Você está na página 1de 11

CLASSE NOVA CRIATURA

Módulo 2
Realidades da Nova Criação

Prs. Marco Antônio & Jane Amorim.


novacriatura.mpv@gmail.com
MINISTÉRIO PÃO DA VIDA
CLASSE NOVA CRIATURA.

LIÇÃO 2: REALIDADES DA NOVA


CRIAÇÃO

“Assim que, se alguém está em Cristo, nova criatura é; as coisas velhas já


passaram; eis que tudo se fez novo.” 2 Corintios 5:17

Agora você é salvo, e passou pelo processo do


Novo Nascimento:

“Jesus respondeu, e disse-lhe: Na verdade, na verdade te digo que aquele que


não nascer de novo, não pode ver o reino de Deus. Disse-lhe Nicodemos:
Como pode um homem nascer, sendo velho? Pode, porventura, tornar a entrar
no ventre de sua mãe, e nascer? Jesus respondeu: Na verdade, na verdade te
digo que aquele que não nascer da água e do Espírito, não pode entrar no
reino de Deus.” João 3:3-5.

Aquele quadro tenebroso de separação de Deus e de condenação já


não há mais, pois Deus, em infinito amor, nos trouxe salvação. Ele nos deu
vida, estando nós ainda mortos. Possibilitou que nascêssemos de novo.
Em Cristo, passamos da morte espiritual, causada pelo pecado, para a
vida espiritual.
Precisamos nascer de novo para sermos filhos de Deus, absolutamente
regenerados (leia em casa 1 Pedro 1). É como passar da morte para a vida, ser
regenerado para uma vida totalmente nova.
O Novo nascimento é a restauração da comunhão e do relacionamento
do homem com Deus – o homem passa a ter de volta o que Adão perdeu:

“Assim que já não sois estrangeiros, nem forasteiros, mas concidadãos dos
santos, e da família de Deus.” Efésios 2:19

O que antes era exclusividade, agora está disponível, pois a barreira


entre o cristão e Deus está desfeita.
Leia em casa Êxodo 12.
Lá, temos a história da ovelha de páscoa. Olhando pra o contexto
histórico, o povo de Deus estava escravizado há cerca de 430 anos, servindo
ao Egito. Havia tortura da parte de faraó, não havia esperança para a vida.
Podemos relacionar Faraó a Satanás e seus demônios, e o Egito ao mundo.
Toda família deveria se reunir para a Páscoa, todos deveriam passar
sangue nos umbrais das portas e comer todo o cordeiro para que, naquela
noite, o anjo destruidor passasse por cima da casa.
Deus quer salvar a humanidade, e o preço da salvação é o cordeiro.
Como foi dito, o cordeiro deveria ser inteiramente consumido pela família.
Precisamos estar inteiramente em Cristo, para que Ele esteja em nós, pois Ele
é o cordeiro que tira o pecado do mundo.
Na história de Abraão, enquanto ele e Isaque subiam ao monte, Isaque
perguntou ao seu pai onde estava o cordeiro. Abraão lhe disse que Deus
reservaria para si um cordeiro. Em João Batista, este referiu-se a Jesus,
dizendo: “Eis o Cordeiro de Deus...”.
Tal revelação foi dada pelo Espírito Santo a João Batista. Jesus, o
cordeiro, arrancará todo o pecado da sociedade. Apocalipse refere-se a Jesus
como o frágil cordeiro, mas que governa como leão, tendo o poder e toda
autoridade em suas mãos.
Esse é o conceito da Páscoa. O novo nascimento é a restauração da
comunhão e do relacionamento do homem com Deus. Mas, para isso, o que
fez o homem nos tempos do Egito? Apenas creu no sangue dos umbrais da
porta.
Aquela noite, no Egito, com certeza, foi uma noite de enorme temor. E
se o cordeiro não fosse perfeito? Será que o sangue desse cordeiro realmente
nos salvará?
Hoje em dia, muitos cristãos têm medo de não serem perdoados por
Deus. Não precisamos temer, pois o sangue do cordeiro está em nossas vidas.
Somos da família de Deus, nascemos de novo debaixo do sangue desse
cordeiro.
Muitos ficam com o pensamento: “Ainda sou pecador”. Isso não muda
minha situação, meu “Status” como nova criatura, e não fizemos nada por isso.
A vida foi dada pela graça de Deus. “Fostes comprados por bom preço.”
Nós não valemos nada. Não há o que reformar em nós para ficar bom.
Precisamos é nascer de novo, de tudo novo.
Deus não quer nos reformar, e sim nos fazer um novo homem! Não é
fazer academia, plástica, lipoaspiração, pois depois de um ano tudo volta ao
normal. Deus faz completamente novo, não reforma, mas faz nova criatura.
Imagine que mandássemos arrumar toda a estrutura do templo físico da
igreja e seus banheiros, para que fôssemos todos morar lá dentro desse
templo. Seria uma experiência completamente nova. E, por esse motivo, é algo
que nos traz desconforto. E, para viver nesse novo lugar, precisamos viver de
acordo com as novas regras do novo local. Leva tempo para acostumar, no
início é desconfortável. Assim é com a nova vida; é tudo novo, e nosso antigo
estilo de vida nada tem a ver com o novo jeito de ser. Somos “nova feitura de
Deus”, eis que Tudo, tudo se fez novo.
Muitos cristãos são nova feitura e não sabem viver como devem. Temos
de viver de acordo com essa vida. Apesar de sermos novas criaturas de Deus,
muitas vezes queremos viver de acordo com o trato do passado. Paulo diz que
estamos em Cristo, aqui amplamente protegidos, e no paraíso nada nos faltará.
E não há preço nenhum a pagar, tudo é gratuito, pois é pela graça que somos
salvos.

