Você está na página 1de 130

Aviso:

Nenhuma parte dessa publicação pode ser reproduzida de qualquer forma, seja através de impressão, cópia digitalizada, fotocópia ou de qualquer outro meio, sem a permissão por escrito do detentor dos direitos autorais.

O autor se esforçou para ser o mais preciso e completo possível na criação desse livro, porém, ele não garante em momento algum, que os conteúdos do livro sejam definitivos, devido a rapidez na mudança de informações sobre o assunto.

Ainda que diversas tentativas tenham sido feitas para verificar todas informações fornecidas nessa publicação, o autor não assume responsabilidade por quaisquer erros, omissões ou interpretações equivocadas do assunto presente nesse livro.

Por favor, entenda que qualquer conselho dado aqui não substitui a opinião de um médico. Concorde com as informações dadas nesse livro por sua conta e risco. O autor não será responsável por qualquer problema resultante dos conselhos dados nesse livro.

Se você está tomando alguma medicação ou tem dúvidas sobre os conselhos dados aqui, consulte seu médico agora mesmo.

Sumário:

Capítulo Um: Introdução

1

Capitulo Dois: Por que você tem diabetes?

5

O

que é glicose?

 

5

O

que é insulina?

6

Principais causas da diabetes tipo 2

7

Capitulo Três: Sua melhor defesa

9

Diabetes e o fígado

9

Diabetes

e

o

pâncreas

11

Diabetes e os rins

11

Capitulo Quatro: Soluções atuais e seus problemas

13

Transplante de ilhotas pancreáticas

13

Transplante pancreático

14

Pâncreas artificial

 

14

Combinações perigosas de drogas

14

Terapias com ervas e “naturais”

21

A

boa notícia!

 

23

Capítulo Cinco: A Solução: Terapia Natural

24

O

trabalho duro

 

25

Capítulo Seis: Desintoxicação

27

O

calendário de desintoxicação

35

Capítulo Sete: Dietas e Doutores

36

Capítulo Oito: Branco Perverso I

39

Capítulo Nove: Calorias Vazias

45

Capítulo Dez: Branco Perverso II

52

Capítulo Doze: Bóias Braçadeiras

63

Capítulo Treze: Com o novo

68

Capítulo Quatorze: Proteína - Quanto, de que tipo?

71

Capítulo

Quinze: Controle da Natureza

75

Capitulo Dezesseis: Estresse Oxidativo - Por que se preocupar?

89

Capítulo Dezessete: Seu pâncreas e rins - Melhoria Especial

98

Capítulo Dezoito: Álcool e Diabetes

104

Capítulo Dezenove: O fumo e a diabetes

108

Capítulo Vinte: Que deixar de fora e o que adicionar

112

Capítulo Vinte e Um: Finalizando

124

Capítulo Um: Introdução

Se você tem dúvidas, é fácil achar respostas. Você pode achar praticamente tudo o que quiser na internet. Você pode achar qual filme é o mais aclamado pelos críticos. Você pode ler conselhos sobre paternidade, procurar sobre o mercado de ações ou ver qual carro tem o melhor custo-benefício. A lista é interminável. Se você tem alguma dúvida, alguém na internet tem a resposta.

Conselhos pessoais também são bons em praticamente qualquer assunto. Se você precisa de ajuda com algum animal desobediente, um profissional irá adestrá-lo da forma correta. Problema com impostos? Um contador habilidoso pode lhe ajudar com esses números. Se correr demais na estrada lhe trouxer problemas, um juiz pode reduzir ou eliminar a multa. Para qualquer problema que você tiver, alguém tem a resposta ou uma solução fácil.

Mas o que acontece quando você nem sabe o que perguntar, ou por onde começar a procurar por respostas? E se você tiver dúvidas da veracidade do que lhe disseram? Quando você tem dúvidas sobre coisas importantes como a sua saúde, você precisa de fontes confiáveis.

Ser diagnosticado com diabetes pode deixá-lo com várias perguntas sem respostas. Problemas que até mesmo seu médico pode não ter mencionado. Talvez você esteja se sentindo sobrecarregado, assustado ou até irritado. Saiba que você não está sozinho! Falo isso porque eu já fui portador de diabetes e depois de inúmeras tentativas de controlar essa doença, hoje posso dizer que estou livre dela.

A diabetes afeta milhões de pessoas. Pessoas que, assim como você, estão se sentindo da mesma forma e também estão atrás de respostas. Algumas das soluções mais comuns usadas para tratar a diabetes não são efetivas e podem ter efeitos colaterais severos ou possuir sérios fatores de risco. Existem maneiras alternativas de se administrar essa doença que permitem que você tenha novamente o controle da sua vida. Uma pílula mágica não é a solução para nenhum paciente com diabetes. Sua vida, como indivíduo, requer que

você use as estratégias que são certas para você. O que funciona para um pode não funcionar para os outros quando se trata de diabetes! Você precisa de respostas que funcionem para você. Soluções que se adequem à sua vida. Maneiras de tratar a diabetes que sejam práticas, realísticas e que façam sentido para você.

Você pode sentir também que toda vez que vai a um médico, volta com outra prescrição para mais medicamentos. Talvez você esteja sobrecarregado pelo número de medicamentos que está tomando e pelos efeitos colaterais que eles causam. Se você sente que a diabetes está lhe controlando, ao invés de você estar controlando sua diabetes, talvez seja a hora de considerar algumas perguntas:

- Por que eu?

- Por que agora?

- O que está acontecendo no meu corpo que causa a diabetes?

- Quais órgãos são responsáveis por essa condição e o que posso fazer para melhorá-los?

- Por que o tratamento atual não é efetivo?

- Como evitar complicações?

- Como o stress afeta a diabetes e como posso administrar minhas emoções de forma saudável?

- Doenças são caras! Como lidar com o desafio financeiro de viver com diabetes?

A diabetes é uma doença assustadora, mas que não precisa arruinar sua saúde. Pode ter consequências severas, mas as estatísticas não precisam se tornar esmagadoras. Diabetes não é uma sentença de morte! Você pode descobrir como controlar a doença e viver uma vida saudável e completa! Conhecimento é poder. Descobrir como seu corpo funciona e fazer algumas mudanças simples irão colocá-lo no caminho certo para se distanciar da

doença e em direção a uma saúde incrível. Existe esperança! Você pode reverter a diabetes e viver bem!

E pode ficar tranquilo, porque eu já passei por tudo isso que você está

passando e a boa notícia é que eu tenho respostas que funcionaram para mim

e acredito que podem funcionar para você também. Afinal já ajudei pessoas, com as informações que irei passar nesse livro, que tiveram resultados surpreendentes.

O que esse livro tem de diferente é que você começa sua jornada em uma

enciclopédia sobre a diabetes. Será oferecido à você um método inovador que irá ajudá-lo a melhorar o seu quadro diabético em apenas 19 dias, que foi justamente o prazo que eu precisei para controlar a minha diabetes e viver uma vida normal como a de qualquer pessoa.

Parece incrível e surreal. Tenho certeza que você acha isso. Não custa tentar. Leia e tente esse programa e você ficará surpreso pelo fato de que REALMENTE FUNCIONA, pois já funcionou para mim e inúmeras outras pessoas. Lembrando que isso foi uma experiência pessoal minha e não exclui o fato de que você deve ter acompanhamento médico sempre, mesmo se quiser praticar algumas das dicas que informo nesse livro.

Eu realmente acredito que você irá se juntar a outros homens e mulheres que, se tornaram gratos por esse método que salvou suas vidas.

19 dias e você irá vivenciar o sentimento de liberdade pelo qual esperou tanto tempo. E ainda mais: você será capaz, ao fim desses 19 dias, de reintroduzir à sua dieta, os alimentos que não pôde ingerir durante os dias em que esteve doente. Apenas dê uma chance e lembre-se 19 dias para se tornar saudável novamente.

Queria deixar claro também que não inventei nada do que está nesse livro, como definições, dietas, etc. O que escrevi aqui foi fruto do que pesquisei na

internet, livros e artigos e que o objetivo é puramente informar bem o leitor, passando práticas que utilizei e obtive resultado.

A partir dos próximos capítulos eu vou dissecar a diabetes, para você entender tudo sobre essa doença. Assim que tudo estiver bem claro, você juntamente com seu médico estará apto a colocar em prática as dicas que passo nesse guia.

Capitulo Dois: Por que você tem diabetes?

O primeiro passo para reverter sua diabetes é descobrir exatamente o que é a doença: o que deu errado no seu corpo para causar a diabetes. Algumas razões para a doença podem ser prevenidas e outras são inevitáveis. Quando

o fígado e o pâncreas não funcionam da maneira como deveriam, a diabetes se desenvolve.

Existem dois tipos de diabetes e também uma condição relacionada, conhecida como “resistência à insulina”. Na diabetes tipo 1, também chamada de diabetes juvenil, o pâncreas não produz insulina. Na diabetes tipo 2, não produz insulina suficiente. A resistência à insulina desenvolve-se quando o corpo não responde apropriadamente à insulina que está sendo produzida no pâncreas.

O que é glicose?

Glicose é a principal fonte de energia do seu corpo. Quando você come ou bebe carboidratos, como açúcares, grãos, vegetais, frutas de alta-glicemia e

produtos vindos do leite, eles são divididos em seu corpo, a glicose se forma e

é liberada na sua corrente sanguínea. A insulina então é também liberada pelo

pâncreas e ajuda a regular a concentração de glicose no sangue. Se muita glicose for liberada na sua corrente sanguínea e a insulina não conseguir lidar com essa demanda, isso resultará na diabetes e em outras doenças.

Sem insulina, ou sem doses suficientes, a glicose não consegue entrar nas suas células e acaba acumulando na sua corrente sanguínea. Isso cria problemas por duas razões. Quando a glicose circula no seu sangue, causa danos em diversas áreas do seu corpo que não precisam dela e não a usam e uma vez que as células que precisam de energia não estão recebendo a glicose, acabam não funcionando devidamente.

As contribuições dos rins em manter a homeostase (regulação) da glicose é significante e inclui funções como a liberação de glicose na circulação via gliconeogênese, a captação de glicose da circulação sanguínea para suprir

suas necessidades de energia e a reabsorção de glicose no nível do túbulo proximal renal.

A liberação renal da glicose na circulação é o resultado da glicogenólise e da

gliconeogênese, respectivamente envolvendo a divisão e formação de glicose- 6-fosfato de precursores (tais como lactato, glicerina e aminoácidos). Em relação à reabsorção renal da glicose, os rins normalmente recuperam tanta glicose quanto possível, deixando a urina praticamente livre de glicose.

O processo de reabsorção renal da glicose é mediado por transportadores

ativos (cotransportadores de glicose sódio-acoplada) e passivos (transportadores de glicose). Na hiperglicemia, os rins podem exercer um papel intenso ao reabsorver o excesso de glicose, contribuindo para a hiperglicemia crônica, que por sua vez contribui para uma carga glicêmica crônica e o risco de consequências microvasculares. A reabsorção de glicose renal é uma parte da fisiologia renal. Simplificando: trata-se da recuperação de glicose filtrada, prevenindo que esta seja eliminada do corpo através da urina. Se a glicose não for reabsorvida pelos rins e aparecer na urina, uma condição conhecida como “glicosúria”, você pode ser uma vítima da diabetes.

O que é insulina?

A insulina é um hormônio. Ela permite que seu corpo use a glicose (açúcar)

para obter energia. A insulina é feita pelo pâncreas e é o que ajuda seu corpo a

usar a glicose dos carboidratos encontrados nos alimentos, seja para criar energia ou para guardar a glicose para uso num futuro próximo. A insulina ajuda a controlar o açúcar no seu sangue, evitando que fique muito alto ou muito baixo.

Quando você consome carboidratos, eles são divididos e transformados em glicose, que é um açúcar simples. A glicose é então transportada através da sua corrente sanguínea para as células, onde é convertida em energia. A quantidade de glicose na sua corrente sanguínea é rigorosamente regulada pela insulina e outros hormônios. A insulina é continuamente liberada em pequenas quantidades pelo pâncreas.

Quando a quantidade de glicose na sua corrente sanguínea aumenta a um certo nível, o pâncreas irá liberar mais insulina para forçar a glicose para dentro das células. Isso faz com que os níveis de glicose no sangue diminuam. Para evitar hipoglicemia (pouco açúcar no sangue), sinais são enviados para informar o corpo da necessidade de comer e um pouco da glicose guardada no fígado é liberada. O fígado também notifica o corpo a diminuir a quantidade de insulina que está sendo liberada. O principal objetivo do seu corpo é manter tudo balanceado: manter o açúcar no seu sangue em um nível estável, com a quantidade certa de insulina e prover as células com a energia que precisam para fazerem seu trabalho.

Principais causas da diabetes tipo 2

Algumas das razões pelas quais a diabetes se desenvolve são inevitáveis. Esses fatores de risco estão além do nosso controle. Fatores de risco inevitáveis podem ser:

- Idade: Pessoas acima dos 40 anos tem mais chances de ter diabetes tipo 2.

A diabetes tipo 2 já foi considerada uma doença de pessoas mais velhas, mas

isso já não é mais verdade, uma vez que mais e mais jovens, em sua maioria com menos de 25 anos, estão desenvolvendo essa condição. Entretanto, geralmente, uma pessoa diagnosticada com diabetes tipo 2 tem entre 55 e 60 anos de idade.

- Histórico familiar: Você não pode escapar da genetica! Se seus pais ou

irmãos tem diabetes tipo 2, é bem provável que você desenvolva a doença.

- Raça: Afro-americanos, hispânicos/latino-americanos, índio-americanos e asiático-americanos tem mais chances de desenvolver diabetes.

- Histórico de saúde pessoal: Algumas condições de saúde pré-existentes

deixam você com chances mais altas de desenvolver diabetes porque elas afetam a habilidade do pâncreas de produzir insulina. Essas podem ser: um histórico de pancreatite, síndrome do ovário policístico, pressão alta, níveis de colesterol não saudáveis, síndrome metabólica, tolerância diminuída à glicose (TDG) e doenças vasculares como doenças cardíacas e derrame.

- Vírus: Certas infecções virais podem ativar uma resposta do sistema

imunológico em pessoas que são suscetíveis. Essas infecções incluem vírus de Coxsackie B, citomegalovírus, adenovírus, caxumba e rubéola.

- Práticas de alimentação infantis: Crianças sendo alimentadas pelo seio e

crianças que recebem suplementos de vitamina D podem ter um risco menor de desenvolver diabetes tipo 1. Ser exposto muito cedo na infância ao leite de vaca e a proteínas de cereais pode aumentar o risco de desenvolver a doença.

- Qualquer doença que afete o fígado ou pâncreas: A diabetes se dá, em

grande parte, por níveis instáveis e não saudáveis de glicose no sangue.

Qualquer condição que interfira no funcionamento normal do fígado ou do pâncreas aumenta o risco de desenvolver a doença.

Ainda que você não seja capaz de evitar certos fatores de risco como envelhecer, suas tendências genéticas ou como lhe alimentaram quando você era criança, existem outros fatores (que aumentam suas chances de desenvolver diabetes) que você pode controlar:

- Obesidade: Estar acima do peso é um grande risco e está frequentemente presente na diabetes tipo 2.

- Falta de atividades físicas: Um estilo de vida sedentário está lado a lado à obesidade, o que aumenta o risco da diabetes.

- Uma dieta não saudável: uma dieta rica em açúcar, gordura saturada, colesterol e gorduras trans, aumenta o risco de diabetes.

- Bebidas alcoólicas: O abuso do álcool pode danificar permanentemente o

pâncreas e prejudicar sua habilidade de liberar insulina, o que resulta na

diabetes tipo 2.

- Fumar: Fumantes tem de 50 a 90% mais chances de desenvolver diabetes do

que não-fumantes. Fumar danifica o pâncreas, aumenta os níveis de glicose e prejudica a habilidade do corpo de usar a insulina.

Capitulo Três: Sua melhor defesa

Seu corpo é criado de tal forma que qualquer coisa que acontece em um sistema, quase sempre tem um efeito em outro lugar. Uma fraqueza ou mal

funcionamento em um órgão geralmente causa uma disfunção em outro sistema. Muitos dos nossos órgãos são responsáveis por várias tarefas e muitas funções corporais contam com o “trabalho em equipe”; ou o resultado será alguma doença. Doenças ou condições que prejudiquem o funcionamento do fígado, do pâncreas ou dos rins aumentam o risco de desenvolver diabetes. Protegendo esses órgãos vitais e mantendo-os saudáveis, você mantém seu corpo balanceado.

.

Diabetes e o fígado

O fígado é o armazém de glicose do seu corpo e ajuda você a manter seus níveis de glicose e outros fluidos corporais estáveis e consistentes. O fígado armazena e também é capaz de fabricar glicose, dependendo de quanta energia você precisa. Ele recebe os sinais para armazenar ou para liberar glicose de hormônios como insulina e glucagon.

Quando você come uma refeição, uma grande quantidade de insulina é liberada e o glucagon é suprimido. Isso é o que induz seu fígado a armazenar o excesso de açúcar (glicose) na forma de glicogênio. Seu corpo poderá então usá-lo posteriormente, quando for necessário.

Quando você está em jejum e precisa de energia, seu corpo é capaz de produzir açúcar sozinho. Seu fígado fornece energia ao transformar o glicogênio, que ele tem guardado, em glicose, através de um processo conhecido como “glicogenólise”. Quando seu corpo fica com pouco glicogênio, ele começa a conservar açúcar para os órgãos que precisam mais: o cérebro, as células vermelhas do sangue e os rins. O fígado também pode fabricar glicose usando aminoácidos, produtos residuais e gordura. Esse processo é chamado “gliconeogênese”. Quando o fígado está

suplementando o limitado estoque de açúcar e criando energia ao queimar gordura, o processo é conhecido como cetogênese e os combustíveis são conhecidos como cetonas. O fígado começa o processo de cetogênese devido aos baixos níveis de insulina. Cetonas são queimadas como combustíveis por músculos e outros órgãos do corpo e o açúcar é reservado para aquelas partes do corpo que dependem dele: o cérebro, partes dos rins e as células vermelhas do sangue.

Um fígado doente ou danificado pode causar sérios riscos para se desenvolver diabetes tipo 2. Mais pessoas com Hepatite C tiveram diabetes em comparação

a outro grupo controlado, e uma associação entre Hepatite C crônica e a presença de controle debilitado de glicose também foi encontrado.

Tratamento com Interferon, usada para tratar Hepatite B e Hepatite C pode causar hiperglicemia, resultando no desenvolvimento da diabetes tipo 2. Isso também faz com que os pacientes com diabetes tipo 1 precisem de mais insulina. O tratamento com Interferon também levou ao desenvolvimento da diabetes tipo 1 devido ao crescimento de anticorpos de insulina. A vacina da Hepatite B estimula os anticorpos protetores na maioria dos pacientes com diabetes.

Pacientes diabéticos têm mais chance de desenvolver câncer no fígado. Na insuficiência hepática aguda, células do fígado danificadas são substituídas por outras células danificadas ou mortas ao invés de tecidos saudáveis. Essa condição pode ser agravada pela baixa glicose e até levar à morte. A destruição de células saudáveis do fígado, combinada com altos níveis de insulina e armazenamentos inadequados de glicose em órgãos que não sejam

o fígado, contribuem para níveis baixos de glicose.

O transplante de fígado aumenta o risco de diabetes. Mais de 40% das pessoas que passaram por um transplante de fígado desenvolveram diabetes dentro de três anos.

Hemocromatose é uma condição genética na qual uma pessoa absorve uma quantidade muito alta de ferro do intestino delgado. Isso leva à acumulação excessiva de ferro no fígado e em outros tecidos. Pacientes com essa doença que não são tratados desenvolvem doença no fígado progressiva, cirrose e diabetes.

Diabetes e o pâncreas

- Síndrome pancreática exócrina: Essas síndromes são crônicas e incluem pancreatite crônica, síndrome pós-cirurgia de remoção do pâncreas, fibrose cística, carcinoma pancreático e pancreatite tropical. Essas síndromes geralmente são causadas pelo abuso de álcool e má nutrição. Doença de fígado junto desses fatores contribui para um controle de glicose ruim.

- Vírus afetam o pâncreas, aumentando o risco de diabetes: Esses vírus incluem síndrome de rubéola congenital e citomegalovírus. Anticorpos anti- ilhotas foram encontrados em pacientes com esses vírus e são associados aos significantes danos celulares beta, causando inflamação da pancreatite.

Diabetes e os rins

Galen, um proeminente físico, cirurgião e filósofo grego no império romano, que viveu há mais de 2,000 anos atrás, referia-se a diabetes como “uma doença

dos rins”. Até as palavras “diabetes mellitus” referem-se a “sifão” e “mellitus”, significando a “doçura da urina”. A importância dos rins na diabetes se perdeu durante os séculos. Os rins contribuíram para a homeostase da glicose, como

já sabemos, filtrando e reabsorvendo ou expelindo glicose. Os rins protegem o

corpo contra a vasta variação na demanda de glicose e no fornecimento de glicose, um processo essencial para a vida.

A medicina moderna foca-se novamente na relação entre os rins e a diabetes.

Estudos recentes mostram que condições tais como doença renal crônica são caracterizadas por desarranjos múltiplos, incluindo a incapacidade de livrar-se corretamente de produtos residuais como creatinina e ureia, e também regular

o pH do sangue. Muitos desses fatores afetam ou são afetados pela diabetes.

A manutenção da homeostase ou regulação da glicose é crucial para prevenir consequências patológicas que podem resultar em hiperglicemia ou hipoglicemia. Os rins são capazes de sintetizar e liberar muitos hormônios importantes (renina, prostaglandinas, cininas, eritropoietina) que estão envolvidos em uma grande variedade de processos metabólicos, tais como a ativação da vitamina D3, gliconeogênese e metabolismo ou numerosos compostos endógenos (insulina, esteroides).

Capitulo Quatro: Soluções atuais e seus problemas

Transplante de ilhotas pancreáticas

As ilhotas de Langerhans são pequenos ninhos de células espalhadas pelo pâncreas. Algumas dessas células, chamadas de células beta, produzem insulina para ajudar a regular os níveis de glicose. Existem dois tipos diferentes de transplantes de ilhotas pancreáticas. No alotransplante, ilhotas do pâncreas de um falecido são purificadas e processadas e então transplantadas para o recipiente. O objetivo desse procedimento é ajudar o paciente com diabetes tipo 1 a manter níveis normais de glicose e a se tornar consciente a respeito da hipoglicemia. Esse procedimento é considerado experimental, então o custo é proibitivo, uma vez que não é coberto pela maioria dos seguros ou pela Medicare.

No transplante auto-ilhota pancreático, o pâncreas inteiro do paciente é removido; as ilhotas são extraídas, purificadas e então reinseridas através de um cateter no fígado do paciente. Esse procedimento não é experimental, mas uma vez que células beta são danificadas ou destruídas por diabéticos tipo 1, eles não são elegíveis para esse procedimento. Os riscos para ambos os tipos de transplantes de ilhotas incluem morte por complicações cirúrgicas e apenas 60% dos pacientes alcançam independência da insulina. Em adição, a independência é geralmente temporária. No caso da alotransplante, o paciente precisa tomar medicações imunossupressoras para o resto da vida para diminuir sua resposta imunológica. Isso é para prevenir a rejeição de novas ilhotas. Essas drogas têm efeitos colaterais sérios, incluindo pressão alta elevada, mudanças de humor, disfunção nos rins, náusea e vômitos, diarreia, fraqueza muscular, perda de densidade nos ossos e artrite. Pessoas que tomam drogas imunossupressoras também estão mais suscetíveis à doenças e infecções causadas por bactérias e vírus tais como resfriados, pneumonia e gripes.

Transplante pancreático

Um transplante de pâncreas que é concluído com sucesso, elimina a necessidade de medir os níveis de glicose, de tomar insulina ou de monitorar uma dieta, segundo alguns médicos. Entretanto, nem todos pacientes são candidatos ideais para transplantes pancreáticos. Pessoas que possuem câncer não tratado, infecções que não podem ser tratadas ou curadas, tais como HIV ou tuberculose, pacientes com severos problemas no coração, fígado ou pulmões ou que tem complicações resultadas da diabetes que os colocaria em grande risco de complicações cirúrgicas geralmente não são considerados para transplante.

O procedimento é mais bem-sucedido se efetuado em combinação com um

transplante de rins e pacientes com problemas neurológicos e com níveis instáveis de glicose não se beneficiam do procedimento. Os riscos incluem ataque cardíaco ou derrame, coagulação dos vasos sanguíneos no novo pâncreas e o desenvolvimento de certos canceres apenas algumas horas após

o transplante. A rejeição de um novo órgão e pancreatite também são

problemas comuns e drogas imunossupressoras devem ser tomadas para o resto da vida do paciente. 95% dos pacientes que passaram por um transplante

pancreático sobrevivem por pelo menos um ano após o procedimento.

Pâncreas artificial

Ainda sendo testado, temos o pâncreas artificial. Esse aparelho irá detectar automaticamente os níveis de glicose do corpo e entregar insulina em resposta

a esses níveis. Para que funcione de forma segura e eficaz, o aparelho vai

precisar ser capaz de monitorar constantemente os níveis de glicose e enviar

essa informação a um computador, que então poderá calcular a quantidade de insulina necessária regularmente. O aparelho também vai requerer um sistema de entrega de insulina, tal como uma bomba.

Combinações perigosas de drogas

No atual mundo dos tratamentos médicos, não é incomum você ver mais de um médico. Na verdade, se você consultar com apenas um médico, você é

provavelmente uma pessoa rara! A maioria de nós continua consultando com o “médico da família” ou com um clinico geral para nossas revisões anuais e para aquela tosse ocasional e sintomas de gripe, mas além disso, você provavelmente também vai a um dentista. Então há também o cardiologista, o endocrinologista, o reumatologista, o pneumologista e o urologista. Você provavelmente não vê todos esses médicos, mas ainda que veja apenas um, erros podem acontecer!

Tenha uma lista de toda a medicação que você toma e mantenha-a atualizada. Leve essa lista com você para todas suas consultas e garanta que seu médico a veja. Um médico pode não saber o que outro médico prescreveu para você e certas drogas, quando combinadas com outras, podem ser muito perigosas.

Algumas drogas usadas para tratar o fígado e o pâncreas podem ter um efeito toxico quando usadas juntas. Elas nunca devem ser tomadas juntas ou usadas durante o mesmo período de tempo. A tabela abaixo lista algumas dessas medicações.

