Você está na página 1de 21

EXERCÍCIOS

Forças sobre superfícies


1. Um reservatório contendo água, óleo e ar sob pressão é fechado por uma
comporta rectangular AB de 2 m de comprimento e 1 m de largura, articulada em
A. Desprezando o peso próprio da comporta, determine:
a) A magnitude e o ponto de aplicação da força resultante sobre a comporta,
b) A magnitude da força vertical F necessária para manter a comporta
fechada.

ar
A F
2m
1.5 m
Óleo 30°
ρ = 0.8 B

0.5 m 0.5 m água

mercúrio

2. A superfície ABC do tanque mostrado na figura é hemisférica. Determine a força


resultante e o ponto de aplicação devido ao óleo e a água.

2m A

óleo
3m

água 3m

C
3. O tanque mostrado na figura tem quatro compartimentos completamente
separados um do outro. Um quarto da esfera mostrada reside em cada
compartimento. Calcule:
a). A força total vertical;
b). A força total horizontal.

P1 = 5 psig
P2 = 10 psig
P3 = 13 psig
p1 D = 2 ft
ar
ρoleo = 0.8

água óleo 3 ft
10 ft
água
5 ft
2 ft
p2
água óleo 15 ft

p3

4. Um tubo de 25 mm de diâmetro é conectado no centro do topo de um tambor de


0.5 m de diâmetro, sendo o eixo longitudinal do tambor e do tubo vertical. Verte-se
água no tambor, através do tubo, até uma altura no tubo de 0.6 m acima do topo do
tambor. Se o tambor e tubo são girados a 600 rpm em torno do seu eixo
longitudinal determine a força que o fluido exerce sobre o topo do tambor.

5. Um tubo fino, fechado na sua base, está inclinado a um ângulo de 30 , como


mostrado na figura. Enche-se de água e seguidamente colocado a girar com
velocidade  = 8 rad/s. Determine as pressões p B na base do tubo e po no eixo de
rotação.

2 2
6. Um tanque cilíndrico contém oleo de densidade 900 kg/m 3. Um manómetro de
tubo em U cujo fluido manométrico é mercúrio é acoplado ao tanque como
mostrado na figura abaixo. O tanque e o oleo giram como um corpo sólido em
torno do eixo vertical. Para as condições da figura determine a velocidade de
rotação. Densidade do oleo 900 kg/m3.

0.475 m 1.2 m

óleo
0.4 m

Forças sobre corpos sólidos


1. O gasoduto de Pande transporta gas natural para a fábrica da Sasol em Secunda. É
um tubo de aço de 120 cm de diâmetro interno e 125 cm de diâmetro externo. Na
região do Guijá, o gasoduto atravessa o rio Limpopo, estando completamente
submerso em água e suportado (ancorado) em intervalos de 3 metros ao longo do
seu comprimento. Determine a força – magnitude e direcção – que cada um dos
apoios deverá suportar. ( densidade do aço = 7900 kg/m3).

2. Um tanque cilíndrico contendo água, óleo de densidade 850 kg/m 3, gelo e um


pedaço de Madeira é colocado sobre uma balança como mostrado na figura. No
fundo do tanque existe uma abertura circular de 0.3 m de diâmetro tapada por
uma rolha (não representada). A área da base do tanque é 2 m2.
a. Determine a força necessária para manter a rolha sobre a abertura.
b. Determine o peso do tanque indicado pela balança. Despreze o peso do
tanque vazio.

3 3
madeira
1m óleo

gelo
2m
água

balança

3. Uma esfera de 6” de diâmetro flutua num fluido em rotação. A massa específica


do fluido é quádrupla da da esfera e a superfície livre do fluido intercepta a esfera
ao longo do seu diâmetro. Determine a velocidade angular de rotação.

4. Numa tubagem de transporte de petróleo foi instalado um manómetro diferencial


como mostrado na figura. Determine as pressões absolutas nos pontos A e B
sabendo que a pressão atmosférica é 100 kPa e que a massa específica do petróleo
é igual a 0.9.

petróleo
pB pA

10m
4m
água
2.5m 1.5m

mercúrio

4 4
Balanços macroscópicos – Efeitos Inerciais

1. Um tanque de 10 m3 está cheio de água. Num dado instante injecta-se uma


solução contendo 50 kg de sal por metro cúbico de solução à uma razão de 0.5
m3/s, enquanto um caudal de 0.5 m3/s da mistura é retirado do tanque. Assuma que
um misturador dispersa instantaneamente a solução salina no tanque. Quantos
quilogramas de sal estarão dissolvidos no tanque após um minuto? Quanto tempo
será necessário para a concentração de sal no tanque atingir 20 kg/m3?
2. Um tanque cilíndrico, aberto à atmosfera, contém gasolina até uma profundidade
de 7 ft. O diâmetro do tanque é 3ft. Uma fuga de gasolina desenvolve-se através
de um furo no fundo do tanque de 0.5 in de diâmetro. Determine a quantidade de
gasolina que fluirá durante 30 minutos.