A NOVA CRIATURA:

1 - A nova criatura está em Cristo e não é reforma da velha natureza,


é vestida de uma nova criação, após ser despida da velha, é algo que nunca
existiu:
“Assim que, se alguém está em Cristo, nova criatura é; as coisas velhas já
passaram; eis que tudo se fez novo.” 2 Corintios 5:17.

Cristo é tudo – herdeiro total da promessa – de todas as coisas:

“A quem constituiu herdeiro de tudo, por quem fez também o mundo.” Hebreus
1:2.

“Ora, as promessas foram feitas a Abraão e à sua descendência. Não diz: E às


descendências, como falando de muitas, mas como de uma só: E à tua
descendência, que é Cristo.” Gálatas 3:16.

Criado, não é a reforma do velho homem, mas algo inteiramente novo,


de acordo com a imagem do criador:

“E vos renoveis no espírito da vossa mente; E vos revistais do novo homem,


que segundo Deus é criado em verdadeira justiça e santidade.” Efésios 4:23-
24.

Segundo a imagem de quem criou:

“E vos vestistes do novo, que se renova para o conhecimento, segundo a


imagem daquele que o criou.” Colossenses 3:10.

2 – A nova criatura é obra de Deus, fisicamente e espiritualmente em


Cristo:

“Porque somos feitura sua, criados em Cristo Jesus para as boas obras, as
quais Deus preparou para que andássemos nelas. “ Efésios 2:10.

Boas obras não mudam o caráter de ninguém, não podem “recriar” alguém;
Aqueles que são nascidos de novo, praticam estas boas obras como
consequência do novo nascimento;
O novo nascimento é que nos capacita para praticarmos boas obras – boas
obras não geram o novo nascimento:

“Que nos salvou , e chamou com uma santa vocação ; não segundo as nossas
obras , mas segundo o seu próprio propósito e graça que nos foi dada em
Cristo Jesus antes dos tempos dos séculos.” 2 Timóteo 1:9.

3 – A nova criatura foi redimida:

“Em quem temos a redenção pelo seu sangue, a remissão das ofensas,
segundo as riquezas da sua graça.” Efésios 1:7.
“Dando graças ao Pai que nos fez idôneos para participar da herança dos
santos na luz; O qual nos tirou da potestade das trevas, e nos transportou para
o reino do Filho do seu amor; Em quem temos a redenção pelo seu sangue, a
saber, a remissão dos pecados.” Colossenses 1:12-14.

“Sendo justificados gratuitamente pela sua graça, pela redenção que há em


Cristo Jesus. Ao qual Deus propôs para propiciação pela fé no seu sangue,
para demonstrar a sua justiça pela remissão dos pecados dantes cometidos,
sob a paciência de Deus.” Romanos 3:24-25.

