Você está na página 1de 41

Introdução

Nesse E-book vou ensinar os passos para se construir um negócio sustentável por
meio de um congresso online, revelando as melhores e piores práticas do mercado
mundial.

Como todo bom profissional, também já testei e errei muito. Ao ingressar no


mundo digital, todos passam pelas mesmas dificuldades, ainda que nossas experiências
anteriores nos permitissem superar as dificuldades.
ERROS CUSTAM MUITO CARO
Frustração é um sentimento comum quando buscamos cursos e práticas
profissionais corretas. Cometemos erros que custam milhares de Reais, clientes e muito
tempo. Durante o período no qual me dediquei aos congressos, acabei desenvolvendo
alguns métodos.
Frequentei uma variedade de cursos. O último foi para buscar mais conhecimento
sobre tráfego. Viajei até San Diego na Califórnia, para entender como os americanos
estavam fazendo e confirmei que eles não estão muito a frente de nós, brasileiros. No
ano passado investi mais de R$ 230.000 em treinamentos e, por isso, compreendo a
dificuldade de cada um que ingressa nessa jornada de tentativa e erro. Mas o que faz a
diferença é a vontade de descobrir o melhor caminho para alcançar o sucesso tão
desejado, e isso me motivou a chegar onde estou hoje.
PESSOAS
As pessoas desempenham um papel muito importante, pois são elas que fazem a
diferença no desenvolvimento do projeto. De nada adianta ter uma mega estrutura, um
bom método e uma estratégia perfeita se as pessoas que estiverem participando dele
não entenderem como funciona o mecanismo do negócio. Na minha jornada percebi
que é preciso estar próximo de quem sabe e de quem exercita boas práticas de
negócio.

É por isso que todos nós precisamos sempre buscar os melhores cursos e
profissionais do mundo. Tudo para poder aprender com eles, alcançar melhores
resultados e ainda conseguir compartilhar os conhecimentos. Neste Ebook vou passar
um conteúdo para mostrar por quê deve-se usar um congresso online como um MEIO
e não como um fim. E por quê alguns congressos decolam e outros não. Tudo vai
depender da qualidade desses congressos.
1-1 CONGRESSOS ONLINE VENCEDORES:
Sorte ou Técnica?

Em todos os segmentos do mercado, o sucesso vem acompanhado de muita


capacitação técnica, mas muitos se arriscam sem ter um conhecimento essencial.
Algumas pessoas até conseguem alcançar o tão sonhado objetivo, mas logo acabarão
saindo do mercado, pois não conseguirão administrar os diversos elementos existentes
por trás no processo do negócio online.
A importância de se fazer um congresso online como um meio e não como um fim,
é planejar com a intenção de ter futuros projetos e de ter um negócio a longo prazo.
Quando se faz um congresso como um meio, cria-se uma lista imensa de pessoas
que estão bastante satisfeitas com o que se está oferecendo e isso gera um
engajamento muito grande, além de te transformar em autoridade instantâneamente.
Você terá tudo nas mãos para poder lançar um produto, mas acaba por não lançar
nada, pois acredita que o congresso é um fim.
O congresso é um meio, é uma estratégia a longo prazo para um negócio de
sucesso no qual há sempre um produto atrelado e, ainda, ocasionar parcerias
importantes. Vou falar mais sobre o assunto a seguir.
1-2 ESTABELECENDO PARCERIAS com o
CONGRESSO ONLINE

Convide as pessoas certas para dar as palestras e saiba o que elas tem para te
oferecer na hora, e também o que você pode oferecer a elas em um segundo momento.
Fazendo isso você terá a chave para o sucesso. Fazer um congresso como um fim, não
vai trazer benefícos a você e nem ás suas parcerias. Fazendo dele um meio, o foco será
no engajamento das listas e ainda poderá usar isso como uma boa etratégia a longo
prazo.
2 - A IMPORT NCIA DE FAZER UM CONGRESSO COMO
UM MEIO E NÃO COMO FIM

COMO MEIO
COMO FIM
* Faz parte de um planejamento estratégico de um
* Não está inserido em um contexto maior;
negócio como um todo;
* Não faz parte de uma estratégia a longo prazo;
* Vem em um cronograma de lançamentos futuros;
* Não tem produto atrelado a ele;
* Já é feito pensando no produto a ser lançado;
* Não estabelece parcerias;
* Serve para atrair os parceiros corretos;
* Foco no lucro imediato;
* Procura entender como beneficiar os parceiros;
* Não beneficia os parceiros;
* Foco na lista e no engajamento;
* Esgota-se rapidamente como estratégia.
* Funciona perfeitamente como estratégia a longo prazo.
.
2-1 POR QUAL O MOTIVO VOCÊ PRECISA MONTAR UM CONGRESSO DE
SUCESSO COMO ESTRATÉGIA DE CONSTRUÇÃO DE NEGÓCIO?

