Você está na página 1de 91

Conversor CA / CC

Índice

Prevenção de acidentes....................................................................................... 3
Introdução ..................................................................................................... 3
Choque elétrico ............................................................................................. 3
Efeitos........................................................................................................... 3
Fibrilação do coração .................................................................................... 4
Causas ......................................................................................................... 4

Manual de Instalação Conversor CA/CC MEL306 ............................................ 7

Componentes do conjunto didático MEL306 ........................................................ 9


Dados Mecânicos .............................................................................................. 11
Dados Elétricos .................................................................................................. 12

Manual de Operação Conversor CA/CC MEL306 ........................................... 13

Componentes do Sistema .................................................................................. 15


Motor CC ........................................................................................................... 17
Freio Eletromagnético através de Motor CC ...................................................... 18
Princípio de Funcionamento do Freio.......................................................... 18
Célula de Carga .......................................................................................... 18
Descrição da interface IHM ................................................................................ 19
Funções do Display de Leds: ...................................................................... 19
Referência rápida dos parâmetros, mensagem de erro e estado ....................... 21
1. Parâmetros (Software: V1.1X) ................................................................ 21
2. Indicações............................................................................................... 25
3. Mensagens de Falhas ............................................................................. 26
4. Mensagens de Erro ................................................................................. 26
Procedimento para Alteração dos Parâmetros ................................................... 27
Alterar Parâmetros de Regulação ou Alterar Modo de Programação .......... 27
Alterar Parâmetros do Modo de Operação .................................................. 29
Exemplo 1 – Funcionamento Básico .................................................................. 33
Exemplo 2 – Efeito da Variação de Carga.......................................................... 47
Exemplo 3 – Levantamento da curva de Conjugado do motor ........................... 55

1
Conversor CA / CC

Exemplo 4 – Ajuste dos parâmetros PID ............................................................ 63

Manual de Manutenção Conversor CA/CC MEL306....................................... 77

Solução e Prevenção de Falhas ........................................................................ 79


Erros e Possíveis Causas ........................................................................... 79
Falhas e Possíveis Causas ......................................................................... 80
Forma de Atuação das Falhas .................................................................... 81
Solução dos Problemas Mais Freqüentes ................................................... 84
Manutenção Preventiva ..................................................................................... 87

Anexo ................................................................................................................ 89

Esquema Elétrico ............................................................................................... 91

2
Conversor CA / CC

Prevenção de acidentes

Introdução

Freqüentemente, as atividades de um eletricista são executadas por profissionais de


áreas de formações (instrutores, professores), sem aplicar as normas técnicas básicas
para que a instalação possa oferecer segurança a sua utilização.

Pelos riscos que envolvem as atividades relacionadas com eletricidade necessita de


ter um cuidado especial em tratar de segurança contra choques elétricos que podem
comprometer a vida do aprendiz.

Toda a instalação ou peças condutoras que fazem parte do kit didático tais como
bornes de ligações e os componentes elétricos são adequadamente protegidos de
acordo com normas técnicas oficiais vigentes no país.

O instrutor ou professor que administra as aulas de laboratório deverá antes de iniciar


qualquer que seja a experimentação orientar de forma que o aprendiz tenha a
consciência do perigo que a descarga elétrica pode apresentar a sua vida.

Choque elétrico

O choque elétrico ocasionado por eletricidade (choque elétrico) é caracterizado pelo


estímulo rápido e acidental do sistema nervoso, pela circulação da corrente elétrica
através do corpo humano.

O que determina a gravidade do choque elétrico é a intensidade e o caminho


percorrido pela corrente elétrica no corpo humano.

O de maior gravidade é aqueles em que a corrente elétrica passa pelo coração.

Efeitos

Como efeitos diretos do choque elétrico pode-se ter a morte, a fibrilação do coração,
queimaduras, contração violenta dos músculos.

Os efeitos indiretos são as quedas, as batidas etc.

A “morte” ocorrerá por asfixia se a intensidade da corrente elétrica for normalmente


acima de 30mA circular por alguns minutos por região vital do corpo.
A morte por asfixia advém da contração dos músculos do tórax, cessando assim a
respiração.

3
Conversor CA / CC

Há também a possibilidade de ocorrer à interrupção da circulação de sangue


ocasionando uma parada cardíaca á vítima.

Daí a necessidade de uma ação rápida, no sentido de interromper a passagem da


corrente elétrica pelo corpo de pessoa.

Fibrilação do coração

A fibrilação é a contração desritimada do coração que, não permite a circulação


normal do fluxo de sangue pelo corpo resultando na falta de oxigênio nos tecidos.

A figura a seguir está ilustrada a porcentagem de corrente que circula pelo coração,
em função do tipo de contato.

A figura mostra em porcentagem a influência da gravidade do choque elétrico em


função do percurso da corrente elétrica no corpo da vítima.

Uma corrente de intensidade elevada, que circule numa perna à outra, pode resultar
só em queimaduras locais, sem outras lesões mais sérias.
No entanto, se a mesma intensidade da corrente circular de um braço a outro, poderá
levar a uma parada cardíaca.
Causas

Há algumas condições pelos quais uma pessoa venha a sofrer choque elétrico.

4
Conversor CA / CC

1 . Contato com condutor nu energizado.

Muitos acidentes ocorrem devido à falta de proteção nos condutores nus energizados,
ou mesmo a falta de cuidado ao manusear cabos de conexão ao executarem as
conexões das instalações elétricas.

Falta de cuidado ou postura inadequados em executar uma tarefa em equipamentos


energizados.

Alguns conselhos para prevenir acidente

• Sempre que trabalhar ou operar equipamentos elétricos (bancada didática) esta


deverá estar aterrada.

• Usar roupas adequadas ao trabalho (laboratório).

• Não fazer qualquer conexão ou manutenção com máquina em movimento, ou seja,


energizado.

• Utilizar ferramentas adequadas e em bom estado de conservação.

• Sempre que o trabalho exigir, usar dispositivo de segurança, tais como;


Cinto de segurança, luvas de borracha, óculos protetores, estrado de madeira,
tapete de borracha, botas, etc.

• Não deixar ferramentas sobre bancada onde estão instalados as maquinas de


movimento tais como motores elétricos etc.

• Utilizar escadas adequadas ao serviço.

• O instrutor ou professor que ministra a aula de laboratório deve estar sempre atento
ao trabalho dos alunos de forma a manter disciplina e cuidados na manipulação dos
equipamentos e componentes elétricos, pois da distração e da má postura sempre
resulta em acidentes e às vezes fatais.

5
Conversor CA / CC

6
Conversor CA / CC

Manual de Instalação Conversor CA/CC


MEL306

7
Conversor CA / CC

8
Conversor CA / CC

Componentes do conjunto didático MEL306


Painel Principal (CCM)

Qt Descrição

01 Motor de Corrente Contínua Motron 0,5CV com tacogerador acoplado e


ventilação forçada, Varmadura:160Vcc, Vcampo:190Vcc, Iarmadura:3,1A, Icampo:0,4A,
2200 rpm, grau de proteção IP-55.

01 Conversor CA/CC WEG modelo CTW-04 com operação nos Quatro


Quadrantes (Regenerativo), Alimentação trifásica da Armadura: 220-230V,
Alimentação monofásica do Campo: 220-230V, Corrente nominal da
Armadura: 10A, Corrente nominal do Campo: 18A, Interface Homem-Máquina
destacável com display (LED´s), 8 Entradas Digitais Isoladas, 4 Entradas
Analógicas Diferenciais, 3 Entradas Diferenciais para Taco CC, 3 Saídas
Analógicas, 6 Saídas Digitais Isoladas, 3 Saídas Digitais à Relé.

01 Freio eletromagnético através de motor CC MOTRON 0,5CV, tensão de campo


190Vcc; com controle eletrônico de frenagem. Inclui Célula de Carga de 10 kgf
e circuito de controle de potencia e ponte retificadora monofásica. Possui
sistema mecânico com ajustes para motores e quatro coxins redutores de
vibração.

01 CCM com rodízios, frontal silcado com os diagramas elétricos, botão de


emergência com trava giratória e plaqueta tipo APE, bornes banana com cores
variadas para melhor identificação, cabos blindados para sinais de controle,
chaves seccionadoras, chaves seletoras, botoeiras, potenciômetros, sinaleiros
difusos e 2 multimedidores digitais.

01 Painel de comando e proteção disjuntor.

9
Conversor CA / CC

Acessórios

01 Manual do Conversor CA/CC.


01 Manual de Instalação.
01 Manual de Operação.
01 Manual de Manutenção.
01 Manual do Aluno.
01 Manual do Instrutor.
02 Cabos banana-banana de 4mm.

10
Conversor CA / CC

Dados Mecânicos
Bancada construída em tubos e chapas de aço com pintura em epóxi pelo processo
eletrostático com as seguintes dimensões:

Peso = 90Kg

Rodízios

Obs: Os Rodízios são equipados com travas, levante a alavanca lateral para liberar o
movimento.

11
Conversor CA / CC

Dados Elétricos
Tensão de Alimentação: 220-230V AC trifásico + Terra

Freqüência da rede: 60Hz

Potência Máxima Consumida: 5 kVA

12
Conversor CA / CC

Manual de Operação Conversor CA/CC


MEL306

13
Conversor CA / CC

14
Conversor CA / CC

Componentes do Sistema

MEL306
(1) 0
1
CONVERSOR CA / CC
CHAVE GERAL LIGADO

(2) +24V +24V +24V +REF


PROG

(6)
P1
S1 S2 S3
-REF

(3) BG BR +nR

E Interfaces
K

(4) DJ1 t
+ _

R S
K
220V
T
CARTÃO DE
CONTROLE
COM CPU
MOTOR DC
FREIO M
16 BITS TACOGERADOR
“CISC”
L/D
+n G
-n
FREIO
K Cartão Interface

F
CONTROLE
POTÊNCIA
Controle/Potência
IA AGND Ic
M _
0
1

+ Varm (V) Iarm (A) Vcam(V) Vtaco(V) N r pm

LIGADO

(5)
CAMPO

(7)
Controle IC

ARMADURA CONTROLE
M Ventilador
do Motor PE Medição IA Medição UA F
0% 100%

(8)
(1) Chave seccionadora geral, responsável pela alimentação de todo o sistema. O
sinaleiro verde indica “CCM alimentado” e o botão de emergência quando
pressionado desliga todo o CCM.

(2) Chaves e potenciômetro de controle e comando do Servoconversor.

(3) Principais bornes de comando do Conversor CA/CC. Já estão conectados


internamente com as chaves.

(4) Diagrama elétrico de comando e diagrama em blocos do Conversor CA/CC.

(5) Bornes de 4mm da etapas de Entrada de tensão e Saídas DC do Campo e


Armadura do circuito de potência do Conversor CA/CC.

ATENÇÃO: Os bornes de 4mm possuem tensões elevadas (até 400V).

Desligue o equipamento antes de fazer qualquer conexão desses


pontos.

(6) IHM do conversor CA/CC. Conversor completo encontra-se fixado na parte


interna do equipamento.

15
Conversor CA / CC

(7) Circuito elétrico de comando do Freio Eletromagnético que funciona como


Carga. O sinaleiro vermelho indica “Carga acionada” e o potenciômetro faz o
controle eletrônico da intensidade da carga aplicada no eixo do motor CC.

(8) Multimedidores Digitais, que indicam os valores de: Tensão de armadura,


Corrente de Armadura, Tensão de alimentação de campo; Tensão do
Tacogerador, Torque aplicado ao motor e Rotação do Motor.

Observação:

O tacogerador tem a tensão de 36V / 1000rpm.

16
Conversor CA / CC

Motor CC
O motor CC é constituído de um rotor bobinado (eletroímã) que gira entre os pólos de
imãs permanentes estacionários (estator). Comercialmente são denominados
armadura (rotor) e campo (estator).

