Você está na página 1de 13

Michael Faraday

Michael Faraday nasceu em Newington, Inglaterra no dia 22 de setembro


de 1791. Destacou-se na história da ciência como um físico e um químico.
É considerado um dos cientistas mais influentes de todos os tempos.

As suas contribuições mais importantes e os seus trabalhos mais


conhecidos estão intimamente relacionados com os fenómenos da
eletricidade e do magnetismo, no entanto, também contribuiu de forma
significativa para a evolução da química enquanto ciência. Faraday foi
principalmente um experimentalista, chegando s ser descrito como o
"melhor experimentalista na história da ciência", embora não dominasse
conhecimentos de matemática avançada, como o cálculo.
Tanto as suas contribuições para a ciência, como o impacto que as
mesmas tiveram na nossa sociedade, são sem qualquer dúvida
importantes: as suas descobertas científicas cobrem áreas significativas da
física e da química modernas, e a tecnologia desenvolvida baseada no seu
trabalho está ainda mais presente. As suas descobertas na área do
eletromagnetismo constituiram a base para os trabalhos de engenharia do
fim do século XIX por pessoas como Edison, Siemens, Tesla e Westinghouse,
que tornaram possível a eletrificação das sociedades industrializadas. Por
outro lado, os seus trabalhos em eletroquímica são agora amplamente
usados em química industrial.
Na área da física, foi um dos primeiros a relacionar a eletricidade e o
magnetismo.
Em 1821, logo após Oersted ser o primeiro a descobrir que a eletricidade
e o magnetismo eram associados entre si, Faraday publicou o seu trabalho,
a que chamou de "rotação eletromagnética" (princípio que explica o
funcionamento do motor elétrico).
Em 1831, Faraday descobriu a indução eletromagnética, o princípio do
funcionamento de um gerador elétrico e de um transformador elétrico.
As suas idéias sobre os campos elétrico e magnético, e a natureza dos
campos em geral, inspiraram trabalhos posteriores nessa área (como as
equações de Maxwell).
Na área da química, ele descobriu o benzeno, produziu os primeiros
cloretos de carbono conhecidos (C2Cl6 e C2Cl4), ajudou a estender as
fundações da metalurgia e metalografia, além de ter tido sucesso em
liquefazer gases nunca antes liquefeitos (dióxido de carbono e cloro, entre
outros), tornando possível métodos de refrigeração que foram muito
utilizados. Talvez a sua maior contribuição foi, na fundação virtual da
eletroquímica, introduzindo termos como eletrólito, ânodo, cátodo,
elétrodo, e ião.
Pesquisou também algumas ligas de aço e produziu vários tipos novos de
vidros. Um desses vidros tornou-se historicamente importante por ser a
substância em que Faraday identificou a rotação do plano de polarização
da luz quando era colocado num campo magnético e também por ser a
primeira substância a ser repelida pelos pólos de um íman.
Faraday morreu na sua casa em Hampton Court em 25 de Agosto de 1867,
aos 75 anos, e foi enterrado na Abadia de Westminster, ao lado de Isaac
Newton
Albert Einsten
Einstein nasceu na Alemanha no
ano de 1879. Ele foi físico e
matemático e até hoje é conhecido
pela sua genialidade.

Com sua Teoria da Relatividade


mudou o pensamento da
humanidade a respeito de tempo e
espaço. Esta foi apresentada por ele no ano de 1905, sendo
reapresentada com mais informações no ano de 1915. A
partir daí, soube-se que era possível criar uma potente
arma nuclear.

Em 1921, esta notável figura recebeu o Prêmio Nobel de


Física ao explanar sua teoria quântica, que apresentava
esclarecimentos sobre o efeito fotoelétrico.

Este grande homem, que tanto contribuiu com sua


genialidade, passou os últimos anos de sua vida em busca
de uma teoria onde pudesse trabalhar ao mesmo tempo
com a matemática e com as leis da Física. Contudo, sua
busca não pôde ser concluída, pois, em 1955, o mundo
perdeu este cientista de cérebro brilhante
Isaac Newton
Isaac Newton nasceu em
Londres, no ano de 1643, e
viveu até o ano de 1727.
Cientista, químico, físico,
mecânico e matemático,
trabalhou junto com Leibniz na
elaboração do cálculo
infinitesimal. Durante sua
trajetória, ele descobriu várias leis da física, entre elas, a
lei da gravidade
Este cientista inglês, que foi um dos principais
precursores do Iluminismo, criou o binômio de Newton,
e, fez ainda, outras descobertas importantes para a
ciência.
Além de todas as descobertas que ele fez, acredita-se que
ocorreram muitas outras que não foram anotadas.

