Você está na página 1de 9

JOSEMAR SILVA CORDEIRO

Advogado & Associados

ECELENTÍSSIMO (A) SENHOR (A) DOUTOR (A) JUIZ (A) DA VARA DO


TRABALHO DE SIMÕES FILHO/BA.

EVANILTON DOS SANTOS OLIVEIRA, brasileiro, solteiro,


auxiliar de deposito, filho de Avanilda Damiana dos Santos,
nascido no dia 24 de janeiro de 1990 em Salvador/BA, portador
da Cédula de Identidade RG sob n. 1320437770 SSP/BA, inscrito
no CPF sob n. 03618150504, CTPS sob n. 9275595, série 001-
0/BA, PIS sob o n. 129.13692.07-0, residente e domiciliado à
Rua Maringá, 08, Cova da Gia, CEP 431700-000, Simões Filho/BA
e EVERSSON GOES DOS ANJOS, brasileiro, solteiro, auxiliar de
deposito, filho de Zenaide Gões dos Anjos, nascido no dia 28
de outubro de 1989 em Simões Filho/BA, portador da Cédula de
Identidade RG sob n. 1316269302 SSP/BA, inscrito no CPF sob
n. 05694268555, CTPS sob n. 2447519, série 003-0/BA, PIS sob
o n. 206.31262.25-8, residente e domiciliado à Rua Da Granja,
33, Cia Sul, CEP 43700-000, Simões Filho/BA, por seus
advogados infra-firmado, constituído mediante instrumento de
procuração anexo, com endereço profissional na Av.
Altamirando de Araújo Ramos, 260, sala 02, 1º andar, centro,
CEP 43700-000, Simões Filho/BA, vem respeitosamente, à
presença de Vossa Excelência, propor a presente

RECLAMAÇÃO TRABALHISTA

Pelo Rito Ordinário, em face da empresa ROSI GREI


LOGISTICA EXPRESS E SERVIÇOS DE ADMINISTRAÇÃO DE PESSOAL
LTDA, pessoa jurídica de direito privado, inscrita no CNPJ
sob n. 10.948.194/0001-05, com endereço na segunda travessa,
16, Valeria, CEP 41305-125, Salvador/BA; LOJAS MAIA LTDA
(TOMADORA), pessoa jurídica de direito privado, inscrita no

1
Av. Altamirando de Araújo Ramos, 260, 1ª andar, sala 01, centro, CEP 43700-000,
Simões Filho/BA, tel. (71) 3396-9038 ou 8704-9166
JOSEMAR SILVA CORDEIRO

Advogado & Associados

CNPJ sob n. 09.268.517/0064-14, com endereço na Vila Urbana,


KM 04, 3920, loja 51, Cia Sul, CEP 43700-000, Simões Filho/BA
e da empresa MAGAZINE LUIZA S/A (TOMADORA), pessoa jurídica
de direito privado, inscrita no CNPJ sob n. 47.960.950/0001-
21, com endereço na Vila Urbana, KM 04, 3920, loja 51, Cia
Sul, CEP 43700-000, Simões Filho/BA, pelos fatos e
fundamentos a seguir expostos.

01 - INICIALMENTE

Antes de qualquer manifestação a respeito da presente


ação, requer ao Douto Magistrado, JUSTIÇA GRATUITA tendo em
vista que os RECLAMANTES, se encontra em estado de pobreza,
não possuindo condições financeiras para demandarem e tampouco
arcarem com as custas processuais, sem prejuízo do próprio
sustento e de suas famílias, conforme declaração de
insuficiência econômica em anexo.

Desse modo, declaram preencherem todos os requisitos


necessários e estabelecidos nas Leis 1.060/50 e 5.584/70,
razão pela qual requerem o deferimento da assistência
judiciária gratuita.

02 - DA COMISSÃO DE CONCILIAÇÃO PRÉVIA - INEXISTÊNCIA

Informamos ao Douto Magistrado a inexistência de


COMISSÃO DE CONILIAÇÃO PRÉVIA no âmbito da empresa ré ou no
sindicato da categoria profissional. Desse modo, não tendo
como atender as determinações do artigo 625-D da CLT, motivo
pela qual, requer o recebimento e regular processamento da
presente RECLAMAÇÃO TRABALHISTA.