3. Uma bomba de vácuo retira o ar contido num tanque. No entanto, o tanque possui
uma fissura através da qual admite-se ar para o tanque à razão de 10 -4 lbm/min
sempre que a pressão no interior do tanque fôr menor que a pressão atmosférica.
Considere o sistema isotérmico e que o caudal volumétrico à entrada da bomba de
vácuo é constante e igual a 1 ft3/min.
a) Determine quanto tempo será necessário para que a pressão no tanque baixe
de 1 atm para 0.01 atm. A resolução desta alínea resultará numa equação
dy
+ f ( x ) y = r ( x)
diferencial linear de primeira ordem do tipo dx cuja solução é
− f ( x ) dx  ∫ f ( x ) dx * r ( x)dx + C 
y=e ∫  ∫ e 
sendo C uma constante a ser determinada
apartir dos dados do problema.

b) Que pressão mínima se pode atingir no tanque?

V = 10 ft3

4. O acessório em Y encontra-se no plano horizontal. Desprezando perdas,


determine as pressões p2 e p3 e as componentes da força necessária para manter o
Y.

5 5
D=6”
Q=8 cfs
60º
3

1
D=18”
Q=20 cfs D=12”
p=10 psig Q=12 cfs
45º 2

5. Uma lata de Coca-Cola aberta tem um furo na sua base. A lata está vazia e é
subitamente imersa em água até uma profundidade h1. A área da furo é 0.5 in2 e a
área da secção transversal horizontal da lata é 20 in 2. Determine o tempo
necessário para encher a lata até ao nível da água exterior.

h1

6. Qual a força total suportada pelos parafusos no sistema mostrado na figura abaixo
se v1 = 4 m/s, h = 28 cm, D 1 = 6 cm, D2 = 4 cm e p2 aproximadamente igual à
pressao atmosférica? Despreze os efeitos viscosos.

1 2

mercúrio

6 6
7. Um tanque circular tem duas aberturas circulares nas paredes verticais como
mostrado na figura. Determine o tempo para esvaziar completamente o tanque se
H = 0.5 m, D = 0.2 m e d = 10 mm.

H/2

d H

8. Um fluxo radial para dentro ocorre entre dois discos horizontais de 600 mm de
diâmetro e separados de 75 mm e sai por um tubo central de 150 mm de diâmetro
no disco inferior. Se o caudal volumétrico de água é 0.17 m 3/s e a pressão absoluta
na extremidade exterior do disco é 101 kPa determine a pressão na descarga e a
força resultante sobre o disco inferior.

9. Determine a força que o fluido exerce sobre o cotovelo mostrado na figura. O


cotovelo encontra-se num plano horizontal.
Dados:  = 850 kg/m3;  = 0.767*10-6 m2/s; d1 = 500 mm; d2 = 250 mm; p2 =
124 kPa;  = 45º; Q = 0.45 m3/s.

10. Um tanque cilíndrico de 2.1 m de diâmetro e 2.4 m de comprimento é fixo com o


seu eixo axial vertical e aberto à atmosfera . Um caudal constante de água é
fornecido pelo topo. Pelo fundo do tanque flui um caudal de água através de um
tubo de 5.4 m de comprimento e 75 mm de diâmetro que descarrega para a
atmosfera num ponto situado 0.3 m abaixo do fundo do tanque. Quando o nível de
água é 0.6 m acima da base do tanque determinou-se que ele subia a uma razão de
55 mm em 19.5 s. Determine o valor do caudal fornecido pelo topo neste instante.
Se este caudal fôr mantido constante determine se a água verterá do tanque.