Diante de todas as suas descobertas, que, sem sombra de


dúvida, contribuíram e também ampliaram os horizontes
da ciência, este cientista brilhante acreditava que ainda
havia muito a se descobrir. E, em 1727, morreu após uma
vida de grandes descobertas e realizações.
Galileu Galilei
Grande Físico, Matemático e
Astrônomo, Galileu Galilei nasceu na
Itália no ano de 1564. Durante sua
juventude ele escreveu obras sobre
Dante e Tasso. Ainda nesta fase, fez a
descoberta da lei dos corpos e enunciou
o princípio da Inércia. Foi um dos
principais representantes do
Renascimento Científico dos séculos XVI
e XVII.
Galileu foi o primeiro a contestar as afirmações de
Aristóteles, que, até aquele momento, havia sido o único
a fazer descobertas sobre a física.
Muitas ideias fundamentadas por Aristóteles foram
colocadas em discussão por indagações de Galilei. Entre
elas, a dos corpos leves e pesados caírem com velocidades
diferentes. Segundo ele, os corpos leves e pesados caem
com a mesma velocidade.

Em 1642, ele morreu cego e condenado pela Igreja Católica


por suas convicções científicas. Teve suas obras
censuradas e proibidas. Contudo, uma de suas obras
(sobre mecânica) foi publicada mesmo com a proibição da
Igreja, pois seu local de publicação foi em zona
protestante, onde a interferência católica não tinha
influência significativa. A mesma instituição que o
condenou o absolveu muito tempo após a sua morte, em
1983.
Marrie Curie

Marie Skodowska Curie nasceu na


Polônia, em Varsóvia, antigo
Império Russo, no dia 07 de
novembro de 1867.
Foi uma famosa personagem da
história da ciência. A primeira
mulher a ganhar dois Prêmio
Nobel, destacando-se como
pesquisadora nas Universidades, numa época em que
esta área era dominada pelos homens.

Sua maior contribuição para a ciência foi a descoberta da


radioatividade e de novos elementos químicos.
Com a ajuda financeira de sua irmã, mudou-se para Paris,
ainda jovem.
Licenciou-se em Matemática e Física na Sorbonne. Foi a
primeira mulher a lecionar nesta escola.
Em 1903, ela recebeu junto com Pierre e Becquel, o
Prêmio Nobel de Física pelos estudos de radiação.
Em 1911 recebeu outro Nobel, pela descoberta dos
elementos polônio e rádio.
Marie Curie morreu na França em 1934 de leucemia.
Possivelmente, ela desenvolveu esta doença devido à
grande exposição à radiação durante sua carreira.
Nikola Tesla
Nikola Tesla nasceu em Smiljan no dia 10 de
julho de 1856. Na época, era uma região
pertencente ao Império Austro-Húngaro.
Atualmente, o local faz parte do território
Croata.
Desde cedo, seu pai foi seu maior
inspirador. Assim, ele focou em educar o
menino para desenvolver o raciocínio
lógico. Na escola destacou-se com sua
rapidez, inteligência e memória fotográfica.
Ingressou no Instituto Politécnico de Graz, na Áustria,
com o intuito de se graduar em Engenharia Elétrica.

Em 1881, Tesla começou a trabalhar numa empresa de


telefonia em Budapeste, atual Hungria. Com sua
experiência foi trabalhar com Thomas Edison em Nova
York.
Embora tenha sido muito proveitosa essa união, num
dado momento, os dois cientistas criaram um impasse
teórico sobre as correntes contínuas e alternadas.

Esse foi o motivo que levou Tesla a recusar dividir o


Prêmio Nobel com seu rival, em 1912. Por isso, na época
o prêmio foi oferecido a outro cientista.
O inventor faleceu em Nova York, Estados Unidos, no dia
7 de janeiro de 1943, com 86 anos. O cientista morreu
pobre e solitário.
Carl Sagan

O astrônomo e biólogo Carl Edward


Sagan nasceu na cidade de Nova York, a 9
de novembro de 1934. No ano de 1960, ele
se doutorou na Universidade de Chicago,
devotando-se logo depois aos estudos e à
popularização da Astronomia, bem como à
compreensão da exobiologia – pesquisas
sobre a existência de vida extraterrestre.
Carl Sagan era considerado um intelectual genial, pois
parecia dominar todas as áreas do conhecimento, sendo
detentor de uma vocação ímpar para a escrita, sem falar
na sua facilidade para traduzir na linguagem popular os
temas mais complexos.
Sua participação no projeto espacial dos EUA foi
expressiva. Ele atuou como consultor e conselheiro
da NASA a partir dos anos 50; colaborou com os
astronautas do Projeto Apollo anteriormente à viagem
destes à Lua; participou também do programa Voyager e
das tarefas que couberam à sonda Galileo. Sagan ocupou
vários cargos de destaque nos órgãos encarregados das
pesquisas sobre o Cosmos.
Carl Sagan morreu de pneumonia no dia 20 de dezembro
de 1996, no Centro de Pesquisas do Câncer Fred
Hutchinson, na cidade de Seattle, nos EUA.
Werner Heisenberg