Fenobarbital

Fenobarbital é um barbiturato. É geralmente usado como uma medicação anti- convulsão, como sedativo ou para tratar ansiedade. Também é usado para tratar altas concentrações de bilirrubina no sangue.

Acetaminofeno / Codeína

Acetaminofeno/Codeína é um narcótico para alivio de dores. É comumente conhecido como Tylenol #3 ou Tylenol com Codeína.

Acetaminofeno / Propoxífeno

Acetaminofeno/Propoxífeno é um narcótico para alivio de dores. É comumente conhecido como Darvon, Darvon-N ou PP-Cap.

Clorpromazina

Clorpromazina é uma medicação antipsicótica. É comumente usada para tratar condições como esquizofrenia, transtorno bipolar e transtornos mentais ou de

humor. Também é usado as vezes para ajudar a aliviar náuseas e vômitos, para tratar casos severos de soluço, para aliviar a ansiedade antes de alguma cirurgia e para tratar tétano. É comumente conhecida como Thorazine.

Fenitoína

Fenitoína é comumente conhecida como Dilantin. É uma medicação anti- convulsão e que também é usada as vezes para tratar dores associadas a neuropatia diabética (dor e dormência causada por nervos danificados).

Análogos de nucleosídeos de purina

(fludarabina, telbivudine)

Fludarabina, nome comercial Orfata, é usada para tratar certos tipos de câncer e funciona prevenindo o crescimento das células cancerígenas ou desacelerando seu crescimento. Telbivudine, nome comercial Tyzeka, é usado para tratar infecções crônicas de Hepatite B. Ele ajuda a diminuir a quantidade de vírus no corpo.

Interferão antivirais

(Interferon Alfacon-1, Peginterferon Alfa-2a)

Peginterferon Alfa-2a, nome comercial Pegasys, é usado para tratar Hepatite C crônica e também é usado em alguns pacientes que tem Hepatite B. Interferon Alfacon-1, nome comercial Infergen, é também usado para tratar Hepatite C crônica. Ambas drogas são interferon que ajudam a melhorar a resposta imunológica do corpo.

Benzocaína

Benzocaína é um anestésico. Deve ser usado apenas externamente, não deve ser ingerido. Algumas vezes a benzocaína é o único ingrediente na medicação ou pode ser combinada com outros ingredientes, dependendo de onde será usado, então é importante ler os rótulos de todas medicações para ter certeza do que contem. Medicações comuns que contem benzocaína são Anbesol,

Cepacol, Americaine, Chloraseptic, Orabase, Lanacane, Orajel e Vagisil. Essas drogas podem fornecer alivio temporário de coceiras e dores.

Estatinas

(atorvastatina, sinvastina)

Drogas estatinas são usadas em combinação com uma dieta para diminuir o colesterol ruim e os triglicerídeos e aumentar o colesterol bom diminuindo a quantidade de colesterol produzida pelo fígado. Drogas estatinas incluem atorvastatina, comumente conhecida como Lipitor e sinvastina, comumente conhecida como Zocor.

Esomeprazol

Esomeprazol pertence à categoria de drogas conhecidas como bombas inibidoras de prótons. É usado contra doença do refluxo gastresofágico (DRGE) e funciona diminuindo a quantidade de ácido produzido no estomago. Marcas comuns que contem esomeprazol são Nexium, Essocam e Esomezol.

Telaprevir

Telaprevir é uma medicação antiviral. É usada com outras drogas para tratar Hepatite C crônica. É um inibidor de protease e funciona reduzindo a quantidade de vírus encontrados naqueles que são doentes crônicos de Hepatite C. É comumente conhecido como Incivek.

Prescrição de drogas anti-diabetes

O que muitas pessoas consideram ser especialmente problemático é que, com frequência, quando estão usando medicamentos para tentar controlar um problema, os efeitos colaterais que emergem necessitam do uso de outros medicamentos para tratar esses mesmos efeitos colaterais. O uso de mais medicamentos significa que mais estresse será causado em um fígado já cansado. Nas mentes de muitos pacientes, isso simplesmente não faz sentido algum!

Sulfoniluréias

Essas incluem medicamentos como clorpropamida, glimepirida, glipizida, gliburida, tolazamida e tolbutamida. Nomes comerciais incluem Diabinise, Amaryl, Glucotrol, Glucotrol XL, DiaBeta, Glynase PresTab e Micronase. Esses medicamentos diminuem os níveis de glicose ao aumentar a quantidade de insulina produzida no pâncreas.

Alguns efeitos colaterais a essas drogas: níveis muito baixos de glicose, enjoo estomacal ou náusea, aumento no apetite, alergias na pele, coceiras e ganho de peso. Tolazamida e tolbutamida também fazem a pele ficar mais sensível às queimaduras do sol.

Medicamentos que são prescritos para controlar a diabetes vem com efeitos colaterais comuns. Alguns desses podem ser moderados, mas outros são mais severos. Os efeitos colaterais mais comuns da maioria dos medicamentos hipoglicêmicos incluem enjoo estomacal ou náusea, ganho de peso, alergias e até icterícia.

Sulfoniluréias estimulam uma maior produção de insulina mesmo que você não consuma alimentos, então a hipoglicemia tem mais chances de ocorrer no caso da falta de alimentos, especialmente se álcool for consumido.

Biguanida

O nome genérico para essa droga é Metformin. Nomes comerciais incluem Glucophage, Glucophage XR, Glumetza, Fortamet e Riomet. Essas drogas são capazes de diminuir os níveis de glicose ao reduzir a quantidade de açúcar produzida no fígado, aumentando a absorção de açúcar nas células musculares e diminuindo a necessidade do corpo de insulina. Elas não aumentam a quantidade de insulina produzida, então glicose baixa é um efeito colateral raro, mas biguanida possui outros efeitos colaterais.

Esses medicamentos nunca devem ser tomados com álcool. Biguanida pode causar sérios problemas nos rins e outros efeitos colaterais incluem náusea severa e gás abdominal, diarreia, perda de apetite, cansaço extremo e tontura. Um gosto metálico na boca também é comum. Se uma mulher começar a

tomar Metformin logo depois de ter parado de menstruar, ela pode começar a menstruar novamente ou engravidar. Pessoas que tomam Metformin por um período de tempo estendido também apresentaram baixos níveis de vitamina B-12 no sangue.

Inibidores de glicosidase alfa

Nomes genéricos para essas drogas são acarbose e miglitol. Marcas comuns incluem Precose e Glyset. Essas drogas funcionam desacelerando a taxa que carboidratos complexos são digeridos. Carboidratos complexos são alimentos ricos em amido como cereais, pães e grãos, massa e arroz, farinha, feijão e vegetais como batatas, ervilhas e milho. Essas drogas não irão alterar o efeito que açúcares simples tem na sua glicose. Açúcares simples são alimentos como frutas, leite, mel, suco, sobremesas e doces.

Esses medicamentos precisam ser tomados junto com a primeira mordida de comida que for consumida. Eles não sinalizam o pâncreas a produzir mais insulina, então eles não causam baixos níveis de glicose (hipoglicemia) a menos que sejam tomados com insulina ou em combinação com outros medicamentos para diabetes. Efeitos colaterais comuns incluem gás excessivo, inchaço, diarreia e dor de barriga.

Tiazolidinedionas

Tiazolidinedionas incluem a droga genérica pioglitazona, cuja marca chama-se Actos, e o medicamento genérico rosiglitazona, que é comumente conhecido como Avandia. Essas drogas diminuem a resistência das células musculares e gorduras à insulina em adição à diminuição da quantidade de glicose produzida pelo fígado. Tiazolidinedionas geralmente não são usadas a menos que outras drogas não tenham sucesso em diminuir os níveis de glicose de um paciente para níveis aceitáveis.

Efeitos colaterais dessas drogas incluem inchaço nas pernas, calcanhares ou pés, ganho de peso, retenção de fluido no corpo que pode levar a ataque cardíaco, anemia, risco elevado de doença no fígado, dores musculares, dores de cabeça, congestionamento nasal e dor de garganta. Em adição a esses

efeitos colaterais, mulheres que tomam Actos ou Avandia demonstram um risco elevado de fraturas nos braços e pés. A Food and Drug Association também já avisou que alguns estudos sugerem que usuários de Avandia possuem um risco maior de ataque cardíaco e aqueles que tomam Actos tem um risco maior ainda de desenvolver câncer na bexiga.

Meglitinidas

Meglatinidas incluem nateglinioda (Starlix) e repaglinida (Prandin). Essas drogas ajudam a controlar o rápido aumento na glicose que acontece imediatamente após comer. Elas fazem isso aumentando a quantidade de insulina produzida no pâncreas. Meglitinidas trabalham extremamente rápido e também saem do corpo rapidamente, então precisam ser tomadas com a comida ou logo antes de comer. Efeitos colaterais comuns incluem hipoglicemia, ganho de peso e dores nas articulações.

Inibidores da dipeptidil peptidase-4

Incretina é um hormônio que sinaliza o corpo a liberar mais insulina após uma refeição ou lanche e então é removida por uma enzima chamada dipeptidil peptidase-4 (DPP-4). Alguns diabéticos tipo 2 possuem pouca incretina. Parar ou inibir a enzima DPP-4 deixa a incretina permanecer no sangue por mais tempo e ativa a liberação de mais insulina, o que diminui a glicose.

Linagliptina e saxagliptina são dois inibidores DPP-4; nomes comerciais são Tradjenta e Onglyza. Efeitos colaterais comuns desses medicamentos são congestão ou corrimento nasal e sinais de infecção respiratória, dor de garganta, dor ao urinar, sangue na urina e febre, outras infecções e dor de cabeça.

Combinação de produtos

- Repaglinida (Prandin) é combinado com Metformin para produzir o medicamento Prandimet.

- Actos é combinado com Metformin para criar Actoplus Met e com glimepirida para criar Duetact.

- Avandia é combinado com Metformin para criar Avandamet e com glimepirida para criar Avandaryl.

- Metformin é combinado com gliburida para criar Glucovance, com glipizida para criar Metaglip ou com sitagliptina para criar Janumet.

Terapias com ervas e “naturais”

Terapias naturais ou o uso de preparações ervais podem não ser tão eficientes quanto você pensa. Algumas ervas tem o potencial de reduzir os níveis de glicose, mas também possuem riscos e a capacidade de causar efeitos colaterais perigosos. Qualquer tipo de medicação, erva ou droga que você tomar, seja natural ou não, tem o potencial de prejudicar você.

Ginseng

Junto de outros medicamentos ervais, esse tem o efeito de diminuir a glicose em pacientes com diabetes tipo 2, mas tem também o potencial de causar efeitos colaterais severos. Esses efeitos colaterais incluem dor de cabeça, vômitos, insônia e sangramento nasal. Também pode causar uma elevação na pressão sanguínea e não deve ser tomado por pessoas que tomam aspirina ou medicamentos anti-inflamatórios, pessoas com transtorno de bipolaridade, psicose ou por mulheres gravidas.

Ácido alfa-lipóico (AAL)

O AAL é um antioxidante, o que significa que ajuda a proteger contra danos às células. Nossos próprios corpos são capazes de produzir ácido alfa-lipóico e ele encontra-se também em alimentos como levedura, carnes de órgãos como o coração e o fígado, legumes, como espinafre e brócolis, e nas batatas. Alguns estudos sugerem que você não pode aumentar a quantidade de AAL em seu corpo simplesmente aumentando a quantidade desses alimentos em sua dieta. Além disso, apenas cerca de 30-40% da dose do suplemento oral é efetivamente absorvida pelo organismo.

Houve uma pesquisa muito limitada concluída; alguns estudos têm sugerido que os suplementos de AAL podem ajudar as pessoas com diabetes tipo 2 a

baixar o açúcar no sangue, aumentando o uso de sua insulina disponível, pelo seu corpo. Não é recomendável devido aos possíveis problemas de estômago

e digestivos, além de erupções cutâneas.

Sementes de feno-grego

O feno-grego é uma planta e as sementes são usadas como tempero no Oriente Médio, Egito e na Índia. Ele tem sido usado por décadas no tratamento "natural" de diabetes e seu funcionamento, a princípio, se dá estimulando a produção natural de insulina e por desacelerar a taxa com que os carboidratos são absorvidos no estômago. Tomar feno-grego como um suplemento para controlar a diabetes não é aconselhável, pois pode causar diarreia e formação de gás excessiva. Ele também interage com vários medicamentos, como o anticoagulante Coumadin (varfarina) e pode piorar sintomas de alergia.

O melão amargo

O melão amargo se parece com uma abóbora e é consumido na cozinha para adicionar um sabor amargo e interessante aos pratos chineses ou indianos. Está disponível como um pó seco, um extrato e também sob a forma líquida. Como um tratamento para a diabetes, a fruta e suco da planta têm sido usadas na medicina tradicional chinesa, mas sua pesquisa é limitada a estudos realizados em animais. Usar melão amargo não é recomendado, uma vez que pode causar alterações nos exames da função hepática. Outros efeitos secundários incluem hipoglicemia (baixa de açúcar no sangue), diarreia e dor de cabeça.

Canela

A canela é uma especiaria comum que está disponível em todos os lugares.

Ela vem de dentro da casca da planta Cinnamomum e é uma fonte rica em antioxidantes naturais. Os pesquisadores estudaram o efeito da canela em pessoas com diabetes tipos 1 e 2, e também pesquisaram o efeito que tem sobre o açúcar no sangue de pessoas sem diabetes. O tempero foi mostrado não ter efeito em melhorar o controle de açúcar no sangue em pacientes com

diabetes tipo 1 e sua capacidade de reduzir o açúcar no sangue em diabéticos tipo 2 era muito limitada.

Os estudos utilizaram diferentes dosagens de canela: variando de 0,5 g para 6,0 g por dia. Esta é uma enorme variação! Além desta discrepância de dosagem e da eficácia muito limitada, a canela tomada nestas quantidades pode deixar o sangue muito fino. Usa-la para controlar a diabetes não é aconselhável; especialmente se estiver tomando anticoagulantes, como Coumadin (varfarina), aspirina ou outros medicamentos, como anti- inflamatórios ou medicamentos para artrite.

A boa notícia!

Em seus sonhos mais loucos você não imaginaria a diabetes como uma vantagem. Quem em sã consciência acharia ser diagnosticado com diabetes qualquer outra coisa senão uma maldição? Presume-se que a doença diminui a expectativa de vida, causa feridas nos pés que não cicatrizam (que levam à amputação), é capaz de provocar impotência nos homens e infertilidade em mulheres, e aumenta o risco de doença cardíaca, acidente vascular cerebral e de demência precoce. Onde há alguma boa notícia associada à diabetes?

A boa notícia é esta: você está no controle de sua própria vida. Incluindo a sua diabetes. Você pode assumir o controle! Use sua diabetes como “alerta” para ser a pessoa mais saudável que você pode ser. Você pode viver uma vida mais saudável agora, sabendo o que está enfrentando, que milhões de pessoas estão destruindo suas saúdes e indo em direção a morte precoce, porque não têm a informação e o conhecimento que você possui. Você está na melhor posição possível para se preparar para um futuro saudável e vital! Conhecimento é poder. Use o conhecimento e o poder que você tem. Tome as informações e o incentivo oferecido aqui para ser capaz de reverter a diabetes. Você pode fazer a diferença na sua própria vida e nas vidas das pessoas que você gosta.

Capítulo Cinco: A Solução: Terapia Natural

Para ser o "você" mais saudável possível, o seu fígado, pâncreas e rins devem estar na melhor condição possível. O fígado tem a responsabilidade de vasculhar tudo o que você ingere e limpar as toxinas. Ele pode regenerar-se se houve abuso e pequenos danos ocorreram, mas se o abuso continua ele acabará ficando entupido e falhando. Alimentos e nutrientes deixarão de ser digeridos corretamente e todo o seu corpo será afetado.

Pessoas com diabetes e aqueles com algum grau de doença do fígado, incluindo aqueles com risco de desenvolver diabetes ou resistência à insulina, podem reduzir as toxinas que são prejudiciais ao fígado e restaurá-lo à sua função original. Limpar, desintoxicar e nutrir o pâncreas são igualmente importantes. Isto é crucial, principalmente para aqueles com diabetes tipo 1.

Talvez você esteja pensando para si mesmo que o título deste capítulo é enganoso. Afinal, no último capítulo é dito que terapias "naturais" podem não ser muito eficientes, ou que podem vir com seu próprio conjunto de possíveis efeitos colaterais? Como pode então a terapia natural ser vista como uma solução para a diabetes?

Para responder isso, compreenda que esta solução não vem com uma resposta simples. Não existe apenas uma bala mágica que irá curar a diabetes e fazê-la desaparecer para sempre. Em vez disso, você precisa usar uma combinação de estratégias. Ajustes simples podem ser facilmente feitos, fazendo uma diferença duradoura em sua saúde e em sua vida.

Estas mudanças não são sobre desencadear grandes quantidades de drogas insalubres ou ervas em seu sistema. As mudanças não são feitas para causar ainda mais estresse para o seu fígado já super estressado e pâncreas. Este processo é natural e eficiente. Ele restaura o equilíbrio. O equilíbrio é restabelecido pela eliminação de toxinas, ao invés de substituir um conjunto de venenos com produtos químicos mais tóxicos.

Se você está vivo e respirando, você tem o poder e o direito de escolha. Você pode usar sua autoridade de tomada de decisão a seu favor. Você pode aprender a transformar até mesmo suas escolhas menos ideais em oportunidades positivas de crescimento. Cresça em sentido inverso. Inverta os velhos hábitos. Reverta os efeitos danosos que toxinas invasoras tiveram em seu pâncreas e fígado. Inverta o estresse que você está vivendo. Você pode reverter a diabetes! E mesmo em um tempo tão curto como 19 dias! Você simplesmente não consegue acreditar nisso? Use a estratégia que será revelada a você nas próximas páginas.

O trabalho duro

Grande parte do trabalho já foi feito. O fato de que você está lendo estas palavras deixa claro que você ou alguém que você ama tem diabetes e está em busca de uma saúde melhor. Enfrentar a doença requer uma quantidade enorme de esforço! Você já merece um prêmio pela coragem! Chegar lá fora à procura de soluções, tomar a iniciativa e buscar respostas para fazer a diferença, mostra que você está disposto a assumir a responsabilidade. Se um amigo lhe deu este livro, isso significa que você tem alguém do seu lado que se preocupa com você. Uma pessoa para ficar do seu lado e animá-lo. Também aprender algumas noções básicas de anatomia e fisiologia sobre diabetes. Você percorreu um longo caminho para completar o trabalho árduo de conquistar a diabetes: aceitar seu diagnóstico, aprender mais sobre a doença e procurar uma solução, em vez de um band-aid.

Seria errado enganá-lo dizendo que o resto de sua jornada será sempre fácil ou lhe oferecer uma solução rápida. A verdade é que a sua diabetes, ou resistência à insulina, não se desenvolveu do dia para a noite. Na maioria das vezes estas condições acontecem de forma muito gradual. Da mesma forma, vai levar algum tempo para seu corpo se recuperar. Seja paciente com o processo e com você mesmo.

Vivemos em um mundo apressado onde ser mais rápido é sempre melhor. Nós amamos palavras e frases como "verificação instantânea" "entrega durante a noite" e "pista expressa". Nosso mundo, apressado e estressado, é uma das

coisas que nós vamos falar depois. Por agora, saiba que reverter a sua Diabetes pode demorar 19 dias se você estiver preparado e determinado. Dê- se o tempo que você precisa para manter o estilo de vida e a dieta que você será aconselhado a usar. Se você quer resultados rápidos, você deve ser muito preciso e não trapacear em sua dieta. Leve o seu tempo, dê-se duas, quatro e seis semanas. Prepare-se mentalmente e incentive-se com o fato de poder comer todos os alimentos que agora são proibidos para você, quando o programa for concluído.

A diabetes pode ser revertida. É uma questão de paciência e de aprender a fazê-lo, de passos firmes e consistência. Tome seu tempo, seja determinado!

Capítulo Seis: Desintoxicação

Por favor, mantenha o dedo fora do botão de pânico! Apesar do que você possa ter ouvido no passado sobre desintoxicação, não há motivo para alarme. "Desintoxicação" não é uma palavra assustadora. Não neste programa. Existem alguns processos de desintoxicação que seria sábio evitar. Mas, neste caso, não se preocupe. Você está seguro.

"Desintoxicação" é muitas vezes vista em associação com o tratamento para dependência de drogas ou álcool. Ela traz à mente imagens de pessoas passando por sintomas de abstinência e que sofrem de tremores incontroláveis e alucinações. Às vezes, a desintoxicação é também associada a medidas drásticas, como jejum prolongado e "hidroterapia do cólon" ou enemas que são destinadas a "limpar". Esses métodos são extremos e desnecessários. Não só eles não são saudáveis, mas também podem ser perigosos!

Então apague essas imagens da sua mente.

Esqueça tudo o que tem a ver com a dor, punição e consequências negativas. Você está em uma missão para melhorar o seu quadro diabético, não para destruir o seu amor pela vida! Então sobre o que é a desintoxicação afinal?

Desintoxicação, ou limpeza, é algo que seu corpo faz continuamente para você. Em um mundo perfeito, a sua dieta iria fornecer-lhe todos os nutrientes que você precisa para ajudar seu corpo a se livrar do que você não precisa. O problema é que, naturalmente, nós não vivemos em um mundo ideal. São abundantes as toxinas que estão nos atacando. Muitos de nós não estão fazendo uma dieta que ajuda a limpar o nosso lixo tóxico. Para um diabético, a carga adicional de um fígado estressado e o grande filtro de resíduos tóxicos do corpo é adicionado à mistura. Você precisa se desintoxicar! Mas você precisa da desintoxicação certa. Não uma desintoxicação extremamente dura, com três dias de jejum, seguida de quatro enemas e uma gosma verde. Não! Você precisa de uma desintoxicação com a qual consegue conviver!

Toxinas

Toxinas entram em seu corpo através de muitas portas diferentes. Algumas são absorvidas através da pele e algumas entram através do seu nariz e boca quando você respira. Você consome tantas toxinas quanto nutrientes, quando você come e bebe. Você pode não estar ciente de muitas das substâncias perigosas que “pegam carona” nas suas refeições e lanches favoritos. A maioria das pessoas sabe que um cachorro-quente provavelmente não será feito com a melhor carne possível, mas é um choque quando realmente percebemos que uma salsicha nada mais é que um recipiente de plástico cheio de compostos perigosos - que muitas vezes contém a bactéria Listeria monocytogenes causadora de fortes cólicas abdominais. Nós nem nos damos conta, porque as toxinas gostam de se esconder!

Algumas toxinas atacam suas vítimas através dos olhos e ouvidos. Muitos alérgicos vivenciam queimações dolorosas, coceira e lacrimejamento provocados por pólen invisíveis, mofo ou poeira que flutuam pelo ar e se estabelecem nos olhos. Talvez algumas situações que você já viu, circunstâncias extremas ou ambientes que você foi exposto eram muito danosos. Os relacionamentos podem ser severamente tóxicos. A poluição sonora nem sempre pode ser vista, mas as pessoas que vivem perto de aeroportos e trilhos de trem podem confirmar a sua existência. Aqueles que sofreram perda auditiva irreversível devido a ruídos altos também podem.

Qualquer toxina, seja ela um veneno físico, uma relação doentia que provoca estresse, um caminhão de bombeiros estridente, um cachorro-quente ou o recipiente em que foi feito, gera estresse para o seu fígado. O objetivo da desintoxicação não é restaurar a audição dos surdos. Desintoxicação não desfaz a bagagem emocional que você pode estar carregando de uma relação abusiva. O objetivo da desintoxicação é ajudar a regenerar o fígado e otimizar seu desempenho. Desintoxicação coloca você na direção certa. Longe da diabetes. Rumo a uma vida saudável.

Limpeza da manhã diária para o fígado

Serve uma porção a ser usada diariamente por 19 dias

1 colher de sopa de suco de limão

1 colher de sopa de vinagre de maçã

1 colher de chá de mel puro

1/8 colher de chá de cúrcuma 1/8 colher de chá de pimenta caiena 1/8 colher de chá de alecrim

Misture todos os ingredientes em um recipiente com 236ml de água morna e beba.

A maioria dos processos naturais que buscam melhorar sua diabetes são flexíveis. Eles são projetados com você em mente em primeiro lugar e acima de tudo como um indivíduo único. Um plano pode não funcionar da mesma forma para todos os diabéticos. O processo destina-se a fornecer-lhe um padrão, junto com instruções detalhadas a serem seguidas. Você irá adaptá-lo às suas necessidades.

No entanto, a limpeza da manhã diária para o fígado não é opcional. Para ser bem-sucedido, para melhorar seu fígado e rins e para atingir seu objetivo de controlar a diabetes, você deve seguir a receita como está escrita e beber a limpeza diariamente durante 19 dias.

Por que essa desintoxicação?

Há muitos tipos diferentes de produtos de limpeza e desintoxicantes disponíveis. Alguns deles já vêm pré-misturados e prontos para o uso. Eles podem ser muito caros, e a razão pela qual eles custam tanto pode ser um mistério. Especiarias podem ser caras, mas todas juntas mal chegam a um quarto de uma colher de chá por vidro. O custo é, provavelmente, devido à conveniência de não ter que medir e misturar.

A vantagem desta desintoxicação, e de medir e misturar sozinho, é que você

sabe exatamente o que está consumindo e porque os ingredientes são benéficos. Especialmente para desentupir o sistema de filtragem do seu fígado

e mantê-lo funcionando como um armazém eficiente e como local de fabricação de glicose.

Suco de limão: Limões são frutas cítricas que contêm diversos tipos de limonoides, que são um tipo de fitoquímico. Os fitoquímicos são substâncias encontradas em plantas que funcionam em nosso corpo para ajudar a proteger- nos de doenças e prevenir danos às células. Estes limonoides suportam a enzima do fígado chamada glutationa-S-transferase ou GST. GST neutraliza as toxinas e as remove do seu corpo.

Suco de limão também ajuda a abrir e limpar os canais biliares. A bile é essencial no processo de transformar as gorduras em energia e no transporte do excesso de gordura para fora de seu corpo.