03 - DO VÍNCULO EMPREGATÍCIO DOS RECLAMANTES

O primeiro RECLAMANTE – EVANILTON foi contratado pela


primeira empresa RECLAMADA - ROSI GREI LOGISTICA EXPRESS E
SERVIÇOS DE ADMINISTRAÇÃO DE PESSOAL LTDA, em 01 de abril de
2010 para exercer a função de AUXILIAR DE DEPOSITO,
percebendo como última remuneração o valor de R$ 542,00
(quinhentos e quarenta e dois reais) e dispensado de suas
atividades laborativas sem justa causa em 29 de janeiro de
2011, imotivadamente, sem o comunicado do aviso prévio e sem
receber os valores rescisórios, conforme cópia de CTPS em
anexo.

2
Av. Altamirando de Araújo Ramos, 260, 1ª andar, sala 01, centro, CEP 43700-000,
Simões Filho/BA, tel. (71) 3396-9038 ou 8704-9166
JOSEMAR SILVA CORDEIRO

Advogado & Associados

O segundo RECLAMANTE – EVERSSON foi contratado pela


primeira empresa RECLAMADA - ROSI GREI LOGISTICA EXPRESS E
SERVIÇOS DE ADMINISTRAÇÃO DE PESSOAL LTDA, em 01 de abril de
2010 para exercer a função de AUXILIAR DE DEPOSITO,
percebendo como última remuneração o valor de R$ 542,00
(quinhentos e quarenta e dois reais) e dispensado de suas
atividades laborativas sem justa causa em 10 de dezembro de
2010, imotivadamente, com o comunicado do aviso prévio e sem
receber quaisquer valores referentes à sua rescisão, conforme
cópia da CTPS em anexo.

04 - DA JORNADA DE TRABALHO/DESCANSO SEMANAL REMUNERADO

Informamos ao Douto Magistrado que durante a vigência do


contrato de trabalho os RECLAMANTES sempre laboram da
seguinte forma de segunda a sexta das 06:00 às 21:00 e aos
sábados das 06:00 às 12:00, gozando do intervalo de uma hora
por dia realização das refeições, bem como do descanso
semanal remunerado que coincidia sempre aos domingos.

Informamos ainda que no mês de dezembro de 2010, os


RECLAMANTES laboram aos sábados das 06:00 às 21:00.

Informamos finalmente que as HORAS EXTRAS habitualmente


prestadas não foram integralizadas ao descanso semanal
remunerado, motivo pelas quais os RECLAMANTES, fazem jus em
receber o pagamento da diferença do DSR, com juros e correção
monetária até a data do efetivo pagamento que desde já fica
requerido.

05 - DA BAIXA NA CTPS DOS RECLAMANTES

Ocorre que os RECLAMANTES foram dispensados de suas


atividades laborativas sem a devida baixa nas suas CTPS, até
a presente data, conforme documentos em anexos.

Desse modo, a empresa RECLAMADA, deverá efetuar


imediatamente as devidas anotações na CTPS dos RECLAMANTES,
fazendo-se constar para EVERSSON GOES DOS ANJOS a data de
09/01/2011 e para EVANILTON DOS SANTOS OLIVEIRA a data de
29/01/2011 como despedida imotivada e com a integralização do
aviso prévio ao tempo de serviço.

06 - DAS HORAS EXTRAS E REFLEXOS

3
Av. Altamirando de Araújo Ramos, 260, 1ª andar, sala 01, centro, CEP 43700-000,
Simões Filho/BA, tel. (71) 3396-9038 ou 8704-9166
JOSEMAR SILVA CORDEIRO

Advogado & Associados

Ocorre que durante o pacto de trabalho os RECLAMANTE


sempre exerceram seu labor em regime de jornada
extraordinária sem jamais terem recebidos a remuneração das
horas suplementares efetivamente prestadas e seus REFLEXOS
(nas férias proporcionais, mais 1/3, 13ª salário, fgts e mais
40% e aviso prévio) conforme se comprovará pelos CARTÕES DE
PONTOS a serem juntados aos autos pela primeira empresa
RECLAMADA sob pena de confissão.

07 – DO SEGURO DESEMPREGO/FGTS E MAIS A INDENIZAÇÃO DOS


40%

Informamos ao Douto Magistrado que os RECLAMANTES não


deram causa a sua despedida imotivada, conforme narrados
acima e documentos (em anexo), desse modo requerem em caráter
de urgência as guias do SEGURO DESEMPREGO, FUNDO DE GARANTIA
POR TEMPO DE SERVIÇO e mais a INDENIZAÇÃO DOS 40% ou a
indenização substitutiva, devidamente atualizada até a data
do efetivo pagamento.

08 – DO SALÁRIO DO MÊS DE JANEIRO DE 2011 PARA O


RECLAMANTE – EVANILTON DOS SANTOS OLIVEIRA

Ocorre que o segundo RECLAMANTE - EVANILTON, laborou no


mês de janeiro de 2011, porém sem receber até a presente data
os devidos salários, motivo pela qual requerer o seu
pagamento da com juros e correção monetária.