Abaixo segue o funcionamento de um motor CC simplificado:

S N S N

Os pólos magnéticos do eletroímã são atraídos pelos pólos opostos dos imãs do
estator, fazendo o rotor girar.

S N S N

Quando o rotor gira e os pólos magnéticos chegam próximos, o sentido da corrente é


invertido através das escovas. Agora os pólos se repelem, continuando a impulsionar
o rotor.

O rotor gira com velocidade proporcional à tensão aplicada em suas bobinas.

O sentido de rotação depende do sentido de corrente que circula nas bobinas. Se


invertermos o sentido da corrente (inverter a polaridade da fonte de alimentação), o
sentido de rotação é invertido.

Nos motores CC de maior porte, o campo (estator) é substituído por eletroímãs, sendo
também necessário sua alimentação.

17
Conversor CA / CC

Freio Eletromagnético através de Motor CC


Princípio de Funcionamento do Freio

Consiste em um motor CC com campo bobinado funcionando como freio. A armadura


é curto-circuitada internamente (resistência de baixíssimo valor) e se injeta uma
tensão CC no campo.

Campo Armadura

+
M
_

O eixo do freio é conectado ao eixo do motor que será freiado. Quanto maior a tensão
aplicada no campo, maior é a frenagem.

Célula de Carga

Célula de carga é um dispositivo eletromecânico que mede a deformação ou flexão de


um corpo e a transforma em uma saída de tensão. O sinal em microvolts é alterado
proporcionalmente à medida que aplicamos uma carga em sua estrutura física.

Exemplos de células de carga.

A célula é constituída de um ou mais extensômetros, e um circuito denominado ponte


de Wheatstone.

Extensômetro simples unidirecional e circuito Ponte de Wheatstone.

18
Conversor CA / CC

Descrição da interface IHM

A IHM do CTW-04 contém um display de leds com 4 dígitos de 7 segmentos. Dois leds
de sinalização e 3 teclas.

A figura a seguir está mostrada a IHM do conversor e indica a localização do display,


dos leds e das teclas.

Funções do Display de Leds:

Mostra mensagens de Erro e estado (ver Referência Rápida dos Parâmetros,


Mensagens de Erro e Estado), o número do Parâmetro ou seu conteúdo.

Função dos Leds “Ponte A” e “Ponte B”:

- Conversor acionando motor:


Led vermelho aceso (Ponte A) e led verde apagado.

- Conversor acionando gerador:


Led verde aceso (Ponte B) e led vermelho apagado.

19
Conversor CA / CC

Funções Básicas das Teclas

Seleciona (comuta) display entre número do parâmetro e seu valor


(posição/conteúdo).

Aumenta a velocidade, número do parâmetro ou valor do parâmetro.

Diminui a velocidade, número do parâmetro ou valor do parâmetro.

Todos os ajustes do Servoconversor SCA-05 são feitos através de parâmetros. Os


parâmetros são indicados no display através da letra P seguida de um número:

Exemplo: Parâmetro 27

A cada parâmetro está associado um valor numérico (conteúdo do parâmetro), que


corresponde a opção selecionada dentre os disponíveis para aquele parâmetro.
Os valores dos parâmetros definem a programação do conversor CA/CC ou o valor de
uma variável (ex.: corrente, freqüência, tensão, etc.).

Para realizar a programação do conversor CA/CC deve-se alterar o conteúdo do(s)


parâmetro(s).

20
Conversor CA / CC

Referência rápida dos parâmetros, mensagem


de erro e estado
1. Parâmetros (Software: V1.1X)

Ajuste
Parâmetro de Unidade
Descrição Faixa de valores
fábrica
P000 Gravação dos Parâmetros 0 a 4=Sem função
(EEPROM) 5=Grava Programação
4 a 9=Sem função 0 -
10=Grava Ajuste de
Fábrica
(1)
P002 Malha de Controle da Corrente de Campo – 0=Controle no CTW-04
0 -
Ic 1=Controle externo
(1)
P004 Modo de Operação 0=Indefinido
0 -
1=Definido
(1) (3)
P005 Tipo de Conversor 0=Unidirecional
0 -
1=Antiparalelo
(1)
P007 Controle de Torque 0=Normal
(regulador de corrente +
regulador de velocidade)
0 -
1=Regulador de corrente
(1)
P008 Controle do Ângulo de Disparo 0=Normal
1=Direto (sem 0 -
reguladores)
(1)
P011 Saída do Rele de n=0 0=Contato NF
1 -
1=Contato NA
P013 Alteração do Modo de Operação 0=Não
0 -
1=Sim
(1)
P014 Faixa de Ajuste da Rampa 0=0 a 180 (∆ = 1.0)
0 s
1=0 a 18 (∆ = 0.1)
(1)
P015 Bloqueio por velocidade nula (lógica de 0=Inativo
0 -
parada) 1=Ativo
(1)
P016 Modo de Saída do Bloqueio por Velocidade 0=Saída com n3*>0 ou
Nula n>0 0 -
1=Saída com n3*>0
(1)
P017 Detetor de IA > IX (ver P071) 0=Ativo
1=Inativo na aceleração 0 -
ou frenagem
(1)
P018 Detetor de Falta de Tacogerador CC ou 0=Ativo
0 -
Encoder Incremental 1=Inativo
(1)
P019 Referência de Velocidade 0=Definida por P024
0 -
1=Serial ou Fieldbus
(1)
P020 Seleção de Bloqueio Geral, Bloqueio por 0=DI
0 -
Rampa e Reset de Falhas 1=Serial ou Fieldbus
(1)
P021 Seleção do Sentido de Giro 0=DI
0 -
1=Serial ou Fieldbus
(1)
P022 Seleção do Comando Jog+, Jog- 0=DI
0 -
1=Serial ou Fieldbus
P023 Versão de Software
0.0 a 9.99 - -
(Leitura)
(1)(4)
P024 Seleção da Referência de Velocidade 0=0 a 10V (10bits)
1=4 a 20 mA (10bits)
(2)
2=0 a 10 V (12bits)
(2) 0 -
3=4 a 20 mA (12bits)
4=P056 e P057
5=PE – Pot. Eletrônico

21
Conversor CA / CC

Ajuste
Parâmetro Descrição Faixa de valores de Unidade
fábrica
(1)
P025 Seleção da Realimentação de Velocidade 0=FCEM
1=Tacogerador CC 0 -
(2)
4=Encoder Incremental
(1)
P026 Seleção da Tensão Nominal de Armadura 0=230V (A_220Vca)
1=260V (U_220Vca)
2=400V (A_380Vca)
3=460V
0 A
(A_440Vca/U_380Vca)
4=520V (U_440Vca)
(1)
P027 Seleção da Corrente Nominal de Armadura 0=10/20 7=190
1=50 8=265
2=63 9=480
3=90 10=640 0 A
4=106 11=1000
5=125 12=1320
6=150 13=1700
(1)(2)
P028 Função da Entrada AI1 (Auxiliar 1) 0=Sem função
1=nAUX * Após a Rampa
2=IAUX * (Sinal ≥ 0) 0 -
3=Limitação externa de
Corrente
(1)
P029 Função da Entrada AI2 (Auxiliar 2) 0=Sem função
1=nAUX * Após a Rampa 0 -
2=IAUX * (Sinal ≥ 0)
P030 Função da Saída AO D/A (8bits) 0=n2*
1=(n2* + AI1 + AI2 + JOG +
JOG-) = n3*
2=(n3* - n)
3=I1*
4=Ângulo de Disparo
5=UA 8 -
6=Interrupções
7=Saída do regulador de
corrente
8=FCEM
9=Limitação da corrente em
função de n
P031 Compensação de RA = P031/1000 0 a 999 0 -
P032 Tempo de Aceleração 0.0 a 18.0 (P014 = 1)
1.0 S
0 a 180 (P014 = 0)
P033 Tempo de Desaceleração 0.0 a 18.0 (P014 = 1)
1.0 s
0 a 180 (P014 = 0)
P034 Velocidade Minima
0.0 a 100 0.0 %
P035 Atuação de n = n* 0.0 a 100 2.0 %
P036 Atuação de n = 0 1.0 a 10.0 1.0 %
P037 JOG+ 0.0 a 100 0.0 %
P038 JOG - 0.0 a 100 0.0 %
P039 Ganho Proporcional
0.0 a 99.9 4.0 -
(Regulador Velocidade)
P040 Ganho Integral
0.0 a 2.00 0.12 s
(Regulador Velocidade)
P041 Ganho Diferencial
0.0 a 9.99 0.0 -
(Regulador Velocidade)
P042 Ganho Proporcional
0.0 a 9.99 0.0 -
(Regulador Corrente)
P043 Ganho Integral
0 a 999 35 ms
(Intermitente)(Regulador Corrente)

22
Conversor CA / CC

Ajuste
Parâmetro Descrição Faixa de valores de Unidade
fábrica
P044 Ganho Integral
0 a 999 70 ms
(Contínua)(Regulador Corrente)
P045 Taxa de Variação I* (dI* / dt)
0 a 999 20 ms
Regulador Corrente)
P046 Função da Saída AO1 0=Resultado da conversão
D/A (12 bits) A/D (12 bits)
1=n2*
2=(n2* + AI1 + AI2 + JOG+
+ JOG-) = n3*
3=I1* 0 -
4=(n3* - n)
5=n
6=IA
7=FCEM
8=Potência = (FCEM x IA)
P047 Função da Saída AO2 0=Resultado da conversão
D/A (12 bits) A/D (12 bits)
1=n2*
2=(n2* + AI1 + AI2 + JOG+
+ JOG-) = n3*
3=I1* 0 -
4=(n3* - n)
5=n
6=IA
7=FCEM
8=Potência = (FCEM x IA)
Ganho Proporcional – P065
P048 0.0 a 99.9 0.0 -
(Ver P065)
Ganho Integral – P065
P049 0.0 a 2.00 0.0 -
(Ver P065)
Ganho da Entrada AI1
P050 0.0 a 9.99 1.0 -
(Auxiliar 1)
Ganho da Entrada AI2
P051 0.0 a 9.99 1.0 -
(Auxiliar 2
Freqüência Máxima – Centena
P052 0 a 999 0 Hz
(Encoder Incremental)
P053 Freqüência Máxima – Milhar
0 a 480 021 kHz
(Encoder Incremental)
P054 Limitação de Corrente (+I)
2.0 a 125. (∆ = 1.0) 25.0 %
(Ver P028)
P055 Limitação de Corrente (-I)
2.0 a 125. (∆ = 1.0) 25.0 %
(Ver P028)
(4)
P056 Referência de Velocidade n1* 0.0 a 100. (∆ = 0.1) 0.0 %
(4)
P057 Referência de Velocidade n1* 0.0 a 100. (∆ = 10.0) 0.0 %
P058 Ganho Proporcional
0.0 a 9.99 1.5 -
(Regulador FCEM)
P059 Ganho Integral
0.0 a 6.00 0.25 s
(Regulador FCEM)
P060 Corrente Nominal do Campo 0.1 a 30.0 2.6 A
P061 Corrente Mínima do Campo 0.1 a 30.0 0.6 A
P062 Corrente Campo – Ic
0.0 a 30.0 - A
(Leitura)
Ganho Proporcional (Regulador da Corrente
P063 0.0 a 3.99 0.2 -
de Campo)
Ganho Integral (Regulador da Corrente de
P064 0.0 a 3.99 0.10 s
Campo)

