Você está na página 1de 58

EIXO 3 – ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA

Disciplina: D 3.1 – Debate Contemporâneo da Gestão


Pública (16h)
((Aula 1: Estado,, governo
g e Administração
ç Pública;; mudanças
ç de
paradigmas e os desafios da gestão pública contemporânea)

Professor: José Matias Pereira

31 de janeiro e 1°
1 de fevereiro de 2012
Desafios da Gestão Pública
Contemporânea

Prof. José Matias-Pereira


Universidade de Brasília

Brasília – DF, 31 de janeiro de 2012


Curso de APO 2012 - ENAP

1
DESAFIOS DA GESTÃO PÚBLICA CONTEMPORÂNEA

Focos das abordagens:

1. Estado, governo e Administração Pública

2. Os efeitos das mudanças de paradigmas no mundo

3. Os desafios da gestão pública contemporânea

3
Administração Pública*
Ad i i ã  Públi *

As mudanças de paradigmas no mundo e as


demandas cada vez mais específicas por
parte dos cidadãos de serviços públicos de
qualidade, num contexto de recursos
escassos e cada
d vez mais i controlados,
l d exigem
i
mudanças
ç significativas
g no modelo e na
forma de gestão da administração pública?

3
Funções
ç Contemporâneas
p .
do Estado
Três Funções:

F
Função
ã Al
Alocativa:
ti
arrecadação/orçamento
• . prestação de serviços

Manutenção da
Governabilidade
Função Distributiva: E da Governança
assegurar distribuição
di t ib i ã
compensar imperfeições

Função Estabiliza-
dora: econômica,
política
líti

Objetivo do Estado: BEM-COMUM

5
55
ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA

.Administração Pública é o governo em


movimento.
movimento


É a atuação do Estado de forma concreta
e imediata ppara a consecuçãoç dos
interesses coletivos, visando o bem-
comum.
comum
.É o conjunto de órgãos e de pessoas
jurídicas (do ponto de vista subjetivo) aos
quais a lei atribui o exercício da função
administrativa do Estado.
Alexandre Moraes, 2006 6
Gestão

Gestão é a capacidade de implementar


o que necessita ser realizado.

Planejar Organizar Dirigir Coordenar Controlar

A capacidade
p em
obter a melhor relação possível entre
recurso,, ação
ç e resultado é o que
q define
o nível de competência da gestão.

Fazer mais com menos, com mais qualidade!!!


7
Administração Pública diferencia-se
da administração privada pela
obediência compulsória aos princípios
constitucionais básicos da legalidade,
moralidade, publicidade,
impessoalidade e eficiência.

Na AP não há liberdade nem vontade pessoal.


Na administração privada é lícito fazer tudo o
que a lei não proíbe, na AP é apenas permitido
fazer o que está previsto na lei.
8
Fundamentos da Administração Pública

Publicidade Impessoalidade

Excelência
dirigida ao
Cidadão

Moralidade Eficiência

Legalidade

9
Fundamentos da Administração Pública

Agilidade Inovação

Valorização
das pessoas Foco em resultado
Excelência
Gestão dirigida ao
Controle social
participativa Cidadão

Aprendizado Visão de Futuro


organizacional

Gestão baseada em
processos e informações

10
Serviço público
público, num sentido amplo
amplo,
são todos aqueles
q p
prestados ppelo
Estado ou delegados por
concessão
ã ou permissão
i ã sob b
condições impostas por ele,
visando à satisfação de
necessidade da sociedade.

11
A Trajetória dos Modelos de Gestão:
da Era Primitiva a Sociedade do Conhecimento

• .
Era Era Era Sociedade do
Primitivo Agrícola Industrial Conhecimento

Modelo Modelo Modelo Modelo


de Gestão I de Gestão II de Gestão III de Gestão IV

12
12
12
Administração Pública
Administração Pública*

Mudanças de paradigmas no mundo

Vídeo 1.
Revolução Industrial
http://www.youtube.com/watch?v 5Kbkk
http://www.youtube.com/watch?v=5Kbkk
B3g8VA&feature=related

12
TTrajetória do Estado: do Estado Absolutista ao Estado 
j tó i d E t d d E t d Ab l ti t Et d
Social Liberal
SEC XXI

• Trajetória do Estado Social
SEC XX liberal
Bem AP Gerencial

SEC XX estar Pós gerencialismo

Liberal AP Burocrática

SEC XIX democrático


AP Burocrática
Liberal
SEC XVI e XVII
AP Burocrática
Absoluto

AP Patrimonialista

14
14
Reformas da Administração Pública no Brasil

1938 1967 1988 1990

Desmonte e reconstrução
do Estado
Constituição de 1988
Reforma desenvolvimentista
Reforma burocrática
Patrimonialismo

15
Administração Pública

• bo dage
Abordagem

2. Mudanças de paradigmas:
um mundo em transformação

16
C ái
Cenário em Transformação
T f ã

• As grandes transformação ocorridas 
no Século XX.

