Você está na página 1de 7

Seminário Teológico Evangélico Doutor Pedro Tarsier

CAPELANIA E SAÚDE CRISTÃ


Prof. Rodiney Custódio

Márcio Giovane Rosa Araujo

Estudo de Caso: Jaqueline Machado


Baseado na obra de Louise L. Hay, “Você pode curar sua vida”. 8ª Edição. Editora Best Seller.

“Jaqueline Machado, 34 anos, casada, mãe de três filhos. Desde menina, foi
criada na Igreja tradicional. Seu esposo trabalha na construção civil de uma
empresa em concordata. Jaqueline mora no pátio da casa da mãe, casa
com cinco peças. Estudou até a sexta série e após a terceira gestação
engordou 30 quilos. Com frequência vai ao médico com queixas de dor de
cabeça. Já fez tomografia computadorizada, exame este que deu normal. No
último domingo, após o culto referiu que tinha vomitado sangue, mas não
mostrou ao seu marido. Diz ter dores de estômago. Vive resfriada, até no
verão. Seu marido também é crente, participa das atividades da Igreja e não
possui queixas.“.

Se Jaqueline viesse conversar com você, que problemas você tem condições de detectar através
de uma boa conversa com ela?

Liste abaixo os problemas, as causas, e um versículo para cada problema levantado.

empresa em concordata

A empresa em concordata obteve, em juízo, a possibilidade de prorrogar o pagamento de seus


débitos quirografários [sabe que é devedora ao credor, mas está de mãos vazias: -sem bens e/ou
garantias para se quitar], ou sem garantia real, e continua operando/funcionando. Porém, sob a
supervisão de um comissário indicado pelo juiz, que pode ser um dos credores ou não.

Em suma, é um benefício legal formando-se uma espécie de contrato entre devedor e credores,
supervisionado pelo juiz, visando à reabilitação do devedor em estado temporário de insolvência
[quebra por nada mais poder pagar], tendo como finalidade principal dar tempo ao devedor para
negociar dívidas, ou para preparar a empresa para a falência limpa [quitação total e geral de débitos
seguido de encerramento da empresa].

Observação: Hoje não há mais o benefício da concordata, pois, o Decreto-Lei nº 7.661/45, antiga
“Lei de Falência”, foi revogado pela Lei nº 11.101 de fevereiro/2005, “Recuperação Judicial, a
Extrajudicial e a Falência do Empresário e da Sociedade Empresária”.

http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_ato2004-2006/2005/lei/l11101.htm

Isto posto, pode-se afirmar as seguintes conclusões:

PRIMEIRA CONCLUSÃO

Jaqueline Machado, doravante chamada apenas de Jaqueline, possui um esposo que trabalha
numa empresa que não oferece garantias de permanência de emprego e de pagamento de salário.

Estudo de Caso: Jaqueline Machado - 1/7


Logo, há uma incerteza prolongada incomodando à Jaqueline. Provável formação de gastrite.

GASTRITE

Solução do “novo padrão de pensamento”, segundo Louise L. Hay:


☺ “Eu me amo e me aprovo. Estou em segurança.”.
► Versículo Bíblia ARA:
Gl 5:14 Porque toda a lei se cumpre em um só preceito, a saber:
Amarás o teu próximo como a ti mesmo.

1Pe 5:6-7 Humilhai-vos, portanto, sob a poderosa mão de Deus, para que Ele,
em tempo oportuno, vos exalte, lançando sobre Ele toda a vossa ansiedade,
porque Ele tem cuidado de vós.

É dedutível enquadrar Jaqueline no medo do prazo determinado: o do término do pagamento de


contas para subsistência face a ausência de salário do marido. É possível a formação de
hemorroidas.

MEDO DE NÃO TER DINHEIRO PARA SUBSISTIR EM PRAZO DETERMINADO

Solução do “novo padrão de pensamento”, segundo Louise L. Hay:


☺ “Deixo ir tudo o que é diferente do amor.
Há tempo e espaço para tudo o que quero fazer.”.