Redenção significa libertação efetivada mediante pagamento de resgate.


A dívida contra nós não foi simplesmente cancelada, mas foi totalmente
paga mediante um resgate = o corpo de nosso Senhor Jesus Cristo.
O pagamento de uma obrigação (no caso, o pecado), no entendimento
do Direito, sempre se paga mediante um resgate. No caso deste texto, Jesus
Cristo veio pagar o resgate, entregando o seu próprio corpo.
Neste caso, Jesus Cristo tornou-se o redentor de nossa dívida diante de
Deus, mas não exigindo de nós o pagamento da mesma. Ou seja, houve, por
parte de Jesus Cristo, uma renúncia ao direito de cobrar a obrigação, o que
equivale à remissão.
Remissão significar perdão – deixar um preso livre, como se os pecados
(crimes) nunca tivessem sido cometidos.
Suponhamos uma pessoa que deve a alguém um valor muito alto, e com
juros também altíssimos. Só que uma outra pessoa chega-se a que deve, e lhe
diz que tem condições de quitar sua dívida. Um mediador se apresenta e paga
a dívida, passando, então, a ser o credor.
Isto é Redenção – que é a quitação de uma dívida mediante o
pagamento de um resgate.
Este novo credor, no entanto, perdoa a dívida. O devedor não precisa
mais pagar a dívida, pois ela foi quitada, remida, mesmo ela tendo altíssimo
valor. Isto é Remissão.
Não há como pagar a dívida que temos com Deus. Tal dívida não é
financeira, pois, neste caso, trabalharíamos e então pagaríamos a dívida. A
dívida que tínhamos diante da justiça de Deus era a nossa própria vida.
Cristo morreu em nosso lugar e poderia cobrar-nos a dívida, pois Ele a
comprou. Mesmo em posse do título da dívida, Ele rasgou a promissória, e
disse que isso era de graça, que não precisaríamos pagar. Fomos remidos por
Ele.
4 - A nova criatura não é mais escrava do pecado.
Leia em casa Romanos 5:8-19 e 6:14-22.
O pecado, a ofensa a Deus, veio por um só homem, um só ato de
desobediência. Portanto, só foi necessário um ato de juízo para a condenação.
Mas, da mesma maneira que todos foram contaminados pelo pecado, todos
podem receber a justificação, através de um só ato de justiça:

“Porque, como pela desobediência de um só homem, muitos foram feitos


pecadores, assim pela obediência de um muitos serão feitos justos.“ Romanos
5:19.
“Porque o pecado não terá domínio sobre vós, pois não estais debaixo da lei,
mas debaixo da graça.” Romanos 6:18.

5 - Antes, escravos do pecado, agora libertos do pecado, escravos


da justiça:

“E, libertados do pecado, fostes feitos servos da justiça.” Romanos 6:18

Servo (ou escravo): aquele que, permanentemente, está a serviço, em


sujeição ao seu Senhor. Aquele que não tem direito a nada. Devotado a outro,
abrindo mão de seus próprios interesses.
Em Cristo fomo redimidos. Jesus tomou a dívida e a colocou na cruz.
Mas o diabo ainda lança novas oportunidades para nos endividar. O diabo nos
faz lembrar do pecado, e nos diz que não estamos livres. Ele sabe mentir, e o
que ele diz é mentira. Somos novas criaturas, fomos redimidos, e não mais
somos escravos do pecado. Pelo fato de não sermos mais escravos, não
precisamos mais praticar o que praticávamos antes, agora podemos dizer não!
6 – Não há mais condenação para a nova criatura:
Não há condenação. Jesus Cristo, pelo Espírito Santo, desenvolve em
nós uma mente livre de condenação:

“PORTANTO, agora nenhuma condenação há para os que estão em Cristo


Jesus, que não andam segundo a carne, mas segundo o Espírito. Porque a lei
do Espírito de vida, em Cristo Jesus, me livrou da lei do pecado e da morte.
Porquanto o que era impossível à lei, visto como estava enferma pela carne,
Deus, enviando o seu Filho em semelhança da carne do pecado, pelo pecado
condenou o pecado na carne; Para que a justiça da lei se cumprisse em nós,
que não andamos segundo a carne, mas segundo o Espírito.” Romanos 8:1-4.