Primeiramente, porquê essa atitude irá te transformar em uma autoridade


instantânea. Construir um congresso online é gerar uma máquina de gerar autoridade.
Vi um caso onde uma pessoa conseguiu fazer o congresso sozinha. Essa pessoa era
totalmente desconhecida e hoje tem uma lista que chega a 40.000 pessoas engajadas.

Quando se desenvolve um congresso, entra-se no mercado pelo topo, e não pela


base. E é isso que torna um congresso online interessante e significa que você ocupará
um nicho antes dos concorrentes, pois já estará atrelado aos parceiros certos e irá
dispor de uma lista gigante e engajada. Comecará a aparecer mais parceiros, então já
prepare as propostas de raciocínio para não ser surpreendido. Passe a ver o congresso
como uma engrenagem muito maior, com um início perfeito.
2-2 PORQUE ALGUNS CONGRESSOS DECOLAM E OUTROS NÃO?

Em todo projeto em desenvolvimento é preciso exercitar a visão sobre o negócio.


Tem que que idealizar qual será o próximo passo. É preciso ter o foco e saber
exatamente onde você quer chegar. Isso inclui um planejamento de curto, médio e
longo prazo e também, a definição da base do projeto, tópico que discutiremos mais a
frente.

Um dos clientes que fazia parte do Super Grupo, não conseguia sair do lugar. Ele
não tinha foco e não sabia para onde ir…. Mas quando ele definiu um objetivo, ele
decolou.

Outro fator importante é não deixar-se abalar por crenças limitantes: “Não consigo”, “É
muito difícil”, “Não posso fazer”, “Ninguém vai gostar do meu trabalho”. Se tiver alguma
dessas crenças, estará cometendo outro grande erro.
O maior fator entre o sucesso e o fracasso talvez seja a questão da mentalidade das
pessoas, é por isso que gosto de trabalhar essa questão. É importante saber que um
congresso deve ser aquecido antes de acontecer. Crie listas 2 meses antes, com isso
haverá maior engajamento por parte das pessoas e não terá com o que se preocupar.
Tenha listas distintas para cada público, uma estratégia para cada um
(palestrantes, afiliados e público alvo). Destaque-se da massa: antes de começar
qualquer projeto, faça o planejamento e delegue as tarefas bem definidas aos seus
responsáveis (quem vai fazer o que e de que jeito).

O MELHOR ESTÁ POR VIR.


3- A IMPORTÂNCIA DO PLANEJAMENTO

É comum encontrar pessoas não sabem por onde começar em um projeto. O Ideal é
elaborar um mapa mental para ter uma direção. Se fizer isso e conseguir visualizar o
projeto como um todo, as idéias vão ficar bem mais claras. Esse mapa mental é um
passo a passo para construir um congresso online de sucesso.
3-1 PLANEJADO X FALSO PLANEJADOR

Nesse tópico, veremos a diferença entre os dois. Essa é uma situação frequente,
somos especialistas em mentir para nós mesmos. As vezes achamos que o negócio
está todo planejado, quando na verdade ele não está.

Quando digo que o congresso está planejado, é porque que tudo já foi planejado
e definido com antecedência. O congresso deve ter início apenas quando todos os
e-mails já estiverem preparados e com algumas palestras extras na mão, pois pode ser
que algum palestrante não entregue o conteúdo. É exatamente por isso que temos que
fazer cuidadosamente a gestão de tudo, e ter a gestão dos palestrantes muito bem
arquitetada.
Com os afiliados é necessário montar um portal para eles já indicando o tipo de
e-mail que vão promover, qual a persona e qual o avatar. Devemos que deixar tudo
pronto e organizado para eles. Costumo dizer que a única coisa previsível nesse meio,
é que acontecem imprevistos. É indispensável ter plano B, C e D, e ainda ter em mente
o que fará caso dê algum problema com uma palestra. Tenha tudo minuciosamente
calculado com um sistema de controle. Se não existir esse sistema, então não terá um
planejamento.