Usar o suco de limão pasteurizado, natural ou suco que vem embalado em pequenas garrafas é muito conveniente, mas ele simplesmente não pode lhe dar os mesmos benefícios para a saúde como o suco de limão fresco. Tente comprar os limões mais frescos que puder e faça o suco você mesmo. Os frutos cultivados localmente são ideais se você consegui-los.

O vinagre de maçã: O vinagre pode ser feito a partir de outros produtos, mas o vinagre de maçã é especialmente benéfico para o fígado. É feito através de um processo que utiliza bactérias e leveduras para converter o açúcar em ácido acético. O ácido acético é o que dá o gosto azedo do vinagre. O vinagre de maçã ajuda a aumentar a capacidade de armazenamento de glicogênio do fígado.

Quando você comprar o vinagre de maçã, procure pela "mãe:" uma substância turva que se assemelha a uma teia de aranha no fundo da garrafa. Esta substância é o que mostra que ele contém enzimas saudáveis e bactérias benéficas. Estas enzimas e bactérias ajudam a eliminar as toxinas nocivas no organismo, ajudam a aumentar a resistência a infecções e alergias, reforçar a

imunidade do corpo e ajudam a tratar infecções da bexiga. Outras formas interessantes de se usar o vinagre de maçã que podem ser úteis são:

• Para manter o seu hálito com cheiro fresco e limpo: Misture duas colheres de sopa de vinagre de maçã em um copo de 200ml de água e faça gargarejos com a mistura durante dez segundos.

• Para ajudar a reduzir a inflamação causada pela acne e evitar espinhas: O

vinagre de maçã ajuda a manter o pH da pele em perfeito equilíbrio. Ele também ajuda a limpar, como um adstringente suave, matando as bactérias. Misture 1/8 xícara de vinagre de maçã com 1/2 xícara de água em um pequeno frasco. Usando uma bola de algodão limpo, aplique às manchas. Deixe na pele por 15 minutos e depois enxague com água morna e seque. Use de duas a quatro vezes por dia.

• Para ajudar a aliviar dores, pés cansados e eliminar o odor: Encha uma bacia com três quartos de água morna. Misture 1/2 xícara de vinagre de maçã. Mergulhe os pés por 20 minutos. Seque os pés, certificando-se de secar bem entre os dedos.

O vinagre de maçã também tem muitos usos ao redor da casa. É um ótimo produto para limpar e se livrar de germes na cozinha e banheiro. Use-o para lavar janelas, limpar os balcões ou superfícies de azulejos ou para limpar derramamentos.

Mel: Mel tem sido amplamente estudado e tem-se estabelecido que ele ajuda a evitar danos no fígado devido à obstrução. Tem sido usado há anos com limão para aliviar a tosse e ajudar a tornar o muco espesso na garganta mais fácil de se livrar e tem sido usado como remédio para alergias e febres. É promovido como um antisséptico para ajudar a prevenir a intoxicação alimentar e para ajudar com náuseas e sintomas epigástricos e que ajuda a curar feridas e queimaduras.

Mantendo o mel a mão, literalmente, é um grande segredo de beleza! Nos tempos antigos, as mulheres japonesas usavam para manter as mãos macias, suaves e livres de rugas. É totalmente natural e não irrita a pele. Ele absorve a

umidade do ar e pode ajudar a curar cortes e rachaduras e deixar a pele seca mais macia. Os antioxidantes encontrados no mel podem ajudar a rejuvenescer

a pele que foi danificada pelos raios UV do sol e ajuda a prevenir a formação de cicatrizes.

Açafrão: Esta é uma planta que é usada como um tempero familiar para dar

sabor aos pratos. Possui uma bela cor amarela, devido ao seu principal componente, a curcumina. Açafrão tem sido utilizada por curandeiros chineses

e indianos há séculos devido às suas propriedades anti-inflamatórias.

Pesquisas modernas têm mostrado que o açafrão pode ajudar a melhorar a capacidade do fígado de filtrar e desintoxicar substâncias nocivas no sangue, aumentando a GST, a enzima do fígado que neutraliza e elimina toxinas.

Açafrão é uma excelente fonte de saúde para seu fígado e benéfico no controle da diabetes, mas que protege também outros sistemas do corpo. É um antioxidante poderoso e pode ajudar a proteger contra a inflamação da artrite que leva a um inchaço doloroso e danos nas articulações. Em estudos científicos, açafrão tem se demonstrado mais eficaz do que muitos medicamentos no tratamento da depressão.

Pimenta caiena: Pimenta caiena: Capsicum é uma erva. O fruto que cresce sobre esta planta é uma pimenta e é usado para fazer a capsaicina. A

capsaicina é o componente na pimenta caiena que lhe dá um sabor picante, mas também é um medicamento. Pimenta caiena tem sido usado pelos nativos americanos há milhares de anos para tratar distúrbios gastrintestinais, principalmente, e também é usada na medicina tradicional chinesa e japonesa

e em terapias ayurvédicas indianas.

Pimenta caiena é maravilhosa para o seu fígado porque abre ou dilata os vasos sanguíneos, melhorando a circulação e promovendo a capacidade de desintoxicação natural do seu fígado. Capsaicina é um analgésico muito eficaz quando aplicado na pele. Ela diminui a quantidade de um produto químico específico em seu corpo chamado de "substância P", que é responsável por enviar sinais de dor para o cérebro. Quando o seu corpo diminuiu quantidades de substância P, o seu cérebro já não recebe as mensagens de dor e não

sente mais dor. A capsaicina é utilizada como um analgésico em condições tais como artrite e fibromialgia, a tratar a dor do nervo causada por herpes, dor pós- operatória após uma amputação ou mastectomia, neuropatia periférica diabética e dor lombar crônica.

Quando aplicada às manchas vermelhas e irritadas da pele, causadas pela psoríase, a capsaicina pode ajudar a reduzir a dor e a inflamação. A psoríase é uma doença de pele que às vezes é muito difícil de tratar por médicos tradicionais. A capsaicina também tem sido utilizada diluída para tratar, de forma eficaz, infecções no ouvido e também distúrbios digestivos e cardíacos.

Além de capsaicina, a caiena também contém vitamina A e vitamina C e fito nutrientes.

Alecrim: Alecrim é uma planta que pode ser cultivada em praticamente qualquer lugar no mundo. Ele prospera em climas quentes e ensolarados. É usada como tempero em alimentos e bebidas, especialmente na culinária mediterrânea, e fornece um maravilhoso aroma que alivia o stress em sabonetes e loções.

Alecrim contém, entre outras coisas, ácido cafeico e derivados do mesmo, como o ácido rosmarínico. Vários estudos têm demonstrado que estes componentes têm propriedades antioxidantes potentes, além de realizar funções de proteção do fígado e ajuda os rins a funcionarem adequadamente.

Na medicina tradicional, o alecrim tem sido usado para ajudar a melhorar o funcionamento da memória e aliviar o stress, ajudar a aliviar a dor causada por espasmo muscular, estimula o crescimento de cabelo, aumenta a produção de urina e no tratamento da azia e indigestão. Usar alecrim numa base diária tem sido comprovado em estudos de laboratório prevenir a formação de coágulos sanguíneos. Ele também impede o crescimento de algumas doenças de origem alimentar.

Água morna: a água quente ou água à temperatura ambiente é ideal para desintoxicação. Aqui está o porquê: Água fervida pode destruir algumas das enzimas do suco de limão e outros ingredientes na mistura de desintoxicação,

tornando suas propriedades curativas e de limpeza menos eficaz. A absorção dos ingredientes de desintoxicação pode ser prejudicada por consumi-los com água gelada. A desintoxicação, quando servida fria, também leva mais tempo e exige mais esforço para ser absorvida.

A água é vital para a vida de todos, mas é especialmente importante no processo de controle da diabetes. A qualidade da água é ainda mais importante quando está se controlando a diabetes. A água compõe mais de 70% do seu corpo. Você precisa beber 10 copos por dia, a fim de ajudar a eliminar as toxinas acumuladas para fora do seu fígado e para fora de seu corpo. Se a água que você bebe está contaminada, isso está dando mais trabalho para seus rins e fígado. Nem toda a água que você comprar é a mesma coisa.

A água que vem da sua cozinha e banheiro, conhecida como a água da torneira, tem sido tratada pelos departamentos de água da cidade. É geralmente desinfetada com cloro e a maior parte tem sido tratada com fluoreto, num esforço para ajudar na prevenção da cárie dentária. O flúor e cloro podem causar problemas de saúde graves, como o câncer.

Água destilada é água que foi transformada em vapor e, em seguida, recolhida, por isso não contém componentes perigosos. O problema com a água destilada é que os seus minerais importantes também são removidos no processo de destilação. Ele não contém qualquer mineral.

Água tratada por osmose inversa passa por filtros especiais, obrigando a saída de grandes poluentes e minerais. Água deionizada também perde minerais no processo de purificação, e que ainda podem conter bactérias.

Muitas águas engarrafadas populares são nada mais do que água purificada a partir de usinas de água da cidade e que foram engarrafadas pelas usinas processadoras, tornando-as menos seguras do que se você tivesse acabado beber da sua própria torneira. Além disso, o plástico das garrafas de água pode liberar toxinas perigosas para a água. Certifique-se de usar recipientes de vidro reutilizáveis.

Há outras opções além de água da torneira e água engarrafada. Um poço traz

a água a partir de uma fonte de terra subterrânea para a superfície por meio de uma bomba. A cisterna também traz a água do subsolo para a superfície, utilizando uma bomba, mas isso geralmente é água da chuva e que não é segura para beber.

A água que é engarrafada na origem de uma fonte natural é "água de nascente

natural." Águas de nascente têm uma origem natural, mas são engarrafadas e purificadas em outro local. Água mineral pode ser tanto de uma fonte natural quanto de um poço artesiano. Ela vem de debaixo da terra e contém minerais e

oligoelementos como o potássio, sódio e magnésio.

A água mineral é, provavelmente, a melhor escolha para obter a sua dose

diária dessa bebida essencial, mas se for muito cara, há outras opções. Filtros internos elétricos também são caros, mas os jarros de filtragem podem ser uma boa escolha. Basta lembrar que esses filtros também removem os minerais, por isso, se você usar um filtro como este, também tome um multivitamínico diariamente com minerais.

O calendário de desintoxicação

É recomendado que a desintoxicação seja a primeira coisa na manhã, cerca de

30 minutos antes do café da manhã. A razão para isso é que, quando os ingredientes de controle são introduzidos em seu sistema com o estômago vazio, eles são mais rapidamente absorvidos. Além de ajudar o seu fígado a rejuvenescer e tanto seu fígado quanto seus rins a se livrar de toxinas de forma mais eficaz, a desintoxicação também age como uma ajuda digestiva e pode melhorar o seu estômago e saúde intestinal. O alimento é digerido mais profundamente, os resíduos e as toxinas são eliminadas de forma mais eficiente e seu corpo é alimentado e revitalizado.

Capítulo Sete: Dietas e Doutores

Aqui estamos novamente, começando mais um capítulo com uma temida palavra com "D"! Mas, como antes, você pode relaxar. A menção da palavra "dieta" não é motivo para pânico. A abordagem natural para o controle da diabetes não envolve qualquer dor, punição ou jejum. As razões pelas quais você pode se sentir um pouco na defensiva quando você começa a pensar sobre o que você come, ou ficar deprimido e frustrado ou desencorajado quando temas como dieta, peso e nutrição surgem, são totalmente compreensíveis.

Não importa se você é homem ou mulher. Não faz diferença se você foi diagnosticado com diabetes tipo 1 há 30 anos ou disseram que está à beira de diabetes tipo 2, três horas atrás. Se você estiver 250 quilos acima do peso ou se você sofre de anorexia e estiver 12kg abaixo do peso, você provavelmente já ouviu de um "expert" que se você pudesse manter o seu peso sob controle, tudo estaria bem em seu mundo.

Se o seu médico especialista é capaz de praticar a empatia e tem a capacidade de ouvir, ele pode lhe ter dado alguns recursos, compartilhou um pouco de conhecimento e conselho útil ou indicou você a outro profissional. Na maioria das vezes, no entanto, o que muitos médicos compartilham com seus pacientes quando eles não sabem como ajudar, é o mínimo de tempo possível e uma nova medicação para adicionar à crescente coleção de receitas quase inúteis. Nem todos os médicos são assim. Infelizmente, muitos são.

Médicos gastam muito tempo e dinheiro em sua educação. Só entrar na faculdade de medicina já requer intenso esforço e dedicação. Eles são grandes empreendedores. Impulsionados. Comprometidos. Quando eles começam suas carreiras, eles deixam de lado seu nome de batismo comum e assumem o título de "Doutor". Essa identidade ganha para eles um enorme respeito. E em muitos casos, a identidade ganha para eles um senso de direito.

No meio da carreira médica, em média, eventualmente aparece um paciente com uma doença crônica. Pode ser um paciente de 50 anos como o Ricardo, que fuma cigarros. Este homem tem tentado, sem sucesso, parar de fumar algumas vezes ao longo dos últimos anos. Ricardo vê o “Dr. Família” para tratamento médico quase todos os meses devido a problemas respiratórios crônicos. Os episódios de doença são cada vez mais frequentes. O “Dr. Família” está preocupado, mas também muito frustrado. Ele tem firmemente instruído Ricardo em cada visita a parar de fumar, mas Ricardo não está ouvindo! O “Doutor Família” continua falando para o Ricardo ir a um especialista, mas esse encaminhamento deveria ter sido feito meses atrás! Ele só esteve esperando que Ricardo parasse de fumar! “Dr. Família” quer que o seu paciente seja saudável.

Pacientes saudáveis são um reflexo do bom atendimento médico aos olhos da maioria das pessoas.

A diabetes é uma fonte de frustração para os profissionais médicos. Mesmo que o seu peso não seja uma grande preocupação, muitos médicos vão tornar sua dieta em um alvo, mirando nela e fazendo a dieta e seu peso o tema central do diabetes. Dessa forma, eles podem de alguma forma colocar a "culpa" por não controlar a diabetes em sua incapacidade em seguir "a dieta." Dietas desempenham um papel importante, assim como muitos outros fatores.

Expressões não-verbais negativas como levantar uma sobrancelha, suspirar ou balançar a cabeça ao reverem tabelas de peso são indefensáveis. Não há desculpa para não fazer os encaminhamentos adequados, por não considerar tratamentos alternativos e para desistir de encontrar a causa raiz de uma doença crônica. Não há nenhuma razão para escrever mais uma prescrição quando outros medicamentos similares falharam.

Você vale muito mais do que isso! Você é digno de respeito. Sua vida vale muito mais do que um olhar severo e uma bronca. Você merece respostas para as suas perguntas. Se você está insatisfeito com seu tratamento médico atual, encontre outro profissional. Nem todos os médicos têm as mesmas habilidades. Se você continua com o seu médico atual, porque você acha que

ele é um excelente profissional, mas está descontente com a forma como ele trata você, pessoalmente, encontre um outro grande profissional que também possua algumas habilidades sociais básicas. Você pode ter os dois!

Os médicos são ocupados. Assim como encanadores, pintores e vendedores de automóveis. Você não compraria um carro de alguém se ele não tomasse o tempo necessário para responder às suas perguntas. Você não permitiria que um pintor viesse para sua casa antes de saber a cor escolhida. Então por que você obedece cegamente a pessoa que diz para você ingerir um punhado de medicamentos sem conhecer todos os riscos?

Se você tem medo de tomar muito do tempo do seu médico, anote todas as suas dúvidas antes de sua consulta e leve a lista com você.

Quando você está na sala de exame com uma enfermeira, antes de ver o médico, tente perguntar a enfermeira algumas de suas perguntas. Os enfermeiros são uma excelente fonte de informação e, muitas vezes podem responder a perguntas em uma linguagem que você entenda, e não na terminologia complicada que os médicos costumam usar. Quando o médico lhe envia para o departamento de laboratório ou de raios-x, pergunte aos tecnólogos por que o médico pediu aquele teste que você irá fazer. Eles podem não ser capazes de lhe dar resultados, mas eles podem ser capazes de dizer- lhe a razão para o teste.

É fácil sentir-se invalidado em um ambiente médico. Quem não se sente muito pequeno e sem importância quando estranhos cutucam, fazem cara feia, mal reconhecendo a sua existência? Em seguida, eles deixam você escassamente vestido, sentado em papel duro e enrugado em uma sala que parece de um filme de terror. Todo mundo se sente desajeitado e envergonhado em momentos assim. A coisa é, você não tem que ficar nu e frio! Não deixe a diabetes assumir o controle de quem está no controle! Pegue de volta o poder que é seu.

Capítulo Oito: Branco Perverso I

Muitos de nós fomos ensinados que o branco é a cor da pureza. Noivas usam branco no dia do casamento, pois simboliza a virgindade. Na verdade, aqueles que acreditam nisso podem estar errados. Branco tornou-se uma escolha popular para as noivas em meados dos anos 1800, quando a rainha Vitória escolheu um vestido branco, não como um sinal de pureza, mas para incorporar uma parte de sua renda favorita. Segundo alguns, na verdade é a cor azul que simboliza a pureza e fidelidade e está ligado nas culturas cristãs à Virgem Maria.

É também um pouco confuso pensar sobre no que a cor branca realmente

consiste. É a ausência de cor ou é a mistura de todas as cores? É uma coisa

quando aplicada a conceitos como fotografia e outra coisa quando se considera

a pigmentação da pele? Seja o que for, uma coisa é certa: o branco não é uma boa cor para comer!

Diabetes de açúcar

Se você estiver com mais de 50 anos de idade ou até mesmo mais jovem, você pode ter ouvido diabetes ser chamada de "diabetes de açúcar". O termo pode ter desenvolvido quando as palavras para o diagnóstico médico, Diabetes Mellitus, foram traduzidas para o Inglês. A palavra "Diabetes" vem da palavra grega que se refere a micção frequente. A palavra "mellitus" é latim e significa "mel" ou "doce, como o mel." A tradução literal para "Diabetes Mellitus" em Inglês seria "frequente, micção doce."

O açúcar não pertence a urina. Quando uma pessoa "derrama açúcar" na urina, significa que a quantidade de açúcar na corrente sanguínea excede a quantidade de açúcar que os rins são capazes de filtrar e de recircular, de modo que o excesso transborda e é excretado. Um teste de glicose na urina é mais frequentemente realizado como parte de um exame físico ou como uma maneira rápida de determinar se uma pessoa tem uma infecção urinária. A quantidade normal de glicose na urina é de 0 a 0,8 mmol/L. Qualquer número

maior do que isto pode indicar um problema. O diagnóstico mais comum, confirmado por um simples exame de sangue, é a diabetes.

Outras condições podem causar glicosúria (açúcar na urina), tais como distúrbios da tiroide, e na gravidez a limiar renal de uma mulher pode ser reduzida. Isso significa que os rins são incapazes de filtrar tanto sangue devido à gravidez e acontece a diabetes gestacional.

Glicosúria é um sintoma de desequilíbrio, ao invés de ser uma doença em si, e isso ajuda a explicar por que a diabetes mellitus é às vezes chamada de "diabetes de açúcar." Açúcar causa diabetes? Alguns especialistas dizem que sim. Outros dizem o contrário. Opiniões realmente não importam. A fim de melhorar seu fígado e rins, o que conta é a verdade.

Fatos do açúcar

Existem quatro tipos de "açúcar" e importa agora aprender alguns fatos básicos. Esses quatro tipos de açúcar estão relacionados como primos, mas têm características diferentes que os tornam únicos. Seu corpo reage e os usa de diferentes maneiras. Eles variam em o quanto doces são e em o quanto rapidamente o seu corpo consegue absorve-los. Algumas formas de açúcar são essenciais para a sua vida diária. Você não seria capaz de respirar ou pensar sem alguns tipos de açúcar. Outros precisam ser evitados. Ser capaz de distinguir entre o bom e o mau é vital para o controle de diabetes.

Glicose

Ou dextrose, que é um outro nome para a glicose. Pessoas no hospital que necessitam de fluidos e açúcar para energia, muitas vezes recebem este tipo de açúcar em uma solução através de suas veias, pois não tem que passar pelo processo digestivo para ser absorvido e utilizado. A glicose é o combustível do corpo. Como os carros precisam de gasolina e aparelhos necessitam de eletricidade, nossos corpos e nossos cérebros precisam de glicose para produzir energia.

A glicose é um carboidrato. Ela é chamada de "açúcar simples" porque é uma

das menores moléculas de carboidratos, e é composta de apenas um tipo de molécula, um monossacarídeo.

As plantas produzem glicose e armazenam como seiva. Fabricantes comerciais usam esses amidos de plantação, como amido de arroz, fécula de batata e de mandioca e milho para a produção de glicose. O amido de milho é uma das principais fontes de produção de glicose nos Estados Unidos.

Galactose

Galactose ou "açúcar cerebral” se junta com a glicose para formar lactose. Por

si só, galactose é um açúcar simples. Os seres humanos são capazes de

fabricar galactose a partir da glicose e essa também é encontrada em pequenas quantidades no leite. Ervilhas contêm galactose e às vezes é adicionada à goma de mascar como adoçante. Porque os nossos corpos são capazes de produzi-lo, acaba não sendo essencial na nossa dieta, mas é necessário para as mulheres que estão amamentando.

Galactose não possui um gosto muito doce, e comer quantidades excessivas pode causar diarreia e cárie dentária. Sua disponibilidade como uma alternativa ao açúcar é limitada, e como é apenas cerca de um terço tão doce quanto o açúcar, acaba não sendo muito útil.

Frutose

A frutose é o último dos açúcares simples. Às vezes é chamado de "açúcar das

frutas" ou levulose. Encontrada em frutas e vegetais, a frutose é cerca de duas

vezes mais doce do que a sacarose (açúcar de mesa) mas tem um índice glicêmico menor. O índice glicêmico, ou IG de um alimento, é uma medida sobre o efeito que a comida tem na glicose. Alimentos com alto índice glicêmico causam uma resposta rápida do açúcar no sangue. Alimentos com baixo IG causam um aumento mais gradual nos níveis de açúcar no sangue.

O índice de glicose da frutose é mais baixo do que o do açúcar de mesa

regular, mas isso não significa que a frutose é boa para você! No passado, a frutose era considerada um adoçante saudável e seguro para os diabéticos. Em seu próprio pacote natural: dentro de frutas e vegetais frescos e saudáveis, parece não causar problemas. Mas a forma refinada, presente em um número incontável de produtos, está associada a riscos de saúde graves.

A frutose é metabolizada, ou transformada em uma forma que seu corpo pode

usar, diferentemente de outros açúcares. É metabolizada pelo fígado. Quando

o fígado processa a frutose, o ácido úrico é formado como um subproduto

tóxico. Os triglicerídeos são também aumentados, o que estimula o depósito de gordura corporal, especialmente ao redor da seção média. A frutose também age como um estimulante do apetite, o que não é uma boa notícia para a maioria dos diabéticos.

A Frutose refinada não é uma má notícia apenas para os diabéticos. É doce

veneno para todos nós. A pesquisa mostrou que o aumento na ingestão de frutose está ligado à doença hepática gordurosa não alcoólica, aumentando os níveis de LDL (mau colesterol), aumento da pressão arterial, obesidade e doença cardíaca, e aumento do risco de desenvolver gota. Do seu fígado para

o seu coração e para o seu dedão do pé, a frutose, se for comida fora de sua embalagem protetora natural, é veneno!

Sacarose

A sacarose é o que a maioria de nós reconhece como "açúcar." Ainda que seja

um carboidrato, não é um "açúcar simples," porque é uma combinação de glicose e frutose em partes iguais. Isso significa que ele foi processado. Mesmo que a sacarose seja encontrada em frutas e vegetais, tem que ser processada ou refinada para chegar ao seu armário da cozinha. Sacarose fornece a escala

de doçura pela qual a doçura de outros alimentos é medida.

Os seres humanos têm consumido sacarose por mais de seis séculos, mas no século passado, a sua utilização tem crescido astronomicamente. Nos últimos 50 anos, vários adoçantes "naturais" e artificiais começaram a surgir,

substituindo a sacarose em algumas aplicações. Xarope de milho tem sido um enorme alternativa, bem como a sacarina, sucralose e aspartame.

O açúcar é um excelente conservante de comidas e é usado para "curar"

carnes como presunto, o que pode fazer com que você se pergunte o que deve fazer para o seu fígado! Mesmo que seja composto de 50% de frutose, a pesquisa ainda não o associou aos mesmos riscos associados à frutose refinada pura.

O problema com a sacarose é que ela é adicionada, de uma forma ou outra, a

quase todos os alimentos processados consumidos pelo público. Acrescente a

isso o fato de que é viciante: quanto mais você comer, mais você quer. E não é apenas uma dependência psicológica. Seu anseio por um cupcake não está só na sua cabeça! Você não deseja um sorvete porque seu chefe gritou com você e a comida proporciona um escape emocional. Não! É um vício físico verdadeiro, real e inevitável. O açúcar é mais viciante fisicamente do que

cocaína!

O açúcar é encontrado em todos os tipos de lugares improváveis: Molhos,

sopa, o ketchup, pizza, biscoitos e conservas de legumes. Você acredita que uma única porção de molho de espaguete contém mais açúcar do que uma porção de biscoitos? Produtos "diet" de baixa gordura podem ser especialmente perigosos. O açúcar é muitas vezes o principal ingrediente utilizado pelos fabricantes para fazerem o menor número de ingredientes ter um bom gosto. Doçura extra realça o sabor dos alimentos que tenham sido despojados de sua gordura saborosa. Os consumidores são levados a crer que eles estão fazendo uma "escolha saudável". Iogurtes adoçados podem conter mais açúcar do que uma lata de refrigerante regular.

Como você pode "moderar" a ingestão recomendada, quando o açúcar é quase impossível de evitar? Há 600.000 alimentos processados disponíveis para o cliente de supermercado médio. 80 por cento destes continham açúcar escondido de uma forma ou de outra, em grande parte sob a forma duma frutose perigosa e destruidora de fígado. Precisamos começar a busca de alternativas para a maneira como vivemos e fazemos compras. Encontre

substitutos saudáveis que não são sejam venenosos!

Capítulo Nove: Calorias Vazias

A sacarose por si só não tem valor nutricional. Ela apenas fornece calorias a

serem usadas pelo corpo para energia. Quando alimentos que contêm açúcares naturais são comidos, como frutas e vegetais saudáveis, o açúcar traz consigo outros nutrientes benéficos: fibras, vitaminas, aminoácidos e antioxidantes que combatem doenças. Muito do que nós consumimos tem muito pouco "valor alimentício". O açúcar é frequentemente adicionado a produtos para ocupar espaço e adicionar peso e isso é exatamente o que ele faz com os nossos corpos também. O Açúcar adiciona zero valor nutricional.

