Você está na página 1de 12

Determinantes

Determinantes são números que se apresentam numa espécie de tabela entre


barras. É um tipo de matriz conhecido como matriz quadrada, recebendo esse
nome porque apresenta o mesmo número de linhas (m) e de colunas (n), ou
seja, m = n.
Determinantes de 1.ª Ordem
Também conhecidos como Matrizes de Ordem 1, são aqueles que
apresentam apenas uma linha e uma coluna. Isso quer dizer que o valor do
determinante é o valor do próprio elemento.
Exemplos:
det X = |8| = 8
det Y = |-5| = 5
Determinantes de 2.ª Ordem
Também conhecidos como Matrizes de Ordem 2 ou Matriz 2x2, são aqueles
que apresentam duas linhas e duas colunas.
Para calculá-los, primeiro multiplicamos os valores constantes nas diagonais,
uma principal e outra secundária.
De seguida, subtraímos os resultados obtidos dessa multiplicação.
Exemplos:

3 * 2 - 7 * 5 = 6 - 35 = -29

3 * 4 - 8 * 1 = 12 - 8 = 4
Determinantes de 3.ª Ordem
Também conhecidos como Matrizes de Ordem 3 ou Matriz 3x3, são aqueles
que apresentam três linhas e três colunas:

Para calculá-los, utilizamos a Regra de Sarrus, que consiste em repetir as


duas primeiras colunas logo a seguir à terceira:

De seguida, seguimos os seguintes passos:


1) Calculamos a multiplicação em diagonal. Para tanto, traçamos setas
diagonais que facilitam o cálculo.
As primeiras setas são traçadas da esquerda para a direita e correspondem
à diagonal principal:

1 * 5 * 8 = 40
2 * 6 * 2 = 24
3 * 2 * 5 = 30
2) Calculamos a multiplicação do outro lado da diagonal. Assim, traçamos
novas setas.
Agora, as setas são traçadas da direita para a esquerda e correspondem
à diagonal secundária:

2 * 2 * 8 = 32
1 * 6 * 5 = 30
3 * 5 * 2 = 30
3) Somamos cada uma delas:
40 + 24 + 30 = 94
32 + 30 + 30 = 92
4) Subtraímos cada um desses resultados:
94 - 92 = 2

Matrizes e Determinantes

As Matrizes e os Determinantes são conceitos utilizados na matemática e em


outras áreas como, por exemplo, da informática.
São representadas na forma de tabelas que correspondem a união de números
reais ou complexos, organizados em linhas e colunas.
Matriz
A Matriz é um conjunto de elementos dispostos em linhas e colunas. As linhas
são representadas pela letra 'm' enquanto as colunas pela letra 'n', onde n ≥
1 e m ≥ 1.
Nas matrizes podemos calcular as quatro operações: soma, subtração, divisão
e multiplicação:
Exemplos:
Uma matriz de ordem m por n (m x n)
A = | 1 0 2 4 5|
Logo, A é uma matriz de ordem 1 (com 1 linha) por 5 (5 colunas)
Lê-se Matriz de 1 x 5

Logo B é uma matriz de ordem 3 (com 3 linha) por 1 (1 colunas)


Lê-se Matriz de 3 x 1

Determinante
O Determinante é um tipo de matriz, chamada de "Matriz Quadrada" que
apresenta o mesmo número de linhas e de colunas, ou seja, quando m = n.
Neste caso, é chamada de Matriz Quadrada de ordem n. Em outras palavras,
toda matriz quadrada possui um determinante, seja ele um número ou uma
função associado à ela:
Exemplo:

Assim, para calcular o Determinante da Matriz Quadrada:


 Deve se repetir as 2 primeiras colunas

 Encontrar as diagonais e multiplicar os elementos, não esquecendo de trocar o


sinal no resultado da diagonal secundária:
1. Diagonal principal (da esquerda para a direita): (1,-9,1) (5,6,3) (6,-7,2)
2. Diagonal secundária (da direita para a esquerda): (5,-7,1) (1,6,2) (6,-9,3)
Portanto, o Determinante da matriz 3x3 = 182.
Curiosidades
 Pierre Frédéric Sarrus (1798-1861) foi um matemático francês que inventou um
método para o encontrar os determinantes das matrizes quadradas de ordem 3
(3x3) conhecido como a "Regra de Sarrus".
 O "Teorema de Laplace", um método para calcular o determinante de qualquer
tipo de matriz quadrada, foi inventado pelo matemático e físico francês Pierre
Simon Marquis de Laplace (1749-1827).
 Os determinantes considerados nulos são aqueles em que a soma dos
elementos de qualquer das diagonais seja igual a zero.
 São tipos de Matrizes Quadradas: Matriz Identidade, Matriz Inversa, Matriz
Singular, Matriz Simétrica, Matriz Positiva Definida e Matriz Negativa. Há
também as matrizes transpostas e opostas.