• As tendências no século XXI

• Efeitos das mudanças no ambiente 
das organizações privadas e 
públicas...
úbli
17
M d
Mudanças de
d paradigmas:
di um mundo
d em transformação
f ã

1900 1950 A partir de 1990...


1900 1950 1990 2005

Comportamento Comportamento
C t t Comportamento
influenciado pela influenciado pela influenciado pelo
autoridade informação conhecimento e
(Revolução pela competência
Industrial)

17
Principais legados do longo século XX*

. A sociedade mundial vivenciou e sofreu os


efeitos de duas Guerras Mundiais
• priorizou o automóvel
• criou a bomba atômica
• ascensão da mulher no mercado
• evolução do avião e das viagens espaciais
• internacionalização da economia
• fim dos impérios colonialistas
• avanços da ciência, tecnologia e inovação
(computador, internet...)
• co
conscientização
sc e t ação e da maior
a o valorização
a o ação do
ser humano
19
Principais mudanças da gestão do século XX

Década de 10 - Gestão Científica de


Taylor e Ford- Linha de produção-controle
e reducionismo.

Década de 20 a 50 - Consolidação
das Grandes Organizações Burocráticas

Década de 50 - Bases da Gestão


por Qualidade-
Q lid d Preocupação
P ã com os
clientes- Peter Drucker

20
Principais mudanças da gestão no século XX

Dé d de
Década d 60 - Bases do
Planejamento

Décadas de 70 e 80 –
O boom japonês da Qualidade Total

Décadas de 80 e 90 -
Reengenharia
R h i - O Grande
G d Mit
Mito, a
Grande Farsa

20
Principais mudanças do século XX

Década de 90 em diante - Era da


informação/informática - capital intelectual -
diferencial humano.
ECONOMIA DO CONHECIMENTO!!!*
22
Sociedade do conhecimento

Vivemos numa
sociedade em que
o conhecimento se
tornou no novo
motor da
economia.
Manuel Castells,, A Sociedade em Rede.

23
E
Economia do conhecimento
i d h i t
• A economia baseada em conhecimento desloca 
o eixo da riqueza e do desenvolvimento de 
setores industriais tradicionais – intensivos em 
setores industriais tradicionais 
mão‐de‐obra, matéria‐prima e capital – para 
seto es cujos p odutos, p ocessos e se v ços são
setores cujos produtos, processos e serviços são 
intensivos em tecnologia e conhecimento.
• O valor dos produtos depende cada vez mais do 
percentual de inovação, tecnologia e 
inteligência a eles incorporados *
inteligência a eles incorporados.

24
Desafios

• Projeção de vídeo sobre inovações no campo 
da informática

Vídeo 2.
Tecnologias
g previstas p
p para o futuro -
Microsoft
http://www webdig com br/6119/15-
http://www.webdig.com.br/6119/15
tecnologias-previstas-futuro-2030/

25
u O ritmo das mudanças no mundo contemporâneo

u Na Sociedade do Conhecimento, as mudanças e


as inovações tecnológicas ocorrem em um ritmo
tão veloz que, além dos fatores tradicionais de
produção, como capital, terra e trabalho, é
essencial identificar e gerir de forma inteligente o
conhecimento das p pessoas nas organizações.
g ç
u Esta nova era pressupõe uma imensa
oportunidade de disseminar democraticamente
as informações, utilizá-las para gerar
conhecimento que leve em direção a uma
sociedade
i d d maisi jjusta.
t
26
As tendências para o século XXI

Avanço Tecnológico X Redução dos custos da


tecnologia

g
Setores de maior crescimento: Biotecnologia;
Educação e Entretenimento
Fonte: FGV Management

Interdependência global

Conflitos regionais: cultural; ideológico e


econômico

Disparidades
p Regionais
g

Visão sistêmica e estratégica


27
Reflexão: Modelo de Produção e Consumo
ideologia do crescimento econômico indefinido

28
Modelo de produção e consumo*

Vídeo 3.
Mudanças Ambientais Globais
http://videoseducacionais.cptec.inpe.br/

29
Modelo de produção e consumo*

Sociedade moderna – Origens datam do século 18


Lógica do modelo: crescimento econômico
indefinido (única ideologia que sobreviveu)