O seu corpo reage aos diferentes tipos de açúcar de diferentes maneiras.

Quando você come algo calórico, como um pedaço de bolo, seu corpo envia sinais para o cérebro dizendo que você se sente "cheio". Até que o bolo seja digerido e a carga de açúcar seja assimilada pelo seu corpo, a sensação de

fome não irá ocorrer de novo durante várias horas. Apesar do bolo não ser certamente a comida ideal para controlar a diabetes, é melhor do que algumas

alternativas!

Algo muito pior é quando você toma uma bebida. Fazer isso é como bater numa parede! Quando você bebe um refrigerante carregado de açúcar, suco, chá doce, limonada ou qualquer outra bebida de açúcar-doce, o seu corpo sustenta um golpe de duas direções diferentes vindas de duas forças perigosamente combinadas, chamadas de glicose e frutose.

A glicose provoca um aumento imediato e rápido no seu nível de açúcar no

sangue. Isso faz com que o pâncreas entre em pânico! Ele acaba compensando demais, despejando uma quantidade crescente de insulina em sua corrente sanguínea em uma tentativa de controlar a invasão da glicose. Enquanto isso, a frutose é metabolizada pelo seu fígado. E ele obviamente não está precisando dela, uma vez que o seu sangue já está supersaturado com açúcar, de modo que o fígado transforma a frutose em gordura saudável, desencadeando triglicerídeos e ácido úrico no processo.

Já que o seu pâncreas ultrapassou o seu limite, a glicose agora é usada rapidamente e você tem um excesso de insulina a bordo. A insulina estimula o apetite. E já que você apenas bebeu essas suas calorias, não houve a mesma sensação de saciedade. Por isso o seu corpo começa a lhe dizer que você precisa de algo para comer!

Será que isso soa familiar? Talvez você já tenha diabetes tempo suficiente para que você não beba o seu açúcar em refrigerantes ou chás gelados. Talvez você não ingira açúcar na forma de bolo, torta ou outro alimento sólido também. Ou você faz isso?

Pode ser que o açúcar esteja se escondendo de você. Ou ele mudou de nome, de modo que você simplesmente não perceba que está ingerindo ele do mesmo jeito. O açúcar é o mestre de muitos disfarces. Ele tem muitos nomes e variações de nomes. Identificamos alguns nomes no último capítulo: glicose, sacarose, frutose, galactose, lactose, dextrose. Você provavelmente pode identificar o padrão. Qualquer coisa que termina em "ose" é geralmente algum tipo de açúcar.

A maneira mais rápida de se perder uma batalha é perder de vista o inimigo. Açúcar pode ser um mestre do disfarce, mas não é o seu mestre. Você tem controle sobre ele. Para ganhar, conheça seu oponente. Familiarize-se com alguns dos nomes mais comuns para o açúcar e os alimentos que gosta de pegar carona com ele. Aqui está uma lista:

• malte de cevada

• O açúcar de beterraba

• xarope de arroz integral

• Açúcar mascavo

• xarope amanteigado

• Açúcar de cana

• caldo de cana

• cristais de caldo de cana

• Néctar de agave

• xarope de Agave

• xarope de alfarroba

• açúcar de confeiteiro

• xarope de milho

• açúcar de milho

• adoçante de milho

• xarope de milho

• Sólidos de xarope de milho

• frutose cristalizada

• Data de açúcar

• Dextran

• Dextrose

• Diátese

• malte diastásico

• suco de cana evaporado

• Frutose

• suco de frutas

• suco concentrado de frutas

• glicose

• sólidos de glicose

• açúcar de Ouro

• xarope de Ouro

• açúcar de uva

• concentrado de suco de uva

• xarope de milho de alta frutose

• Açúcar invertido

• Lactose

• Malt

• Maltodextrain

• Maltose

• O xarope de bordo

• melaço

• O açúcar bruto

• xarope Refinador

• xarope de sorgo

• Sucanat

• Sacarose

• Açúcar

• açúcar Turbinado

• açúcar amarelo

Um universo doce!

Vivemos em um país lindo, livre. Somos livres para escolher o que vestir, o que comer e beber, como e quem adorar, como gastar o nosso dinheiro, se e quando trabalhar e quantos filhos ter. Somos livres para escolher nosso próprio estilo de vida e nossas preferências individuais.

Mas! Em algum lugar ao longo do caminho, alguém ficou ganancioso. O açúcar era caro, e ainda assim as pessoas adoravam. Uma alternativa barata foi descoberta e não demorou muito para que a imitação fosse adicionada a tudo. Será que os fabricantes sabem que o açúcar é viciante? Será que eles sabem que frutose causa a morte, a destruição e a doença? Se sabem, eles pelo menos fazem vista grossa no momento. Algumas pessoas ainda se recusam a admitir os perigos de frutose e do xarope de milho.

Propriedades viciantes do açúcar e sua disponibilidade, fatores econômicos e a conveniência de alimentos processados, tornam quase impossível eliminar o açúcar, não só da sua dieta, mas do seu estilo de vida. Eu espero que você tenha notado a palavra "quase".

Antes de continuar lendo, saiba que o controle é possível. Também entenda que o controle é um processo. Você não desenvolveu diabetes ou resistência à insulina durante a noite. Seus hábitos e estilo de vida são o resultado do que você praticou durante anos. Você não causou a diabetes. Você e milhões de pessoas como você, desde os mais jovens aos muito idosos, são vítimas. Nem toda pessoa que sofre os efeitos colaterais do açúcar tem diabetes. O açúcar tem sido associado a um risco aumentado de doença cardíaca, a pressão

arterial elevada, doença de Alzheimer e demência, cataratas e depressão. Apenas para citar alguns.

Depois que você se acostumou a fazer observações, prestar atenção ao que está acontecendo dentro de você, assim como ao seu redor, tudo vai rapidamente tornar-se mais fácil. Você foi tomando o limpador de fígado por vários dias, então provavelmente já está percebendo coisas sobre si mesmo que nunca tinha pensado antes. Você pode estar ciente de mudanças sutis que ocorrem quando há alteração do açúcar no sangue. Preste atenção ao seu corpo. Tentar detectar qualquer sinal ou mudanças, mesmo que pareçam pequenas.

• Observe a forma como você se sente na parte da manhã antes de sair da cama.

E agora? Qual é o próximo passo? Tornar-se tenso e irritado com alguma coisa no passado é inútil. Olhar muito à frente também é inútil. Por agora, simplesmente relaxe e observe. Conscientize-se sobre o que o açúcar é. Leia os rótulos. No corredor de supermercado e em seus próprios armários. Identificar onde o açúcar está e quais os nomes que aparecem com mais frequência. Veja em quais alimentos que ele se esconde geralmente. Monitore sua própria resposta ao açúcar, frutose e xarope de milho. Tome algumas notas. Saiba tudo o que puder sobre o seu inimigo. Faça as pazes com você mesmo. Você não é o culpado pela diabetes.

• Talvez você note um odor de corpo especial, que é difícil de descrever.

• Houve uma mudança no paladar ou cheiro?

• Há momentos do dia ou da noite, quando você se sente muito relaxado?

• Que situações são mais estressantes?

• Você presta mais atenção em certas pessoas ou em eventos que

desencadeiam reações emocionais específicas?

• Existe uma hora do dia que você deseja certos alimentos?

• A sua urina tem um odor ou cor incomum? Mais ainda depois de comer certos alimentos? Tente comer aspargos!

Você pode não ter notado qualquer um destes sinais, ou você pode ter experiências que são completamente diferentes. Isso é perfeitamente normal. Você é totalmente e exclusivamente você! Uma enorme parte do seu controle bem-sucedido depende da sua vontade de esperar, assistir e relaxar. Mudanças bem-sucedidas ocorrem de forma lenta e gradual. Encontrar soluções para a sua diabetes que são individualmente certas para você leva um pouco de tempo. Aprecie o processo e não force nada.

Você vai precisar de um pequeno caderno, diário ou bloco de notas para anotar seus pensamentos e idéias. Mantenha-o em sua bolsa ou ao lado de sua carteira para que você sempre o carregue, mesmo que esteja longe de casa. Se você ouvir, ler ou ver alguma coisa, anote para que você possa verificar mais tarde. Algumas pessoas têm aplicativos muito convenientes em seus telefones, mas quando você escreve as palavras no papel e as vê em sua própria escrita, seu cérebro se lembra das informações de forma mais clara e consegue lembrar de forma mais fácil.

Continue a ler os rótulos. Vá através de seus armários e despensa, geladeira e freezer como se estivesse em uma missão, porque você está! Faça uma lista de tudo o que contenha alguma forma de açúcar insalubre nele ou nela. Use um marcador ou um pedaço de fita colorida para marcar o item. Você vai reconhecer que alguns alimentos tem a necessidade de ser marcados, mesmo sem ter verificado o rótulo. Itens da padaria, qualquer coisa com a palavra "molho" em seu nome, como molho de espaguete, molho de carne, molho de pimenta, molhos de frutas, molhos para sobremesas. Certifique-se de verificar se há apelidos de açúcar também. Como xarope de alta frutose de milho, xarope de glucose, sacarose e açúcar mascavo.

Se você estiver usando adoçantes artificiais e comprando alimentos diet ou para diabéticos, procure por esses e tenha outra lista separada. Marque os itens com uma cor diferente. Note se eles contêm açúcar além do adoçante artificial.

Depois de ter marcado os itens e feito sua lista, tire algum tempo para pensar sobre como o açúcar afeta a sua vida. Talvez você viva com alguém que faz a maioria das compras, prepara a refeição e cozinhe. Você poderia envolvê-los em seu processo de controle ou você mora sozinho? Se você tem uma família ou vive com os outros, a sua vida vai assumir uma dimensão nova e diferente.

Capítulo Dez: Branco Perverso II

Depois de ter observado, listado e feito marcações por alguns dias, você provavelmente vai notar que os adoçantes são adicionados a maioria dos alimentos processados. Quase qualquer coisa comestível que não esteja em sua própria "pele" contém alguma forma de açúcar. Apenas uma observação sobre os rótulos dos alimentos: quanto mais no topo da lista um ingrediente aparecer, maior a concentração dele no produto. Por exemplo, se você está olhando para um pacote de frutas misturadas e no rótulo do pacote as uvas são listadas em primeiro lugar, então nesse recipiente existem mais uvas do que pêssegos, cerejas ou abacaxi. A fruta em menor quantidade é a fruta listada por último. Se um pacote contém mais água do que frutas, a água deve estar listada antes de frutas. Se ele tem mais açúcar do que qualquer outra coisa, o açúcar terá de ser listado na primeira linha do rótulo de conteúdo. Conservantes e aromas estão muitas vezes em último lugar na lista de ingredientes, porque eles são muito concentrados; seu volume total ou o peso tem pouca diferença na maioria dos produtos.

Seria um mundo maravilhoso se pudéssemos entrar em qualquer loja e saber que qualquer item da prateleira é 100% seguro. Bem, então, novamente, talvez não. Eu não tenho certeza se as pessoas que gostam de caçar concordariam. Fumicultores iriam argumentar e empresas que fabricam trampolins não seriam capazes de vender seus brinquedos. Qualquer aparelho ou ferramenta que vem com um cabo conectado não é 100% "seguro" e vem com uma etiqueta de aviso. Martelos e pinos de rolamento não têm bordas afiadas, não podem ser engolidos e não carregam corrente elétrica. Mas eles têm o potencial para causar grande dano corporal!

A maioria de nós espera que os produtos que compramos para comer, beber ou inalar sejam seguros de usar, a menos que nós estejamos avisados do contrário. Nos Estados Unidos, a Food and Drug Association (FDA) tem uma lista conhecida como a "Geralmente Reconhecido como Seguro" ou GRCS. Quando uma substância é colocada na lista, isso significa que a FDA testou e

concluiu que é seguro para os consumidores quando for usado "como pretendido." Os adoçantes artificiais estão na lista GRAS da FDA.

Os adoçantes artificiais criam problemas para os reguladores e que podem ser problemáticos para você também, então você precisa ter informações e usar o bom senso. Algumas questões para se pensar são:

• Qual é a minha definição de "seguro"?

• Para que estou usando o adoçante?

• Quanto adoçante artificial estou usando?

Outras questões que a FDA tem lutado incluem: O que exatamente são esses produtos? Eles são alimentos? São eles drogas? Eles são suplementos? Aditivos alimentares? O que eles são?! Algumas respostas são muito claras, algumas não são tão fáceis de responder. O mel é comida, é claro. Não há nada de artificial sobre isso, então isso é simples. Agave vem de uma planta, então isso também parece bastante simples. Aspartame não é tão claro. Nem é estévia, mesmo que essa venha de uma erva.

Se o açúcar é branco e perverso, muitos adoçantes artificiais são tão ruins quanto, se não piores para a sua saúde. Assim como o açúcar, eles estão escondidos em muitos produtos, então você precisa ler os rótulos e se familiarizar com seus nomes. Alguns destes são altamente concentrados, de modo que precisa muito pouco deles para adoçar uma lata ou garrafa inteira de um produto. Isso significa que o seu nome pode aparecer muito perto do final da lista de ingredientes. Isso não significa que eles não são tóxicos! Estes produtos químicos são muito potentes!

Sacarina

A sacarina pode ter sido o primeiro adoçante artificial. Marcas como Stevia ou

Adocyl são familiares para a maioria dos diabéticos, juntamente com os pacotes pequenos rosas, encontrados em bandejas de hospital e em

lanchonetes e cafés. A sacarina é muito mais doce do que a sacarose, de 200

a 600 vezes mais doce que o açúcar e é livre de calorias. A sacarina pode ser

usada em diversas receitas, ela armazena bem e é fácil de se misturar com outros ingredientes.

Algumas outras coisas para se lembrar sobre este adoçante artificial é que ele não tem um gosto bom. Ele tem um sabor amargo, metálico. Não é difícil ver porque o gosto é dessa forma, considerando que é feita a partir de dois ácidos diferentes, dióxido de enxofre, cloro e amônia. Alguns efeitos colaterais, além do fato de que ele causa câncer em animais (e os seres humanos são animais, certo?) incluem dores de cabeça, diarreia e coceira.

Se isso não for suficiente, quando você bebe bebidas adoçadas com sacarina, o pâncreas libera insulina. Se você também não comer algo que contenha carboidratos, seu corpo ficará confuso! Ele sentiu a presença de alimentos, mas você não comeu nada? É como o cara que recebe um telefonema de seu chefe dizendo-lhe para se apresentar para o trabalho, mas quando ele chega no local de trabalho com o seu martelo e pregos, não encontra nada para fazer! Ele está confuso. Da mesma forma, o seu corpo aciona os centros de fome e você quer algo para comer, a fim de colocar a insulina para trabalhar. Estudos estão mostrando que o uso de adoçantes artificiais como o Stevia está realmente levando a um aumento das taxas de obesidade! O excesso de peso leva à hipertensão arterial, doença cardíaca, depressão e uma série de outras doenças evitáveis.

Acessulfame K

Este branco perverso é às vezes conhecido como Ace-K (nos EUA o pessoal chama assim). O "K" significa potássio. É vendido sob as marcas Sweet One ou Sunnette e é adicionado a cremes não lácteos, e refrigerantes com pouca ou sem calorias como a Coca-Cola Zero e Pepsi Next e em gelatinas instantâneas como um adoçante artificial. Tem estado presente por algum tempo, sido aprovado pela FDA em 1988 como adoçante de mesa e dez anos mais tarde para uso em bebidas. Foi aprovado para uso geral em todos os alimentos, exceto carne ou aves em 2003. É cerca de 200 vezes mais doce do que o açúcar e não tem calorias.

Acessulfame K foi deixada de lado pelo Centro para a Ciência no Interesse Público em 1988, como uma substância que potencialmente causa câncer. Este foi depois que estudos mostraram crescimento do câncer da mama, do pulmão e outros tipos raros de tumores, doença respiratória crónica e várias formas de leucemia em vários estudos com animais. Estas doenças ocorreram mesmo quando foram dadas doses inferiores a máxima permitida.

Aspartame

Talvez por causa da decepção associada a ele, o aspartame é provavelmente o mais vil de todos os brancos perversos. Ele entrou no mercado em 1981 e está em milhares de alimentos, bebidas e até mesmo em medicamentos. As marcas que você provavelmente reconhece são NutraSweet e Equal.

Dependendo da concentração, é aproximadamente 100 vezes mais doce do que o açúcar. Ele não tem calorias, mas ele pode deixar um sabor metálico.

Ele foi descoberto em 1965, mas demorou 16 anos para o FDA aprová-lo para uso em alimentos secos. Mais dois anos se passaram antes que pudesse ser adicionado a bebidas carbonadas. Mais de 30 anos decorridos desde a época de sua descoberta para o momento em que foi finalmente dada a aprovação para uso geral em 1996. 30 anos!

O aspartame era conhecido por ser uma substância perigosa desde o início. Lobistas iam e vinham. Muitos “pauzinhos” eram mexidos no Congresso. Endossos foram negados. Eleições. Aprovações. Comitês. Mais pauzinhos sendo mexidos. Tudo isso leva tempo e paciência. O dinheiro é paciente e tem muito tempo para esperar. Ele esperou mais de 30 anos.

Nos EUA, para vocês terem ideia, o FDA mantém registros sobre todos os efeitos colaterais e reações que são relatados em qualquer substância. Claro, nem todo mundo que experimenta um efeito colateral notifica o Food and Drug Association. No entanto, de todos os efeitos colaterais que a FDA recebe, 75% deles estão relacionados com Aspartame. 75%! Lembre-se, esses são apenas os efeitos colaterais que são relatados! Há, possivelmente, um número desconhecido de pessoas que não percebem que estão doentes por causa do

aspartame, ou que não sabem que eles poderiam ou deveriam relatar seus sintomas para a FDA.

O aspartame tem mais de 90 efeitos colaterais ou reações associadas à sua

utilização. Eles incluem:

• Morte

• Câncer

• Tumores Cerebrais

• Doença de Parkinson

• A doença de Alzheimer

• Dores de cabeça

• A perda de visão

• Convulsões

• Perda de audição

• Dor nas articulações

• Dificuldade em respirar

Sucralose

O nome da marca mais comum para a sucralose é Splenda. Tem um sabor

muito mais doce do que o açúcar, 600 vezes mais doce na maioria dos casos.

É livre de calorias e tem um sabor menos incômodo que o aspartame. O FDA

aprovou a sucralose em 1999, como adoçante de uso geral para uso em todos

os alimentos.

A sucralose é digerida no trato gastrointestinal e é onde causa problemas. Seu

trato intestinal tem "boas" bactérias presentes que estão lá por um motivo. Elas ajudam na digestão, elas ajudam a manter as bactérias "ruins" em cheque e

ajudam os nossos corpos fazer vitaminas. A sucralose apresentou uma redução no número de "boas" bactérias no intestino por ao menos 50%. Além disso, diminui a qualidade das bactérias. Isto leva a doença intestinal inflamatória e efeitos colaterais menos graves, mas ainda significativos como gases, flatulência e diarreia.

Quando sucralose é aquecida, as substâncias tóxicas são liberadas, por isso não pode ser utilizada com segurança em bebidas quentes, para cozinhar ou em alimentos cozidos.

Agave

Ao contrário do aspartame, sucralose, ace-k e sacarina, néctar de agave não é livre de calorias. Ele tem aproximadamente o mesmo número de calorias que o açúcar, por isso tem um gosto doce. A principal desvantagem de agave é que ele contém principalmente frutose. Alguns néctares de agave são cerca de 90% de frutose! Os anunciantes que querem que você compre isso irão orgulhosamente dizer que néctar de agave é um adoçante de baixa glicose, e é! Ele não causa um rápido pico da insulina, mas isso não quer dizer que é um adoçante saudável. A frutose é um veneno para o fígado.

Agave não é realmente artificial, no sentido real da palavra. Agave azul é uma planta nativa do México. Também é cultivado no sul dos Estados Unidos. O néctar produzido a partir da planta que é vendido nos EUA, mas também no Brasil é altamente processado, por isso não é "natural" também (apesar de muitos deles venderem como se fosse).

HFCS

É importante fazer uma distinção clara entre xarope de milho de alta frutose

(HFCS) e xarope de milho. O xarope de milho, que você pode reconhecer com

o nome de Karo, é 100% de glicose sem frutose. Tem sido usado para fazer

doces e confeitos durante anos. Ele foi desenvolvido no final de 1800 a partir do amido de milho. Fabricantes aquecem o amido de milho com uma enzima

ou ácido que decompõe o amido, e o transforma em uma glicose doce e pura.

HFCS, por outro lado, contém glicose e frutose. Normalmente, a proporção é de cerca de 55% de frutose e 45% de glicose, mas pode conter até 90% de frutose. O processo para fazer xarope de milho foi desenvolvido na década de 1960, mas seu uso disparou na década de 1980. A indústria de refrigerantes começou a usá-lo como uma maneira muito econômica de adoçar refrigerantes. Era muito mais barato de usar do que açúcar ou xarope de milho

tradicional e logo ele estava sendo adicionado como um barato "complemento" em alimentos processados.

A frutose no HFCS é o que causa problemas para seu fígado. A frutose em sua embalagem natural, um morango, laranja ou kiwi é saudável. As vitaminas, fibras e antioxidantes que você consome com a frutose agem como um amortecedor e tudo funciona em harmonia. A frutose na forma de HFCS é mortal. Na verdade, ele não está disponível para venda para o consumidor em geral. É um veneno!

Farinhas brancas, pães e massas

Se você está pensando que qualquer coisa que você comer que for da cor branca não pode ser bom para você, provavelmente você está certo! A menos que um alimento seja branco porque está cru, provavelmente é branco porque tem sido branqueado ou processado e não é uma escolha saudável. Tudo o que foi refinado não é natural e deve ser evitado.

Carboidratos complexos são alimentos que, mesmo que forneçam combustível para energia, eles não são imediatamente transformados em glicose pelo corpo. As batatas são um exemplo. Elas levam mais tempo para quebrar ou metabolizar que o açúcar simples. Quando carboidratos passam pelo processo de refinação, muitos dos seus nutrientes são perdidos e a sua estrutura é alterada. Quando você come carboidratos refinados, eles entram na corrente sanguínea muito rapidamente, criando um fluxo de insulina, e a mesma reação em cadeia ao açúcar.

Refinado, ou branco, carboidratos têm sido associados com um aumento de desordens do fígado e pâncreas, doenças cardíacas e renais, intolerância ao glúten, depressão, osteoporose e diabetes. Você precisa incluir carboidratos complexos em sua dieta, mas há ótimas maneiras saudáveis de obtê-los! Pães integrais, massas e arroz integral são deliciosas opções. Falaremos mais sobre grãos e fibras em outro capítulo.

O glutamato monossódico (GMS)

O glutamato monossódico não é um adoçante artificial, mas ele é listado com

os brancos perversos por causa de suas propriedades enganosas mortais. Você provavelmente sabe que GMS não é bom para você, e você não iria sentir falta se ele desaparecesse completamente do seu mundo, mas o problema é tentar encontrá-lo para que você possa evitá-lo. Ele foge do radar da FDA.

O que normalmente acontece é que o glutamato, o componente prejudicial no

GMS, é na verdade parte de uma outra formulação, de modo que as letras GSM ou as palavras "glutamato monossódico" não tenham que aparecer no rótulo dos alimentos de forma alguma, mesmo que esses possuam a substância. Produtos que têm as palavras "whey protein", "fermento autolisado" e "proteína hidrolisada" contêm glutamato, mas seus rótulos podem indicar "sem adição de GMS". Não se deixe enganar! Eles não estão exatamente mentindo, mas eles não estão contando toda a verdade também!

GMS é encontrado na maioria dos alimentos com adição de aromas. Esta substância tóxica faz o corpo metabolizar a gordura e armazená-la em uma taxa maior ao estimular os centros em seu cérebro. Ele é usado em laboratórios para engordar ratos, para que eles possam suportar os experimentos científicos! Quando é combinado com o aspartame, os seus efeitos tóxicos são ainda mais prejudiciais. Além de obesidade, GMS tem sido associada ao aumento do risco de doenças cardíacas, osteoporose e doença reprodutiva, além de aumento do risco de diabetes! Leia os rótulos e evite a GMS e glutamato: proteína de soro de leite, fermento autolisado e proteína hidrolisada.

Capítulo Onze: Psicologia, Cães e Piscinas

Um pouco de psicologia básica não é difícil de aprender. Você provavelmente a usa todos os dias. Vamos dizer que você chega em casa e encontra o seu cão,

o Fido, mastigando seu álbum de fotos. Você pode até lidar mais tarde com

quem deixou o livro fora do lugar - onde o cão poderia alcançar. Mas agora o

seu principal objetivo é colocá-lo para longe do vira-lata.

Fido é brincalhão. Ele quer brincar de cabo de guerra. Quanto mais você puxa

a sua parte do álbum, mais firmemente ele força as patas na direção oposta.

Demora menos de um minuto para você abandonar essa estratégia inútil e ir em busca de umas guloseimas para Fido. O cão ouve o barulho da caixa de papelão das suas guloseimas, e tão rápido como uma flecha, ele dispara e deixa o livro cair no chão. O cérebro de Fido esquece completamente o que ele achava tão fascinante sobre um livro plástico e em um instante o cão está ofegante aos seus pés. Você recupera o que sobrou do livro. Fido está feliz. E você? Você provavelmente não está feliz, mas pelo menos a psicologia trabalhou a seu favor.

É muito mais fácil convencer um animal ou uma pessoa a abandonar um

padrão, comportamento ou uma crença, se você puder fornecer algo ainda melhor para preencher o vazio.

