Você está na página 1de 3

UNIVERSIDADE CATÓLICA DE GOIÁS

DEPARTAMENTO DE ENGENHARIA
ENG 1420 – FENÔMENOS DE TRANSPORTE
PROF. LAURO BERNARDINO COELHO JUNIOR

LISTA DE EXERCÍCIO n1

1) Calcular a leitura do manômetro A da figura abaixo:

Onde:
Hg = 13,6 g/cm3
Patm = 1,0136 x 105 N/m2
1 Kgf = 9,81 N
1 Kgf/cm2 = 9,81 x 104 N/m2
Pmanométrica = Pabsoluta – Patm (local)
Resposta = 6,796 kgf/cm2

2) No sistema mostrado na figura, o líquido dos manômetros é o mercúrio. Calcular


a altura da coluna e A e B, sabendo-se que P atm = 76 cmHg. Estão corretos os
níveis desenhados na figura em A e B?

obs: medidas em cm
Pabsoluta = Pbarométrica
Patm = 76 cmHg e Hg = 13,6 g/cm3
Resposta: hA = 43,9 cm e hB = 56 cm

3) Na figura abaixo, tem se as seguintes leituras:


Manômetro A = 5 psi Manômetro B = -3 psi Manômetro C = 4 psi
Pergunta-se a) Qual deve ser a leitura do manômetro D ?
b) Qual a pressão absoluta em 1 ?
4) Na figura abaixo, o compartimento A contém um gás de densidade desprezível.
Qual a pressão relativa em A ?
Dados : h1 = 12 cm 1 = 2 g/cm3
h2 = 15 cm 2 = 3 g/cm3
h3 = 10 cm 1 = 4 g/cm3

pressão relativa = pressão manométrica


Resposta: 1862 N/m2

5. Para se medir a pressão absoluta de um gás (pgás_abs) usa-se um manômetro, que


consiste de um tubo em forma de U contendo Hg (=13,6x103kg/m3). Com base na figura, e
sendo a pressão atmosférica patm=1,0x105N/m2, determine pgás_abs. Considere a aceleração
da gravidade local g=9,8m/s2.

R: 113328 Pa

6. Um reservatório da SABESP, situado no alto de um bairro em Ourinhos, possui uma


altura de aproximadamente 20m. Qual a pressão efetiva que o chão irá sustentar quando o
reservatório estiver completamente cheio? Dados:massa específica da água: =1.103kg/m3;
aceleração da gravidade g=9,8m/s2. Considere o reservatório fechado.
R: 196000 Pa
7. Um certo volume de água é colocado num tubo em U, aberto nas extremidades. Num dos
ramos do tubo, adiciona-se um líquido de densidade menor que a da água, o qual não se
mistura com ela. Após o equilíbrio, a posição dos dois líquidos no tubo está corretamente
representada pela figura:

8. A figura mostra três vasos V 1, V2 e V3 cujas bases têm a mesma área. Os vasos estão
cheios de líquidos l1, l2 e l3 até uma mesma altura. As pressões no fundo dos vasos são P1,
P2 e P3, respectivamente. Com relação a essa situação é correto afirmar que:

a) P1 = P2= P3 somente se os líquidos l1, l2 e l3 forem idênticos.


b) P1 = P2= P3 quaisquer que sejam os líquidos l1, l2 e l3 .
c) P1 > P2> P3 somente se os líquidos l1, l2 e l3 forem idênticos
d) P1 > P2> P3 quaisquer que sejam os líquidos l1, l2 e l3 .

9. O tubo aberto em forma de U da figura contém dois líquidos não miscíveis, A e B, em


equilíbrio. As alturas das colunas de A e B, medidas em relação à linha de separação dos
dois líquidos, valem 50cm e 80cm, respectivamente.
a) Sabendo que a massa específica de A é 2.10 3 kg/m3, determine a massa específica do
líquido B.
b) Considerando g=9,8m/s2 e a pressão atmosférica igual a 1.105 N/m2, determine a pressão
absoluta no interior do tubo na altura da linha de separação dos dois líquidos.

R: a) 1250 Kg/m3; b) 109800N/m2