23
Conversor CA / CC

Ajuste
Parâmetro Descrição Faixa de valores de Unidade
fábrica
0=Seleção dos ganhos do
regulador de velocidade:
P039, P040 ou P048, P049
(1) Função da DI 1=Comandos via serial
P065 (WEGBus) ou DI
0 -
(XC 1:37)
2=Funções especiais
3=Comandos via FieldBus
ou DI
Ganho do Sinal
P066 0.1 a 2.50 1.0 -
(Regulador FCEM)
(1)
P067 Corrente de Sobrecarga (I x t) 0 a 125 de P027 125 %
(1)
P068 Corrente Máx. sem Sobrecarga (I x t) 0 a 125 de P027 100 %
(1)
P069 Tempo de Atuação (I x t) 005 a 600 384 s
(1)
P070 Função da DO Programável 0=I x t ou Rotor bloqueado
(XC 1:38) 1=n=n* ou Rotor bloqueado
2=Ponte A/B ou Rotor Bloq.
3=I x t
0 -
4=n=n*
5=Ponte A/B
P071 Corrente Ix
0.0 a 125. 125. %
(Ver P017)
P072 Velocidade Ny 0.0 a 100. 0.0 %
P073 Velocidade Nx 0.0 a 108. 100. %
P074 Corrente Imín 2.0 a 125. 125. %
P075 Velocidade n1 10.0 a 100. 100. %
(3)
P076 Offset da Referência -999 a +999 0 -
P078 Ganho da Saída AO
0.0 a 9.99 1.00 -
(8 bits)
P079 Ganho da Saída AO1
0.0 a 9.99 1.00 -
(12 bits)
P080 Ganho da Saída AO2
0.0 a 9.99 1.00 -
(12 bits)
P081 Faltas de Fase por Ciclo de Rede
0 a 0999 - -
(Centena) (Leitura)
P082 Faltas de Fase por Ciclo de Rede
0 a 0999 - -
(Milhar) (Leitura)
(1)
P083 Serial WEGBus 0=Inativa
0 bps
1=Ativa em 9600
(1)
P084 Endereço do Conversor 1 a 30 1 -
(1)
P085 FieldBus 0=Inativo
1=Profibus-DP 2I/O
2= Profibus-DP 4I/O
3= Profibus-DP 6I/O 0 -
4=DeviceNet 2I/O
5= DeviceNet 4I/O
6= DeviceNet 6I/O
(1)
P086 Tipo de Bloqueio com E29/E30 0=Desativar via Bloqueio
Rampa
1=Desativar via Habilita 0 -
Geral
2=Sem função
Referência de Velocidade Total – n3*
P087 0.0 a 100. - %
(Leitura)
P088 Velocidade do Motor – n 0.0 a 110. (P025=0 ou 1)
- %
(Leitura) 0.0 a 150. (P025=4)
Corrente de Armadura – IA
P089 0.0 a 125. - %
(Leitura)

24
Conversor CA / CC

Ajuste
Parâmetro Descrição Faixa de valores de Unidade
fábrica
Tensão de Armadura – UA
P090 0.0 a 100. - %
(Leitura)
P091 0.0 a 100. (nAUX*)
Sinal da Entrada AI1
0.0 a 125. (I*) - %
(Auxiliar 1) (Leitura)
0.0 a 125. (ILIM)
P092 Sinal da Entrada AI2 0.0 a 100. (nAUX*)
- %
(Auxiliar 2) (Leitura) 0.0 a 125. (I*)
P093 Memória de Falhas Última Ocorrência
F02 a F10 - -
(Leitura)
P094 Memória de Falhas Segunda Ocorrência
F02 a F10 - -
(Leitura)
P095 Memória de Falhas Terceira Ocorrência
F02 a F10 - -
(Leitura)
P096 Memória de Falhas Quarta Ocorrência
F02 a F10 - -
(Leitura)
P097 Seqüência de Fases 0=RST
- -
(Leitura) 1=RTS
P098 Estado das DI´s
0 a 255 - -
(Leitura)
P099 Centena do A/D (10bits) ou A/D (12bits)
0 a 0999 - -
Referência Remota (Leitura)
P100 Corrente de Economia de Campo 0.0 a 30.0 0.6 A

Notas!
(1) Parâmetros do modo de operação somente podem ser alterados com
P004=0 (se P004≠0 parametrizar P013=1).
(2) Quando P028=3, os parâmetros P054 e P055 têm a função de parâmetros
de leitura.
(3) A indicação de P076 ≤ -100 é apresentada sem sinal (-).
(4) Os parâmetros P056 e P057 têm a função de parâmetros de leitura da
velocidade quando P024≠4 e tem a função de Referência de Velocidade
(via tecla) quando P024=0 a 3 ou 5.

2. Indicações

Indicação Significado
F01 DI – (BL_G) de Bloqueio Geral

25
Conversor CA / CC

3. Mensagens de Falhas

Falha Descrição
F02 DI – (Erro_Ext) de Erro Externo (Cadeia de defeitos
Falta de Fase ou Falta de Rede:
Tempo ≤ Ciclo de Rede
Falta de Rede:
F03 Ciclo de Rede ≤ Tempo ≤ 48.0ms
Falta de Fase: Tempo Permanente
Falta de Rede: Tempo Permanente
F04 Falta de ±15V no Cartão de Controle
F05 Subtensão na Rede
F06 Rotor Bloqueado
F07 Sobrecarga – função (I x t)
F08 Falta algum dos sinais do Taco CC ou Encoder
F09 Falha na Malha da Corrente de Campo
F10 Falta de Sinal de Sicronismo

4. Mensagens de Erro

Erro Significado
E02 Problema na Conversão (10 bits)
E03 Problema no Timer
E04 Problema no Sinal de Sincronismo com a Rede
E05 Problema na Gravação da EEPROM
E06 Erro de Programação
E25 Variável ou Parâmetro Inexistente
E26 Valor Desejado Fora dos Limites Permitidos
E27 Variável só de Leitura ou Comando Lógico Desabilitado
E28 Comunicação Serial Inativa
E29, E30 Conexão FieldBus Inativa

26
Conversor CA / CC

Procedimento para Alteração dos Parâmetros

Alterar Parâmetros de Regulação ou Alterar Modo de Programação

Este procedimento só é válido para alterar parâmetros do Modo de Operação caso o


conversor não tenha passado pelo processo de gravação dos parâmetros (P004=0).

Item Ação Display IHM Descrição

Use as teclas Localize o parâmetro


1
desejado

Pressione a tecla Valor numérico associado ao


2
parâmetro

Use as teclas Ajuste o novo valor desejado


3

O novo valor do parâmetro


Pressione a tecla foi ajustado.
4 NOTA!
Altere os demais
parâmetros desejados.

Use as teclas
5 Localize o parâmetro “P004”

Pressione a tecla Valor numérico associado ao


6
parâmetro

Use as teclas Ajuste o valor para 1


7
(P004 = 1)

27
Conversor CA / CC

Item Ação Display IHM Descrição

Pressione a tecla O novo valor do parâmetro


8
foi ajustado

GRAVAR PARÂMETROS ALTERADOS

Use as teclas Localize o parâmetro “P000”


9

Pressione a tecla Valor numérico associado ao


10
parâmetro

Use as teclas Ajuste o valor para 0005


11 (P000 = 5)

Pressione a tecla Display pisca enquanto dos


12 parâmetros estão sendo
gravados

Display retorna a
13 “P000” Parâmetros foram gravados
automaticamente

Nota!
Os parâmetros somente serão gravados corretamente seguindo todos os
passos descritos.
Caso não deseje gravar os parâmetros alterados, não realizar o procedimento
“Gravar Parâmetros Alterados”.
Se houver incompatibilidade dos parâmetros, o display indica “E06”.*

* (Ver capítulo Erro e Possíveis Causas)

28
Conversor CA / CC

Alterar Parâmetros do Modo de Operação

Este procedimento só é válido para alterar parâmetros do Modo de Operação caso o


conversor já tenha passado pelo processo de gravação dos parâmetros (P004=1).
Os parâmetros do modo de operação só poderão ser alterados/salvos com bloqueio
geral inativo (XC1:27 = 24V).

Item Ação Display IHM Descrição

Use as teclas Localize o parâmetro


1
“P013”

Valor numérico associado


2
Pressione a tecla ao parâmetro

Use as teclas Ajuste o valor para 1


3
(P013 = 1)

4 Indicação do Display Aguarde

5 Indicação do Display Operação realizada

Parâmetros podem ser


6
Pressione a tecla alterados

Use as teclas Localize o parâmetro


7
desejado

29
Conversor CA / CC

Item Ação Display IHM Descrição

Valor numérico associado


8
Pressione a tecla ao parâmetro

Use as teclas Ajuste o novo valor


9
desejado

O novo valor do
parâmetro foi ajustado.
10 NOTA!
Pressione a tecla
Altere os demais
parâmetros desejados.

Use as teclas Localize o parâmetro


11
“P004”

Valor numérico associado


12
Pressione a tecla ao parâmetro

Use as teclas Ajuste o valor para 1


13
(P004 = 1)

O novo valor do
14
Pressione a tecla parâmetro foi ajustado

GRAVAR PARÂMETROS ALTERADOS

Use as teclas Localize o parâmetro


15 “P000”

30
Conversor CA / CC

Item Ação Display IHM Descrição

Valor numérico associado


16
Pressione a tecla ao parâmetro

Use as teclas Ajuste o valor para 0005


17 (P000 = 5)

Display pisca enquanto


18 dos parâmetros estão
Pressione a tecla
sendo gravados

Display retorna a “P000” Parâmetros foram


19
automaticamente gravados

Nota!
Os parâmetros somente serão gravados corretamente seguindo todos os
passos descritos.
Caso não deseje gravar os parâmetros alterados, não realizar o procedimento
“Gravar Parâmetros Alterados”.
Se houver incompatibilidade dos parâmetros, o display indica “E06”.*

* (Ver capítulo Erro e Possíveis Causas)

31
Conversor CA / CC

32
Conversor CA / CC

Exemplo 1 – Funcionamento Básico


Objetivos:

– Familiarizar-se com o Conversor CA/CC.


– Girar o eixo em determinada velocidade e de giro alterável, por meio de chaves
utilizando entradas digitais.
– Verificar o funcionamento do Conversor CA/CC sendo realimentado por FCEM e por
Tacogerador.

Procedimentos:

1 – Observe o conjunto Motor – Conversor CA/CC e confira as características a seguir:

Motor: M 610-VIRB-2k2 Conversor CA/CC: CTW-04 WEG


Potência: 0,5CV Potência: 4,6kW
Velocidade: 2200 rpm Alimentação da Armadura: 220-230V trifásico
Tensão Armadura: 160 Vcc Alimentação do Campo: 220-230V monofásico
Tensão Campo: 190 Vcc Corrente da Armadura: 10A
Corrente Armadura: 3,1 A Corrente nominal do Campo: 18A
Corrente Campo: 0,4 A

2 – Observe o esquema de ligação das chaves e potenciômetro, bem como suas


funções:

+24V +24V +24V +REF


P1
S1 S2 S3
-REF

BG BR +nR

(S1) BG = Bloqueio Geral (S3) ↔ = Sentido de Rotação


(S2) BR = Bloqueio Rampa (P1) +nR = Referência de Velocidade

3 – Energize o circuito Conversor CA/CC.

33
Conversor CA / CC

4 – Localize o painel de controle (IHM) do Conversor do kit didático.

5 – Execute a programação via IHM de acordo com a seqüência do exemplo a seguir


utilizando dos valores mencionados anteriormente das características do motor.

ATENÇÃO!
Certifique-se que o Conversor CA/CC está bloqueado (chaves S1 e S2 aberta).

NOTA!
Para alterar os parâmetros do Modo de Operação P004 = 0. Caso P004 = 1,
então ajuste P013 = 1, este procedimento altera P004 para 0
automaticamente, disponibilizando a alteração dos parâmetros do Modo de
Operação.
Para maiores detalhes, ver capítulo “Procedimento para Alteração de
Parâmetros”.

34
Conversor CA / CC

Item Ação Display IHM Descrição

Use as teclas Localize o parâmetro


1
“P013”

Valor numérico associado


2
Pressione a tecla ao parâmetro

Use as teclas Ajuste o valor para 1


3
(P013 = 1)

4 Indicação do Display Aguarde

5 Indicação do Display Operação realizada

Parâmetros podem ser


6
Pressione a tecla alterados

Use as teclas Localize o parâmetro


7
“P002”

Valor numérico associado


8
Pressione a tecla ao parâmetro

Ajuste P002 = 1
Use as teclas Inibe a aplicação de
9
corrente no campo do
Motor CC.