Vamos olhar para uma família comum, os pais que vivem em uma pequena fazenda com seus filhos gêmeos de seis anos de idade, Roberto e Julio. Seus longos dias de verão são extremamente quentes e úmidos, então compraram uma piscina. Roberto ama a nova piscina. Julio tem medo de água. Depois de uma semana inteira vendo seu irmão se divertindo com a mãe e o pai na piscina, Julio finalmente coloca sua sunga, vai para fora e dá alguns passos tímidos para dentro da piscina. Parecendo um guerreiro aquático com asas, (com duas bóias gigantes firmemente presas ao redor de seus braços). Depois de alguns minutos, eventualmente, a mãe convence Julio a sair da escada e ir em direção aos seus braços no meio da piscina. Uma vez lá, ele está determinado a ficar seguro. Já um pouco dentro da piscina, mas com a maior

parte do corpo ainda fora da água, Julio se apega a mãe com seus braços

agarrados em torno de seu pescoço. Julio já tem tudo que precisa para se divertir. Ele demonstrou seu interesse e disposição para tentar entrar na água. Ele confia em sua mãe para mantê-lo

seguro. Ele pode ver que as boias mantêm seu irmão e ele seguros também pode ver quão divertido é estar na piscina.

e ele

Julio já tem tudo que precisa para se divertir. Ele demonstrou seu interesse e disposição para tentar entrar na água. Ele confia em sua mãe para mantê-lo

seguro. Ele pode ver que as bóias mantêm seu irmão e ele seguros também pode ver quão divertido é estar na piscina.

e ele

O sol da tarde é quente e Julio sabe que ele iria se sentir melhor se entrasse

mais na água. Mas Julio mesmo assim continua com medo. O que ele poderia

agarrar se ele soltasse da mãe?

As bóias no braço não pareciam suficientes para ele se sentir seguro.

O pai chega em casa com uma coisa que parecia ser a resposta. Ele enche

essa coisa com o ar, joga na água e em seguida, entra ele mesmo. O pai desenrola os braços de Julio da mãe e dá-lhe um colchão de ar inflável para se segurar.

Perfeito, era tudo que o Julio precisava!

Livrar-se de um vício é semelhante em muitos aspectos ao que o Julio passou. Ele tinha o desejo, as ferramentas, o apoio e incentivo dos outros e ele podia ver pessoas como ele mesmo curtindo a vida. Mas ele estava preso. O medo o mantinha prisioneiro. Em primeiro lugar, de dentro da casa, Julio ouviu seu irmão se divertindo dia após dia junto com os pais. Então ele se aproximou um pouco, confiando em suas bóias. Mas o medo o pegou novamente na escada, e novamente a solução foi se grudar nos braços da mãe. Não foi tanto o próprio colchão de ar, (embora certamente ajudou por ser algo que flutuava na

superfície da água), mas o fato de que foi fornecido pelo pai, que fez com que Julio tivesse coragem de dar finalmente o mergulho.

Dependência de açúcar é um vício. Você não apenas tem "uma quedinha por doces", você tem um vício. Um vício que é tão forte como alguém que é dependente de cocaína. Levou anos para que desenvolvesse, para invadir o fígado, o pâncreas, o seu cérebro e seu estilo de vida e não vai desaparecer da noite para o dia. Curar vício do açúcar é uma batalha, mas você pode ganhar a guerra!

Batalha é uma palavra forte, mas é crucial para enfatizar o quanto isso é importante. Enquanto controlar sua diabetes não exige que você siga rotinas de exercícios dolorosos e rigorosos, extremos programas de jejum e desintoxicação ou dietas perigosas, existem algumas regras que não são opcionais. A limpeza do fígado diária foi a primeira, e evitar os "brancos perversos” é a próxima:

Para ser bem-sucedido, para melhorar o seu fígado, pâncreas e rins e para atingir seu objetivo de controlar a diabetes, você deve evitar os açúcares insalubres e seus substitutos.

O que a psicologia, Fido e aula de natação de Julio tem a ver com açúcar? Como é que isso tudo se relaciona com você e com controlar a diabetes? Há mais de uma resposta nos próximos capítulos!

Capítulo Doze: Bóias Braçadeiras

Duas jovens mães estavam em uma praia com os seus meninos. Perto dali sentou um senhor mais velho que perguntou o que os filhos estavam usando em seus braços. Depois de receber uma explicação da finalidade das boias braçadeiras, as crianças se jogaram no lago para demonstrar como as bóias funcionavam bem para mantê-los acima da superfície da água.

Com orgulho em sua voz, o homem comentou com a mulher que ele era um ex-soldado do Exército. "Se um homem não sabe nadar, joga-o na água! Ele vai afundar ou nadar!"

As pessoas aprendem a nadar em diferentes idades e de várias maneiras. A pessoa que aprendeu a nadar ao ser jogada, pode ser grata por ter adquirido a habilidade, mas antes de ser jogada na água, ela provavelmente não fazia ideia de que conseguiria. Era o medo.

Se o pensamento de desistir de açúcar deixa você em pânico, tenha a certeza de que você não está prestes a ser jogado para fora do barco sem um colete salva-vidas. Como o pequeno Julio na piscina confiando em seus pais, você pode confiar nestas respostas. Você não vai afundar. Você não vai se afogar. Outras pessoas têm quebrado seu vício de açúcar e estão desfrutando a vida sem diabetes. Eles estão saudáveis, felizes e bem. Existem alternativas seguras, saudáveis e deliciosas para o açúcar.

Estévia

Estévia é uma alternativa com zero calorias, segura e muito doce para açúcar. É cerca de 300 vezes mais doce que o açúcar. Ele pode ser aquecido e é fácil de misturar, medir e mexer em outros ingredientes. Ele pode ser usado em bebidas frias ou quentes, na culinária e no cozimento e você pode encontrá-lo em qualquer lugar.

Estévia é uma erva que cresce na América do Norte e na América do Sul. As pessoas têm usado há décadas e em um estudo, viu-se que ela melhora a

resposta do organismo à glicose. Não tem sido associada a afetar adversamente os níveis de açúcar no sangue ou de promover a resistência à insulina.

Um estudo realizado na década de 1980, inicialmente considerou estévia como uma potencial causa de câncer em ratos e de doenças hepáticas, mas a

pesquisa foi mais tarde considerada infundada e eventualmente se afirmou que

o

uso limitado de estévia não é prejudicial.

A

Estévia vendida no mercado hoje sob marcas como Truvia é rebaudiosídeo

A.

Estévia pura está disponível, mas é vendida como um suplemento dietético,

e

não como um adoçante ou como aditivo alimentar devido aos regulamentos

impostos pela FDA nos EUA (eu gosto de usar o FDA como parâmetro porque ele é mais rigoroso e realiza mais pesquisas que os órgãos regulatórios brasileiros).

A maioria das pessoas gostam do sabor da Estévia, embora alguns pensem

que tem um gosto um pouco amargo. Ele é muito concentrado, então quanto mais você usa, mais você será capaz de detectar o sabor. Ele está disponível em muitas formas e sabores diferentes, mas as que são aromatizadas são

provavelmente mais processados. Mais uma vez, a leitura de rótulos é fundamental.

Um pouco de estévia dura bastante! Não compre muito no começo! Existem muitas marcas diferentes para escolher, então escolha uma pequena quantidade de um tipo para testar, e se você gostar, você pode comprá-la em uma quantidade mais econômica na próxima vez. Se você não gostar, você não vai se sentir como se tivesse perdido dinheiro. Tente não ficar desanimado se você tentar uma marca e não gostar. Tente novamente! Muitas vezes o sabor da estévia é desagradável porque é usada demais. Adicione uma gota de cada vez. Prove, e se você precisar deixar mais doce, adicione apenas mais uma gota. Sempre provo antes de adicionar mais do que uma gota de cada vez. O mesmo se aplica para a forma granular ou em pó. As adições devem ser feitas em quantidades muito pequenas, mexendo e degustando antes de adicionar mais.

É importante certificar-se de que você está comendo bem porque a estévia

pode realmente baixar o açúcar no sangue. "Bem" significa saudável e não inclui açúcar. Se a mudança que você faz na sua dieta é eliminar o açúcar e substitui-lo por estévia zero caloria, sendo que a estévia reduz os níveis de glicose no sangue, e você também está tomando medicamentos para controlar sua diabetes, então você pode ter hipoglicemia.

Uma dieta saudável inclui alimentos que contêm carboidratos naturais, proteínas e gorduras. Comer em horários regulares é vital para manter o açúcar no sangue em um nível estável. É por isso que o passo seguinte no processo de controle da diabetes não é opcional:

Para ser bem-sucedido, para melhorar o seu fígado, pâncreas e rins e para atingir seu objetivo de controlar a diabetes, você não pode ir rápido demais, e nem ficar sem comer por mais de quatro horas seguidas, enquanto você está acordado. Mel

O mel é um outro colete salva-vidas para ajudá-lo a sobreviver quando você

desistir de açúcar. É seguro e natural, mas contém calorias. Mas as calorias do mel não são tão mortais quanto as do açúcar. O mel é muito mais suave sobre os níveis de açúcar no sangue e seu sabor é mais doce do que a sacarose, portanto, menos quantidade do que é necessário com açúcar. Só essas duas razões já o tornam em uma grande alternativa, mas há mais uma boa notícia.

Mel cru contém fito nutrientes que são substâncias químicas encontradas em alimentos naturais que funcionam em nosso corpo para ajudar a proteger-nos de doenças e a prevenir danos às células. O processamento remove muitas das substâncias químicas naturais, então comer o mel tão perto de sua forma mais natural possível é o mais saudável. Mel cru tem sido considerado um diminuidor do LDL (mau colesterol) em pessoas com colesterol alto, enquanto o mel artificial pode causar um aumento dos níveis de LDL. Açúcar contém calorias vazias. O mel tem muitos antioxidantes, portanto, além de calorias proporcionando energia, ele também ajuda a filtrar o sangue. Parte das suas

propriedades protetoras ajuda a prevenir doenças das artérias e desordens capilares.

Pólen é recolhido pelas pernas das abelhas com o seu movimento em torno das flores e plantas. Elas carregam o pólen e o depositam com suas próprias secreções de volta na colmeia. Esta é uma explicação muito simples para um processo complicado e notável.

Fruta

A ideia de usar frutas como adoçante pode ou não soar como uma ideia

maluca agora, mas mais cedo do que você pensa, morangos maduros irão fornecer toda a doçura deliciosa que você vai querer em um copo de iogurte ou em uma tigela de mingau de aveia. Maçã sem açúcar é um ótimo substituto

para o açúcar na cozinha. As frutas secas têm um gosto muito doce e são cheias de fibra. Fatias de bananas congeladas, batidas em alta velocidade em um liquitificador por alguns minutos, magicamente ficam com a consistência de um sorvete. É o céu doce sem aditivos artificiais, conservantes ou açúcar.

Ideias Criativas

Use sua imaginação! Descubra os temperos! Canela e baunilha, extrato de amêndoa, noz-moscada, gengibre ou as combinações únicas encontradas na torta de maçã e de abóbora adicionam profundidade e caráter aos alimentos. Tente afastar-se do doce em direção ao saboroso com diferentes misturas de curry ou sabores com uma cara mais mexicana: cominho, coentro ou pimenta. Muitas especiarias são boas para controlar a diabetes.

Tente adicionar nozes ou sementes para dar sabor e um toque caseiro para o seu alimento que você não encontra em alimentos processados. Muitas vezes,

o açúcar é adicionado à pré-embalados e alimentos de conveniência para

disfarçar o sabor dos ingredientes de qualidade inferior. É chamado de "junk

food" por uma razão!

Lembre-se que os produtos que você encontra a preço de banana, provavelmente contêm uma grande quantidade de "enchimento", como xarope de milho. Você paga pela qualidade. É verdade. Mas vale a pena. Considere a despesa financeira de apenas uma visita à sala de emergência do hospital, para não mencionar a quantidade miserável de estresse associado a isso. Pense o que custa perder dias ou semanas, até meses de trabalho por motivo de doença.

Ao iniciar, tome cuidado com seu orçamento. Especiarias, nozes e aromas podem ser caros. Compre uma pequena quantidade, mesmo que isso custe mais inicialmente, se você ainda não provou e não tem certeza se gosta. Não compre uma peça inteira de gengibre para descobrir que não suporta o sabor. Você vai acabar jogando dinheiro fora. Compre itens em maiores quantidades somente quando tiver certeza de que vai usá-los. Para manter especiarias e nozes frescos, armazene-os no congelador.

Quanto valor você pode colocar em desfrutar uma noite em casa com sua família ou em passear com o cachorro em volta do quarteirão? Quanto é que vale saber que você é o único que está no controle de sua saúde e de suas decisões?

Diabetes não tem que ser a força que move sua vida! Você é!

Não tenha medo da água. Você tem um novo par de asas!

"A coragem é saber o que não temer"

- Platão

Capítulo Treze: Com o novo

Como Julio, agarrando-se à sua mãe, quando confrontado com o pensamento terrível de se soltar, eu sei que também é assustador pensar em desistir do açúcar. É por isso que você precisa encontrar substitutos que funcionam para você antes de largar o açúcar completamente.

Olhe para a sua lista de produtos altamente açucarados e tome nota dos seus favoritos. Gradualmente comece a substitui-los por alternativas mais saudáveis:

um pouco de mel ou canela no seu mingau de aveia de manhã, em vez de açúcar mascavo. Limonada feita com estévia em vez de tomar refrigerante diet. Tente uma fatia ou duas de frutas frescas cítricas em água, chá gelado sem açúcar, algumas bagas cortadas ou trituradas ou cerejas frescas na água. A internet tem centenas de sites dedicados a receitas para a criação de sobremesas caseiras, bebidas, refeições e molhos com substitutos saudáveis para o açúcar. Algumas delas podem ser feitas em minutos e são deliciosas.

À medida que os dias passam, e não leva muito tempo, você vai sentir seu gosto pelo açúcar diminuir. Mantenha o foco em reduzir a sua ingestão, um pouco de cada vez até que você tenha eliminado as maiores fontes de açúcar de sua vida. Se você voltar a comer, você provavelmente vai achar que é muito doce. Não permita que isso traga de volta o vício! Tente evitar o uso de doces como recompensa. Mime-se com algo que é realmente bom para você como um banho relaxante, uma massagem nos pés ou no pescoço, algum tempo sozinho ou na companhia de amigos.

Se você está com desejo de algo doce, pare e pergunte a si mesmo o que é que você realmente precisa. É o seu cérebro realmente sentindo fome ou é outra coisa que você está enfrentando? Se você está comendo uma refeição nutritiva ou um lanche substancial a cada quatro horas, os seus desejos muito provavelmente não estão relacionados a uma necessidade de insulina. Se você estiver carregando-se de quantidades elevadas de frutose, acompanhadas de fadiga, irritabilidade, concentração fraca e outros sintomas, seus níveis de açúcar no sangue instáveis tendem a continuar.

Quando você é fiel e come bem e em intervalos regulares, o açúcar no sangue e insulina trabalham em harmonia e todos os sinais indicam que você está melhorando, mas você ainda anseia por açúcar, o que fazer então? Tente levar alguns minutos antes de entrar na cozinha ou pegar as chaves do carro para ir ao mercadinho ou ao drive thru e se pergunte se você está enfrentando alguma das seguintes emoções:

• Braveza

• Tristeza

• Felicidade

• Tédio

• Cansaço

• Medo

Estes são os seis típicos "buracos" emocionais que as pessoas tentam preencher com açúcar. Se você está com raiva porque Fido rasgou o seu álbum de fotos, vai ter um pedaço de bolo que vai restaurar as imagens? Se o filme que você está assistindo não lhe interessa, os doces que você come vão mudar o enredo ou fazer os personagens mais legais? Se você está ansioso sobre o exame final que irá fazer pela manhã, uma taça de sorvete não vai melhorar sua pontuação!

Olhe para mais dois exemplos de como as pessoas tapam buracos ou vazios:

Valentina havia se envolvido seriamente com Marcos por vários anos. Ela estava ansiosa para passar a vida ao lado dele, mas por várias razões, o relacionamento terminou. Valentina estava de coração partido, mas depois de três meses de lágrimas, ela começou a namorar novamente. Pedro, a primeira pessoa que encontrou, tornou-se bastante interessado em Valentina depois de apenas alguns encontros, mas ela avisou que não estava interessada em um relacionamento sério ainda. Ela explicou que estava só experimentando.

O quociente emocional de valentina, ou Q.E. foi bem no alvo. Ela sabia que o vazio em sua vida, criado quando Marcos saiu, não podia ser preenchido tão rapidamente por Pedro. Ela até gostava de sua nova companhia, mas ela não

estava procurando um relacionamento sério ainda, e ela foi sábia em avisá-lo de suas intenções.

Também é importante perceber que a maioria das pessoas tem alguns laços emocionais incrivelmente fortes aos alimentos. Muitos de nós fomos criados em famílias que passaram ocasiões especiais celebrando ao redor da mesa de jantar. O destaque de muitas refeições dos feriados era a sobremesa. Quando as crianças estão doentes, os pais os trazem de volta à saúde com comidas especiais. Aniversários raramente estão completos sem um bolo de aniversário e sorvete. Mulheres que queriam prender seu companheiro perfeito costumavam ouvir: "o caminho para o coração de um homem é através de seu estômago." Não foi há muito tempo que mesmo os dentistas recompensavam os seus "bons" pacientes com pirulitos, e os escritórios de alguns médicos ainda ofereciam pequenos doces para as crianças depois de terem sofrido injeções ou outros procedimentos dolorosos. Existe alguém que não viu uma criança inquieta na igreja ou templo sendo subornados com biscoitos ou cereais para ficarem paradas e quietas?

Alimentos, especialmente o açúcar, tem a capacidade de nos empurrar para a noção de que tudo ficará bem, ou se as coisas não saem como o esperado, vamos sobreviver, porque alguém se importa. Eles nos consolam e aliviam.

A mentira é que essas coisas já eram verdadeiras antes de você se tornar um viciado: Sua vida ficará bem. Você é um sobrevivente. Alguém se importa. E elas vão ser ainda mais verdadeiras se você permanecer fiel a quem você é:

uma pessoa que está no controle de sua vida e se preocupa profundamente sobre como cuidar dela. Uma pessoa que aprecia a vida! Livre de diabetes!

Capítulo Quatorze: Proteína - Quanto, de que tipo?

Suplementos proteicos existem há muito tempo. Os produtos atraem compradores apresentando fotos impressionantes de fisiculturistas com “tanquinhos” em latas de pós, comprimidos e bebidas. Eles são falsos ou uma moda passageira? Saudável ou perigoso?

O

que exatamente é proteína? Você é! Está em todos os tecidos que compõem

o

corpo: músculos, ossos, pele, cabelos, órgãos. Ela ajuda nas reações

químicas que ocorrem para evitar que seu sangue fique muito fino, ela cria as partes de seu sangue responsáveis pela entrega de oxigênio para as células e

é responsável por partes do seu código genético. Há mais de 10.000 tipos diferentes de proteínas em seu próprio corpo.

Nos Estados Unidos, o instituto de Câncer Americano recomenda homens adultos a obterem 56 gramas de proteína por dia e mulheres adultas precisam de 46 gramas por dia. Não ingerindo essa quantidade de proteína em sua dieta, pode levar a problemas de saúde graves, como a perda de tecido muscular, aumento da susceptibilidade à doença devido a um enfraquecimento do sistema imunológico, diminuição do funcionamento dos sistemas e morte circulatória e respiratória.

A proteína é composta de aminoácidos. Nosso corpo pode fazer alguns dos

aminoácidos de que necessita e pode mudar alguns desses "blocos de construção" em diferentes formas. Alguns aminoácidos não podem ser produzidos pelo nosso corpo e devem ser provenientes de nossa dieta. Eles são chamados de aminoácidos essenciais e devem ser fornecidas por fontes de alimento.

Alguns alimentos têm muita proteína, alguns não têm nenhuma. Alguns alimentos ricos em proteínas não são escolhas saudáveis devido ao que eles entregam para o seu corpo, juntamente com a proteína. Por exemplo, uma fatia de presunto contém uma porção generosa de proteína, mas grandes quantidades de sódio. A carne vermelha tem muitas vezes enormes

quantidades de gordura saturada e colesterol e quaisquer carnes processadas contêm açúcares insalubres.

Há cada vez mais evidências para apoiar o fato de que a ingestão de proteínas saudáveis como feijões e nozes em vez de carnes vermelhas pode diminuir o risco de várias doenças, como doença cardíaca e acidente vascular cerebral.

Problemas com a proteína para a diabetes

Um estudo recente mostrou que uma dieta que contém quantidades significativas de carne vermelha aumenta o risco de desenvolver diabetes tipo 2 e que a substituição de apenas uma porção de um produto laticínio de baixo teor de gordura, cereais integrais ou castanhas por uma porção de carne vermelha uma vez por dia, reduz o risco. Proteína consumida na forma de carne deve ser quebrada pelo corpo antes que ela possa ser usada para produzir energia. É por isso que satisfaz sua fome, mas no processo está prejudicando o seu fígado e também os seus rins. O processo produz amoníaco, que é tóxico e é excretado na urina. Se os seus rins tornam-se fracos e já não podem filtrar proteína e amônia para fora de seu sangue, doenças graves resultam.

Para reverter diabetes você deve evitar a carne vermelha. Isso inclui carne bovina e carne de porco. Escolha uma porção de 100g de frango, cordeiro, peixe ou ovos por dia. 100g é mais ou menos o tamanho de um baralho de cartas. Produtos sem lactose são boas fontes de proteína e o resto de sua proteína é fácil de conseguir de maneiras deliciosas. Fontes vegetais são capazes de lhe fornecer os aminoácidos que seu corpo precisa. Feijão cozido e ervilhas, grãos integrais, nozes e sementes, soja, legumes e sementes são excelentes fontes de proteína. Frutas também contêm proteína. Aqui está um exemplo rápido e fácil de como obter 10 gramas de proteína para café da manhã sem carne, ovos ou açúcar. E é muito gostoso também!

Batida de Morango e Banana

1 1/2 xícara de água pura

2 colheres de sopa de sementes de cânhamo

1 xícara de morangos congelados sem açúcar

1 banana congelada, cortada em pedaços médios

Misture todos os ingredientes no liquidificador e bata em velocidade alta até ficar homogêneo. Despeje em um copo alto e desfrute imediatamente. Serve uma pessoa.

Uma colher de sopa de sementes de cânhamo tem 4 gramas de proteína.

Uma colher de sopa de sementes de chia tem 2 gramas de proteína.

Um punhado de alface tem 1 grama de proteína. Faça uma salada de vegetais frescos, usando um par de punhados de alface e adicione cenouras frescas, pepinos, pimentas, aipo, cebola ou o que quiser. Polvilhe com as sementes e cubra com nozes cortadas ou picadas. Adicione crótons feitos de pão integral, lhe dará ainda mais proteína! Cubra com um molho de mel-limão de sementes de papoula e você terá proteína saudável o suficiente no seu prato! Se for mais conveniente para você, misture as sementes com o molho antes de colocar na sua salada.

A prevenção da diabetes é natural, é parte de você! Preste atenção ao que seu corpo está lhe dizendo. Vamos recapitular:

• Limpeza matinal diária para o fígado: Continue com isso todas as manhãs, sem falta!

• Beba água: 10 copos de água mineral por dia, todos os dias. Se você está bebendo água filtrada em vez de água mineral, tomar um multivitamínico diariamente com minerais.

• Evite Açúcar: Remova todas as formas de açúcar de sua dieta. Isso inclui os adoçantes dietéticos como aspartame, sacarina, agave, xarope de malte de

arroz e xarope de milho. Use apenas substitutos saudáveis: mel, estévia, frutas

e especiarias para dar sabor e adoçar os alimentos.

Este livro lhe forneceu uma série de informações. É importante entender que controlar a diabetes depende de você! Seguir alguns dos passos e ignorar os outros não vai funcionar. Tentativas sem esforço irão resultar em decepção e

desânimo. Você deve aceitar o fato de que se você não controla a diabetes e se você não controlá-la, ela vai controlar você! E os passos são simples porque

o seu corpo quer melhorar!

• Evite farinha branca, arroz, massas e GMS: Substitua farinha refinada e grãos por grãos integrais. • Reduza a proteína em sua dieta: não coma carne vermelha. Coma apenas aves, cordeiro, soja ou peixe e obtenha o resto de sua proteína saudável de nozes, sementes, lentilhas e feijão, grãos, frutas e legumes. • Você deve comer: Não pule refeições. Você absolutamente deve comer uma refeição nutritiva ou um lanche saudável, pelo menos, a cada quatro horas enquanto acordado!

Capítulo Quinze: Controle da Natureza

Fibra

Nós discutimos vários itens para remover de sua dieta. É hora de falar sobre os alimentos saudáveis e nutritivos que você pode desfrutar. A fibra é amigável e há inúmeras maneiras de trabalhar isso em sua rotina diária de controle.

A fibra não é apenas um item específico, mas uma coleção de vários

compostos que desempenham funções diferentes em seu corpo. Na natureza, as fibras dão às plantas sua forma e resistência. Ela não pode ser digerida pelo organismo humano. Porque ela não pode ser digerida ou utilizada para produzir energia, não tem calorias. A fibra é encontrada apenas em plantas. Está em grãos, mas não só em farelo, que é talvez a fonte mais comumente conhecida de fibra. Está também em vegetais, frutas, nozes e legumes. As proteínas animais, como peixes, aves, carnes e produtos lácteos não contêm fibras.

A fibra solúvel e insolúvel

Existem dois tipos de fibra e a maioria das plantas contêm ambos os tipos, mas

em quantidades diferentes. A fibra solúvel é absorvível. Ele se dissolve na água

e ajuda a diminuir o açúcar no sangue e LDL (mau colesterol).

A fibra insolúvel é por vezes chamada de "volumosa." Isso ajuda a evitar a

prisão de ventre, porque não se dissolve em água. Ela ajuda a formar massa

em suas fezes e permanece em seus intestinos até ser excretada.

Porque o seu fígado está localizado perto de partes do intestino, se eles são saudáveis, eles podem ajudar o seu fígado a ficar em condição de trabalho ideal. Pesquisas mostram que, ao tratar seus intestinos com bactérias boas, animais doentes apresentaram melhora em sua condição.

As leguminosas são as sementes de certas espécies de plantas. Elas crescem em vagens e são maravilhosas fontes de proteínas e fibras. Exemplos de leguminosas são feijões, ervilhas, amendoim e lentilhas. A alfafa é também uma leguminosa. Legumes contêm ácido fítico, que ajuda a proteger do câncer

de fígado e câncer de cólon. Soja, feijão verde e feijão preto são excepcionalmente ricos em antioxidantes. Outros benefícios significativos desses alimentos vegetais são que ajudam o fígado na remoção de LDL (mau colesterol) e na diminuição dos níveis de triglicerídeos prejudiciais.

Um aminoácido importante, arginina, é encontrada em leguminosas. Isto tem provado inverter as alterações destrutivas que ocorrem no fígado, tais como a inflamação e endurecimento do tecido, quando álcool é consumido.