Planejamento requer controle e metas estabelecidas para cada um dos


indicadores. Então, no início de um congresso exige X leads, X Afiliados e a venda de 1%
da lista para poder gerar X Reais. Tenha isso sempre em mente. É preciso ter tráfego e
lista ANTES do congresso começar. Para dar tudo certo, esses números tem que ser
altos. Por isso que pensei em fazer esse E-book, para ajudar as pessoas a alcançarem o
sucesso com seus congressos, evitando qualquer tipo de “imprevistos”. A minha
contribuição com esse E-book é ajudar a clarear as idéias e dar uma visão maior do
negócio. E é por esses motivos que uso o termo “falso planejador”, são as pessoas que
fazem apenas um planejamento geral e não definem as responsabilidades.

Vá criando a comunicação; os e-mails tem que estar pronto para que você não
tenha a preocupação de fazê-los na hora. Lembre-se de que os palestrantes poderão
faltar e os afiliados poderão não promover o seu congresso. Precisa deixar tudo pronto
pra eles. Não deixe que os imprevistos traga frustração, defina tudo com antecedência.
Os grandes negócios não sobrevivem sem planejamento.
PLANEJADO

* Já definiu com meses de antecedência as tarefas de cada um dos envolvidos;


* Deixou os e-mails preparados antes do congresso;
* Tem palestrantes a mais e faz a gestão deles;
* Tem gestão e portal para afiliados;
* Sabe que terá problema e cria planos alternativos (B, C e D);
* Tem sistema de controle;
* Tem metas para cada indicador;
* Tem tráfego e lista antes do congresso;
FALSO PLANEJADOR

* Faz planejamento geral e não define responsabilidade;


* Cria a comunicação enquanto precisa dela;
* Os palestrantes te deixam na mão;
* Acha que os afiliados vão te promover mas não se prepara pra isso;
* Não se prepara para as adversidades;
* Não tem sistema de controle;
* Não trabalha com metas;
* Começa o congresso desesperado por falta de Leads (pessoas engajadas).
10 PASSOS PARA UM CONGRESSO DE SUCESSO

Seguindo esses passos, a probabilidade de fracasso será muito pequena.


Cerque-se de pessoas para validarem a sua idéia, é uma boa dica buscar uma outra
perspectiva, um outro ponto de vista.
1 - DEFINICÃO DA BASE

Antes de iniciar qualquer planejamento do congresso, defina a BASE do seu


negócio. É bom acrescentar que você ficará conhecido pelo nome do seu congresso, e
que será dificil mudar isso depois. ATENÇÃO na hora de escolher um nome.

Vou usar o SUPER GRUPO como exemplo. SUPER GRUPO é o nome da minha
empresa, Certamente você já viu muitos congressos que organizei e deve ter reparado
que o logo do Super Grupo estava presente. As pessoas não me conhecem pelo nome
do congresso e sim pelo nome do produto.

“O instituto nacional da vida saudável” foi criado por uns conhecidos do meio, porém,
o congresso deles não leva esse nome. Nesse caso, o congresso poderia se chamar
“congresso de emagrecimento” ou “congresso de alimentação saudável”. Eles tem
um negócio (empresa) na área de alimentação, na área da saúde e fazem o congresso
com nomes diferentes do da empresa, mas que tem relação com o segmento.
DEFINIÇÃO DA BASE

1- Antes de iniciar o planejamento do congresso, devina a base do seu negócio.


2- Qual é o objetivo do seu negócio?
3- Como ele vai funcionar no longo prazo? Qual o posicionamento?
4- Qual a missão?
5- Qual a visão?
6- Quais os valores sobre quais ele está alicerçado?
7- Quais as suas metas (S.M.R.T)?
8- Como o congresso se insere nessa base de planejamento?
QUAL O OBJETIVO DO SEU NEGÓCIO?

O objetivo do Super Grupo é permitir que as pessoas realizem seus sonhos at-
ravés dos info-produtos e que ainda ajudem outras pessoas. Permitimos então que
você leve o seu “expertise” para o mundo! Esse é o nosso negócio.

Defina:
Qual o posicionamento do seu negócio?
Qual a missão, visão e quais valores sobre os quais seu negócio estão alicerçados?
Quais são suas metas? (SMART) mos então que você leve o seu “expertise” para o mundo!
Esse é o nosso negócio.