35
Conversor CA / CC

Item Ação Display IHM Descrição

O novo valor do parâmetro


10
Pressione a tecla foi ajustado.

Use as teclas Localize o parâmetro


11
“P005”

Valor numérico associado


12
Pressione a tecla ao parâmetro

Use as teclas Ajuste P005 = 1


13 Tipo do conversor:
antiparalelo (regenerativo)

O novo valor do parâmetro


14
Pressione a tecla foi ajustado.

Use as teclas Localize o parâmetro


15
“P025”

Valor numérico associado


16
Pressione a tecla ao parâmetro

Use as teclas Ajuste P025 = 0


17 Realimentação de
Velocidade: por FCEM.

O novo valor do parâmetro


18
Pressione a tecla foi ajustado

36
Conversor CA / CC

Item Ação Display IHM Descrição

Use as teclas Localize o parâmetro


19
“P026”

Valor numérico associado


20
Pressione a tecla ao parâmetro

Ajuste P026 = 0
Use as teclas Tensão nominal de
21
Armadura (conversor):
230V

O novo valor do parâmetro


22
Pressione a tecla foi ajustado.

Use as teclas Localize o parâmetro


23
“P027”

Valor numérico associado


24
Pressione a tecla ao parâmetro

Use as teclas Ajuste P027 = 0


25 Corrente nominal de
Armadura (conversor): 10A

O novo valor do parâmetro


26
Pressione a tecla foi ajustado.

37
Conversor CA / CC

Item Ação Display IHM Descrição

Use as teclas Localize o parâmetro


27
“P032”

Valor numérico associado


28
Pressione a tecla ao parâmetro

Use as teclas Ajuste P032 = 3.0


29 Tempo de Aceleração:
3.0s

O novo valor do
30
Pressione a tecla parâmetro foi ajustado.

Use as teclas Localize o parâmetro


31
“P033”

Valor numérico associado


32
Pressione a tecla ao parâmetro

Use as teclas Ajuste P033 = 3.0


33 Tempo de Desaceleração:
3.0s

O novo valor do
34
Pressione a tecla parâmetro foi ajustado.

38
Conversor CA / CC

Item Ação Display IHM Descrição

Use as teclas Localize o parâmetro


35
“P060”

Valor numérico associado


36
Pressione a tecla ao parâmetro

Use as teclas Ajuste P060 = 0.4


37 Corrente Nominal Campo:
0.4 A

O novo valor do
38
Pressione a tecla parâmetro foi ajustado.

Use as teclas Localize o parâmetro


39
“P061”

Valor numérico associado


40
Pressione a tecla ao parâmetro

Use as teclas Ajuste P061 = 0.2


41 Corrente Mínima Campo:
0.2 A

O novo valor do
42
Pressione a tecla parâmetro foi ajustado.

Use as teclas Localize o parâmetro


43
“P100”

39
Conversor CA / CC

Item Ação Display IHM Descrição

Valor numérico associado


44
Pressione a tecla ao parâmetro

Use as teclas Ajuste P100 = 0.2


45 Corrente de Economia
Campo: 0.2 A

O novo valor do
46
Pressione a tecla parâmetro foi ajustado.

Use as teclas Localize o parâmetro


47
“P002”

Valor numérico associado


48
Pressione a tecla ao parâmetro

Ajuste P002 = 0
Use as teclas Libera a aplicação de
49
corrente no campo do
Motor CC.

O novo valor do
50
Pressione a tecla parâmetro foi ajustado.

Use as teclas Localize o parâmetro


51
“P004”

Valor numérico associado


52
Pressione a tecla ao parâmetro

40
Conversor CA / CC

Item Ação Display IHM Descrição

Use as teclas Ajuste P004 = 1


53 Modo de operação
definido.

O novo valor do
54 Pressione a tecla
parâmetro foi ajustado
duas vezes

6 – Após a programação, execute o procedimento para gravação dos parâmetros


alterados:

GRAVAR PARÂMETROS ALTERADOS


Item Ação Display IHM Descrição

Use as teclas Localize o parâmetro


1 “P000”

Valor numérico associado


2
Pressione a tecla ao parâmetro

Use as teclas Ajuste o valor para 0005


3 (P000 = 5)

Display pisca enquanto os


4 parâmetros estão sendo
Pressione a tecla
gravados

Display retorna a “P000” Parâmetros foram


5
automaticamente gravados

41
Conversor CA / CC

7 – Ajuste a referência de velocidade (P1) para, aproximadamente, 25% da velocidade


máxima:

8 – Alimente a Armadura do motor CC, colocando jumpers nos bornes indicados:

+ _

Campo
Armadura

9 – Feche as chaves Bloqueio Rampa (S2) e habilite o conversor fechando a chave


Bloqueio Geral (S1).

NOTA!
Neste momento, o motor CC deverá girar na velocidade de, aproximadamente,
550 rpm (25% de 2200rpm), com uma rampa de aceleração de 3s.

10 – Abra a chave Bloqueio Rampa (S2).

NOTA!
Neste momento, o motor CC deverá parar, com uma rampa de desaceleração
de 3s.

11 – Feche a chave  Sentido de Rotação (S3). Habilite o conversor fechando


novamente a chave Bloqueio Rampa (S2).

NOTA!
Neste momento, o motor CC deverá girar no sentido inverso na velocidade de,
aproximadamente, 550 rpm (25% de 2200rpm), com uma rampa de aceleração
de 3s.

42
Conversor CA / CC

12 – Altere a referência de velocidade (P1) e veja como o motor CC se comporta.


Anote suas observações:
...........................................................................................................................................
...........................................................................................................................................
...........................................................................................................................................

13 – Abra a chave Bloqueio Rampa (S2) e após o motor parar, abra a chave Bloqueio
Geral (S1).

NOTA!
Neste momento, o motor CC deverá parar, com uma rampa de desaceleração
de 3s.

14 – Altere a realimentação para Tacogerador:

Item Ação Display IHM Descrição

Use as teclas Localize o parâmetro


1
“P013”

Valor numérico associado


2
Pressione a tecla ao parâmetro

Use as teclas Ajuste o valor para 1


3
(P013 = 1)

4 Indicação do Display Aguarde

5 Indicação do Display Operação realizada

Parâmetros podem ser


6
Pressione a tecla alterados

43
Conversor CA / CC

Item Ação Display IHM Descrição

Use as teclas Localize o parâmetro


7
“P025”

Valor numérico associado


8
Pressione a tecla ao parâmetro

Ajuste P025 = 1
Use as teclas Realimentação de
9
Velocidade: por
Tacogerador.

O novo valor do parâmetro


10
Pressione a tecla foi ajustado.

Use as teclas Localize o parâmetro


11
“P004”

Valor numérico associado


12
Pressione a tecla ao parâmetro

Use as teclas Ajuste P004 = 1


13 Modo de operação
definido.

O novo valor do parâmetro


14 Pressione a tecla
foi ajustado
duas vezes

44
Conversor CA / CC

GRAVAR PARÂMETROS ALTERADOS


Item Ação Display IHM Descrição

Use as teclas Localize o parâmetro


1 “P000”

Valor numérico associado


2
Pressione a tecla ao parâmetro

Use as teclas Ajuste o valor para 0005


3 (P000 = 5)

Display pisca enquanto os


4 parâmetros estão sendo
Pressione a tecla
gravados

Display retorna a “P000” Parâmetros foram


5
automaticamente gravados

15 – Feche a chave  Sentido de Rotação (S3). Habilite o conversor fechando


novamente a chave Bloqueio Rampa (S2).

NOTA!
Neste momento, o motor CC deverá girar no sentido inverso na velocidade de,
aproximadamente, 550 rpm (25% de 2200rpm), com uma rampa de aceleração
de 3s.

16 – Altere a referência de velocidade (P1) e veja como o motor CC se comporta.


Anote suas observações:
...........................................................................................................................................
...........................................................................................................................................
...........................................................................................................................................

45
Conversor CA / CC

17 – Abra a chave Bloqueio Rampa (S2) e após o motor parar, abra a chave Bloqueio
Geral (S1).

NOTA!
Neste momento, o motor CC deverá parar, com uma rampa de desaceleração
de 3s.

18 – Com base nos dados acima, anote suas conclusões:


...........................................................................................................................................
...........................................................................................................................................
...........................................................................................................................................
...........................................................................................................................................
...........................................................................................................................................
...........................................................................................................................................
...........................................................................................................................................
...........................................................................................................................................
...........................................................................................................................................

46
Conversor CA / CC

Exemplo 2 – Efeito da Variação de Carga

Objetivos:

– Verificar o desempenho do conversor CA/CC quando inserida simulação de carga


no motor CC (Freio de Foucault).
– Levantar as formas de onda das tensões de armadura e campo.

Procedimentos:

1 – Observe o conjunto Motor – Conversor CA/CC e confira as características a seguir:

Motor: M 610-VIRB-2k2 Conversor CA/CC: CTW-04 WEG


Potência: 0,5CV Potência: 4,6kW
Velocidade: 2200 rpm Alimentação da Armadura: 220-230V trifásico
Tensão Armadura: 160 Vcc Alimentação do Campo: 220-230V monofásico
Tensão Campo: 190 Vcc Corrente da Armadura: 10A
Corrente Armadura: 3,1 A Corrente nominal do Campo: 18A
Corrente Campo: 0,4 A

2 – Observe o esquema de ligação das chaves e potenciômetro, bem como suas


funções:

+24V +24V +24V +REF


P1
S1 S2 S3
-REF

BG BR +nR

(S1) BG = Bloqueio Geral (S3) ↔ = Sentido de Rotação


(S2) BR = Bloqueio Rampa (P1) +nR = Referência de Velocidade

3 – Energize o circuito Conversor CA/CC.

47
Conversor CA / CC

4 – Localize o painel de controle (IHM) do Conversor do kit didático.

5 – Execute a programação via IHM de acordo com a seqüência abaixo.

ATENÇÃO!
Certifique-se que o Conversor CA/CC está bloqueado (chaves S1 e S2 aberta).

Parâmetro Ajuste Descrição


P013 1 Modo de Operação definido (habilita alteração dos parâmetros)
P005 1 Tipo do conversor: antiparalelo (regenerativo)
P025 1 Realimentação de Velocidade: por Tacogerador CC.
P026 0 Tensão nominal de Armadura (conversor): 230V
P027 0 Corrente nominal de Armadura (conversor): 10A
P032 3.0 Tempo de Aceleração: 3.0s
P033 3.0 Tempo de Desaceleração: 3.0s
P060 0.4 Corrente Nominal Campo: 0.4 A
P061 0.2 Corrente Mínima Campo: 0.2 A
P100 0.2 Corrente de Economia Campo: 0.2 A
Modo de Operação definido (desabilita alteração dos
P004 1
parâmetros)
P000 5 Display pisca enquanto parâmetros estão sendo gravados.

48
Conversor CA / CC

6 – Alimente a Armadura do motor CC, colocando jumpers nos bornes indicados:

+ _

Campo
Armadura

7 – Ajuste a referência de velocidade (P1) para 100% da velocidade do motor CC:

8 – Feche as chaves Bloqueio Rampa (S2) e habilite o conversor fechando a chave


Bloqueio Geral (S1).

NOTA!
Neste momento, o motor CC deverá girar na velocidade de, aproximadamente,
2200rpm com uma rampa de aceleração de 3s.

9 – Ligue o Freio e ajuste a intensidade da carga para, aproximadamente, 10% da


carga máxima.

49
Conversor CA / CC

10 – Localize o multimedidor digital no painel. A tecla seleciona, entre


as medições, qual será visualizada no display.