Fibras e frutas e legumes

Alguns vegetais, como a batata-doce e a maioria dos frutos, são doces e contêm quantidades elevadas de frutose. Nos capítulos anteriores você leu que a frutose, sem a sua embalagem natural protetora, é extremamente prejudicial. Parte do que protege você dos efeitos perigosos de frutose em frutas e legumes frescos é a fibra. Ela fornece um amortecedor, retardando a absorção de açúcar em sua corrente sanguínea. É por isso que comer um pedaço de fruta fresca é saudável e beber suco não é, mesmo que seja anunciado como "com polpa da fruta ", porque é altamente concentrado, com frutose.

Comer alimentos ricos em fibras, ajuda a diminuir a pressão exercida sobre o fígado, ajuda no crescimento de bactérias intestinais úteis e diminui a absorção de toxinas causadoras de câncer nos intestinos. Alimentos ricos em fibras, como vegetais de folhas verdes, contêm antioxidantes que protegem o fígado dos danos que está exposto à medida que processa e metaboliza os radicais livres. A clorofila dá aos vegetais verdes escuros sua cor brilhante e reduz a quantidade de toxinas que são absorvidas a partir do intestino. Isto reduz o número de toxinas com que o fígado tem que lidar. A clorofila também protege os intestinos e fígado de moléculas e bolores produtores de câncer.

Enlatar, tratar e conservar as frutas e legumes quebra a fibra e também lhes rouba uma boa parte de seus nutrientes. Os alimentos frescos, perto de seu estado natural, ou como você pode encontrá-los na natureza, são a melhor escolha para o controle de diabetes. Certifique-se de sempre lavar bem os alimentos para eliminar todas as toxinas ambientais, mas nem tudo precisa ser

descascado. Batatas, cenouras, maçãs, pêssegos, tomates, ameixas, peras e quase todas frutas como estas não precisam ser descascadas.

Se alimentos frescos não estão disponíveis, variedades congeladas são a próxima melhor opção. Os produtos enlatados são a pior escolha possível de alimentos.

Grãos

Quando se trata de grãos, mantenha os alimentos inteiros. Nada processado ou "instantâneo". Sem farinha branca. Sem arroz branco. Sem massa branca. Escolha apenas grãos inteiros! Leia os rótulos antes de comprar.

A Food and Drug Association dos Estados Unidos (de novo, estou usando

como referência os EUA porque as pesquisas são mais assertivas!) afirma que, para que um produto seja rotulado como "grãos integrais" ele deve conter 51% ou mais de grãos integrais por peso. Pão rotulado como "trigo integral" deve conter 100% de farinha de trigo integral. Mas, "pão de trigo" pode incluir uma combinação de trigo e farinha branca refinada. Não compre um pedaço de pão

só porque parece saudável! Simplesmente adicionando corante caramelo, os fabricantes podem fazer uma farinha branca refinada parecer marrom!

As vitaminas e os minerais

• Vitamina A: Esta é também conhecida como retinol. É necessário no controle da diabetes porque as suas propriedades antioxidantes ajudam a limpar as toxinas do seu corpo. Existem 2 maneiras do seu corpo acessar a vitamina A. Ela é encontrada fora do corpo em fontes de origem animal como carne e fígado de frango, no óleo de fígado de peixe, ovos e produtos lácteos, mas seu próprio corpo também pode fazer a vitamina A a partir de nutrientes nas frutas

e legumes. A maioria das folhas verdes escuras e vegetais amarelos e laranja

contêm betacaroteno que seu corpo usa para criar a sua própria vitamina A. Frutas amarelas e laranjas também contém betacaroteno. Boas fontes para incluir em sua dieta diária para garantir que o seu nível de vitamina A esteja

adequado são cenouras, abóbora, batata doce, damascos, pêssegos e nectarinas.

• Vitamina B1: Esta vitamina é também chamada de tiamina. Há oito vitaminas

B. Todas as vitaminas do complexo B ajudam o corpo a converter carboidratos em açúcar, para ser usado para produzir energia. Vitaminas do complexo B também ajudam a processar gorduras e proteínas, o que as torna de vital importância para o seu fígado e absolutamente essencial para controlar a diabetes. O corpo não pode armazenar qualquer uma das vitaminas do complexo B, porque eles se dissolvem na água, ou são solúveis em água. Elas devem ser repostas diariamente. Todas as vitaminas do complexo B ajudam a construir a imunidade do corpo e o ajudam a funcionar sob pressão. Vitaminas do complexo B são "aliviadores de estresse".

A tiamina está envolvida no metabolismo dos carboidratos e evita a

acumulação de subprodutos tóxicos. Ela ajuda a garantir que o ácido pirúvico não acumule na corrente sanguínea. O corpo depende de tiamina para formar trifosfato de adenosina (ATP). Cada célula do corpo usa ATP como combustível. Maneiras saudáveis de incluir tiamina em sua dieta incluem ovos, nozes e sementes, legumes e ervilhas.

Vitamina B2: Esta é também conhecida como riboflavina. A riboflavina ajuda

o

organismo na produção de células vermelhas do sangue. É igualmente

importante no processo de crescimento e é essencial para transformar a vitamina B6 em formas que o corpo seja capaz de utilizar. Fontes saudáveis de vitamina B2 incluem ovos, leguminosas, nozes e vegetais de folhas verdes.

• Vitamina B5: A vitamina B5 é uma das vitaminas do complexo B e é o ácido

pantotênico. É encontrada em plantas e em animais e também é vendido comercialmente como "Geleia Real." As pessoas relatam que a vitamina B5 é útil no tratamento de diversas condições. É difícil determinar se a geléia real é

realmente um tratamento eficaz, já que não há pesquisa suficiente para confirmar a maioria das afirmações.

A vitamina B5 é necessária para o metabolismo adequado dos carboidratos,

bem como proteínas e gorduras. Em estudos, o ácido pantotênico mostrou reduzir os níveis de colesterol e triglicerídeos. Manter estes a um nível seguro no seu sangue é um componente vital para controlar a diabetes.

Pantotênico vem da palavra grega que significa "em todo lugar". A vitamina B5 foi nomeada assim porque ela é encontrada em muitos alimentos, mas o processamento a destrói. Os alimentos frescos têm vitaminas significativamente mais saudáveis do que os enlatados, produtos congelados ou refinados. Algumas das melhores fontes incluem couve-flor, couve, brócolis, tomate, amendoim, sementes de girassol e salmão.

• Vitamina B6: A vitamina B6 também é conhecida como piridoxina. Ela ajuda

seu corpo a produzir a hemoglobina que transporta oxigênio no sangue. Ele também auxilia na quebra de proteínas e ajuda a manter o açúcar no sangue em equilíbrio. Piridoxina também é importante na formação de anticorpos.

Fontes ricas de vitamina B6 para incluir em sua dieta são abacate, banana, nozes e grãos integrais. Feijões secos também são uma excelente fonte de piridoxina.

• Vitamina B7: B7 tem vários nomes diferentes. É às vezes conhecida como

biotina e também como vitamina H e é encontrada em pequenas quantidades em muitos alimentos como ovos, legumes e nozes, mas comer claras de ovos em excesso tem sido associado a uma deficiência de vitamina B7. Biotina, quando consumida com cromo ajuda a controlar o açúcar no sangue em pessoas que têm diabetes, e sabemos que é essencial para ajudar a metabolizar carboidratos e gorduras. O cromo é um mineral que é fácil de incluir em sua dieta. É abundante no brócolis, cogumelos, espargos, feijão verde e batatas.

• Vitamina B9: Esta vitamina também é conhecida como ácido fólico ou folato.

É encontrado em vegetais de folhas verdes, frutas, feijão e ervilha e em nozes.

Esta é uma das vitaminas do complexo B mais importantes no controle de diabetes. Ele vai ajudar a melhorar e restaurar seu fígado de três maneiras:

O ácido fólico acelera a quebra de gorduras encontradas em células de emissão de gordura abdominal;

O ácido fólico pode reduzir os níveis de colesterol encontrado no sangue e no fígado;

O ácido fólico pode ajudar a melhorar a saúde dos vasos sanguíneos que

aumenta o fluxo de sangue para todos os seus órgãos vitais, incluindo o fígado

e pâncreas.

• Vitamina B12: A coisa mais importante a saber sobre a vitamina B12 (cianocobalamina) é que a vitamina B9, ou folato, para ser utilizado corretamente pelo organismo, precisa desta vitamina. Ambas as vitaminas são essenciais para a formação de células vermelhas do sangue. Se qualquer uma delas estiver ausente, uma anemia grave pode resultar. O álcool pode interferir na absorção de vitaminas e é também possível que os diabéticos que tomam metformina estejam em risco de ficarem anêmicos devido à deficiência de vitamina B12. Fontes saudáveis dessa vitamina são peixes, ovos e produtos lácteos.

• Vitamina C: A vitamina C, também chamada de ácido ascórbico, é conhecida por seu poder de limpeza do fígado. É amplamente utilizada para o tratamento de doenças do fígado como hepatite C. A vitamina C ajuda a eliminar as

toxinas e neutralizar os radicais livres no seu fígado. Ela também pode diminuir

o LDL (mau colesterol) e triglicerídeos.

As frutas cítricas são boas fontes alimentares de vitamina C. Assim como os tomates, vegetais de folhas verdes, brócolis, groselhas, morangos, amoras e repolho cru.

• Vitamina D: Esta vitamina é realmente um pré-hormônio. Nenhuma das outras vitaminas desempenha um papel similar no corpo. A vitamina D é alterada em sua forma hormonal, calcitriol, pelos rins e fígado. Seus ossos dependem de vitamina D para absorver o cálcio. Sem cálcio, os ossos tornam- se fracos e quebradiços. A vitamina D também é fundamental para o funcionamento saudável do sistema imunológico.

A vitamina D está presente no leite fortificado e em óleos de peixe e uma

pequena quantidade está na gema de ovo, mas a nossa principal fonte de vitamina D é o sol. Nossos corpos produzem esta vitamina a partir dos raios ultravioletas fornecidos pelo sol. Muitas pessoas são deficientes em vitamina D, especialmente as pessoas com disfunções hepáticas crônicas. A vitamina D também pode ajudar a processar a gordura no fígado.

Uma vez que pode ser difícil de obter toda a vitamina D que você precisa da sua dieta e do sol, você precisa completar com uma pílula de vitamina D oral. A dose recomendada é de 800 a 1000 UI por dia. Se você está atualmente tomando Velphoro, (oxihidroxido de ferro) não deve tomar suplementos de vitamina D.

• Vitamina E: Antes que você possa entender os maravilhosos benefícios dessa vitamina, você precisa entender o estresse oxidativo. O estresse oxidativo é todo o dano físico feito para o seu corpo, os radicais livres que os antioxidantes não puderam neutralizar. Ele se acumula ao longo do tempo e constrói sobre si mesmo, como roupas suadas em um saco de ginásio. Quanto mais tempo a roupa ficar no saco, pior fica o cheiro.

A pesquisa mostrou que a vitamina E pode reduzir os danos causados ao seu

corpo, o estresse oxidativo, e fazer até mesmo 90 minutos de baixo volume de

exercício semanal ser tão eficaz quanto 150 minutos de exercícios de volume

moderado!

Em grande parte, o estresse oxidativo está mantendo você doente com diabetes. É o que mantém o seu fígado entupido e seu açúcar no sangue fora de equilíbrio. É responsável por seus hormônios não queimarem corretamente

e seus nervos sendo atacados! Reduzir o estresse oxidativo é essencial para o

controle de seu diabetes. A vitamina E é vital. Nozes, sementes e óleos vegetais são boas fontes, mas para garantir que você está recebendo o suficiente, você precisa tomar um suplemento. Para melhorar o estresse oxidativo e controlar a diabetes, tome vitamina E 150 UI três vezes ao dia com as refeições.

• Magnésio (Mg): O magnésio é um mineral que você precisa para muitos

processos corporais. Ele ajuda os músculos e nervos fazer o seu trabalho, o que ajuda a normalizar a pressão arterial e ajuda a fazer proteínas, tecido ósseo e até mesmo DNA. Para você e sua missão de controlar a diabetes, o papel mais importante de magnésio é o efeito que tem sobre o açúcar no sangue. Isso ajuda a quebrar o açúcar e os estudos recentes mostraram um possível efeito na suplementação com magnésio para efetivamente melhorar o controle de açúcar no sangue e reduzir o risco de diabetes tipo 2.

Legumes, nozes, sementes, grãos inteiros, e os vegetais de folhas verdes (como espinafre)

Amêndoas ou espinafre são ótimas maneiras de incluir magnésio em sua dieta. Caju leite de soja e baunilha também são fontes ricas do mineral.

• Zinco (Zn): O zinco é outro mineral essencial necessário para controlar a

diabetes. Ostras são carregados com zinco! Uma única porção de ostras tem quase cinco vezes a quantidade diária recomendada de zinco, mas o zinco não

é armazenado no corpo. Isto significa que se as ostras são sua única fonte

deste nutriente, você teria que comer ostras todos os dias para ter certeza de

obter o suficiente de zinco! Caranguejos e lagostas também fornecem zinco. Se você não é um amante de frutos do mar, experimente alguns feijões assados vegetarianos, grão de bico ou castanha de caju.

Alguns estudos recentes têm sugerido que tomar zinco adicional pode ajudá-lo

a utilizar a insulina do seu corpo de forma mais eficaz e a estabilizar o açúcar

no sangue. Isto é devido ao papel ativo que o mineral desempenha na produção de insulina. Uma das maneiras recomendadas para garantir que você obtenha o suficiente de zinco é a utilização de pastilhas de gluconato de zinco. Esta forma do mineral é melhor absorvida pelo seu corpo. 50-80 mg por dia é a dose recomendada para controlar a diabetes. Não exceda 100 mg de zinco

suplementar diária, porque doses elevadas podem ter um efeito desfavorável no seu sistema imunológico.

• O fósforo (P): O fósforo é por vezes referido como fosfato. Isso ajuda no

corpo para filtrar resíduos nos rins. É também necessário para transformar

gorduras, carboidratos e proteínas em energia utilizável e por isso é crucial para o controle da diabetes. Cada célula e tecido em seu corpo depende do fósforo recarregar, crescer novamente e se manter saudável e trabalhando em equilíbrio com o resto do seu corpo. Ao lado do cálcio, você tem mais fósforo em seu corpo do que qualquer outro mineral.

Você pode ter certeza de obter o suficiente de fósforo incluindo alimentos como salmão e vieiras na sua dieta. Castanhas, tofu e lentilhas são boas fontes também.

Outros remédios da natureza

• Pycnogenol: Pycnogenol é feita a partir da casca da árvore Pinus pinaster. Às vezes é chamado de extrato de casca de pinheiro, porque o nome comum da árvore de onde é retirado é pinheiro marítimo francês. Ele é usado para muitas doenças e distúrbios, incluindo a diabetes porque contém substâncias que podem ser capazes de melhorar a circulação do sangue através dos vasos sanguíneos. Ele também pode reforçar a imunidade do corpo e ajudá-la a eliminar toxinas. Todos estes efeitos podem diminuir o estresse oxidativo, o que ajuda a controlar a diabetes. Mas há mais!

Estudos têm mostrado que este produto retarda a digestão de carboidratos complexos como amidos e açúcares, de modo que eles sejam absorvidos pela corrente sanguínea a uma taxa mais lenta. O resultado é níveis de glicose no sangue mais estáveis e reduzidos, um fígado e pâncreas saudáveis e um corpo livre de diabetes.

Pycnogenol é seguro e está na lista GRAS. Nenhum efeito colateral grave tem sido associado com o seu uso. A dose habitual é de um miligrama por quilograma de peso corporal, mas para controlar a diabetes, tome 100 mg todos os dias.

• Mullaca: Mullaca é outro item poderoso para controlar a diabetes. Ele é usado extensivamente no Peru e também no Brasil como planta medicinal herbal para uma variedade de doenças. Às vezes, a planta é conhecida como bolsa mullaca. Quase todas as partes da planta servem a um propósito único

na medicina herbal peruana. As folhas são usadas para fazer uma infusão para tratar a hepatite e as hastes são fervidas em um chá para tratar a malária e asma. No Brasil, herbalistas usam a planta para o tratamento de artrite reumatoide, doenças da pele e doenças do rim, da vesícula biliar, do fígado e febre. É também usado como um diurético e como um sedativo.

Para tratar a diabetes, três plantas Mullaca são colhidas, as raízes são cortadas em fatias finas e cobertas com um quarto de litro de rum. As raízes ficam marinando no rum durante uma semana antes do mel ser adicionado. 1/2 copo da mistura é tomada duas vezes por dia.

• Refeições com alpiste: As sementes são surpreendentemente benéficas. Elas são carregadas com lipase, uma enzima que ajuda o corpo a purificar os depósitos de gordura prejudiciais, são ricas em proteínas e aminoácidos estáveis e deixam para trás os antioxidantes nocivos. Elas estão cheias de fibra, potássio e cálcio e uma fonte rica de magnésio e ácido fólico.

Alpistes contêm mais potássio que bananas e mais cálcio do que muitos produtos lácteos. Eles são particularmente eficazes na limpeza e desintoxicação do fígado e pâncreas. Eles aumentam eficazmente o número de hepatócitos (células de fígado) no corpo, o que ajuda a baixar o açúcar no sangue e no controle da diabetes. Reduzem os níveis de colesterol e ajudam a reduzir a inflamação. Eles ajudam as pessoas que sofrem de gota e artrite reumatoide e úlceras gástricas.

• Neem: A árvore neem se originou na Índia e tem sido usada por centenas de anos para tratar diversos distúrbios e condições médicas. Suas folhas são a parte mais valiosa da árvore, mas a casca e as sementes também são benéficas. Compostos que combatem o câncer e antioxidantes são encontrados na folha de neem e são usados para tratar de tudo, desde problemas de boca e gengiva a infecções da bexiga. A propriedade mais importante da folha de neem pode ser a sua capacidade para ajudar a controlar os níveis de glicose.

Neem funciona nas células beta do pâncreas para estimulá-las a produzir insulina. Ele também pode ajudar a melhorar a circulação e é um maravilhoso

agente desintoxicante para todo o seu organismo, incluindo os rins. Ajuda a melhorar a circulação e as feridas que você tem, cicatrizam mais rapidamente com o melhor fornecimento de sangue. Neem está disponível em saquinhos e é facilmente fabricado em um chá para beber duas vezes por dia.

Supermercado e a sua despensa

Aderir a um plano de alimentação nutritiva será muito mais fácil se a sua cozinha, geladeira e despensa estiver bem abastecida. Se você está cansado depois de um longo dia, ter algo a mão para preparar o ajudará a resistir à tentação de chamar uma entrega de pizza ou se contentar com um sanduíche de pão branco.

Sempre que puder, tente comprar alimentos frescos que sejam orgânicos. Sempre lave o produto antes de consumi-lo e verifique o rótulo dos ingredientes adicionados. Comprar alimentos orgânicos exclusivamente pode ser muito caro, por isso, se você tem que ser seletivo sobre o que você compra, é melhor comprar os alimentos que tendem a ser o mais alto em pesticidas de um produtor orgânico. Tente comprar produtos locais sempre que puder, embora algumas coisas que vêm de fontes convencionais também possam ser cultivadas organicamente.

Geralmente é melhor comprar aves orgânicas, peixe e ovos também, para evitar o risco de consumir quaisquer antibióticos ou hormônios que possam ter acumulado nos tecidos animais. Algumas aves não são mantidas em gaiolas, de modo a produzir menos ácidos inflamatórios para passar para você. Elas vivem uma vida livre de estresse fazendo o que quer que seja que as galinhas fazem!

No corredor do mercado há uma dúzia de frutas e vegetais, chamados de a dúzia suja, que os produtores tendem a tratar com uma maior quantidade de pesticidas e produtos químicos. É importante comprar variedades orgânicas destes 12 alimentos, se possível:

• Maçãs

• aipo

• Tomate cereja

• Pepinos

• Uvas

• Nectarina

• Pêssegos

• Batatas

• ervilhas

• espinafre

• Morangos

• pimentão doce

Pimentas e couve também foram adicionadas à lista este ano como tendo muitos pesticidas. O produto orgânico ainda precisa ser muito bem lavados!

Saiba o que procurar no rótulo e não se deixe enganar por palavras como "natural" "toda a natureza" ou "feito pela natureza." Até mesmo a palavra "orgânico" não é de confiança. Um produto deve dizer "certificado de cultivação orgânica" para garantir que ele foi cultivado 100% livres de pesticidas nocivos, produtos químicos ou fertilizantes.

Todas as vezes que você puder, compre somente nas feiras. É aí que toda a boa comida está. A "comida falsa" vive em caixas e enlatados. Leia os rótulos e não compre nada que tenha mais de 10 ingredientes listados ou que contenha qualquer coisa que você não possa pronunciar na lista de ingredientes. Pratique seguir a "regra de podridão." Se ele iria durar mais de três dias no seu balcão, não o compre. Tem conservantes.

A natureza é a resposta

Curar a diabetes não precisa envolver medicamentos caros, procedimentos dolorosos ou telefonemas frustrantes com a empresa de plano se saúde. A natureza forneceu um controle.

Se você seguir o simples curso que a natureza forneceu, você pode reverter o dano que a diabetes causou. Você tem a resposta para o controle dela, mas você deve seguir as instruções.

Muitas informações e várias idéias foram apresentadas neste capítulo. Algumas das ideias foram simplesmente sugestões. Outras são práticas de vida que você precisa seguir para controlar a diabetes. O seguinte é uma lista de instruções que não são de opcionais:

• Coma somente produtos integrais

• Sem farinha branca. Sem massa branca. Sem arroz branco. Não coma nada

instantâneo

• Coma alimentos frescos inteiros, sempre que possível

• Evite sucos de frutas e vegetais

• Evite alimentos enlatados, se você não pode encontrar frescos, encontre o congelado ou um substituto

• Evite descascar frutas e legumes

• Tome um suplemento de vitamina D 800 UI a cada dia

• Tome um suplemento de vitamina E 150 UI três vezes ao dia

• Tome um suplemento de zinco 40mg por dia

• Tome Pycnogenol 100mg cada dia

• Use alpiste, mullaca, neem por seus efeitos especiais de controle. Encontre- os em lojas de alimentos ou encomende-os on-line

• Continue com os outros hábitos saudáveis que você aprendeu:

Limpeza matinal para o fígado: Continue com isso todas as manhãs, sem falta!

Beba Água: 10 copos de água mineral por dia, todos os dias. Se você está bebendo água filtrada em vez de água mineral, tome um multivitamínico diariamente com minerais.

Evite Açúcar: Remova todas as formas de açúcar da sua dieta. Isso inclui os adoçantes dietéticos como aspartame, sacarina, agave, xarope de malte de arroz e xarope de milho. Use apenas substitutos saudáveis de açúcar: mel,

estévia, frutas e especiarias para dar sabor e adoçar os alimentos.

Evite farinha branca, arroz, massas e GMS: Substitua farinha refinada e grãos por grãos integrais.

Reduza a proteína em sua dieta: não coma carne vermelha. Coma apenas

aves, cordeiro, soja ou peixe e obtenha o resto de sua proteína saudável de nozes, sementes, lentilhas e feijão, grãos frutas e legumes.

Você deve comer: Não pule refeições. Você absolutamente deve comer uma

refeição nutritiva ou um lanche saudável, pelo menos, a cada quatro horas enquanto acordado!

Capitulo Dezesseis: Estresse Oxidativo - Por que se preocupar?

Você foi apresentado ao estresse oxidativo no último capítulo. Talvez a palavra "estresse" dispare um alarme emocional em você. O estresse está ao nosso redor. A palavra "oxidativo" pode ser novo para você, entretanto. O estresse oxidativo é uma nova maneira de olhar para o que em breve se tornará o seu velho modo de vida.

Muitas pessoas que têm esses distúrbios podem até não saber que estão doentes. A doença crônica, muitas vezes leva anos para se desenvolver. Doenças crônico-degenerativas são aquelas que vêm gradualmente e que ficam em volta por um longo tempo. Elas causam uma perda de vida e saúde. Exemplos de doenças crônico-degenerativas são doenças pulmonares crônicas como asma e enfisema, câncer, doenças cardíacas, artrite, fibromialgia, diabetes e esclerose múltipla.

Pesquisas constatam que o estresse oxidativo está desempenhando um papel significativo no desenvolvimento de muitas destas doenças. Existem mais de 200 doenças crônicas que se acreditam serem causadas por radicais livres e o estresse oxidativo. Como isso acontece? O estresse oxidativo ocorre quando os radicais livres de "oxigênio" não são neutralizados por antioxidantes.

No último capítulo, falamos sobre muitos antioxidantes potentes para incluir em sua dieta e outros para usar como suplementos para ajudar a combater os radicais livres nocivos. Além de fazer alterações nutricionais, existem outras maneiras de reduzir a quantidade de estresse oxidativo em seu corpo.

Algumas das estatísticas que lemos hoje não trazem notícias muito boas. Algumas pessoas estimam que:

• 75% da população total na América do Sul tem uma doença crônica;

• 50% sofrem de pelo menos duas doenças crônico-degenerativas;

• Mais de 7% dos brasileiros são diagnosticados com câncer.

Quem você está ouvindo?

Recentemente, muito se tem pesquisado sobre como nossa genética afeta nossas mentes, assim como nossos corpos. Ciência descobriu que alguns de nós nascem com uma tendência a herdar certas doenças. Talvez você tenha nascido com uma predisposição para a doença cardíaca, pressão arterial alta ou diabetes. Talvez esta seja uma má notícia. Talvez você já acreditasse que porque seu pai bebia muito ou tinha artrite severa, você tem um futuro sombrio pela frente também.

Felizmente, a genética é muito mais complicada do que isso! Você tem muitas oportunidades para interferir no que o seu DNA diz que vai acontecer! Pode ser verdade que você nasceu com certas predisposições, mas a maneira como você vive sua vida no dia-a-dia muitas vezes é um fator decisivo na forma como essas tendências específicas acabam funcionando.

A ciência tem nos mostrado continuamente que nossos corpos, mentes e

espíritos estão todos conectados. A maneira como você ouve, fala e trata a si

mesmo vai fazer um tremendo impacto na forma como o seu corpo responde ao estresse. Saiba como alterar suas conversas internas para que elas se transformem em amor-próprio e aceitação. Isto irá levar a níveis reduzidos de stress. Vai precisar de um pouco de prática. Comece prestando atenção ao que você está ouvindo.