A inclinação para a carne, o modo de pensar é nossa decisão. Se for da


carne é morte, é contrária a Deus e inimizade com Deus.

“Porque os que são segundo a carne inclinam-se para as coisas da carne; mas
os que são segundo o Espírito para as coisas do Espírito. Porque a inclinação
da carne é morte; mas a inclinação do Espírito é vida e paz. Porquanto a
inclinação da carne é inimizade contra Deus, pois não é sujeita à lei de Deus,
nem, em verdade, o pode ser.” Romanos 8:5-7.

“Adúlteros e adúlteras, não sabeis vós que a amizade do mundo é inimizade


contra Deus? Portanto, qualquer que quiser ser amigo do mundo constitui-se
inimigo de Deus. Ou cuidais vós que em vão diz a Escritura: O Espírito que em
nós habita tem ciúmes?“ Tiago 4:4-5.
.
“Não ameis o mundo, nem o que no mundo há. Se alguém ama o mundo, o
amor do Pai não está nele. Porque tudo o que há no mundo, a concupiscência
da carne, a concupiscência dos olhos e a soberba da vida, não é do Pai, mas
do mundo. E o mundo passa, e a sua concupiscência; mas aquele que faz a
vontade de Deus permanece para sempre.” 1 João 2:15-17.

7 - A nova criatura tem a inclinação, o modo de pensar do Espírito,


que é de vida e paz, está morta para o pecado, não deve nada à carne, à
antiga natureza.

“Vós, porém, não estais na carne, mas no Espírito, se é que o Espírito de Deus
habita em vós. Mas, se alguém não tem o Espírito de Cristo, esse tal não é
dele. E, se Cristo está em vós, o corpo, na verdade, está morto por causa do
pecado, mas o espírito vive por causa da justiça. E, se o Espírito daquele que
dentre os mortos ressuscitou a Jesus habita em vós, aquele que dentre os
mortos ressuscitou a Cristo também vivificará os vossos corpos mortais, pelo
seu Espírito que em vós habita. De maneira que, irmãos, somos devedores,
não à carne para viver segundo a carne.“ Romanos 8:9-12

8 - A nova criatura é guiada pelo Espírito de Deus, tornando-se filho


de Deus, recebendo um espírito de adoção, que testifica esta condição. Torna-
se HERDEIRO, co-herdeiro com Cristo.

“Porque todos os que são guiados pelo Espírito de Deus esses são filhos de
Deus. Porque não recebestes o espírito de escravidão, para outra vez estardes
em temor, mas recebestes o Espírito de adoção de filhos, pelo qual clamamos:
Aba, Pai. O mesmo Espírito testifica com o nosso espírito que somos filhos de
Deus. E, se nós somos filhos, somos logo herdeiros também, herdeiros de
Deus, e co-herdeiros de Cristo: se é certo que com ele padecemos, para que
também com ele sejamos glorificados.” Romanos 8:14-17.

“Porque todos sois filhos de Deus pela fé em Cristo Jesus. Porque todos
quantos fostes batizados em Cristo já vos revestistes de Cristo. Nisto não há
judeu nem grego; não há servo nem livre; não há macho nem fêmea; porque
todos vós sois um em Cristo Jesus. E, se sois de Cristo, então sois
descendência de Abraão, e herdeiros conforme a promessa.” Gálatas 3:26-29.

Olhando para a vida do povo israelita no deserto, pode-se dizer que


tinham uma vida mansa por lá. Tinham água da rocha, tinham o maná de Deus.
A nuvem que dava sombra. As sandálias que não se gastavam. Isso não era a
trajetória final do povo. Deus queria era Canaã, queria realizar a promessa aos
antigos. Então, os espias vão à terra e a vêem como terra do leite e mel, e
também vêem muito trabalho pala frente. Só que a nação permaneceu no
deserto, e por lá ficou até que toda a geração incrédula morresse.
Daí pode-se extrair diferenças entre filhos de Deus e filhos de Deus
herdeiros.
Podemos viver no deserto ou podemos ter o caráter de Cristo, toda a
herança que temos nEle por direito.
AMADO ALUNO, RELEIA A LIÇÃO EM CASA, UTILIZANDO A
BÍBLIA!