Podem ser selecionados:

- Tensão de Armadura – Varm(V)


- Corrente de Armadura – Iarm(A)
- Tensão de Campo – Vcam(V) Varm(V) Iarm(A) Vcam(V)

11 – Anote os valores das tensões e corrente mostradas no multimedidor digital:

Tensão de Armadura (Varm) em 10%: ......................................... V


Corrente de Armadura (Iarm) em 10%:: ........................................ A
Tensão de Campo (Vcam) em 10%:: ............................................. V

12 – Ajuste a intensidade da carga (Freio) para, aproximadamente, 20% da carga


máxima.

13 – Anote os valores das tensões e corrente mostradas no multimedidor digital:

Tensão de Armadura (Varm) em 20%: ......................................... V


Corrente de Armadura (Iarm) em 20%:: ........................................ A
Tensão de Campo (Vcam) em 20%:: ............................................. V

14 – Ajuste a intensidade da carga (Freio) para, aproximadamente, 30% da carga


máxima.

50
Conversor CA / CC

15 – Anote os valores das tensões e corrente mostradas no multimedidor digital:

Tensão de Armadura (Varm) em 30%: ......................................... V


Corrente de Armadura (Iarm) em 30%:: ........................................ A
Tensão de Campo (Vcam) em 30%:: ............................................. V

16 – Ajuste a intensidade da carga (Freio) para, aproximadamente, 40% da carga


máxima.

17 – Anote os valores das tensões e corrente mostradas no multimedidor digital:

Tensão de Armadura (Varm) em 40%: ......................................... V


Corrente de Armadura (Iarm) em 40%:: ........................................ A
Tensão de Campo (Vcam) em 40%:: ............................................. V

18 – Ajuste a intensidade da carga (Freio) para, aproximadamente, 50% da carga


máxima.

0% 100%

19 – Anote os valores das tensões e corrente mostradas no multimedidor digital:

Tensão de Armadura (Varm) em 50%: ......................................... V


Corrente de Armadura (Iarm) em 50%:: ........................................ A
Tensão de Campo (Vcam) em 50%:: ............................................. V

20 – Ajuste a intensidade da carga (Freio) para, aproximadamente, 75% da carga


máxima.

0% 100%

51
Conversor CA / CC

21 – Anote os valores das tensões e corrente mostradas no multimedidor digital:

Tensão de Armadura (Varm) em 75%: ......................................... V


Corrente de Armadura (Iarm) em 75%:: ........................................ A
Tensão de Campo (Vcam) em 75%:: ............................................. V

22 – Ajuste a intensidade da carga (Freio) para, aproximadamente, 100% da carga


máxima.

0% 100%

23 – Anote os valores das tensões e corrente mostradas no multimedidor digital:

Tensão de Armadura (Varm) em 100%: ......................................... V


Corrente de Armadura (Iarm) em 100%:: ........................................ A
Tensão de Campo (Vcam) em 100%:: ............................................. V

24 – Com base nos dados de tensão e corrente obtidos anteriormente, plote os


gráficos de tensão e corrente:

Varmadura

10% 20% 30% 40% 50% 75% 100%


Carga

Iarmadura

10% 20% 30% 40% 50% 75% 100%


Carga

52
Conversor CA / CC

Vcampo

10% 20% 30% 40% 50% 75% 100%


Carga

25 – Com base nos dados obtidos até aqui, anote suas observações e conclusões:
...........................................................................................................................................
...........................................................................................................................................
...........................................................................................................................................
...........................................................................................................................................
...........................................................................................................................................
...........................................................................................................................................
...........................................................................................................................................
...........................................................................................................................................
...........................................................................................................................................
...........................................................................................................................................
...........................................................................................................................................
...........................................................................................................................................
...........................................................................................................................................

53
Conversor CA / CC

54
Conversor CA / CC

Exemplo 3 – Levantamento da curva de


Conjugado do motor

Objetivos:

– Levantamento das curvas “Conjugado x Velocidade” do motor CC para carga fixa e


“Carga x Conjugado” para velocidade fixa.

Procedimentos:

1 – Observe o conjunto Motor – Conversor CA/CC e confira as características a seguir:

Motor: M 610-VIRB-2k2 Conversor CA/CC: CTW-04 WEG


Potência: 0,5CV Potência: 4,6kW
Velocidade: 2200 rpm Alimentação da Armadura: 220-230V trifásico
Tensão Armadura: 160 Vcc Alimentação do Campo: 220-230V monofásico
Tensão Campo: 190 Vcc Corrente da Armadura: 10A
Corrente Armadura: 3,1 A Corrente nominal do Campo: 18A
Corrente Campo: 0,4 A

2 – Observe o esquema de ligação das chaves e potenciômetro, bem como suas


funções:

+24V +24V +24V +REF


P1
S1 S2 S3
-REF

BG BR +nR

(S1) BG = Bloqueio Geral (S3) ↔ = Sentido de Rotação


(S2) BR = Bloqueio Rampa (P1) +nR = Referência de Velocidade

3 – Energize o circuito Conversor CA/CC.

55
Conversor CA / CC

4 – Localize o painel de controle (IHM) do Conversor do kit didático.

5 – Execute a programação via IHM de acordo com a seqüência abaixo.

ATENÇÃO!
Certifique-se que o Conversor CA/CC está bloqueado (chaves S1 e S2 aberta).

Parâmetro Ajuste Descrição


P013 1 Modo de Operação definido (habilita alteração dos parâmetros)
P005 1 Tipo do conversor: antiparalelo (regenerativo)
P025 1 Realimentação de Velocidade: por Tacogerador CC.
P026 0 Tensão nominal de Armadura (conversor): 230V
P027 0 Corrente nominal de Armadura (conversor): 10A
P032 3.0 Tempo de Aceleração: 3.0s
P033 3.0 Tempo de Desaceleração: 3.0s
P060 0.4 Corrente Nominal Campo: 0.4 A
P061 0.2 Corrente Mínima Campo: 0.2 A
P100 0.2 Corrente de Economia Campo: 0.2 A
Modo de Operação definido (desabilita alteração dos
P004 1
parâmetros)
P000 5 Display pisca enquanto parâmetros estão sendo gravados.

56
Conversor CA / CC

6 – Alimente a Armadura do motor CC, colocando jumpers nos bornes indicados:

+ _

Campo
Armadura

7 – Ligue o Freio e ajuste a intensidade da carga para 0%.

FREIO
0
1

LIGADO

CONTROLE 0% 100%

0% 100%

8 – Ajuste a referência de velocidade (P1) para 10% da velocidade do motor CC:

9 – Feche as chaves Bloqueio Rampa (S2) e habilite o conversor fechando a chave


Bloqueio Geral (S1).

NOTA!
Neste momento, o motor CC deverá girar com uma rampa de aceleração de
3s.

57
Conversor CA / CC

10 – Localize o multimedidor digital no painel. A tecla seleciona, entre as


medições, qual será visualizada no display.

Podem ser selecionados:

- Tensão do Tacogerador – Vtaco(V) Vtaco(V) N r pm

- Conjugado (Torque) – N
- Rotação do Motor – rpm

11 – Monitore a Rotação do Motor (rpm) e vá aumentando a carga (freio) lentamente


até que a Rotação do Motor sofra queda. O conjugado máximo do motor é o valor
medido um momento antes da rotação cair.
Anote os dados, convertendo o conjugado para Nm (Newton x metro), multiplicando o
valor em N pela distancia do braço (0,1m).

Rotação Inicial (10% velocidade): ....................................................... rpm


Rotação momento queda (10% velocidade): ...................................... rpm
Conjugado máximo (10% velocidade): ............................................... N
Conjugado = N x m = ____________ x 0,1 = ............................... Nm

12 – Ajuste a referência de velocidade (P1) para 20% da velocidade do motor CC:

13 – Monitore a Rotação do Motor (rpm) e vá aumentando a carga (freio) lentamente


até que a Rotação do Motor sofra queda. O conjugado máximo do motor é o valor
medido um momento antes da rotação cair.
Anote os dados, convertendo o conjugado para Nm (Newton x metro), multiplicando o
valor em N pela distancia do braço (0,1m).

Rotação Inicial (20% velocidade): ....................................................... rpm


Rotação momento queda (20% velocidade): ...................................... rpm
Conjugado máximo (20% velocidade): ............................................... N
Conjugado = N x m = ____________ x 0,1 = ............................... Nm

14 – Ajuste a referência de velocidade (P1) para 30% da velocidade do motor CC:

58
Conversor CA / CC

15 – Monitore a Rotação do Motor (rpm) e vá aumentando a carga (freio) lentamente


até que a Rotação do Motor sofra queda. O conjugado máximo do motor é o valor
medido um momento antes da rotação cair.
Anote os dados, convertendo o conjugado para Nm (Newton x metro), multiplicando o
valor em N pela distancia do braço (0,1m).

Rotação Inicial (30% velocidade): ....................................................... rpm


Rotação momento queda (30% velocidade): ...................................... rpm
Conjugado máximo (30% velocidade): ............................................... N
Conjugado = N x m = ____________ x 0,1 = ............................... Nm

16 – Ajuste a referência de velocidade (P1) para 40% da velocidade do motor CC:

17 – Monitore a Rotação do Motor (rpm) e vá aumentando a carga (freio) lentamente


até que a Rotação do Motor sofra queda. O conjugado máximo do motor é o valor
medido um momento antes da rotação cair.
Anote os dados, convertendo o conjugado para Nm (Newton x metro), multiplicando o
valor em N pela distancia do braço (0,1m).

Rotação Inicial (40% velocidade): ....................................................... rpm


Rotação momento queda (40% velocidade): ...................................... rpm
Conjugado máximo (40% velocidade): ............................................... N
Conjugado = N x m = ____________ x 0,1 = ............................... Nm

18 – Ajuste a referência de velocidade (P1) para 50% da velocidade do motor CC:

19 – Monitore a Rotação do Motor (rpm) e vá aumentando a carga (freio) lentamente


até que a Rotação do Motor sofra queda. O conjugado máximo do motor é o valor
medido um momento antes da rotação cair.
Anote os dados, convertendo o conjugado para Nm (Newton x metro), multiplicando o
valor em N pela distancia do braço (0,1m).

Rotação Inicial (50% velocidade): ....................................................... rpm


Rotação momento queda (50% velocidade): ...................................... rpm
Conjugado máximo (50% velocidade): ............................................... N
Conjugado = N x m = ____________ x 0,1 = ................................. Nm

59
Conversor CA / CC

20 – Ajuste a referência de velocidade (P1) para 60% da velocidade do motor CC:

21 – Monitore a Rotação do Motor (rpm) e vá aumentando a carga (freio) lentamente


até que a Rotação do Motor sofra queda. O conjugado máximo do motor é o valor
medido um momento antes da rotação cair.
Anote os dados, convertendo o conjugado para Nm (Newton x metro), multiplicando o
valor em N pela distancia do braço (0,1m).

Rotação Inicial (60% velocidade): ....................................................... rpm


Rotação momento queda (60% velocidade): ...................................... rpm
Conjugado máximo (60% velocidade): ............................................... N
Conjugado = N x m = ____________ x 0,1 = ................................. Nm

22 – Ajuste a referência de velocidade (P1) para 70% da velocidade do motor CC:

23 – Monitore a Rotação do Motor (rpm) e vá aumentando a carga (freio) lentamente


até que a Rotação do Motor sofra queda. O conjugado máximo do motor é o valor
medido um momento antes da rotação cair.
Anote os dados, convertendo o conjugado para Nm (Newton x metro), multiplicando o
valor em N pela distancia do braço (0,1m).

Rotação Inicial (70% velocidade): ....................................................... rpm


Rotação momento queda (70% velocidade): ...................................... rpm
Conjugado máximo (70% velocidade): ............................................... N
Conjugado = N x m = ____________ x 0,1 = ................................. Nm

24 – Ajuste a referência de velocidade (P1) para 80% da velocidade do motor CC:

25 – Monitore a Rotação do Motor (rpm) e vá aumentando a carga (freio) lentamente


até que a Rotação do Motor sofra queda. O conjugado máximo do motor é o valor
medido um momento antes da rotação cair.

