Você está na página 1de 2

ção - 20/10/14

Para negociação com o banco - Aprendendo a Expor…

BRASIL Acesso à informação Participe Serviços Legislação Canais

DOCUMENTOS DE EXPORTAÇÃO
C omo E xportar > Documentos de E xportação > P ar a negociação com o banco

DOCUMENTOS EXIGIDOS NA S OPERA ÇÕES DE EXPORTA ÇÃ O


Docum e ntos de Ex portação Para fins fiscais e contábe is
Para Ne gociação com o Pote ncial Im portador Para e m barque para o e x te rior
Para C ontrole gove rnam e ntal Para ne gociação com o banco

PARA NEGOCIAÇÃO COM O BANCO

Fatura Proforma ou Pro Forma Invoice - Modelo

Docum e nto que dá início ao ne gócio. Logo após os prim e iros contatos e m anife stada a inte nção de re alização de um a ope ração
com e rcial, o e x portador e m ite para o im portador um a fatura Proform a para que e ste provide ncie a Lice nça de Im portação, de ntre outras
providê ncias.

Este docum e nto é o m ode lo de contrato m ais fre que nte , form aliza e confirm a a ne gociação, de sde que de volvido ao e x portador, conte ndo
o ace ite do im portador para as e spe cificaçõe s contidas.

É sim ilar à fatura de finitiva, poré m com caracte rísticas de um orçam e nto, ou se ja, não ge ra obrigação de pagam e nto por parte do
com prador.

De ve se r e m itida no idiom a do país im portador ou e m inglê s.

O m ode lo apre se ntado conte m pla os dados e sse nciais de sua ne gociação. Você pode rá acre sce ntar outros dados que julgue ne ce ssário,
conform e solicitação do im portador.

Conhecimento de Embarque (Bill Of Lading - B/L)

Docum e nto e m itido pe la com panhia transportadora que ate sta o re ce bim e nto da carga, as condiçõe s de transporte e a obrigação de
e ntre ga das m e rcadorias ao de stinatário le gal, no ponto de de stino pré -e stabe le cido, confe rindo a posse das m e rcadorias. É, ao m e sm o
te m po, um re cibo de m e rcadorias, um contrato de e ntre ga e um docum e nto de proprie dade , constituindo assim um título de cré dito.

Este docum e nto re ce be de nom inaçõe s de acordo com o m e io de transporte utilizado:

Conhecimento de Embarque Marítimo (Bill of Lading - B/L) -


Modelo
Conhecimento de Embarque A éreo (A irway Bill - A WB) - Modelo

Conhecimento de Transporte Rodoviário (CRT) - Modelo


Conhecimento de Transporte Ferroviário (TIF/DTA ) - Modelo

Carta de Crédito - Modelo

Nas ope raçõe s re alizadas sob e sta condição, o original de ste docum e nto é im pre scindíve l para que o e x portador possa concre tizar a
ne gociação da ope ração junto ao banco. Ela de ve se r provide nciada pe lo im portador e e m itida por um Banco, de livre e scolha do
im portador.

O e x portador de ve , e ntão, procurar obte r m ais inform açõe s sobre o Banco e scolhido pe lo im portador para a e m issão da carta de cré dito.
Se o Banco e scolhido pe lo im portador não tive r cre dibilidade no m e rcado, o e x portador pode e x igir o Borde rô ou C e rtificado ou Apólice de
Se guro:

Borderô - Modelo

Um Borde rô ou carta de e ntre ga (nos casos de cobrança): protocolo forne cido pe lo Banco ne gociador de câm bio, no qual são re lacionados
todos os outros docum e ntos a e le e ntre gue s.

Certificado ou A pólice de Seguro - Modelo

Docum e nto ne ce ssário quando a condição de ve nda e nvolve a contratação de se guro da m e rcadoria. De ve se r provide nciado ante s do
e m barque , junto a um a e m pre sa se guradora, de livre e scolha do e x portador.

Saiba m ais sobre C arta de C ré dito e m Modalidade s de Pagam e ntos

Romaneio de Embarque (Packing List) - Modelo

Docum e nto e m itido pe lo e x portador para o e m barque de m e rcadorias que se e ncontram acondicionadas e m m ais de um volum e ou e m
um único volum e que conte nha variados tipos de produtos. É ne ce ssário para o de se m baraço da m e rcadoria e para orie ntação do
im portador quando da che gada dos produtos no país de de stino.

O R om ane io nada m ais é do que um a sim ple s lista re lacionando um a de scrição de talhada dos produtos a se re m e m barcados (volum e s e

1/2
ção - 20/10/14
Para negociação com o banco - Aprendendo a Expor…
conte údos).

Contrato de Câmbio - Modelo

Docum e nto inform atizado para cole ta de inform açõe s, e m itido pe lo banco ne gociador de câm bio e que form aliza a troca de divisa
e strange ira por m oe da nacional. No âm bito e x te rno, e quivale à Nota Fiscal, e te m validade a partir da data de saída da m e rcadoria do
te rritório nacional. Este docum e nto é im pre scindíve l para o im portador libe rar a m e rcadoria no país de de stino.

Saiba m ais sobre C ontrato de C âm bio e m Aspe ctos C am biais .

Certificado de Origem

É o docum e nto provide nciado pe lo e x portador e utilizado pe lo im portador para com provação da orige m da m e rcadoria e habilitação à
ise nção ou re dução do im posto de im portação, e m de corrê ncia de disposiçõe s pre vistas e m Acordos C om e rciais, ou do cum prim e nto de
e x igê ncias im postas pe la le gislação do país de de stino.

No caso das e x portaçõe s de stinadas aos paíse s da ALADI e do MER C O SUL, e ainda daque las proce ssadas no âm bito do SGPC , os
C e rtificados de O rige m são e m itidos pe las fe de raçõe s e staduais de indústria e pe las fe de raçõe s e staduais de com é rcio.

No caso das e x portaçõe s re alizadas no âm bito do SGP, os ce rtificados são forne cidos pe las agê ncias cre de nciadas do Banco do Brasil S.A,
que ope ram com com é rcio e x te rior.

A e m issão do C e rtificado de O rige m é ne ce ssária e m cada ope ração de e x portação e fe tuada. C ada ce rtificado e stá e stritam e nte vinculado
a um a Fatura C om e rcial. Se ndo assim , se um e x portador e m itir trê s faturas, de ve rá provide nciar a e m issão de trê s ce rtificados, m e sm o
que todas as faturas se jam de stinadas ao m e sm o im portador.

O s e x portadore s de ve m forne ce r pre viam e nte às e ntidade s e m issoras cre de nciadas inform açõe s que pe rm itam a corre ta e m issão do
docum e nto.

C lique aqui para sabe r m ais sobre Acordos C om e rciais .

Pe culiaridade s:

os C e rtificados de O rige m do MER C O SUL e da ALADI tê m validade de 180 dias, a contar da data de e m issão pe la e ntidade
e m issora;
os ce rtificados para as ope raçõe s no âm bito do MER C O SUL só pode m se r e m itidos até o prazo m áx im o de 10 dias úte is, contados
da data de e m barque da m e rcadoria.
a e x igê ncia de ce rtificados pe los im portadore s pode ocorre r e m situaçõe s nas quais não há pre visão de ise nção ou re dução do
Im posto de Im portação. A e x igê ncia de ce rtificados pode e star vinculada a e x igê ncias adm inistrativas, sanitárias e tc.

w w w .mdic.gov.br/sistemas_w eb/aprendex/default/index/conteudo/id/278 2/2