09 - DA MULTA DO ARTIGO 467 DA CLT

De acordo com o artigo 467 da CLT, deverá a empresa


RECLAMADA pagar as parcelas incontroversas aos RECLAMANTES na
primeira audiência sob pena de ser aplicada a multa de 50%
(cinqüenta por cento) sobre o total destas, desde logo fica
requerido.

10 - DA MULTA DO ARTIGO 477 DA CLT

Tendo em vista, que até a presente data a empresa


RECLAMADA, não quitou as parcelas rescisórias dos RECLAMANTES
no prazo previsto em Lei, razão pela qual, requer aplicação
da multa prevista no artigo 477 da CLT.

11 - DAS VERBAS RESCISÓRIAS

4
Av. Altamirando de Araújo Ramos, 260, 1ª andar, sala 01, centro, CEP 43700-000,
Simões Filho/BA, tel. (71) 3396-9038 ou 8704-9166
JOSEMAR SILVA CORDEIRO

Advogado & Associados

Ocorre que os RECLAMANTES foram dispensados de suas


atividades laborativas sem receber os valores referentes às
verbas rescisórias, em face da relação de emprego existente,
até a presente data, quais sejam:

O primeiro RECLAMANTE – EVERSSON GOES DOS ANJOS: AVISO


PRÉVIO INDENIZADO; FÉRIAS PROPORCIONAIS DE 2010/2011 (09/12),
MAIS 1/3 CONSTITUCIONAL; 13ª SALÁRIO PROPORCIONAL DE 2010
(09/12); FGTS, MAIS A INDENIZAÇÃO COMPENSATÓRIA DE 40% DO
FGTS; HORAS EXTRAS HABITUALMENTE PRESTDADAS; DIFERENÇA DO
DSR; MULTA DOS ARTIGOS 467 E 477 AMBOS DA CLT, com
integralização do aviso prévio ao tempo de serviço,
devidamente atualizado até a data do efetivo pagamento.

O segundo RECLAMANTE – EVANILTON DOS SANTOS OLIVEIRA:


AVISO PRÉVIO; FÉRIAS PROPORCIONAIS DE 2010/2011 (10/12), MAIS
1/3 CONSTITUCIONAL; 13ª SALÁRIO PROPORCIONAL DE 2010 (08/12);
13ª SALÁRIO PROPORCIONAL DE 2011 (02/12); FGTS, MAIS A
INDENIZAÇÃO COMPENSATÓRIA DE 40% DO FGTS; HORAS EXTRAS
HABITUALMENTE PRESTDADAS; DIFERENÇA DO DSR; SALÁRIO DO MÊS DE
JANEIRO DE 2011; MULTA DOS ARTIGOS 467 E 477 AMBOS DA CLT,
com integralização do aviso prévio ao tempo de serviço,
devidamente atualizado até a data do efetivo pagamento.

12 – DA RESPONSABILIDADE SOLIDÁRIA/SUBSIDIÁRIA DA
SEGUNDA EMPRESA RECLAMADA LOJAS MAIA LTDA E DA TERCEIRA
RECLAMADA MAGAZINE LUIZA S/A, NO PAGAMENTO DE CRÉDITOS
TRABALHISTA EM CONJUNTO COM A PRIMEIRA EMPRESA RECLAMADA ROSI
GREI LOGISTICA EXPRESS E SERVIÇOS DE ADMINISTRAÇÃO DE PESSOAL
LTDA
Informamos ao Douto magistrado que os RECLAMANTES foram
contratados pela primeira empresa RECLAMADA, conforme cópias
das CTPS (em anexo), para prestação de serviço junto a
segunda empresa RECLAMADA - LOJAS MAIA LTDA, que foi alienada
para a terceira empresa RECLAMADA – MAGAZINE LUIZA S/A,
(ambas na qualidade de tomadora), que passaram a
supervisionar e dar ordens aos obreiros, em conjunto com a
primeira empresa RECLAMADA - ROSI GREI LOGISTICA EXPRESS E
SERVIÇOS DE ADMINISTRAÇÃO DE PESSOAL LTDA, conforme CONTRATO
DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇO, firmado entres as partes ré, que
desde já ficam requeridos sob pena de confissão.