60
Conversor CA / CC

Anote os dados, convertendo o conjugado para Nm (Newton x metro), multiplicando o


valor em N pela distancia do braço (0,1m).

Rotação Inicial (80% velocidade): ....................................................... rpm


Rotação momento queda (80% velocidade): ...................................... rpm
Conjugado máximo (80% velocidade): ............................................... N
Conjugado = N x m = ____________ x 0,1 = ................................. Nm

26 – Ajuste a referência de velocidade (P1) para 90% da velocidade do motor CC:

27 – Monitore a Rotação do Motor (rpm) e vá aumentando a carga (freio) lentamente


até que a Rotação do Motor sofra queda. O conjugado máximo do motor é o valor
medido um momento antes da rotação cair.
Anote os dados, convertendo o conjugado para Nm (Newton x metro), multiplicando o
valor em N pela distancia do braço (0,1m).

Rotação Inicial (90% velocidade): ....................................................... rpm


Rotação momento queda (90% velocidade): ...................................... rpm
Conjugado máximo (90% velocidade): ............................................... N
Conjugado = N x m = ____________ x 0,1 = ................................. Nm

28 – Ajuste a referência de velocidade (P1) para 100% da velocidade do motor CC:

29 – Monitore a Rotação do Motor (rpm) e vá aumentando a carga (freio) lentamente


até que a Rotação do Motor sofra queda. O conjugado máximo do motor é o valor
medido um momento antes da rotação cair.
Anote os dados, convertendo o conjugado para Nm (Newton x metro), multiplicando o
valor em N pela distancia do braço (0,1m).

Rotação Inicial (100% velocidade): ....................................................... rpm


Rotação momento queda (100% velocidade): ...................................... rpm
Conjugado máximo (100% velocidade): ............................................... N
Conjugado = N x m = ____________ x 0,1 = .................................. Nm

61
Conversor CA / CC

30 – Desabilite o conversor abrindo a chave Bloqueio Rampa (S2) e, após o motor


parar, aba a chave Bloqueio Geral (S1). Desligue o freio, regulando a intensidade da
carga para 0%.

NOTA!
Neste momento, o motor CC deverá parar, com uma rampa de desaceleração
de 3s.

31 – Com base nos dados de Rotação inicial e Conjugado obtidos anteriormente, plote
o gráfico Conjugado x Velocidade:

Conjugado
(Nm)

25

20

15

10

0 220 440 660 880 1100 1320 1540 1760 1980 2200
Velocidade
(rpm)
curva conjugado x velocidade

32 – Com base no gráfico anterior, responda as seguintes perguntas:

a) Qual a relação entre conjugado e velocidade?


...........................................................................................................................................
...........................................................................................................................................
...........................................................................................................................................

b) Essa relação pode ser definida como linear? Explique.


...........................................................................................................................................
...........................................................................................................................................
...........................................................................................................................................

33 – Anote seus comentários e conclusões:


...........................................................................................................................................
...........................................................................................................................................
...........................................................................................................................................
...........................................................................................................................................
...........................................................................................................................................

62
Conversor CA / CC

Exemplo 4 – Ajuste dos parâmetros PID

ATENÇÃO!
Certifique-se da real necessidade de ajuste dos parâmetros PID. A
alteração desnecessária dos parâmetros pode provocar avarias no
equipamento.

Objetivos:

– Verificar o funcionamento do conversor CA/CC quando ajustados os parâmetros


PID
– Levantamento do conjugado do motor e valores de tensão e corrente de armadura
e campo.

Procedimentos:

1 – Observe o conjunto Motor – Conversor CA/CC e confira as características a seguir:

Motor: M 610-VIRB-2k2 Conversor CA/CC: CTW-04 WEG


Potência: 0,5CV Potência: 4,6kW
Velocidade: 2200 rpm Alimentação da Armadura: 220-230V trifásico
Tensão Armadura: 160 Vcc Alimentação do Campo: 220-230V monofásico
Tensão Campo: 190 Vcc Corrente da Armadura: 10A
Corrente Armadura: 3,1 A Corrente nominal do Campo: 18A
Corrente Campo: 0,4 A

2 – Observe o esquema de ligação das chaves e potenciômetro, bem como suas


funções:

+24V +24V +24V +REF


P1
S1 S2 S3
-REF

BG BR +nR

(S1) BG = Bloqueio Geral (S3) ↔ = Sentido de Rotação


(S2) BR = Bloqueio Rampa (P1) +nR = Referência de Velocidade

63
Conversor CA / CC

3 – Energize o circuito Conversor CA/CC.

4 – Localize o painel de controle (IHM) do Conversor do kit didático.

5 – Execute a programação via IHM de acordo com a seqüência abaixo.

ATENÇÃO!
Certifique-se que o Conversor CA/CC está bloqueado (chaves S1 e S2 aberta).

Parâmetro Ajuste Descrição


P013 1 Modo de Operação definido (habilita alteração dos parâmetros)
P005 1 Tipo do conversor: antiparalelo (regenerativo)
P025 1 Realimentação de Velocidade: por Tacogerador CC.
P026 0 Tensão nominal de Armadura (conversor): 230V
P027 0 Corrente nominal de Armadura (conversor): 10A
P032 3.0 Tempo de Aceleração: 3.0s
P033 3.0 Tempo de Desaceleração: 3.0s
P060 0.4 Corrente Nominal Campo: 0.4 A
P061 0.2 Corrente Mínima Campo: 0.2 A
P100 0.2 Corrente de Economia Campo: 0.2 A
Modo de Operação definido (desabilita alteração dos
P004 1
parâmetros)
P000 5 Display pisca enquanto parâmetros estão sendo gravados.

64
Conversor CA / CC

6 – Alimente a Armadura do motor CC, colocando jumpers nos bornes indicados:

+ _

Campo
Armadura

7 – Ajuste a referência de velocidade (P1) para 100% da velocidade do motor CC:

8 – Feche as chaves Bloqueio Rampa (S2) e habilite o conversor fechando a chave


Bloqueio Geral (S1).

NOTA!
Neste momento, o motor CC deverá girar com uma rampa de aceleração de
3s.

9 – Localize os multimedidores digitais no painel. A tecla seleciona, entre


as medições, qual será visualizada no display.

Podem ser selecionados:

- Tensão do Tacogerador – Vtaco(V)


- Conjugado (Torque) – N Vtaco(V) N r pm

- Rotação do Motor – rpm

- Tensão de Armadura – Varm(V)


- Corrente de Armadura – Iarm(A)
- Tensão de Campo – Vcam(V)

65
Conversor CA / CC

10 – Anote os valores das tensões e corrente mostradas no multimedidor digital:

Tensão de Armadura (Varm) sem ajuste: ......................................... V


Corrente de Armadura (Iarm) sem ajuste: ......................................... A
Tensão de Campo (Vcam) sem ajuste: ............................................. V

11 – Com o osciloscópio, meça as formas de onda das tensões de Campo e Armadura


nos bornes equivalentes:

Vcampo sem ajuste Varmadura sem ajuste

t/div t/div

8 – Desabilite o conversor abrindo a chave Bloqueio Geral (S1) e Bloqueio Rampa


(S2).

NOTA!
Neste momento, o motor CC deverá parar com uma rampa de desaceleração
de 3s.

9 – Para realizarmos os ajustes no PID, primeiramente ajustaremos o REGULADOR DE


CORRENTE. Para isso, siga os passos a seguir:

66
Conversor CA / CC

a) Siga com a programação dos ajustes.

AJUSTAR REGULADOR DE CORRENTE


Parâmetro Ajuste Descrição

P013 1 Modo de Operação definido (habilita alteração dos parâmetros)

P002 1 Inibe a aplicação de corrente no campo do Motor CC.


P032 0.0 Tempo de Aceleração: 0.0s
P033 0.0 Tempo de Desaceleração: 0.0s
P070 3 Proteção contra rotor bloqueado Inativa
P039 1.0 Ganho proporcional (regulador de velocidade): 1
P040 0.0 Ganho integral (regulador de velocidade): 0
P041 0.0 Ganho diferencial (regulador de velocidade): 0
P054 100.0 Limitação de corrente (+I): 100%
P055 100.0 Limitação de corrente (-I): 100%
Modo de Operação definido (desabilita alteração dos
P004 1
parâmetros)
P000 5 Display pisca enquanto parâmetros estão sendo gravados.

b) Localize e monitore, com o osciloscópio, os pontos de testes “IA” e “AGND”.

E Interfaces
DJ1
K
t
+ _
Pontos Teste
K
220V
CARTÃO DE
CONTROLE
COM CPU
MOTOR DC
FREIO M
R S T
16 BITS
“CISC”
TACOGERADOR IA Ic
L/D
+n G
-n
K

F
CONTROLE
POTÊNCIA
IA Ic
M _
+
CAMPO

Controle IC

ARMADURA
M Ventilador
do Motor PE Medição IA Medição UA F

c) Ajuste a referência de velocidade (P1) para o valor máximo.

67
Conversor CA / CC

d) Libere a Rampa de velocidade, fechando a chave Bloqueio Rampa (S2).

e) Habilite o conversor fechando a chave Bloqueio Geral (S1) por um tempo


menor que 3 segundos, verificando o sinal medido em IA:

Ganho muito baixo.


Aumente o P042 (ganho
proporcional de corrente) e/ou
diminua P044 (ganho integral
de corrente).

Ganho ideal.

Ganho muito alto.


Diminua o P042 (ganho
proporcional de corrente) e/ou
aumente P044 (ganho integral de
corrente).

f) Ajuste P042 e P044, de forma a obter o sinal medido “Ganho ideal”. Anote os
valores ajustados:

Parâmetro Valor Ajuste Final Descrição


P042 Ganho proporcional (regulador de corrente)
P044 Ganho integral (regulador de corrente)

OBS: Toda vez que for ajustar P042 e P044, realize os procedimentos:
- P013 = 1;
- alterar os parâmetros P042 e P044;
- P004 = 1;
- P005 = 1;
- testar o funcionamento do motor.

68
Conversor CA / CC

g) Desabilite o conversor, abrindo a chave Bloqueio Rampa (S2) e Bloqueio Geral


(S1).

REGULADOR DE CORRENTE OTIMIZADO.

10 – Agora, ajustaremos o REGULADOR DE VELOCIDADE. Para isso, siga os passos a


seguir:

a) Desabilite o conversor abrindo as chaves Bloqueio Geral (S1) e Bloqueio


Rampa (S2).

a) Siga com a programação dos ajustes.

AJUSTAR REGULADOR DE VELOCIDADE


Parâmetro Valor Ajuste Descrição
Modo de Operação definido (habilita alteração dos
P013 1
parâmetros)
P002 1 Inibe a aplicação de corrente no campo do Motor CC.
P032 0 Tempo de Aceleração: 0s
P033 0 Tempo de Desaceleração: 0s
P039 4.0 Ganho proporcional (regulador de velocidade): 4.0
P040 0.12 Ganho integral (regulador de velocidade): 0.12
P041 0.0 Ganho diferencial (regulador de velocidade): 0
P002 0 Libera a aplicação de corrente no campo do Motor CC.

b) Localize e monitore, com o osciloscópio, os pontos de testes “n” (borne 6) e


“GND” (borne 8).

69
Conversor CA / CC

c) Ajuste a referência de velocidade (P1) para 75% do valor máximo.

d) Feche as chaves Erro Externo (S3), Bloqueio Rampa (S2).

e) Habilite o conversor fechando a chave Bloqueio Geral (S1), verificando o sinal


medido:

Ganho muito baixo.


Aumente o P039 (ganho proporcional de
velocidade) e/ou diminua o P040 (ganho integral
de corrente).

Ganho ideal.

Ganho muito alto.