O longo século 20: Anarquismo, fascismo e


socialismo. Século 21: Neoliberalismo

Momento atual: Essa crença começa a ruir. Em


busca de um novo modelo. Desenvolvimento
sustentável?
Mudanças no paradigma político*
• A explosão dos indignados...
• Milhares de pessoas começam a sair nas 
Milh  d         i   
ruas no mundo inteiro: Europa, EUA, norte 
da África e Oriente Médio (primavera 
Á (
árabe).
)
• Movimento de combate a corrupção (Brasil)
• É possível avaliar quais os efeitos dessas 
É  í l  li   i     f i  d  
mudanças sobre os governos e 
administrações públicas?... 
31
31
Mudanças no cenário mundial

 O contexto
conte to da globalização
globali ação e das sociedades
em rede com múltiplos atores que agem
simultaneamente é o da imprevisibilidade
 As decisões ocorrem em número crescente
de lugares, o que amplia a fragmentação
 Aumenta
A t a interdependência
i t d dê i
 Fragmentação e interdependência levam à
incerteza

32
Mudanças no cenário mundial*

As abordagens
g convencionais de
governança e de administração
pública
úbli f
foram concebidas
bid e
organizadas para lidar com
complexidade e incerteza?

33
Mudanças
ç no contexto das organizações
g ç

•O novo contexto das organizações


públicas e privadas

34
Os efeitos das mudanças no cenário mundial*
mundial

• Mudanças profundas: na forma •Abertura de mercado


de gestão privada e pública • Tecnologias de
• No trabalho e na educação informação
• Nos valores sociais e culturais • Meios de comunicação
• Influências políticas e • Crescimento econômico
econômicas • Desenvolvimento social
• Novo mapa geográfico

... O que resulta no surgimento de novos desafios...


desafios

34
Mudanças no cenário mundial

MUDANÇAS NO MUDANÇAS NO
CAMPO SOCIAL CAMPO POLÍTICO
MUDANÇAS NO
CAMPO ORGANIZACIONAL MUDANÇAS NO
CAMPO ECONÔMICO

MUDANÇAS DO MUDANÇAS NO CAMPO


CAMPO TECNOLÓGICO DO CONHECIMENTO

MUDANÇAS NO CAMPO
MUDANÇAS NO DA ECOLOGIA
CAMPO GERENCIAL

MUDANÇAS NO CAMPO ORGANIZACIONAL


VALORIZAÇÃO DO SER HUMANO

36
Contexto das organizações
g ç públicas
p e privadas
p

• Capacidade
p de adaptação
p ç
• Estruturas flexíveis
• Organizações ágeis
• Inovação

• Competitividade
• Crescimento sustentável nos âmbitos social
social,
econômico e ambiental

37
Contexto das organizações

Gestão do conhecimento

Gestão do Conhecimento
Processo integrado de transformação
do conhecimento individual em recurso
di í l a ttoda
disponível d a organização,
i ã com a
finalidade de promover vantagem
competitiva.

38
Contexto organizacional

Empresas Privadas

• Inovação
• Competitividade

• Eficiência, eficácia e
f ti id d na gestão,
efetividade tã
para cumprir a sua função
na sociedade

Empresas Públicas

39
Papel do Estado contemporâneo

Papel do governo e Administração Pública

40
PAPEL DO ESTADO CONTEMPORÂNEO
Â

 Inclusão social e redução das


desigualdades
g sociais.
 Crescimento com geração de trabalho,
emprego e renda,
renda ambientalmente
sustentável.
 Promoção e expansão da cidadania e
fortalecimento da democracia.
democracia

41
Desafios

• Vídeo 4.
• Projeção de vídeo sobre problemas sociais 
P j ã  d   íd   b   bl   i i 
no Brasil 
• ‐ Matéria Brasil sem miséria ‐ campanha na 
TV.
• ttp://www.brasilsemmiseria.gov.br/

42
Mudança na forma de atuar da Administração Pública no Brasil

 Coordenação de novo tipo – abordagens de


governo integrado
i t d
 Fortalecimento da gestão por desempenho e a
possibilidade de tomada de decisão baseada em
evidências
 Maior transparência e accountability
 Coprodução – como aumentar a responsabilidade
em comportamentos da população
 Demanda por servidores talentosos
 Novas tecnologias
 Diversidade
43
Mudanças
ç no foco da g
gestão do setor p
público

Causas da falta de
eficiência, eficácia e efetividade
na gestão do serviços públicos

44
DIMENSÃO DA ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA NO BRASIL

 Cerca de 9 milhões de servidores públicos nos três níveis


de governos.
governos

 Problemas
ob e as púb
públicos
cos co
complexos
p e os nos
os aspectos co
conceitual
ce tua e
tecnológico.