11. O cotovelo mostrado na figura desvia o fluxo de água no plano vertical e


descarrega para a tmosfera. A massa do tubo entre as secções 1 e 2 é estimada em
10% da massa de água no interior do cotovelo. Determine a massa de água no

7 7
cotovelo sabendo que a força resultante sobre os parafusos na secção 1 é sómente
horizontal. Após algum tempo de uso os parafusos do lado de cima do cotovelo
partiram-se. Explique o fenómeno.
Dados: d1 = 500 mm; d2 = 250 mm; p1 = 187.5 kPa;  = 45º; v1 = 5 m/s;

12. A figura abaixo mostra um sifão. Uma vez estabelecido, o fluxo mantém-se desde
que exista água no tanque. Mostre que a velocidade do fluido na descarga
depende só de H. Determine em que ponto se estabelece a pressão mínima no
tubo e qual o seu valor.

h
H

13. Assumindo que o tanque é suficientemente grande e que as perdas são


desprezíveis determine para que razão h/H a distância X percorrida
horizontalmente pelo jacto será máxima. Esboce três trajectórias para h/H = 0.25,
0.5 e 0.75.

8 8
H

14. O disco superior na figura é horizontal e fixo, enquanto que o disco anular
inferior pode mover-se verticalmente e não é suportado pelo tubo central. Um
caudal de 60 l/s de água é descarregado periféricamente. O disco anular pesa 22 N
e o peso da água deve ser considerado.
a) Se a distância entre os discos é mantida a 2.5 cm que peso total W pode
ser suportado?
b) Qual o valor da pressão onde o raio é 7.5 cm e 15 cm?

W W
1.5 m

p = 69 kPa
relativa

15. Um tanque de forma cónica e eixo vertical, cujo diâmetro aumenta


uniformemente de 1 m na base até 1.75 m a uma altura de 3 m, é esvaziado por
meio de um orifício de 50 mm de diâmetro situado na base do tanque. Se o
coeficiente de descarga do orifício fôr 0.6 determine o tempo que levará o nível de
água no tanque a baixar de 2 m para 1m acima da base do mesmo.

16. O tanque mostrado na figura é cilíndrico e tem o eixo vertical. A area da secção
transversal é 100 ft. A abertura no fundo tem uma area de secção transversal de 1
ft. A interface entre a gasolina e a água permanece perfeitamente horizontal
durante todo o tempo. Dentro de quanto tempo começará o tanque a verter
gasolina? Assuma fluxo de um fluido inviscido.

9 9
10 ft gasolina

10 ft agua

17. Para o sistema mostrado na figura determine, desprezando os efeitos viscosos,


para que valor do diâmetro D ocorrerá o fenómeno de cavitação? Para evitar-se a
cavitação o diâmetro D deverá ser aumentado ou diminuido? Assuma que a
pressão de vapor é 2 lbf/in2.

1 in 3 in D
6 ft

18. Uma coluna de um líquido de altura h está contida num tubo vertical de area de
secção transversal A. No instante de tempo t = 0 a tampa é súbitamente removida
expondo o fundo do líquida à pressão atmosférica. Usando os balanços
macroscópicos da massa e da quantidade de movimento derive uma equação
diferencial para a velocidade do fluido v(t). Assuma fluxo unidimensional de um
fluido incompressível e despreze os efeitos viscosos.

10 10
19. O êmbolo da bomba da figura abaixo move-se com velocidade harmónica simples
vk = v0 sin t. Desprezando os efeitos viscosos determine:
a) A variação da pressão na tubagem de sucção como função de s1 e tempo.
b) A variação da pressão na tubagem de descarga como função de s2 e tempo.
c) Em que posição s1m e tempo tm a pressão é mínima na tubagem de sucção.
São dados: h=0.1 m; l=1.5 m; A1=0.8 dm2; A2=0.4 dm2; v0=2.0 m/s; =10 s-1;
pv=2 kPa; =1000 kg/m3

vk

A2
A1
s
2

h s1

20. Na tubagem de pressão de uma turbina encontra-se instalada uma válvula. A


tubagem tem um diâmetro constante e comprimento l. Estrangula-se a válvula de
tal modo que a velocidade do fluido na tubagem varia linearmente com o tempo
de v10 a zero.
a) Qual a sobre-pressão p1-pb à entrada da válvula quando em funcionamento
estacionário?
b) Qual deverá ser o tempo de fecho da válvula de modo a que a
sobre-pressão à entrada da válvula não seja superior a 2gh?
c) Faça um esboço da variação da pressão à entrada da válvula durante o
tempo de fecho.
São dados: l = 100 m; v10=30 m/s; h = 60 m;

turbina

11 11
12 12
Balanços macroscópicos –efeitos viscosos

1. A conduta mostrada na figura tem 3 cm de diâmetro e, nela, flui oleo lubrificante


SAE 30 a 20 C. Sabendo que entre os pontos A e B existe uma bomba que
fornece ao fluido energia equivalente a 10 m de coluna de fluido na direcção do
escoamento determine a direção do escoamento e o caudal volumétrico.

