaraens) a) movimento realista b) movimento árcade
c) movimento romantic d) movimento barroco
d) “Tu choraste em presença da morte” (G. Dias) e) movimento naturalista.

e) “Vagueio campos noturnos” (Ferreira Gullar) 05. (PUC-MG) Os fragmentos abaixo, retirados de obras
da Literatura Brasileira, caracterizam a ideologia criada
f) “Não sei quem seja o autor” (B. Tigre) pelo Indianismo, exceto:

g) “e a boca é um pedaço de qualquer tecido vermelho.” a) "(...) No Guarani o selvagem é um ideal, que o escritor
(Manuel de Fonseca) intenta poetizar, despindo-o da crosta grosseira de que o
envolveram os cronistas..."
h) Quero a alegria de um barco voltando. b) "(...) Os tupis desceram para serem absorvidos. Para se
diluírem no sangue da gente nova. Para viver
i) “Antes, e com tal zelo, e sempre, e tanto” (V. Moraes) subjetivamente e transformar numa prodigiosa força a
bondade do brasileiro e o seu grande sentimento de
j) “Brilhava o sol, quente e a ma” humanidade."
c) "(...) Criaturas de Deus, de bons corpos e bom espírito,
k) “Amou daquela vez como se fosse a última” (Chico ainda sem religião e educáveis no bem ou no mal. Seria
Buarque) fácil trazê-las de sua virtude natural à virtude consciente
do Cristianismo, para sua eterna salvação."
d) "(...) Era Peri. Altivo, nobre, radiante da coragem
Romantismo - 25 Exercícios com gabarito invencível e do sublime heroísmo de que já dera tantos
exemplos, o índio se apresentava só em face de duzentos
01. (UFPA) Na época da independência do Brasil, inimigos fortes e sequiosos de vingança."
quando nosso país precisava auto-afirmar-se como nação, e) "(...) contra o índio de tocheiro. O índio filho de Maria,
entrou em vigência entre nós um estilo de época que, afilhado de Catarina de Médicis e genro de Antônio de
Mariz." vinte anos. Trata-se de:

06. (FUVEST-SP) "A identificação da natureza com o a) Gonçalves Dias. b) Castro Alves.
sofrimento humano, a tragédia perene do amante c) Gonçalves de Magalhães.
rejeitado, o jovem andarilho condenado à vida errante em d) Casimiro de Abreu. e) Álvares de Azevedo.
sua curta eternidade, a solidão do artista. E, enfim, a
resignação e a reconciliação – ressentidas um pouco, por 11. (UFRN) Sobre Gonçalves Dias, é correto afirmar:
certo."
a) natural do Ceará, escreveu obras indianistas como A
O texto acima enumera preferências temáticas e Confederação dos Tamoios e Ubirajara.
concepções existenciais dos poetas: b) poeta gaúcho, destacou-se, dentro do Romantismo,
pela poesia lírica e sentimental como, por exemplo, Lira
a) barrocos. b) arcádicos. c) românticos. dos Vinte Anos e A Noite na Taverna.
d) simbolistas. e) parnasianos. c) poeta maranhense, um dos principais representantes do
Romantismo, escreveu poesias sentimentais e poemas de
07. (FUVEST-SP) Sobre o romance indianista de José de enaltecimento do índio como, por exemplo, Timbiras.
Alencar, pode-se afirmar que: d) natural de Minas Gerais, foi um dos representantes do
Pré-Modernismo ao escrever Inspirações do Claustro.
a) analisa as reações psicológicas da personagem como e) poeta paulista, pertencente ao Parnasianismo, ficou
um efeito das influências sociais. famoso com a obra Conferências Literárias.
b) é um composto resultante de formas originais do
conto. 12. (O indianismo de nossos poetas românticos é:
c) dá forma ao herói amalgamando-o à vida da natureza. a) uma forma de apresentar o índio em toda a sua
d) representa contestação política ao domínio português. realidade objetiva; o índio como elemento étnico da
e) mantém-se preso aos modelos legados pelos clássicos. futura raça brasileira.
b) um meio de reconstruir o grave perigo que o índio
08. (UFPA) A liberdade de inspiração, pregada pelos representava durante a instalação da capitania de São
românticos, correspondia, também, à liberdade formal – Vicente.
esta peculiaridade possibilitou a mistura dos gêneros c) um modelo francês seguido no Brasil; uma
literários e o conseqüente abandono da hierarquia necessidade de exotismo que em nada difere do modelo
clássica que os presidia. Como conseqüência, no Brasil: europeu.
d) um meio de eternizar liricamente a aceitação, pelo
a) Observa-se um detrimento da poesia em favor da índio, da nova civilização que se instalava.
prosa. e) uma forma de apresentar o índio como motivo estético;
b) Registra-se o abandono total do soneto. idealização com simpatia e piedade; exaltação da
c) Verifica-se a interpenetração dos gêneros, o que muito bravura, do heroísmo e de todas as qualidades morais
enriqueceu os já existentes, possibilitando o superiores.
aparecimento de novos.
d) Ampliou-se o alcance da poesia, o que já não se pode 13. (U.F. J. F--MG) Em relação ao Romantismo
dizer quanto ao romance e ao teatro. brasileiro, todas as afirmações são verdadeiras. Exceto:
e) Usou-se, quase abusivamente, o verso livre, o que
muito contribuiu para o desenvolvimento de nossa a) expressão do nacionalismo através da descrição de
poesia. costumes e regiões do Brasil.
b) análise crítica e científica dos fenômenos da sociedade
09. (UFES) Em relação ao romance Lucíola, de José de brasileira.
Alencar, só não é correto dizer que: c) desenvolvimento do teatro nacional.
d) expressão poética de temas confessionais, indianistas e
a) analisa o drama íntimo de uma mulher, dividida entre humanistas.
o amor conjugal e a riqueza material. e) caracterização do romance como forma de
b) é escrito em forma de cartas, que serão reunidas e entretenimento e moralização.
publicadas pela senhora que aparece no texto.
c) narrador em 1ª pessoa retrata um perfil de mulher 14. (OSEC-) A época romântica caracteriza-se por ser:
aparentemente mundana e frívola.
d) protagonista relata, através de sua visão romântica, a a) lusófoba e nacionalista. b) de influência inglesa.
sina da prostituição de Lúcia. c) atéia e influenciada pelo positivismo.
e) autor revela aspectos negativos dos costumes d) carente de bons poetas.
burgueses do Rio de Janeiro de cem anos atrás.
15. (FMABC-SP) Assinale a alternativa em que se
10. (UCP-PR) O desejo de morrer e a sentimentalidade encontram três características do movimento literário ao
doentia são características da poesia do autor de Lira dos qual se dá o nome de Romantismo:
desenvolvido em oposição ao intelectualismo e à tradição
a) predomínio da razão, perfeição da forma, imitação dos racionalista e clássica do século XVIII.
antigos gregos e romanos d) Romantismo, ou melhor, o espírito romântico, pode
b) reação anticlássica, busca de temas nacionais, ser sintetizado numa única qualidade: a imaginação.
sentimentalismo e imaginação Pode-se creditar à imaginação a capacidade
c) anseio de liberdade criadora, busca de verdades extraordinária dos românticos de criarem mundos
absolutas e universais, arte pela arte imaginários.
d) desejo de expressar a realidade objetiva, visão e) Romantismo caracterizou-se por um complexo de
materialista do universo características, como o subjetivismo, o ilogismo, o senso
e) preferência por temas medievais, rebuscamento de de mistério, o exagero, o culto da natureza e o escapismo.
conteúdo e de forma, tentativa de expressar a realidade
inconsciente. 20. (Cesgranrio-RJ) O próprio Romantismo produziu
uma literatura em desacordo com certas tônicas do
16. (UFRS) A produção de Álvares de Azevedo é, no movimento. Através da ironia, autores românticos
Brasil, a maior expressão: revelam irreverência muitas vezes feroz.

