Você está na página 1de 50

UFBAUniversidade Federal da Bahia

Escola Politécnica
Departamento de Ciência e Tecnologia dos Materiais

Estrutura dos Solos

Minerais primários e secundários,


água nos solos, expansividade e
reatividade

Professor: Roberto Bastos Guimarães, Eng. M.Sc. D.Sc


Assuntos a serem tratados

✶ Conceitos Fundamentais
✶ Minerais primários e secundários
✶ Minerais argílicos
✶ Interação dos minerais com a água
✶ Propriedades dos minerais argílicos
Conceitos fundamentais

✶ Átomos ✶ A molécula é a unidade


básica da química é a
✶ Orbitais menor partícula de um
substância com as
✶ Ligações mesmas características
dessa substância; podem
ser diatômicas até
possuírem grandes
cadeias.
Estruturas da matéria

✶ Cristalina ✶ Amorfa
✶ Padrões tridimensionais ✶ A+morfos – sem
com geometria bem
definida forma
✶ O cristais podem possuir ✶ Não possuem planos
planos de clivagem. de clivagem.
✶ As ligações entre os ✶ Vidro, borracha e
diferentes átomos da plásticos são
estrutura cristalina são
muito mais fortes que as de exemplos de materiais
ligação intermoleculares. amorfos.
Conceitos a serem revistos (casa)

Ligações Outros conceitos


✶ iônica ✶ Átomos
✶ covalente ✶ Tabela periódica
✶ hetero-polar ✶ pH
✶ Metálica ✶ Potencial oxidação-
✶ pontes de H redução – Redox Eh
✶ Hidroxilas ✶ Número de Avogrado
✶ Mol
✶ van der Walls
✶ Sol -Gel
Ligações fortes da matéria

✶ covalente - eléctrons de ✶ metálica - átomos de um


diferentes átomos são mesmo elemento ou de
compartilhados entre si. diferentes elementos
✶ iônica - os eléctrons das cedem seus eléctrons de
camadas externas de valência para formar um
átomos de um elemento nuvem comum de
são transferidos para elétrons através de um
outros átomos de outros espaço ocupado pelos
elementos átomos. São bons
condutores .
Equação genérica sobre ligações
Íons m=1; moléculas m=6;
M – cte de Born

Configuração dos Configuraçã


elétrons o dos
elétrons
Gases n
He (1s2) 5

He (1s2) 7
Xe(5s25p6) 12
Valores de M e N

✶ Para forças de atração ✶ N (expoente de Born)


de natureza eletrostá- é varia de:
ticas, pela lei de ✶ 7 a 10 para ligações
Coulomb M≈2 metálicas
✶ ligação iônica M=1 ✶ 10 a 12 para iônicas e
covalentes).
✶ N depende da
✶ Entre moléculas M=6 configuração orbital
dos elétrons
Cristais, defeitos

Ciclo rocha-solo
Minerais do solo

✶ Minerais primários ✶ Minerais secundários


– Quartzo - SiO2 – Carbonatos
– Feldspatos – Camadas de silicatos
– Mica – Óxidos minerais livres
– Anfibólios, Piroxênios, – Minerais não-argílicos,
Olivinas fragmentos de rocha/
grãos de minerais
Minerais primários

✶ Feldspato ✶ Quartzo
– Minerais de silicatos com parte – Grande estabilidade
de Si4+ substituido por Al3+
– Ausência de ligações fracas na
grande número de
estrutura
coordenação.
– Alta dureza
– Excesso de carga (-)
contrabalançada por cátions. ✶ Micas
– Tem estrutura aberta, ligações – Composta por estruturas
com baixas resit6encia octaédricas e tetraédricas
– Planos de Clivagem – Perfeita clevagem basal
– Resistência Moderada ✶ Anfibólios, piroxênios, olivinas.
– Facilmente alteráveis
Areias

✶ Micrografia de Norris, 1975.


Argila

✶ “Argila – material natural ferroso finamente dividido que se


apresenta plástico quando misturado com pequena
quantidade de água.”

✶ As partículas de argila são inferiores a 2µ ou 5µ.

✶ A argila pode conter mais de um mineral argílico, minerais


não-argílicos (exos quartzo, calcita, feldspato e pirita),
matéria orgânica e sais solúveis em água.
Argilo mineral cristalino
✶ “Argilo minerais cristalinos são silicatos
hidratados de reticulados ou rede cristalina
disposta em camadas (lamelar) ou de estrutura
fibrosa constituída por folhas, planos ou
camadas de tetraedros de SiO2, ordenados em
forma hexagonal condensados com folhas ou
camadas octaédricas; os argilo minerais são
essencialmente constituídos por partículas de
pequenas dimensões.”
✶ Comité International pour l’Estude des Argile
O octadro e sua distribuição
Caulinita

✶ Croquis
mostrando a
distribuição
dos átomos
Estrutura da muscovita (ilita)
Diagramas esquemáticos

✶ Muscovita e Ilita Vermivulita


Montmorilonita
Clorita –croquis

✶ Diagrama da
estrutura da clorita
Atapulgita

✶ Micrografia
eletrônica.

✶ A largura da
foto é de
1,7µm.
✶ Torvey, 1971
Haloisita

✶ Micrografia
eletrônica.
✶ A largura
da foto é de
2µm.
✶ Tovey,
1971
Ilita

✶ Micrografia
Eletrônica.
✶ Largura da
foto: 7,5
µm
✶ Tovey,
1971
Caolinita

✶ Largura da foto 17 µm.


✶ Tovey, 1971
Montmorilonita

✶ Largura da
foto 7,5 µm
✶ Torvey, 1971
✶ Micrografia de areias de 4 origens distintas Areias (2)
✶ sendo ( b) areia de praia, Norris 1975
Micrografia de solos
Macro e microporos
ATD

✶Análise Termo
Diferencial
✶ Termograma típicos
dos minerais dos solos.
✶ A- área (cm2) e
✶a - amplitude (cm)
Íon-água

✶ Interação do íon
água segundo
Frank e Wen
(1957)
Modelos da relação íon-água-partícula

a) Pontes de hidrogênio,
b) Hidratação de íons,
c) Atração por osmose,
d) Atração de dipolos
Pontes de 

hidrogênio

✶ Superfície com O com OH


Hidratação de íons
Atração por 

dipolos
Atração

Osmótica
Modelos 

da relação 

íon-água-

-partícula

a) Pontes de
hidrogênio,
b) Hidratação de
íons,
c) Atração por
osmose,
d) Atraçao de
dipolos
Interação água- argila

✶ Densidade
✶ da água
adsorvida,
✶ Martim, 1960
Distribuição de íons segundo a Dupla Camada
Difusa
Repulsão
Atração
Resultante da atração + repulsão
Potencial do campo 

gerado pela DCD
Interação de DCD’s
Distribuição iônica, segundo
interpretação da interação das DCD’s
Micrografia plano de rotura de amostra de caulin

Ob
s e r ve
a o ri en ta çã
o d as
p a r tíc
ula
s n
op
la
n
od
er
up tu ra
Carcterísticas de algumas caolinitas
Características de alguns minerais argílicos
Características de alguns minerais argílicos
Clima e formação dos solos