A
180 kPa

bomba
B
500 kPa
15 m

20 m

2. Determine a queda de pressão por unidade de comprimento necessária para


manter um caudal de 0.02 m3/s de petróleo – densidade 0.82 e viscosidade
1.9*10-3 Pa.s – num tubo de vidro horizontal de 8 cm de diâmetro. Se o tubo de
vidro fôr substituído por um tubo de aço galvanizado com rugosidade absoluta
0.15 mm, calcule o aumento percentual do diâmetro do tubo necessário para
manter o mesmo caudal com o mesmo gradiente de pressão.
3. Dois recipientes são ligados por um tubo de 1000 ft de comprimento e 3” de
diâmetro de aço comercial como mostrado na figura. O fluido é um óleo de
viscosidade 100 cSt e densidade 60 lbm/ft3. Determine o caudal volumétrico.

13 13
30 ft 30 psig

4. A figura abaixo mostra um sistema de transporte de fluidos. Sabendo que as


pressões são pA = 600 kPa, pC = pD = 100 kPa determine os caudais volumétricos
em cada conduta.

ε/D = 0.002 para todos os tubos


L = 200 m
D = 0.05 m
C

A
B
L = 500 m
D = 0.1 m
D
L = 300 m
D = 0.025 m

5. Dois tanques, cujas bases estão ao mesmo nível, são ligados por um tubo
horizontal de 75 mm de diâmetro e 300 m de comprimento. Um tanque tem 7 m
de diâmetro e contém água até uma altura de 7 m. O outro tanque tem 5 m de
diâmetro e contém água até 3 m de altura. Determine o tempo que o nível de água
no tanque maior levará para baixar até 6 m. Assuma que o tubo é de aço comercial
e despreze as perdas localizadas.

6. Num reactor cilíndrico ocorre uma reacção exotérmica. A temperatura do meio


reaccional deve ser mantida constante e, para tal, circula-se um fluido de

14 14
arrefecimento como mostrado na figura. Determine a potência da bomba
necessária para circular 0.02 m3/s de fluido de arrefecimento. São dados:
 = 1290 kg/m3;  = 4.56*10-6 m2/s; dk = 100 mm; dS = 65 mm; DS = 1 m; nk =
9; nS = 10; Rk/dk = 4;  = 0.1 mm; l 1= 33 m; l2 = 6 m; l3 = 10 m; l4 = 50 m; h2 = 1
m; h3 = 3.5 m

7. No sistema mostrado na figura flui tetracloreto de carbono a 20 C. Determine o


diâmetro do tubo necessário para que escoe um caudal de 20 m3/h se p1 = 1300
kPa e o tubo fôr liso. ( = 1590 kg/m3 ,  = 9.67*10-4 Pa*s)

30 m

p1
80 m

10 m

60 m

8. Um tubo muito comprido de aço comercial de 4” de diâmetro deve ser colcado


com uma dada inclinação de modo a escoarem 200 gal/min de água por
gravidade. Determine o ângulo que o tubo deve fazer com a horizontal.

9. Um produto petrolífero de densidade 0.7 e viscosidade 5*10 -4 Pas é transportado


por um tubo de 0.15 m de diâmetro para tanques de armazenagem situados a 100
m de distância. A queda de pressão no tubo é de 70 kN/m 2. Pretende-se proceder a
trabalhos de manutenção no sistema pelo que, é necessário usar uma rota
alternativa que consiste de 70 m de um tubo de 20 cm de diâmetro seguidos de 50
m de um tubo de 10 cm. Se a bomba disponível neste circuito alternativo é capaz
de desenvolver uma pressão de 300 kN/m2 será apropriada para ser usada durante
os trabalhos de manutenção? A rugosidade dos tubos é 0.00005 m.

10. Uma conduta de 30 m de comprimento liga dois reservatórios que têm uma
diferença de níveis de água de 12 m. Os primeiros 10 m de conduta do tanque
superior são de 40 mm de diâmetro enquanto que os restantes 20 m são de 60 mm.
No ponto de mudança de diâmetro está instalada uma válvula. Determine o caudal
volumétrico quando a válvula está completamente aberta assumindo que a sua
resistência é desprezável e que a rugosidade absoluta dos tubos é 0.06 mm.
Fechou-se parcialmente a válvula e, como resultado, o caudal volumétrico reduziu
em 26%. Determine o coeficiente de resistência da válvula parcialmente fechada.
11. Um tubo de 30 m de comprimento liga dois reservatórios que possuem uma
diferença de níveis de água de 12 m. Os primeiros 10 m de tubo do tanque
superior têm 40 mm de diâmetro e os seguintes 20 m são de 60 mm de diâmetro.