a) do culto à natureza b) do cientificismo Assinale a opção em que o autor se mantém dentro dos
c) da arte pela arte d) do culto ao "bom selvagem" preceitos mais conhecidos da escola romântica, tais como
e) do mal-do-século. a glorificação do ideal e do sublime e o desapego ao
mundo material:
17. (FMU/FIAM-SP) O homem de todas as épocas se
preocupa com a natureza. Cada período a vê de modo a) "Dos prazeres do amor as primícias,/ De meu pai entre
particular. No Romantismo, a natureza aparece como: os braços gozei;/ E de amor as extremas delícias/ Deu-me
um filho, que dele gerei." (Bernardo Guimarães)
a) um cenário cientificamente estudado pelo homem; a b) "Como dormia! Que profundo sono!.../ tinha na mão o
natureza é mais importante que o elemento humano. ferro do engomado.../ Como roncava maviosa e pura!.../
b) um cenário estático, indiferente; só o homem se Quase caí na rua desmaiado!" (Álvares de Azevedo)
projeta em busca de sua realização. c) "(Damas da nobreza) – Não precisa aprendê/ Quem
c) um cenário sem importância nenhuma; é apenas pano tem pretos p'herdá/ e escravidão p'escrevê;/ Basta tê/
de fundo para as emoções humanas. Burra d'ouro e casá." (Sousândrade)
d) confidente do poeta, que compartilha seus sentimentos d) "Porque Deus pôs em meu peito/ Um tesouro de
com a paisagem; a natureza se modifica de acordo com o harmonia:/ Deu-me a sina de seus anjos,/ Deu-me o dom
estado emocional do poeta. da poesia.' (Junqueira Freire)
e) um cenário idealizado, onde todos são felizes e os e) "Nem há de negá-lo – não há doce lira/ Nem sangue de
poetas são pastores. poeta ou alma virgem/ Que valha o talismã que no oiro
vibra!" (Álvares de Azevedo)
18. (UNIP-SP) Assinale a característica não-aplicável à
poesia romântica: 21. (UFSCar-SP) Assinale a opção que melhor preencha
a lacuna existente no seguinte texto:
a) artista goza de liberdade na metrificação e na
distribuição rítmica; "Segundo a interpretação de Karl Mannehim, o .....
b) importante é o culto da forma, a arte pela arte; expressa os sentimentos dos descontentes com as novas
c) a poesia é primordialmente pessoal, intimista e estruturas: a nobreza, que já caiu, e a pequena burguesia
amorosa; que ainda não subiu: de onde, as atitudes saudosistas ou
d) enfatiza-se a auto-expressão, o subjetivismo, o reivindicatórias que pontuam todo o movimento."
individualismo;
e) a linguagem do poeta é a mesma do povo: simples, a) Realismo b) Romantismo c) Modernismo
espontânea. d) Impressionismo e) Arcadismo

19. (UFV-MG) Assinale a alternativa falsa: 22. (FUVEST-SP) Tomadas em conjunto, as obras de
Gonçalves Dias, Álvares de Azevedo e Castro Alves
a) Romantismo, como estilo, não é modelado pela demonstram que, no Brasil, a poesia romântica:
individualidade do autor; a forma predomina sempre
sobre o conteúdo. a) pouco deveu às literaturas estrangeiras, consolidando
b) Romantismo é um movimento de expressão universal, de forma homogênea a inclinação sentimental e o anseio
inspirado nos modelos medievais e unificado pela nacionalista dos escritores da época.
prevalência de características comuns a todos os b) repercutiu, com efeitos locais, diferentes valores e
escritores da época. tonalidades da literatura européia: a dignidade do homem
c) Romantismo, como estilo de época, consistiu natural, a exacerbação das paixões e a crença em lutas
basicamente num fenômeno estético-literário libertárias.
c) constituiu um painel de estilos diversificados, cada um
dos poetas criando livremente sua linguagem, mas
preocupados todos com a afirmação dos ideais
abolicionistas e republicanos.
d) refletiu as tendências ao intimismo e à morbidez de
alguns poetas europeus, evitando ocupar-se com temas
sociais e históricos, tidos como prosaicos.
e) cultuou sobretudo o satanismo, inspirado no poeta
inglês Byron, e a memória nostálgica das civilizações da
Antigüidade clássica, representadas por suas ruínas.

23. (FEI-SP) Assinale o item que contém somente


características românticas:

a) Subjetivismo, bucolismo, sentimentalismo.


b) subjetivismo, nacionalismo, pastoralismo.
c) Culto à natureza, nacionalismo, culto ao contraste.
d) Conceitismo, liberdade de formas, cultismo.
e) Nacionalismo, culto à natureza, liberdade de formas.

24. (UCP-PR) "O público gostava de obras que lhe


permitissem auto-identificar-se com as personagens, que
lhe fornecessem meios de esquecer, com a leitura, a
monotonia da vida regulada pelos estreitos horizontes
burgueses."

O texto acima faz referência à estética:

a) barroca b) simbolista c) modernista


d) romantic e) parnasiana

25. (UFV-MG) A ficção romântica é repleta de


sentimentalismos, inquietações, amor como única
possibilidade de realização, personagens burgueses
idealizados, culminando sempre com o habitual "... e
foram felizes para sempre".

Assinale a alternativa que não corresponde à afirmação


acima:

a) amor constitui o objetivo fundamental da existência e


o casamento, o fim último da vida.
b) Não há defesa intransigente do casamento e da
continência sexual anterior a ele.
c) A frustração amorosa leva, incondicionalmente, à
morte.
d) Os protagonistas são retratados como personagens
belos, puros, corajosos.
e) A economia burguesa determina os gostos e a maneira
de ver o mundo ficcional romântico.