► Versículo Bíblia ARA:


1Tm 6:17 Exorta aos ricos do presente século que não sejam orgulhosos,
nem depositem a sua esperança na instabilidade da riqueza, mas em Deus,
que tudo nos proporciona ricamente para nosso aprazimento;

Se o trabalho do marido de Jaqueline for a única fonte de renda familiar, ela diante do medo
provocado pela possibilidade da ausência de renda quando da efetiva concordata, adicionará a sua
culpa de não poder ajudar na renda familiar. Logo, é provável a presença de insônia em Jaqueline.

INSÔNIA

Solução do “novo padrão de pensamento”, segundo Louise L. Hay:


☺ “Com amor deixo ir o dia e entro num sono tranquilo,
sabendo que o amanhã cuidará de mim mesmo.”.

► Versículo Bíblia ARA:


Sl 4:8 Em paz me deito e logo pego no sono, porque, SENHOR,
só tu me fazes repousar seguro.

Estudo de Caso: Jaqueline Machado - 2/7


mora no pátio da casa da mãe, casa com cinco peças

SEGUNDA CONCLUSÃO

Jaqueline não possui espaço próprio onde possa exercer a sua criatividade, realizando mudanças
e/ou construções. Antes, tem a criatividade sufocada e limitada ao espaço físico que lhe toma de
sua mãe. Desta forma, Jaqueline possui emoções reprimidas em nome da priorização do lugar para
se morar. Provável formação de amigdalite.

AMIGDALITE

Solução do “novo padrão de pensamento”, segundo Louise L. Hay:


☺ “O que é bom para mim agora flui livremente.
Ideias Divinas se expressam através de mim. Estou em paz.”.

► Versículo Bíblia ARA:


1Ts 5:23 O mesmo Deus da paz vos santifique em tudo; e o vosso espírito, alma e corpo
sejam conservados íntegros e irrepreensíveis na vinda de nosso Senhor Jesus Cristo.

Cozinha, banheiro e sala é o básico de uma casa. Logo, restam 2 peças para se compor o quarto.
Provavelmente seja um quarto de casal para Jaqueline e seu marido, e um quarto para os seus 3
filhos. Certamente Jaqueline se sente humilhada perante a situação de não poder oferecer um
quarto para cada filho em sua própria casa. Provável problema de tireoide.

TIREÓIDE

Solução do “novo padrão de pensamento”, segundo Louise L. Hay:


☺ “Avanço além das velhas limitações e agora me dou permissão
para me expressar livre e criativamente.”.

► Versículo Bíblia ARA:


Rm 6:14 Porque o pecado não terá domínio sobre vós;
pois não estais debaixo da lei, e sim da Graça.

Estudou até a sexta série

TERCEIRA CONCLUSÃO

Jaqueline não terminou seus estudos, sequer o ensino médio (antigo segundo grau). Logo, não
conseguiu fazer nem um curso técnico, quanto mais poder entrar e terminar uma faculdade. Há um
sentimento contido em não se sentir apta a realizar algo, incluindo-se o trabalho profissional. Razão
pela qual reforça-se a ideia de que Jaqueline não participa da formação da renda familiar, ficando
na dependência da renda de seu marido, a saber, do pagamento de salário que a empresa onde o
seu marido trabalha ainda consegue honrar. Provável desenvolvimento de asma.

Estudo de Caso: Jaqueline Machado - 3/7


ASMA

Solução do “novo padrão de pensamento”, segundo Louise L. Hay:


☺ “Agora é seguro para eu tomar conta de minha vida. Escolho ser livre.”.
► Versículo Bíblia ARA:
1Pe 2:16 como livres que sois, não usando, todavia, a liberdade por pretexto da malícia,
mas vivendo como servos de Deus.

engordou 30 quilos

QUARTA CONCLUSÃO

Vários são os problemas advindos da obesidade não necessariamente mórbida. Segundo a


Sociedade Brasileira de Endocrinologia e Metabologia, dentre outros, são citados [em 01/04/2017]:

https://www.endocrino.org.br/10-coisas-que-voce-precisa-saber-sobre-obesidade

• Arteriosclerose;
• Artrite;
• Diabetes (tipo 2);
• Insônia (apneia do sono  presente já na PRIMEIRA CONCLUSÃO);
• Pressão alta (hipertensão);
• Tumores (de intestino).