Diminua o P039 (ganho proporcional de
velocidade) e/ou aumente o P040 (ganho
integral de corrente).

f) Ajuste P039 e P040, de forma a obter o sinal medido “Ganho ideal”. Anote os
valores ajustados:

Parâmetro Valor Ajuste Final Descrição


P039 Ganho proporcional (regulador de velocidade)
P040 Ganho integral (regulador de velocidade)

OBS: Toda vez que for ajustar P039 e P040, realize os procedimentos:
- P013 = 1;
- alterar os parâmetros P039 e P040;
- P004 = 1;
- P005 = 1;
- testar o funcionamento do motor.

REGULADOR DE VELOCIDADE OTIMIZADO.

70
Conversor CA / CC

11 – Por último, ajustaremos o REGULADOR DA CORRENTE DE CAMPO. Para isso, siga


os passos a seguir:

a) Desligue a tensão de Armadura, retirando os jumpers

+ _

Campo
Armadura

b) Siga com a programação dos ajustes.

AJUSTAR REGULADOR DE VELOCIDADE


Parâmetro Valor Ajuste Descrição
Modo de Operação definido (habilita alteração dos
P013 1
parâmetros)
P063 0.0 Ganho proporcional (regulador da corrente de campo)
P064 0.0 Ganho integral (regulador da corrente de campo)

c) Localize e monitore, com o osciloscópio, os pontos de testes “Ic” e “AGND”.

E Interfaces
DJ1
K
t
+ _
Pontos Teste
K
220V
CARTÃO DE
CONTROLE
COM CPU
MOTOR DC
FREIO M
R S T
16 BITS
“CISC”
TACOGERADOR IA Ic
L/D
+n G
-n
K

F
CONTROLE
POTÊNCIA
IA Ic
M _
+
CAMPO

Controle IC

ARMADURA
M Ventilador
do Motor PE Medição IA Medição UA F

71
Conversor CA / CC

d) Feche a chave Bloqueio Rampa (S2).

e) Desativar e em seguida ativar o conversor, abrindo e fechando a chave


Bloqueio Geral (S1), verificando o sinal medido:

Ganho muito baixo.


Aumente o P063 (ganho proporcional - regulador
da corrente de campo) e/ou diminua o P064
(ganho integral de corrente - regulador da
corrente de campo).

Ganho ideal.

Ganho muito alto.


Diminua o P063 (ganho proporcional - regulador
da corrente de campo) e/ou aumente o P064
(ganho integral de corrente - regulador da
corrente de campo).

f) Ajuste P039 e P040, de forma a obter o sinal medido “Ganho ideal”. Anote os
valores ajustados:

Parâmetro Valor Ajuste Final Descrição


P063 Ganho proporcional (regulador de velocidade)
P064 Ganho integral (regulador de velocidade)

OBS: Toda vez que for ajustar P063 e P064, realize os procedimentos:
- P013 = 1;
- alterar os parâmetros P063 e P064;
- P004 = 1;
- P005 = 1;
- testar o funcionamento do motor.

NOTA!
Como o motor é pequeno, o sinal medido tem pouca variação (máx. de 0,5V) e talvez
não seja bem visualizado.

REGULADOR DE CORRENTE DE CAMPO OTIMIZADO.

72
Conversor CA / CC

12 – Alimente a Armadura do motor CC, recolocando jumpers nos bornes indicados:

+ _

Campo
Armadura

13 – Ajuste novamente a referência de velocidade (P1) para 100% da velocidade do


motor CC:

14 – Feche as chaves Bloqueio Rampa (S2) e habilite o conversor fechando a chave


Bloqueio Geral (S1).

NOTA!
Neste momento, o motor CC deverá girar com uma rampa de aceleração de
3s.

15 – Anote os valores das tensões e corrente mostradas no multimedidor digital:

Tensão de Armadura (Varm) com ajuste: ......................................... V


Corrente de Armadura (Iarm) com ajuste: ......................................... A
Tensão de Campo (Vcam) com ajuste: ............................................. V

73
Conversor CA / CC

16 – Com o osciloscópio, meça as formas de onda das tensões de Campo e Armadura


nos bornes equivalentes:

Vcampo com ajuste Varmadura com ajuste

17 – Desabilite o conversor abrindo a chave Bloqueio Rampa (S2) e após a parada do


motor, abra a chave Bloqueio Geral (S1).

NOTA!
Neste momento, o motor CC deverá parar com uma rampa de desaceleração
de 3s.
t/div t/div

18 – Houve mudanças no comportamento do motor CC depois que o PID das malhas


de corrente e velocidade foram ajustadas? Quais mudanças podem ser observadas
(ruído, trepidação, alteração de velocidade, etc)? Comente sua resposta.
...........................................................................................................................................
...........................................................................................................................................
...........................................................................................................................................
...........................................................................................................................................
...........................................................................................................................................

19 – Quais as alterações que foram observadas nos valores de tensão e corrente de


armadura e campo antes e depois do ajuste do PID?
...........................................................................................................................................
...........................................................................................................................................
...........................................................................................................................................
...........................................................................................................................................
...........................................................................................................................................

20 – Quais as alterações que foram observadas nas formas de onda medidas com o
osciloscópio antes e depois do ajuste do PID?
...........................................................................................................................................
...........................................................................................................................................
...........................................................................................................................................
...........................................................................................................................................
...........................................................................................................................................

74
Conversor CA / CC

21 – De forma geral, houve melhora no comportamento do motor CC? Justifique.


...........................................................................................................................................
...........................................................................................................................................
...........................................................................................................................................
...........................................................................................................................................
...........................................................................................................................................

22 – Escreva suas observações e conclusões:


...........................................................................................................................................
...........................................................................................................................................
...........................................................................................................................................
...........................................................................................................................................
...........................................................................................................................................
...........................................................................................................................................
...........................................................................................................................................
...........................................................................................................................................
...........................................................................................................................................
...........................................................................................................................................
...........................................................................................................................................
...........................................................................................................................................
...........................................................................................................................................
...........................................................................................................................................
...........................................................................................................................................

75
Conversor CA / CC

76
Conversor CA / CC

Manual de Manutenção Conversor CA/CC


MEL306

77
Conversor CA / CC

78
Conversor CA / CC

Solução e Prevenção de Falhas


Quando um Erro ou Falha é detectado, o display da IHM indica Exx ou Fxx. Para voltar
a operar normalmente, o conversor após esta ocorrência, é preciso resetá-lo. De forma
genérica, isto pode ser feito através das seguintes formas:

- Desligando a alimentação do conversor e ligando-a novamente (Power-on);


- Automaticamente, após algum tempo decorrido (Autoreset);
- Via Entrada Digital: EE (XC1:33).

Erros e Possíveis Causas

Após energizado o conversor, é executada a diagnose (aprox. 3s) de alguns sinais


como:

- Tolerância da fonte de +5V;


- Atuação do contador externo;
- Sincronismo com a tensão da rede.

Detectado algum problema será sinalizado E02 a E05. Nesses casos, a IHM e o
conversor ficarão inibidos.

ERRO RESET CAUSAS PROVÁVEIS


E02
Erro na conversão A/D
(10 bits)
E03
Erro no Contador
Externo
E04 Entrar em contato com fabricante
Erro no Sinal de
Sincronismo com a
Rede
E05
Erro na Gravação da
EEPROM
Desaparece automaticamente Tentativa de ajuste de um parâmetro
E06
quando forem alterados os incompatível com os demais.
Erro de Programação
parâmetros incompatíveis (Ver tabela a seguir)

79
Conversor CA / CC

A tabela abaixo mostra as programações dos parâmetros que causam “E06”


(incompatibilidade entre parâmetros):

Erro Descrição Evitar


Evitar as seguintes combinações:
E06 Erro de programação
P007 = 1 e P008 = 1
P005 = 1 e P007 = 1
P004 = 0 e P000 = 5
P085 ≠ 0 e P065 ≠ 3

Falhas e Possíveis Causas

Concluída a rotina de diagnose, o conversor passa a monitorar os sinais de funções.


Surgindo alguma falha ocorrerá uma das sinalizações F02 a F10. O número associado
a Falha será armazenado nos parâmetros P093 a P096, até o limite de 4 falhas.

NOTA!
A indicação F01 reflete o estado da Entrada Digital de Bloqueio Geral
(XC1:27).

A tabela a seguir mostra detalhes das Falhas e causas prováveis:

FALHA RESET CAUSAS PROVÁVEIS


- DI Erro Externo (XC1:33) aberta (não
F02
conectada a +24V)
Erro Externo DI
- Sensor conectado a DI Erro Externo
(Cadeia de Defeitos)
(XC1:33) ativo.
F03
Falta de Fase ou Falta de Autoreset - Falta de Fase na entrada do conversor
Rede

F04
- Fonte de ±15V não ativa
Falta de ±15V no Cartão Power-on
- Conexão do cabo XC8
de Controle

Autoreset, quando: - Alimentação abaixo do valor mínimo:


F05 Valim > 198V para modelos 220V Valim < 176V para modelos 220V
Subtensão na Rede Valim > 342V para modelos 380V Valim < 304V para modelos 380V
Valim > 396V para modelos 440V Valim < 352V para modelos 440V
- Falta de campo (P002 = 1)
F06
Autoreset - Rotor Travado
Rotor Bloqueado
- Carga no eixo do motor muito alta
- Ajuste de P067, P068 e P069 muito
F07
Autoreset baixo para o motor utilizado
Sobrecarga (I x t)
- Carga no eico do motor muito alta
F08 - Ligação dos cabos do Tacogerador
Falta de algum dos sinais Autoreset invertidos
do Taco ou Encoder - Fiação interrompida

80
Conversor CA / CC

FALHA RESET CAUSAS PROVÁVEIS


- Falta de Alimentação do Campo
(X1:4,5)
- Conexão do controle da corrente de
campo no conector XC16 do cartão
F09 RC04
Falha na Malha da Reenergização - Fusíveis da alimentação do campo
Corrente de Campo - Falta de campo (P002 = 0)
Conexão do campo do motor (x1:6,7)

Nota!
Monitora após Bloqueio Geral inativo.
F10
Falta de Sinal de Autoreset - Falta momentânea da rede
Sincronismo

Forma de Atuação das Falhas

FALHA FORMA DE ATUAÇÃO

- Desativa DO – Relé de Falhas (F);


- Desativa DO – Liberado (LIB);
F02
- Bloqueia Rampa;
Erro Externo
- Bloqueia Reguladores;
(Cadeia de Defeitos)
- Bloqueia Teclado da IHM;
- Bloqueia Disparos após ½ Ciclo de Rede.

- Bloqueia Reguladores por 60.0ms;


- Bloqueia Disparos por 60.0ms;
- Não Bloqueia Rampa;
Falta de Fase ou Falta de Rede - Não Sinaliza F03;
(Tempo ≤ Ciclo de Rede) - Não Memoriza em P093 a P096;
- Incrementa P081 e P082;
- Libera Reguladores após 60.0ms;
- Libera Disparos após 60.0ms.
F03
- Desativa DO – Relé de Falhas (F);
Falta de Fase
- Desativa DO – Liberado (LIB);
Falta de Rede
- Bloqueia Rampa;
(Ciclo de Rede ≤ Tempo ≤ 48.0ms)
- Bloqueia Reguladores;
Falta de Fase
- Bloqueia Teclado da IHM;
(Tempo Permanente)
- Bloqueia Disparos.
- Após 5min Libera o Conversor.

Falta de Rede - Não sinaliza F03;


(Tempo Permanente) - Não memoriza em P093 a P096.

- Desativa DO – Relé de Falhas (F);


F04 - Desativa DO – Liberado (LIB);
Falta de ±15V no - Bloqueia Teclado da IHM;
Cartão de Controle - Bloqueia Disparos;
- Necessita Reenergização.