Assim, tais pedidos são juridicamente possíveis,


conforme o seguinte julgado:

5
Av. Altamirando de Araújo Ramos, 260, 1ª andar, sala 01, centro, CEP 43700-000,
Simões Filho/BA, tel. (71) 3396-9038 ou 8704-9166
JOSEMAR SILVA CORDEIRO

Advogado & Associados

RESPONSABILIDADE SUBSIDIÁRIA

Reconhece à responsabilidade subsidiária


quanto às obrigações trabalhas de empresa
que se beneficiou da prestação de serviços
oferecidos mediantes a intermediação lícita
de mão-de-obra. Exegese extraída do item IV
da nova dicção do Enunciado 331 do TST.
(TRT 20ª Região – RO n. 380/01 – Ac. 528/01
– Publicado no DJ-SE do dia 23/04/2001,
pág. 07 – Rel. JUIZ JOÃO BOSCO SANTANA DE
MORAES – Recorrente: SANTISTA TÊXTIL S/A e
Recorridos: JOSÉ DA COSTA ALMEIDA E MASSA
FALIDA BULDOGS VIGILÂNCIA LTDA).

Desse modo, requer o reconhecimento e julgamento


totalmente procedente a respeito da RESPONSABILIDADE
SOLIDÁRIA/SUBSIDIÁRIA, em razão da 2ª e 3ª empresas
RECLAMADAS – LOJAS MAIA LTDA E MAGAZINE LUIZA S/A, que
deveram responder no pólo passivo da presente demanda
trabalhista, juntamente com a 1ª empresa RECLAMADA - ROSI
GREI LOGISTICA EXPRESS E SERVIÇOS DE ADMINISTRAÇÃO DE PESSOAL
LTDA, ao pagamento dos CRÉDITOS TRABALHISTAS, em face da
relação de emprego.

Em face ao exposto os reclamantes, REQUEREM:

a) A Concessão dos Benefícios da Justiça Gratuita, nos


termos das Leis sob n. 1.060/50 e 5.584/70.

b) Para o primeiro RECLAMANTE – EVERSSON GOES DOS ANJOS:


AVISO PRÉVIO INDENIZADO; FÉRIAS PROPORCIONAIS DE 2010/2011
(09/12), MAIS 1/3 CONSTITUCIONAL; 13ª SALÁRIO PROPORCIONAL DE
2010 (09/12); FGTS, MAIS A INDENIZAÇÃO COMPENSATÓRIA DE 40%
DO FGTS; HORAS EXTRAS HABITUALMENTE PRESTDADAS; DIFERENÇA DO
DSR; MULTA DOS ARTIGOS 467 E 477 AMBOS DA CLT, com
integralização do aviso prévio ao tempo de serviço e horas
extras habitualmente prestadas ao salário do reclamante para
efeitos nos cálculos de todas as verbas rescisórias, com
juros e correção monetária até a data do efetivo pagamento.

c) Para o segundo RECLAMANTE – EVANILTON DOS SANTOS


OLIVEIRA: AVISO PRÉVIO; FÉRIAS PROPORCIONAIS DE 2010/2011
(10/12), MAIS 1/3 CONSTITUCIONAL; 13ª SALÁRIO PROPORCIONAL DE

6
Av. Altamirando de Araújo Ramos, 260, 1ª andar, sala 01, centro, CEP 43700-000,
Simões Filho/BA, tel. (71) 3396-9038 ou 8704-9166
JOSEMAR SILVA CORDEIRO

Advogado & Associados

2010 (08/12); 13ª SALÁRIO PROPORCIONAL DE 2011 (02/12); FGTS,


MAIS A INDENIZAÇÃO COMPENSATÓRIA DE 40% DO FGTS; HORAS EXTRAS
HABITUALMENTE PRESTDADAS; DIFERENÇA DO DSR; SALÁRIO DO MÊS DE
JANEIRO DE 2011; MULTA DOS ARTIGOS 467 E 477 AMBOS DA CLT,
com integralização do aviso prévio ao tempo de serviço e
horas extras habitualmente prestadas ao salário do reclamante
para efeitos nos cálculos de todas as verbas rescisórias, com
juros e correção monetária até a data do efetivo pagamento.

d) A liberação das guias do FGTS, mais a multa de 40%


(por cento) ou a indenização substitutiva com integralização
do aviso prévio e as horas extras habitualmente prestadas ao
salário do reclamante para efeito dos cálculos de todas as
verbas rescisórias, com juros e correção monetária até a data
do efetivo pagamento.

e) A liberação da guias de SEGURO-DESEMPREGO ou


pagamento de indenização substitutiva com integralização do
aviso prévio e as horas extras habitualmente prestadas ao
salário do reclamante para efeito dos cálculos de todas as
verbas rescisórias, com juros e correção monetária até a data
do efetivo pagamento.