É importante salientar que, no trabalho de Louise L. Hay, são entabuladas doenças


psicofisiológicas, isto é, permanência de situações mentais que geram doenças no corpo, não
sendo entabuladas as doenças psicossomáticas, isto é, as doenças de estado da própria mente,
tais como a diminuição da autoestima e a depressão, típicas e reconhecidas doenças mentais
associadas à obesidade.

OBESIDADE

Não dá solução no “novo padrão de pensamento”, segundo Louise L. Hay, mas a define:
☺ “O excesso de peso é só um efeito exterior de um profundo problema interno.
Para mim, ele é sempre o medo e uma necessidade de se sentir protegido.
Quando nos sentimos amedrontados ou inseguros, ou "não bons o bastante",
muitos de nós acumulamos gordura para se proteger. ” (página 12).

► Versículo Bíblia ARA:


Gl 5:21 invejas, bebedices, glutonarias e coisas semelhantes a estas, a respeito das quais
eu vos declaro, como já, outrora, vos preveni, que não herdarão o Reino de Deus
os que tais coisas praticam.
Sl 28:7 O SENHOR é a minha força e o meu escudo; nEle o meu coração confia,
nEle fui socorrido; por isso, o meu coração exulta, e com o meu cântico O louvarei.

Estudo de Caso: Jaqueline Machado - 4/7


Com frequência vai ao médico com queixas

QUINTA CONCLUSÃO

Presença de doença psicossomática: hipocondria.

Wikipédia online em 01/04/2017: https://pt.wikipedia.org/wiki/Hipocondria

“A hipocondria, do grego hypo- (a baixo) e chondros (cartilagem do diafragma),


também conhecida por nosomifalia, é um estado psíquico em que a pessoa tem
a crença infundada de que padece de uma doença grave. Costuma vir
associada a um medo irracional da morte, a uma obsessão com sintomas ou
defeitos físicos irrelevantes, preocupação e auto-observação constante do
corpo e até às vezes, à descrença nos diagnósticos médicos. Muitas vezes
encarada como algo engraçado, a patologia é séria e prejudica a vida de
pacientes e parentes.”.

HIPOCONDRIA

Não dá solução no “novo padrão de pensamento”, segundo Louise L. Hay, nem a define:

► Versículo Bíblia ARA:


Is 53:4-5 Certamente, Ele tomou sobre si as nossas enfermidades e as nossas dores levou
sobre si; e nós O reputávamos por aflito, ferido de Deus e oprimido. Mas Ele foi traspassado
pelas nossas transgressões e moído pelas nossas iniquidades; o castigo que nos traz a paz
estava sobre Ele, e pelas Suas pisaduras fomos sarados.

dor de cabeça

SEXTA CONCLUSÃO

Jaqueline afirma que possui dor de cabeça frequente, razão que busca na mesma proporção a
justificativa de ida ao médico. Logo, ela aponta para um quadro mental de autocrítica e de falta de
valorização geral de sua pessoa, definindo e caracterizando uma hipocondria.

A hipocondria pode ser confirmada pelo próprio testemunho de Jaqueline, onde não foi constatado
nenhuma doença física via tomografia [exame dando normal].

DOR DE CABEÇA

Solução do “novo padrão de pensamento”, segundo Louise L. Hay:


☺ “Eu me amo e me aprovo. Vejo a mim e ao que faço com olhos de amor. Estou seguro.”.
► Versículo Bíblia ARA:
Tg 5:13-14 Está alguém entre vós sofrendo? Faça oração. Está alguém alegre?
Cante louvores. Está alguém entre vós doente? Chame os presbíteros da igreja,
e estes façam oração sobre ele, ungindo-o com óleo, em nome do Senhor.

Estudo de Caso: Jaqueline Machado - 5/7


vomitado sangue

SÉTIMA CONCLUSÃO

Jaqueline afirma ter vomitado sangue. Considerando-se todo o quadro por ela narrado, pode ser a
confirmação da presença de uma ou mais das seguintes doenças psicofisiológicas:

1. Amigdalite;
2. Diabetes (associado ao refluxo estomacal – hérnia de hiato);
3. Gastrite;
4. Pressão alta (lesão em algum ponto do estômago, esôfago ou garganta).

Independente de qual doença tenha gerado o vômito com sangue em Jaqueline, ela opôs
resistência à relação do casal, omitindo este fato ao marido. Não houve diálogo sincero do casal
acerca deste assunto. Provavelmente há outros casos de resistência, e procedendo deste modo,
Jaqueline vem aumentando a sua rejeição à vida.