Escolha a positiva, refaça o resto

A pessoa mais importante que você precisa ouvir é você! O que você está

dizendo para si mesmo sobre si mesmo? Pare no meio do pensamento e ouça!

Talvez a sua fala soe algo como isto:

“Eu não acredito que perdi a hora de novo! O que há de errado comigo? Eu sou tão estúpido!”

~ Ou ~

“Se eu tivesse sido um pai melhor, meus filhos viriam para casa de vez em quando!”

~ Ou ~

“Todo mundo está ganhando um aumento. O patrão não gosta de meu trabalho!”

Cada vez que você ouvir a si mesmo sendo cruel com você mesmo, pare! Trate-se com respeito. Não diga nada para si mesmo que você não diria para o seu melhor amigo. Mostre o mesmo cuidado amoroso e compassivo para si mesmo.

Se isso soa muito como um “conselho de auto-ajuda”, como se você estivesse olhando para a vida através de lentes cor-de-rosa, não é verdade. Estou falando para você a mais pura verdade. Se não há verdadeiramente nada de bom em uma situação, repense de forma positiva. Veja-a em uma luz diferente

e se conte uma história diferente.

No primeiro exemplo acima, por exemplo, vamos imaginar que você dormiu demais. Foi um erro e não há como fugir disto. Essa é a verdade. Você não é "tão estúpido." Em vez de dizer:

"O que há de errado comigo? Eu sou tão estúpido "

Tente dizer a si mesmo:

"Ah bem. Eu cometi um erro. Todo mundo comete erros

Eu vou ter que me apressar um pouco mais do que eu esperava. "

Observe quem mais está falando

Perceba se quem está presente em sua vida é verdadeiramente útil e solidário. Também anote aquelas pessoas que não são favoráveis. Você está interagindo com as pessoas diariamente que ecoam seus pensamentos negativos? Quando você começar a se tornar mais consciente do seu própria pensamento, as opiniões e as atitudes expressadas por outras pessoas podem surpreendê- lo. Muitas pessoas esperam o pior em todas as situações. Sempre chove em seu desfile. Seu copo está sempre meio vazio.

Repreender-se torna mais difícil se concentrar e escurece o seu pensamento. Ele só aumenta o estresse oxidativo. Isso não ajuda a controlar a diabetes.

Se você começar a ver que as pessoas ao seu redor não são favoráveis a você, considere fazer mudanças. É vital que o seu sistema de apoio seja constituído por pessoas que cuidam e amam apoiá-lo. As pessoas que conhecem e aceitam você como uma pessoa valiosa e única.

Tire um tempo para você

Faça um compromisso de ter tempo para si mesmo. Todos os dias, reserve pelo menos 10 minutos para "não fazer nada". Anseie por esse tempo e não planeje em preenchê-lo. Estes são os seus minutos e somente seus.

Encontre um lugar confortável e livre de distrações para se sentar ou deitar. Tente limpar sua mente e apenas relaxar. Não deixe que as preocupações entrem e roubem a sua paz. Este é o seu tempo. Relaxe os ombros e pescoço. Preste atenção à sua respiração. Observe o mundo ao seu redor. Você pode ouvir todos os pássaros? Sons de tráfego? Existe um relógio? Aproveite para relaxar e acalmar a mente. Respire de forma lenta e profunda, de dentro e para fora. Lembre-se que você está exatamente onde você precisa estar. Você está cuidando de si mesmo e curando sua mente, espírito e corpo.

Quando estiver pronto, levante-se, faça um alongamento suave e continue seu dia.

Gastar tempo com amigos e família

As pessoas que estão em relacionamentos saudáveis são mais saudáveis. É um fato que tem sido cientificamente comprovado vez após vez. Mesmo se você é um introvertido socialmente, tente cultivar uma amizade com pelo menos uma outra pessoa. Ter "amigos" nas redes sociais não conta! Gaste tempo com seus amigos e familiares. Tempo cara a cara, onde você pode compartilhar um pouco de diversão, contar histórias ou simplesmente relaxar juntos.

Qualidade de Sono

Você pode ter algumas razões para não descansar o suficiente. Talvez o seu horário de trabalho seja frenético agora e você espera que irá aliviar em breve. Talvez você tenha um novo bebê na casa, cujo horário de alimentação noturna interrompe seus sonhos. O ronco do seu esposo agita a casa inteira? Seja o que for, há muitas boas razões para não fazer uma boa qualidade de sono uma prioridade.

Há outras maneiras de sono saudável que estão diretamente relacionadas ao controle da diabetes:

• Metabolismo: A privação do sono pode afetar a forma como o nosso corpo

processa e armazena carboidratos e altera os níveis de hormônios que afetam

nosso apetite.

• Humor: perda de sono resulta em irritabilidade, aumento do mau humor e falta

de concentração. Tudo isso leva à diminuição da capacidade natural para lidar com o estresse natural do dia-a-dia da vida.

• A saúde cardiovascular: As pessoas que têm distúrbios do sono mais graves

têm maior incidência de hipertensão arterial e ritmo cardíaco irregular. Eles

também têm um aumento nos níveis de hormônio do estresse do corpo.

• Doença: Não dormir o suficiente altera negativamente a função imunológica do corpo. Isto inclui a atividade de antioxidantes do organismo.

Você precisa de pelo menos 8 horas de sono todas as noites. Se você não pode ficar dormindo ou têm dificuldade em adormecer veja se você pode determinar o que pode ser a causa.

Você provavelmente sabe que quando você não dorme o suficiente, você está mais propenso a acidentes e lesões e dormir também ajuda o cérebro lembrar melhor novas informações.

O exercício pode ajudá-lo a dormir melhor. O horário é importante, entretanto. Exercite-se na parte da manhã ou no início da tarde. Uma caminhada tranquila

a tarde é ok, mas um exercício mais pesado a noite irá deixado mais ligado, e cansa-lo! Faça algum tipo de exercício todos os dias. Mas reserve seus esforços maiores para o início do dia.

Tecnologia aumenta o estresse, mesmo se você acha que isso não acontece. Desligue tudo pelo menos uma hora antes de deitar. Se você não fizer isso, você terá mais chances de ficar acordado para a última parte dos esportes ou até o jornal das 11. Evite a tentação de verificar seu e-mail "uma última vez." Desligue seu telefone celular. Dê tempo ao seu espírito para relaxar de toda a estimulação que a tecnologia lança no seu caminho ao longo do dia.

Você tira sonecas? Se sim, por quanto tempo você dorme durante o dia? Curtos "cochilos de energia" são ótimos se você precisar deles! Pequenas sonecas de não mais que 30 minutos podem ajudar você recarregar as baterias no meio do dia. Se você dormir por mais tempo do que você isso, você corre o risco de ficar acordado à noite.

A cafeína à noite é outro estimulante. Evite-o. Substitua por chá de ervas como

camomila para ajudá-lo a descansar e relaxar. Bloqueie luz e barulho, tanto quanto você puder para sinalizar seu corpo que é hora de descansar. Faça o

seu ambiente escuro e calmo. Se roncos ou vizinhos barulhentos interrompem

o seu sono, tente um par de tampões de ouvido ou ligar um som que reproduza

o som da chuva caindo ou de brisa suave. Você pode até mesmo criar o seu próprio "ruído branco" com um ventilador colocado perto de sua cama.

Se em algumas noites você simplesmente não cair no sono, evite a tentação de ligar a televisão ou computador. Ele só vai estimulá-lo. Leia uma revista, medite ou reze. Ouvir música acalma. Esteja ciente do que você diz a si mesmo, pegue as crenças negativas e as substitua com a verdade. Por exemplo:

“Eu nunca tenho uma boa noite de sono!”

Realmente? Nunca?

ou:

“Eu nunca vou ser capaz de levantar quando o alarme dispara!”

Realmente? Você nunca vai se levantar?

ou:

Eu vou estar tão cansada dirigindo para o trabalho, eu provavelmente vou ter me acidentar na estrada!

Realmente? Isso já aconteceu antes?

Pratique a verdade!

Exercício

Pode ser um pouco difícil para você começar com o exercício se já não faz parte de sua vida. Um monte de pessoas está com medo da ideia de fazer qualquer tipo de exercício, porque acham que precisam estar "em forma" antes de começar. Isso não é verdade. Você começa exatamente onde você está. É onde todo mundo começa.

Se você acha que não tem tempo suficiente, o dinheiro ou o equipamento certo para usar, esses também não são verdade. O exercício não tem de exigir nenhum equipamento especial, você não precisa de qualquer dinheiro e você só precisa encontrar alguns minutos todos os dias ou, pelo menos, a cada dois dias para investir em si mesmo e no controle da sua diabetes.

Livros inteiros foram escritos e inúmeros sites são dedicados ao exercício. Os Estados Unidos formaram um conselho especial dedicado ao tema da aptidão física. É um grande negócio. Um grande negócio saudável! O exercício ajuda o seu corpo fisicamente e emocionalmente a cancelar o estresse. Ele envia soldados para o campo de batalha para combater os radicais livres causadores de doenças. O exercício é uma arma na batalha contra o estresse oxidativo. Ela irá ajudá-lo a controlar a diabetes.

Encontre algo que funciona para você e faça-o da forma que achar mais agradável. Andar a pé é uma das formas mais convenientes, mais baratas e mais toleradas de exercício que existe. Se está quente demais, considere ir ao shopping durante sua hora de almoço e dar algumas voltas. Muitas escolas

abrem suas portas para os caminhantes antes dos filhos começarem a sair. Considere se isso pode ser uma possibilidade.

A natação é outra atividade de baixo impacto que aumenta o número de combate à doença e produtos químicos melhorando o humor em seu corpo. Você não tem que ser um atleta olímpico ou ficar deslumbrante em spandex para chegar na piscina!

Nem todas as academias são criadas iguais. Se você acha que aderir a um "clube de saúde" está fora de seu orçamento, você pode querer pelo menos uma olhada. Algumas associações podem ser muito caras, mas vá conferir. Se tudo o que você realmente precisa é de uma esteira para que você possa caminhar durante os meses de inverno, uma academia básica é tudo que você precisa. Se você está à procura de um clube que tem uma piscina, procure isso. Você precisa ser criativo em seu orçamento, mas você vale a pena! Você deve se exercitar para controlar a diabetes. Comece pequeno, mas comece! Exercite-se pelo menos 20 minutos, três vezes por semana e tente construir gradualmente até uma hora.

Passatempos

Às vezes as pessoas ficam com seus hobbies, sono, trabalho e família tudo misturado no mesmo cesto. Se você costuma dormir porque você está entediado e deprimido, isso provavelmente não é um hobby saudável. Se você se exercita todos os dias quando você se levanta de manhã, isso é hobby ou é um hábito? Se um homem trabalha como mecânico em uma garagem durante todo o dia e, em seguida, mexe em carros antigos em casa, em sua loja a noite toda, isso é saudável? Uma mulher que só passa o tempo com sua família nos fins de semana, pode chamar os filhos dela de "hobby".

Todo mundo gosta de coisas diferentes e tem diferentes quantidades de tempo e dinheiro para investir em suas atividades. Alguns dos passatempos mais fáceis e mais acessíveis incluem:

• Desenho ou pintura • Caminhar, correr ou fazer jogging

• Cozinhar

• Caminhadas

• Jardinagem ou observação de pássaros

• Leitura, individualmente ou aderir a um clube do livro

• tricô ou crochê, bordado

• Aprender uma nova língua

A lista é realmente interminável. Você pode se conectar com a natureza através da fotografia ou se conectar com as pessoas indo a uma aula de dança de salão. Contanto que você aprecie o que você está fazendo, realmente não importa o que você escolher. Relaxe e divirta-se!

Um hobby é uma atividade que na qual você torna-se interessado ou envolvido, diferente do que você faz como uma fonte de renda ou para ganhar a vida. Sua principal razão para fazer a atividade é para lhe trazer prazer! Segundo pesquisas, as pessoas que têm hobbies são mais saudáveis do que aquelas que não os tem e também possuem menor risco de desenvolver depressão e demência. Hobbies também ajudam a diminuir o estresse oxidativo.

Capítulo Dezessete: Seu pâncreas e rins - Melhoria Especial

Gengibre

O pâncreas é especialmente suscetível aos efeitos nocivos do estresse

oxidativo em diabéticos tipo 1, mas todo mundo precisa tomar precauções especiais para proteger este órgão vital. Quando as toxinas não são

controladas ou o pâncreas está em um estado de doença, pode ocorrer desequilíbrios hormonais no pâncreas e doenças graves podem resultar.

Seus rins necessitam de atenção especial. Cada pequena toxina adicionada ao seu corpo irá prejudicar suas principais funções e vai fazê-los funcionar de forma inadequada.

O gengibre é um pouco confuso. É uma erva? É uma especiaria? É

medicamento? Mesmo que às vezes seja chamada de raiz de gengibre, ela não é realmente uma raiz, é um tronco. Ela cresce debaixo da terra e parece uma raiz. Curandeiros antigos na Índia e China têm usado por suas propriedades curativas para mais de 3000 anos!

O gengibre é um poderoso antioxidante. É um agente de cura anti-inflamatória

e que ajuda a reduzir a dor, inchaço e rigidez associada com artrite, aumentando o fluxo de sangue para as articulações irritadas. Reduz a dor da enxaqueca e é ótimo para aliviar distúrbios gastrointestinais, como indigestão e

náuseas. Ele também diminui gases e inchaço abdominal.

Um estudo recente provou que o gengibre tem um efeito positivo sobre o estado de saúde dos diabéticos. Os doentes tratados com gengibre

demonstraram:

• níveis de açúcar no sangue menores quando em jejum • níveis de HbA1c menores: isso também é conhecido como hemoglobina glicada. Ele fornece uma média de glicose no sangue durante um longo período de tempo, medindo a quantidade de danos causados às células

vermelhas do sangue por açúcar.

• diminuição na necessidade de insulina

• diminuição da resistência à insulina

• Diminuição dos níveis de triglicerídeos

• Diminuição dos níveis de colesterol total

• (CRP) níveis diminuídos de proteína C-reativa: este é um teste de sangue que indica a presença de inflamação

• A prostaglandina E2 (PGE2): um outro exame de sangue que indica inflamação

Os Estados Unidos NIH (Institutos Nacionais de Saúde) declarou em um artigo publicado on-line no PubMed, da National Library of Medicine, serviço de busca da internet pública:

"Gengibre melhorou a sensibilidade à insulina e algumas frações de perfil lipídico e redução da CRP e PGE2 em pacientes diabéticos tipo 2. Portanto, o gengibre pode ser considerado como um tratamento eficaz para a prevenção de complicações da diabetes."

Você precisa incluir o gengibre em sua rotina diária. É absolutamente necessário para controlar a diabetes. Aqui está uma receita fácil para o chá de gengibre:

Chá de Gengibre Matinal

4 xícaras de pura água mineral ou água filtrada

5cm de raiz de gengibre fresco, descascado e cortado em fatias finas

Meça a água em uma panela e leve para ferver. Assim que ferver, adicione o gengibre. Abaixe o fogo, tampe a panela e deixe ferver por 15 minutos. Coe o chá e adicione mel para adoçar e limão a gosto. Divirta-se!

Cedro baga

Cedro baga são os pequenos frutos de pequenas árvores ou arbustos que crescem no sudoeste dos Estados Unidos. As partes da árvore que são usadas

para o controle são as sementes e as vagens que prendem as sementes. Eles são capazes de ajudar especificamente o pâncreas a melhorar, promovendo o crescimento celular.

Estilo de vida: Pequenos hábitos podem mudar sua vida

• Um banho quente todas as noites: Melhore o fluxo de sangue para o pâncreas

com um banho quente diário todas as noites antes de ir para a cama. Esfregue

a pele com uma esponja para estimular a circulação.

• O exercício físico: Pratique o exercício de Ioga chamado “Saudações ao sol”. Este exercício envia calor e uma fonte nutritiva de sangue para os órgãos. O

dobrar das costas estimula o pâncreas, enquanto a curva para a frente nutre as células com um rico suprimento de sangue oxigenado. As instruções para os exercícios de ioga estão no final deste capítulo.

• O exercício físico: Pratique a posição de Ioga chamada “Pose de cobra”.

Dobre-se para trás, como uma cobra, estique os músculos abdominais e tonifique os órgãos.

• O exercício físico: Pratique o exercício de Ioga chamada "Pose de descanso". Esta postura dá ao seu corpo uma chance de tornar integrar todos os benefícios de sua sessão de exercícios.

Ioga e você

O hábito diário de uma rotina regular de ioga irá ajudá-lo a construir a força e flexibilidade, mas mais importante, irá aumentar a circulação, fortalecer o coração e os pulmões, ajudar a acalmar a sua mente, diminuir o estresse e manter o corpo em equilíbrio. Pesquisas descobriram que o ioga é eficaz em diminuir os níveis de pressão arterial, bem como os níveis de açúcar no sangue. Esta é outra ferramenta importante para que você possa melhorar a diabetes.

Você não tem que estar 100% a bordo das crenças religiosas orientais para beneficiar-se dos básicos princípios de ioga. Você pode meditar sobre suas

próprias crenças e convicções pessoais durante as fases que exigem reflexão

e introspecção. Você nem precisa chamar esses exercícios de "ioga." Só saiba que eles funcionam e se comprometa a fazê-los!

Para controlar a diabetes, pratique exercícios durante pelo menos 30-45 minutos, pelo menos 3 vezes por semana. A melhor hora para praticar é de manhã, simplesmente porque é melhor fazer ioga quando o estômago está vazio: 3-4 horas após a ingestão. Tente não beber nada cerca de uma hora antes de sua sessão de ioga. Pratique em uma área brilhante e organizada, onde você não será perturbado ou distraído. Não faça exercícios no chão duro. Se você não tem um colchão de ioga especial, utilize o tapete. Vista-se em roupas confortáveis e folgadas.

Saudações ao sol

Este exercício de ioga é uma série de posturas que fazem o seu sangue circular enquanto o seu corpo se conecta com a sua respiração.

• Fique em pé na borda frontal do seu tapete, pés aproximadamente na largura

do quadril.

• Inspire e, ao respirar, levante os braços acima da cabeça. Expire, baixando os braços, enquanto se dobra para a frente.

• Inspire e, ao respirar, alongue sua coluna para fora antes de você avançar.

Expire e dobre para a frente. Coloque as palmas das mãos, na largura dos ombros, e caminhe de volta para seus pés como um cachorro olhando para baixo. Seu corpo estará em forma de V, de cabeça para baixo.

• Inspire e, ao respirar, traga seus ombros sobre suas mãos (como se estivesse

começando a fazer uma flexão). Expire e abaixe o corpo ligeiramente para a frente.

• Inspire e, ao respirar, alongue sua coluna para frente e levante a cabeça e os

ombros para a pose da cobra. Expire e dê um passo atrás como um cachorro olhando para baixo.

• Inspire e, ao respirar, ande para suas mãos e alongue a coluna para a frente da sala. Expire e dobre para a frente.

• Inspire e, ao respirar, levante-se para alcançar seus braços sobre sua cabeça. Expire e relaxe os braços para o lado.

• Repita toda a série, pelo menos, quatro vezes.

Pose de cobra

A pose da cobra é uma maneira muito simples, mas energizante, de alongar,

relaxar e aumentar a toda a sua circulação dentro de poucos minutos.

• Comece deitando de bruços em sua esteira ou no tapete com os pés juntos, dedos apontando para trás.

• Coloque as mãos no chão perto de seu corpo, com as palmas para baixo e

apoiados no chão perto de suas costelas. Seus cotovelos serão dobrados. É ok

ficar com a cabeça erguida e olhando adiante.

• Inspire e, enquanto respira, empurre o seu peso fora de suas mãos, erguendo

a cabeça e o tórax para fora de seu tapete ou carpete e inclinando a cabeça para trás.

• Tente sentir o seu peito se movendo para a frente, bem como para cima. Isso ajudará a evitar sobrecarregar os músculos da parte inferior das costas.

• Não se surpreenda se você não puder levantar o seu peito muito longe do

chão. Esta postura é mais difícil do que parece e, normalmente, envolve pequenos movimentos graduais, em primeiro lugar.

• Sempre ouça o seu corpo ao fazer ioga para evitar lesões. Não empurre-se para além de suas limitações.

Postura de repouso

Deite-se de costas com os pés ligeiramente afastados, braços para os lados, com as palmas voltadas para cima. Feche os olhos e se concentre-se em sua respiração por cinco minutos.

Não se esqueça da água

Lembre-se que dez copos de água não incluem quaisquer outras bebidas. Seu limpador matinal diário não conta para esses dez copos. Nem o seu chá da

tarde. A importância da água não pode ser mais enfatizada. Você deve ter uma dieta saudável e tomar vitaminas, minerais e substâncias especiais para ajudar

o seu fígado, rins, pâncreas e todos os seus outros sistemas corporais a lutar

contra os radicais livres e vencer a batalha contra o estresse oxidativo. Mas

isso significa que há resíduos de produtos que serão deixados em seu sangue e fluidos corporais que precisam ser excretados.

Uma forma de se livrar do lixo é a transpiração. É normal você suar e você pode notar que quanto mais você sua, mais o seu corpo começa a melhorar. Está ficando livre de resíduos tóxicos! Enquanto você perde fluidos corporais através da transpiração, eles precisam ser substituídos.

Outras maneiras do seu corpo se livrar de resíduos são através de seu trato intestinal em evacuações e através dos seus rins na urina. Quando você está saudável e ingerindo água suficiente, a urina deve ser incolor ou amarela muito fraco. Urinar ou defecar nunca deve ser doloroso.

Água não apenas trabalha no processo de desintoxicação do fígado, ela também permite que as toxinas filtrem mais rápido através de seus rins. Isso significa que o pâncreas é mais saudável quando você bebe quantidades adequadas de água. Quanto é suficiente? Pelo menos dez copos por dia.

Capítulo Dezoito: Álcool e Diabetes

Álcool e seu fígado

Mesmo para aqueles que não têm diabetes, a desfunção hepática causa doenças e morte em todo o mundo. Só nos Estados Unidos, mais de 2 milhões de pessoas sofrem de doenças hepáticas relacionadas ao consumo de álcool, por exemplo. Normalmente, a doença hepática afeta pessoas que abusaram da bebida alcoólica durante vários anos. Compreender como e por que isso acontece pode ajudar a compreender como isso se relaciona com você, como um diabético.

O fígado funciona de muitas maneiras diferentes para manter o corpo

equilibrado, trabalhando e saudável. Ele armazena energia e nutrientes. Ele fabrica proteínas e enzimas para que o corpo funcione e para lutar contra as doenças. O fígado também filtra os resíduos perigosos que seu corpo não pode usar e que são potencialmente perigosos, incluindo o álcool.

O fígado decompõe quase todo o álcool que uma pessoa ingere. Mas, no

processo de quebrar o álcool, ainda mais subprodutos tóxicos são produzidos. Estas toxinas danificam as células do fígado, causam inflamação e enfraquecem a imunidade natural do seu corpo. Se não for tratada, podem afetar a função de outros sistemas vitais, também.

A hepatite alcoólica não causa sintomas em todas as pessoas. Se você

desenvolver, sinais da doença podem incluir perda de apetite, febre, náuseas e

dor abdominal e confusão.

Até alguns dias bebendo muito, podem acumular gordura no fígado por causa destes subprodutos tóxicos. Esta condição é chamada de "fígado gordo" e é um estado precoce da doença hepática alcoólica. O excesso de gordura no fígado o impede de fazer o seu trabalho de filtragem e proteção. Pessoas com esta condição estão em maior risco para transtornos e inflamação do tecido, do que aqueles que não bebem álcool. Existem dezenas desses transtornos que incluem artrite reumatoide, hepatite e diabetes.

A fibrose é um outro transtorno do fígado causada pelo consumo excessivo de álcool. Quando o álcool é metabolizado no fígado, ele produz substâncias altamente tóxicas. Estas substâncias podem causar inflamação no fígado, um quadro conhecido como hepatite alcoólica. Se essa inflamação persistir cronicamente, surgem cicatrizes no órgão (fibrose). Quando a fibrose é muito extensa, o fígado lentamente começa a deteriorar-se e morre. Esta condição é chamada de cirrose. Quando isso acontece, o fígado não consegue eliminar toxinas, metabolizar gorduras, absorver nutrientes ou executar qualquer uma das funções essenciais que são necessárias para sustentar a vida. Muitas complicações acontecem como resultado da cirrose, incluindo icterícia, resistência à insulina, diabetes tipo 2 e câncer do fígado.

Álcool e seu pâncreas

Muitas pessoas sabem que o álcool causa danos ao fígado, mas o fato de que ele danifica o pâncreas pode ser surpreendente. A pancreatite é um problema de saúde que muitos americanos estão familiarizados. Todos os anos, mais de 200.000 pessoas nos Estados Unidos são hospitalizadas por causa disso. Muitas dessas pessoas bebem muito álcool. Sabe-se que o consumo pesado e habitual de álcool danifica o pâncreas e é uma causa comum de pancreatite.

Lembre-se que o pâncreas tem um papel importante na digestão e que transforma os alimentos em combustível utilizável para o seu corpo. Ele expele enzimas que digerem carboidratos, proteínas e gorduras no intestino delgado. Também expele insulina e glucagon. Esses hormônios controlam a forma como o corpo usa a glicose e garantem que o adicional é colocado em armazenamento ou como glicogênio ou como gordura.

Quando o álcool é consumido e quebrado no corpo, uma substância chamada acetaldeído é produzida. Esta substância é um veneno. Não só isso, o álcool também faz o pâncreas expelir os sucos digestivos que são destinados a ir para o intestino delgado para ser expelido internamente em seu lugar. Estes também são prejudiciais para o pâncreas.

Uso excessivo e continuo de álcool provoca a inflamação do pâncreas e inchaço dos tecidos e vasos sanguíneos, levando à pancreatite. Nesta

condição, o pâncreas não consegue funcionar corretamente. Se pancreatite vem de repente, ela é chamada de "pancreatite aguda." Se o consumo excessivo de álcool continua, a inflamação se torna constante resultando na "pancreatite crônica".