Defina bem as questões dos números - quanto quer faturar, quanto quer vender, em
quanto tempo e de que forma vai conseguir chegar lá. Só após ter planejado e definido o
seu objetivo que deve prosseguir com o congresso.
Como o congresso se insere nessa base e planejamento? É determinante pensar nas
burocracias e impostos, documentação exigida, se deve ou não abrir um empresa, quais os
enquadramentos tributários. Defina tudo isso para se prevenir e não se abalar mais tarde.

Quais as atitudes que fazem a diferença?

1) Planejamento estratégico;

2) Construção de parcerias ativas que ipmulsionam seu negócio.


2- A QUEM SE DESTINA O SEU NEGÓCIO?

Nessa etapa o objetivo é definir o seu público alvo, chamaremos de “PERSONA”.

Descubra quem ela é, o que ela pensa, o que ela ouve, o que ela vê. Conhecer o perfil
dessa persona profundamente, saber quais são seus sonhos, o que deixa ela frustrada, como
é o seu dia a dia. É um trabalho minucioso, imaginar como ela é e como ela age, é preciso
entrar na mente dela, descobrir quem e o que influencia essas pessoas, saber como ela se
vê e como as outras pessoas as vêem. Tem que focar no que o público gosta, e não o que
você gosta. Outro erro bem comum em congressos online é achar que o público alvo é si
mesmo. Na realidade, desenvolva o congresso entendendo o que a persona busca para
poder resolver os problemas, as dores e dificuldades que ela tem.
PERSONA

* Quem é ela?
* O que ela pensa , ouve e vê?
* O que a deixa Frustrada?
* Quais seus sonhos?
* Como é o seu dia a dia?
* Quem são as pessoas ao seu redor?
* Quem a influencia?
* Como ela se vê?
* Como os outros a vêem?
* Como ela realmente é?
Quais os 2 maiores problemas dessa pessoa e o que seu
congresso pode fazer para resolver?

Atenção ao último tópico, pois esse será o motivo pelo qual as pessoas irão se cadastrar
no congresso. É o que vai despertar o interesse da persona, é como irá ajuda-la a a resolv-
er o que a aflige.

A QUEM SE DESTINA O CONGRESSO?

Essa é uma questão que precisa estar muito bem clara na sua cabeça. Ao se preparar
um congresso já deve ter idéia do perfil da persona, mas ainda será necessário fazer uma
pesquisa mais profunda para entender se realmente é isso que a pessoa quer.
3- DEFINIR A ESTRATÉGIA DE VENDAS DO CONGRESSO

Reuni as principais estratégia de vendas para um congresso de sucesso. Um erro


comum é começar o congresso sem página de vendas. Essa página de vendas precisa estar
pronta antes do congresso começar e as vendas devem ter início uma semana antes ou, no
máximo, no primeiro dia. Preste atenção no preço de venda. Essa é uma estratégia que faz
a diferença na hora de vender.
3.a - Estratégia de Preço

Uma boa estratégia de preço é ter 3 planos:

OURO: Com bônus e palestras extras;


PRATA: palestras, ou um dia de palestra;
BRONZE: um pacote mais simples.

Existem pessoas que preferem pagar mais caro por um produto ou serviço, apesar de
dar um pouco de trabalho, essa estratégia vale muito a pena. Trabalhar com 2 ou 3 períodos
também ajuda muito. Defina um preço para antes do congresso, um para enquanto estiver
acontecendo e um outro valor para o final. Fazendo dessa forma ainda irá gerar urgência e
escassez.

Estratégia de 2 Preços: consiste em aplicar um valor com desconto durante o congresso e


um outro valor (maior). O incremento dessa estratégia é entre 11 e 22%.

Estratégia de 3 Preços: é aquela que o valor é alterado 3 vezes; um valor antes do


congresso, um durante e outro depois. Exemplo: 497, 797 e 997. Trará em torno de 15 a 20%
de aumento nas vendas.
3.b - Estratratégia de Reabertura: essas estratégias tem um incremento de 15 a 30% no
aumento das vendas. Guarde algumas palestras para usar

Abertura R2X: use essa estratégia quando terminar o congresso. Peça para as pessoas que
participaram gravar um vídeo comentando sobre como o congresso mudou a vida dela e
ofereça um prêmio para quem se sair melhor. Após receber o vídeo abra a votação. Isso fará
com que os vídeos viralizem e isso irá se converter em muitos cadastros. O incremento
dessa estratégia é de 20%. É uma estratégia que exige muito trabalho, mas vale a pena.