81
Conversor CA / CC

FALHA FORMA DE ATUAÇÃO


- Desativa DO – Relé de Falhas (F);
- Desativa DO – Liberado (LIB);
- Bloqueia Rampa;
F05
- Bloqueia Reguladores;
Subtensão na Rede
- Bloqueia Teclado da IHM;
- Bloqueia Disparos após ½ Ciclo de Rede;
- Autoreset com alimentação 0.9 x Vnominal.
- Desativa DO – Relé de Falhas (F);
- Desativa DO – Liberado (LIB);
- Bloqueia Rampa;
- Bloqueia Reguladores;
- Bloqueia Teclado da IHM;
- Bloqueia Disparos após ½ Ciclo de Rede.
- Quando a corrente de armadura for igual a limitação de corrente e o eixo do motor
F06
permanecer parado durante 2.0s, ocorre o bloqueio do conversor por 5 minutos.
Rotor Bloqueado
Após este tempo ocorre a liberação automática do conversor. Esta função é
executada quando:
1) Conteúdo de P070 < 3;
2) Reg. de velocidade saturado;
3) Reg. de velocidade > 1%;
4) Velocidade real < 1%;
5) Corrente de armadura > 2%.
- Desativa DO – Relé de Falhas (F);
- Desativa DO – Liberado (LIB);
- Bloqueia Rampa;
F07
- Bloqueia Reguladores;
Sobrecarga (I x t)
- Bloqueia Teclado da IHM;
- Bloqueia Disparos após ½ Ciclo de Rede.
- Após 5min Libera o Conversor.

- Desativa DO – Relé de Falhas (F);


F08
- Desativa DO – Liberado (LIB);
Falta de algum dos
- Bloqueia Teclado da IHM;
sinais do Taco cc ou
- Bloqueia Disparos após ½ Ciclo de Rede.
Encoder
- Após 30s Libera o Conversor.

82
Conversor CA / CC

FALHA FORMA DE ATUAÇÃO

- Monitora a Falta de corrente de campo após Bloqueio Geral Inativo;


- Desativa DO – Relé de Falhas (F);
- Desativa DO – Liberado (LIB);
- Bloqueia Disparos;
- Memoriza em P093 a P096;
- Necessita Reenergização.

F09
Falha na Malha da
Corrente de Campo

83
Conversor CA / CC

FALHA FORMA DE ATUAÇÃO

- Não Bloqueia Rampa;


- Bloqueia Reguladores por 60.0ms;
F10 - Bloqueia Disparos por 60.0ms;
Falta de Sinal de - Não Sinaliza F10;
Sincronismo - Memoriza em P093 a P096;
- Libera Reguladores após 60.0ms;
- Libera Disparos após 60.0ms.

Solução dos Problemas Mais Freqüentes

PONTO A SER
PROBLEMA AÇÃO CORRETIVA
VERIFICADO
- Verificar se o conversor está energizado corretamente
(níveis das tensões CA e igualdade de fases RST entre
entrada da eletrônica e entrada da potência);
Fiação
- Verificar todas as conexões de potência e comando
(Entradas Digitais programadas com Bloqueio Geral,
Bloqueio Rampa ou Erro Externo ligadas a +24V).
- Verificar fusíveis UR da armadura e do campo;
Fusíveis
- Verificar fusíveis da potência e comando.
- Verificar se o conversor não está bloqueado devido a
Erro
uma condição de erro ou falha detectada;
- Verificar se os parâmetros estão com os valores corretos
Motor não gira Programação errada
para a aplicação.
- Verificar se o disjuntor do motor CA do ventilador do
Circuito de armadura ou motor CC está fechado;
campo em aberto - Verificar se os termostatos da ponte tiristorizada e do
motor CC estão fechados.
- Verificar ajuste da referência de velocidade, se estiver
Referência de velocidade no mínimo motor não partirá;
- Verificar a fiação da mesma.
- Verificar o ajuste da limitação de corrente (P054 e
Limitação de corrente
P055), pode estar no mínimo.
Rotor Bloqueado - Verificar se o rotor está bloqueado mecanicamente.
- Verificar se o circuito da armadura está em curto (tiristor
Circuito da Armadura
queimado).
- Verificar se o motor ou conversor estão com problemas
Isolamento Terra
de isolamento para o terra.
Queima de fusíveis
- Verificar fusíveis, podem estar fora da especificação;
UR na energização
Fusíveis - Verificar fusíveis da entrada de alimentação da
eletrônica.
- Verificar se os parâmetros estão com os valores
Programação
corretos para aplicação.
- Verificar se o tiristor está em curto circuito;
Queima de - Verificar se há falta de rede (mesmo se for apenas
Curto circuito / Falta de
Fusíveis UR na durante 1 ciclo);
Rede / Tensão
frenagem - Verificar se a tensão da armadura está muito acima da
nominal na rotação máxima.

84
Conversor CA / CC

Queima de - Verificar se o limite da corrente está muito alto;


Fusíveis UR - Verificar se a dinâmica do regulador de corrente está
Limite da corrente e
quando carga varia bem ajustada;
regulador
ou motor - Verificar conforme item anterior (Queima de Fusíveis
acelera/frena UR na frenagem).
- Verificar se motor está funcionando no limite de
corrente;
Corrente - Verificar para que a corrente nominal do motor em
regime permanente não seja ultrapassada, nem a máxima
do conversor.
- Verificar se há problemas na referência de velocidade
Referência
Controle Incorreto (tipo de referência P024).
da velocidade - Verificar se há falta de realimentação de velocidade;
- Se a realimentação for por tacogerador, verificar a
ligação de acordo com a sua tensão nominal e se está
Realimentação
invertida ou interrompida;
- Verificar o parâmetro que define a realimentação de
velocidade P025.
Campo - Verificar se a tensão de campo está oscilante.
- Verificar se os reguladores de corrente ou velocidade
Reguladores
estão bem ajustados.
Oscilação da
- Verificar se o tacogerador está com ruído;
Corrente e/ou
- Verificar escovas, porta-escovas e comutadores;
Velocidade do Tacogerador
- Verificar acoplamento do tacogerador;
Motor
- Verificar a fiação do tacogerador (cabo blindado).
Referência - Verificar se a referência de velocidade está com ruído.
Display apagado Fusíveis - Verificar os fusíveis da eletrônica.
na energização Conexão - Verificar cabo XC9.

85
Conversor CA / CC

86
Conversor CA / CC

Manutenção Preventiva
Para evitar problemas de mau funcionamento ocasionados por condições ambientais
desfavoráveis tais como alta temperatura, umidade, sujeira, vibração ou devido ao
envelhecimento dos componentes são necessárias inspeções periódicas nos
conversores e instalações.

PERIGO!
Sempre desconecte a alimentação geral antes de tocar qualquer componente
elétrico associado ao servoconversor. Altas tensões podem estar presentes
mesmo após a desconexão da alimentação.
Aguarde pelo menos 10 minutos para a descarga completa dos capacitores
de potência. Sempre conecte a carcaça do equipamento ao terra de proteção
(PE) no ponto adequado para isto.

ATENÇÃO:
Os cartões eletrônicos possuem componentes sensíveis a descargas
eletrostáticas.
Não toque diretamente sobre os componentes ou conectores. Caso
necessário, toque antes na carcaça metálica aterrada ou utilize pulseira de
aterramento adequada.

NOTA!
O rompimento do lacre de segurança do servoconversor acarretará na
perda da garantia do mesmo.

Inspeções periódicas a serem realizadas:

COMPONENTE ANORMALIDADE AÇÃO CORRETIVA


Parafusos frouxos (2)
Terminais, conectores Aperto
Conectores frouxos
(2)
Sujeira ventiladores Limpeza
(1) Ruído acústico anormal
Ventiladores / Sistema
Ventilador parado Substituir ventilador
de ventilação
Vibração anormal
(3)
Poeira nos filtros de ar Limpeza ou substituição
(2)
Cartões de circuito Acúmulo de poeira, óleo, umidade, etc. Limpeza
impresso Odor Substituição
(2)
Módulo de potência / Acúmulo de poeira, óleo, umidade, etc. Limpeza
(2)
Conexões de potência Parafusos de conexão frouxos Aperto

NOTAS!
(1) Recomenda-se substituir os ventiladores após 40.000 horas de
operação.
(2) Verificar a cada 6 meses.
(3) Verificar duas vezes por mês.

87
Conversor CA / CC

Instruções de limpeza

Quando necessário limpar o conversor siga as instruções:

Sistema de ventilação:

- Seccione a alimentação do servoconversor e espere 10 minutos.


- Remova o pó depositado nas entradas de ventilação usando uma escova
plástica ou uma flanela.
- Remova o pó acumulado sobre as aletas do dissipador e pás do ventilador
utilizando ar comprimido.

Cartões eletrônicos:

- Seccione a alimentação do conversor e espere 10 minutos.


- Remova o pó acumulado sobre os cartões utilizando uma escova antiestática
e/ou pistola de ar comprimido ionizado. Se necessário retire os cartões de
dentro do servoconversor. Use sempre pulseira de aterramento.

88
Conversor CA / CC

Anexo

89
Conversor CA / CC

90
220Vac RÉGUAS DE BORNES
X2 X3

S
T
N
N 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21

R
PE
-X2 1 2 3 N 4

1
6
7
8

N
S
T
2
3
4
5
9

R
11
IA
IC

R1
S1
T1
14
15
20
22
18
19
12
10
0V
23
24
25

PE
R4
S4
T4
PE
S5
BG
BR
LR
AG
VM
AM
VD
PT
GN

CM

24V
10V
1 3 5

L/D
2 4 6
ESQUEMA ELÉTRICO R2

S2

R1
S1
T1
N
CA/CC vs3.3 -X2 5 6 7 1 3

1 3 5 7 N DJ1
2 4

1
-X2 20 11
-X2
T1 26
11 K 10
2 4 6 8 N DR 12
E

S2
T2

R2
4
12

2
4
9 27
-X2 21 -X2 23 FREIO
24V
4

S5
10

9
11
1

4
S1 S2 S3 t° L/D CONTROLE
F1,2,3 12 (FREIO) -X3
2 U3 6 6 M

3
-X2
L1 14

R3
S3
T3
BG BR -X2 22 7 7

LR
25

BR

BG
3
REDE
-PORTA 1 3 5 15 Ventilador
8 8 P2
2mm 2mm 2mm L2 ARMADU. do Motor
K A1 16
Esquema Elétrico

S5
2 4 6 K
-X3 1 2 3 4 A2 24

S4
T4

R4
S5
-X2 S5
-PORTA -X2
Conversor CA / CC

S5
4mm
10

4mm
9

LR

BR

24V
BG
11
12
4mm
8

R4
S4
T4
R4
S4
T4
R4
S4
-X2
18 19
33 23 22 24 25 27 29 35 R S T 1 2 3 4 5
XC1 X1 X1
4

S5
S5

CTW-04 U2
1 2 U1 1 2
XC1 Placa CCW4 21 10 8
X1 X1 XC1 C
1 7 9 19 IA AGND Ic 6 7 A1 B2 16 12 20 9 MEDIDOR MEDIDOR 7
I ARMAD DIGITAL DIGITAL

PE

16
17
22 8 7 5 4 3 4 5 6
D

IA
IC

AG
14
15

0V

CM

10V
2 4
2 3

VARMAD
F4,5 20
E
-X2 11 12 -X3 11 12 13
14
1 5

G F

18
19
23
24
25
VTACO
-PORTA 15 16
14
-X2 AB
V M
A M
V D
P T

18
19
4mm VCAMPO
-X3 5 6 7 -X3 8 9 10 F G
15 -PORTA
4mm 4mm 4mm

IA
IC

AG
4mm 4mm

CM
-PORTA -PORTA CELULA
24 +n CARGA

21
21 2mm 17
-X3
-PORTA VM VM

0V
C

10V
2mm A B AM AM 18
22 23 -n

20
IA AGND Ic VD VD 19
D 2mm
+nR PT PT 20
20

14
MOTOR DC

15
E GN 21
FREIO
-X2 13 14

SHUNT
P1 + +
_ _
- +
G
M TACOGERADOR
M
Pot. Placa U3 Conex.Placa U3 CAMPO ARMADURA
6 7 8 11 12 5 S5

-X2 17

PE

91

Você também pode gostar