15 15
No ponto de mudança de diâmetro está instalada uma válvula. Quando a válvula
está completamente aberta a sua resistência é desprezível. A válvula foi
parcialmente fechada e observou-se uma redução do caudal volumétrico em
25.9% comparativamente à situação em que ela está completamente aberta.
Determine o comprimento equivalente da válvula parcialmente fechada
assumindo que o factor de fricção é o mesmo para ambos tubos e ambas
situações. Se o factor de fricção fôr 0.0216 qual será o valor do factor de
resistência simples da válvula parcialmente fechada? Nota: Usar o diâmetro
menor para o cálculo das perdas de pressão na válvula.

12. Dois reservatórios cuja diferença de níveis é de 15 m são conectados por um tubo
ABC cujo ponto mais alto B está 2 m abaixo do nível no reservatório mais alto A.
O troço AB tem um diâmetro de 200 mm e o troço BC 150 mm, sendo o factor de
fricção o mesmo para ambos troços. O comprimento total do tubo ABC é 3 km.
Determine o comprimento máximo permissível do troço AB se a pressão em B
não pode exceder 2 m abaixo da pressão atmosférica. Despreze as perdas
localizadas.
13. Pretende-se transportar uma solução cáustica por meio de uma bomba centrífuga
de um tanque à pressão atmosférica para uma coluna de absorção com enchimento
para purificar ar contaminado com amoníaco antes de descarregá-lo para o
ambiente. Na coluna de absorção, a solução é espalhada sobre o enchimento por
meio de um chuveiro cujo factor de resistência efectivo é K c relativo à energia
cinética media na conduta. A pressão estática na coluna é p z. A conduta tem
diâmetro interno D, rugosidade absoluta  e comprimento recto total L. Existem
duas bombas disponíveis para esta tarefa que desenvolvem uma potência, em
metros de coluna de fluido, de H 1 e H2 respectivamente. Escolha a bomba mais
apropriada para este trabalho.
Dados:Q = 100 m3/h ;  = 1100 kg/m3;  = 1.1 *10-3 Pa.s; pz = 150 kPa; patm = 98
kPa h = 16 m; D = 125 mm;  = 1 mm; L = 25 m; H1 = 30 m; H2 = 20 m; Kc = 2.5

16 16
Ar limpo
pz

patm
Ar com
amoníaco

2. Os óleos lubrificantes são uma mistura de diferentes ingredientes. Na fábrica de


óleos da BP de Moçambique na Matola os ingredientes são misturados numa
instalação esquemáticamente mostrada na figura abaixo. A mistura é realizada à
uma temperatura de 60C. Determine a potência da bomba sabendo que se está a
preparar óleo SAE 30 e que o caudal circulado é igual a 0.011 m 3/s. A tubagem é
de aço commercial e os cotovelos de 90 são R/D =1.5 com flanges.
VC – válvula de cunha aberta
VCF – válvula de cunha fechada
VCh – Check valve swing (válvula de retenção)

VC L=1.8 m
L=1.7 m
L=1.85 m

0.8 m
L=0.85 m 1.5 m

L=2.6 m
L = 3.9 m
D = 4” VC 1.4 m

L = 1.3 m 1.2 m
VCh D = 3”
VC

VCF

17 17
14. Pretende-se transportar 170 l/s de água atrave’s do sistema mostrado na figura
abaixo. Sabendo que o material é aço comercial qual deverá ser o diâmetro da
secção horizontal do tubo?

35 m

L = 65 m; D = ?

L = 35 m

D = 150 mm
Cotovelo 90 0.9
Saída de tanque 0.4 16 m
Saída de tubo 1.0

1. Dois reservatórios são conectados por duas condutas em paralelo. Os seus


diâmetros são 300 mm e 600 mm e os respectivos comprimentos são 1500 m e
3000 m. Se o valor do factor de fricção para a conduta menor é 0.032 e para a
maior 0.024, qual o caudal volumétrico na conduta maior quando a menor
transporta 0.056 m3/s?

