Você está na página 1de 9

Lista de Exercícios

1 - Três correntes atuam sobre o suporte da figura, criando uma força resultante de 500 lbf de

intensidade. Se duas das correntes estão submetidas a forças conhecidas, como mostrado, determine a orientação θ da terceira corrente, medida no sentido horário a partir do eixo x positivo, de modo que a intensidade da força F nessa corrente seja mínima. Todas as forças estão localizadas no plano x-y. Qual é a intensidade de F? Sugestão: determine primeiro a resultante das duas forças conhecidas. A força F atua nessa direção.

300 lbf
300 lbf

Resposta θ=10.9 ο , F mín =235 lbf

200 lbf

2 - Expresse cada uma das três forças que atuam sobre o suporte em forma vetorial cartesiana em

relação aos eixos x e y. Determine a intensidade e a orientação θ de F 1 , de modo que a força resultante seja orientada ao longo do eixo x . Positivo e tenha intensidade F R =600N.

x ’ . Positivo e tenha intensidade F R =600N. Resposta: F 1 ={ F 1

Resposta: F 1 ={F 1 cosθi+ F 1 senθj} N, F 2 ={350i} N, F 3 ={-100j} N, θ=67 ο , F 1 =434N

3 - O tarugo montado no torno está sujeito a uma força de 60 N. Determine o ângulo de direção das coordenadas β e expresse a força como vetor cartesiano.

coordenadas β e expresse a força como vetor cartesiano. Resposta: β =90 ο , F 1

Resposta: β=90 ο , F 1 ={ – 30i – 52k} N

4 - A viga está sujeita às duas forças mostradas. Expresse cada força na forma vetorial cartesiana e determine a intensidade e os ângulos diretores coordenados da força resultante.

F 1 =630 lbf
F 1 =630 lbf

F 2 =250 lbf

Resposta:F 1 ={176j – 605k} lbf, F 2 ={125i – 177j + 125k} lbf, F R ={125i – 0.377j – 480k} lbf F R = 496 lbf; α=59,8 ο , β=90 ο ; γ=165 ο

5

– O suporte está sujeito às duas forças mostradas. Expresse cada força na forma vetorial

cartesiana e depois determine a força resultante F R , a intensidade e os ângulos diretores

coordenados dessa força.

e os ângulos diretores coordenados dessa força. Resposta: F 1 ={86.5 j – 186 j +143

Resposta: F 1 ={86.5j – 186j +143k} lbf, F 2 ={-200i + 283j + 200k} lbf, F R ={-113i – 468j

56.6k} lbf, F R = 485 lbf; α=104 ο , β=15.1 ο ; γ=83.3 ο

6 - Determine o comprimento AB da biela definindo antes um vetor posição cartesiano de A para

B e depois determinando a sua intensidade.

de A para B e depois determinando a sua intensidade. Resposta: r A B =467 mm

Resposta: r AB =467 mm

7 - A chapa articulada é suportada pela corda AB. Se a força na corda for de F=340 lbf, expresse essa força orientada de A para B e como vetor cartesiano. Qual é o comprimento da corda?

Resposta: r A B =17,0 pés, F ={-160 i - 180 j + 240 k

Resposta: r AB =17,0 pés, F={-160i - 180j + 240k} lbf

8 - A porta é mantida aberta por meio de duas correntes. Se a tensão em AB e CD for F A =300 N e F C =300 N, respectivamente, expresse cada uma dessas forças na forma vetorial cartesiana.

cada uma dessas forças na forma vetorial cartesiana. Resposta: F A ={285 j – 93.0 k

Resposta: F A ={285j – 93.0k} N, F C ={159i + 183j – 59.7k} N

9 - A força P é aplicada à alavanca que controla o rotor de um equipamento para remoção de

neve. Determine a intensidade e a direção da menor força P para gerar um momento anti-horário

de 2.20 Nm em relação a A.