Pesquisa: para aplicar no dia seguinte ao término o congresso. Nessa estratégia faça uma
pesquisa perguntando quais foram as palestras que mais gostaram e no dia seguinte faça a
reprise das palestras vencedoras. 2 dias depois abra o carrinho de vendas por 2 ou 3 dias e
o incremento nas vendas será de 10 a 20%.
Caixa Automático de 4 dias: Usa-se uma sequência de email durante 4 dias. Estratégia para
atrair o cliente criando uma necessidade e vender. O incremento será de 10%.

Oferta Relâmpago: consiste em fechar o carrinho de vendas no último dia e reabri-lo 2 dias
depois alegando que muita gente havia perdido a oportunidade e estava pedindo a reaber-
tura. Isso também é estratégia de escassez. O incremento é de 10 a 20%.

3.c - Bônus: peça bônus para os palestrantes mas não divulgue todos logo no início, guarde
algumas palestras para oferecer no meio do congresso para ajudar na hora de criar o efeito
W e apresentar durante os Hangouts, que são outras 2 estratégias de vendas que veremos
mais adiante.

3.d - Datas: as melhores datas para iniciar um congresso é entre os dias 5 e 10 de todo mês,
e prefira dar início durante a semana, em uma terça. Finalizar congressos aos domingos não
é boa idéia, prefira dia de semana também, como uma segunda-feira, surtirão melhores re-
sultados.
4 - TECNOLOGIAS

Não tenha medo da tecnologia, ela existe para auxiliar nos processos e será necessário
conhecer algumas ferramentas e entender como elas se relacionam. Não se assuste, não
precisa ser “expert”, basta você entender o funcionamento de cada uma delas. É bem sim-
ples.
Muitos desistem por causa das ferramentas, por medo de não saber operar. Mas por
que desistir se elas existem para nos ajudar?

A lista de ferramentas para facilitar a vida:

Autoresponder (automatiza seu marketing);


Hangouts (usado como estratégia de vendas);
Edição de Vídeo (precisa ter software);
Pagamentos ( monetização);
Transmissão de palestras (temos 2 brasileiras que são boas);
Construção de Páginas (existem centenas);
Área de Membros (onde irá colocar o conteúdo depois do congresso);
Servidor (muito importante - não adianta investir em tudo pra depois o seu site “cair”);
Hospedagem dos Vídeos (onde você irá hospedar os vídeos do congresso);
Afiliados (quem vai ajudar você a divulgar o congresso);
Testes A e B (para ver a taxa de conversão das páginas para te dar direção);
Notificações no Facebook (tem que ser monitorado minuto a minuto).
5 - A GRADE DE PALESTRANTES

Neste passo será indispensável ter um pensamento estratégico.

Só depois de definido os passos anteriores que poderá escolher os palestrantes que


farão parte do seu congresso. Não escolha um palestrante só porque ele é “expert” na área.
Escolha quem já tem um bom conteúdo e que ele já esteja estruturado e bem definido para
que o palestrante possa apresentar. Então, para ajuda-lo a definir a grade dos palestrantes
descrevi alguns passos:

1- Conhecimento necessário para resolver os 2 maiores problemas da persona;


2- Como subdividir esse conhecimento em 7 partes;
3- Qual o tipo de palestras que se encaixam nessas 7 partes;
4- Como as palestras se relacionam entre si;
5- Quais as pessoas que poderiam ser convidadas para cada tema;
6- Como deixar claro para a persona que ela necessita disso.

O congresso tem 7 dias e será precisa escolher bem os temas que serã abordados em
cada dia, e qual a melhor sequência para eles serem exibidos.
Exemplo:

1º dia - Saúde Física


2º dia - Saúde Mental

O objetivo a ser alcançado neste passo é mostrar que está trazendo uma solução para a
vida das pessoas, fazendo isso em forma de palestras bem alinhadas a modo de deixar
claro que ela realmente precisa dessa solução.
6 - OS PALESTRANTES

Para escolher bem quem vai palestrar no congresso, será preciso analisar alguns ítens,
como por exemplo, o “poder”. O que isso quer dizer? Quer dizer que o palestrante tem boas
listas e são conhecidos. Mas cuidado. Existem palestrantes que tem listas, e tem palestrantes
que são conhecidos, então será preciso mesclar esses dois perfis, e também é preciso verifi-
car se se esse palestrante tem lista e conhecimento sobre o tema do congresso. Será que vai
dar para encaixá-lo?

