Você está na página 1de 4

Discursos diretos e indiretos

Há duas formas de se relatar o que alguém disse:


a) Pelo discurso direto (direct speech): quando repetimos o que foi dito usando as mesmas palavras da pessoa.
Exemplo: He said:”I fell well”.
(Ele disse: “Eu me sinto bem”.)
b) pelo discurso indireto (indirect speech): quando contamos com nossas próprias palavras o que foi dito.
Exemplo: He said that he felt well.
(Ele disse que se sentia bem).
Ao relatar o que alguém disse, de forma indireta, precisamos modificar o tempo verbal, o advérbio e, às vezes, o
pronome.

Quando o discurso direto é transformado em indireto, deve-se fazer uma série de mudanças:

• nos tempos verbais


Usamos o reported speech ou discurso indireto quando queremos expressar na forma escrita a fala de outras pessoas.
Normalmente, os verbos usados nesse caso são say, ask e tell, que podem estar no presente
ou no passado.
Frase falada: I can hear the music.
Frase escrita: “I can hear the music”, said Jeanne.
Reported speech (present): Jeanne says (that) she can hear the music.

Veja as frases a seguir e sua respectiva mudança para o discurso


indireto.
He said: “I live here with my kids”.
(Ele disse: “Eu moro aqui com meus filhos”.)
He said he lived there with his kids.
(Ele disse que ele morava lá com seus filhos.)
She said to her brother: “I will see you tomorrow”.
(Ela disse ao irmão: “Verei você amanhã”.)
She told her brother she would see him the next day.
(Ela disse ao irmão que ela veria ele no dia seguinte.)
Mother said to her children: “Be quiet”.
(A mãe disse aos filhos: “Fiquem quietos”.)
Mother told her children to be quiet.
(A mãe disse aos filhos para ficarem quietos.)

Passive Voice (Voz Passiva)

 Veja o exemplo que segue:


That engineer developed a great project.
(Aquele engenheiro desenvolveu um ótimo projeto.)
Nessa frase temos uma sentença na voz ativa, ou seja, o sujeito é quem faz a ação.
 Agora preste atenção na próxima sentença:
A great project was developed by that enginner.
(Um ótimo projeto foi desenvolvido por aquele engenheiro.)

O objeto direto da voz ativa torna-se o sujeito da passiva, que tem como verbo auxiliar o to be.
O verbo principal passa a ser usado no particípio passado e o sujeito da voz ativa torna-se o agente da passiva,
normalmente sendo precedido da preposição by ( “de” ou “por”).
Quando usamos a voz passiva, quem ou o quê causa a ação não é tão importante, sendo às vezes até mesmo
desconhecido.
Veja este exemplo:
A lot of money was stolen from the bank.
(Muito dinheiro foi roubado do banco.)
Percebemos que alguém roubou, mas não sabemos quem de fato praticou a ação do roubo.
Veja outras frases:
The Lusíadas were written by Camões.
(Os Lusíadas foram escritos por Camões.)
Todos os verbos ativos podem converter-se em verbos passivos:
Brutus murdered Caesar. (Brutus assassinou a César.)
Caesar was murdered by Brutus. (César foi assassinado por Brutus.)

Você também pode gostar