DOENÇA OU PARTE AFETADA ENVOLVENDO SANGUE

Solução do “novo padrão de pensamento”, segundo Louise L. Hay:


☺ “Sou a alegria da vida expressando e recebendo. ” (página 73).
► Versículo Bíblia ARA:
1Jo 1:7 Se, porém, andarmos na luz, como Ele está na luz, mantemos comunhão
uns com os outros, e o sangue de Jesus, seu Filho, nos purifica de todo pecado.

dores de estômago

OITAVA CONCLUSÃO

A dor é um sintoma de que algo em nosso corpo não está indo bem. Como Jaqueline afirma ter
dores de estômago, há fortes chances de ser gastrite, como citado na PRIMEIRA CONCLUSÃO.

Considerando-se o sobrepeso de Jaqueline e o seu modo de vida, a “dor no estômago” pode estar
associada a outro órgão do corpo, gerando-se um falso positivo como causa da dor, a saber:

• Apendicite: Jaqueline tem medo da vida e não divide isto sequer com o marido.
• Diabetes: Jaqueline apresenta quadro de tristeza profunda, além de obesidade.
• Hepatite: Jaqueline tem resistência à mudança face à situação.
• Prisão de ventre: Jaqueline tem medo de não ter dinheiro suficiente.
• Rins: Jaqueline é crítica, mas não sabe como administrar a eminência de fracasso.

Considerando-se o estilo de vida que Jaqueline leva, isto é, opondo resistência à mudança de vida,
prioriza medos acima da transformação pessoal, inspirando a possibilidade de ela ter um derrame.

A presença do medo em Jaqueline não só limita sonhos, como também pode vir a formar úlceras,
e estas evoluírem para o câncer. Para tal, basta que Jaqueline se mantenha em mágoa profunda
e com ressentimentos por longo tempo.

Estudo de Caso: Jaqueline Machado - 6/7


CÂNCER

Solução do “novo padrão de pensamento”, segundo Louise L. Hay:


☺ “Com amor perdoo e liberto todo o passado e escolho encher meu mundo de alegria.
Eu me amo e me aprovo.”.

► Versículo Bíblia ARA:


Mc 11:25-26 E, quando estiverdes orando, se tendes alguma coisa contra alguém, perdoai,
para que vosso Pai celestial vos perdoe as vossas ofensas.
[Mas, se não perdoardes, também vosso Pai celestial não vos perdoará as vossas ofensas. ]

2Tm 4:18 O Senhor me livrará também de toda obra maligna e me levará salvo para o
Seu reino celestial. A Ele, glória pelos séculos dos séculos. Amém!

Vive resfriada

NONA CONCLUSÃO

Jaqueline afirma que tem resfriados o tempo todo, independente das estações do ano. Logo, a
suspeita de hipocondria é confirmada, caracterizando-a como pessoa portadora de confusão
mental.

RESFRIADOS

Solução do “novo padrão de pensamento”, segundo Louise L. Hay:


☺ “Deixo minha mente relaxar e ficar em paz.
A clareza e a harmonia estão dentro e em torno de mim.”.

► Versículo Bíblia ARA:


Dt 28:15,28 Será, porém, que, se não deres ouvidos à voz do SENHOR, teu Deus, não
cuidando em cumprir todos os seus mandamentos e os seus estatutos que, hoje, te ordeno,
então, virão todas estas maldições sobre ti e te alcançarão: O SENHOR te ferirá com loucura,
com cegueira e com perturbação do espírito.

Rm 1:20-22 Porque os atributos invisíveis de Deus, assim o Seu eterno poder, como também
a Sua própria divindade, claramente se reconhecem, desde o princípio do mundo, sendo
percebidos por meio das coisas que foram criadas. Tais homens são, por isso, indesculpáveis;
porquanto, tendo conhecimento de Deus, não O glorificaram como Deus, nem lhe deram
graças; antes, se tornaram nulos em seus próprios raciocínios, obscurecendo-se lhes o
coração insensato. Inculcando-se por sábios, tornaram-se loucos

Estudo de Caso: Jaqueline Machado - 7/7