45
Exemplos de problemas na gestão pública

 Falta de foco da gestão pública no cidadão;


 Deficiência no processo de elaboração, implementação e
avaliação das políticas públicas;
 Gestão do conhecimento (frágil ou inexistente);
 Nível
Ní el insuficiente
ins ficiente de conhecimento,
conhecimento por parte dos gestores
e servidores, de suas atribuições e da missão na
instituição;
 Ausência da forma de medir e avaliar constantemente
processos e resultados,
resultados para poder melhorá-los
melhorá los
continuamente e tomar decisões mais adequadas.
 Baixa qualidade dos serviços públicos!!!
46
Gestão Pública: Falhas na Implantação das Políticas Públicas

A maior parte das Políticas


Públicas não é
implementada

bl
Em que pese problemas d
de
formulação, o grande
problema é a qualidade da
implementação

47
Matias-Pereira – Jan. 2012
47
Implementação das Políticas Públicas: Obstáculos

Formulação

Ausência de política
Qualidade da formulação
Q ç
Não reflete perspectivas
Baixa governabilidade

Pessoas Porque as
organizações falham
GESTÃO
As organizações não na implementação Formulação X ação
comprometem as pessoas das políticas Gestão fragmentada
g
com a realização das públicas? Falta cultura
políticas
empreendedora

Orçamento X planejamento
Contingenciamento “burro”
Falta flexibilidade

Recursos

48
48
3. Desafios da Administração Pública

Diante deste cenário instigante...

“ ... quais são os limites,


desafios e perspectivas da
administração pública no
B
Brasil?
il? ”

49
Os três grandes desafios da gestão pública brasileira

Ética

Institucional / 
Instrumental
Organizacional

50
Os três grandes desafios da gestão pública brasileira

Ética

Institucional / 
Instrumental
Organizacional

51
DESAFIOS DA ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA

A crise da Administração Pública é decorrente da própria


crise
i d
do E t d
Estado e dos
d â bit
âmbitos d
de atuação
t ã d t
deste.
Competências dos entes federados. Complexidade.

As demandas aos governos e às organizações se tornam


cada vez mais heterogêneas
g e complexas por parte da
sociedade e dos cidadãos.

P líti
Políticas úbli
públicas d fi i t
deficientes: d ã saúde,
segurança, educação, úd
emprego, habitação, mobilidade urbana, etc.

Esse novo contexto - no qual a insatisfação dos cidadãos é


crescente com a qualidade dos serviços públicos - exige uma
nova postura dos gestores públicos.
52
DESAFIOS DA ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA CONTEMPORÂNEA

Dificuldades presentes*:
Consciência da interdependência dos fenômenos;
Permeabilidade dos limites entre o p
público o p
privado;
Redefinição das funções das distintas instituições e
organizações e novas formas de interação entre
elas;
Identidades definidas por novos elementos.

53
DESAFIOS DA ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA CONTEMPORÂNEA

 Dificuldade para reduzir custos operacionais e


melhorar a q
qualidade dos serviços
ç p prestados.
 Priorizar o foco nos resultados de desempenho
institucional e no relacionamento com o
cliente/cidadão.
 Esforço para melhorar a integração entre os
sistemas organizacionais
g eg
governamentais.

54
É possível mudar esse cenário?
Estratégias institucionais e estratégias de governo

A percepção da necessidade da implementação da


gestão estratégica por todos os atores envolvidos
nesse processo;
a p
percepção
pç e compreensão
p do órgão
g acordado da
sua necessidade de implementação de forma
eficiente,, eficaz e efetiva de suas p
políticas p
públicas;;
A visão de que toda a construção depende do
envolvimento de todos os níveis da organização.

55
E t té i institucionais
Estratégias i tit i i e estratégias
t té i de d governo

• Priorizar a consolidação do conceito de


Estado para resultados,
res ltados buscando
b scando sua
s a
irreversibilidade,, estendendo o alcance de
gestão eficiente, eficaz e efetiva a toda
Administração Pública.
• Em
E síntese:
í t Of t
Ofertar, com menor custo
t
possível serviço público com qualidade!!!
possível,
56
Administração
Administração Pública
. Pública
 Proposta para reflexão...
fl

f
A reforma d
da Ad i i t ã
Administração
Pública surge
g então, nesse
cenário de mudanças, como a
reforma mãe de todas as
demais reformas...

57
ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA

OBRIGADO!!!
Contato: matias@unb.br

58