Cojite também como chegar até esse palestrante, pois é imprescindível estar preparado
e contar com uma estrutura de site além de ter uma apresentanção. Encontre uma forma de
convidá-lo corretamente e ainda transforma-lo em afiliado. Para isso dar certo, é interes-
sante criar um portal, gravar alguns conteúdos em vídeo, conhecer as funções do HOT-
MART, como se cadastrar e saber como acompanhar esse palestrante antes e durante o
congresso. Outra tarefa é ensinar como se gravam as palestras, o que pode gerar um pouco
de medo nas pessoas, mas para resolver isso, basta ter o conteúdo.

O que devemos pedir a mais para o palestrante? Que tal pedir um bônus?
Devemos também nos certificar do conteúdo que o palestrante vai entregar; confira a quali-
dade desse material. Melhor do que ter surpresas desagradáveis na hora da aprensentação.
Prevenir é melhor do que remediar. É fundamental pensar em todos esses passos para con-
seguir fazer um congresso online de sucesso.
Selecionando e lidando com os palestrantes:

1- Poder;
2- Lista X ser conhecido;
3- Como chegar no seu palestrante;
4- Como convidá-lo corretamente;
5- Como ensina-lo a ser afiliado;
6- Como acompanhá-lo;
7- Como ensinar a gravar as palestras;
8- O que pedir a mais;
9- Como certificar-se;
10- Conferir a qualidade do material.
11- Como trata-lo durante o congresso
12- Como trata-lo depois do congresso
7 - OS AFILADOS

Sem sombra de dúdida, os afiliados podem gerar até o dobro do faturamento em um


congresso. Conheço alguns casos em que os congressos faturaram bem e 80% do lucro veio
através de afiliados. De 160.000 Reais, 45.000 vieram pelos afiliados.

Quem são os grandes “players” do nicho do congresso? O que os atrairia para divulgar
o seu congresso? Como você irá convencer os grades “players” a divulgarem? Como será o
primeiro contato com eles?

Uma excelente estratégia é montar o portal de afiliados, pois o grande “player” verá seu
planejamento e a estrutura quem tem para oferecer. Eu mesmo já consegui afiliados por
causa dessa estratégia, por ter um bom portal e uma boa estrutura é a chave para atraí-los.

Como se deve tratar o seu afiliado antes, durante e depois do congresso?

Será necessário oferecer a eles ferramentas de trabalho para que eles possam ajudar
você a divulgar o seu congresso. Muitos deles não sabem o que escrever. Cabe a você prepa-
rar essas ferramentas e ainda supervisionar o que ele anda fazendo. Será necessário acom-
panha-lo nessa jornada.
8- A LISTA

A “famosa” lista é o ouro do seu negócio. Tive listas que valiam pelo menos 200.000
Reais. Cada Lançamento que fazia, rendia 200.000. Disponho de listas que posso aplicar em
vários lançamentos e conseguir fazer 50.000 Reais com cada uma delas.

E como devemos gerenciar uma lista? Gerar lista não é difícil. Na verdade é muito fácil.
O trabalhoso é gerar uma lista engajada, uma lista onde as pessoas realmente querem a
solução que estã oferecendo. Quando falo de lista, quero dizer gerar essa lista antes do
congresso, pesquisar essa lista e descobrir de que jeito que ela poderá nos ajudar a construir
o congresso. É importante engajar essa lista antecipadamente, se relacionar com ela. Enfim,
existe uma série de cuidados que devemos ter enquanto construímos o congresso.

É interessante dividir o congresso semana a semana, dia a dia. Especifique o que será
feito em cada momento, qual o conteúdo apresentar, o tipo de e-mail, tipo de escassez que
isso vai gerar...etc. A Semana do congresso é muito importante. Nessa semana faça
remarketing no Facebook, dispare mensagens e e-mails, faça encontros no chat, entre
O que devemos aprender dessa etapa:

1- Como gerar lista antes do congresso;


2- Como pesquisar a lista;
3- Como ela pode ajudar a construir um congresso;
4- Como engajar a lista antes do congresso ter início;
5- Como gerar lista durante o congresso;
6- Como tratar a lista após o congresso.
9- A SEMANA DO CONGRESSO

