Você está na página 1de 12

Tipo de Condução para regime

permanente
Condução descontínua: Quando a corrente no
indutor se anula e permanente em um intervalo de
tempo nula, antes de iniciar um novo ciclo.
Condução contínua: A corrente não se anula em
nenhum instante.
Condução crítica: A corrente no indutor se anula e
imediatamente aumenta, ou seja, Se torna
marginalmente contínua/descontínua.

Prof. Alceu A. Badin UTFPR/DAELT


Tipo de Condução para regime
permanente
Condução descontínua:
iL

t
>

Condução contínua:
iL

t
>

Condução
i L
crítica:

t
>

Prof. Alceu A. Badin UTFPR/DAELT


Retificador meia onda com carga
indutiva-resistiva com diodo de roda livre
 Carga indutiva-resistiva com diodo de roda livre –
condução descontínua
v
2 Vo
D1
t
L     
v(t) D RL

R vL
2 Vo

t

5  
iL

L

R
t

Prof. Alceu A. Badin UTFPR/DAELT


Retificador meia onda com carga
indutiva-resistiva com diodo de roda livre
 Carga indutiva-resistiva com diodo de roda livre –
condução contínua
vL
D1 2 Vo

L
v(t) D RL

t
    
iL

5  
t
L

R

Prof. Alceu A. Badin UTFPR/DAELT


Retificador Monofásico de Onda
Completa com Ponto Médio
 Vantagens: Retificador com ponto médio
 Não apresenta componente D1 R
+
média na corrente de entrada; v(t) -
v2
iL
+v
D2
 A tensão de saída apresenta
2
-

valor médio superior ao meia ponte;


 Desvantagens:
 A tensão sobre os diodos é o
dobro da tensão de entrada; Circuito equivalente
 Maior número de componentes; D1 R
+
 É necessário um transformador v2
- iL
com dois secundários. + v2 D2
-
 Secundários sub utilizados
(apenas em um semiciclo).

Prof. Alceu A. Badin UTFPR/DAELT


Retificador Monofásico de Onda
Completa com Ponto Médio
v2 1ª Etapa 2ª Etapa
2 V2
t
1ª Etapa (0<t<π)     
D1
+ v D1
v2 iL R t
+ -
v
- + -2 2 V2
v2
v D2
- D2 t

2ª Etapa (π<t<2π)
D1 -2 2 V2
- vL
v2 R
- 2 V2
+
v
-
+ v2 iL t
+ D2
iL
2 V2
R
t
    

Prof. Alceu A. Badin UTFPR/DAELT


Retificador Monofásico de Onda
Completa em Ponte
 Vantagens: Retificador onda completa em ponte
 Não apresenta componente
D1 D2
média na corrente de entrada;
+
 A tensão de saída apresenta v(t) iL R vR
-
valor médio superior ao meia ponte; D3 D4

 A tensão sobre os diodos é a


tensão de pico da entrada;
 Se houver isolamento na entrada,
o transformador apresenta apenas
um secundário.
 Desvantagens:
 Maior número de semicondutores;

Prof. Alceu A. Badin UTFPR/DAELT


Retificador Monofásico de Onda
Completa
v(t)1ª Etapa 2ª Etapa
2 Vo
t
1ª Etapa (0<t<π)     
D1 D2
v D1
+
t
+
v(t) iL R vR
- - - 2 Vo
D3 D4
v D2
t

- 2 Vo
2ª Etapa (π<t<2π)
vR
D1 D2 2 V2

- +
v(t) iL R vR t
+ - iR
D3 D4
2 Vo
R
t
    

Prof. Alceu A. Badin UTFPR/DAELT


Retificador Monofásico de Onda
Completa – Carga RL
1ª Etapa (0<t<π) 2ª Etapa (π<t<2π)
D1 D2 D1 D2
+ + + +
+ vl L vl L
-
v(t) - -
+ vL v(t) + vL
- vR R + vR R
D3 D4 - - D3 D4 -
iL -
iL

-
1ª Etapa 2ª Etapa

Prof. Alceu A. Badin UTFPR/DAELT


Retificador Monofásico de Onda
Completa em Ponte
 Análise completa

vL Tensão na carga pela série de Fourier


2 4 4 
v L ( t )  2 V2   cos ( 2t )  cos ( 4t )  
iL   3 15 
Componente Componentes
CC CA
Módulo e ângulo da impedância para
t cada componente CA da série:
  
| Z n | R 2  n 2  2 L2

Corrente na carga: I  VL
nL
 n  tg 1
L
Zn
R
 2 4 4 
iL (t )  2 V2   cos (2t  2 )  cos (4t  4 ) 
  R 3 | Z 2 | 15 | Z 4 | 
Prof. Alceu A. Badin UTFPR/DAELT
Retificador Monofásico de Onda
Completa em Ponte
 Análise completa

vL Considerando apenas a primeira harmônica e


o valor CC:
2 2 V2 4 2 V2
iL iL 2 (t )   cos (2t  2 )
R 3 Z 2

Componente Componentes
CC (valor médio) CA

t Valor eficaz:
  
 8V2 2 16 V2 2 
I Lef   2 2 2 2
  R 9 Z 2 

Prof. Alceu A. Badin UTFPR/DAELT


Referências

 BARBI, Ivo. Eletrônica de Potência; 6ª Edição, UFSC,


2006.

 AHMED, Ashfaq. Eletrônica de Potência; Editora:


Prentice Hall, 1a edição, 2000.

Prof. Alceu A. Badin UTFPR/DAELT