Werner Karl Heisenber nasceu em 05


de dezembro de 1901, na cidade de
Würzburg, na Alemanha. Foi um famoso
físico ganhador de Prêmio Nobel.
Iniciou o curso de Física em 1920, em
Munique. Durante um Congresso em
Copenhague, de Niels Bohr, Heisenberg
expôs suas ideias sobre a Mecânica Quântica e a partir
daí, ficou muito amigo de Bohr.
Em 1919, formulou o Princípio da Incerteza. Para ele, é
impossível saber ao mesmo tempo a certeza da posição e
da velocidade de uma partícula. Quanto maior for a
precisão com que se conhece uma delas, menor será a
precisão com que se pode conhecer a outra. Foi chefe do
programa de energia nuclear da Alemanha Nazi.
Heisenberg morreu em 01 de fevereiro de 1976, em
Munique, na Alemanha.
Carl Friedrich Gauss

Carl Friedrich Gauss nasceu no dia


30 de abril de 1777, em Brunsvique,
na Alemanha. Ele é considerado um
dos maiores matemáticos da
história. Filho de camponeses
pobres, Gauss estudou com o apoio
da mãe. Ele era muito inteligente e
precoce no conhecimento e domínio
da matemática. Relatos históricos
afirmam que o matemático era capaz de realizar
operações aritméticas aos três anos de idade.

Durante sua vida, Carl Friedrich Gauss manteve sua


atividade científica e sua paixão pelos números. Ele
realizou diversas pesquisas sobre astronomia
observacional, mecânica celeste, levantamento
topográfico, geodesia, geomagnetismo,
eletromagnetismo e mecanismos ópticos. Gauss também
tinha um interesse particular pela geometria e pela
teoria dos números. Sua tese de doutorado foi a primeira
demonstração do teorema fundamental da álgebra.

Em 1792, Gauss ingressou no Collegium Carolinum. Aos


18 anos, ele inventou o método dos mínimos quadrados.
Carl Friedrich Gauss morreu enquanto dormia, no dia 23 de
fevereiro de 1855
Erwin Schroedinger

Erwin Schrödinger nasceu em 12 de


Agosto de 1887 em Erdberg, Áustria.
Filho único, foi educado pelo seu pai,
Rudolf Schrödinger, até aos 11 anos
de idade.
Apesar da sua entrada tardia na
escola, Schrödinger demonstrou
grande aptidão para a matemática e
física, bem como para a lógica. Em
1906 ingressou na Universidade de Viena, na qual
estudou Física teórica e onde obteve, em 1910, o seu
doutoramento.
Pelos seus trabalhos sobre mecânica ondulatória recebeu,
em 1933, em conjunto com Paul Dirac, o Prémio Nobel da
Física.
Veio a falecer em 4 de Janeiro de 1961.
James Prescott Joule

James Prescott Joule (1818 – 1889)


nasceu em dezembro de 1818, em
Salford, Inglaterra. Era filho de um
importante cervejeiro de Manchester, e
sempre manifestou interesse pelas
máquinas e pela Física. Joule teve
contato com grandes físicos como John
Dalton que lhe ensinou ciências e
matemática.
Joule estudou a natureza da corrente elétrica. Após
inúmeros experimentos ele descobriu que, quando um
condutor é aquecido ao ser percorrido por uma corrente
elétrica, ocorre uma transformação de energia elétrica
em energia térmica. Este fenômeno é conhecido como
Efeito Joule (que dá nome ao blog) em sua homenagem.
O joule, que tem como símbolo a letra J, é a unidade de
medida de energia e trabalho no sistema internacional de
unidades. As experiências e, grandes contribuições de
James Joule para a Física trouxeram-lhe reconhecimento.
Joule morreu em outubro de 1889 em Sale, Inglaterra, e
após sua morte, foi feita esta homenagem.
Veio a falecer em 11 de outubro de 1889 em Trafford.
James Clerk Maxwell

James Clerk Maxwell nasceu


em Edimburgo, no dia 13 de
junho de 1831. Ele foi um
importante físico e
matemático, e se tornou
conhecido por ter formulado a
teoria moderna do
eletromagnetismo, unindo a
eletricidade, o magnetismo e a óptica. O matemático
também se consagrou pelas equações de Maxwell.

James Maxwell estudou os campos elétrico e magnético,


além da velocidade da luz. Ele também se dedicou à
análise da mecânica estatística. Os estudos de Maxwell
sobre o eletromagnetismo deram base ao
desenvolvimento da teoria da relatividade restrita de
Einstein.

Em 1857, James Maxwell lançou um ensaio chamado de


“Estabilidade dos Anéis de Saturno”, trabalho pelo qual
foi premiado pela Universidade de Cambridge. Ele
também garantiu uma enorme contribuição à teoria
cinética dos gases. James Clerk Maxwell morreu no dia 5
de novembro de 1879, em Cambridge, no Reino Unido.