Durante essa semana é bom estar atento a algumas coisas. Tenha definido quais os
e-mails que irá disparar, quais os eventuais problemas que poderão surgir e como solu-
cioná-los e tenha a estratégia de venda já definida. Atente-se também para como será a
transmissão das palestras e como controlar tudo isso.
Outro ítem importante é o de como gerar “escassez”. Já vi dezenas de congressos
acontecendo e no 5º dia, ainda não havia escassez nenhuma e nem venda. Havia apenas
e-mails falando de palestra, mas e a escassez? E as vendas? Nesse caso aplicamos a escas-
sez e, só então as vendas começaram. Geralmente o 1º dia do congresso é o que tem maior
volume de vendas.
O ideal é gerar 3 picos de venda, um no iníco, um no meio e o outro no final do congres-
so. Costumamos chamar esses picos de efeito W. Normalmente as vendas são de 30% no
primeiro dia e outros 30% no último dia.
Para criar um pico de venda no meio do congresso, a melhor estratégia para alavancar
as vendas é usar uma das ferramentas tecnológicas, o HangOut, que ajudará a alcançar o
pico central do efeito W. Basta fazê-lo com um bom conteúdo focado em vendas e um
expert do lado que terá sucesso.
Fique muito atento quanto aos dias que você deve iniciar e finalizar um congresso. Pre-
fira usar dias de semana. Jamais finalize um congresso no Domingo, ou inicie o congresso
no final do mês.
Organize a semana do congresso:

1- Selecione quais e-mails enviar;


2- Fique atento aos principais problemas e como solucioná-los;
3- Defina qual a estratégia de venda;
4- Denina como se dará a transmissão das palestras;
5- Saiba como controlar tudo isso;
6- Saiba como gerar escassez;
7- Crie o efeito W;
8- Defina o dia iniciar e que dia finalizar;
9- Organize as palestras nos dias da semana.
10- MONETIZAÇÃO

Chegamos ao último passo e um ponto crucial dos 10 passos para se fazer um congres-
so de sucesso, a parte mais gratificante: a recompensa pelo nosso trabalho. Como em todo
projeto, também demanda planejamento antes do congresso começar.

No último congresso fechamos 50.000 Reais de patrocínio. Isso significa que já


começamos lucrando, o congresso já estava pago quando começou. Como nós tinhamos
uma ampla estrutura, tudo o que entrasse seria lucro. Portanto, ter patrocínio e apoios só
vão ajudar o congresso. Foco deve ser nas estratégias de venda que você irá usar antes do
congresso começar, lembre-se de usar o Efeito W, a escassez e outras.

Quando se planeja um congresso, use todas as estratégias de venda e, quando o con-


gresso chegar ao fim, você ainda terá o produto pronto nas mãos. Neste passo temos que
pensar no aproveitamento do congresso, e de que forma ele se tornará fonte de lucro:
Como planejar a monetização antes do congresso?

1- Se começar o congresso antes já poderá monetizar a partir da lista;


2- Patrocínios;
3- Apoio (quem vai apoiar você);
4- Monetização Direta (Com o Congresso);
5- Monetização Indireta (Com Afiliados);
6- Estratégias de Vendas Pré-Congresso;
7- Estratégias de Vendas Durante o Congresso (Efeito W, Escassez, e outras formas);
8- Estratégia de Vendas Pós-Congresso;
9- Produto Futuro;
10- Monetizar com a estratégia do Negócio.
CONCLUSÃO

Fazer um congresso online como um meio, significa fazer um planejamento com a in-
tenção de ter futuros projetos. Deve-se pensar em criar uma empresa inserida em um con-
texto maior, que faça parte de um estratégia a longo prazo e ainda, ter um produto atrelado
a esse congresso. É indispensável ter um produto para ser lançado e, somente assim o con-
gresso terá sucesso.

Muitos entram no mercado digital pensando que o congresso já é o negócio, e isso não
é vantanjoso, pois a chance de disperdiçar dinheiro é muito grande. Aprenda com os mel-
hores profissionais a alcançar o sucesso, busque informações que são realmente relevantes
e tenha por perto pessoas que entendam todo o processo. Lembre-se que a chance de con-
quistar seu objetivo aumenta quando se tem por perto pessoas que fazem a diferença.
“Quem pensa em fazer um congresso com
um fim, o faz apenas para obter lucro
naquele momento. Quem pensa nele como
um meio, estará construindo um negócio.”