Teorema de Laplace
O Teorema de Laplace é um cálculo utilizado para calcular determinantes. É
através desse teorema que são calculadas as matrizes de ordem igual ou
superior a 4. Isso porque é mais fácil calcular as matrizes de ordem 1, 2 e 3
mediante a Regra de Sarrus.
Recebe esse nome porque foi inventado pelo físico Pierre Simon Marquis de
Laplace (1749-1827).
Como Calcular?
Para calcular os determinantes, devemos seguir os seguintes passos:
1. Selecionar uma linha ou uma coluna. Lembrando que na presença de zeros, a
escolha da linha ou da coluna que contenha a maior quantidade de elementos
igual a zero torna os cálculos mais simples;
2. Somar os números constantes da linha selecionada e multiplicá-los pelos seus
respectivos cofatores, ou seja, Σ = aij * Aij.
Exemplo

Vamos selecionar a linha 1, já que nela há um elemento igual a zero.


Agora, vamos calcular:

A partir daqui, como zero multiplicado por qualquer número é zero, o cálculo
fica mais simples, pois neste caso a14 * A14 não precisa ser calculado.
Para calcular o cofator, multiplicamos os valores por -1i + j. i e j são
respectivamente a linha e a coluna onde se encontram os elementos. Assim:
Σ 4 * (-1)i + j
Σ 4 * (-1)1 + 1
Σ 4 * (-1)2
Σ4*1
Σ4
Σ 5 * (-1)i + j
Σ 5 * (-1)1 + 2
Σ 5 * (-1)3
Σ 5 * (-1)
Σ -5
Σ (-3) * (-1)i + j
Σ (-3) * (-1)1 + 3
Σ (-3) * (-1)4
Σ (-3) * 1
Σ -3
Depois disso, calculamos os determinantes que, neste caso, são -37, 7 e -27.
Saiba como fazer esses cálculos em Determinantes.
Com esses valores, vamos terminar de resolver o teorema:
Σ = 4.A11 + 5.A12 + (-3).A13
Σ = 4 * (-37) + 5 * 7 + (-3) * (-27)
Σ = -148 + 35 + 81
Σ = -32
Chegamos ao resultado. -32 é o determinante dessa matriz 4x4 ou matriz de
4.ª ordem.

Exercício Resolvido
Utilizando o Teorema de Laplace, calcule o determinante da matriz 5x5 abaixo.
Em uma de suas colunas quase todos os elementos são iguais a zero. Para
facilitar, é essa a que vamos escolher.

Σ = aij * Aij
Σ = aij * (-1)i + j
Σ = a11 * (-1)1 + 1
Σ = 1 * (-1)2
Σ=1*1
Σ=1
Acontece que o determinante resulta em uma matriz 4x4. Assim, vamos
selecionar uma nova linha ou coluna nessa matriz.
Σ = aij * Aij
Σ = aij * (-1)i + j
Σ = a11 * (-1)1 + 1
Σ = 4 * (-1)2
Σ=4*1
Σ=4
Sendo o seu determinante -6, vamos terminar de resolver o teorema:
Σ = 4.A11
Σ = 4 * (-6)
Σ = -24
Chegamos ao resultado. -24 é o determinante dessa matriz 5x5 ou matriz de
5.ª ordem.

Tipos de Matrizes
Os tipos de matrizes incluem as diversas maneiras de representação de seus
elementos. São classificadas em: matriz linha, coluna, nula, quadrada,
transposta, oposta, identidade, inversa e iguais.
Definição de Matriz
Antes de mais nada, devemos atentar ao conceito de matriz. Trata-se de uma
representação matemática que inclui em linhas (horizontais) e colunas
(verticais) alguns números naturais não-nulos.
Os números, chamados de elementos, são representados entre parênteses,
colchetes ou barras horizontais.
Representações de uma matriz
Classificação das Matrizes
Matrizes Especiais
Há quatro tipos de matrizes especiais:
 Matriz Linha: formada por uma única linha, por exemplo:

 Matriz Coluna: formada por uma única coluna, por exemplo:

 Matriz Nula: formada por elementos iguais a zero, por exemplo:

 Matriz Quadrada: formada pelo mesmo número de linhas e colunas, por


exemplo:
Matriz Transposta
A matriz transposta (indicada pela letra t) é aquela que apresenta os mesmos
elementos de uma linha ou coluna comparada com outra matriz.
No entanto, os elementos iguais entre as duas são invertidos, ou seja, a linha
de uma apresenta os mesmos elementos que a coluna de outra. Ou ainda, a
coluna de uma possui os mesmos elementos da linha de outra.

Matriz Oposta
Na matriz oposta, os elementos entre duas matrizes apresentam sinais
diferentes, por exemplo:

Matriz Identidade
A matriz identidade ocorre quando os elementos da diagonal principal são
todos iguais a 1 e os outros elementos são iguais a 0 (zero):

Matriz Inversa
A matriz inversa é uma matriz quadrada. Ela ocorre quando o produto de duas
matrizes for igual a uma matriz identidade quadrada de mesma ordem.
A . B = B . A = In (quando a matriz B é inversa da matriz A)
Obs: Para encontrar a matriz inversa utiliza-se a multiplicação de matrizes.
Igualdade de Matrizes
Quando temos matrizes iguais, os elementos das linhas e das colunas são
correspondentes: