Você está na página 1de 31

INTERVALO

1
2
3
Até aqui aprendemos a identificar a primeira parte do intervalo, que são de SEGUNDA a OITAVA, que diz respeito a
QUANTIDADE DO INTERVALO, que diz respeito a quantidade de DEGRAUS.

A segunda palavra diz respeito a QUALIDADE DO INTERVALOR, que é o que será visto abaixo da tabela abaixo.

4
Qual o intervalor entre o SOL e o LÁ bemol? E entre o SOL e o LÁ?

5
Como é que intervalos diferentes podem dar intervalos iguais?

Aqui começa a tratar da qualidade dos intervalos, que é o que diferencia e caracteriza os intervalos

As menores tem ½ tom, e as maiores tem ½ tom a mais que as MENORES, logo, ½ + ½ = 1 tom.

Ex:

6
O intervalor acima é de SEGUNDA pois a distância entre as notas SOL e LÁ bemol é de apenas ½ tom.

Ex. 2:

7
TERÇAS

Ex.:

8
OUTRA FORMA DE PERGUNTAR: qual é a terça maior acima do SOL?

9
Sabemos que temos que andar 1 tom e ½. Mas qual SI? O SI natural, o Si bemol ou o SI sustenido?

Mas como se chama esta nota, LÁ SUSTENIDO ou SI BEMOL?

Não há dúvida é SI bemol, observando a escada não vemos no degrau SI o LA #, assim, a terça menor acima do SOL é
SI BEMOL.

Na PRÁTICA o LÁ SUSTENIDO e o SI bemol são a mesma nota, mas na TEORIA NÃO!!!

QUARTAS E QUINTAS

10
Podem as QUARTAS e QUINTAS serem chamadas também de JUSTAS ou AUMENTADAS, mas serão vistas
posteriormente.

QUESTÃO: qual é a quarta justa acima do LÁ SUSTENIDO?

A QUARTA tem que ter 04 degraus.

Vejamos:

11
Resposta: A QUARTA JUSTA acima do LÁ SUSTENIDO é o RÉ SUSTENIDO, que corresponde ao degrau da
QUARTA. O MI bemol não poderia ser pois está em outro degrau.

AS SEXTAS, SÉTIMAS E OITAVAS

ATENÇÃO: a OITAVA JUSTA é sempre uma nota repetida, porém em outra região.

Ex.: a oitava justa do DÓ é:

12
ATENÇÃO: Quando dois nomes de notas diferentes correspondem a mesma nota na prática (mesma tecla do piano),
chamam-se NOTAS ENARMÔNICAS.

QUESTÃO: qual é a sexta maior do DÓ bemol?

Mas existe Dó bemol? Sim, é a nota ½ tom abaixo do DO, que por acaso pode ser também o SI #.

Resposta: Seguindo os degraus trata-se de LÁ BEMOL, que está no sexto degrau, sendo que não poderia ser
SOL #, pois está no degrau abaixo.

QUESTÃO: qual o intervalo entre o DO e o SI?

13
Resposta: O intervalo entre o DO e SI é de SÉTIMA MAIOR.

Até aqui só foram treinados intervalos ASCENDENTES, ou seja, a primeira nota sendo a mais GRAVE e a última sendo
a mais AGUDA, assim, subimos a escala. Assim, a escala DESCENDENTE não muda nada, só a contagem é que vai de
cima para baixo.

EX.: Qual é a TERÇA MENOR abaixo do DO?

14
RESPOSTA: é o LÁ.

A forma de encontrar os intervalos compostos é a mesma.

INTERVALO SIMPLES DE PRIMEIRA

Vejamos:

15
Mas e a qualidade deste intervalo de PRIMEIRA?

Vamos lembrar que o intervalo de OITAVA JUSTA é a mesma nota só que em outra região, como por exemplo;

Mas se ao invés destas notas em regiões diferentes forem exatamente na mesma região, no mesmo degrau. O que
aconteceria?

Seriam a mesma nota, olhe só:

16
ATENÇÃO: Entre as duas notas iguais não há nenhum intervalo entre elas, a distância entre elas é de zero tom.

Assim, as PRIMEIRAS, assim como as oitavas podem ser JUSTAS, e a distância entre as notas é de ZERO TOM.

Cada intervalo tem um número certo de tons, mas em alguns casos esses nº podem dar errado e veremos por que.

Voltando ao exemplo do início com o intervalor entre o Sol Bemol e o SOl:

17
Aqui temos um problema, pois descobrimos um intervalor de PRIMEIRA, que tem meio tom de distância, quando
deveria ter zero. Então o que acontece?

Simples, acrescentamos uma qualidade nova ao intervalo de primeira, que vai passar a se chamar AUMENTADA.

18
Continuando, qual a diferença entre o SOL BEMOL e o SOL #?

Estão no mesmo degrau, sendo um intervalo de primeira, mas no teclado vê-se a diferença.

Assim, vemos agora um intervalo de PRIMEIRA com 01 tom, o que muda a qualidade novamente. Assim cria-se a
PRIMEIRA MAIS DO QUE AUMENTADA ou SUPER-AUMENTADA. Assim, intervalo de PRIMIERA com ZERO tom é
PRIMEIRA JUSTA, intervalor de PRIMEIRA COM ½ tom é PRIMEIRA AUMENTADA, e intervalo de PRIMEIRA com 01
tom é PRIMEIRA MAIS QUE AUMENTADA, ou SUPER-AUMENTADA.

Só alguns dos INTERVALOR ALTERADOS é que aparece vez por outra.

A REGRA ENTÃO É A SEGUINTE:

Qualquer intervalor MAIOR ou JUSTO que somado com ½ tom a mais do que deveria ter passa a ser chamado de
AUMENTADO, em qualquer intervalo.

19
E

Qualquer intervalor AUMENTADO que tiver ½ tom a mais do que deveria ter passa a ser chamado de intervalor MAIS
DO QUE AUMENTADO ou SUPER-AUMENTADO

EX.: Intervalo entre o FÁ e o SOL #, que é um intervalo de segunda.

Outro exemplo q é o caso do intervalo entre o FÁ bemol e o SOL #.

20
Assim o intervalo entre FÁ bemol e o SOL # é SEGUNDA MAIS DO QUE AUMENTADA.

DIMINUTOS E MAIS DO QUE DIMINUTOS

É a mesma coisa que os AUMENTADOS E MAIS DO QUE AUMENTADOS, sendo que é para o lado inverso.

Assim, qualquer intervalo MENOR e JUSTO que tiver ½ tom a menos do que deveria ter passa a ser DIMINUTO.

E qualquer intervalo que tiver ½ tom a menos que um DIMINUTO passa a ser MAIS QUE DIMINUTO ou SUPER
DIMINUTO

Ex.: Intervalo entre o LÁ SUSTENIDO E O DO

21
Ex.: Intervalo entre o LÁ SUSTENIDO e o DO bemol

A lista de INTERVALOS ALTERADOS fica assim:

22
Mas

Os Intervalos MAIS QUE AUMENTADOS e MAIS QUE DIMINUTOS aparecem mais no campo da teoria.

Os intervalos ALTERADOS que mais aparecem são as 03 abaixo:

23
Assim, a listagem com os INTERVALOS mais usados fica assim:

Os INTERVALOS COMPOSTOS são os intervalos maiores que UMA OITAVA.

24
Ex.:

Mas e como focam as QUALIDADES dos intervalos compostos? Quais são?

Também é muito simples. É exatamente igual dos intervalos equivalentes simples.

Ex.: intervalor entre o DO e RÉ é de NONA. E para analisar a qualidade desta NONA, basta analisar a qualidade do seu
equivalente simples.

25
Para isso joga a nota 01 OITAVA para baixo.

Agora analisamos o intervalo destacado acima.

O intervalor é de SEGUNDA, com 01 TOM entre elas, e a segunda que tem 01 tom é a SEGUNDA MAIOR.

26
Logo o intervalo entre o DO e o outro RÉ é NONA também MAIOR, ou seja, a mesma qualidade da sua equivalente
simples, qual seja, segunda maior.

Ex.: 2 –

27
Assim entre o MI BEMOL e o SOL é o intervalo de DÉCIMA MAIOR, assim como a sua equivalente TERÇA MAIOR.

Assim, constatamos que há aqui também um PADRÃO:

28
Enfim, é só usar a ESCADA para encontrar as quantidades, a LISTA para encontrar as QUALIDADES e o TECLADO para
encontrar os meio tons.

Exemplos:

29
30
Isso é tudo sobre INTERVALOS.

31