Resposta: P m í n =14.7 N, θ =54.8 ο 10 - Uma tábua AB

Resposta: P mín =14.7 N, θ=54.8 ο

10 - Uma tábua AB, usada para escorar temporariamente um beiral, exerce no ponto A beiral uma

força de 228 N dirigida ao longo de BA. Determine o momento da força em relação a C.

longo de BA. Determine o momento da força em relação a C. Resposta: F B A

Resposta: F BA =228 N, M c ={-146.88i+60.50j+205.92k}Nm

11 – Uma força de 8 lbf é aplicada a uma chave para apertar uma ducha. Sabendo que a linha de

centro da chave é paralela ao eixo x, determine o momento da força em relação a A.

Resposta M A ={42.2 i + 40.6 j + 50 k } lbf in 12

Resposta

M A ={42.2i + 40.6j + 50k} lbf in

12 – Uma cerca consiste em mourões e um cabo de aço fixado em cada mourão e estacado no

solo em A e D. Sabendo que a soma dos momentos em relação ao eixo z das forças exercidas

pelo cabo sobre os mourões em B e C é de -66Nm, determine a intensidade de T CD quando

T BA =56N

a intensidade de T C D quando T B A =56N Resposta: T C D =63

Resposta: T CD =63 N

13 - Sabendo que P=0, substitua os dois binários restantes por um binário único equivalente,

especificando sua intensidade e a direção do seu eixo.

Resposta: M=162,3 N.m, θ x =67,5 o , θ y =23,6 o , θ z

Resposta: M=162,3 N.m, θ x =67,5 o , θ y =23,6 o , θ z =83,2º

14 - Dois operários utilizam talhas presas embaixo de uma viga I para erguer um grande tanque

cilíndrico. Sabendo que tração na corda AB é de 324 N, substitua a força exercida em A pela

corda AB por um sistema de força-binário equivalente em E.

AB por um sistema de força-binário equivalente em E . Resposta: r r r r F

Resposta:

r

r

r

r

F

=

{36

i

288

j

+

144

k

}

N

r

r

r

F

=

{1080

i

270

k

}

.

N m

 

15 – Os eixos de uma transmissão angular sofrem a ação de dois binários mostrados na figura.

Substitua os dois binários por um binário único equivalente, especificando sua intensidade e a

direção do seu eixo.

especificando sua intensidade e a direção do seu eixo. Resposta: M=10 Nm; θ x =90 ο

Resposta: M=10 Nm; θ x =90 ο ; θ y =143.1 ο ; θ y =126.9 ο

16 – Ao utilizar um apontador de lápis, um estudante aplica as forças e o binário mostrado na

figura. Determine as forças exercidas em B e C sabendo que essas forças e o binário são

equivalentes a um sistema força-binário em A constituído da força R={3.9i + R y j - 1.1k}lbf e do

r

binário M

R

A

=

{M

x

r

i

+

r

1.5 j

1.1k}lbf.ft . Encontre os valores correspondentes de R y e M x .

r

os valores correspondentes de R y e M x . r Resposta: C z =-1.1 lbf,

Resposta: C z =-1.1 lbf, C y =R y =-3.30 lbf, B=2.32 lbf, M x =2.55lbf.ft

17 – Um bloco de madeira sofre a ação de três forças de igual intensidade P, com as direções

apresentadas na figura. Substitua as três forças por um torsor equivalente e determine (a) a intensidade, a direção e o sentido da resultante R, (b) o passo do torsor, e (c) o ponto em que o eixo do torsor intercepta o plano xy.

(c) o ponto em que o eixo do torsor intercepta o plano xy . Resposta: (a)

Resposta: (a) P, θ x =90º, θ y =90, θ z =-180º. (b) 3a. (c) O eixo do torsor é paralelo ao eixo z em x=0, y=a.

18 – Duas forças e dois binários são aplicados em nos parafusos localizado nos pontos A e B à

medida que uma chapa metálica é parafusada em bloco de madeira. Reduza as forças e os binários a um torsor equivalente e determine (a) a força resultante R, (b) o passo do torsor, e (c) o ponto em que o eixo do torsor intercepta o plano xz.

(c) o ponto em que o eixo do torsor intercepta o plano xz . Resposta: (a)

Resposta: (a) -21j N, (b) 0,571 m (c) O eixo do torsor é paralelo ao eixo y em x=0, z=41,7 mm