f) Pagamento das HORAS EXTRAS habitualmente prestadas


pelos RECLAMANTES, com juros e correção monetária até a data
do efetivo pagamento.

g) Pagamentos dos REFLEXOS nas férias mais 1/3, 13ª


salário, FGTS mais 40%, aviso prévio para efeito dos cálculos
de todo vinculo empregatício quando da integralização das
horas extras ao salário dos RECLAMANTES.

h) Caso a empresa RECLAMADA não efetue o pagamento das


verbas incontroversas na primeira audiência, que seja
aplicado à multa do artigo 467 da CLT;

i) Multa do artigo 477 da CLT.

j) Que a primeira empresa RECLAMADA - ROSI GREI


LOGISTICA EXPRESS E SERVIÇOS DE ADMINISTRAÇÃO DE PESSOAL
LTDA, seja intimada na primeira audiência de conciliação a
dar baixa nas CTPS dos RECLAMANTES, fazendo-se constar para
EVERSSON GOES DOS SANJOS a data de 09/01/2011 e para
EVANILTON DOS SANTOS OLIVEIRA a data 29/02/2011 como

7
Av. Altamirando de Araújo Ramos, 260, 1ª andar, sala 01, centro, CEP 43700-000,
Simões Filho/BA, tel. (71) 3396-9038 ou 8704-9166
JOSEMAR SILVA CORDEIRO

Advogado & Associados

despedida imotivada e com a integralização do aviso prévio ao


tempo de serviço.

k) A condenação da segunda e terceira empresas


RECLAMADAS – LOJAS MAIA E MAGAZINE LUIZA S/A,
subsidiariamente e solidariamente no pagamento de créditos
trabalhistas juntamente com a primeira empresa RECLAMADA -
ROSI GREI LOGISTICA EXPRESS E SERVIÇOS DE ADMINISTRAÇÃO DE
PESSOAL LTDA.

l) reconhecimento do vínculo empregatício em relação ao


primeiro reclamante CLEITON

Requer a NOTIFICÃO das empresas RECLAMADAS - ROSI GREI


LOGISTICA EXPRESS E SERVIÇOS DE ADMINISTRAÇÃO DE PESSOAL
LTDA, LOJAS MAIA LTDA e MAGAZINE LUIZA S/A, para compareça à
audiência a ser designada por este MM. Juízo e se assim
desejar conteste os termos da presente RECLAMAÇÃO sob pena de
revelia e confissão.

Como prova em poder das empresas RECLAMADAS e para


positivar os fatos aqui aduzidos, requer a V. Exa., que seja
determinada à exibição bem como juntada dos recibos de
pagamento dos RECLAMANTES, quais sejam: CONTROLE DE
FREQUENCIAS; CARTÕES DE PONTOS; CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE
SERVIÇO FIRMADO ENTRE AS RECLAMADAS, CONTRATO DE ALIENAÇÃO
FIRMADO ENTRE A SEGUNDA EMPRESA LOJAS MAIA LTDA E A TERCEIRA
EMPRESA MAGAZINE LUIZA S/A, bem como as GR'S e RE'S dos
recolhimentos fundiários do obreiro, de toda relação de
emprego, sob pena de CONFISSÃO.

Requer finalmente que os pedidos da presente RECLAMAÇÃO


TRABALHISTA sejam JULGADOS TOTALMENTE PROCEDENTES para
condenar as empresas RECLAMADAS ao pagamento de todas as
verbas rescisórias pleiteadas, com a devida atualização
monetária, juros, honorários advocatícios de 20%, custas
processuais e demais cominações legais.

Protesta pela produção de todos os meios de provas em


direito admitidas, em especial, pelo depoimento das partes,
oitiva de testemunhas, documentos ora anexados, juntada de
novos documentos que se fizerem necessários, ficam desde já
requeridos.

8
Av. Altamirando de Araújo Ramos, 260, 1ª andar, sala 01, centro, CEP 43700-000,
Simões Filho/BA, tel. (71) 3396-9038 ou 8704-9166
JOSEMAR SILVA CORDEIRO

Advogado & Associados

Dá-se o valor superior a 40 (quarenta) salários mínimos.

Nestes termos,

Espera Deferimento.

Simões Filho/BA, 14 de fevereiro de 2011.

JOSEMAR SILVA CORDEIRO


OAB/BA n. 21.886

CLEBERSON DOS SANTOS BATISTA


OAB/BA 28.508

ADNEILTON SOARES DE ANDRADE


Bacharel em Direito

9
Av. Altamirando de Araújo Ramos, 260, 1ª andar, sala 01, centro, CEP 43700-000,
Simões Filho/BA, tel. (71) 3396-9038 ou 8704-9166