21. Uma fábrica extrai água de uma lagoa situada 75 m acima do nível da fábrica.
Actualmente a frábrica é abastecida por uma conduta de ferro fundido de 300 m
de comprimento e 15 cm de diâmetro. Por questões de controle existem na
conduta 5 válvulas de cunha e uma válvula de globo normalmente abertas, 3
cotovelos de 90 standard e 2 cotovelos de 45 standard. A água é fornecida à
pressão atmosférica. O director da fábrica afirma que presentemente, mesmo sem
uma bomba, o sistema de abastecimento de água é capaz de satisfazer as
necessidades máximas da fábrica embora não saiba dizer qual o caudal máximo.
No entanto, espera-se duplicar a produção da fábrica o que implicaria duplicar o
caudal de água. O director pretende saber se seria mais económico instalar uma
bomba na linha existente ou instalar uma nova tubagem de diâmetro maior sem se
empregar uma bomba. Para assistir o director determine:
a) A potência da bomba necessária para duplicar o caudal.
b) O diâmetro da conduta para duplicar o caudal.

18 18
1. Determine o caudal volumétrico que atravessa o sistema mostrado na figura
sabendo que o tubo é de 15 cm de diâmetro e rugosidade absoluta 0.0015 m. O
fluido é água e os cotovelos são standard R/D=1.

Válvula de
25 m Globo aberta
L = 15 m L = 60 m

L = 30 m

Um óleo de 950 kg/m3 e 10-2 Pa.s é bombeado 8 km de uma refinaria para um posto de
distribuição por um tubo de 75 mm de diâmetro e depois vendido à uma razão de 500
ton/dia. Deve-se fazer uma provisão para períodos de manutenção que podem
interromper o fornecimento da refinaria por 72 horas. Se a queda de pressão máxima
permissível na conduta é de 3450 kN/m 2 qual é o tempo mínimo para recarregar os
tanques depois de uma paragem do fornecimento de 72 horas?
2. Fornece-se tolueno para uma reacção num tanque com agitação de volume V. O
transporte de tolueno é conseguido por meio de ar comprimido A tubagem tem um
diâmetro interno d e rugosidade absoluta . A pressão p i sobre a superfície do
líquido no tanque de armazenamento mantém-se constante. A tubagem possui
duas válvulas de cunha completamente abertas. Sabendo que o comprimento recto
da conduta é L e que escoam 112 m3/h determine a pressâo pi.

Dados:  = 0.5 mm;  = 870 kg/m 3;  = 0.767*10-6 m2/s; V = 30 m3; d = 100 mm;
L = 150 m; pb = 98 kPa; h = 10 m.

19 19
pb

pi

1. As perdas de pressão num sistema de transporte de fluidos que contém 6


cotovelos de 90 de raio longo – R/D=1.5 – dois T´s com flanges usados como
cotovelos, duas válvulas de cunha completamente abertas, não podem exceder
8.70 ft de coluna de fluido. O fluido tem densidade 1.0 e viscosidade 1 cSt.
Determine a velocidade máxima possível do fluido sabendo que a conduta é de
aço inoxidável (  = 0.00005 ft) e mede 100 ft de comprimento e 15,62” de
diâmetro.
2. Uma carta ao editor da revista “O Engenheiro Químico” dizia: “Sr. Editor, Se dois
tubos de aço comercial, de 2” de diâmetro e comprimentos de 3 m e 5 m são
conectados verticalmente à base de um depósito cilíndrico de 2m de diâmetro que
contém água e está aberto à atmosfera qual deles descarregará com maior
caudal?” Resposta do editor: “Estimado leitor, depende da altura da água no
tanque. Se a altura da água medida apartir da base do depósito fôr maior que o
tubo de descarregará com maior caudal.” Considerando condições de fluxo
turbulento de parede rugosa determine os valores que por lapso do dactilógrafo
foram omitidos na resposta.
3. Para descarregar um camião tanque com 15000 gal de benzeno a 80 F dispõe-se
de uma bomba com uma potência de 2,5 kW. Considerando que na instalação de
descarga esquemáticamente mostrada abaixo os tubos são de plástico estime o
tempo necessário para “esvaziar” o camião tanque.

20 20
Comprimento= 150 ft
Comprimento= 135 ft Diametro= 3”
Diametro= 3” Cotovelos 90= 4
Cotovelos 90= 3 Válvula cunha=1 Descarga
Válvula cunha=1 Não submersa

Nível inicial

50 ft
15 ft
6.5 ft

6”

21 21