Bibliografia:
Texto Bíblico Almeida Corrigida, Fiel (ACF), 1994 – Sociedade Bíblica
Trinitariana do Brasil.
Compilado da Escola de Treinamento Ministerial a Distância – Curso Básico –
Módulo Realidades da Nova Criação – Disciplina Realidades da Nova Criação
– Lição 2, item 6. Colegiado Ministerial ABBA & ETM Curitiba.

Muito Interessante:
http://www.orvalho.org/ministerio/realidades-da-nova-criacao-por-luciano-
subira/ (esse link será encaminhado ao seu e-mail, e está disponível no no
nosso blog http://mpvsedecuritiba.blogspot.com/.
Discipulado

Somos NOVA CRIAÇÃO, Novas Criaturas em Cristo Jesus. Jesus nos


fez conhecer a VERDADE e por isso somos LIVRES! Livres do Pecado. NÃO
SOMOS PECADORES LUTANDO PARA SERMOS SANTOS, MAS SOMOS
SANTOS LUTANDO CONTRA O PECADO!
1-Diante desta nova realidade, devemos mudar completamente nosso
modo de pensar, de falar e de agir. Temos que mostrar ao mundo que somos
pessoas transformadas. O (a) velho(a )_______________ não existe mais,
agora existe um (a) novo (a)________________Salvo(a) Por Jesus (complete
as lacunas com seu nome).
2–Que atitudes do velho homem ainda existem em sua vida que
precisam ser enterradas juntamente com o(a) velho(a)_______________?
Coloque-as agora em oração diante de Deus, peça que cubra a sua vida com o
sangue de Jesus, e ore diariamente até que esse pecado seja derrotado
completamente. Nunca durma com pecados não confessados: este é o
segredo da vitória na vida cristã.
3- O verdadeiro perdão só nasce quando abandonado o pecado.
Confesse e deixe o pecado, esse é o verdadeiro arrependimento. Somente
assim você viverá como Nova Criação.
Artigo Para Sua Edificação Espiritual

Amado(a)s.

Filipenses 1:6

“Aquele que começou uma boa obra em nós há de completar até o dia de
Cristo.”

Tenho certeza que você está experimentando algo novo dentro do seu
coração, é a nova natureza de Cristo que veio morar dentro de você; porque as
coisas velhas já passaram, eis que tudo se fez novo.

É maravilhoso saber que no dia que nos entregamos a Cristo fomos


salvos; então podemos afirmar, que salvação é um ato.

Santificação, que é a mudança de atitude, ou seja, deixar os velhos


hábitos e vícios, tão naturais na vida de quem não conhece a Cristo, isso não é
um ato, você não e dorme e acorda, tendo deixado toda velha vida com seus
costumes e erros; isso vai acontecer em um processo que chamamos de
santificação. É o que você está vivendo agora e está acontecendo por meio do
ensino e revelação da Palavra de Deus para a sua vida.

Certamente, já há pessoas que estão sendo usadas por Deus, como


seus discipuladores que estão contribuindo e muito para que você seja uma
nova criatura em todos os aspectos de sua vida.

“Que o Senhor te abençoe e te guarde, que Ele faça resplandecer seu


rosto sobre você e te dê a paz.” Números 6:24-26.

Pastor Odilon Vergara


Pastor da Igreja Batista Shalon de Curitiba
Avaliação de Aprendizado

1 – Conforme 1 Pedro 1:3 e 23, como e para que fomos novamente gerados
(regenerados)?

2 – O que significa a firmação de que a Nova Criatura ESTÁ em Cristo?

3 – Qual a relação entre as boas obras e a Nova Criatura?

4 – O que significa remissão?

5 – Conforme Romanos 6:11, como devemos nos considerar agora que somos
Nova Criatura?

6 – Comente em poucas palavras o “Artigo Para Sua Edificação Espiritual”


dessa semana, de autoria do Pr. Odilon Vergara.

7-Comente em poucas palavras o vídeo do link


http://www.youtube.com/watch?v=E6KdsSt6ClE&feature=mfu_in_order&list=UL
, o qual será encaminhado ao seu e-mail e encontra-se disponível no blog da
Igreja http://mpvsedecuritiba.blogspot.com/.

8 – Transcreva 2 Coríntios 5:17