Pessoas que bebem demais muitas vezes não percebem que seu pâncreas está danificado até que eles tenham um ataque de pancreatite. Um ataque de pâncreas agudo inclui sintomas tais como:

• Dor abdominal

• Náuseas, vômitos, diarreia

• Febre

• Pulso rápido

• Transpiração excessiva

A pancreatite crônica reduz muito a capacidade do pâncreas de fazer seu trabalho e isso leva a diabetes. Eventualmente, a pancreatite crônica pode destruir o pâncreas e causar a morte.

Álcool e sua vida

Todas as suas tentativas de limpar o fígado e o pâncreas, acrescentando as saudáveis vitaminas, minerais, suplementos e fibras, beber bastante água e tomar banho, e se exercitar, relaxar e gerir o estresse podem ser desfeitas em questão de minutos.

Quando você consome álcool, seu fígado está ocupado limpando o lixo tóxico para fora de seu sangue, e a sua capacidade de liberar glicose é diminuída. Porque a produção de glicose é reduzida, você está em risco por causa da baixa de açúcar no sangue. Demora duas horas para apenas um pouco de álcool ser processado ou metabolizado e deixar seu sistema. Isso significa que seu corpo está sujeito aos subprodutos nocivos do álcool por muito tempo depois que você toma o seu último drinque. Mesmo pequenas quantidades de álcool têm o mesmo efeito.

• Níveis de açúcar no sangue são reduzidos pelo álcool, não apenas enquanto

você bebe, mas pelo menos nas próximas 24 horas depois de beber. Às vezes,

até mais do que isso. O álcool é conhecido por afetar negativamente a sua capacidade de tomar boas decisões. Você pode não reconhecer que você está hipoglicêmico e incapaz de tratar os seus sintomas. Outros podem confundi-lo como sendo simplesmente bêbado e não tratá-lo adequadamente, levando a hipoglicemia severa.

• As bebidas alcoólicas estão frequentemente cheias de carboidratos, mas eles não ajudam a equilibrar o baixo açúcar no sangue causado pelo álcool. Elas são muitas vezes puro açúcar. Brancos perversos.

Não mantenha o álcool em casa. Quando estiver em festas, ofereça-se para ser o motorista designado. Quando você sair para comer, peça chá ou mantenha o seu copo cheio de água mineral. Há muitos perigos nesta droga para deixá-la estragar tudo o que você tem de bom!

Capítulo Dezenove: O fumo e a diabetes

Nas últimas décadas, mais e mais motivos para parar de fumar foram descobertos. Se você ainda é um fumante e ainda não sabe pelo menos um bom motivo para sair, você é surdo e cego ou você perdeu o seu olfato! Fumar fede! Em mais de um sentido!

Se você ainda está fumando, talvez já tenha tentado parar de fumar no passado. Se você tentou, não desanime. As estatísticas estão do seu lado! Dizem-nos que quanto mais vezes você tentar, maiores suas chances de ser bem-sucedido! Não desista! Tente novamente. Quebrar o hábito do cigarro é ainda mais importante para controlar a diabetes.

Ser diabético ou ter resistência à insulina o coloca na categoria de "alto risco" para o desenvolvimento de complicações que envolvem quase todos os órgãos do seu corpo. Especialmente em risco estão os seus nervos, olhos, rins, vasos sanguíneos e seu coração. O que diminui o risco de complicações é manter o açúcar no sangue equilibrado e manter seu corpo livre de inflamação. Fumar lhe apresenta um desafio em ambas as áreas.

As pessoas que fumam geralmente têm níveis sanguíneos mais elevados de hemoglobina A1C. Níveis de hemoglobina A1C de diabéticos são verificados para medir o quanto estáveis ficaram os níveis de açúcar no sangue ao longo dos últimos três meses. Uma leitura de A1C elevada de hemoglobina sinaliza um pobre controle de açúcar no sangue. Pobre controle de açúcar no sangue aumenta o risco de complicações diabéticas.

Os pesquisadores descobriram que a nicotina nos cigarros é o componente que faz com que haja um aumento nos níveis de hemoglobina A1C do fumante. A nicotina aumenta a hemoglobina A1C em até um terço! Quanto mais nicotina você consumir, maior será o seu nível de hemoglobina A1C.

Fumar e você

Além do efeito que tem sobre os seus níveis de açúcar no sangue, fumar também aumenta a sua pressão arterial. Pressão arterial mais elevada coloca o seu coração e os rins sob mais estresse e tensão. Estes dois órgãos vitais já estão em risco de complicações por causa da sua diabetes. Ainda mais, o fumo limita a quantidade de oxigênio disponível para os órgãos e tecidos. É uma combinação mortal.

Você pode fazê-lo

Muitas pessoas deixaram de fumar e você também pode. Há muitas maneiras de parar e uma delas irá funcionar para você. Algumas pessoas param de uma hora para outra. Outros acham que é mais fácil se eles diminuírem gradualmente o número de cigarros que fumam por dia. Alguns, aparelhos de cessação de fumar, como adesivos de nicotina ou gomas de mascar. Lembre- se que substitutos de nicotina contém o ingrediente (nicotina) que aumenta o açúcar no sangue, por isso, se você usar um produto que a contém, os seus níveis de glicose no sangue podem ficar altos, pelo menos por algum tempo, depois que você parar de fumar. Aconselhamento, hipnose e acupuntura são outros métodos de parar que alguns acham bem sucedidos.

Tire algum tempo para pensar sobre quando, como e por que você vai parar. Às vezes as pessoas desistem porque os cigarros custam muito caro e elas não podem dar-se ao luxo de fumar. Então no dia do pagamento, elas param em um posto de gasolina para encher o tanque do carro e tem algum dinheiro extra e cedem ao maço de cigarros. Afinal de contas, elas trabalharam durante toda a semana, certo? Poupar dinheiro pode ser um bônus, mas pode não ser motivo suficiente para parar.

Se os seus filhos ou seu parceiro querem que você pare, você pode sentir-se amargo e ressentido. Fumar pode ser uma parte muito pessoal de quem você é. Uma maneira de relaxar que não pode ser plenamente compreendida por alguém que nunca fumou ou que não tenha tido o hábito. Tente não fazer o

desejo de outra pessoa ser o seu próprio. Isso é algo que você precisa para si mesmo. Algo que você faz para você!

Para se preparar para parar, comece como se você estivesse planejando fazer um grande projeto de remodelação em casa. Faça uma lista das razões pelas quais você quer parar com a mais importante em primeiro na lista. Em seguida, faça uma lista do que você pode precisar para ajudar a ser bem-sucedido. Em seguida, defina uma data para parar. Em sua data de parada, jogue fora todos os seus cigarros e jogue fora todos os seus isqueiros e fósforos também. Certifique-se de verificar os seus veículos e bolsos do casaco, gavetas e outros lugares onde você possa ter escondido cigarros também.

Aqui está uma lista de dicas para ajudar você a lidar:

• Experimente chupar um pedaço de canela em vez de um cigarro. É

aproximadamente o mesmo tamanho, tem um ótimo gosto e tem alguns benefícios de saúde surpreendentes!

• Passatempos que mantêm as mãos ocupadas podem ser úteis. Tente tricô,

Sudoku, palavras cruzadas ou leitura

• Quando o desejo de fumar bater, vá para uma caminhada. O exercício ajuda

com ânsias.

• Se o desejo bate, tome um banho. É impossível fumar no chuveiro.

• Explore a internet. Existem milhares de recursos on-line para ajudá-lo. Utilize termos de busca como "parar de fumar" ou "desistir de cigarros".

• Beba muita água. A água vai ajudar a eliminar a nicotina do seu corpo.

E-cigarros

Estes "cigarros" tornaram-se muito populares e são fumados do mesmo modo que os cigarros tradicionais. A diferença é que em vez da nicotina ser misturado com produtos químicos perigosos do jeito que está em um cigarro normal, e-cigarros contêm uma forma mais pura de nicotina que se transforma em um vapor e é inalada pelo fumante.

Algumas pessoas pensam que estas são uma alternativa mais segura para os cigarros tradicionais e até mesmo pensam em usá-las para deixar de fumar,

mas elas não têm sido consideradas seguras. A nicotina em alguns casos tem uma concentração muito mais forte e pode conter substâncias cancerígenas. Elas não devem ser utilizadas como uma alternativa mais segura ou como uma terapia para parar de fumar.

Escolha o seu motivo. Escolha a sua data. Pare. Faça isso por você.

Capítulo Vinte: Que deixar de fora e o que adicionar

Você já leu uma grande quantidade de informação nas últimas cem páginas deste livro. Algumas delas podem ter sido novas, algumas você pode já conhecer. As próximas páginas servirão como um guia rápido para você consultar nos próximos dias. Reveja-os agora. Leia de volta, fazendo anotações e referências. Use este livro de forma que o ajude a ter sucesso.

Ingredientes necessários para controlar a diabetes (não opcional):

• Limpeza matinal diária para o fígado: todos os dias

• Água: beber 10 copos de água mineral por dia, todos os dias. Se você está bebendo água filtrada em vez de água mineral, tome um multivitamínico diariamente com minerais.

• Refeições e lanches regulares: comer algo nutritivo cada quatro horas

enquanto acordado!

• Oito horas de sono todas as noites

• 10 minutos todos os dias para não fazer nada. Nada. Absolutamente nada.

• Um banho quente todas as noites

• Falar de forma positiva consigo mesmo

• Ter uma rede de apoio de amigos e familiares

• 30 minutos de Ioga, pelo menos, três vezes por semana

• 20 minutos de exercício pelo menos três vezes por semana

• Ingerir produtos de grãos inteiros

• Ingerir produtos integrais, alimentos frescos sempre que possível; e produtos ocasionalmente congelados

• Ingerir suplemento de vitamina D 800 UI a cada dia

• Vitamina E 150 UI, suplemento três vezes ao dia

• Zinco suplemento de 40 mg ao dia

• Pycnogenol 100mg cada dia

• Alpiste, suplemento de refeição

• Suplemento Mullaca

• Suplemento Neem

• Chá de raiz de gengibre por dia

• Use mel e estévia com moderação, como adoçantes

Ingredientes essenciais para deixar de fora de sua vida

• Açúcar

• álcool

• Tabaco

• Carne vermelha

• Todos os substitutos do açúcar e adoçantes que não sejam estévia e mel

• GMS

• Farinha branca, macarrão branco, arroz branco

• Alimentos instantâneos e pré-processados

• Alimentos enlatados

• Sempre descascar frutas e legumes: comer as peles e cascas sempre que puder

• Frutas e sumos de vegetais

Diabetes é mortal, mas pode ser controlada e, como eu disse, pode ocorrer em apenas 19 dias, se você manter a dieta. Você tem o poder e agora você tem os recursos para assumir o controle de sua vida e viver do jeito que você quer viver: livre da doença. Saudável e feliz. Com esperança. Sendo um modelo para os outros. Testemunhe o fato de que o controle da diabetes não é encontrado numa prateleira da farmácia, na extremidade de uma agulha ou numa sala de operações. O controle da diabetes estava lá o tempo todo. Na natureza.

O que comprar lista (versão para impressão, basta marcar quando tiver comprado tudo na lista)

Produtos para comprar e seu uso:

Limões para desintoxicante matinal Vinagre de maçã para desintoxicante matinal O mel puro para desintoxicante matinal, chás Cúrcuma para desintoxicante matinal Pimenta-caiena para desintoxicante matinal Alecrim para desintoxicante matinal

Limões para limonada nos almoços Estévia como adoçante Aves domésticas para almoços e jantares Cordeiro para almoços Peixe para almoços e jantares Ovos Para café da manhã, almoços e jantares Feijões Para almoços

Grãos integrais para almoços, jantares Soja para café da manhã, almoços, jantares Alface para café da manhã, almoços, jantares Cenouras para café da manhã, almoços, jantares Pepinos para café da manhã, almoços, jantares Pimentas para café da manhã, almoços, jantares Cebolas para café da manhã, almoços, jantares Espinafre para café da manhã, almoços, jantares Tomates para café da manhã, almoços, jantares Espargos para café da manhã, almoços, jantares Brócolis para almoços, jantares Maçãs para lanches Pêssegos para lanches Ameixas para lanches Salmão para almoços, jantares Alpiste para almoços, jantares

Neem como suplemento Mullaca como suplemento Gengibre como suplemento Os suplementos de vitamina do complexo B como suplemento Suplementos de vitamina C como suplemento Suplementos de vitamina D como suplemento Suplementos de vitamina E como suplemento Pycnogenol como suplemento Suplementos de magnésio como suplemento Os suplementos de zinco como suplemento Nozes para café da manhã, almoços, jantares Alho para café da manhã, almoços, jantares Abobrinha para café da manhã, almoços, jantares Aminos líquido para café da manhã, almoços, jantares

Para um plano claro da dieta de 19 dias, aqui está a lista de suplementos com a dose recomendada exata. Não use mais que a dose recomendada! Todos os produtos abaixo são para ser utilizado por todos os 19 dias.

Suplemento e Dosagem Vitaminas do Complexo B 30 mg / dia

Vitamina C 75 mg / dia Vitamina D 5 ug / dia Vitamina E 10 mg / dia Zinco 15 mg / dia Magnésio 320 mg / dia Pycnogenol X 50 mg 3 vezes / dia Neem, como chá 1 xícaras de chá X 2 / dia Mistura Mullaca ½ vidro de 2 X / dia

O tempo é tudo. A maioria das pessoas hoje em dia estão ocupadas

é assim, não é nada incomum. Portanto, aqui estão as atividades obrigatórias que você deve incluir em sua programação durante os 19 dias. Certifique-se de que você não irá esquecê-los:

se você

Atividade e duração

Noite de sono 8 horas por noite, a partir de 10 ou 23:00 Sesta do poder 30 minutos, a qualquer hora entre 2 e 6:00 Exercício:

- 20 minutos X 3 vezes / semana, durante os primeiros 7 dias do programa

- 40 minutos X 3 vezes / semana, durante a segunda semana do programa

- 1 hora de exercício X 2 vezes / para os restantes 5 dias do programa Não fazer nada Pelo menos 10 minutos / dia

Plano de dieta

Você já sabe o que evitar e o que comprar para preparar refeições deliciosas. Aqui estão algumas idéias que sugerimos para ajudar você a ser criativo, bem alimentado e satisfeito com um intenso prazer do paladar. Essas idéias são elaboradas com ingredientes frescos e encontrados em boas lojas de produtos naturais. Use sua imaginação, pesquise, faça suas receitas criativas e que agradem seu paladar! Experimente!

Não se esqueça sobre as bebidas que foram recomendadas a você e a necessidade de hidratação. É importante hidratar as células e os tecidos e ajudar a função dos rins.

Produtos de refeições para serem comidos

Café da manhã Saladas, batidos naturais, 1 ovo, legumes, como recomendado

Pré-almoço

Frutas

Almoço Salmão, frango, cordeiro, ervilhas, vegetais como recomendado

Lanche das 4 Frutas Jantar Salmão, peixes, aves, cordeiro, ervilhas, legumes, como recomendado

Ideia de janta: Salada Walnut salada:

- 2 xícaras de tomates, cortados em cubos

- 2 xícaras de alface, picado

- 1 xícara de couve, picado

- 4 floretes de brócolis picado

- ½ xícara de brotos de ervilha molho para salada

- 1 xícara de manga, cortada em cubos

- 1 xícara de tomate

- ¼ xícara de pepino

- ¼ xícara de pimentão vermelho

- Sumo de 2-4 colheres de sopa ou de laranja fresca, limão ou toranja

- 1/3 xícara de nozes

- Misture tudo e despeje o molho sobre a salada!

Ideia de janta: Alkaline Ratatouille (muito bom!)

- 5 tomates

- 1 abobrinha grande

- 1 berinjela grande

- 1 pimentão verde

- 1 cebola grande

- 2 dentes de alho

- 2 colheres de chá de ervas de Provence (tomilho, manjericão, orégano, manjerona)

- 3 colheres de azeite de oliva extra virgem

- 1 pitada de sal marinho

- 1 pitada de pimenta

- 1 xícara de água

Corte os tomates e o pimentão e corte as abobrinhas. Corte a berinjela, a cebola e o alho em fatias finas. Aqueça um pouco de azeite em uma panela e refogue a cebola e o alho por alguns minutos.

Adicione a berinjela e fatias de abobrinha, bem como o pimentão e mexa por 8 minutos. Adicione o copo de água, os tomates e as ervas e misture bem e deixe cozinhar por mais alguns minutos, até que os legumes estejam macios, mas não muito moles.

Adicione sal e pimenta e sirva.

Ideia de janta: Veggie e Grain Medley

Mistura de grãos: ferva-os e em seguida cozinhe em uma panela até ficar macio, ½ xícara de quinoa e ½ xícara de painço.

Mistura a vapor: cozinhe esses ingredientes em uma panela com ½ xícara de ervilhas. 1/3 aipo, cortado em cubos. ½ xícara de beterraba, cortada em cubos.

2 xícaras de couve de Bruxelas. ½ xícara de abobrinha. ½ xícara de batata- doce. Adicione os grãos e legumes cozidos em uma tigela e misture bem.

Adicione uma salada: alface, picado, com brotos de girassol, cenoura ralada, lascas de cebola roxa, ½ abacate pequeno cortado grande ou todo. Misture todos os ingredientes juntos.

Sirva esta bacia de mistura vegetariana e salada crua juntos! Divirta-se!

Ideia de almoço: Super Salada

Saladas são realmente ótimas. Elas podem ser comidas em qualquer horário café da manhã, almoço, jantar. E, também, você pode realmente desfrutar do frescor da natureza, ao mesmo tempo mantendo-se saudável e até mesmo em forma. Aqui está uma sugestão:

- espinafre

- Alfaces (limpe-os, retire o excesso de água com um spinner de salada e coloque-os em um recipiente coberto com uma toalha de papel na parte inferior, na geladeira)

- Abacate fresco

- Tomate

- Brotos

- Cebola verde

- pepino

- aipo

- Pimentas

Corte por cima algumas lascas de tofu cozido ou tofu firme fresco. Se quiser, você pode adicionar algumas colheres com brotos ou salsa.

Ideia de almoço: Sopa Madrid Gazpacho Esta é uma sopa de liquidificador fácil e crua. Ela pode realmente alegrar o seu dia!

- 3 Tomates grandes

- 2 pepinos

- 1 pimentão vermelho

- Uma pequena pimenta jalapeno

- 3 colheres de sopa de óleo de oliva

- Suco de 2 limões

- 1 colher de chá de cominho em pó

- 2 colheres de chá de sal reais

- O alho a gosto

Misture o tomate, pepino, pimentão e pimenta jalapeno. Adicione 1 litro de água destilada, o azeite de oliva, suco de limão, cominho em pó e sal. Também adicione o alho a gosto. Mistura-se durante o segundo tempo para emulsionar o óleo. Leve à geladeira. Coloque em taças e decore com tomate picado, aipo, cebolas, pepinos, pimentas vermelhos e abacates.

Ideia de almoço: Veggie Burgers Cevada

- 2 xícaras de cevada cozidas no vapor (cozinhar como você cozinha arroz)

- 1 xícara de nozes ou similares sem casca (amêndoas, pinhões, nozes, pecans, macadâmia) ou sementes de girassol

- 1/3 xícara de sementes de linhaça

- 2 abobrinhas

- 3 cebolas

- 2 tomates

- 4 cenouras

- 2 dentes de alho

- 2 xícaras de tortilla de trigo germinado em migalhas (já vem pronta)

- 1 xícara de caldo de vegetais

- 2 colheres de sopa de ervas

- 1 colher de chá de sal marinho

Coloque a cevada, o caldo e sementes em uma tigela, misture. Descasque e pique os vegetais. Misture todos os ingredientes, misture bem e dívida em porções para fazer rissoles. Forme rissoles e coloque-os em uma assadeira untada com óleo. Asse em forno a 375 graus até dourar de ambos os lados (por 15 min de cada lado). Sirva quente ou coloque por cima de uma salada.

Ideia de café da manhã: Salsa toranja

Algo doce, mas também amargo. Frutas são realmente algo que faz você lamber os dedos. Tente esta solução fácil que vai fazer você se sentir absolutamente ótimo na parte da manhã:

- 2 colheres de sopa de suco de limão

- 1 colher de sopa de óleo de oliva

- 1 colher de chá de pimenta jalapeno picada

- 12 pimentões vermelho picado

- 2 colheres de sopa de cebola roxa picada

- Uma grande toranja descascada, membrana removida, seccionada e picada

- 12 colheres de chá de cardamomo em pó

- 2 colheres de sopa de folhas de coentro fresco picado

Cardamomo dá à toranja um toque exótico. E toranja dá a salsa um pontapé completamente emocionante.

Ideia de café da manhã: Sopa de Legumes

Posso comer sopas no café da manhã? Sim, você pode. As sopas são uma solução satisfatória, que também pode ser utilizado para os próximos 2 ou 3 dias. Levemente refogue alguns legumes cortados, como feijão verde, aipo, abobrinha, abóbora amarela, pimentão vermelho, alho-poró, cebola, alho, repolho picado, etc., em um pouco de caldo de legumes ou água. Coloque em uma panela de caldo de legumes quente. Tempere com especiarias, como ervas de Provence, orégano, manjericão, salsa, etc. Adicione um pouco de sal para dar sabor. Polvilhe com linhaça, sementes de girassol ou amêndoas fatiadas. Você pode desejar, para acompanhar a sopa, alguns chips de tortilla de trigo germinados, mergulhado em homus de grão de bico. Corta-se um pacote de tortillas em pedaços e coloque em assadeira. Leve ao forno a 350 graus por 10-15 minutos.

Salada Quente Millet

É uma combinação quente e fria deliciosa e satisfatória. Millet ou Painço é um grão antigo, mais alcalino. Para cada porção colocar ¼ de xícara de painço e 1 xícara de água para ferver. Deixe ferver por 25 minutos. Coloque o cozido de painço em um prato de sopa. Regue com um pouco de óleo de linho sobre a parte superior e pulverize levemente com aminoácidos líquido. Corte ½ abacate pequeno e ½ tomate. Quebre um punhado de brotos de girassol por cima e um punhado de amêndoas cruas cortadas. Pulverize novamente com aminoácidos líquido. Isto irá mantê-lo até as duas ou três da tarde!

Por sinal

Você quer saber um segredo?

Todos os alimentos que foram recomendados para você são alcalinos. Dietas alcalinas são benéficas para a diabetes. Pode melhorar o estado geral de saúde pelos seguintes benefícios:

• Eles aumentam o metabolismo e o sistema imunológico.

• Mantêm o nível de açúcar no sangue sob controle.

• Eles ajudam a perder peso.

• Eles reduzem o risco de doenças cardiovasculares.

• Reduzem os níveis de colesterol.

• Diminuem o risco de desenvolver outras doenças crônicas que estão ligados ao diabetes.

Capítulo Vinte e Um: Finalizando

Então, você chegou ao capítulo final. Até agora você soube exatamente o que fazer e o que não fazer. Foram dados a você os passos precisos do que deve seguir para controlar a diabetes em 19 dias. Este programa pode ser rápido mas ele exige gestão do tempo e requer determinação. Você deve realmente ter determinação para fazê-la funcionar, deixar a diabetes para trás e começar uma nova vida saudável.

O último capítulo é, na verdade, o que você deveria ter esperado por todo o livro, uma vez que se refere à vida que você terá depois do programa de 19 dias. Trata-se de reintroduzir os alimentos que você ansiava e temia em toda sua dieta. Alguns podem pensar em chocolate, outros em enormes hambúrgueres com batatas fritas.

Tudo o que você sentir vontade de comer após o programa, apenas coma! Não há restrição!

MAS! Lembre-se o quanto você trabalhou para reverter e controlar a diabetes! Lembre-se também que a diabetes pode ser deixada para trás, mas outras condições podem ser estimuladas por uma dieta caótica. Você foi vulnerável o suficiente para ficar doente com diabetes, não abra as portas para qualquer outra condição que vai mudar a sua vida e expô-lo a riscos maiores. Seja moderado, equilibrado. Você se desintoxicou e seu organismo está em equilíbrio, funcionando bem. Teve várias informações sobre o que lhe mantém com boa saúde, escolheu os pratos mais saborosos e saudáveis para você.

Mas, em alguns dias você quer comer algo que não seja bom para sua saúde? Basta fazê-lo, divirta-se. Não vá vomitar no banheiro, não vá punir a si mesmo e não comer por mais 24 horas ou se impor uma dieta severa. Isso é estresse! Esta não é a maneira normal e saudável de viver! Basta encontrar a

moderação, o equilíbrio no que você faz, no que você come e no que você é.

Se você comer uma barra de chocolate depois do almoço, não precisa comer só uma salada no jantar. Não há compensação em tudo. Não calcule exatamente o que você come e o que não deve comer ou quanto você deve se forçar a comer saladas para compensar as costeletas de porco que você comeu em um jantar de família no domingo.

Recomenda-se por semana, não comer mais do que uma barra de chocolate, beber uma lata de Coca-Cola e uma porção de batatas fritas, ou seja, três porções. Você não quer forçar o seu organismo a processar alimentos que você não está mais acostumado. Mas se você passar disso, não se desespere. Seu organismo pode processar isso só não abuse da sua saúde. Acalme-se, uma vez que não há pressa. A diabetes está controlada, você só tem que encontrar o seu equilíbrio em estabelecer a normalidade no seu organismo rejuvenescido.

Parabéns!

Você é um sobrevivente da diabetes e você ganhou o seu caminho de volta para a saúde!

Diabetes é uma doença assustadora que afeta milhões de pessoas em todo o mundo. E ela está roubando a alegria da vida de pessoas como você! Os médicos tradicionais oferecem pouca esperança na forma de medicação diária, cirurgias arriscadas e procedimentos experimentais. Todos estas vêm com etiquetas de preços caros e efeitos colaterais imprevisíveis. Mesmo terapias "naturais" têm desvantagens. Existe alguma esperança?

Este livro oferece não só a esperança, mas o controle da diabetes. Usando meios seguros e suaves fornecidos pela natureza. Não uma desintoxicação tortuosa. Não jejuns severos. Nada perigoso ou nocivo para sua saúde ou bem- estar.

Escrito em termos de fácil compreensão, estas soluções práticas são oferecidas a você, como se o seu problema fosse único. E é! Pode haver milhões de diabéticos, mas você merece ser tratada como um indivíduo.

Tome as informações oferecidas aqui para controlar a diabetes do seu jeito em apenas 19 dias! Faça desta a sua solução. Escreva a história de sua vida com sua própria escrita à mão. Você vale a pena!